Políticas públicas para as agriculturas familiares – Existe um modelo latino

americano? – SABORIN,Eric; SAMPER,Mario; MASSODIER,Gilles - Políticas
públicas de desenvolvimento rural no Brasil / Organizadores GRISA,Catia [e]
SCHNEIDER,Sérgio – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2015.

Autor do fichamento: Antonio Alcir da Silva Arruda - 2016

Resumo:

Os autores fazem uma análise reflexiva sobre as politicas públicas na América
latina em 15 paises. Relatam as diversas propostas e tentativas de reforma agrária nos
diversos países componentes da américa-latina enfocados e comentam o resultado
dessas tentativas que invariavelmente ao longo do tempo não se mostram favoráveis aos
campesinos. Com os diversos resultados negativos das tentativas de reforma agrária,
houve a necessidade da tomada de novas medidas nas politicas públicas ligadas aos
campesinos. A partir de 1990, com a participação de universidades, órgão internacionais e
governos com melhorias nas politicas públicas, através de financiamentos, capacitações
profissionais entre outras melhorias, a agricultura familiar ganha impulso, principalmente
com os movimentos sociais articulados que defendem, por exemplo, a agricultura familiar
como sendo agroecológica. De forma geral os autores comentam as três modalidades de
tratamento adotadas pelos países latinos americanos que uniformizam o tratamento das
politicas públicas para agricultura familiar - Politicas agrícolas ou agrárias; politicas
específicas para a agricultura familiar e ainda as politicas indiretas. A aplicação de novas
politicas para a agricultura familiar ou mesmo a agricultura solidaria, e pelos movimentos
sociais propostas por essa categoria, resultou finalmente uma visibilidade na interação do
camponês com a cidade, firmando-se assim uma identidade que tende a ser solidificada
com a importância de que é merecedora.

Debates:
1) Reforma agrária, economia solidaria ou agricultura familiar, qual,is) forma(s) mais
adequada(s) ao campesino.
2). A importância da agricultura familiar no desenvolvimento sustentável de um meio
ambiente e seus reflexos na economia do país.
3) Identificação do modelo comum de politicas públicas aos campesinos dentro da
América latina

Guia de leitura
1) Até onde as politicas públicas podem e devem conservar os espaços naturais em
detrimentos de concessão de dar direitos aos povos indígenas, faxinalenses, quilombolas
e demais agrupamentos como os sem terras por exemplo?
2) Quais politicas públicas chamadas de emergenciais podem ser consideradas como
inovadoras para o homem do campo?
3) De que formas os modelos de tratamentos das politicas públicas uniformizados pelo
países latino-americanos, beneficiam os agricultores familiares de forma direta,
indiretamente ou especificamente?

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful