Você está na página 1de 20
Universidade Federal do Pará Instituto de Tecnologia Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará
Instituto de Tecnologia
Faculdade de Engenharia Civil

Mecânica dos Sólidos 3

Professor Maurício P. Ferreira
Professor Maurício P. Ferreira

Engenheiro Civil, M.Sc., D.Sc.

Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: Determine a equação para
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: Determine a equação para

Exemplo 2: Determine a equação para estimar os deslocamentos e o deslocamento máximo da viga abaixo.

x

ν max
ν max
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: W·x² 2 W ·
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: W·x² 2 W ·

Exemplo 2:

W·x² 2
W·x²
2

W · L

2 2 W ⋅ L W ⋅ x M =− + W ⋅ L ⋅
2
2
W
L
W
x
M
=−
+
W
L
x
2
2
W
2
2
M
=−
(
L
2
L
x
+
x
)
2
2 2 M =− ⋅ ( L − 2 ⋅ L ⋅ x + x )
2 2 M =− ⋅ ( L − 2 ⋅ L ⋅ x + x )
2 2 M =− ⋅ ( L − 2 ⋅ L ⋅ x + x )

W·L²

2

Integrando em relação a x:

L ⋅ x + x ) 2 W·L² 2 Integrando em relação a x : Considerando

Considerando condições de contorno tem-se que Logo,

L ⋅ x + x ) 2 W·L² 2 Integrando em relação a x : Considerando
L ⋅ x + x ) 2 W·L² 2 Integrando em relação a x : Considerando
L ⋅ x + x ) 2 W·L² 2 Integrando em relação a x : Considerando

para

L ⋅ x + x ) 2 W·L² 2 Integrando em relação a x : Considerando
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: W·x² 2 W ·
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 2: W·x² 2 W ·

Exemplo 2:

W·x² 2
W·x²
2

W · L

Integrando em relação a x:

Exemplo 2: W·x² 2 W · L Integrando em relação a x : Considerando condições de

Considerando condições de contorno tem-se

relação a x : Considerando condições de contorno tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim,

para

a x : Considerando condições de contorno tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim, a

. Logo,

x : Considerando condições de contorno tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim, a curva
x : Considerando condições de contorno tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim, a curva

W·L²

2

que

Assim, a curva de deflexão da viga fica:

tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim, a curva de deflexão da viga fica: A

A deflexão máxima ocorre para

tem-se para . Logo, W·L² 2 que Assim, a curva de deflexão da viga fica: A

. Logo:

ν max
ν max
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 3: Determine a equação para
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 3: Determine a equação para

Exemplo 3: Determine a equação para estimar os deslocamentos e o deslocamento máximo da viga abaixo.

x
x
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 3: x L x M

Exemplo 3:

x
x
L x M = w ⋅ ⋅ x − w ⋅ x ⋅ 2 2
L
x
M
=
w
x
w
x
2
2
w
M
=
(
2
L
x
x
)
2
x ⋅ 2 2 w M = ⋅ ( 2 L ⋅ x − x )

Integrando em relação a x:

( 2 L ⋅ x − x ) 2 Integrando em relação a x : Considerando

Considerando condições de contorno tem-se que

⋅ x − x ) 2 Integrando em relação a x : Considerando condições de contorno

para x= L/2 . Logo:

⋅ x − x ) 2 Integrando em relação a x : Considerando condições de contorno
⋅ x − x ) 2 Integrando em relação a x : Considerando condições de contorno
⋅ x − x ) 2 Integrando em relação a x : Considerando condições de contorno
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 3: Tínhamos que: x …

Exemplo 3:

Tínhamos que:

x
x
de Engenharia Civil • Exemplo 3: Tínhamos que: x … Substituindo-se chega-se ao valor de: Integrando

de Engenharia Civil • Exemplo 3: Tínhamos que: x … Substituindo-se chega-se ao valor de: Integrando

Substituindo-se chega-se ao valor de:

Tínhamos que: x … Substituindo-se chega-se ao valor de: Integrando novamente em relação a x :

Integrando novamente em relação a x:

ao valor de: Integrando novamente em relação a x : Considerando condições de contorno tem-se que

Considerando condições de contorno tem-se que

Logo:

a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .
a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .

O deslocamento será máximo para

a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .

