Você está na página 1de 9

:" ", ',~.;.?

j
I· .
'f ••..~.

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2001/2002

Acordo coletivo de trabalho que, entre si celebram, de um lado o Sindicato dos


Trabalhadores nas Empresas Públicas de Toledo - Paraná e, de outro a EMDUR - Empresa de
Desenvolvimento Urbano e Rural de Toledo, por seus representantes legais no final assinados,
mediante as cláusulas e condições seguintes:

CLÁUSULA 01- PRAZO DE VIGÊNCIA:


O prazo de vigência deste acordo coletivo será de 1 (um) ano, a contar de 1° de
março de 2001 a 28 de fevereiro de 2002.

CLÁUSULA02-ABRANGÊNCIA:
São abrangidos pelo efeito deste acordo, todos os integrantes da categoria
representada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas Públicas do Município de
Toledo, associados ou não a esta entidade.

CLÁUSULA 03 - COMPROVANTE DE PAGAMENTO:


O empregador é obrigado a efetuar o pagamento dos salários até o 5° (quinto) dia
útil de cada mês, devendo fornecer ao empregado envelope de pagamento ou contracheque
discriminando as importâncias da remuneração e os respectivos descontos efetuados, inclusive
valores do FGTS.

CLÁUSULA 04 - UNIFORMES:
Havendo necessidade de uniformes, estes serão fornecidos gratuitamente pelo
empregador, limitados a 2 (dois) uniformes anuais, obrigandÇ>-seo empregado a devolvê-Io por
ocasião de sua reposição ou rescisão de contrato de trabalho, vedando-se qualquer forma de
uso em situação alheia ao exercício do trabalho. A lavagem dos uniformes será custeada pelos
empregados
PARÁGRAFO ÚNICO: Sendo a CIPA indispensável a qualquer empresa, o
empregador fica obrigado em incentivar e organizar a implantação desta na empresa, ficando o
encarregado do setor responsável de requisitar os materiais necessários para a segurança dos
funcionários.
, "'.:.
~.

CLÁUSULA 05 - MENSALIDADE SINDICAL:


O empregador fica compromissado a descontar de seus empregados associados,
desde que expressamente autorizado pelo empregado, as mensalidades devidas ao sindicato
profissional e efetuar o recolhimento das importâncias descontadas até o dia 10 (dez) do mês
subseqüente ao desconto. Cabe ao sindicato fornecer a empresa relação nominal dos
empregados associados, e comunicar possíveis alterações no quadro de associados.
PARÁGRAFO ÚNICO - DO RECOLHIMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES E

MENSALIDADES
sindicais
por e me.
cento), sobre SINDICAIS
nsalidades efetuadas
os valores FORA
fora
devidos. DO ,PRAZO:
do prazo O re
previsto, será o ento multa
a.crescido das contriioções
de 2°. dois
~

/
00 Tt:r".,
<9

~. ~!?-
.... ~1:IJ1I.•
.....
-uJy.ó'
.... ~1J.~\ o
~~.\ o
2

CLÁUSULA 06 - REUNIÃO OBRIGATÓRIA:


As reuniões obrigatórias, convocadas pela diretoria da empresa, quando realizadas
fora do horário normal de trabalho, terão seu tempo remunerados como horas extras.

CLÁUSULA 07 - FORNECIMENTO DE EPI'S:


A empresa deverá fornecer EPI' S para os serviços insalubres e perigosos, sendo de
responsabilidade do funcionário a guarda e conservação dos mesmos e o não uso dos mesmos
estarão sujeitos as sanções legais.

CLÁUSULA 08 - FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES


Será fornecida refeições (almoço) aos empregados que trabalham na Pedreira
Municipal e na Usina de Asfalto, devido as dificuldades de deslocamento.
PARÁGRAFO PRIMEIRO: Aos empregados do Setor de Pavimentação
Asfáltica, será fornecido almoço quando da realização de trabalhos que não permitam
interrupção.
PARÁGRAFO SEGUNDO: O fornecimento das refeições não integram os
salários dos empregados.

CLÁUSULA 09 - VALE MERCADO:


Será fornecido vale mercado em forma de adiantamento que será descontado na
folha de pagamento com a autorização expressa dos funcionários.
PARÁGRAFO ÚNICO: O valor do vale mercado é de no mínimo 30% (trinta
por cento) e no máximo de 60% (sessenta por cento) do salário base do mês anterior, sendo
esse fornecido com mínimo de 4 (quatro) vias, devendo a empresa comunicar o sindicato do
percentual a ser praticado.

CLÁUSULA 10 - GARANTIAS RELATIVAS AO A VISO PRÉVIO:


Durante o prazo de aviso prévio, dado por qualquer das partes, ficam vedadas
alterações nas condições de trabalho, horário ou qualquer outra alteração, sob pena de rescisão
imediata do contrato de trabalho, com a respectiva indenização.

PARÁGRAFO PRIMEIRO: As condições de trabalho de que trata o "caput"


desta cláusula serão observadas pela empresa, salvo término da obra e com isso a necessidade
de mudanças de local de trabalho e o fato do empregado, durante o cumprimento do aviso,
tumultuar o local de trabalho ou negar-se a trabalhar.
PARÁGRAFO SEGUNDO: O empregador deverá por ocasião do aviso prévio
esclarecer o empregado sobre sua opção de redução de jornada de trabalho de 2 (duas) horas
diárias, ou dispensa nos últimos 7 (sete) dias corridos do aviso prévio, colhendo na
oportunidade a preferência do empregado.
PARÁGRAFO TERCEIRO: No aviso prévio o empregador deverá indicar o dia,
hora e local onde o empregado deverá comparecer para o recebimento das verbas rescisórias.
PARÁGRAFO QUARTO: Fica dispensado do cumprimento do aviso prévio o
empregado despedido sem justa causa que obtiver novo. emprego ~!!tes do término do referido

aviso, devendo o mesmo apresentar documento que comprove/su~dição de empregado


admítido, ou pelo menos, com proposta de admissão regular em outra ~presa, de\d~ que

o 00 Tf?~<9." \
ir-~\ ~~ i: Jd
I
haja confirmação à Emdur. I
-u.1 o
~~"\:\

~ /..
3

CLÁUSULA 11 - COMUNICAÇÃO DE JUSTA CAUSA:


No caso de demissão por justa causa, a empresa comunicará por escrito ao
empregado demitido o motivo da dispensa.

CLÁUSULA 12 - CONTRATO DE EXPERIÊNCIA:


Para sua validade, os contratos de experiência somente poderão ser celebrados
com prazo máximo de 60 (sessenta) dias, podendo ser de 30 (trinta) dias, prorrogáveis por
mais 30 (trinta) dias.

CLÁUSULA 13 - ÀNOTAÇÕES NA CARTEIRA DE TRABALHO:


Obrigatoriedade da anotação em carteira de trabalho, dos salários reajustados na
data base da categoria, ou quando o funcionário necessitar comprovar renda.

CLÁUSULA 14 - LICENÇA A DIRIGENTES SINDICAIS:


A empresa com contingente maior que 20 (vinte) empregados concederá licença
remunerada aos dirigentes sindicais eleitos no exercício do seu mandato para participarem de
reuniões, conferências e congressos. A licença deverá ser solicitada pela entidade sindical com
antecedência mínima de 10 (dez) dias e não pode possuir prazo superior a 10 (dez) dias ao
ano, e nem poderá ser concedida a um número superior a 3 (três) funcionários por vez.

CLÁUSULA 15 - DOCUMENTOS PARA RESCISÃO:


A empresa deverá fornecer obrigatoriamente as vias da quitação da rescisão do
contrato de trabalho aos empregados desligados a qualquer título.
PARÁGRAFO ÚNICO: Nos documentos de aviso prévio e termos de rescisão
contratual dos empregados que não saibam ler nem escrever, estes deverão conter, além de sua
impressão digital, a assinatura de 2 (duas) testemunhas.

CLÁUSULA 16 - CONTROLE DA JORNADA DE TRABALHO:


Os cartões pontos serão instituídos pela empresa, com qualquer número de
empregados, os quais deverão ser efetivamente marcados e assinados pelos empregados. Nos
locais onde não há relógios ponto, o cartão será marcado pelo apontador ou pelo chefe
imediato e devidamente vistado pelo empregado.

CLÁUSULA 17 - EXAMES MÉDICOS:


OS exames médicos realizados quando da admissão ou demissão, ou periódicos,
deverão ser custeados pelo empregador .

• CLÁUSULA 18 - FÉRIAS:
O início das férias deverá ser sempre no dia imediatamente posterior ao domingo,
feriado ou descanso semanal remunerado.

