Você está na página 1de 3

Universidade Federal de Uberlândia

Faculdade de Gestão e Negócio


Curso de Administração a Distância
Disciplina: Metodologia de Pesquisa
Professora Responsável: Évora Mandim Ribeiro Naves

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE UMA PESQUISA SURVEY

Elaboramos um roteiro para facilitar e padronizar a elaboração dos trabalhos de pesquisa, pautados
na pesquisa tipo “Survey” ou Levantamento. A estrutura de uma pesquisa Survey é composta de:

1. INTRODUÇÃO
Aqui você vai apresentar ao leitor o seu trabalho, contemplando, na forma de um texto corrido os
seguintes itens: contextualização do tema, objetivos, justificativas e as partes que contemplam o
trabalho.

1.1. Contextualização
Neste subitem você deve convencer o leitor que o assunto a ser tratado é interessante e que
vale a pena continuar a leitura. Apresente o trabalho através de uma visão ampla de suas
relações com o mundo atual.
1.2. Objetivos e justificativas
Apresente o objetivo principal e os objetivos específicos (objetivos secundários, necessários
para que o objetivo principal seja alcançado) de seu trabalho. Justifique a importância do
trabalho. Fale sobre o que o motivou fazer e sobre a importância do trabalho.
1.3. Estrutura do trabalho
Aqui você vai apresentar os itens componentes do trabalho – sintetizando de forma breve o
que vai ser tratado em cada item do trabalho.

Lembre-se, se você deseja prender a atenção do leitor, a introdução do seu trabalho deve ser
de leitura agradável e de forma corrida!

2. EMBASAMENTO TEÓRICO
Neste tópico você apresenta as teorias e ou idéias que fundamentem (expliquem) o leitor sobre o
tema tratado, e também sobre o “estado da arte”, isto é, as últimas contribuições teóricas sobre o
assunto. Para fazer um bom “Embasamento Teórico” procure:

 Contemplar todos os conceitos propostos nos objetivos, inclusive os conceitos


secundários, utilizando-se de citações diretas e indiretas, dentro dos parâmetros das
normas da ABNT, seguindo uma estrutura lógica.
 Utilizar obras de reconhecimento científico: livros, revistas acadêmicas, monografias,
dissertações para fazer o “Embasamento Teórico”.
 Escrever o texto do tema mais geral para o mais específico, dentro de uma seqüência
lógica e inter-relacionada de idéias. Utilize uma linguagem formal, com adequado uso da
gramática e ortografia.
Atenção: o Embasamento Teórico não é uma seqüência de citações fragmentadas!

3. METODOLOGIA
Aqui você descreve e explica o tipo de pesquisa realizada e apresenta os procedimentos
metodológicos utilizados para a realização do trabalho. Assim, as informações que não podem faltar
neste item:
a) Classificação da pesquisa, e sua fundamentação teórica, quanto:
 Ao aprofundamento da pesquisa (exploratória, descritiva ou explicativa);
 A abordagem de análise dos dados (qualitativa ou quantitativa);
 Ao delineamento da pesquisa (estudo de caso, estudo de campo ou survey);
 Sendo uma pesquisa quantitativa, survey, é importante classificar em que momento
os dados foram colhidos e analisados (longitudinal ou corte transversal);
Exemplo: O presente trabalho trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa,
exploratória, constituindo-se uma pesquisa estudo de caso. A abordagem da pesquisa é
qualitativa porque segundo o autor (....) pesquisa qualitativa se caracteriza por...... A
pesquisa pode ser designada como exploratória porque .... e estudo de caso porque ... .

b) O processo de amostragem:
Por se tratar de pesquisa quantitativa, é fundamental que se explique a população escolhida
para fazer a pesquisa e sua caracterização; se foi censo ou amostragem; sendo amostra se foi
probabilística ou não probabilística, o processo de seleção dos elementos da amostra
(aleatória simples, sistemática, conveniência, etc.) e o tamanho da amostra (considerando o
intervalo de confiança e a margem de erro permitida).

c). O instrumento utilizado para coletar os dados:


 Questionário ou observação estruturada;
 Descrição das partes e das variáveis que compõem o instrumento, atentando-se para
o tipo de escala utilizada para mensurá-las: dicotômica, múltipla escolha, Likert, etc.
 N. de questões e autor do instrumento.
Atenção: recomenda-se que se utilize de escalas validadas cientificamente para instrumentos
que tenham a finalidade de avaliar atitudes.

d) Sobre as etapas da coleta de dados:


 Pré-teste: número de questionários aplicados, principais dificuldades encontradas
pelos respondentes ao responder o questionário e modificações feitas no instrumento.
 Procedimentos de campo: n. de questionários aplicados; n. de questionários
respondidos; forma de aplicação dos questionários: pessoalmente, correio, internet,
telefone, etc.; tempo da pesquisa em campo e executores da pesquisa.

e) Procedimentos metodológicos utilizados.


 Procedimentos estatísticos utilizados para analisar os dados
a. Estatística descritiva (freqüência, média, desvio padrão, variância);
b. Testes de Hipótese (da média, variância, proporção, etc.);
c. Estatísticas multivariadas (analise de regressão, cluster, fatorial, etc.).

4. RESULTADOS E DISCUSSÃO
Nesta parte você apresenta detalhes sobre as informações colhidas, a partir da coleta dos dados
primários. Neste item deve conter: 4.1 Caracterização da amostra e 4.2 Resposta aos objetivos
secundários da pesquisa

Atenção: O item “Resultados e Discussão” não é apenas uma seqüência de gráficos e tabelas. Eles
servem para ilustrar os resultados da pesquisa, porém, devem ser comentados, a partir da
articulação entre resultado obtido e a teoria estudada. É importante que as tabelas e gráficos
sigam os padrões sugeridos pela ABNT.
5. CONCLUSÕES E OU CONSIDERAÇÕES FINAIS
Nesse item você vai apresentar as conclusões do seu estudo. Perguntas que ajudarão a elaborar uma
boa conclusão:
 Quais foram os resultados da pesquisa?
 Como o seu estudo pode contribuir para o tema?
 Quais foram as dificuldades encontradas e limitações do trabalho?
 Que sugestões de pesquisa você recomendaria para evolução do tema?

6. REFERÊNCIAS
Em referencias são apresentadas todas as bibliografias que você citou durante o texto, dentro das
normas da ABNT.

7. ANEXOS E APENDICES
Coloque aqui ilustrações a mais que você julgar necessárias – fotos, figuras, questionário, etc.
Lembre-se, o apêndice refere-se ao conteúdo elaborado por você e que o ajudou no
desenvolvimento do trabalho. Exemplo de materiais que podem compor o apêndice: questionário,
termo de consentimento livre esclarecido, tabelas de análise, etc.

Já no Anexo, são colocados materiais complementares, cujo autor não é você - pesquisador.
Exemplo de materiais que podem compor o anexo: fotos, documentos, etc.