Você está na página 1de 5
(ITA-92) Considere as afirmacées: |- Uma elipse tem como focos os pontos Fy: (-2, 0), Fa: (2, 0) € 0 eixo maior 12. Sua equacao é x*/36 + y"/32 =1. : (v5, Oe sua excentricidade 10/2. Sua Equagao é 3x* - 2y?= 6. Il Os focos de uma hipérbole so F,: (-V5 , 0), F Ill- A parabola 2y = x* - 10x - 100 tem como vértice 0 ponto P: (5, 125/2). Entao: a) Todasas afirmacdes sio falsas. b) Apenas as afirmacdes Il e Ill sdo falsas. c) Apenas as afirmagées | € Il sdo verdadeiras. d) Apenas a afirmacao Ill é verdadeira. e)n.da. 09) (ITA-96) Tangenciando externamente a elipse €,, tal que e1: 9x° + 4y*- 72x - 24y +144 = 0 considere uma elipse €2, de eixo maior sobre a reta que suporta 0 eixo menor de €; € cujos eixos tam mesma medida que os eixos de €;. Sabendo que €2 esta inteiramente contida no primeiro quadrante, o centro dee, é: a)(7,3) b) (8,2) ¢) (8,3) d) (9,3) e) (9,2) 10) (ITA-96) So dadas as pardbolas py: y = - x?- 4x - 1 e pa: y = x* - 3x + 11/4 cujos vértices séo denotados, respectivamente, por V; e Vz. Sabendo que r é a reta que contém Ve V2, entéo a distancia de r até a origem é: 5 j y ie Kae 9 0 M5 me 24) (ITA-98) Considere a hipérbole H e a parable T, cujas equagdes sdo, respectivamente, 5(x + 3)?-4(y-2)?=-20 € (y-3)P=4(x- 2 Ent&o, o lugar geométrico dos pontos P, cuja soma dos quadrados das distancias de P a cada um dos focos da hipérbole H é igual ao triplo do quadrado da distancia de P ao vértice da parabola T, é: (x=3? (y+2? 3 a) 2 elipse de equagao = 4, 4 b) a hipérbole de equac3o oe, {x c) O par de retas dadas por y = +(3x- 1). d) A pardbola de equacdo y* = 4x +4. e) A crcunferéncia centrada em (9, 5)e raio 120 . 12) (ITA-98) Considere a circunferéncia C de equacao x° + y* +2x+2y+1=0ea elipse E de equacdo x” + 4y* - 4x + 8y + 4=0.Entao: a)(_)Ce E interceptam-se em dois pontos distintos. b)(_) Ce Einterceptam-se em quatro pontos distintos. c)(_) Ce E sdo tangentes exteriormente. d)(_) Ce E so tangentes interiormente. e)() Ce E témo mesmo centro e nao se interceptam. 23} (ITA-99) Pelo ponto C: (4, -4) sdo tragadas duas retas que tangenciam a parabola y = (x-4)° + 2 nos pontos Ae B. A distancia do ponto C a ret determinada por Ae B é: a)6vi2b) 12s c)12—s *d& e)6 13. (ITA — 01) Seja o ponto A = (r , 0), r > 0. O lugar geométrico dos pontos P = (x ,y) tais que é de 3r a diferenca entre o quadrado da distancia de P e Ae o dobro do quadrado da distancia de P a rota y =-r é: a) uma circunferéncia centrada em (r, -2r) com raio r. b) uma elipse centrada em (r, -2r) com semi-eixos valendo re 2r. c) uma parabola com vertice em (r,-r) d) duas retas paralelas distando r ¥3 uma de outra. e) uma hipérbole centrada em (r, -2r) com semi-eixos valendo r. 25. (ITA-01) coeficiente angular da reta tangente a elipse no primeiro quadrante e que corta 0 eixo das abscissas no ponto P = (8, 0) é: 1 v2 3 v2 » 5 af a Pe Questo 18. Soja k> 0 tal que a equacso (x? x)+k(y?—y)=0 define uma elipse com distincia focal igual e 2. Se (p,q) si0 as coordenadas de um ponto da elipse, com g? — q = 0, entéo AC) 24+f5. BC) 2-f5. e¢) 2443. 0() 2-J3. voy . Sabe-se que uma elipse de equigio *>+7>=1 tangencia intemamente a cireunferéneia de a equagdo x + 7 = 5 e que a reta de equagio % + 2 = 6 & tangente A elipse no ponto P. Determine as coordenadas de P. O lugar geométrico dos pontos em R? equidistantes as retas de equagées 4x+3y-2=0 © 12x-16y+5=0 é (A) 4x+28y+13=0 (8) 8x-7y-13=0 (C) 28x-4y—3=0 (D) 56x? + 388xy — 184x — 56y? — 16y + 19 =0 (E) 112x? + 768xy — 376x — 112y?- 32y +39 Pelo pooto P de coordenadas (1,0) ragameae as tangentcs tes & paribolay*~ 2x, A reta intercept a paribola ‘em A a eta intrcepta a pardboa em B. Pelos pontos 4 € 2 tragamrse patalelas 4s tangents encontrando a pattbola em outros pants C eD,respectivamente, Calle o valor da razto ABCD. Uma lipse cyjo centro encontta'se na origem @ cujos eixos so paralelos ao sistema de ‘cartesianos possui comprimento da semi-distancia focal igual a V3 e excenticidade igual a *2, Consid ‘quo 0s pontos A, B, C 9 D roprasentam as intorsegdos da olipso com as rolas de equagies y = x 1y =~. Aétea do quadtilétero ABCD & ws (16 (oe (0) ee Considere uma haste AB de comprimento 10 m. Seja um ponto P locaizado nesta haste a 7 m da cexttemidade A. A posicao inicial desta haste ¢ horizontal sobre o semieixo x positive, com a extremidade ‘A locaiizada na origom do plano cartasiano. A haste co dosioca do forma quo a extromidade A porcerra 0 ‘eix0 y, no sentide positive, @ a extromidade B percorta 0 eixo x, no sentido negative, alé quo a extremidade B esteja sobre a origem do plano cartesiano. A equagao do lugar geométrico, no primeira quadrant, tragado polo ponto P ao ocorrer 0 deslocamento dascrito & (A) 49x? + 97200" + 120y-461=0 (B49? — 406r— 49? +441 =0 (0) 9 +49y?— 441 =0 (0) 902+ 9)? + 120y~ 441 =0 (©) 9x =49y?—441 = Os triangules ASC © DEF so equilateres com lados iguals a m. A area da figura FHCG ¢ igual & metade da area da figura ABHFG. Determine a equacdo da elipse de centro na origem e eixos formados pelos segmentes FC e GH. (A) 40x? + 36)2— J2nF=0 (B) 8x’ + 16y*= V3m?=0 (C) 16x? + 48y— 3m=0 - ° (0) 8x? + 24y?, {E) 162 —24y?—m?=9 A equacao da reta tangente a curva de equacdo x°+ 4y"— 100 = 0 no ponto P(8,3) é: (A) 2x + 3y-25= (B)x+y-11=0 (C) 3x-2y-18 =0 (D)x+2y-14 =0 (E) 3x+2y-30=0 Uma hipérbole de excentricidade 2 tem centro na origem passa pelo ponto (v5 ,1). A equacdo de uma reta tangente a esta hipérbole e paralela a y = 2x 6: A) 3 y=2V3x+6 B)y=-2x +33 C) 3y = Ox + 23, D) vB y=2Nax44 E)y=2x+ 3