DE FORMULÁRIOS PARA A

I
4

CLÁUSULA 20 - AUSÊNCIAS LEGAIS:


Serão consideradas ausências legais, portanto remuneradas, as seguintes situações
e períodos:
A) Até 3 (três) dias consecutivos no caso de falecimento de cônjuge, descendentes
e ascendentes, irmão ou pessoa que, conforme declarada na CTPS, viva sob sua dependência
econômica.
B) 1 (um) dia no caso de necessidade de internamento hospitalar e meio dia para
consultas médicas de filhos menores de 12 (doze) anos de idade, para obtenção de documentos
legais, desde que devidamente comprovado. As faltas somente serão abonadas mediante
atestado médico comprovando o internamento ou a consulta.
C) Serão abonadas as faltas do empregado estudante que estiver prestando
vestibular e em exames escolares em horários não usual, desde que comprovada no prazo
máximo de 10 (dez) dias após a ausência. A empresa deverá ser comunicada com no mínimo
72 (setenta e duas) horas de antecedência das referidas faltas.

CLÁUSULA 21 - DIVULGAÇÃO DE ATIVIDADES SINDICAIS:


O sindicato poderá afixar cartazes em mural e divulgar boletins de interesse dos
associados em todos os locais de trabalho, sem necessitar de autorização da empresa.

CLÁUSULA 22 - JORNADA DE TRABALHO


Operacional - A Jornada de Trabalho do Setor Operacional e/ou serviços
externos será de 44 (quarenta e quatro) horas semanais de acordo com o determinado pela
Constituição Federal.
Em havendo interesse de ambas as partes poderá ser realizado um Acordo de
Compensação de jornada de trabalha, individual ou por Setor, para a exclusão do trabalho aos
sábados com a respectiva compensação de jornada nos demais dias da semana., nos termos do
Art. 59 da CLT e Art. 7, XIII da Constituição Federal.

PARÁGRAFO PRIMEIRO Administração - O expediente do pessoal


administrativo que trabalha na Sede da empresa segue o seguinte horário: de segunda a sexta-
feira, das 8:00 as 12:00 horas e das 13:30 as 17:30 horas (40 horas semanais).
PARÁGRAFO SEGUNDO: Zeladoras - Os funcionários que perfazem, em sua
jornada de trabalho, 6 (seis) horas diárias consecutivas, ou seja, os que exercem a função de
zeladora, terão sua jornada de trabalho semanal estipulada em 36 (trinta e seis) horas semanais.
PARÁGRAFO TERCEIRO: Jornada De 12/36 - Com base no Artigo 7°,
incisos XIII e XVI da Constituição Federal, fica convencionada o regime de trabalho em
compensação de 12X36 (12 horas de trabalho por 36 horas de descanso),para todos os Vigias
e para os ·funcionários do setor de Usina de Asfalto, que exercem a função de Operador de
Caldeira.
PARÁGRAFO QUARTO: Locais Insalubres - os trabalhadores dos setores
insalubres poderão realizar horas extraordinárias, sendo observado a realização de , no
máximo, 10 horas diárias.

serão pagas com adicional de 50% (cinquenta por cento), ~bre as hora normais, ressalvadas
PARÁGRAFO QUINTO: Horas'Extras - As horasê~ordinárias trabalhadas
dos domingos e feriados que serão de 100% (cem por cen,~b)sobre as hora \~ormais'jj
i ~

. o 00 TI(-1
ó>
_ "7
o:: " ~~ ~
-lU 6:\., :I:
~ ~"t' "-.. o
/1,-.,.
5

CLÁUSULA 23: PRÉ - APOSENTADOS


Fica assegurada a estabilidade no emprego ao funcionário que tiver restando
apenas 24 (vinte e quatro) meses para completar tempo de Serviço para aposentadoria pela
Previdência Social, exceto por demissão por justa causa.
PARÁGRAFO PRIMEmO: o funcionário terá que Ter, no mínimo, 10 anos de
serviços na empresa para fazer jus a estabilidade prevista.
PARÁGRAFO SEGUNDO: Ficam excluídos dessa Cláusula os funcionários
que não entregarem comprovante de escolaridade, exigido quando da realização do Concurso
Público 001/98.
PARÁGRAFO TERCEmO: Para fazer jus ao beneficio o funcionário deverá
requerer a condição de pré aposentado, com a documentação provando tal condição, com a
devida antecedência.