. Logo:

a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .

para

a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .

ou para

a x : Considerando condições de contorno tem-se que Logo: O deslocamento será máximo para .
ν max
ν max
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: Uma viga bi-apoiada de
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: Uma viga bi-apoiada de

Exemplo 4: Uma viga bi-apoiada de aço com seção (W 12 x 35) está

submetida a uma carga distribuída em um vão L = 14 ft. Calcular a deflexão máxima e os ângulos de rotação nos para os dados abaixo. Usar as equações desenvolvidas no exemplo anterior.

de rotação nos para os dados abaixo. Usar as equações desenvolvidas no exemplo anterior. Dados de

Dados de Entrada do Problema:

de rotação nos para os dados abaixo. Usar as equações desenvolvidas no exemplo anterior. Dados de
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: a) Deslocamento Máximo b)

Exemplo 4:

de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: a) Deslocamento Máximo b) Ângulo de

a) Deslocamento Máximo

de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: a) Deslocamento Máximo b) Ângulo de

b) Ângulo de Rotação nos Apoios

de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 4: a) Deslocamento Máximo b) Ângulo de
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 5: Calcule a deflexão máxima
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 5: Calcule a deflexão máxima

Exemplo 5: Calcule a deflexão máxima da viga bi-apoiada com

comprimento de 2,0 m submetida a uma carga uniformemente distribuída de 2,0 kN/m, sabendo-se que a tensão normal máxima admissível é de 60 MPa. A viga tem seção transversal quadrada e é feita de alumínio com módulo de elasticidade de 70 GPa.

é de 60 MPa. A viga tem seção transversal quadrada e é feita de alumínio com
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do

Exemplo 5:

Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal

Dados de

Entrada do

Problema:

Tensão Normal (provocada pela flexão)

Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal (provocada pela flexão) Deslocamento Máximo

Deslocamento Máximo

Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal (provocada pela flexão) Deslocamento Máximo
Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal (provocada pela flexão) Deslocamento Máximo
Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal (provocada pela flexão) Deslocamento Máximo
Civil • Exemplo 5: Dados de Entrada do Problema: Tensão Normal (provocada pela flexão) Deslocamento Máximo
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: Determine a equação da
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: Determine a equação da

Exemplo 6: Determine a equação da linha elástica e a deflexão máxima da viga abaixo.

de Engenharia Civil • Exemplo 6: Determine a equação da linha elástica e a deflexão máxima
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: x P/2 P/2 P

Exemplo 6:

x

Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: x P/2 P/2 P M = ⋅

P/2

P/2

P M = ⋅ x ; válida para 0 < x < L 2 2
P
M
=
⋅ x
; válida para 0
< x < L
2
2

''

EI ν =

P

x

2

Integrando em relação a x:

EI

P

2

x

ν =

' +

2

2

C

1

ν '

=

0 para

x

=

⋅ P 2 x ν = ' + ⋅ 2 2 C 1 ν ' =

L

=

2

0 =

EI

P

4

ν '

 

=

L

2

 

P

4

2

+

2

x

C

1

P

L

16

P

4

x

2

C

1

2 +

=−

C

1

P

L

2

16

Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: x P/2 P/2 2
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 6: x P/2 P/2 2

Exemplo 6:

x P/2 P/2 2 2 P ⋅ L EI ν ⋅ ' P = ⋅
x
P/2
P/2
2
2 P
⋅ L
EI ν
' P
=
x
4
16

Integrando em relação a x:

EI

EI

P

x

3

⋅ ⋅

ν =

4

3

ν

⋅ =

P

12

x

3

P

2

L

16

P

2

L

16

x

x

+

+

C

2

C

2

ν = 0 para x = 0 ∴ C = 0 2 2 P 3
ν
= 0 para
x
=
0
C
=
0
2
2
P
3 P
⋅ L
EI
ν =
x
x
12
16
P
x
2
2
ν
=
(
4
x
3
L
)
48 ⋅ EI
ν =
max
para
x
=
L
2
2 
P
⋅ L
L
2
=
⋅ 
4
3
⋅ L
ν max
96
⋅ EI
 
2
 
3
P
L
=−
ν max
48 ⋅ EI
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 7: Para conter um aterro
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 7: Para conter um aterro

Exemplo 7: Para conter um aterro de 3 m de altura são utilizadas estacas

de concreto justapostas quadradas com lado de 200 mm. Se a pressão do solo varia de zero no topo ao máximo de 18 kN/m na extremidade inferior A, qual o deslocamento no topo? E conc = 28 GPa.

