Você está na página 1de 2

1

Análise do processo de setorização

A técnica de divisão de células possibilita um aumento na capacidade do sistema através

da mudança de escala no tamanho das células. A introdução de novas células de menor tamanho resulta no aumento do número de canais para uma mesma área de cobertura, através da diminuição do raio da célula (R) e através da manutenção do reuso co-canal (D/R). Uma outra forma de aumentar a capacidade do sistema é manter o raio da célula e procurar por outros métodos que permitam a diminuição da razão (D/R). O processo de setorização possibilita aumentar a razão sinal-interferência (SIR) de tal forma que o tamanho do cluster possa ser reduzido. Este processo consiste em substituir a antena omnidirecional de cada ERB por antenas direcionais que irradiam em uma determinada direção (setor). A cobertura setorizada por antenas diretivas reduz o número de células co-canais inter- ferentes, pois essas ficam localizadas fora do diagrama de radiação da antena, que é mais estreito. Isto permite a redução da separação entre células co-canais, D, em relação ao caso não setorizado, uma vez que o raio da célula, R c , não é alterado. Para setores iguais, o fator de redução, α, de fontes interferentes é dado pela Equação 1:

α =

θ

360 0

(1)

É interessante notar que se a setorização não for acompanhada da redução da razão de

reuso, q = D c , haverá uma redução da capacidade do sistema, como pode ser verificado no problema sobre setorização a seguir:

R

1

1. Considere um sistema em que o tempo médio de duração de uma chamada é de 2 minutos e a probalidade de bloqueio é de 1%. Assuma que cada assinante faz uma chamada por hora, em média. Há um total de 395 canais e os clusters são compostos por 7 células. As chamadas bloqueadas são eliminadas do sistema. Determine a intensidade de tráfego e o número de usuários para:

(a)

Sistema sem setorização;

(b)

Sistema com setorização de 120 0 ;

(c)

Sistema com setorização de 60 0 .

(d)

Verifique a eficiência para cada uma das configurações dos itens anteriores.

Para exemplificar a utilização da setorização visando melhorar a capacidade de um sistema de telefonia celular resolva o problema abaixo.

2. Um provedor de serviços de telefonia celular decide usar um sistema digital TDMA que pode tolerar uma razão sinal-interferência (SIR) de 15 dB, no pior caso. En- contre o valor de N para:

(a)

emprego de antenas omni-direcionais;

(b)

setorização de

120 0 ;

(c)

setorização de

60 0 .

Considerando um total de 189 canais a serem empregados no sistema, qual o número de canais por célula para cada um dos três casos? Qual a intensidade de tráfego em Erlangs para uma probabilidade de bloqueio de 1%. A setorização deve ser usada? Faça uma análise da situação. Assuma o expoente de perda de percurso igual a 4 e considere a eficiência de troncalização.

Eficiência de troncalização, η, é uma medida do número de usuários que pode ser oferecido a um particular GoS com uma configuração particular de canais, pode ser expressa pela Equação 2:

η = trafego´ numero´

em

Erlangs

de

canais

× 100.

(2)

3. Compare os resultados dos problemas 1 e 2 e determine quando a setorização é vantajosa.

2