Você está na página 1de 1

Dano

Art. 163. Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia:

Pena deteno, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

Comentrios:

1) Destruir eliminar, demolir. Inutilizar tornar intil, inservvel. Deteriorar


estragar, arruinar;

2) Pode ser praticado por qualquer pessoa, exceto o proprietrio. Aplicando-se por
analogia, se a conduta for praticada por condmino, contra bem comum, fungvel, e o
dano no exceder a sua quota-parte, no h crime. O proprietrio que danifica objeto
seu, que se encontre em posse de terceiro por fora de contrato (aluguel, comodato,
arrendamento) ou por determinao judicial (penhor, entre outros), comete o delito
previsto no art. 346, dos Crimes contra a Administrao da Justia;

3) Vtima o proprietrio ou possuidor da coisa danificada;

4) A coisa alheia danificada pode ser mvel, imvel ou semovente;

5) O dolo a vontade de destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia, no se


exigindo a lei o fim especfico de causar prejuzo;

6) No h previso penal no caso de dano culposo, causado por imprudncia,


negligncia ou impercia. Sendo assim, o dano culposo passvel de
responsabilizao to somente na esfera civil;

7) Se o crime for praticado com violncia ou grave ameaa pessoa; com


emprego de substncia inflamvel ou explosiva, no constituindo o fato crime mais
grave; por motivo egostico ou com prejuzo considervel para a vtima; contra o
patrimnio da Unio, Estado, Municpio, empresa concessionria de servios
pblicos; ou sociedade de economia mista, a infrao deixa de ser de menor
potencial ofensivo em razo da pena cominada, de 6 (seis) meses a 3 (trs) anos,
para essas formas qualificadas do pargrafo nico do art. 163;

8) Por ser um crime que deixa vestgios, obrigatria a realizao de exame de corpo
de delito, no podendo ser suprida pela prova testemunhal;

9) Quem danifica sepultura, responde pelo crime do art. 210. Se danifica coisas
destinadas a culto religioso, pratica o crime do art. 208.