Você está na página 1de 80

Compilação Leon Jones

1 TAROT, Manual Básico


csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

CONCEITOS INICIAIS
O que é o Tarot?

Trata-se de um conjunto de 78 lâminas que representam arquétipos existentes no inconsciente coletivo da


humanidade e que, ao formarem certos padrões e combinações, passam a representar a tendência de
expressão desses arquétipos.
Em vista disso, a interpretação ou leitura dessas combinações requer um mínimo de conhecimento teórico e
prático, mas também de estar disposto a entrar em sintonia ou se harmonizar com as esferas de vibração
onde residem esses arquétipos. Por esta razão, cada vez mais psicólogos e terapeutas vêm se aprofundando
nos simbolismo contido em suas lâminas, denominadas Arcanos.

Mas o que é Arquétipo?

Trata-se de um padrão ou modelo de caráter universal, originário do inconsciente coletivo e que constitui o
alicerce da mitologia, religião, lenda e contos de fadas, a partir da qual outras coisas são feitas. Pode ainda
se referir a um protótipo ideal ou uma idéia que serve de modelo em relação às demais. Os mitos são a
linguagem dos arquétipos. Por isso, nos mitos, pode-se contemplar a história da humanidade.
Jung não foi o criador da palavra arquétipo. Ela tem sido usada há séculos e significa o padrão original, ou
protótipo a partir do qual se fazem cópias. Em sua psicologia, corresponde a qualquer das diversas idéias
inatas ou padrões na psique, expressos a partir de sonhos, artes, visões, etc., como símbolos básicos e
imagens. Os instintos são as manifestações dos arquétipos, isto é, impulsos criadores provenientes do
inconsciente.
Compilação Leon Jones
2 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

MÉTODOS DE TIRAGEM

Madame Turpaud, autora de Le Tarot de Marseille, oferece muitas sugestões úteis para o iniciante. Ela
insiste para não permitirmos que formas rígidas nos limitem. As tiragens devem ser flexíveis e, de
preferência, montadas de acordo com as questões e diferentes aspectos que estivermos examinando. Desse
modo, três regras gerais podem nos propiciar uma leitura consistente do Tarô:

1ª - estabelecer, antes de retirar cada lâmina do maço, qual o sentido ou função que ela irá ter no jogo;
2ª - fazer uma "leitura literal" da lâmina, ou seja, verbalizar simplesmente o que a carta está mostrando;
3ª - buscar, à medida que for desvirando as cartas, estar receptivo às impressões, idéias, intuições e
pensamentos fugidios que possam surgir, em ressonância à função previamente atribuída à carta.

Vamos traduzir esses conselhos na prática.

TRÊS REGRAS DE OURO

1 - A Função da Carta: Sem Complicações

O ideal é que o modelo de consulta siga a ―regra numero 1‖ da Madame Turpaud: atribuir previamente, a
cada carta, qual o papel ou função que assumirá na jogada. Se quisermos, por exemplo, compreender uma
relação pessoal, profissional ou afetiva, podemos pedir que se tire uma carta para representar uma pessoa e,
do mesmo modo, uma segunda carta para representar a outra pessoa. Se o objetivo é conhecer os pontos
fortes e os pontos fracos da relação, pediremos uma carta para explicar os pontos favoráveis, propícios, e
outra carta para dar conta dos pontos difíceis, que precisam ser trabalhados. Nesse caso, as cartas serão
retiradas do maço para dar indicações sobre questões bem definidas.

Muitas vezes a maior curiosidade é pela previsão: saber no que vai dar a relação. Nesse caso, se já tivermos
feito sorteio de outras cartas, como no exemplo que acabamos de propor, o consulente pode retirar mais uma
carta do maço para saber os prognósticos da relação. Mais ainda, quando a atitude não é de fatalismo, mas
sim de trabalhar a situação, uma nova carta será a mais importante: o conselho para lidar ou aprimorar a
questão.

Se a pergunta estiver clara e se tirarmos uma carta para estudar cada ângulo que julgarmos importante, meio
caminho de uma boa consulta já terá sido percorrido.

2 - Leitura Literal: Partir do que se sabe.

Uma dos defeitos que ―matam‖ a leitura de uma tiragem do Tarô é atribuir às cartas os lugares-comuns do
receituário popular, da cartomancia simplória que reduz tudo a ―bom‖ ou ―ruim‖. É o que também acontece,
muitas vezes, com os símbolos astrológicos, em que os signos e planetas são reduzidos a bons ou ruins,
maléficos ou benéficos.
É importante lembrar que as cartas não ditam o destino, mas esclarecem os pontos a serem trabalhados e
assimilados. Portanto, quanto mais rentes estivermos dos desenhos simbólicos das cartas, menores serão os
riscos de enganos e desvios da imaginação. A recomendação é a de partirmos da compreensão que temos das
cartas, sem invenções. Lembre-se: os adivinhos ou sensitivos, não precisam das cartas, pois recebem
informações por outros caminhos. Ou seja, além de um recurso divinatório, o Tarô pode se tornar, para a
maioria de nós, um instrumento para estudarmos e compreendermos as leis que regem os acontecimentos e a
nossa vida pessoal.
Compilação Leon Jones
3 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

3 - Receptividade: Praticar e Conferir.

O exercício de pensar simbolicamente não é cultivado no sistema escolar moderno. Pelo contrário, é
desestimulado. Desse modo, não precisamos nos sentir desmoralizados ou impacientes diante de nossa
dificuldade inicial para ―ler‖ as cartas do Tarô. O caminho é exercitar e praticar leituras, para si mesmo ou
para amigos interessados.
A vantagem de praticar entre os amigos é que não precisamos dar banca de adivinhos. Aliás, por mais
atraente que seja a arte oracular, o Tarô vai além. Entre amigos podemos pensar juntos o significado das
combinações das cartas, trabalho que pode ser resolvido pela inteligência e pela prática. Podemos consultar
o que dizem os manuais, discutir, pensar, interpretar. É importante também registrar as impressões de
conjunto, intuições, vislumbres, lampejos. E depois esperar que os fatos comprovem ou corrijam o que
entendemos. Esse caminho prático é seguro e confiável. Podemos aprender com os fatos, sem pretensas
adivinhações.

MÉTODOS PARA LER A SORTE COM OS ARCANOS MAIORES DO TARÔT

Existem diversos métodos de ler o Tarôt. Alguns usam apenas os 22 arcanos maiores (arcano é uma palavra
que vem do latim arcana, que significa mistério), enquanto outros utilizam as 78 cartas que compõem o
maço.

Esta variedade de técnicas não é fortuita ou seja, cada método tem uma razão de ser e um porque, pois o
Tarôt não pode responder da mesma maneira aos diferentes tipos de perguntas formuladas.

Isto é, a uma questão complexa, que abrange dúvidas sobre vários setores da vida do consulente, ele vai
responder com uma complexidade similar, tentando atingir os diferentes níveis de influência; porém de
forma contrária, quando uma pergunta é simples, as cartas darão o seu recado com a mesma simplicidade,
sem entrar em detalhes ou em aspectos secundários.

Para se ler o Tarôt, também é necessário que se observe bem o desenho, a sua expressão e suas cores, porque
para cada pessoa o arcano passa uma imagem diferente.

RESPOSTA IMEDIATA

Esta é uma técnica adequada para perguntas simples, que exijam respostas curtas e rápidas. Utilizam-se
apenas os arcanos maiores, depois de embaralhar as cartas, coloque-as viradas para baixo sobre a mesa,
misture-as com movimentos circulares de ambas as mãos, o consulente deve cortar o maço com a mão
direita e colocar a parte cortada para baixo, juntando o maço novamente.

A seguir, o consulente escolhe um número menor que 23 e o leitor conta as cartas até o número escolhido; a
carta que corresponder a este número é separada e colocada na mesa à esquerda do leitor.

Toda operação é repetida 3 vezes, tirando-se mais 3 cartas que devem ser colocadas formando uma cruz na
seguinte ordem: A segunda a direita do leitor, a terceira acima e a quarta abaixo.

Para obter o quinto arcano, que ocupará a posição central da cruz somam-se os números dos arcanos que já
estão sobre a mesa. Se o número resultante for superior a 22, some os algarismos desse número, o resultado
dessa soma indica o número do arcano central.
Compilação Leon Jones
4 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

O ARCANODA PESSOA

O consulente embaralha os arcanos maiores, junta o maço e corta em duas partes, então tiramos as três cartas
superiores representando assim:

Primeira Posição: Define o arcano da pessoa


Segunda Posição: Revela o que há de bom ou mal na vida da pessoa
terceira posição: Revela a proteção da pessoa.

[2][1][3]

TIRAGEM DA CABALA

[3] PASSADO

[1] META [5] RESPOSTA [2] BASE

[4] FUTURO

Somar as cartas 1, 2, 3 e 4 e o número que resultar vai ser a carta de número cinco, que é a energia que
passa.

LEITURA EM CRUZ
1) O consulente deve cortar o baralho e colocar a parte cortada para baixo, juntando-os novamente.
2) O consulente deve formular uma questão.
3) O consulente escolhe um número menor que 23. Tendo escolhido, o leitor conta as cartas até este número,
separando do lado a que corresponde ao número escolhido. Esta carta deve ficar à esquerda do leitor.
4) Esta operação deve ser repetida três vezes até formar uma cruz na seguinte ordem: a segunda carta à
direita, a terceira acima, a quarto abaixo.
5) Após tal procedimento some os valores das cartas (número dos Arcanos ou Deuses). Caso este número
seja igual ou maior que 23, some os algarismos do número resultante. O resultado final indicará o número do
Arcano ou Deus central.

Após formada a cruz, inicia-se a leitura com base na pergunta formulada. A leitura em questão se guiará
pelas indicações das posições da carta, como se explica abaixo:

[3]

[1] [5] [2]

[4]

(1) Indica os prós, o favorável, o que se refere ao sucesso desejado.


(2) Indica os contras, o que não é favorável, o que se refere às armadilhas.
(3) Indica o Juiz, aquilo que é correto, as soluções justas.
(4) Indica a sentença, o desfecho, o resultado da questão.
(5) Indica o processo, os fatores que haverão de decidir a situação.
Compilação Leon Jones
5 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

PRIMEIRA POSIÇÃO: O que esta a seu favor na questão, indica os prós, ou seja, pessoas e coisas que são
favoráveis, o que deve ser feito para obter o sucesso desejado, qual é a qualidade do consulente que deve
prevalecer no momento.

SEGUNDA POSIÇÃO: Indica os contras, o que está agindo direto sobre você, pessoas e coisas
desfavoráveis, aquilo que não deve ser feito, as armadilhas a evitar, o inimigo que cria obstáculos.

TERCEIRA POSIÇÃO: Indica o juiz, o que é correto fazer, qual é a solução justa da situação.

QUARTA POSIÇÃO: Indica a sentença, anuncia o desfecho, prevê o resultado da questão.

QUINTA POSIÇÃO: É a síntese, mostra os fatores que intervieram e determinaram a solução final, é a
confirmação do desfecho final.

Para que a resposta seja precisa, o consulente deve se concentrar muito bem na sua pergunta e formulá-la de
forma clara, concisa e sem ambigüidades.

AS SETE CARTAS (Tarôt tradicional 78 cartas)


Este método é prático e muito rápido, principalmente quando se deseja obter uma resposta de sim ou não,
neste caso são usados os arcanos maiores e menores.

O consulente deve embaralhar primeiramente o maço dos arcanos menores, da onde o leitor tira 11 cartas de
cima e as coloca sobre o maço dos arcanos maiores, agora o consulente deve embaralhar as 33 cartas que
serão usadas na leitura, com o pensamento firme na pergunta.

O leitor toma então o maço e abre as sete cartas superiores, da esquerda para a direita, se a primeira carta
estiver invertida, o leitor deve virar todas as outras. Se das sete cartas, quatro o mais estiverem invertidas, a
resposta será não ou o fato esperado vai demorar muito para acontecer.

PRIMEIRA POSIÇÃO: Passado distante, revela os fatos principais que ocorreram na vida passada do
consulente e que estão influindo sobre os acontecimentos do presente, ela mostra a origem do fato.

SEGUNDA POSIÇÃO: Passado imediato, mostra fatos ou situações ocorridos recentemente na vida do
consulente, que podem já ter terminado ou estar em vias de terminar.

TERCEIRA POSIÇÃO: Influências presentes, geralmente ligada à anterior, revela acontecimentos ou


influências que estão agindo no momento sobre o consulente, afetando sua vida, suas perspectivas ou suas
atitudes

QUARTA POSIÇÃO: Obstáculos presentes, mostra se existe algum obstáculo ou risco para o consulente,
uma carta a primeira vista favorável pode representar um influência frívola ou supérflua, como uma diversão
ou uma atitude inconsequente, que está agindo sobre o consulente, impedindo-o de enfrentar o problema
com objetividade.

QUINTA POSIÇÃO: Perspectivas presentes, esta é a soma da 3 e 4 o resultado delas, indica as


possibilidades que se descortinam para o consulente no momento atual, tendo em vista as influências que o
cercam.

SEXTA POSIÇÃO: Influências futuras, esta carta quase sempre se liga à anterior e dela depende a
realização ou não das perspectivas do consulente, revela a influência que esta começando a agir e que
decidirá os fatos no futuro próximo.
Compilação Leon Jones
6 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SÉTIMA POSIÇÃO: Resultado futuro, este arcano representa a culminação, a resposta final a pergunta
feita, desde que as influências mostradas pelas cartas anteriores não se alterem.

[1][2] [3][4][5] [6][7]


Outra forma de tiragem é a primeira, segunda e terceira posição, significando: passado, presente e futuro
respectivamente, lembrando-se de verificar as energias que passam de uma carta a outra: somando-se e
diminuindo-se. Depois a quarta posição é a visão consciente, assuntos específicos de sua cabeça; a quinta
posição é a visão inconsciente, ou outros em sua vida; a sexta posição significa o resumo e o desafio à
vencer e a sétima posição e última representa a visão do taro, isto é, a resposta.

MÉTODO DE TIRAGEM DA CRUZ CELTA


Simples e responde claramente a questão proposta pelo consulente. São trabalhados com os 22 Arcanos
Maiores ( A essência das mudanças ) e os 56 Arcanos Menores ( detalhes das informações). O modo de
disposição segue a figura em anexo.
Após concentrada a mente, na questão/pergunta, embaralham-se as cartas, abre em circulo de 360º, o
consulente retira no total de 10 Dez cartas, que são dispostas na posição invertida. O tarólogo vira então
todas as cartas, para ter a noção de mesa.

Posição 1, diz sobre o consulente e sua questão em si, ou como ele reage a ela.
posição 2, é energia que atravessa o seu caminho, o cortando a ação, ou favorecendo, a sua influência é de
imediata.
Posição 3, é carta da cabeça, o que consulente tem almejado, ou consciência e são também as oportunidades.
Posição 4, diz muito sobre a energia do passado, algo que favoreceu o rumo dos atuais acontecimentos.
Posição 5, confirma a situação no atual presente, e que envolve de forma direta o consulente.
Posição 6, anuncia as influência futuras, muitas vezes revela nesta posição algo que ainda era oculto.
Posição 7, representa o atual estado de equilíbrio do consulente mediante a questão.
Posição 8, revela a influência dos fatores ambientais, os influência de terceiros na questão.
Posição 9, revela seu estado atual de espírito e personalidade alma para lidar com as esperanças, os demores,
os desejos.
E a posição 10, que sinalizada a resposta final, a conclusão da questão em si.

(10)
(3) (9)
(6) (1) (4) (8)
(2) (7)
(5)

SINASTRIA

Interpreta-se da seguinte maneira: o amor do casal, o dinheiro, o diálogo, o lar, a afinidade e a rotina
respectivamente.

EU [ 1 ] [ 2 ] [ 3 ] [ 4 ] [ 5 ] [ 6 ]

TU [ 7 ] [ 8 ] [ 9 ] [10] [11] [12]


Compilação Leon Jones
7 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

ESTRUTURA DOS ARCANOS MAIORES


Embora seja prática corrente considerar os Arcanos Maiores um conjunto independente dos Arcanos
Menores, ambos formam um todo único, integrando-se de maneira necessária para representar os arquétipos
da humanidade. Em outras palavras, podemos dizer que o Tarot representa um contexto mitológico e
simbólico, que costuma ser associado com o mito da Criação.

Segue uma distribuição dos Arcanos Maiores, na visão coerente de W. G. Gray, aperfeiçoada por R. J.
Stewart.

Arcanos Tríade
1 Lua
2 Sol Os Três Mundos
3 Estrela
Ciclo Ascendente

4 Roda da Fortuna
5 Justiça As Três Rodas
6 Julgamento
7 Louco
8 Mago Os Três Iluminadores
9 Carruagem
10 Diabo (Guardião)
11 Torre Os Três Libertadores
12 Morte
13 Pendurado
Ciclo Descendente

14 Eremita Os Três Redentores


15 Hierofante
16 Temperança
17 Imperador Os Três Doadores
18 Força
19 Imperatriz
20 Enamorados Os Três Compartilhadores
21 Sacerdotisa
22 Mundo / Universo A Realidade Manifestada

TERMOS E DEFINIÇÕES
As qualidades atribuídas aos quatro naipes são aquelas, em geral, aceitas pela maioria das autoridades.

Arcanos Maiores – As 22 cartas do baralho de tarô que representam 22 arquétipos universais mais
intimamente associados com a humanidade, o mundo, e toda a vida.

Arcanos Menores – As 40 cartas de um baralho de tarô consistindo de quatro naipes (paus,copas, espadas e
ouros), cada um numerado de um a dez; a maioria das autoridades também considera as Cartas da Realeza
como parte dos menores, totalizando 56 Menores.
 l4 cartas de Paus representando a atividade espirit
 ual
 l4 cartas de Copas simbolizando a atividade afetiva
 l4 cartas de Espadas expressando a atividade mental
 l4 cartas de Ouros correspondendo à atividade material

Cartomancia – A arte ou habilidade de ler cartas de jogar ou um baralho de tarô.


Compilação Leon Jones
8 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

O BARALHO
- O Louco; Bobo.
I O Mago; Mágico; Saltimbanco; O Prestigiador.
II A Papisa; Sacerdotisa;
III A Imperatriz;
IV O Imperador;
V O Papa; O Hierofante; Grande ou Sumo Sacerdote;
VI Os Amantes; Os Enamorados;
VII O Carro; A Carruagem;
VIII A Justiça; Ajustamento;
IX O Eremita, O Sábio;
X A Roda da Fortuna, A Fortuna, O Destino;
XI A Força;
XII O Enforcado, O Dependurado;
XIII A Morte;
XIV A Temperança, a Arte;
XV O Diabo;
XVI A Torre; A Torre de Babel; A Casa de Deus; A Guerra; A Destruição;
XVII A Estrela; As Estrelas;
XVIII A Lua;
XIX O Sol;
XX O Julgamento; Aeon; A Ressurreição;
XXI O Mundo; O Universo.

Paus Copas Espadas Ouros


Fogo Água Ar Terra
Sul Oeste Leste Norte
Atrás Direita Esquerda Frente
Primavera Verão Outono Inverno
Criatividade Imaginação Mudança Recompensa
Ousar Sentir Pensar Possuir
AZ Poder Amor Destino Recompensa
2 Aliança Romance Equilíbrio Mudança
3 Virtude Graça Tristeza Cooperação
4 Acabamento Decadência Trégua Avareza
5 Impasse Desilusão Derrota Miséria
6 Glória Prazer Ciência Caridade
7 Desafio Sonho Futilidade Falência
8 Risco Indolência Interferência Aprendizado
9 Defesa Felicidade Crueldade Ganho
10 Opressão Redenção Ruína Riqueza

O posicionamento da lâmina "O Louco", no subconjunto dos Arcanos Maiores, é variável.

Arthur Edward Waite indica como seqüência correta, a inclusão desse arcano antes da lâmina I O Mago.
Eliphas Levi e Papus recomendavam a inclusão da carta "O Louco" entre os arcanos XX e XXI.
Alberto Consté aceita uma valorização dupla – o arcano poderia Ter valor Zero ou 22. Outros estudiosos
sugerem que ela seja incluída após o arcano XXI.
Compilação Leon Jones
9 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Os

Arcanos

Maiores
Compilação Leon Jones
10 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

(0 ou 22) O Louco
O Arcano da Busca e do Amor

Ao contrário do que ocorre nos demais arcanos, a margem superior da lâmina não
tem numeração, razão pela qual se costuma atribuir-lhe o valor de
arcano Zero ou 22, segundo a necessidade.

Um homem anda com um bastão na mão direita. Está de costas, mas seu rosto,
bem visível, aparece de três quartos. Sobre o ombro direito leva uma vara em
cuja extremidade há uma pequena trouxa.

O personagem está vestido no estilo dos antigos bobos da corte: as calças


rasgadas deixam ver parte da coxa direita. Um animal que poderia ser um felino
parece arranhar esta parte exposta ou ter provocado o rasgão. De um chão árido,
acidentado, brotam cinco plantas.

O viajante tem a cabeça coberta por um gorro que desce até a nuca e lhe cobre as
orelhas; esta estranha touca transforma seu rosto barbudo numa espécie de
máscara. Veste uma jaqueta, presa por um cinto amarelo; seus pés estão cobertos
por calçados vermelhos.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
A busca e o Filho Pródigo. A experiência de ultrapassar os limites.
Espontaneidade, despreocupação, admiração, saudade.
Impulsividade. Inconsciência. Alienação.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Passividade, completo abandono, repouso, deixar de resistir. Irresponsabilidade. Inocência.


Escolha intuitiva acertada. Domínio dos instintos; capacidade mediúnica. Abstenção. O não fazer.

Mental: Indeterminação devida às múltiplas preocupações que se apresentam e das quais se tem apenas uma
vaga consciência. Idéias em processo de transformação. Conselhos incertos.
Emocional: Revezes sentimentais, incerteza frente aos compromissos, sentimentos vulgares e sem duração.
Infidelidade.
Físico: Inconsciência, desordem, falta à palavra dada, insegurança, desprazer. Abandono voluntário dos
bens materiais. Assunto ou negócio enfraquecido. Do ponto de vista da saúde: transtornos nervosos,
inflamações, abscessos.

Sentido negativo: Enquanto andarilho, o Louco significa queda ou marcha que se detém. Abandono forçado
dos bens materiais; decadência sem muita possibilidade de recuperação. Complicações, atoleiro,
incoerência.
Nulidade. Incapacidade para raciocinar e autodirigir-se, entrega aos impulsos cegos. Automatismo.
Confusões inconscientes. Extravagância. Castigo causado pela insensatez das ações. Remorsos vãos.
Compilação Leon Jones
11 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Esta carta significa loucura. Irreflexão. Extravagância. Imaturidade. Ingenuidade. Irracionalidade.
Insegurança.
Frivolidade. Espontaneidade. Prazer. Leviandade. Falta de disciplina. Desconsideração. Precipitação.
Exibicionismo. Arrebatamento.
Excessos sem limites. Gastos ou atos ridículos. Descuido com os compromissos. Desatenção com
pormenores importantes. Início de uma aventura. Indiscrição. Tendência a ser guiado pela própria intuição.

IDÉIA FUNDAMENTAL

A pura essência da alma dá o último passo, completando a ligação consciente de todos os aspectos dos
estados celestiais da divindade. Tendo se tornado um com tudo, o seu futuro é o futuro de um ser cujo
crescimento e esplendor não têm limite.

POSITIVO: Gênio; Inesperado.


NEGATIVO: Loucura; O Inesperado Impede o Sucesso; O Imponderável.
DOENÇAS: Loucura; Perturbações Imprevisíveis.
O louco é um ano.

SIMBOLISMO

Representa a ansiedade do homem em ir além de si mesmo, de se superar, de alcançar o que lhe escapa à
lógica, de pagar para ver os resultados de seus atos impensados. Sem apego e sem raízes, ele parte em busca
do que o fascina no momento, mesmo que lhe custe o abandono dos seus afetos.

Caminhar sem saber para onde vai não chega a ser um problema, pois não mede esforços para chegar aonde
seu espírito chama. Ele incomoda a sociedade por não respeitar os convencionalistas ou ética. Com sua
imagem descomprometida, tenta sempre chocar os valores burgueses. Dotado de ironia inteligente, ele
penetra facilmente em todos os segmentos sociais, tirando partido deles, criticando-os, ridicularizando-os e
expondo o lado obscuro e comprometedor de cada um deles. Costuma sair ileso das situações por estar
respaldado pela imagem displicente, descuidada e inconsequente da insanidade.

O Louco carrega em si tanto a sabedoria como a ignorância. Ele é rei e mendigo, anda por toda à parte e
nada o retém. Conhece de tudo um pouco e não personifica nada. Com isso, detém todas as possibilidades. E
também desorientação, entusiasmo, euforia, frivolidade e gosto por viagens.

Prefere uma gargalhada a um sorriso. É alegre, descontraído, carismático e parece infantil.


Irracional em si, representa também a impulsividade. Irreverente e inconsequente pode criar e adotar
projetos audaciosos, movidos por desejos e paixões. Gosta de ser o centro das atenções.

Este arcano, também chamado de O Bobo, simboliza o ser humano em busca de si mesmo. É a carta da
confusão, da indecisão, da inconsciência, da ingenuidade e da loucura, mas também representa a
capacidade de se lançar rumo ao desconhecido e de superar os próprios limites.

“SÓ UM LOUCO SE JOGA NUM ABISMO PARA CONHECER SUA PROFUNDIDADE.”


Compilação Leon Jones
12 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

I. O Mágico ou O Mago
O Arcano da Mística, da Concentração, do Impulso Criado.

O título francês desta carta, Le Bateleur, pode ser traduzido também como
Prestidigitador, Malabarista, Pelotiqueiro, Bufão, Acrobata ou Cômico.
O termo Prestidigitador talvez fosse o mais adequado ao simbolismo dinâmico do
personagem, mas é comum que seu nome seja traduzido do inglês Magician,
Mágico ou Mago. Um prestidigitador, de pé, frente à mesa onde coloca os seus
instrumentos, segura uma esfera ou um disco amarelo entre o polegar e o
indicador da mão direita, enquanto com a mão esquerda aponta obliquamente para
o chão uma vareta curta.
O personagem é representado de frente, com o rosto voltado para a esquerda. [Nas
referências aos protagonistas de cada carta, será considerada sempre a esquerda e
a direita do leitor]. Usa um chapéu cuja forma lembra o símbolo algébrico de
infinito (∞) e seus cabelos, em cachos louros, escapam desse curioso chapéu.
Veste uma túnica multicolorida, presa por um cinto amarelo.
Sobre a mesa, da qual se vêem apenas três pernas, há diversos objetos: copos,
pequenos discos amontoados, dados, uma bolsa e uma faca com a lâmina
descoberta ao lado de sua bainha. O prestidigitador está só, no meio de uma
campina árida com três tufos de erva; no horizonte, entre as pernas da figura,
uma árvore se desenha contra o céu incolor.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

Arcano da relação entre o esforço pessoal e a realidade espiritual. Domínio, poder, auto-realização,
capacidade, impulso criador, atenção, concentração sem esforço, espontaneidade.
O ser, o espírito, o homem ou Deus; o espírito que se pode compreender; a unidade geradora dos
números, a substância primordial. Ponto de partida. Causa primeira. Influência mercuriana.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Destreza, habilidade, finura, diplomacia, eloqüência, capacidade para convencer, espírito alerta, inteligência
rápida, homem inquieto nas suas atividades e negócios.

Mental: Facilidade para combinar as coisas, apropriação inteligente dos elementos e dos temas que se
apresentam ao espírito.
Emocional: Psicologia materialista; tende para a busca das sensações, do vigor, da qualidade criativa.
Generosidade unida a cortesia. Fecundidade em todos os sentidos.
Físico: Muita vitalidade e poder sobre as enfermidades de ordem mental ou nervosa, neuroses e obsessões.
Esta Carta indica uma tendência favorável para questões de saúde, mas não assegura a cura. Para conhecer o
diagnóstico é necessário considerar outras cartas.

Sentido negativo: Charlatão persuasivo, sugestivo, ilusionista, intrigante, politiqueiro, impostor, mentiroso,
explorador de inocentes. Agitação vã, ausência de escrúpulos. Discussões, brigas que podem se tornar
violentas, dado o vigor do personagem. Mau uso do poder, orientação defeituosa na ação, operações
inoportunas. Tendência à dispersão nas ações, falta de unidade nos processos e atividades. Duvida.
Indecisão. Incerteza frente aos acontecimentos.
Compilação Leon Jones
13 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

O Mago significa originalidade e criatividade. Habilidade para utilizar as próprias capacidades a fim de
realizar uma tarefa. Imaginação. Segurança. Espontaneidade.
Perícia. Força de vontade. Autoconfiança. Destreza. Engenhosidade. Flexibilidade. Arte. Astúcia.
Dominação. Autocontrole. Impostura. Simulação enganadora. Desdém. Perplexidade. Unidade de
pensamento e emoção. Capacidade para escolher o que deve fazer. Determinação para ver uma tarefa
cumprida até o fim. Capacidade de influenciar outras pessoas

IDÉIA FUNDAMENTAL:
Da origem da forma para a essência da ausência de forma, a alma viaja enquanto conjuga poder de se ajustar
à natureza da existência. Quando o entendimento atinge o coração da divindade, a iluminação suprema e o
poder ilimitado tornam-se experiências da alma.

POSITIVO: Partida; Mocidade; Habilidade.


NEGATIVO: Nem todos os elementos estão à mão para encerar qualquer coisa; Falta de Experiência.
DOENÇAS: Mocidade; Saúde; Vitalidade.
O Mago é a Primavera

SIMBOLISMO

O Mago simboliza a força do homem em domar a natureza, analisando suas energias e direcionando-as com
criatividade. Ele é a busca do poder, o incessante fluxo da criação e a capacidade de revelar a realidade
fundamental onde tudo se estrutura. Tem muita alegria de viver, é astuto, inteligente e muito determinado
para conseguir seus objetivos. Seu caráter é um labirinto de contradições. Exerce as funções mais variadas
em proporções inacreditáveis.

Esse arcano aponta o potencial criativo não manifesto ainda em nós e indica momentos de clareza e
identificação das possibilidades não exploradas. No jogo, ele pode indicar o início de uma fase importante
no mundo dos negócios. O Mago pode ser vendedor, comerciante, especulador, atravessador, mascate,
relações públicas, camelô, dançarino e todas as profissões que exijam jogo de cintura, habilidade e talento.

Tem temperamento alegre, brincalhão, mas é também mentiroso, trapaceiro, e sempre que pode, tenta
induzir o outro a fazer aquilo que ele deseja, sem que isso seja percebido.

Representa o momento criativo do aqui e agora, além da capacidade de acelerar processos naturais em
aparente desafio às leis da natureza. Uma pessoa assim pode ser boa ou má, pois existe o Mago Branco e o
Mago Negro, mas o importante é saber que ambos tem poder, inteligência e habilidade. Seu maior desafio é
a vaidade.

Significa alegria, integridade, vontade de viver. Indica enorme capacidade criativa, atividade, energia e
astúcia. Simboliza o domínio sobre a situação.
Originalidade, criatividade e individualismo são alguns dos atributos inerentes a esta carta, que também
representa o livre-arbítrio. O Mago é aquele que dispõe de todos os meios para criar

“SOU MUITO MAIOR QUE A IMAGEM QUE ATÉ HOJE CONSEGUI FAZER DE MIM MESMO.”
Compilação Leon Jones
14 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

II. A Papisa (ou A Sacerdotisa)


O Arcano da Sabedoria, da Gnose, do Princípio Receptivo.

Uma mulher sentada, com um livro aberto sobre a saia e uma coroa tripla na
cabeça.

Olha para a esquerda e veste uma túnica vermelha sobre a qual se desdobra um
manto azul (em algumas versões as cores são opostas). Duas partes da sua tiara
estão ornadas de florões, mas a parte superior é uma simples abóbada.

Um véu, que lhe cai sobre os ombros, cobre totalmente os seus cabelos; na
mesma altura desse véu, por trás, aparece uma cortina cujos pontos de fixação
não são visíveis. Tampouco se podem ver os pés da mulher, assim como a base
do trono.

Fato curioso, que é reencontrado somente no arcano XXI, é que a figura


ultrapassa a margem superior do quadro: o extremo da tiara supera a linha negra,
um pouco à direita do número II.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
A Sabedoria, a Gnose, a Casa de Deus e do homem, o santuário, a lei, a Cabala, a igreja oculta, a reflexão.
Fala também do binário, do princípio feminino, receptivo, materno.
Mistério. Intuição. Piedade. Paciência, influência saturnina passiva.
Interpretações usuais na cartomancia
Reserva, discrição, silêncio, meditação, fé, confiança atenta. Paciência, sentimento religioso, resignação.
Favorável às coisas ocultas.

Mental: Grande riqueza de idéias. Responde a problemas concretos melhor do que a questões vagas.
Emocional: É amistosa, recebe bem. Mas não é afetuosa.
Físico: Situação garantida, poder sobre os acontecimentos, revelação de coisas ocultas, segurança de triunfo
sobre o mal. Boa saúde, mas com um ritmo físico lento.

Sentido negativo: Dissimulação, hipocrisia, intenções secretas. Mesquinharia, inação, preguiça. Beatice.
Rancor, disposição hostil ou indiferença. Misticismo absorvente, fanático. Peso, passividade, carga. As
intuições que traz invertem seu sentido e se tornam falsas. Atraso, lentidão nas realizações.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Sabedoria. Julgamento correto. Conhecimento sereno. Sagacidade. Bom senso. Cultura. Compreensão.
Serenidade. Esclarecimento. Objetividade. Discernimento.
Educação. Habilidade para ensinar e instruir. Previsão. Intuição. Endentimento. Percepção. Segurança. Às
vezes é demasiado prático. Um bom professor.
Emoções ocultas. Ausência de sentimentos. Incapacidade de partilhar. Relacionamentos platônicos.
Ttendência para evitar envolvimentos emocionais. Ocasionalmente, fala demais.
Compilação Leon Jones
15 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL:

Sobre uma coluna central, ou sobre o caminho direto da flecha, prosseguimos do primeiro ponto de contato
entre os mundos humano e divino para o limite mais elevado da Divindade numa perigosa jornada noturna,
precariamente equilibrados nas costas de um camelo.

POSITIVO: Iniciação; Dualidade; Apoio de Mulher de Idade;


NEGATIVO: Coisas Escondidas; Oposição de Uma Mulher de Idade; Falta de Visão
DOENÇAS: Dissimilação; Febres; Perturbações Orgânicas; Tumores; Epidemias; Gravidez
A Papisa é o Outono

SIMBOLISMO
Essa lâmina está relacionada com os mistérios, segredos e intuição. Misteriosa, tímida, recatada, a
Sacerdotisa busca a perfeição no silêncio reflexivo de suas emoções. Serviçal ao extremo, acha que tem
como missão servir aos outros, ajudar, proteger e educar. Ama a religião e despreza a ciência. Em sua
intimidade, ela conhece o potencial a ser desenvolvido e as nuances mais sombrias e primitivas da
personalidade de cada um. Possui mediunidade onírica (revelada através dos sonhos), prevê acontecimentos
e capta a energia das pessoas e do meio ambiente em que se encontra. É a grande mãe que acoberta os filhos
e mantém a casa em perfeito estado.

Dada a relacionamentos platônicos, tem dificuldade em se envolver emocionalmente com as coisas e


externar seus sentimentos. É reservada, fria, distante, observadora, pouco intelectual, fascinante, sedutora e
enigmática. Não se deixa conhecer e nem permite que entrem em sua intimidade. Seu amor e conhecimentos
são dados a poucos escolhidos por ela.

Simboliza o útero silencioso que acolhe os frutos da vida, fecundados na escuridão. É melancólica, discreta,
elegante e sabe de si. Seu domínio é exercido sutilmente sem que ninguém perceba. Mansa, sonhadora, tem
olhar dócil e retidão de caráter. É a profunda serenidade que nossa alma precisa para encontrar seus
maravilhosos poderes.

Representa a meditação e intuição, mistério e segredo. Revela uma personalidade reservada, que guarda
muito bem seus mistérios. Ama a religião e despreza a ciência. Em sentido negativo, pode significar
intolerância.

A Sacerdotisa simboliza a força feminina. Seus atributos são o mergulho nos mistérios, o conhecimento
esotérico, a sagacidade, o poder de enxergar as verdades ocultas, a sensualidade, a intuição e o sexto sentido
apurado. Também representa o discernimento, o bom senso e a sagacidade.

“Ó HÁ DUAS VERDADES: A DE FORA E A DE DENTRO. UMA ENCOBERTA PELA VERDADE E A OUTRA


PELA ESCURIDÃO.”
Compilação Leon Jones
16 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

III. A Imperatriz
O Arcano da Magia Sagrada, da Força Mediadora, da Mãe

Uma mulher coroada, sentada num trono, mantém contra si, com sua mão direita,
um escudo ornado com uma águia amarela, enquanto que com a esquerda
sustenta um cetro que termina por um globo encimado pela cruz.

Está representada de frente, com os joelhos separados e com os pés ocultos nas
dobras da túnica. A cintura da Imperatriz está marcada por um cinto, que se une a
uma gola dourada. A coroa leva florões amarelos e permite que os cabelos da
figura se derramem sobre os ombros.

O trono está bem visível e seu espaldar sobressai à altura da cabeça da


Imperatriz. No ângulo inferior esquerdo da estampa cresce uma planta. A águia
desenhada no escudo olha para a direita.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

O verbo, o ternário, a plenitude, a natureza, a fecundidade, a geração nos três mundos.


Sabedoria. Discernimento. Idealismo. Influência solar intelectual. É o arcano da Magia Sagrada,
instrumento do poder divino.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Gravidez, criatividade, sucesso. Compreensão, inteligência, instrução, encanto, amabilidade. Elegância,
distinção, cortesia. Domínio do espírito, abundância, riqueza.

Mental: Penetração na matéria por meio do conhecimento das coisas práticas. Os problemas vêem à tona e
podem ser reconhecidos.
Emocional: Capacidade para penetrar na alma dos seres. Pensamento fecundo e criador.
Físico: Esperança, equilíbrio. Soluciona os problemas. Renova e melhora as situações. Poder continuo e
irresistível nas ações.

Sentido negativo: Desavenças, discussões em todos os planos. As coisas se embaralham e ficam confusas.
Atraso na realização de um acontecimento que, no entanto, ocorrerá.
Afetação, pose. Vaidade, presunção, desdém. Futilidade, luxo, prodigalidade. Deixa-se levar pelas
adulações, falta de refinamento, modos de novo-rico.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Esta carta simboliza o progresso feminino. Ação. Desenvolvimento. Frutificação. Fertilidade. Concretização.
Realização.
Interesse pelos detalhes do dia-a-dia. Mãe. Irmã. Esposa. Casamento. Filhos. Influência feminina. Riqueza
material. Evolução. Às vezes, subterfúgio. Artifícios femininos.
Inquietação. Esbanjamento. Pessoa que faz críticas. Capaz de motivar os outros. Um líder. Toma decisões
fundamentadas em todos os fatos disponíveis.
Compilação Leon Jones
17 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

O Saber, o nosso Pai Celestial, e a compreensão, a nossa Mãe Celestial, estão unidos por um poder que é a
origem máxima de todo amor, de toda afeição e de todo desejo de união. Os binários da Anima e do Animus
alcançam sua união final e a humanidade transubstanciada nasce como verdadeira divindade.

POSITIVO: Inteligência; Realização;


NEGATIVO: Nenhuma Realização; Oposição de Uma Mulher
DOENÇAS: Enfermidades da Cabeça; Mentais;
PLANETA: Mercúrio
ÓRGÃO: Intestinos

SIMBOLISMO
Representa o lado feminino em seu auge, sem o qual não podemos gerar, dar frutos e ter paciência de
esperar com tranquilidade os momentos certos para termos condições de agir. A Imperatriz protege, dá
segurança, é sábia, racional, inteligente, dedicada, dominadora, podendo até ser egoísta. Também é seletiva,
intelectual, autêntica e crítica. Gosta de luxo, conforto, mordomias e riqueza. Corre o risco de ser fútil e tem
mania de perfeição.

Incorpora bem a mulher de negócios, a esposa dominadora ou ainda atriz, líder comunitária, dançarina,
poetisa. A chave do seu poder é o estado de constante inspiração e amor. Quando ama é sufocante e
possessiva.

Quer ser sempre o centro das atenções e tenta sugar do sexo oposto tudo o que pode. Ela é a compreensão
dos nossos potenciais e a energia transformadora que concretiza as infinitas oportunidades da vida.
Indica facilidade de expressão, amor pela verdade e justiça. Em sentido positivo, controla os problemas do
dia-a-dia com sabedoria e perspicácia. No sentido negativo, vaidade e sedução em excesso.

Esta carta está associada à sensibilidade, à fertilidade, à ação, ao talento e ao progresso. A Imperatriz é a
força da natureza, a fonte geradora da vida, a mãe. Também indica talento, sutileza, diplomacia, serenidade e
atitudes ardilosas. Seu poder vem da ternura e da ligação com a Terra.

“O NÍVEL DE EXCELÊNCIA NÃO É DADO A TODOS; SOMENTE AQUELES QUE


CONSEGUEM UNIR A RIQUEZA MATERIAL COM A ESPIRITUAL.”
Compilação Leon Jones
18 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IIII. O IMPERADOR
O Arcano da Autoridade, da Paternidade e da Obediência.

Sentado num trono com as pernas cruzadas, um homem coroado é visto de perfil.
Em sua mão direita traz um cetro que termina por um globo e pela cruz, enquanto
a outra mão segura o cinto. No primeiro plano, à direita, um escudo com a
imagem de uma águia parece apoiar-se no chão.

Um colar amarelo prende uma pedra (ou um medalhão) de cor verde. A coroa se
prolonga extraordinariamente por detrás da nuca. O trono, uma cadeira em cujo
braço esquerdo se apoia o Imperador, repousa – como a mesa do Arcano I – sobre
um terreno aparentemente árido, do qual brota uma solitária planta amarela.

Ao contrário do emblema da Imperatriz, a águia do Arcano IIII olha para a


esquerda.
O desenho das águias, por outro lado, difere notavelmente num e noutro caso. A
notação IIII, no topo do desenho, que ocorre também nos arcanos VIIII, XIIII e
XVIIII não é habitual na numeração romana (que registraria IV, IX, XIV e
XIX). Essa forma de grafar, porém, faz parte da tradição gráfica do Tarô, tal como
aparece na versão de Marselha e na maioria das coleções de cartas antigas.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

O poder, o portal, o governo, a iniciação, o tetragrama, o quaternário, a pedra cúbica ou sua base.
Proteção paternal.
Firmeza. Afirmação. Consistência. Poder executivo. Influência saturnina-marciana. Concretização,
habilidades práticas, ordem, estabilidade, prestígio.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Direito, rigor, certeza, firmeza, realização. Energia perseverante, vontade inquebrantável, execução do
que está resolvido. Protetor poderoso.

Mental: Inteligência equilibrada, que não despreza o plano utilitário.


Emocional: Acordo, paz, conciliação dos sentimentos.
Físico: Os bens, o poder passageiro. Contrato firmado, fusão de sociedades, situação do acordo. Saúde
equilibrada, mas com tendência à exuberância excessiva.
Sentido negativo: Resultados contrários ao pretendido, ruptura do equilíbrio. Queda. Perda dos bens, da
saúde ou do domínio sobre coisas e seres. Oposição tenaz, hostilidade preconcebida. Teimosia, adversário
obstinado; assunto contrário aos interesses. Autodestruição, grande risco de ser enganado. Autoritarismo,
tirania, absolutismo.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Esta carta representa o poder mundano. Realização. Confiança. Riqueza. Estabilidade. Autoridade. Espírito
indômito. Liderança. Tendências combativas. Uma pessoa que consegue o que quer. Paternidade. Pai. Irmão.
Marido. Influência masculina. Pressão direta. Convicção. Domínio da inteligência sobre a paixão e a
emoção. Força. Figura patriarcal. Firmeza. Conquista de metas. Desejo de aumentar seu domínio em todas
as direções. Forte desenvolvimento masculino. Digno de exercer autoridade. Uma pessoa capaz,
conhecedora e competente. Disposta a ouvir um conselho, mas que depois de ouvi-lo, segue suas próprias
convicções.
Compilação Leon Jones
19 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL
A condição harmoniosa da iluminação permite que a alma viaje até a fonte do Amor Divino, que é o
princípio paterno fecundador de toda a criação. É assim que conquistamos uma janela para a eternidade e
comtemplamos o nosso Pai que está nos céus.

POSITIVO: Solidez; Estabilidade;


NEGATIVO: Falta de Estabilidade; Oposição de Um Homem; Despotismo
DOENÇAS: Boa Saúde; Solidez Física; Virilidade
PLANETA: Júpiter
ÓRGÃO: Pescoço; Ombros; Garganta e voz.

SIMBOLISMO
Essa lâmina simboliza poder, energia, autoridade e convicção de idéias. É fiel ao que sente e prático nos
seus objetivos. Tem a habilidade de concretizar suas vontades e enfrentar a vida com seus próprios recursos.
É a imagem do pai protetor, provedor e dominador. Trabalha muito, é machista, tenso e moralista (mas só
com os outros). Sente-se disposto a aceitar conselhos, mas no final vai seguir suas próprias idéias e opiniões.
É líder, corajoso, estável e produtivo, sendo capaz de realizar várias funções ao mesmo tempo.
Tem estabilidade, solidez, harmonia e uniformidade. É protetor ativo e transformador, significando a união
entre o vigor e o equilíbrio. Simboliza a totalidade e o desejo do homem em ultrapassar sua condição de ser
humano. O desejo de ser perfeito. Está sempre de prontidão e não relaxa nunca, pois se o fizer, poderá
perder o controle do reino. Gosta de riqueza, é vaidoso e prepotente. Só acredita em si e concede aos outros
o prazer de sua presença.

O Imperador só age quando tem certeza que tudo sairá bem, pois acredita em algo muito maior, que nasce
dele e emana de sua totalidade. Ele é o engenheiro, o militar, e adora exercer profissões em que pode
gerenciar ou dar ordens. Tem tendência a dominar o mundo por seu poder de expansão.

Símbolo do poder, energia, direito e rigor. Representa proteção, estabilidade, método e organização. Além
de uma grande vontade de realizar coisas em vários campos. Em sentido negativo, corresponde ao domínio.
É o símbolo da estabilidade, da maturidade, da segurança, da firmeza, da solidez. Outros atributos deste
arcano são o progresso material, a superioridade, a honestidade, a organização e o senso de
responsabilidade. No sentido negativo, O Imperador indica supressão da liberdade.

“NÃO DEIXE DE COLOCAR SEUS PÉS NO LUGAR CERTO, DEPOIS AGUENTE FIRME.”
Compilação Leon Jones
20 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

V. O Papa (O Pontífice ou o Hierofante)


O Arcano da Transcendência, da Iluminação, da Pobreza

Um grupo de três personagens em que um deles é visto de frente, sentado, com a


mão direita levantada no sinal da benção, tendo em sua mão esquerda o eixo de
uma cruz de seis braços; sua cabeça está coroada por uma tiara.

Os outros dois personagens que se encontram em primeiro plano, de costas para


quem contempla a imagem, têm os rostos voltados para o primeiro personagem.
Este, protagonista da figura, tem veste azul, capa vermelha ornada de amarelo.
Sua mão esquerda está fechada e coberta por uma luva que tem impressa uma cruz
dos templários. A barba e o cabelo do Pontífice são brancos.

Percebe-se apenas vagamente a cadeira em que o personagem central está sentado,


com duas colunas ao fundo. Os dois personagens que estão de costas mostram a
tonsura.
O da esquerda aponta sua mão direita para o solo, com os dedos separados. O
homem da direita aponta para o alto com sua mão esquerda, com os dedos juntos.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

É o arcano do ato da bênção, da iniciação, da demonstração, do ensino. Lei, simbolismo, filosofia,


religião. Dever. Moral. Consciência. O Santo.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Autoridade moral, sacerdócio. Proteção, lealdade. Observância das convenções, respeitabilidade. Ensino,
conselhos equilibrados. Benevolência, generosidade indulgente, perdão.
Mansidão. Busca de sentido, revelação, hora da verdade, confiança, indicações do caminho da salvação.

Mental: O Pontífice representa a forma ativa da inteligência humana, que traz principalmente as soluções
lógicas. Significa também os pensamentos inspirados por um nível mais alto de consciência.
Emocional: Sentimentos poderosos, afetos sólidos, solicitude, sem cair em sentimentalismos. O Pontífice
indica os sentimentos normais, tal como devem ser manifestados na vida, de acordo com as circunstâncias.
Físico: Equilíbrio, segurança na situação e na saúde. Segredo revelado. Vocação religiosa ou cientifica.

Sentido negativo: Indica um ser desprovido de sua razão e seus instintos, na obscuridade, carente de apoio
espiritual. Projeto retardado. Chefe sentencioso, moralista estreito, rígido, prisioneiro das formalidades,
metafísico dogmático, professor autoritário, teórico limitado, pregador da ―boca pra fora‖.
Conselheiro desprovido de sentido prático.
Problemas com saúde, indecisão, negligência.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Ritualismo. Cerimonial. Clemência. Atos de submissão. Bondade. Benevolência. Perdão. Inspiração.


Aliança. Compaixão. Inatividade. Falta de convicção. Timidez. Reserva evidente. Escravidão às próprias
idéias. Uma pessoa à qual se pode recorrer. Condescendência. Um líder religioso ou espiritual. Às vezes essa
pessoa é incapaz de se adaptar a novas circunstâncias e a situações de mudanças. Tendência para se agarrar a
princípios e idéias antigos, mesmo que já estejam superados. Uma pessoa com um profundo senso de
importância histórica e um apreço sincero pela herança do passado.
Compilação Leon Jones
21 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

Unindo os princípios do Amor e da Sabedoria, esse caminho simboliza a elevada iniciação do Amor Divino,
ou da compaixão autêntica, o que faz com que o iniciado tenha a obrigação de ser um administrador
impessoal e extremamente magnânimo da graça e do poder celestiais, o construtor de uma ponte entre Deus
e o homem.

POSITIVO: Conciliação; Acordo; Casamento.


NEGATIVO: Nenhum Acordo; Contrato Nefasto; Mau Ensinamento; Impossibilidade de Conciliação.
DOENÇAS: Conselhos Médicos
ÓRGÃO: Cabeça

SIMBOLISMO
Essa lâmina representa consciência moral, ética, bons costumes, senso de dever, fé, questões relativas ao
espírito e conhecimento de causa dos próprios atos.
Servindo-se desta sabedoria, o Papa dita regras, gosta de tudo muito bem explicado e busca entender o
porquê de todas as transformações internas. Acha que é o dono da verdade e acaba impondo aos outros suas
idéias.

Intelectual, sabe verbalizar seus pensamentos. Adora dar bons conselhos e tem dificuldade em ouvir o que os
outros têm a dizer. É amável, polido, inteligente, conservador, preconceituoso, muito apegado ao passado e
às tradições. Tem dificuldades em se adaptar a novas situações pois os princípios e valores para ele são
imutáveis.

Possui dons literários, inspiração, clemência e vocação religiosa. Ele é o guia interno que estabelece a ponte
entre Deus e o homem. É o mestre espiritual existente em cada um de nós, o conhecedor intuitivo das leis
divinas.
As questões filosóficas e espirituais estão ligadas a este Arcano, que incorpora bem a figura do analista,
médico, professor, padre ou mentor espiritual.

Encontrar respostas para as questões da vida é seu dom natural, pois ele só se comprometerá com a
existência se entender o sentido de sua condição humana. É a quinta-essência, a vida manifesta no corpo.
Significa alegria, integridade, vontade de viver. Indica enorme capacidade criativa, atividade, energia e
astúcia. Simboliza o domínio sobre a situação.

Esta carta, que em alguns baralhos recebe o nome de O Papa ou de Sumo Sacerdote, representa a inspiração,
a inteligência, o ensino, a autoridade, a consciência, a benevolência, a supremacia do espiritual sobre os
desejos materiais. É a carta do dever moral e da sabedoria.

“NÃO SE DEVE DEIXAR QUE CONHECIMENTOS ESTABELECIDOS NOS TRAGAM PRECONCEITOS A UM


NOVO MUNDO.”
Compilação Leon Jones
22 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

VI. Os Namorados (Os Enamorados ou Os Amantes)


O Arcano da Iniciação, da Castidade e do Livre-arbítrio.

Um homem, entre duas mulheres, é visado por uma flecha que parece pronta para
ser disparada por um anjo, Cupido, à frente de um disco solar. O homem, no
centro do grupo, olha para a mulher da esquerda. Ele tem cabelos louros, as pernas
descobertas, e sua vestimenta é uma túnica de listas verticais, com mangas e um
cinto amarelo. Vê-se apenas uma das suas mãos, a direita, à altura do cinto.

A mulher da direita, com os cabelos louros soltos sobre os ombros, tem um rosto
jovem, fino. A mão esquerda está pousada sobre o peito do homem, enquanto a
direita aponta para baixo, de modo que os braços estão cruzados.
A outra mulher, a da esquerda, está representada de costas, mas o rosto aparece de
perfil. Tem cabelos que escapam livremente de um curioso chapéu. Dirige a mão
direita para a terra e pousa a esquerda sobre o ombro do jovem.

O anjo, de cabelos louros e asas azuis, segura uma flecha branca com uma das
mãos enquanto com a outra segura um arco da mesma cor.
Do disco solar surgem 24 raios pontiagudos, um dos quais é superposto pela asa
do anjo.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

Sentimento. Livre arbítrio. Maioridade. Prova. Escolha. Encadeamento, enredo, abraço, luta, antagonismo,
combinação, equilíbrio. Matrimônio, ligação, união. Integração de ambos os sexos ao poder gerador do
universo.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Decisão voluntária, eleição. Votos, aspirações, desejos. Exame, deliberações, responsabilidades. Afetos.

Mental: Amor pelas belas formas e pelas artes plásticas.


Emocional: Dedicação e sacrifícios.
Físico: Os desejos, o amor, o sacrifício pela pátria ou pelos ideais sociais, assim como todos os sentimentos
manifestados fortemente no plano físico.
É a carta da união e do matrimônio. Representa para os consulentes de ambos os sexos, também, a
infidelidade; em certos casos, a iminência de uma escolha a ser realizada.

Sentido negativo: Ruptura, separação, corte, desordem. Divórcio. Prova a ser suportada. Dúvida, falta de
resolução. Tentação perigosa, risco de ser seduzido. Má conduta, libertinagem. Debilidade, falta de
heroísmo.
Infidelidade, maus relacionamentos, indecisão e impotência.
Compilação Leon Jones
23 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Amor. Beleza. Perfeição. Harmonia. Unanimidade. Provações sagradas. Confiança. Fé. Honra. Começo de
um possível romance. Paixão. Sentimento profundo. Tendência para o otimismo. Desatenção a possíveis
consequências. A pessoa está se deixando conduzir. Liberdade de emoção. Necessidade de experimentar ou
de se submeter a provas. Luta entre o amor sagrado e o amor profano. Submissão a uma prova ou exame.
Ficar sob observação. Desejo ardente. Tentativa. Possíveis dificuldades. Uma pessoa profundamente
envolvida nas emoções e problemas de um amigo ou de um parente. Um assunto de consequências
significativas.
IDÉIA FUNDAMENTAL

De uma posição de iluminação equilibrada, a consciência agora se dirige ao estado restritivo e


frequentemente doloroso do entendimento profundo. Tal experiência pode ser melhor enfrentada se os
opostos interiores da alma estiverem plenamente harmonizados e se a orientação permanente do Eu Superior
( o Sagrado Anjo da Guarda) estiver disponível.

POSITIVO: Escolha; Livre-Arbitrio; Sentimentos


NEGATIVO: Hesitação; Impossibilidade de Escolha; Amizades Erradas; Sentimentos Nocivos
DOENÇAS: Escolha de Tratamentos

SIMBOLISMO

O Arcano VI representa a imagem de um jovem homem, tendo que escolher entre duas mulheres que
personificam a virtude e o vício, o caminho ideal para seguir. Essa lâmina corresponde ao momento de
decisão dos opostos, os desafios que muitas vezes não estamos preparados para enfrentar.

É a necessidade de impedir que os impulsos nos conduzam, de tomarmos a decisão acertada. Pode ser o
"deixar o certo pelo duvidoso", idealismo, amor, necessidade de se submeter às provas, tentação, atração
física e psicológica, falta de reflexão e dúvidas. São os dilemas que enfrentamos diariamente e a necessidade
de assumirmos sozinhos a responsabilidade de quaisquer ações que venhamos a praticar.

Pode ser confusão de idéias, vontade de agir, várias visões de um mesmo tema, e também fascinação. É o
passado, as tradições, os bons costumes de um lado, e de outro, o novo e o desconhecido. Simboliza também
o belo, a virtude, o pecado e o triângulo amoroso que ignore os códigos éticos. Essa lâmina consiste no
desafio de ligar os planos espiritual e emocional através de um apaixonado envolvimento pela vida,
conseguindo um novo relacionamento com o próximo e harmonia consigo mesmo.

É o conflito interno que torna a vida mais rica e criativa, onde todo o nosso ser se movimenta para chegar a
um eu mais profundo e individual. Seu maior propósito é de se desvencilhar da fascinação mortal, libertar a
alma e ser senhor de si mesmo.

Essa imagem representa a busca da harmonia, beleza e idealismo. Em sentido positivo, o Arcano pressupõe
a escolha acertada e equivalente à beleza moral e à integridade. Às vezes, simboliza a tentação.
Este é o símbolo da escolha. Simboliza o amor, a dúvida entre a paixão e a virtude, a necessidade de fazer
uma opção. Indica conflito entre sentimentos opostos e ao mesmo tempo representa o livre-arbítrio do
homem. É a carta do desejo, da beleza, da união e dos encontros e desencontros.

“TUDO QUE SEDUZ É UM CAMINHO. FUNDAMENTAL É CONSULTAR O CORAÇÃO.”


Compilação Leon Jones
24 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

VII. O Carro
O Arcano do Domínio, do Repouso.

Dois cavalos arrastam uma espécie de caixa, montada sobre duas rodas e coberta
por um dossel, onde se encontra um homem coroado, que traz um cetro em sua
mão direita. Na parte frontal do carro (a única visível), em boa parte dos tarôs
clássicos, há um escudo com duas letras, que variam com as editoras das lâminas.
Mais do que de cavalos, poderíamos falar de dois corpos dianteiros, fundidos ao
carro. Os dois animais olham para a esquerda, mas a sua disposição é tal que
parecem andar cada um para o seu lado.

O cavalo da esquerda levanta a pata direita, e o da direita, a pata esquerda. O


dossel repousa sobre quatro colunas. O homem, que tem uma coroa do tipo das de
marquês, tem a mão esquerda sobre um cinto amarelo, na altura da cintura, e na
mão direita traz um cetro que termina por um ornamento esférico encimado por
um cone. O peito do personagem está coberto por uma couraça. Cada um dos seus
ombros está protegido por uma meia-lua, com rostos de expressão diferente.

Os cabelos do personagem são amarelos, e seu olhar dirige-se ligeiramente para a


esquerda, no mesmo sentido que o de seus cavalos. Cinco plantas brotam do solo.
Não aparecem rédeas ou qualquer outro meio de guiar o carro.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Contemplação ativa, repouso. Vitória, triunfo. O setenário sagrado, a realeza, o sacerdócio.
Magistério. Superioridade. Realização.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIAS

Êxito legítimo, avanço merecido. Talento, dons, capacidade, aptidões postas em marcha. Tato para governar,
diplomacia, direção competente.
Conciliação dos antagonismos, condução de forças divergentes. Progresso, mobilidade, viagens por terra.

Mental: As coisas se realizam, mas falta ainda montar as peças de conjunto.


Emocional: Afeto manifestado; protetor, serviçal.
Físico: Grande atividade, rapidez nas ações. Boa saúde, força, atividade intensa. Do ponto de vista do
dinheiro: gastos ou ganhos, movimento de fundos.
Significa também notícia inesperada, conquista. Pode ser interpretado também como difusão da obra ou
atividades do consulente através de palavras e, segundo sua localização na tiragem, significa elogios ou
calúnias.

Sentido negativo: Ambições injustificadas, vanglória, megalomania. Falta de talento e de consideração.


Governo ilegítimo, situação usurpada, ditadura. Oportunismo perigoso. Preocupações, cansaço, atividade
febril e sem repouso. Perda de controle.
Compilação Leon Jones
25 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Esta carta sugere perturbações e adversidades, possivelmente já superadas. Influências conflitantes.


Agitação. Vingança. Sucesso. Possível viagem ou jornada. Fuga. Fugindo da realidade. Precipitando-se na
tomada de uma decisão. Cavalgando na crista da onda do sucesso ou da popularidade. Perplexidade.
Necessidade de supervisão. É preciso ficar atento aos detalhes. Urgência na conquista do controle das
próprias emoções. Esta carta sugere que é possível alcançar uma posição eminente quando as forças físicas e
mentais são mantidas em equilíbrio e postas efetivamente em ação. Tendência para misturar o trabalho duro
com épocas de produtiva solidão.

IDÉIA FUNDAMENTAL

Esse caminho é extremamente poderoso, pois liga dois rigorosos princípios. A não ser que atenuemos as
nossas experiências de poder implacável, enquanto o percorremos ficaremos tentados a nos tornar arrogantes
com o poder e ficaremos propensos a empregá-lo incorretamente. É, portanto, importante nesse ponto que
estejamos conscientes da necessidade de sermos altruístas, compassivos e completamente dedicados à
Vontade Onipotente que se realiza em nós.

POSITIVO: Triunfo; Progresso; Êxito; Direção


NEGATIVO: Caminho Sem Saída; Derrota
DOENÇAS: Boa Saúde;
PLANETA: Marte
ÓRGÃO: Coxa; Fígado

SIMBOLISMO

Essa lâmina está associada à idéia de autodomínio, vitória e coragem na busca dos objetivos. São os
instintos guiados pela vontade do consciente. É a jornada interior do auto-descobrimento, quando se dá o
crescimento e o fortalecimento da personalidade. É a proposta de ação pessoal que oferece inúmeras
oportunidades e percepção para descobrir o que realmente se é.

O Carro pode ser o início de um novo ciclo de desenvolvimento e a experiência necessária para caminhar na
vida em terra firme, quando nos sentimos acima da nossa natureza animal e nos capacitamos a tomar rumo,
estabelecer metas e realizar desafios. Simboliza liderança, gosto de viajar, garra, ação, coragem,
determinismo, tomada de decisões, necessidade de revisão, inteligência intuitiva, vigor e fidelidade aos
sentimentos.

Também é agressividade, impetuosidade, cobiça, disputa, saúde e liderança. O Carro sabe que a vida deve
continuar, por isso busca ser bem equilibrado, decidido, tendo um certo apego à matéria. Possui magnetismo
pessoal e costuma conduzir uma relação a dois.

Carece de humildade e se acha sempre guerreiro e vencedor. Mas ele é a estrada maior para a
individualização.
Essa lâmina está associada à idéia de autodomínio, progresso e vitória. É o Arcano da agilidade, inteligência
e triunfo. Símbolo da impulsividade. Indica determinação e coragem na busca de seus objetivos.

O Carro simboliza a jornada do homem ao longo da vida. Seu sentido divinatório está associado ao sucesso,
ao triunfo sobre os obstáculos, à realização, ao domínio e ao discernimento. Mostra a necessidade de
conciliar as forças divergentes da vida para atingir um objetivo.
“TODOS TÊM UM KARMA, INTERVINDO, DIRECIONANDO E POSICIONANDO-SE, ENCONTRA-SE O CAMINHO
DE SER LIVRE.”
Compilação Leon Jones
26 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

VIII. A Justiça
O arcano do Equilíbrio, da Imparcialidade.

Uma mulher, sentada num trono, tem em sua mão direita uma espada
desembainhada com a ponta virada para cima, e na esquerda uma balança com os
pratos em equilíbrio. A mão que segura a balança encontra-se à altura do coração.

Este personagem, que é visto de frente, está vestido com uma túnica cujo
planejamento sugere uma mandorla (ver arcano 21 – O Mundo), espaço de
conciliação das polaridades.

Não se vêem os pés da mulher nem a cadeira propriamente dita. Aparece, em


compensação, com toda nitidez, o espaldar do trono: as esferas que o arrematam
estão talhadas de maneira diferente.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Justiça, equilíbrio, ordem. Capacidade de julgamento. Conciliação entre o ideal e o possível. Harmonia.
Objetividade, regularidade, método. Balança, avaliação, atração e repulsão, vida e temor, promessa e
ameaça.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Estabilidade, ordem, persistência, normalidade. Lei, disciplina, lógica, coordenação. Flexibilidade,


adaptação às necessidades. Opiniões moderadas. Razão, sentido prático. Administração, economia.
Obediência.
Soluções boas e justas; equilíbrio, correção, abandono de velhos hábitos.

Mental: Clareza de juízo. Conselhos que permitem avaliar com justeza. Autoridade para apreciar cada coisa
no momento oportuno.
Emocional: Aridez, secura, consideração estrita do que se diz, possibilidade de cortar os vínculos afetivos,
divórcio, separação. Este arcano representa um princípio de rigor.
Físico: Processo, reabilitação, prestação de contas. Equilíbrio de saúde, mas com tendência a problemas
decorrentes de excessos (obesidade, apoplexia), devido à imobilidade da carta.

Sentido negativo: Perda. Injustiça. Condenação injusta, processo com castigo. Grande desordem, perigo de
ser vítima de vigaristas. Aburguesamento.
Compilação Leon Jones
27 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Probidade. Racionalidade. Justiça. Equilíbrio adequado. Harmonia. Equidade. Integridade. Virtude. Honra.
Virgindade. Recompensa justa. Desejo sincero. Boas intenções. Ações bem intencionadas. Conselhos.
Satisfação consigo mesmo. O resultado eventual quer favorável, quer desfavorável, será verdadeiramente
justo para a pessoa envolvida. Equilíbrio. Estabilidade. Imparcialidade. É capaz de perceber a tentação e de
evitar o mal. Esta carta sugere uma pessoa que reage favoravelmente à boa natureza dos outros. Alguém que
não tira vantagem desonesta de uma situação.

IDÉIA FUNDAMENTAL

Da estação da beleza equilibrada vamos para o princípio da severidade e, ao fazermos isso, as forças
kármicas da purificação nos submetem a um completo processo de julgamento.

POSITIVO: Leis; Justiça; Equilíbrio; Harmonia; Vigor.


NEGATIVO: Desequilíbrio; Injustiça.
DOENÇAS: Bom Equilíbrio; Rins.
ÓRGÃO: Rins; Ancas, Garganta e voz.

SIMBOLISMO

O Arcano VIII é representado por uma mulher sentada num trono estável e maciço. Segura em uma das
mãos a balança (peso do bem e do mal) e na outra, a espada (decisão e verdade). Simboliza a busca do
equilíbrio, análise, lógica, raciocínio, cumprimento das leis, organização. Suas palavras tem o teor da sua
honra.

Quando julga, não mistura seus sentimentos pessoais, pois sua avaliação é fria e objetiva. Imparcial e lúcida,
a Justiça não se deixa levar por desejos humanos. É objetiva e seu compromisso com a verdade transcende
aos instintos e paixões.

O Arcano Justiça representa a responsabilidade que precisamos assumir na vida relação aos nossos atos.
Sua preocupação maior é o equilíbrio. É o diálogo entre consciente e inconsciente, que resulta em ação
objetiva. A Justiça é a necessidade de criar harmonia entre as forças opostas para que o homem possa
caminhar espiritualmente em direção às suas próprias verdades, pois são as únicas que perduram. Lembre-se
sempre que da maneira como você analisa e julga o outro, você será julgado e analisado.

Harmonia, regra de conduta, fria e rigorosa em seus julgamentos. Não aceita idéias alheias sem avaliá-las.

Pretende entender e racionalizar tudo. Ignora aquele que tenta interferir em seus planos. Austeridade,
equilíbrio, integridade e justiça são algumas características inerentes a este arcano, que também representa a
disciplina, a prontidão, a sensatez, a decisão, a objetividade, a resolução e a severidade. Também está
associada à harmonia, ao equilíbrio, à retidão e à igualdade.

“AFIRMAR O QUE É JUSTO É VIVER EM COERÊNCIA COM O QUE SE FALA.”


Compilação Leon Jones
28 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IX (ou VIIII). O Eremita (ou Ermitão)


O Arcano da Consciência, do Iniciado.

Um homem, de pé, tem na mão esquerda um bastão que lhe serve de apoio,
enquanto que com a direita levanta uma lanterna até a altura do rosto.

Está representado de três quartos, com o rosto voltado para a esquerda.

Veste uma grande túnica e um manto azul com o forro amarelo. Seu capucho,
caído sobre as costas, parece continuar a túnica e é arrematado por uma borla
amarela.

A lâmpada, aparentemente hexagonal, tem apenas três de seus lados visíveis,


sendo o central vermelho e os restantes amarelos.

O fundo da gravura é incolor, e o chão de um amarelo estriado de listas negras,


muito semelhante ao reverso do manto.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS

O Iniciado, o buscador incansável. Sabedoria, iluminação, estudo, auto-conhecimento.


Meditação, recolhimento, saber desligar-se. Reavaliação da vida e dos objetivos.
Concentração, silêncio. Profundidade.Prudência. Reserva. Limites. Influência saturnina.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Austeridade, moderação, sobriedade, discrição. Médico experiente, sábio que cala seus segredos. Celibato.
Castidade.

Mental: Contribuição luminosa à resolução de qualquer problema. Esclarecimento que chegará de modo
espontâneo.
Emocional: Alcançar as soluções. Coordenação, encontro de afinidades. Significa também prudência, não
por temor, mas para melhor construir.
Físico: Segredo descoberto, luz que se fará sobre projetos até agora ocultos. Na saúde: conhecimento do
estado real, consultas que podem remediar os problemas.

Sentido negativo: Obscuridade, concepção falsa de uma situação. Dificuldades para nadar contra a corrente.
Timidez, isolamento, depressão, recusa de relações.
Mutismo, circunspecção exagerada, isolamento, caráter fechado. Avareza, pobreza. Conspirador tenebroso.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Informação. Conhecimento. Solicitude. Prudência. Discrição. Cautela. Vigilância. Espírito de sacrifício.


Retraimento. Recuo. Deserção. Anulamento. Falta de sinceridade. Ausência de expressão. Um solitário ou
uma pessoa incapaz de partilhar com outras pessoas. Enganoso. Tendência para esconder emoções. Medo de
ser descoberto. Tendência para delongar-se complacentemente dentro dessa riqueza de conhecimento, como
se ela fosse algo de muito valor, sem conseguir utilizar as informações para atingir um objetivo ou uma
aplicação.
Compilação Leon Jones
29 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

Do amor humano, sacrificado sobre o altar da beleza, prosseguimos para o amor divino que tudo sustenta,
suportando assim a solidão daquele que sacrificou tudo o que era, sem ter ainda se transformado no que será.

POSITIVO: Prudência; Estrutura; Lentidão; Interiorização; Homem Idoso;


NEGATIVO: Isolamento Desfavorável; Oposição de um Homem de Idade; Atraso; Velhice.
DOENÇAS: Velhice; Reumatismo.
PLANETA: Saturno
ÓRGÃO: Joelhos; Articulações.
ESTAÇÃO DO ANO: Inverno
O Eremita é o Dia

SIMBOLISMO

Essa lâmina simboliza sabedoria, autoconhecimento, solidão, prudência e maturidade. É o silêncio interior
onde você se encontra, se ouve e se sente porta-voz e árbitro de suas leis. Acumulando experiências, ele é
um viajante que não fica pensando no que deixou para trás, mas naquilo em que a vida o transforma, para
explorar suas potencialidades futuras.

Ele é a síntese de quem sofreu, de quem aceitou sua condição humana e sacrificou suas fantasias por uma
realidade pessoal que o transformará num ser eterno. É a maturidade na velhice ou mesmo na juventude.
Dotado de personalidade marcante, o Eremita tem uma enorme capacidade de conviver com as pessoas,
entender seus problemas e aceitar seus defeitos. É incapaz de negar ajuda a quem precisa. Muitas vezes pode
representar alguém fechado em seu mundo, que não se entrega facilmente às pessoas e aos envolvimentos
emocionais, só confiando em si e talvez, com tendência ao egoísmo.

Neste caso, desconfia discretamente das pessoas, podendo ser avarento, introspectivo, calado, observador,
paciente, tímido e resistente. Tem olhar profundo, penetrante e desafiador.
Quando se apaixona, tem em mente nunca se misturar ou se fundir com a pessoa amada. O Eremita é o
momento em que, tendo atingido uma segura unidade interior, a pessoa sente-se capaz de se expor ao caos
externo sem se deixar confundir.

Ele simboliza o viajante solitário que clareia sua própria escuridão, que atravessa as dimensões do espaço e
do tempo para conquistar o sentido do aqui e agora. É o poder mágico que o homem tem de conhecer a si
mesmo e a necessidade que cada um de nós tem de descobrir a sua luz interior.
Simboliza a prudência, a sabedoria, a maturidade. Demonstra um interior rico, sábio, só que voltado para si
mesmo. Não extravasa suas emoções, mostrando-se tímido e introspectivo.

O Eremita simboliza o homem mergulhado na solidão e em busca do conhecimento superior. Sabedoria,


estudo, prudência, circunspeção e paciência são outros elementos inerentes a este arcano.
No sentido negativo, ele tem como atributos a tristeza, o isolamento e o fracasso.

“TUDO NA VIDA TEM SUA FUNÇÃO PERIÓDICA. EM SILÊNCIO, LEVE SUA PRÓPRIA LUZ,
POIS SUA SOLIDÃO JAMAIS SERÁ ENTENDIDA POR NINGUÉM.”
Compilação Leon Jones
30 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

X. A Roda da Fortuna (A Roda do Destino)


O Arcano dos Ciclos e da Natureza caída.

Sobre o aro de uma roda de seis raios, suspensa no ar por um apetrecho de


madeira, seguram-se três animais estranhos. O fundo é branco; o chão está
cortado por listas negras.

A roda se apóia sobre dois pés ou suportes paralelos; o da esquerda não


chega ao eixo. Do centro da roda saem seis raios – azuis até menos da
metade e em seguida brancos – que se fixam na parte interna do aro: dois
deles formam ângulo reto com o chão; os outros quatro representam um xis
(ou o dez romano, número da carta, ou ainda uma cruz de Santo André).

À direita, um animal intermediário entre cachorro e lebre (com patas


traseiras que não combinam com esses animais) parece subir pela roda; à
esquerda, uma espécie de macaco desce de cabeça para baixo. Na parte
superior, uma plataforma suporta uma figura que pode ser vista como uma
esfinge coroada; três das suas patas repousam sobre a base, enquanto a pata
anterior esquerda empunha uma espada desembainhada.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Os ciclos sucessivos na natureza e na vida humana. As fases da manifestação, o movimento de ascensão e
de declínio. A mobilidades da coisas, as Influências lunares e mercurianas.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Boa sorte, louvor, honra. Alternativas da sorte. Instabilidade. Esperteza, presença de espírito que não deixa
escapar as boas oportunidades. Iniciativa feliz, adivinhação de ordem prática, sorte. Êxito casual, como o
ganho na loteria. Espontaneidade, disposição inventiva. Animação, brio, bom humor.

Mental: Lógica, regularidade. Juízo equilibrado e sadio.


Emocional: Traz animação e reforça os sentimentos.
Físico: Os acontecimentos não serão estáveis, porque necessitam de uma mudança, uma evolução. Esta
mudança tende a ser para melhor, no sentido do desenvolvimento.
Segurança na dúvida. Do ponto de vista da saúde: não haverá problemas circulatórios. Bons augúrios para
um futuro casamento.

Sentido negativo: A transformação se fará com dificuldade, mas poderá ocorrer quando fizer falta. É
preciso modificar desde o princípio, partir de outras bases. Descuido.
Especulação, jogo, abandono ao azar.
Insegurança. Imprevisão, caráter boêmio, pouca seriedade.
Situação instável: ganhos e perdas. Aventuras, riscos. Diminuição da sorte.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Destino. Fortuna. Resultado. Felicidade. Acontecimento afortunado. Ganho especial ou perda fora do
comum. Conclusão. Conseqüência. Chegando ao fim de um problema. Benefício ou malefício, dependendo
das influências das outras cartas próximas. Acontecimentos inesperados poderão vir a ocorrer. Aquilo que
foi, que é e que será, não sofrerá modificações se a pessoa não estiver atenta para uma oportunidade
inesperada.
Compilação Leon Jones
31 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

Ao avançarmos do destino inferior da emoção humana para o destino superior da Benevolência Divina,
podemos nos considerar de fato afortunados, porém somente se tivermos aprendido a conciliar as funções
quádruplas da nossa personalidade e a integrá-las, e se formos sempre regidos por um equilíbrio perfeito.

POSITIVO: Ciclo; Movimento.


NEGATIVO: Parada Total; Imobilização.
DOENÇAS: Mudança do Estado de Saúde.
PLANETA: Terra
A Roda é Uma Mudança de Estação.

SIMBOLISMO

Essa lâmina é a imagem do retorno, do fluxo contínuo da vida, do ir e vir dos acontecimentos e dos ciclos da
natureza.
É o destino que se cumpre em busca de incessante ponto de equilíbrio. É entrar em situações repentinas
independente de nossa vontade, ganhar ou perder a qualquer momento.

Fazem parte da natureza da Roda, o desafio individual, a pressa, a instabilidade e a impossibilidade de fugir
do inevitável. Sua imagem é profunda. As bordas são os eternos ciclos da vida. Seu eixo, no entanto,
permanece imóvel. É o eu interno, centrado, imutável e eterno que encontrou em si, a força independente
das influências externas que fazem girar a Roda, como moinho de vento. Esses "ventos" podem ser fracos ou
fortes e isso prenuncia, no jogo, mudanças repentinas que podem ser boas ou más.

Esse Arcano é a imagem de que "tudo passa", nada se mantém: dinheiro, riqueza, apogeu, progresso,
tristeza, dor, solidão, etc. Focaliza a questão do destino versus livre arbítrio e a energia que tudo movimenta.
É a expectativa do que vem e vai, a lei imutável da causa e efeito.
A Roda representa a energia em constante transformação, a dualidade: integração e desintegração, morte e
renascimento. Seus principais objetivos são conquistar, ganhar e ascender.

Para isso, reúne ansiedade, movimento e agitação. Esta carta determina força de vontade, mesmo que isso
exija paciência e perseverança.
O movimento incessante do destino: este é o significado da Roda da Fortuna, que representa os altos e
baixos, o ir e vir, o fim de um ciclo e o início de outro. Assim, o girar da Roda é o fluxo da vida, mas
também indica as mudanças bruscas, as interrupções e a inconstância.

“SE TUDO GIRA BEM, NÃO SE PRENDA, ISSO PASSA. SE TUDO GIRA MAL, ISSO TAMBÉM PASSA. O
IMPORTANTE É EXTRAIR A RIQUEZA DO INVERNO E DO VERÃO.”
Compilação Leon Jones
32 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XI. A Força
O Arcano da Virtude e do predomínio da Qualidade

Uma mulher abre com as duas mãos as mandíbulas de um leão. É vista de três
quartos e olha para a direita; o leão, por sua vez, está de perfil.
A mão direita da mulher está apoiada no focinho do leão, enquanto que a esquerda
segura o maxilar inferior.

O personagem veste uma saia azul e uma capa ou manto vermelho, com laterais
de tamanhos diferentes, já que a da direita chega ao chão enquanto que a da
esquerda não passa da cintura.

Todas as partes visíveis de seu corpo estão representadas em cor carne; tem ainda
um chapéu, cuja forma lembra o do Prestidigitador (O Mágico).
Do leão, vê-se apenas a cabeça, a juba e as patas dianteiras. O fundo e o chão são
incolores. Em algumas versões, a sandália da mulher, que surge debaixo da roda
da saia, parece apoiar-se no ar.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Virtude. Coragem. Potência anímica. Integração harmoniosa das forças vitais.
Força moral, autodisciplina, controle

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA

Energia moral, calma, coragem. Espírito que domina a matéria. A inteligência que doma a brutalidade.
Subjugação das paixões. Lucro nos empreendimentos empresariais.

Mental: Esta carta traz uma grande agudeza para distinguir entre o verdadeiro e o falso, o útil e o inútil, e
uma clareza precisa na avaliação.
Emocional: Domínio sobre as paixões, poder de conquista. Para uma mulher que está para se casar:
conseguirá que sua personalidade não seja anulada pelo afeto que sente pelo marido. Proteção afetuosa.
Físico: Vontade para vencer os obstáculos, domínio da situação; faz valer seus legítimos direitos.
Capacidade para tomar direção em todos os assuntos materiais.

Sentido negativo: A pessoa não é dona da sua força; é brutal, desatenta, deixa-se levar pelo poder em vez de
utilizá-lo. Os fatos ou as pessoas o abatem; sua força será aniquilada, e será vítima de forças superiores.
Impaciência. Cólera, ardor incontido. Insensibilidade, crueldade.
Luta, guerra, conquista violenta. Operação cirúrgica. Veemência, discórdia. Incêndio.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Força. Coragem. Força moral. Convicção. Energia. Determinação. Resolução. Resistência. Ação. Percepção
das tentações e das capacidades físicas e mentais para superá-las. Confiança. habilidade inata. Zelo. Fervor.
Força física. A matéria dominando a mente e, alternativamente, a mente dominando a matéria, dependendo
das circunstâncias. Realização. À custa de consideráveis perigos, a pessoa consegue o que quer. Forças
ocultas em atividade estão sendo desafiadas. Heroísmo. Força para resistir, a despeito de todos os
obstáculos. Esforços incansáveis. Triunfo do amor sobre o ódio. Libertação.
Compilação Leon Jones
33 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

O equilíbrio ou a ligação da misericórdia com a severidade dá-se quando a besta interior é domada e o seu
poder se volta a serviço das finalidades do espírito.

POSITIVO: Força; Orgulho; Vontade.


NEGATIVO: Fraqueza; Apatia; Orgulho Nefasto; Força Mal Dirigida.
DOENÇAS: Energia; Coração.
PLANETA: Júpiter
ÓRGÃO: Coração
A Força é o Verão

SIMBOLISMO

Representa o triunfo da inteligência, da força sem agressão, da confiança em si e nos valores morais e
ideológicos.

Está ligada ao sentido de permanência interior que surge a partir do reconhecimento do próprio eu. É a força
de atração sexual feminina, controle de todo tipo de energia, zelo e triunfo do amor sobre o ódio. Se casada,
jamais se submeterá à personalidade ou vontade do homem. Possui autoridade de quem confia em si.

Significa a natureza humana que é capaz de fazer frente à natureza animal. Ela não acalenta sonhos. A
realidade é seu trânsito na vida. Sincera, chega a ser dura em suas opiniões e reprime muito suas emoções e
sentimentos. Tem audácia, habilidade, virilidade e carisma. A Força é a exigência, a auto-importância, a
convivência benéfica com o inevitável e a transformação da força animal para que o homem atinja ao
máximo em seu aspecto humano. Ela é, antes de tudo, a integridade para consigo mesma e para com os
outros.

É o triunfo da inteligência sobre a brutalidade. Representa persuasão, trabalho, vitalidade, confiança nas suas
potencialidades, nos seus valores morais e ideológicos. É uma personalidade dominadora, séria e carismática
e muitas vezes indica a solução para problemas sentimentais.

Este arcano, que em alguns tarôs aparece com o nome de Persuasão, indica a vitória da razão sobre os
impulsos e os desejos inferiores. Indica o sucesso conquistado pelo esforço, a coragem, a capacidade de
solucionar contratempos e o domínio do Eu. Também simboliza a energia sexual.

“DIFÍCIL NÃO É CONTROLAR A SITUAÇÃO, E SIM SUA FERA INTERIOR SEM FERIR E NEM SER FERIDO.”
Compilação Leon Jones
34 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XII. O Pendurado (O Enforcado)


O Arcano da Fé, da aspiração Espiritual.

Um homem está suspenso, pelo pé, de uma trave de madeira que se apóia em duas
árvores podadas. Os dois suportes são amarelos e cada um conserva seis tocos da
poda, pintados de vermelho; terminam em forquilha, sobre as quais repousa o pau
superior. São verdes os dois montículos dos quais nascem as árvores da provação,
e nos quais brotam plantas de quatro folhas. A corda curta que suspende o homem
desce do centro da barra transversal.
O personagem veste uma jaqueta terminada em saiote marcado por duas meias-
luas à direita e à esquerda, que podem ser bolsos. O cinto e o colarinho da jaqueta
são brancos, assim como os dez (ou nove) botões – seis acima e quatro (ou três)
abaixo da cintura.
A cabeça do Enforcado encontra-se no nível da base das árvores. Suas mãos estão
ocultas atrás da cintura. Naturalmente, a perna pela qual está suspenso – a
esquerda – permanece esticada, enquanto que a outra está dobrada na altura do
joelho, cruzando por trás a perna esquerda.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Abnegação. Aceitação do destino ou do sacrifício. Provas iniciáticas. Retificação do conhecimento.
Gestação. Exemplo, ensino, lição pública.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Desinteresse, esquecimento de si mesmo. Submissão ao dever, sonhos generosos. Patriotismo, apostolado.
Filantropia, entrega a uma causa. Sacrifício pessoal. Idéias voltadas para o futuro. Semente.
Mudança de vida, iniciação, abertura espiritual, sacrifício por algo valioso. Paz interior, nova visão do
mundo.

Mental: Possibilidades diversificadas, flutuações. Indica coisas em processo de amadurecimento; não define
nem conclui nada.
Emocional: Falta de clareza, indecisão, particularmente no campo afetivo.
Físico: Abandono de algumas coisas, renúncias, projetos duvidosos. Impedimento momentâneo para a ação.
Um assunto iniciado é abandonado e só poderá ser resolvido através de uma ajuda. Do ponto de vista da
saúde: transtornos circulatórios.

Sentido negativo: Êxito possível, mas parcial, sem satisfação nem prazer, sobretudo em projetos de ordem
sentimental.
Reticências, planos ocultos. Resoluções acertadas, mas que não se executam; projetos abortados; plano bem
concebido que fica na teoria. Promessas não cumpridas, amor não correspondido.
Os bons sentimentos serão desviados para empreendimentos condenáveis.
Impotência. Perdas. Auto-renúncia, passividade.
Compilação Leon Jones
35 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Vida em suspensão. Transição. Mudança.(reversão da mente e da maneira de viver. Num sendido passivo, a
apatia e a inércia. Tédio. Abandono. Renúncia. As mudanças das forças da vida. período de trégua entre
acontecimentos significativos. Sacrifício. Arrependimento. Reajustamento. Terão que ser feitos esforços
para que a pessoa possa rumar para um objetivo, que mesmo assim talvez não seja alcançado. Regeneração.
Melhoria. Renascimento. Aproximação de novas forças de vida. Essa é a hora de a pessoa se condicionar
para enfrentar novas experiências. Rendição. Falta de progresso. Uma pausa na vida. Fatores externos que

IDÉIA FUNDAMENTAL:

Da esfera do pensamento ascendemos ao princípio da inclemência, da liderança inflexível. Para podermos


realizar essa ascensão, submetemos os nossos conceitos e os nossos preceitos a uma transposição de valores
e a uma reorganização de prioridades interiores.

POSITIVO: Libertação da Alma; Libertação do Corpo; Sacrifício


NEGATIVO: Bloqueio; Paralisia; É Preciso Agir
DOENÇAS: Imobilização; Cansaço; Perturbações Circulatórias
ÓRGÃO: Pés

SIMBOLISMO
Essa lâmina é o símbolo do sacrifício voluntário, da transição e de uma iniciação auto-imposta.
São experiências amargas, carências, reajustes, pendência e falta de firmeza nas opiniões. É abrir mão de
tudo que já se conseguiu anteriormente para começar de novo com uma consciência maior. Pode ser auto
piedade, complexo de inferioridade, abstinência, masoquismo, impotência, culpa ou desilusão.

Sentir o enforcado é o desafio maior de quem quer se arriscar na vida, inverter seus valores e subverter a
ordem estabelecida. É a fé de quem apostou em si e banca seus próprios sacrifícios. Esta carta é a do
Iniciado e do momento mágico da renúncia. É a possibilidade de viver um ciclo completamente novo e
diferente dentro do que já foi experimentado.

São crises de valores e a necessidade de reformulação para que a vida tenha novo teor e qualidade. Nesta
fase, a pessoa se sente pouco disponível para participar de atividades sociais pois fica melancólico e sem
entusiasmo. O Enforcado diz que você jamais será o mesmo a partir do momento que entrar, por livre
arbítrio, no seu processo de mudança mais profunda e radical da vida.
Misticismo, sacrifício, abnegação.

Mostra que a pessoa não tem muita firmeza de opinião, nem convicção em seus desejos. É o famoso
"coitadinho" aos olhos dos outros. Em sentido positivo, é o abrir mão em nome de algo maior.
O Enforcado, ou O Dependurado, é um arcano de significado cármico. Indica idealismo, renúncia, sacrifício
voluntário, abnegação, abandono e tendência de se acomodar a uma situação – ainda que esta seja
insatisfatória. Alerta para a necessidade de agir e reagir.

“NÃO SEI SE SOU EU QUE ESTOU DE CABEÇA PARA BAIXO DIANTE DO MUNDO OU SE O
MUNDO QUE ESTA DE CABEÇA PARA BAIXO DIANTE DE MIM.”
Compilação Leon Jones
36 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XIII. A Morte (ou Arcano sem Nome)


O Arcano das Transmutações e da Vida Eterna

Esta carta, comumente designada como ―Morte‖, não tem nome algum inscrito no
tarô de Marselha ou em suas variantes mais próximas.
Um esqueleto revestido por uma espécie de pele tem uma foice nas mãos.

Do chão negro brotam plantas azuis e amarelas, e diversos restos humanos. O


fundo não está colorido. No primeiro plano, à esquerda, uma cabeça de mulher;
à direita, uma cabeça de homem com uma coroa.

Um pé e uma mão aparecem também no chão; outras duas mãos – uma mostrando
a palma e outra as costas – brotam atrás, ultrapassando a linha do horizonte. O
esqueleto está representado de perfil e parece dirigir-se para a direita. Maneja a
foice, sobre a qual apóia as duas mãos.

Em algumas variantes, seu pé direito não está visível. Para o iniciante, mostra-se
como a carta mais temível, mas os estudos simbólicos ajudam a entender um outro
sentido no plano da evolução humana.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Grandes transmutações e novos espaços de realização.
Dominação e força. Renascimento, criação e destruição.
Fatalidade irredutível. Fim necessário.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Fim de uma fase. Abandono de velhos hábitos. Profundidade, penetração intelectual, pensar metafísico.
Discernimento severo, sabedoria drástica. Resignação, estoicismo, dom para enfrentar situações difíceis.
Indiferença, desapego, desilusão.

Mental: Renovação de idéias, total ou parcial, porque algo vai intervir e tudo transformar; como um
fenômeno catalisador ou um corpo novo que modifica totalmente a ação do corpo atual.
Emocional: Afastamento, dispersão. Destruição de um sentimento, de uma esperança.
Físico: Morte, perdas, imobilidade. Completa transformação nos negócios ou atividades.

Sentido negativo: Do ponto de vista da saúde, estagnação de enfermidade ou processo. A morte poderá ser
evitada, mas em troca de uma lesão incurável. Segundo sua posição, pode significar a morte, em seus
múltiplos matizes, mas também maus acontecimentos, más notícias.
Prazo fatal. Xeque-mate inevitável, mas não provocado pela vítima. Ânimo baixo, pessimismo, perda de
coragem. Interrupção de um processo para começar de modo diametralmente oposto.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Uma abertura de caminho, para novos esforços. Transformação. Mudança inesperada. Perda. Fracasso.
Alteração. Mudança brusca do antigo eu, nem sempre obrigatoriamente através da morte física. O fim de
uma situação familiar ou de uma amizade. Perda de rendimentos ou de segurança financeira. Começo de
uma nova era. Doença, possivelmente até mesmo morte. Uma vez que poderá ocorrer uma grande mudança,
por isso mesmo esta carta poderá significar o nascimento de novas idéias ou o desenvolvimento de novas
expectativas.
Compilação Leon Jones
37 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

Somente a taça vazia pode ser enchida. Para que os nossos corações sejam irradiados pelo Amor Divino,
todos os amores e todos os apegos humanos deverão se dissipar. Os muitos têm de morrer para abrir
caminho para o Um.

POSITIVO: Transformação; Transmutação.


NEGATIVO: Hesitação; Doença dos Ossos; Frio; Transformação Nefasta.
DOENÇAS: Osteopata; Ossos; frio.
A Morte é o Inverno

SIMBOLISMO

O Arcano XIII é o símbolo da renovação, transformação, renascimento, finalização de ciclos e abertura de


novos caminhos. É a lei irrevogável de morte e renascimento que cada um de nós vivencia na marcha da
evolução. É o contato com as características primitivas da natureza pessoal e o lado obscuro das coisas que
precisam ser purificadas pelo fogo. Das cinzas desse fogo inicia-se uma nova etapa.

Significa a descoberta do submundo das próprias emoções. É a destruição, morte e eliminação


transformando tudo que já foi criado e impedindo que se mantenha estático. Alterações do que imaginamos
ser(quebra de identidade), perda de ilusões, ruptura de laços ou com pessoas e propriedades.
É o momento mágico da entrega diante da fatalidade e a aceitação de algo muito maior e mais poderoso do
que a si mesmo.

São experiências estressantes, choque entre mundos, interno e externo, rendição diante daquilo que não pode
ser mudado, depressões, desafios, perda do poder, impotência, frieza, vazio, ausências, agressão, ameaça,
indiferença, rejeição, violência, abandono ou tensão de ter ou perder. É a aceitação do imutável, e a
experiência de "morrer" para renascer numa escala superior de consciência.

Esse Arcano é a visão da vida mais rica e profunda de quem atingiu o seu propósito de fazer parte da matéria
prima da vida. É a revelação dos tesouros internos e o momento espiritual de integração à verdade.
Seu lema é cortar o mal pela raiz, para recomeçar, renovar, mudar. Tudo com muita fé, coragem e uma forte
estrutura emocional. É a transformação de todas as coisas, a marcha da evolução, a desmaterialização.
Este arcano nunca tem um significado associado à morte física.

Ele representa, isto sim, as transformações profundas que acontecem na vida de todas as pessoas. Simboliza
a necessidade de descartar o supérfluo, a libertação – que pode se processar de maneira dolorosa – e a
transmutação.

“A PERDA DO ENTUSIASMO É UMA FORMA DE MORTE PREMATURA. É COMO ACEITAR A


DERROTA ANTES DE SER DERROTADO.”
Compilação Leon Jones
38 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XIV. A Temperança
O Arcano da Inspiração e da Alquimia

Um anjo com rosto feminino derrama o conteúdo de um vaso em outro. O


personagem é visto de frente, com o rosto ligeiramente inclinado para a esquerda e
para baixo, e o tronco voltado na mesma posição. Sua vestimenta tem várias
cores: azul, de cada lado do corpete, e na metade esquerda da saia; vermelho, nas
mangas e na outra parte da saia.

As asas são azuis (ou cor de pele, na edição Grimaud). Os pés permanecem
ocultos pelas pregas da saia. A flor no topo da cabeça, o botão amarelo no meio do
peito (ou um panejamento dourado, em outras versões), salientam chacras ativos
do personagem. Três linhas onduladas unem os vasos que o anjo segura; o líquido
derramado pode representar as energias em transmutação.

Na edição Camoin, a barra do vestido, em amarelo, representaria serpentes


entrelaçadas, sob controle do anjo, aos seus pés. Ou seja, representa seu vínculo
com a circulação das energias em diferentes níveis de manifestação.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
A alquimia, a transmutação dos elementos.
Renovação da vida, influência celeste, circulação, adaptação.
Serenidade. Harmonia. Equilíbrio.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Tolerância, paciência, praticidade, felicidade. Aceitação dos acontecimentos, flexibilidade para adaptar-se às
circunstâncias. Educação, trato social. Caráter elástico para enfrentar as transformações. Temperamento
descuidado.

Mental: Espírito de conciliação, ausência de paixões no julgamento; dá o sentido profundo das coisas, como
representante de um princípio eterno de moderação. Exclui a rigidez, o emperramento. Corresponde à
flexibilidade e ao plástico.
Emocional: Os seres se reconhecem e se encontram por suas afinidades. Sob a influência desta carta são
felizes, mas não evoluem e não conseguirão se livrar um do outro.
Físico: Conciliação nos negócios, atividades e empreendimentos. Pesam-se os prós e contras, encontra-se a
maneira de estabelecer um compromisso, mas se ignora se o empreendimento será ou não coroado de êxito.
Reflexão, decisão que não pode ser tomada de imediato.
Do ponto de vista da saúde: enfermidade difícil de curar, porque se alimenta de si mesma.

Sentido negativo: Desordens, discordâncias. Indiferença. Falta de personalidade, passividade. Inconstância,


humor irregular, desequilíbrio. Tendência a se deixar levar pela corrente, submissão
à moda e aos preconceitos. Resultados não conformes às aspirações. Derramamento, saída, fluxo
involuntário. As coisas seguem o seu curso.
Compilação Leon Jones
39 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

Devidamente equilibrada entre o intelecto e o sentimento, a alma invoca a força vital para impulsioná-la
para a região da consciência onde ocorre a divina iluminação. A carta ilustra, não a experiência
propriamente dita, mas o modo como ela é adquirida, ou seja, através de uma troca e de um equilíbrio de
opostos que podem ser descritos em termos simbólicos. Aqui, o uso de símbolos não tem absolutamente
nada a ver com o sigilo e, simplesmente reflete a inadequação da linguagem para descrever o processo.

Significados da carta TEMPERANÇA:

1) Ela diz respeito a um processo efetivamente físico, o qual tem sido conservado secreto pelos místicos
através dos séculos.
2) Esse processo envolve o intercâmbio de energias opostas e é dirigido pela vontade.
3) O processo se inicia no nível do Eu Superior. Ele é instituído em Chesed, o nível mais aprimorado do
Microprosopus, em cujo centro está o Eu Superior e a Sephira onde o desejo de formar a Grande Mãe é
realizado.
4) Até que esse processo seja completado, o Eu Superior não pode ser conhecido pela Personalidade.

POSITIVO: Continuidade; Troca; Modificação


NEGATIVO: Incontinuidade das Coisas; Falta de Comunicação
DOENÇAS: Acupuntura; Circulação do Sangue;circulação das Energias
ÓRGÃO: Tornozelo; Tíbias

SIMBOLISMO

Esta carta é a da alquimia interna, da experiência, do trabalho e da realização das coisas em seu devido
tempo. É o movimento incessante da energia que purifica o homem em seu momento de espera e reflexão.
Pode ser angústia, sofrimento, longas viagens, muito trabalho, calma e paciência. É a impossibilidade de
sermos agentes ativos interventores nos nossos ciclos.

A Temperança é a percepção desabrochando para a vida. É tudo aquilo que pode ser conseguido pelo
autocontrole e persistência. É o movimento da regeneração e purificação e a necessidade de um
redirecionamento dos objetivos e relações.

São os poderes que atuam em nós e que estão além da nossa experiência cotidiana. É a confiança nas
correntes profundas da vida e o deixar-se fluir com elas. Ela simboliza os rituais, intercâmbios,
comunicações, e um de seus aspectos negativos é ter pouca praticidade. Esse Arcano representa a alquimia
interna que integra corpo e alma de um modo individual e expressivo.

Simboliza a profunda experiência. Capacidade de avaliar com alma e minúcia cada situação do cotidiano
através da circulação, regeneração e purificação das águas. Para esta lâmina, "a água mole em pedra dura
tanto bate até que fura."

Em alguns tarôs, este arcano é chamado de A Alquimia. Está associado à harmonia, ao equilíbrio, à
interação de forças, às transformações positivas, à estabilidade, à necessidade de fazer com que alguma coisa
mude para melhor. Também indica autocontrole e serenidade.

“VOCÊ PODE FAZER O QUE QUISER NA VIDA, MAIS NÃO QUANDO QUISER E NEM COMO
QUISER.”
Compilação Leon Jones
40 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XV. O Diabo
O Arcano da Contra-inspiração e da Sedução

Três personagens estão representados de pé. No meio, sobre um pedestal


vermelho em forma de cálice, um hermafrodita com asas e chifres; embaixo, uma
figura feminina e outra masculina, pequenas e dotadas de atributos animais,
presas, por uma corda que lhes passa ao pescoço, a um aro que se encontra no
centro do pedestal.
O personagem central, despido, veste somente um cinto vermelho; tem na cabeça
uma curiosa touca amarela, da qual sobem dois chifres de veado; duas asas
amarelas (ou azuis, na ed. Grimaud), de desenho semelhante à dos morcegos,
brotam das suas costas. Tudo indica que o personagem é do sexo masculino, mas
seus seios estão desenvolvidos como os de uma mulher. Suas mãos e pés
apresentam características simiescas; a mão direita, erguida, mostra o dorso; a
esquerda segura a haste de uma tocha. O par acorrentado é visto de três quartos.
Estão completamente nus, mas têm uma touca vermelha da qual sobem chifres
negros.
Têm rabo, patas e orelhas de animal e escondem as mãos atrás das costas. No
nível em que se encontram, o chão é preto, mas na altura do pedestal torna-se azul
(ou amarelo) com listas
negras. O fundo é incolor.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
As provas e provações. As tentações e seduções. Magias. Desordem. Paixão. Luxúria. Dependência.
Intercâmbio, eloquência, mistério, força emocional.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Paixões indomáveis. Atração sexual. Ação mágica, magnetismo. Capacidade milagreira. Poder oculto,
exercício de influências misteriosas. Proteção contra as forças obscuras e os encantamentos.

Mental: Grande atividade, mas totalmente egoísta e sem preocupação pela justiça.
Emocional: Pluralidade, diversidade, avidez, inconstância. Busca em todas as direções para atrair tudo. Sem
a menor preocupação com o próximo. Libertinagem.
Físico: Grande irradiação neste plano, em particular no domínio material e nas realizações concretas.
Poderosa influência sobre os outros. Forte atração pelo poder material. Tem, contudo, uma deficiência:
todos os sucessos a que promete serão obtidos por vias censuráveis. Desta forma a fortuna será feita e os
delitos permanecerão na impunidade.
Inclui também a punição: de acordo com a sua relação com as outras cartas, pode significar que os sucessos
serão efêmeros e que o castigo virá na sequência.
Do ponto de vista da saúde: grande instabilidade nervosa, transtornos psíquicos; aparição de enfermidades
hereditárias.

Sentido negativo: A ação parte de uma base má e seus efeitos podem ser calamitosos. Desordem, inversão
de planos, coisas obstruídas. Do ponto de vista da saúde: ampliação do mal, complicações. Disfunção.
Superexcitação, sensualidade. Ignorância, intriga. Emprego de meios ilícitos. Enfeitiçamento, fascinação
repentina, escravidão e dependência dos sentidos. Debilidade, egoísmo.
Compilação Leon Jones
41 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Subordinação. Ruína. Sujeição. Malevolência. Subserviência. Queda. Falta de Sucesso. Experiências


sobrenaturais. Maus conselhos ou más influências exteriores. Magia negra, fracasso inesperado. A pessoa
parece não ser capaz de perceber os seus objetivos. Dependência de uma outra pessoa, que leva à
infelicidade. Violência. Choque. Fatalidade. Autopunição. Tentação para o mal. Autodestruição. Desgraça.
Influência astral. Quebra de auto-expressão da pessoa, a ponto de torná-la incapaz. Indivíduo de mau
temperamento.

IDÉIA FUNDAMENTAL

Da consciência do mundo vamos para a sabedoria de Deus. A beleza e o esplendor da iluminação divina
acenam para nós do ápice do equilíbrio, e nos livramos da ilusão para poder alcançá-la.

POSITIVO: Finanças; Sexualidade; Sono


NEGATIVO: Problema Sexual; Problemas com Dinheiro
DOENÇAS: Insônia; Sexualidade; Venenos; Magnetismo
PLANETA: Plutão
ÓRGÃO: Genitais

SIMBOLISMO
O Diabo não é propriamente mau, como prega a ortodoxia de certas doutrinas, mas sim, a pulsão da vida, a
libido, a natureza indomada e a fúria das paixões. É o desejo sexual, o apetite, vício e incapacidade de
projeção das metas.

Indica a necessidade de confrontação com tudo que está oculto e vergonhoso na base da personalidade. Para
ele não há limites e sua atuação independe de princípios ou ética. Representa também ciúme, amor
possessivo, paixões secretas, e a concretização de desejos egoístas.

Ele é o nosso lado animal que, não deve ser rejeitado nem destruído, mas sim, cuidado e controlado, pois sua
livre ação acarreta-nos graves conseqüências. A aceitação dessa natureza é a possibilidade de cumprir o
destino especificamente humano.

O Diabo vive por compulsão e não consegue estabelecer uma união com seu "eu" num nível diferente de
percepção. Ele se deixa levar pelas tentações. É o instinto indomado. Tem súbitas explosões, ódios e
instintos irrefreáveis. É fanático, de caráter vingativo, duvidoso e ambivalente.

É a lâmina das paixões, do instinto, das atrações secretas, das artes mágicas. Ao mesmo tempo que indica
frieza e inteligência, simboliza o amor possessivo, o ciúme, a busca incessante da concretização dos sonhos
e desejos.

Este arcano recebe o nome de Paixão no tarô egípcio e de O Deus Chifrudo no tarô das bruxas. Simboliza a
sexualidade, a magia, o mergulho nos segredos do inconsciente. É a carta da luxúria, do desejo, da
escravização do homem pelos bens materiais, mas também do poder e do vigor.

“OS QUE COMBATEM O FOGO COM FOGO GERALMENTE ACABAM FICANDO SÓ COM AS
CINZAS.”
Compilação Leon Jones
42 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XVI. A Torre ou Casa de Deus


O Arcano da Libertação e da Construção

O céu está coberto de esferas coloridas; dois homens caem de uma torre fulminada
por um raio. A torre – localizada num terreno montanhoso, do qual brotam seis
plantas verdes – tem três janelas azuis; a maior delas parece estar num andar mais
alto que as outras. Não aparece a porta de entrada, na edição Grimaud.

Um raio com várias cores, linhas exuberantes, decapita o edifício, que é


arrematado por quatro ameias. Sobre o fundo incolor do céu podemos contar 4
esferas na parte superior, 14 esferas à esquerda, 19 esferas à direita.
Um dos homens está caindo na frente da torre; do outro, mais atrás, vê-se apenas a
parte superior do corpo, à direita da gravura. Os dois estão de perfil.

No Tarô clássico, não aparecem tijolos ou pedras caindo sobre os homens, de


modo a colocar suas vidas aparentemente em risco.
As pequenas manchas que se observam no chão, na frente da torre, não têm uma
definição clara: podem ser pedras, líquido, pegadas.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Rompimento das formas aprisionadoras, liberação para um novo início. Desafios dos momentos de
transição.
Destruição da rigidez. Abertura. Conhecimento.
Desmoronamento e queda.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Alterações, subversões, mudanças, debilidades. Libertação da alma aprisionada; conhecimento súbito. Parto,
crise saudável. Modificação traumática, separação repentina. Perdas, insegurança. Desconfiança em si
mesmo, inquietação provocada por negócios arriscados.
Benefício recebido devido aos erros de outras pessoas. Austeridade, uma tendência à timidez.
Temperamento piedoso, religiosidade prática que não deprecia o material.

Mental: Indica o perigo que pode haver em perseverar em certa direção, em manter uma idéia fixa.
Advertência para evitar tropeços e total aniquilamento dos planos em andamento.
Emocional: Domínio sobre os seres, mas sem caridade nem amor, já que se exerce com despotismo. Tarde
ou cedo, sofrerá uma rejeição afetiva.
Físico: Projeto brutalmente abortado. Sinal ou anúncio não levados em conta; deve precaver-se nas
atividades e negócios.
A chama que decapita a torre pode ser interpretada, no entanto, como uma liberação. Do ponto de vista da
saúde: não passar os limites das forças vitais, já que uma grave enfermidade espreita. Se há alguma
enfermidade, indica o restabelecimento
depois de um período penoso.

Sentido negativo: Grande cataclismo, confusão completa. Enfermidade. Falta castigada, catástrofe
produzida por imprudência. Maternidade clandestina. Escândalo, hipocrisia desmascarada. Excesso, abuso.
Presunção, orgulho. Empreendimentos utópicos.
Compilação Leon Jones
43 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Mudança de forma total e súbita. Quebra de velhas crenças. Abandono de relacionamentos passados. Corte
de uma amizade. Mudança de opinião. Acontecimentos inesperados. Ruptura. Adversidade. Calamidade.
Miséria. Fraude. Ruína. Divórcio. Fim. Destruição. Colapso. Queda. Perda de estabilidade. Um
acontecimento súbito, que destrói a confiança. Perda de dinheiro. Perda de segurança. Perda de um amor ou
de uma afeição. Contratempos. Mudança terrível. Penetrando em novas áreas.

IDÉIA FUNDAMENTAL

Mente e Emoção, Forma e Vida, quando unidas, geram o inexorável conflito que só pode ser solucionado
pela elevação da consciência a um nível superior a ambas, unindo dessa forma as eternas tese e antítese
numa síntese mais elevada.

POSITIVO: Restabelecimento da Destruição; Perda dos Temores


NEGATIVO: Destruição; Temores; Quedas; Angústia; Operação Cirúrgica Nociva
DOENÇAS: Cirurgia; Queda; Acidentes
A Torre é o Outono

SIMBOLISMO
Essa lâmina significa a destruição de antigos padrões, perda de estabilidade, ruptura das relações anteriores e
crises interna e externa. É o prenúncio de quebras de estrutura das leis vigentes, separação repentina,
decepção, susto, catástrofes, perda de bens, extravios e calamidade pública.
É a alteração brusca do padrão de vida, desilusões, desastres. Numa expressão popular, pode ser "puxar o
tapete do outro". Representa o desejo de romper com tudo que é falso para recomeçar tudo de novo, sem
angústia e com liberdade.
Pode ser o orgulho ferido de quem se acha superior a todos, o dia-a-dia em que dá tudo errado, "levantar
com o pé esquerdo", ambição de atingir o sucesso e busca da fama. Quanto à saúde, indica instabilidade no
sistema nervoso, raiva e imprudência. O fundamental nesse Arcano é a capacidade de reconstrução, de erigir
o que se quer com métodos diferentes, pessoas novas e noutro lugar.
Expressa o perigo que conduz o excesso em si mesmo e suas consequências. Representa dificuldades de
construir algo concreto. Indica falta de confiança no seu potencial.
Chamada de A Casa de Deus no tarô de Marselha, A Torre representa a punição resultante da transgressão
das normas. Ela mostra a derrocada de certas estruturas que estavam falidas, num processo destrutivo que se
faz necessário para que o novo possa acontecer. É uma carta kármica.

“TER QUEBRADO NÃO TEM IMPORTÂNCIA ALGUMA, A NÃO SER QUE VOCÊ CONTINUE A
LEMBRAR DISSO.”
Compilação Leon Jones
44 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XVII. A Estrela
O Arcano da Esperança, do Crescimento e da Mãe do futuro.

Uma mulher com um joelho apoiado no chão tem uma jarra em cada mão;
derrama conteúdo de uma delas numa superfície de água (rio ou lago) e, da outra,
na terra. No céu há oito estrelas.

A mulher é jovem e está completamente nua; seus cabelos caem livremente sobre
as suas costas e ombros. O joelho que está apoiado no chão é o esquerdo; a ponta
do pé direito está em contato com a água. Representada ligeiramente de três
quartos, seu olhar parece ignorar o trabalho que realiza. Do chão brotam uma
planta com três folhas e, um pouco mais atrás, dois arbustos diferentes se
destacam contra um céu incolor; sobre o da esquerda um pássaro negro de asas
abertas parece estar pousado ou a ponto de levantar vôo.

No céu podem ser vistas duas estrelas de sete pontas e cinco estrelas de oito
pontas. Estão dispostas simetricamente em volta de uma estrela muito maior, que
tem dezesseis pontas, oito amarelas e oito vermelhas.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Esperança, confiança. Idealismo. Imortalidade. Plenitude. Beleza. Natureza.
O céu da alma. Influência moral da idéia sobre as formas.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Pureza, entrega às influências naturais, sadias. Confiança no destino. Plenitude e sensibilidade poética,
intuição. Bondade, espírito compassivo. Energia, convalescença.

Mental: Alguém traz uma força para ser utilizada, mas não diretamente. É a inspiração do que deve ser
feito.
Emocional: Uma corrente de equilíbrio e de esplendor.
Físico: A satisfação, o amor humano em toda a sua beleza; o destino dos sentimentos que animam o ser.
Realização das coisas através da ordem e da harmonia.
Em questões referentes à arte, esta carta fala do dom de encantamento, ou seja, o resplendor que atrai o
próximo.

Sentido negativo: Harmonia desviada do seu destino; harmonia física pouco duradoura.
Falta de vergonha, despudor, leviandade. Falta de espontaneidade. Coações, moléstias.
Natureza artificial e anti-higiênica. Tendência para a evasão e para o romantismo exagerado. Temperamento
inapto para a vida prática. Estreiteza de visão, doenças.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Esta carta representa, claramente, o aparecimento de novas oportunidades e a certeza da realização. Fé.
Esperança. Perspectivas brilhantes. Mistura do passado e do presente. Oportunidade promissora. Otimismo.
Discernimento. Presságio favorável. Amor Espiritual. Estrela de ascensão. Influência astrológica.
Culminação do conhecimento e do trabalho do passado e do presente. As energias dispendidas logo trarão
resultados. Realização. Satisfação. Prazer. Uma carta favorável, sugerindo que o desejo e a energia são
essenciais para a felicidade.
Compilação Leon Jones
45 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

A energia vital flui para o sentimento. Ao ativar a emoção, ela cria uma condição na qual a mais elevada
orientação torna-se acessível, unindo os sentimentos da personalidade com a Emoção Divina.

POSITIVO: Astrologia; Beleza; Proteção.


NEGATIVO: Mau período Astral; Feiúra.
DOENÇAS: Transfusão
PLANETA: Vênus

SIMBOLISMO
Esta lâmina representa a inspiração, a leveza e o amor em todo o seu esplendor. É a estrada numa dimensão
maior da vida. É a natureza contemplando a existência terrestre sob o prisma da espiritualidade.
São os sonhos e o material inconsciente que se misturam e se fundem em direção ao consciente. É a
esperança que emerge das profundezas para tornar a vida melhor.

Pode ser meditação, relaxamento, tranquilidade e tudo que harmoniza-se em si. A Estrela pode ser ingênua,
inocente e presa fácil de pessoas mal intencionadas. Imagem da esperança, ela vem como um alento na dor e
nos sofrimentos, pois deposita no futuro suas convicções e a ele credita soluções para os problemas.

É o Arcano do lado menos condicionado do homem, a intuição, a bússola, as diretrizes para o seu viver. Este
Arcano está ligado à música, filosofia, artes plásticas, poesia, movimentos ecológicos e naturalismo. A
Estrela é a aparição misteriosa da esperança no círculo da vida. É a possibilidade de ser feliz.

Expressa a comunicação entre os mundos. É esperança, fé, pensamento positivo. Corresponde a uma pessoa
aberta, sensível, muito amiga e, por isso mesmo, presa fácil de gente má intencionada.

Representa a esperança, a renovação, a energia, a satisfação e a boa sorte. É um arcano de inspiração


criadora e otimismo. No sentido negativo, A Estrela pode indicar o risco de se desiludir ou de se decepcionar
por causa da credulidade excessiva. Mas, de modo geral, seu sentido é benéfico.

“DESCANSE. A ESPERANÇA NÃO É A ÚLTIMA QUE MORRE, MAIS A ÚLTIMA QUE NASCE.”
Compilação Leon Jones
46 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XVIII. A LUA
O Arcano da Inteligência instintiva, dos ciclos vitais

A Lua parece atrair (ao contrário do Sol) dezenove manchas de cor, em forma de
lágrimas. Essa direção das gotas variam com as diferentes desenhos, mesmo entre
as versões clássicas.
Embaixo da Lua há dois cães e, mais atrás, duas torres. Alguns autores
reconhecem um dos animais como cão e, o outro, como lobo.
Em primeiro plano, um lagostim (a maioria das descrições fala em ―caranguejo‖)
encontra-se num tanque que, com suas bordas retas, parece construído; os dois
cães têm a língua para fora, dando a entender que querem lamber as gotas. Do
chão brotam várias plantas (ou apenas três, em algumas versões).
As duas torres parecem delimitar e proteger o espaço no qual se encontram os
animais e o tanque.
A Lua está ao mesmo tempo cheia e crescente; dentro desta última figuração vê-se
o perfil humano; os raios são de dois tamanhos. As dezenove lágrimas estão
dispostas em forma de colar, numa fileira dupla e com a ponta para baixo.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
A inteligência instintiva, os ciclos vitais. Os elementos da natureza, o mundo visível, a luz refletida, as
formas materiais, o simbolismo. Imaginação. Reflexão e reflexos. Aparências. Ilusões. O momento de
reavaliar a direção, de buscar inspiração no retorno à fonte.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


A objetividade, o mundo sensível, instintivo, vital. Experimentação, trabalho, penosa conquista da verdade.
Instrução pela dor; trabalho cansativo, mas necessário.
Vidência passiva, receptividade, sensibilidade, lucidez. Navegação, mudança. Inconstância, insegurança,
medo. Irracionalidade, fantasias, penumbra.

Mental: Em caso de negociações: mentira; em caso de trabalho pessoal: erro. Olhar superficial em todos os
níveis.
Emocional: Sentimentos conturbados ou em desordem, passionais, aparentemente sem saída. Ciúmes.
Hipocondria. Idéias quiméricas.
Físico: Obscurecimento. Agitação. Escândalo, difamação, denúncia, segredo que fica público.
Se a pergunta se refere à saúde, pode significar desordens no sistema nervoso, o que pode tornar
recomendável uma mudança de ambiente, para buscar lugares secos e com calor.

Sentido negativo: O instinto – causa de miragens – acentua seus efeitos pela situação ascendente do
pântano. Estado de consciência confuso que permanece latente e sem se manifestar. Erros dos sentidos,
falsas suposições. Embustes, enganos, decepção, desilusão.
Teorias equivocadas, falso saber, vidência histérica. Ameaça, chantagem.
Viagem inoportuna, caprichos. Caráter perturbado, neurótico.
Compilação Leon Jones
47 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Impostura. Penumbra. Obscuridade. Embuste. Desonestiadade. Desilusão. Perigo. Erro. Advertência. Aviso.
Má influência. Motivos ulteriores. Falta de sinceridade. Amigos falsos. Egoísmo. Estratagema. Velhacaria.
Astúcia. Falsas Pretensões. ma;edicência. Exposição a perigos. Superficialidade. Inimigos desconhecidos. O
choque de muitas influências divergentes. Queda numa armadilha. A pessoa está sendo desencaminhada.
Não há possibilidade de evitar os perigos que estão ao redor. A possibilidade de cometer um erro é muito
grande. As muitas e variadas influências circundantes irão combinar-se em novs pressões e impressões.

IDÉIA FUNDAMENTAL
Seus sonhos são cheios de sombras da matéria, a qual, uma vez conscientemente transcendida, é a conquista
do Caminho d'A LUA. Do ser físico nós nos elevamos para a consciência da nossa natureza emocional.

POSITIVO: Fecundação; Lar; Ilusão; Multidões; Vidência


NEGATIVO: Má Habitação; Pessoas Negativas; Elementos Duvidosos
DOENÇAS: Febre; Obesidade; Linfatismo; Radiopgrafia
PLANETA: Lua
ÓRGÃO: Peito; Estômago; Seios
A Lua é a Noite

SIMBOLISMO
A Lua é o mergulho profundo nas verdades dolorosas da vida. É o mergulho nas depressões, angústias e
ansiedades, sendo o momento mais doloroso e desolador da nossa jornada. Compreende um período de
confusão, incerteza, choro, devaneios e desesperos.

É o nosso mundo abissal e a coragem de enfrentá-lo, pois é lá a morada dos nossos monstros interiores, que
tememos conhecer. É também a abordagem do lado noite da nossa vida, o pedido de socorro, o contato com
a natureza bestial e o nascimento de uma possível rendição. Essa lâmina sugere a presença de mágoa,
intuição, magia, má influência, inimigos ocultos, falsas promessas, perigo, imaginação fértil, intrigas,
mentiras, conspiração, verdade nua e crua e novas descobertas.

Esse Arcano significa o contato com os nossos mistérios quando todas as coisas entram em ebulição e eles
se revelam maiores do que imaginávamos. Devemos respeitar e não temer a Lua, pois ela desvendará os
segredos do nosso interior.

Pode ser um momento extremamente fecundo. Intuição, imaginação, magia. Significa a noite, depressão, a
angústia, o medo. Indica insegurança, mas também inteligência. Este Arcano deve ser respeitado, pois
desvenda os segredos do nosso interior.

Este é o arcano dos mistérios. Representa a inconstância, os poderes psíquicos, a intuição, mas também está
associado à mentira, ao entorpecimento, à superficialidade e ao apego às fantasias. Em geral, este arcano
simboliza os conflitos de personalidade comuns a todos os homens.

“OS OTIMISTAS E OS PESSIMISTAS POSSUEM UM DEFEITO EM COMUM: AMBOS TEMEM A


VERDADE.”
Compilação Leon Jones
48 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XVIIII ou XIX. O Sol


O Arcano da Intuição

Dois meninos estão de pé diante de um muro, sob um sol que tem rosto humano, e
do qual chovem treze lágrimas de cores.
Os dois meninos vestem apenas uma tanga ou calção (azuis, na ed. Grimaud). O
menino da direita parece apoiar uma mão, que não se vê, na nuca do seu
camarada, estendendo o braço esquerdo um pouco para trás.

O outro tem a sua mão esquerda na altura do plexo solar de seu companheiro, e o
braço direito numa posição mais ou menos paralela. No chão, duas pedras,
similares às que aparecem na carta XVI - A Torre.
O muro que está por detrás dos meninos é amarelo, com a borda superior
vermelha.

Do disco solar, humanizado pelo desenho de um rosto visto de frente, surgem 75


raios; 16 têm forma triangular – a metade com as bordas retas e a outra metade
com as bordas onduladas — e os 59 restantes são simples raios negros. Treze
gotas, ou lágrimas, ocupam o espaço entre o Sol e os meninos.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Vitalidade, alegria. Ressurreição diária ao final da noite.
Intuição, clareza. O princípio celeste. Luz. Razão.
Concórdia. Influência solar.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Discernimento límpido, clareza de juízo e de expressão. Talento literário ou artístico. Paz, harmonia, bom
acordo. Felicidade conjugal. Fraternidade, inteligência e bons sentimentos. Reputação, glória, celebridade.
Alegria, sucesso, vitalidade, força, vivacidade. Compreensão, calor, amor, crescimento.

Mental: propósitos elevados. Sabedoria nos escritos, difusão popular harmoniosa; pensamento que alcança
grande altura.
Emocional: Afeto cavalheiresco, desvelo, altruísmo. Os grandes sentimentos.
Físico: A saúde, a beleza física. Elemento de triunfo, saída para qualquer situação adversa que se esteja
atravessando.

Sentido negativo: Grande adversidade, sorte contrária, tentativas na escuridão.


Deslumbramento. Vaidade, pose, fanfarrice. Amor-próprio, susceptibilidade.
Miséria dissimulada sob uma fachada exuberante. Aparência simuladora, decoração. Artista fracassado,
incompreendido.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO
Satisfação. Realização. Contentamento. Sucesso. Relacionamentos favoráveis. Amor. Alegria. Devoção.
Sentimentos altruístas. Noivado. Presságio favorável. Um casamento feliz. Prazer na existência cotidiana.
Felicidade terrena. O contentamento deriva de oferecermos a mão para outro ser humano. As compensações
de uma nova amizade. Prazeres derivados de coisas simples. Sucesso nas artes. Libertação. Habilidade para
aceitar a vida conforme ela é e viver contente.
Compilação Leon Jones
49 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL
Ao unir o princípio da energia vital com o do intelecto, a mente se enche de grande força triunfante.

POSITIVO: Amor; Calor; Luz; União; Iluminação; Pai


NEGATIVO: Escuridão; Quebra de União; Oposição
DOENÇAS: Calor; Necessidade de Sono
PLANETA: Sol
ÓRGÃO: Braços; Pulmões; Mãos

SIMBOLISMO
Simboliza a essência da vida, nosso caminho, nossa luz e nossos arquétipos. É a concretização do todo e o
ponto de luz que procuramos absorver para a elevação do nosso íntimo.
O muro é símbolo das barreiras, das dificuldades, da sombra e das limitações. Não podemos nos entregar por
inteiro ao sol, sob pena de nos queimarmos. Temos de ir devagar ao encontro dele, na impossibilidade de
conceber todos os seus mistérios.

Este Arcano representa a unificação do micro com o macro e seu caminho é feito de leveza, espontaneidade
e naturalidade para levar-nos a Deus e ao amor. Significa crescimento espiritual, satisfação, realização,
alegria, casamento, devoção, sentimentos altruístas, sinceridade, glórias, relações favoráveis e religião. É o
presente que se mostra claro e puro e a manifestação do verbo Divino no mundo.

É o amor bem além do nosso micro mundo. É o Ego, a impressão que você passa, visando o Eu, sua essência
e substância. O Sol é o discernimento de quem sabe de si e do outro. É dar e receber, entrar em sintonia com
todos os aspectos da vida pela consciência de poder ser feliz apesar das dificuldades. Neste Arcano o Amor
é o princípio e a causa de tudo.

Razão, reflexão, objetividade. Transmite vivacidade e desembaraço. Corresponde à espiritualidade, glória,


iluminação. Este Arcano simboliza o nosso caminho, a nossa luz.
O Sol é um arcano positivo por excelência. Representa a felicidade, a realização, o sucesso, a luz espiritual,
a conquista dos objetivos, o coroamento de todos os esforços. Também simboliza a beleza, o sucesso, o
prazer, a virtude, o amor sincero, a criatividade e o entusiasmo.

―DIFÍCIL NÃO É ENCONTRAR A LUZ, É UNIR-SE A ELA, DESCOBRIR O AMOR E


SUPORTAR O SEU BRILHO.”
Compilação Leon Jones
50 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XX. O Julgamento
O Arcano da Ressurreição

Na parte superior da carta, rodeado de nuvens, um anjo toca uma trombeta. Na


parte inferior, três personagens nus – um dos quais, o do centro, está de costas –
parecem estar em atitude de oração. Uma terra árida se estende por trás deles.

O personagem que está de costas emerge de uma espécie de sarcófago; seus


cabelos são azuis e tem uma tonsura. Dos seus lados, visíveis somente até a
cintura e representados de três quartos, os dois personagens restantes – uma
mulher à esquerda e um homem com barba, à direita – parecem olhar para a figura
do centro. Têm as mãos juntas, como numa prece.

Sobre um céu incolor, o anjo está rodeado de um circulo de nuvens azuis, das
quais saem vinte raios: dez são amarelos; os outros dez, vermelhos. De suas vestes
vê-se apenas um corpete branco e umas mangas azuis (ou vermelhas, em algumas
versões). Segura a trombeta com a mão direita, que está próxima da boca; a
esquerda apenas a toca, segurando um retângulo com uma cruz.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Os julgamentos essenciais, a avaliação dos rumos da existência. O despertar. Exame de consciência. Sopro
redentor. Renovação. A promessa da vida eterna.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Entusiasmo, exaltação emocional, intensidade dos sentimentos, espiritualidade. Capacidades ocultas, dom de
adivinhação. Atos prodigiosos, medicina milagrosa. Santidade, doação.
Renovação, nascimento, retorno de assuntos do passado ou sua atualização. Recados, propaganda,
proselitismo, apostolado.
Estar sujeito à avaliação de outros, ser julgado por suas ações.

Mental: O homem convocado a um estado superior; tendências e desejos de elevação.


Emocional: Devoção, exame de consciência.
Físico: Estabilidade nos assuntos que estão encaminhados. Saúde e equilíbrio.

Sentido negativo: Erro em relação a si mesmo e a todas as coisas; provas e trabalhos que resultarão de um
juízo falso. Vacilação espiritual, ofuscamento da inteligência. Bobo evocador de fantasmas.
Ruído, alvoroço, agitação inútil.

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Esta carta sugere reparação. Julgamento. A necessidade de se arrepender e de perdoar. O momento de


prestar contas pela forma como usamos as nossas oportunidades. A possibilidade de que a conduta presente,
em relação a outras pessoas, seja injusta e sem bondade. Rejuvenescimento. Renascimento. Progresso.
Desenvolvimento. Proteção. O desejo de imortalidade. Existe a possibilidade de que alguém esteja se
aproveitando de você, e no futuro essa pessoa se arrependerá. Julgamento legal, a nosso favor. O resultado
de uma ação judicial ou de conflitos pessoais. Devemos analisar cuidadosamente as ações presentes, uma
vez que elas afetam outras pessoas. O sucesso virá mais facilmente se você for honesto consigo mesmo.
Compilação Leon Jones
51 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

IDÉIA FUNDAMENTAL

O ser absoluto do homem é renovado quando, ao renunciarmos ao nosso apego às coisas físicas, penetramos
na esfera da mente iluminada.

POSITIVO: Renovação
NEGATIVO: Má Notícia; Fofoca;
DOENÇAS: Cura

SIMBOLISMO
Essa lâmina é o despertar do passado, com seu acervo de experiências, para que no futuro possamos
construir algo melhor.
É a nova ordem que surge a partir da conquista de novos ideais e valores. Significa que permanecíamos
cegos e adormecidos para a verdade durante muito tempo, mas que fomos recompensados, pelo exercício do
aprendizado.

O Julgamento é o final da purgação, a cura, a superação ou o renascimento de alguém que despertou para
uma nova vida. Por outro lado, pode sugerir uma fuga da realidade através de uma falsa espiritualidade. Sua
linguagem é a de Deus. É o Arcano do futuro, no jogo, indica um fato imprevisto ou uma missão a cumprir.

É o casamento da Terra com o Céu, um momento mágico, quando os dois se unem para uma grande
mudança. O maior ensinamento dessa lâmina é que devemos analisar nossas ações, sobretudo os equívocos
do passado, tirando deles os ensinamentos que nos proporcionarão, no futuro, o pleno desenvolvimento de
nosso mundo interior.

É a carta da mutação. Simboliza renovação, cura, ressurreição. Antes de transformação, questionamento,


exame, avaliação das experiências. Indica charme e carisma. Também conhecido como O Juízo Final, este
arcano simboliza o renascimento e a redenção.
Representa a libertação e a justiça, a revelação dos desígnios ocultos e o gênio inventivo. Numa consulta, O
Julgamento atua como potencializador dos significados das outras cartas.

“PODEMOS QUESTIONAR E RESOLVER TODOS OS PROBLEMAS, MAS A LIBERAÇÃO MAIOR


SURGIRÁ COM DEUS. O FUTURO É O PASSADO VOLTANDO POR OUTRA PORTA.”
Compilação Leon Jones
52 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

XXI. O Mundo
O Arcano da Alegria e da Celebração da Vida

Dentro de uma grinalda amendoada dança um personagem nu, coberto só


parcialmente por um véu que desce do seu ombro esquerdo; na mão do mesmo
lado traz uma vareta. Nos cantos da carta, quatro figuras evocam a representação
simbólica tradicional dos evangelistas: anjo, águia, leão e touro (embora este
último pareça mais um cavalo). A grinalda está formada de folhas simples e
oblongas (no Tarô de Marselha da editora Grimaud, as folhas do terço superior
são amarelas, as do meio vermelhas e as da parte inferior azuis); está amarrada,
em cima e embaixo, por laços vermelhos em forma de xis.

Dentro do espaço ovulado que a grinalda limita – com o pé direito pousado sobre
um suporte vermelho (ou amarelo) e a perna esquerda dobrada por trás do joelho
direito – está o personagem que parece dançar. Sua cara poderia ser masculina,
mas tem seios de mulher; o véu curto que o cobre tapa justamente o seu sexo. Em
uma mão leva a vara, na outra um objeto indeterminado.
No ângulo superior direito da carta há uma águia, a cabeça aureolada por um
círculo vermelho, olhando para a esquerda; no ângulo oposto, um anjo olha para
baixo.

Nos ângulos inferiores se vê, à direita, um leão amarelo com auréola rosada,
representado de frente; à esquerda, uma espécie de cavalo, o único dos quatro sem
auréola. Este último animal, que é visto de três quartos, olha para a frente e para a
esquerda. Tanto o leão como o cavalo parecem dotados de asas de composição
semelhante às folhas da grinalda.

SIGNIFICADOS SIMBÓLICOS
Finalização, realização. Recompensa. Apoteose. Encontrar o próprio lugar no mundo. Centralizar-se.
Alegria de viver. O sensível, a carne, a vida transitória.

INTERPRETAÇÕES USUAIS NA CARTOMANCIA


Sorte grande, êxito completo. Coroamento da obra, finalização de um processo. Força decisiva.
Circunstâncias muito favoráveis, meio propício. Integridade absoluta. Contemplação envolvida. Êxtase.
Alegria, reconhecimento, riqueza.
Representa o elemento feminino. É uma carta muito individual.

Mental: Grande poder da mente. Tendência para a perfeição. Magistério mental e psíquico.
Emocional: Significa elevação do espírito, sentimentos amorosos no sentido altruísta, sem egoísmo nem
sensualidade. Amor à humanidade, tarefas sociais a cumprir. Sentimentos guiados pelo desejo de aperfeiçoar
tudo que se faz. Para os artistas: inspiração abundante.
Físico: Experiência rica. Atividades sólidas e brilhantes. Êxito em níveis não transcendentes (mundanos,
transitórios). Boa saúde.

Sentido negativo: Fracasso. Processo que afeta os sentimentos. Sacrifício por amor. Obstáculo formidável.
Ambiente hostil, todos estão contra. Disposições mundanas. Dispersão, distração. Incapacidade para se
concentrar. Grande revés da sorte, ruína. Desconsideração social.
Compilação Leon Jones
53 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

SIGNIFICADO DIVINATÓRIO

Consecução. Conclusão. Perfeição. Mudança definitiva. O resultado feliz de todos os esforços. Sucesso.
Segurança. Síntese. Realização. Capacidade. Triunfo nos empreendimentos. Recompensas provenientes do
trabalho esforçado. O caminho da libertação. Vida eterna. A meta final, para a qual todas as outras coisas
conduziram. Admiração de outros. O resultado dos acontecimentos a despeito de outros sinais. Esta é uma
carta muito favorável, principalmente se está roeada por outras cartas favoráveis.

IDÉIA FUNDAMENTAL

Da prisão da forma nós nos elevamos para a consciência da força vital.

POSITIVO: Sucesso; Viagem ao Estrangeiro; Universo Cósmico


NEGATIVO: Ação Contra as Leis Divinas; Viagens que não se deve fazer; Fracasso
O Mundo indica Boa Saúde

SIMBOLISMO
Este Arcano é a culminação da longa jornada. É a integração dos lados feminino e masculino. Representa as
realizações e o momento certo para alcançarmos um objetivo. É a consciência ampliada para todas as coisas
do mundo e as que transcendem a ele.

É a lâmina que nos sugere êxito, capacidade, expansão, libertação, triunfo, saúde e busca do equilíbrio do
universo interior. Significa a estabilidade de quem está estruturado para fazer da própria existência a
revelação maior da vida. Simboliza a grande obra.

O homem sendo influenciado e influenciado o mundo em torno de si. Jung assim descreve o significado
deste Arcano: "Experimentar o eu significa estar sempre consciente da própria identidade. Então você fica
sabendo que nunca poderá ser outra coisa senão você mesmo, que nunca poderá perder-se que nunca alienar-
se-á de si. Isto é assim porque sabe que o Eu é indestrutível, que é sempre um e o mesmo, que não pode ser
dissolvido nem trocado por outra coisa. O Eu lhe permite permanecer o mesmo em todas as condições de
sua vida.

Representa o homem diante do todo, em busca do seu espaço. Ele tem espírito aventureiro, gosta de
conquistas. Entrega-se totalmente à vida, aos prazeres do mundo. Vive cada momento com intensidade.
Geralmente é desorganizado.

Também conhecido como O Universo, este arcano simboliza a perfeição. Representa a boa sorte, a
recompensa, a integridade, a lucidez e o desenvolvimento espiritual conjugado ao crescimento material. O
Mundo está associado à interação de todas as forças da natureza.

“CADA UM TEM SEU MUNDO, SEU ESPAÇO. O HOMEM É DEUS SÓ QUE ESQUECEU DISSO.”
Compilação Leon Jones
54 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Os

Arcanos

Menores
Compilação Leon Jones
55 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

OS ARCANOS MENORES E OS ELEMENTOS


Os Arcanos Menores correspondem às peças que constituem os nossos mundos, tanto interiores como
exteriores. Como tal eles poderiam serem comparados a átomos ou moléculas, algo universal, abstrato e
bastante impessoal. Para interpretá-los e aplicarmos as suas qualidades à condição humana, iremos
necessitar usar nossa intuição além dos significados tradicionais das cartas, suas associações com astrologia,
numerologia, cabala e demais símbolos como um ponto de partida. Eles representam a maneira pela qual os
Arcanos Maiores, com suas figuras arquetípicas, atual em nossa vida.

São divididos em 4 grupos, Fogo, Água, Ar e Terra, retratando as qualidades atribuídas a esses elementos:
a Intuição, os Sentimentos, o Intelecto e as Sensações, respectivamente. Além disso, as 56 cartas são
separadas entre as 16 Cartas da Corte, que simbolizam o caráter ou tipos diversos de personalidade de
pessoas reais (inclusive o Consulente) que possam estar envolvidas no assunto da leitura de uma jogada de
tarot.

As restantes 40 cartas, numeradas de 1 (Ás) a 10, representam acontecimentos e experiências, atos e


consequências de decisões das quais o Consulente tem alguma forma de participação e podem ser associadas
às 10 esferas (Sephirot) da Árvore da Vida .

Se os Arcanos Maiores significavam os ―grandes segredos‖, esta viagem que iniciamos hoje nos levará a
descobrirmos juntos os ―pequenos segredos‖.
De uma maneira bastante simplista e generalizada, podemos dizer que quando numa leitura de tarot temos
uma maioria de cartas dos Arcanos Menores, a resposta a ser encontrada junto com o Consulente está
baseada em assuntos e energias bastante terrenos. Esse tipo de resposta é, frequentemente, muito fácil de ser
percebida, intuída, mas apresenta muito mais desafios.

Os Arcanos Menores tendem a explicarem as coisas em termos bastante humanos, pois a estória que essas
cartas contam é a respeito de estarmos vivos e vivendo neste plano, neste planeta, nesta época. Elas não
pretendem atingirem conceitos muito abstratos ou filosóficos mas, ao contrário, vão fundo naquilo que
significa ser humano. Nós comemos, bebemos, amamos, trabalhamos, lutamos, rimos e choramos.

É com isso que os Arcanos Menores se ocupam. Eles são a base, o apoio, o alicerce das leituras de tarot,
fornecendo respostas práticas sobre o que, quando e como fazer, quando se trata de assuntos terrenos, da
vida cotidiana. Assim como necessitamos de substantivos, adjetivos e verbos para podermos construir
sentenças com algum significado, também precisamos dessas importantes 56 lâminas para usá-las para
detalhar e complementar os assuntos e temas abordados pelos Arcanos Maiores.
Compilação Leon Jones
56 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Os naipes, representando os quatro Elementos, são os instrumentos que transformam possibilidades em realidade.

ÁGUA: Esse naipe (Taças, Conchas, Corações, Cálice) corresponde ao elemento Água e estabelece uma
relação de como compreendemos a água como algo fluido, que se espalha, vazando e penetrando sem
oferecer resistência mas também sem conhecer obstáculos, assumindo a forma do recipiente que a contém.
Portanto é muito facilmente comparada às forma como vivemos nossas emoções, como sentimos, como
amamos. São os nossos relacionamentos, nossos envolvimentos românticos, nossa capacidade de sermos
receptivos e nos moldarmos às situações. Binah, a 3ª Sephira (Esfera) na Árvore da Vida, representa essa
água primal, onde as forças do inconsciente se agitam. É considerada fonte de uma energia receptiva,
portanto feminina, origem das formas e das estruturas. Normalmente o naipe de Copas nos favorece com
alegrias e felicidade e nos ensina a deixarmos nossos problemas escorrerem pelo ralo.

AR: Este é o elemento representado pelo naipe de Espadas (Lanças, Pássaros, Punhais, Vento, Nuvens) e
diz respeito aos nossos pensamentos. Como os dois elementos simbolizados nos naipes anteriores, o Ar está
sempre em movimento, assim como estão constantemente se movendo, muitas vezes de maneira
inconstante e imprevisível, as nossas idéias, os mecanismos que acionam o nosso raciocínio lógico. Com o
Ar nós rompemos a neblina que recobre as verdades, descobrimos que podemos incursionar na escuridão
do desconhecido, da ignorância, e dercortiná-la, trazendo-a à luz da razão, da lógica, da clareza mental. São
as nossas intenções, ideologias, a nossa percepção, a capacidade de diferenciar, selecionar, catalogar e
criticar. Ocupando a esfera (sephira) de Tiphareth, no centro da Árvore da Vida, é o núcleo do processo de
criação. Aqui as energias se harmonizam, iluminando as ilimitadas e indefinidas possibilidades de Kether.
Como uma espada que perfura e corta, o naipe de Espadas também estampa as lutas, as questões, as
discussões, os conflitos e a agressividade. As cartas desse naipe tanto podem representar a construção de
elaborados projetos mentais, como colapsos nervosos.

TERRA: (Discos, Moedas, Pedras, Pentáculos) Chegamos ao Elemento Terra e à lei de causa e efeito que
rege o mundo material. O naipe de Ouros é pura energia em movimento e incorpora a estrutura atômica de
toda a matéria. Malkuth, a 10ª sephira (esfera) da Árvore da Vida, é o quartel-general desse elemento e
simboliza o mundo físico, o mundo da ação, da realidade exterior. É da terra que retiramos os alimentos que
nos nutrem e é nela que nos sentimos assentados, enraizados. Nela concentramos e consolidamos os nossos
valores materiais, nossas posses, nossas aquisições. A Terra, representando nosso corpo físico, fornece
sustentabilidade para que a alma experimente a realidade. As cartas desse naipe se relacionam com
dinheiro, carreira, posses. Podemos nos surpreender admirando tudo o que conseguimos amealhar através
de muito trabalho, ou então, horrorizados, vermos tudo escapar-nos por entre os dedos e espatifar-se no
chão.

FOGO: O naipe de Paus (Bastões, Varas, Cetros) expressa o elemento Fogo e os conceitos derivados tais
como espírito, energia, assertividade. As características desse elemento, em sua forma ígnea e iluminadora,
estão concentrados na 2ª Esfera (Sephira) da Árvore da Vida, chamada Chokmah e considerada masculina:
energia dinâmica, origem da força vital e da polaridade. É a paixão, o nosso poder de realização, o nosso
interesse, nossa individualidade, aquilo que nos motiva e colabora para que tenhamos ou não sucesso. É
nossa autoconfiança, nosso entusiasmo, nossa criatividade, o que nos faz ter vontade de viver. Fogo é
expansão. Paus refere-se à nossa necessidade de crescermos, evoluirmos e assumirmos um papel ativo em
nossos destinos. Um certo ―jeitinho‖, um pouco de ―jogo de cintura‖ podem nos ajudar muito no caminho.
Compilação Leon Jones
57 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

ESPADAS - REPRESENTA O ELEMENTO AR.


• Estado mental;
• Idéias;
• Forma de expressão;
• Comunicação, discussão, conflito;
• Gêmeos, Libra, Aquário.

Ás de Espadas - Carta da Vitória


Você venceu porque trabalhou e se esforçou muito.
Situação estressante deve ser resolvida. Intelecto, razão.
Obstáculo - injustiça, frustração.
" Terá sucesso se equilibrar suas emoções ".

Dois de Espadas
Dificuldade para tomar decisões. Não consegue ver a solução, mesmo se está na sua frente. Discussão,
esgotamento.
Obstáculo - conflito, agressão.
" Não deixe conflitos anteriores afetarem sua comunicação e tomada de decisão. Abra a mente e pense ".

Três de Espadas
Falta de comunicação tem sido causa de arrependimento. Se não aprender a melhorar nesse aspecto, a
desilusão pode ser maior. Conflito, mudança.
Obstáculo - sofrimento, frustração.
" Não fique triste com fatos negativos. As coisas vão melhorar ".

Quatro de Espadas
A tensão a sua volta passou. É hora de descansar. Uma mudança é necessária. Recuperação, renovação.
Obstáculo - isolamento, solidão.
" Ficará em paz, mas não se isole ".

Cinco de Espadas
Rompimento ou briga aconteceu, talvez por causa de outra pessoa. Amigos podem não ser para sempre.
Humilhação, traição, derrota.
Obstáculo - desonestidade, trapaça.
" Cuidado com aspectos negativos do seu caráter. Aja positivamente ".

Seis de Espadas
Precisa se afastar dos aspectos negativos que o cercam, para se estabelecer. Renovação, renascimento.
Obstáculo - demora, adiamento.
" Perceba que tem novas habilidades e forças; foi isso que o tornou mais forte ".

Sete de Espadas
Talvez seja necessário fazer um sacrifício. Atenção para saúde e segurança. Inteligência.
Obstáculo - timidez, preservação, medo.
"Não culpe os outros por seus erros .Não seja teimoso".

Oito de Espadas
Sentimentos de frustração são inevitáveis. Espere pacientemente as coisas mudarem. Lutar causará mais dor.
Adiamentos, bloqueios, obstrução. Obstáculo - falta de ajuda, sentimento de frustração.
" Você se sente numa armadilha. Chegou a hora de encontrar uma solução e planejar o futuro. Assim se
sentirá determinado e forte ".
Compilação Leon Jones
58 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Nove de Espadas
Momento de isolamento e tristeza, em que você não deverá se afastar dos outros. Ansiedade, preocupação.
Obstáculo - depressão, isolamento, tristeza.
" Essa tristeza logo vai passar e você ficará bem novamente ".

Dez de Espadas
Algumas mudanças poderão parecer ruins, mas virão para ajudar você a enfrentar problemas.
Obstáculo - conflitos, dificuldades.
" Fim de uma situação indesejável e começo de mudanças‖.

A REALEZA

Valete de Espadas
Pode ser um conflito, uma briga, um confronto que resulta em separação. Não defenda os outros sem saber
dos fatos.
Obstáculo - desconfiança, suspeitar.
" Ocultar ou encobrir fatos pode gerar confusão e falta de confiança ".

Cavaleiro de Espadas
Mostra pessoa inteligente, habilidosa mas sempre envolvida em conflitos. Deve negociar ao invés de lutar.
Frieza, convicção, força.
Obstáculo - agressão, impaciência.
" Tente manter o equilíbrio, não tome atitudes impulsivas ".

Rainha de Espadas
Pessoa inteligente, mas impulsiva; que causa conflito devido a natureza agitada. Independência, ambição.
Obstáculo - solidão, frieza, indiferença.
" Você deve aprender a respeitar a dor dos outros e prestar atenção nos aspectos positivos da
vida ".

Rei de Espadas
Pessoa justa, porém insensível. Falta de percepção nos sentimentos dos outros. Autoridade, poder.
Obstáculo - crueldade, malícia, exploração.
" Vocês está envolvido ou se envolverá com pessoa determinada e muito importante. Procure não se tornar
uma pessoa amarga ".
Compilação Leon Jones
59 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

PAUS - REPRESENTA O ELEMENTO FOGO.


• Poder e energia;
• Enfrentará qualquer situação;
• Áries, Leão, Sagitário.

Ás de Paus
Mostra entusiasmo com algo que vai começar. Energia, criatividade, ambição.
Obstáculo - frustração, apatia.
" Atenção para as novas oportunidades ".

Dois de Paus
Não deixe que falatórios possam influenciá-lo. É hora de planejar e decidir. Defenda sua independência.
Obstáculo - dúvidas com relação a si próprio.
" Você deve tomar atitudes claras e definidas ".

Três de Paus
Procure dominar a situação como um líder e não como seguidor. Inícios, otimismo, sorte.
Obstáculo - atrasos, indecisão.
" Tente se manter otimista diante dos fatos e não se desapontará ".

Quatro de Paus
Coloque de lado seus interesses, trabalhe em conjunto com os outros e tudo ficará mais acessível.
Criatividade própria, abertura.
Obstáculo - frustração, ressentimento.
" É uma fase harmônica, positiva; procure aproveitar ".

Cinco de Paus
É um momento de luta. Seja determinado e vencerá. Desafio, crescimento.
Obstáculo - contratempos, discussões.
" Seja honesto consigo mesmo que conseguirá realizar seus desejos ".

Seis de Paus
É a lâmina das apreensões e dos temores. Você precisa analisar ou refazer alguns aspectos de sua vida.
Obstáculo - contratempos, conflito.
" Refaça antigos relacionamentos ".

Sete de Paus
Triunfo, sucesso e sorte sustenta esta lâmina benéfica. Esforço, energia para concretizar projetos e
esperanças.
Obstáculo - dúvidas sobre si mesmo.
" Prepare-se para realizar mudanças ".

Oito de Paus
Várias oportunidades para você usufruir, mas algumas situações se complicam. Progresso, plenitude.
Obstáculo - confusão, pessimismo.
" Preste atenção e realize seus desejos ".

Nove de Paus
Contratempos podem trazer sofrimentos, haja com sabedoria e reflexão e terá sucesso. Aceite ajuda. Rápida
recuperação.
Obstáculo - retrocesso, falhas.
" Não perca a fé, seja forte e será recompensado ".
Compilação Leon Jones
60 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Dez de Paus
Evolução e mudanças benéficas. Não assuma problemas dos outros. Responsabilidade, compromisso.
Obstáculo - exaustão, confusão.
" Seja previdente com seu tempo e dinheiro e conseguirá a paz interior ".

A REALEZA
Valete de Paus
Atividade e energia empregadas nas realizações. Estudo, viagem, energia. Elevação espiritual e financeira.
Obstáculo - apatia, desconfiança.
" Um amigo poderá ajudá-lo a tornar as coisas claras ".

Cavaleiro de Paus
Mudanças, grande animação, transformações favoráveis na vida profissional e financeira.
Obstáculo - estresse, impaciência, imprudência.
" Suas metas serão atingidas. Tenha fé ".

Rainha de Paus
Uma pessoa amiga, que dá apoio, independente e sincera. Há a possibilidade de estudos e viagens.
Obstáculo - falta de energia.
" Procure orientação e desenvolva-se espiritualmente ".

Rei de Paus
O poder e a autoridade são marcados. É preciso ser mais disciplinado, ou correrá o risco de ser imprudente.
Inteligência, generosidade.
Obstáculo - intolerância, egoísmo.
" Sinta confiança "
Compilação Leon Jones
61 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

OUROS - REPRESENTA O ELEMENTO TERRA.


• Riqueza e Segurança;
• Touro, Virgem, Capricórnio.

Ás de Ouros
É um momento de oportunidades comerciais. Uma porta que se abre para você. Estabilidade, segurança.
Obstáculo - instabilidade, ansiedade.
" A fase é positiva, mas você não deve se deixar atrair por dinheiro ".

Dois de Ouros
Você vai ter que saber lidar com várias coisas ao mesmo tempo. Seja flexível para agir corretamente.
Poderão acontecer mudanças. Contentamento, otimismo.
Obstáculo - impaciência, imprudência.
" Equilibre sua vida ".

Três de Ouros
Modificações felizes, realizações de projetos. Aprendizado, gratificação, recompensa.
Obstáculo - frustração.
" Poderá receber recompensas espirituais ".

Quatro de Ouros
Sua presença impõe estabilidade. Realização de esperança no plano material, mas avisa que poderá
acontecer uma despesa imprevista. O futuro está protegido.
Obstáculo - problemas financeiros.
" Terá recompensa financeira, mas para isso terá de sofrer uma perda ".

Cinco de Ouros
É uma carta de aviso. Dê mais atenção a alguns aspectos da sua vida. Momento de incerteza, insegurança.
Obstáculo - isolamento, desamparo.
" Olhe bem a situação para ver se há ou não solução ".

Seis de Ouros
Mostra a disposição de ajudar os outros, mas procure manter uma postura equilibrada. Cuide também de
você e de sua família. Generosidade.
Obstáculo - tristeza, negligência.
" Terá posição de influência. Seja generoso ".

Sete de Ouros
Recompensa depois de muito trabalho. Ansiedade por causa de dinheiro. Perseverança, esforço, sorte.
Obstáculo - derrota.
" Trabalhe duro para ter sucesso ".

Oito de Ouros
Pessoa que trata as coisas com cuidado e precisão, um especialista em seu trabalho. Progresso, prosperidade.
Independência em relação ao sucesso e ao trabalho.
Obstáculo - derrota, fracasso.
" Não perca o interesse pelas coisas além do trabalho tudo é importante ".
Compilação Leon Jones
62 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Nove de Ouros
Mostra a necessidade de ter suas conquistas reconhecidas. Diz que mesmo sozinho essa pessoa não sente
solidão. Conquista, segurança, solidão.
Obstáculo - insegurança, dependência.
" Sincronização perfeita consigo mesmo e com o ambiente. Recompensas financeiras ".

Dez de Ouros
Haverá estabilidade financeira e material. Segurança. O crescimento é benéfico.
Obstáculo - interferência, obstáculo.
" Oportunidade de pagar pessoas que foram generosas com você ".

A REALEZA

Valete de Ouros
Procure desafios na vida, assuma responsabilidade e terá recompensas. Confiança.
Obstáculo - frustração, infelicidade.
" Será recompensado pela sua auto-disciplina.

Cavaleiro de Ouros
É aquele que trabalha e realiza as coisas. Fase de especial energia e trabalho duro. Praticidade, segurança.
Obstáculo - estagnação, tédio.
" Aprecie a ajuda e o trabalho dos outros ".

Rainha de Ouros
Mulher que quer aumentar seu potencial na área do trabalho. Precisa se equilibrar mais e ter harmonia com
outros aspectos da vida. Abertura, sensibilidade, generosidade.
Obstáculo - estagnação, tédio.
" Devemos agradecer por uma boa situação e não perder a auto-confiança ".

Rei de Ouros
Homem economicamente poderoso. É o senhor de si mesmo. Honestidade, praticidade, segurança.
Obstáculo - cobiça, fraqueza.
" Melhore sua vida espiritual ".
Compilação Leon Jones
63 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

COPAS - REPRESENTA O ELEMENTO ÁGUA.


• Sensibilidade;
• Egoísmo;
• Comportamento controlador;
• Câncer, Escorpião, Peixes.

Ás de Copas
Hora de plenitude emocional. Sentimento de alegria e contentamento espiritual e emocional. Amor,
contentamento, fertilidade.
Obstáculo - tristeza, solidão, desapontamento.
" É um bom momento para explorar novas experiências, que deve ser bem sucedidas ".

Dois de Copas
Ou você estará iniciando um relacionamento, ou o que você está vivendo se aprofundará. Apoio, confiança.
Obstáculo - traição, separação.
" Fique atento, pois estará vivendo um grande amor ".

Três de Copas
Você deve aproveitar a vida com alegria e compartilhar com muitas pessoas. Saia com amigos, comemore.
Obstáculo - egoísmo, exploração.
" Afaste-se de relacionamentos complicados, crie novas amizades ".

Quatro de Copas
Uma pessoa lhe trará influência benéfica, confie. Transforme o tédio numa meditação, a vida está repleta de
dádivas, de possibilidades e de oportunidades.
Obstáculo - auto piedade, indulgência.
" Procure não ficar ansioso ou enfraquecido diante das dificuldades ".

Cinco de Copas
Alguma desilusão pode estar impedindo você de estabelecer novos relacionamentos. Encare o futuro e afaste
a infelicidade, a perda.
Obstáculo - remorso, tristeza.
" Analise os motivos que deixa você com sentimentos negativos e estabeleça um caminho positivo ".

Seis de Copas
Examine e desenvolva sua comunicação em assuntos emocionais. Saiba dar e receber emoções.
Recordações, confiança.
Obstáculo - atraso, tristeza.
" Sentirá paz e prazer nas pequenas coisas. Descubra-as ".

Sete de Copas
Poderá viver alguma confusão em seus sonhos, planos e desejos. Decida o que quer da vida e lute. Ilusão,
opção.
Obstáculo - Desilusão, fantasia.
" Use seu tempo para pensar nas coisas positivas da vida ".

Oito de Copas
Procure um sentido mais profundo para sua vida, porque encontrando será feliz. Sacrifício, crescimento.
Obstáculo - incerteza, mudanças.
" Se conseguir decidir o que buscar, sentirá alegria e plenitude ".
Compilação Leon Jones
64 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

Nove de Copas
Chegou a hora de colher os frutos e se sentir feliz com o que já conquistou. Alegria, otimismo.
Obstáculo - presunção, superficialidade
" Aproveite porque a fase é positiva, mas não esqueça de ajudar os outros ".

Dez de Copas
Fala de um amor e de uma felicidade que recebemos de presente. Fase de compromissos emocionais.
Plenitude, contentamento.
Obstáculo - ruptura, infelicidade.
" É um momento forte e positivo, aproveite para ajudar as pessoas que o cercam ".

A REALEZA

Valete de Copas
Seu maior risco é a superficialidade. Sensibilidade, modéstia.
Obstáculo - insatisfação, apatia.
" Não aceite proposta com muita facilidade. A fase não é propícia ".

Cavaleiro de Copas
Momento positivo para demonstrar o que sente pelos outros. Idealismo, otimismo.
Obstáculo - decepção, algo oculto.
" Use a imaginação, poderá receber convite que o deixará feliz ".

Rainha de Copas
Mulher gentil, amistosa; é amante e sonhadora. Esta carta indica também grande espiritualidade.
Sensibilidade, bondade.
Obstáculo - vaidade, egoísmo.
" A fase é positiva, você poderá aproveitar para fortalecer seus relacionamentos ".

Rei de Copas
Homem seguro, capaz de dar e receber amor. Poderá ter sensações de insegurança. Sofisticação, frieza.
Obstáculo - decepção, manipulação.
" Uma pessoa estimulará seu desenvolvimento espiritual ".
Compilação Leon Jones
65 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

BIBLIOGRAFIA
TARÔ BÁSICO –TAROT, Historia, Arcanos Maiores e Tiragem. FLÁVIO PEDRO DOS S. PITA

CLUB DO TARÔ, Constantino K. Riemma http://www.clubedotaro.com.br/site/m32_21_mundo.asp

AS CARTAS DO TAROT, Bruno Pegado.

EU, O TARÔ E A NUMEROLOGIA, Regina Maura http://www.reginamaura.com.br

ARQUÉTIPOS DO TARÔ, http://arquetiposdotaro.blogspot.com/2009/06/metodo-de-tiragem-do-taro-cruz-


celtica.html
GIRAFA MANIA, http://www.girafamania.com.br/historia_arte/tarot-metodos.htm
Compilação Leon Jones
66 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

LISTA DE JOGOS REALIZADOS


Nome / Data Nome / Data Nome / Data Nome / Data Nome / Data
Compilação Leon Jones
67 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos

ANOTAÇÕES
Compilação Leon Jones
68 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
69 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
70 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
71 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
72 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
73 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
74 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
75 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
76 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
77 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
78 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
79 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos
Compilação Leon Jones
80 TAROT, Manual Básico
csleon@hotmail.com Arcanos Maiores e Menores e Métodos