Você está na página 1de 2

Denise C.

Madureira Mino 3 Artes Visuais


Reflexes Artsticas III Professora Adriana R. Suarez

Fichamento de texto

AMARAL, Aracy A. Textos do Trpico de Capricrnio: artigos e ensaios (1980-2005) Vol. 1:


Modernismo, arte moderna e o compromisso com o lugar. So Paulo: Ed. 34, 2006.

1 Pargrafo:
Jos Ferraz de Almeida Jnior, pintor, surge em meados do sculo XIX, fruto da prosperidade do caf, na
Provncia de So Paulo, seguido na sequncia pela artista Tarsila do Amaral.

2 Pargrafo:
A obra de Almeida Jnior gera polmica quando analisada por crticos devido a relao do Impressionismo e
a luz presente em seus quadros: acadmico, realista ou apenas regionalista? Para a crtica Lgia Martins
Costa, Almeida Jnior foi um artista a frente de seu tempo devido ao fato de ter ido a Europa e ter absorvido
o toque impressionista visivelmente na obra Fuga para o Egito (1881). J para o crtico Lus Martins,
despreocupado com a nfase na luz, destaca nas pinturas de Almeida Jnior, aspectos que o desligam da
influncia de seu mestre Alexandre Cabanel em seu retorno da Europa. Para Lus Martins: foi Almeida
Jnior o primeiro pintor que sentiu a influncia da terra. Sua maneira, que Mrio de Andrade, em carta,
designou pela feliz expresso mau gosto, no sentido de ser berrantemente colorida e emancipada de
suaves transies de sombras, estava de acordo com a tradio popular nacional, que s se poderia ir
pesquisar nas pinturas ingnuas dos festejos do interior.

3 Pargrafo:
Por outro lado, Lourival Gomes Machado impiedoso em sua viso do artista. Para ele, Almeida Jnior
resistiu ao acadmico brasileiro, indo Europa e trancando-se no ateli de Cabanel, porm, com Cabanel
que podemos ver o pintor brasileiro compreender a luminosidade presente de forma celestial na obra
Retrato de Joana Liberal da Cunha.

4 Pargrafo:

5 Pargrafo:

6 Pargrafo:

7 Pargrafo:

8 Pargrafo:

9 Pargrafo:
10 Pargrafo:

11 Pargrafo:

12 Pargrafo:

13 Pargrafo:

14 Pargrafo:

15 Pargrafo:

16 Pargrafo:

17 Pargrafo:

18 Pargrafo:

19 Pargrafo:

20 Pargrafo:

21 Pargrafo:

22 Pargrafo: