Você está na página 1de 1

Por que o ditado popular o dinheiro no traz felicidade no se aplica mais nossa

sociedade?

Acredito que, em algum momento, voc j tenha ouvido algum lhe dizer que ter muita grana no
traz felicidade. Estive refletindo sobre esse ditado, e numa anlise, assume-se o fato de que ditados
populares passam de gerao pra gerao, ento possvel supor que este veio de tempos bastante
antiquados, onde no havia muita tecnologia e o mximo que voc podia ter pra se deslocar, por
exemplo, seria uns pangars. Ento, partindo deste pressuposto, creio que na poca em que esse
ditado foi criado, no havia tantas possibilidades do que fazer com grandes riquezas, a no ser
construir algum castelo gigante bem elaborado, ter todas as jias e toda aquela coisa que a nobreza
tinha na Idade Mdia. S por isso j d pra perceber como era mais ou menos chato ser rico naquela
poca. No existiam muitos meios para que uma pessoa aproveitasse sua fortuna, que no com as
mesmas futilidades de sempre da poca. Em nossa sociedade atual, onde o poder aquisitivo permite
que o afortunado realize diversas atividades, ser rico um enorme privilgio no que diz respeito a
ser feliz, digamos que um atalho pra felicidade. Hoje, se voc algum multi-milionrio e est com
seu tempo livre, voc pode literalmente fazer o que der na telha. Pode viajar para qualquer lugar do
mundo em seu jato particular, pode consumir qualquer tipo de alimento (que nesse caso, so
infinitamente mais elaborados para o prazer do consumidor do que na Idade Mdia, por exemplo),
pode-se adotar qualquer hobby, por mais caro que seja... enfim, escrever mais sobre as
possibilidades seria redundncia ao argumento das possibilidades. Mas a partir deste argumento
que percebe-se a diferena da poca onde o ditado supostamente foi criado (poucas possibilidades
de despndio), para nosso sistema atual. O fato da existncia de tantas opes para desfrutar de uma
fortuna que a tecnologia e o capitalismo fornecem faz com que ser feliz seja mais fcil.
Obviamente, dinheiro no tudo, mas o ditado falha em convencer que no traz a felicidade. Pois
ao criar um atalho para a mesma, totalmente coerente afirmar que est trazendo a felicidade pra
perto mais rpidamente.

Por Rafael Queiroz.