B 3 m A
B
3 m
A

18 kN/m

Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 7: 3 m A B

Exemplo 7:

3 m A
3 m
A

B

18 kN/m

Sabendo-se que:

Civil • Exemplo 7: 3 m A B 18 kN/m Sabendo-se que: Dados de entrada: L

Dados de entrada:

L =

q

0

3 m

=

=

3.000 mm

=

18 kN/m

18 N/mm

E conc

=

28 GPa

=

28.000 N/mm²

I

=

b

h

3

12

=

200 200

3

12

= 1,333 x 10

8

mm

4

Deslocamento em B:

ν

B

=

q

0

4

L

30

E

I

=

mm 4 Deslocamento em B: ν B = q 0 ⋅ 4 L 30 ⋅ E

18

(

3000

) 4

30 28000 1,33

×

10

8

Inclinação em B:

ν

B

=

q

0

3

L

24

E

I

=

18

(

3000

) 3

24 28000 1,33 × 10

8

10 8 Inclinação em B: ν B = q 0 ⋅ 3 L 24 ⋅ E
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 8: Uma viga bi-apoiada de
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 8: Uma viga bi-apoiada de

Exemplo 8: Uma viga bi-apoiada de aço com perfil W310 X 33 está

submetida a uma carga uniformemente distribuída q = 25 kN/m em um vão de L = 5 m. Sendo E = 200 GPa, determine: a) a deflexão máxima da viga e b) a tensão máxima de flexão.

L
L
L
L
L
L
L

L

L
L
L
L
L
L
L
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 8: L Dados de entrada:
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 8: L Dados de entrada:

Exemplo 8:

L
L
L
L
L

L

L
L
L
L
L
L

Dados de entrada:

L

=

5 m

=

5.000 mm

q

=

25 kN/m

=

25 N/mm

E

=

200 GPa

=

200.000 N/mm²

6

I = 65 x 10

h = 313 mm

mm

δ

max

=

5

q

4

L

384

E

I

4

Deslocamento máximo:

δ

max

=

5

q

4

L

384

E

I

=

5

25

(

5.000

) 4

384 200.000 65 10

6

= 5 ⋅ 25 ⋅ ( 5.000 ) 4 384 200.000 65 10 ⋅ ⋅ ⋅

Tensão Máxima de Flexão:

2 ⋅ y q ⋅ L h M max = = ⋅ σ max I
2
⋅ y
q
⋅ L
h
M max
=
=
σ max
I
8 2 ⋅
I
2
25
⋅ (
5.000
)
313
σ
=
max
6
8
2
65 10
= 188,1 MPa
σ max
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 9: Qual a máxima tensão
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 9: Qual a máxima tensão

Exemplo 9: Qual a máxima tensão de flexão em uma viga engastada e

livre submetida a uma carga uniformemente distribuída caso possua uma altura h = 250 mm, deflexão máxima δ = 5 mm, vão L = 3 m e módulo de elasticidade E = 70 GPa.

possua uma altura h = 250 mm, deflexão máxima δ = 5 mm, vão L =

L

L
L
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
Universidade Federal do Pará - Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 9: L Dados de entrada:
- Instituto de Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 9: L Dados de entrada:

Exemplo 9:

Tecnologia - Faculdade de Engenharia Civil • Exemplo 9: L Dados de entrada: L = 3

L

L

Dados de entrada:

L

=

3 m

=

3.000 mm

E

=

70 GPa

=

70.000 N/mm²

h

= 250 mm

 

δ max

δ

max

= 5 mm

=

q

4

L

8

E

I

Inércia da viga:

σ max

=

M

max

y

I

σ max

=

q

2

L

h

4 I

I =

4

σ max

q

2

L

h

=

q

2

L

h

2

2

I

Tensão Máxima de Flexão:

δ max

δ

max

σ

max

=

=

=

q

4

L

 

q

4

L

 

4

 

σ

 

max

 
 

=

 
 

8

E

I

 

8

E

q

L

2

h

 

2

L

 

2

E

h

 

δ

max

 

σ

max

 

σ

 

=

 
   

2

 

2

E

h

max

 

L

2 70.000 250 5

     
 

 

σ

3.000

2

= 19,44 MPa max
= 19,44 MPa
max