CLÁUSULA 24: CONVÊNIO COM BANCOS


A Empresa poderá assinar convênio com Bancos Oficiais para a abertura de linha
de crédito de empréstimos aos seus funcionários com consignação em folha de pagamento.
PARÁGRAFO PRIMEmo: Caberá a Empresa emitir documento
comprobatório de margens consignáveis, a qual não poderá exceder a 30% do salário bruto do
funcionário.
PARÁGRAFO SEGUNDO: Quando o funcionário sair de férias durante a
vigência do empréstimo, a parcela correspondente ao mês em férias será descontada no mês
anterior a elas.
PARÁGRAFO TERCEmO: O funcionário não poderá comprometer, entre
Vale Mercado e Empréstimo, mais de 60% (sessenta por cento) do seu Salário Base.

CLÁUSULA 25- DESCONTOS EM FOLHA DE PAGAMENTO:


A empresa poderá descontar mensalmente,dbs empregados que expressamente
autorizarem, vale mercado, vale farmácia, mensalidade sindical, seguro de vida em grupo,
convênio Unimed , convênio odontológico , empréstimo bancário, etc.
PARÁGRAFO ÚNICO: Fica o empregador encarregado de providenciar
convênios com supermercados, farmácias, seguros, plano de saúde e convênio odontológico.
entre outros. Fica a critério do empregado aderir ou não em determinado convênio.

CLÁUSULA 26 - ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO


Será concedido Adicional por Tempo de Serviço, a razão de 5% (cinco por cento),
incidente sobre o salário do empregado, por quinquênio de serviços prestados à empresa.
PARÁGRAFO ÚNICO: O funcionário que está sendo readmitido na EMDUR
deverá requerer o tempo de serviço do período anterior.

CLÁUSULA 27 - ADICIONAL DE FUNÇÃO:


Será concedido ao funcionário o adicional de função, conforme Tabela A3, anexa,
quando do exercício de cargo que exige conhecimentos especializados, em função de regime
especial de trabalho e para cargos de comando e' de confiança.
PARÁGRAFO PRIMEmO: Com o desaparecimento dP-E10tivo da concessão, cessa
o correspondente pagamento.

PARÁGRAFO SEGUNDO: O cargo de coI)fiança que sê\(efere o "caput" é


aexerci~
funç~o de
peloconfl,ança,
profissional,
ao lIvre
.transit~ri~mente,
arbltno do empregador.
desde que re~na
/ as condiçõ.es
~ t~nicas
\ necesswas
~
_~,_.__
.~ I

PARÁGRAFO TERCEIRO: O adicional de função será concedido e revogado


através de portaria, expedida pelo Diretor Superintendente da Emdur.

CLÁUSULA 28 - POLÍTICA SALARIAL:


Fica concedido um reajuste, a partir de 01 de Março de 2001, de 7,O%(Sete por
cento). Valores constantes nas tabelas A-I Administrativo, A-2 Operacional e A-3 Adicional
de Função, anexas.
PARÁGRAFO PRIMEIRO: As funções constantes da Tabela A-4
(Concursados), em beneficio dos funcionários que nela se enquadram e, também, pelo princípio
de igualdade, ficam incorporadas às Tabelas A-I Administrativos e A-2 Operacional, sendo
reajustado os valores diferenciados entre essas Tabelas, acrescentando os Níveis e funções não
existentes e deslocando as funções para ajustar os valores, passando, assim a existir igualdade
entre os funcionários antigos e os admitidos através do último concurso público, deixando,
portanto, de existir a Tabela A-4.
PARÁGRAFO SEGUNDO: Na Tabela A-3 (Adicional de Função), ficam
extintos os 15 (Quinze) primeiros Níveis, ficando de agora em diante da seguinte forma: O
Nível 16 passa a ser Nível 01 e assim sucessivamente até o Nível 12 que corresponderá ao
antigo Nível 27 .
PARÁGRAFO TERCEIRO: Havendo necessidade, a Diretoria da empresa
poderá acrescentar novas funções as tabelas A-I, A-2 e A-3, nos níveis existentes, respeitando
o valor deste, que está fixado.
CLÁUSULA 29 - DEPÓSITO E REGISTRO:
Por estarem acordados, firmam a presente Convenção Coletiva em 3 (três) vias de
igual teor, depositando uma delas para fins de registro e arquivo no posto de atendimento do
Ministério do Trabalho nesta cidade, nos termos do Art. 614 da CLT., para que produza os
efeitos legais.

