Você está na página 1de 19

Mater Ecclesiae

Liturgia 2

Aula 14 Sacramentais

Definição

À imitação dos Sacramentos

“A santa mãe Igreja instituiu os

sacramentais, que são sinais sagrados pelos quais, à imitação dos sacramentos, são

significados efeitos principalmente

espirituais, obtidos pela impetração da Igreja. Pelos sacramentais os homens se dispõem a receber o efeito principal dos

sacramentos e são santificadas as diversas

circunstâncias da vida.” (SC 60)

Traços característicos

Podem ser objetos materiais ou

ações

Instituídos em vista da santificação

Compreendem uma oração acompanhada de algum sinal

Dependem do sacerdócio batismal

Por isso leigos podem presidir algumas bênçãos

acompanhada de algum sinal Dependem do sacerdócio batismal • Por isso leigos podem presidir algumas bênçãos

Sacramentos X Sacramentais

Sacramentos

Sacramentais

Ex opere operato

Ex impetratione Ecclesiae

Instituição divina

Instituição eclesiástica

Sinais da graça

Sinais da oração da Igreja

Produzem a graça que significam

Dispõe o sujeito para receber a graça

Sinais da graça Sinais da oração da Igreja Produzem a graça que significam Dispõe o sujeito

Eficácia dos sacramentais

Deriva-se da oração da

Igreja

Ex opere operantis

Ecclesiae

Deriva-se também das

disposições de quem

os recebe ou utiliza

Está ligado à fé e à

devoção de quem confere o

sacramental e da

pessoa a quem se destina

Formas

Formas de sacramentais

Sacramentais

constitutivos

Bênçãos

invocativas

Exorcismos

Exéquias

Formas de sacramentais

Sacramentais constitutivos • Realizam-se apenas uma vez
Sacramentais
constitutivos
• Realizam-se apenas
uma vez
Bênçãos invocativas • Podem ser repetidas diversas vezes
Bênçãos
invocativas
• Podem ser repetidas
diversas vezes

Sacramentais constitutivos

Relacionados com pessoas

Instituição de ministérios

Consagração das virgens

Bênção de Abade e Abadessa

Profissão religiosa

Dedicação de igreja ou de altar

Bênção da água batismal

Bênção dos óleos e confecção do santo crisma

Relacionados

com coisas

Consagrações das virgens e profissões religiosas

Fundamentação bíblica

Mt 19,12 (fazer-se eunuco pelo Reino dos Céus)

Mc 12,25 (não se casam; serão como os anjos)

1Cor 7,28-40 (aquele que não casa, procede melhor ainda)

“Segundo Batismo”

Radicalização do compromisso batismal e mais profunda inserção na vida da Igreja

Ter o Evangelho como regra de vida

Vida apostólica

Não no sentido de fazer apostolado, mas na réplica da comunidade apostólica de Jerusalém

Conselhos evangélicos

Pobreza, castidade e obediência

Dedicação de igrejas e altares

Oportunidade para a comunidade local conscientizar-se de sua qualidade de ser o verdadeiro templo de Deus, de edificar-se como Igreja.

Sete formas:

Colocação da primeira pedra

Dedicação de uma igreja

Dedicação de uma igreja na qual já se celebra

Dedicação de um altar

Bênção de uma igreja

Bênção de um altar móvel

Bênção do cálice e da patena

Bênçãos

Bênção descendente desce

de Deus aos homens

Bênção ascendente sobe dos homens a Deus em forma de louvor

As bênçãos têm em vista tanto Deus como os homens,

evidenciando a primazia das

pessoas sobre os lugares e objetos relacionados à atividade humana.

Bênçãos Bênção das pessoas Bênção das construções relativas às atividades dos cristãos Bênção dos objetos

Bênçãos

Bênção das pessoas

Bênção das construções relativas às atividades dos cristãos

Bênção dos objetos litúrgicos

Bênção de objetos de piedade

Bênção para diversas circunstâncias

Teologia das Bênçãos

Teologia das Bênçãos Fundamento trinitário da bênção Mediação eclesial Caráter litúrgico- sacramental
Fundamento trinitário da bênção Mediação eclesial Caráter litúrgico- sacramental Visão antropológica •

Fundamento trinitário da bênção

Mediação eclesial

Fundamento trinitário da bênção Mediação eclesial Caráter litúrgico- sacramental Visão antropológica •

Caráter litúrgico- sacramental

Visão antropológica

Proclamam a bondade da Trindade e despertam o louvor no coração do homem

A Igreja manifesta-se como sinal da bênção de Deus aos homens

Adquirem sentido pela Palavra de Deus que

 

se proclama

Cercar a vida cotidiana do homem da presença e do sinal de Deus

Exorcismos

Trata-se de bênçãos invocativas

No catecumenato de adultos

No Batismo de crianças

Sobre os possessos

A Igreja luta contra o Maligno para que o fiel que sofre o

peso do mistério da iniquidade (2Ts 2,7) se vejam livres

O exorcismo sobre possessos só pode ser praticado por sacerdote com licença expressa do Ordinário local

Exéquias

Celebração cristã da morte – incorporados com Cristo no Batismo, passamos com Ele à vida
Celebração cristã da morte
– incorporados com Cristo
no Batismo, passamos com
Ele à vida eterna
A Igreja celebra com profunda esperança o Mistério Pascal de Cristo nas exéquias de seus
A Igreja celebra com
profunda esperança o
Mistério Pascal de Cristo
nas exéquias de seus filhos

Exéquias

Três tipos

Três estações: na casa, na igreja, no

cemitério

Duas estações: na capela do cemitério e junto à sepultura, ou na casa e na igreja

Uma estação: na casa ou na igreja

Três

momentos

principais

Recebimento do cadáver e acolhida da família

Celebração da Palavra de Deus

Rito da última encomendação e despedida

Bibliografia

Catecismo da Igreja Católica

Código de Direito Canônico

AUGÉ, Matias. Liturgia. 3ª ed. São Paulo: Editora Ave

Maria, 2007.

BETTENCOURT, Estevão. Curso de Liturgia (EME CL). mimeo.

Curso sobre os Sacramentos

(EME CL). mimeo.

BOROBIO, Dionisio (org.). A Celebração na Igreja. Vol. 3. 2ª. ed. São Paulo: Loyola, 2008.

MARTÍN, Julián López. A Liturgia da Igreja. São Paulo:

Paulinas, 2006.

SADA, Ricardo; MONROY, Alfonso. Curso de Teologia dos Sacramentos. 2ª. ed. Lisboa: Rei dos Livros, 1998.