\L
~LDECIR t1w ~ ~~SILVA
PEDRO ',O~
Vice Presidente do Sind. Dos Trabalh. Nas Diretor
Empresas Públicas de Toledo
MINISTERI0 DO TRABALHO
Agência de Atendimento de Tolcdo / Pr,
nos tennos do art. 61,· . T., o presente
Instrumento CGlctiyó"d.;~
I 'fi',dxtlho irecebido
para fins cxdqSivamcnte admim trativos,

2/de
lprrsia<

----
JO~Ar.J3EJ1T~
CHgFUoó pos·rxzGASPERlN
- MTB
MATB. SIAPE. 02.1
7

Tabela A-I - A.dministlcação - Níveis, funções e salários:

Compras 18
.-.-- --- - T
Aux.
Zelador
Agente \
- - -. - -
oDe
Assistente
Contínuo
Motorista
Controlador
Almoxarife
Contador
~~,\' ~Encarregado
cr'NÍVEL
-
.uJ
o
Assistente (a)
de
Escriturário
Técnico
::I:
~
em
\
Almoxarife
Administrativo
de
Contábil-
998,~
6>",? ('" k
Passeio
de
compras Frota
Administrativo
(a)-5(a)Auxiliar
Setor
Recursos de
- IHumanos
- Operador
Técnico SALÁRIO
Escritório
Contábil de -
- -Desenhista
Recepcionista
FUNÇÃO
Financeiro
.. Aux.
- Computador
Enc. de Pessoal
Digitação 246,74
154,62 759,17
255,94
304,20
266,86
549,66
515,63
342,08
- Digitador
e Operação
- Assist.Êc~inanceiro 574,38
692,40
793,83
- Enc.
590,00
924,48 376,32
276,81
455,39
582,40
8

Tabela A-2 - Operac.ional - Níveis, funções e salários:

l\1ARÇO/200 I
NÍVE.L FUNÇÃO SALÁRIO
01 Auxiliar Serviços Gerais 154,62
02 Auxiliar de Lavador - Auxiliar Lubrificador 256,05
03 Aux. de Topógrafo - Ajudante Produção -Servente 294,57
04 Apontador (Mão de Obra e Produção)- Aux. De Eletr. De Auto- 307,30
móveis - Aux. de Chapeador - Auxiliar de Mecânico
05 Meio Oficial (Obras) - Porteiro - Vigia 318,75
06 Borracheiro - Frentista (Bomba e Comboio) 379,21
07 Motorista Caminhão Toco 391,94
08 Mecânico de Manutenção - OFICIAL: (Armador - Ca1ceteiro - 405,64
Carpinteiro - Eletricista - Encanador - Ladrilheiro - Lixador -
Pedreiro - Pintor - Op. betoneira)
09 Lubrificador - Lavador 412,59
10 Contra Mestre (obras) 444,37
11 Chapeador e Motorista de Caminhão Truck 452,08
12 Blaster - Laboratorista - Marteleteiro - Motorista Caminhão 477,97
Betoneira -
OPERADORES: De Britador - De Caldeira - De Compactador
de Solo - De Draga - De Extrusoras e Guias , De Máquina Fixa,
De Máquinas de Abrir Valas - De Moto Niveladora -De Pá
Carregadeira - De Pavimentadora - De Retro Escavadeira - De
Trator de Lâmina - De Trator de Pneu - De Usina de Asfalto

13 515,42
14 Mestre de Obras (construção civil) 579,51
15 Agrimensor 590,75
16 Chefe de Setor B - Mecânico de Máquinas Pesadas 639,22
17 Eletricista de Automóveis - Soldador - Torneiro Mecânico 670,78
18 704,60
19 715,94
20 Chefe de Setor "A" - Encarregado da Fábrica de Artefatos de 767,08
Cimento - Mestre de Galerias
21 Mestre de Pavimentação ~ , 1.117,40
22 Topógrafo 1.180,85
23 i Engenheiro Civil, Engo. Elétrico - EngO Mecânico
1.8~45
!? _ '"9~\
i ~0. O: o Y'
1.1;:>.. \
W \:'\."~ ç
~,\},..
~~.. \
"'";-1/ --
ó
9

Tabela A-3 - Adicional de Função - Níveis e valores:

Página 9 de 9

:MARÇ0I2001
NíVEL
\ r~
120,70
98,75
50,20
142,75
65,90
81,60
241,50
175,70
417,10
285,40
197,60
VALOR
351}Jl _______
"