Você está na página 1de 4

Prensa ano I

número 8
Outubro/2000
Informativo da Delegacia de Foz do Iguaçu do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná

Continua impasse
na negociação
Persiste o impasse entre os Os sindicatos apresenta- Salários
sindicatos de Jornalistas do
Paraná e de Londrina e os
ram uma contraproposta,
mantendo o anuênio até o
As empresas propuse- Nova rodada
ram a recomposição inte-
representantes patronais, quinto ano de trabalho. Dos Uma nova rodada de
gral da inflação, pelo INPC
para que saia um acordo sa- 5 aos 12 anos, o jornalista re- negociação entre o Sindicato
(7%), porém em duas par-
larial. Na reunião quarta-fei- ceberia uma espécie de dos Jornalistas e o Sindicato
celas: 3,5% ainda em outu-
ra, 25, na sede do Sindicato, biênio: seria 2% a cada dois
bro e 3,5% em março de Patronal será realizada na
as empresas apresentaram anos. Os que possuem mais
uma proposta ainda insa- de 12 anos, receberiam,
2001, somando um reajuste segunda-feira (30), em Curitiba.
total de 7,12%. Como afirma o presidente do
tisfatória. como agora, no escalona-
A proposta atende a um Sindicato, Mário Messagi Júnior,
Os patrões querem o fim mento já previsto na Conven-
dos objetivos dos sindicatos a entidade concentrará seus
ou congelamento do anuê- ção Coletiva de Trabalho. Ou
na negociação: repor a infla-
nio, que é a gratificação de seja, 12% para quem têm de esforços principalmente na
ção nos salários, sem perdas
1% ao ano. Para o fim da 12 a 14 anos de empresa,
em negociações futuras, mas
questão da reposição salarial,
gratificação, alegam que 15% para aqueles entre 15 a para evitar perdas à categoria.
provoca um déficit de R$
buscam reduzir custos e in- 20 anos, 20% para o período Os patrões querem repor a
270,00 nos seis meses entre
troduzir uma “nova filosofia entre o 20º e o 24º ano, e 50% inflação registrada pelo INPC
um parcela e outra para quem
de administração de pessoal para os empregados com
ganha piso. em duas parcelas, sendo uma
nas empresas”. mais de 25 anos.
este mês e outra somente em
Esta justificativa não agra-
dou aos diretores dos sindica- março. A contraproposta do
tos, que argumentaram o sindicato é para que o reajuste
quanto é necessário manter a aconteça em uma só parcela ou
gratificação, uma vez que não que a segunda seja antecipada.
existe nas empresas planos de Caso não ocorra avanço na
cargos e salários acordados negociação, a assessoria
com as entidades representa- jurídica da entidade deve entrar
tivas da categoria. com uma ação na Justiça para
Multa às empresas que descumprirem garantir os direitos, sem perdas
ao trabalhador.
artigo da Convenção em relação a saúde
A negociação com os pa- Com isso, os sindicatos vas ao Trabalho (DORT), Espaço
trões não se restringiu a ques- querem garantir o cumpri- chamadas também de Le- Prensa está aberto a artigos
tões salariais. Os sindicatos mento da CCT e que sejam sões por Esforço Re-
emitidos com responsabilidade.
dos jornalistas propuseram criadas, efetivamente, petitivo (LER), provo-
que exista multa às empresas boas condições de traba- cadas, em parte, pela
Os textos, de até 35 linhas de 70
que não cumprirem o que lho nas empresas.O maior inexistência de um estudo toques, devem ser entregues em
prevê a Convenção Coletiva problema dos jornalistas ergonométrico nos móveis disquete para os representantes da
de Trabalho em relação a hoje se refere às Doenças e equipamentos utilizados Delegacia ou via e-mail:
saúde. Osteomosculares Relati- pelos jornalistas. sindijorfoz@foznet.com.br
2
I FÓRUM DE CULTURA
BRASILEIRA
E TELEVISÃO
Delegacia de
Globalização:
ameaça ou Foz é eleita com

Observatório da Imprensa
oportunidade de
auto-afirmação
da TV
brasileira?
maior quorum
Os novos membros da Delegacia de A nova diretoria, formada pelo co-
Foz do Iguaçu do Sindicato dos Jorna- ordenador Marcelo Arend da Silva;
Foram abertas 30 inscrições gratuitas listas Profissionais do Paraná foram delegada Fabíola Vicençoni; e secre-
para pessoas não residentes em São eleitos com o maior quorum do estado. tária Áurea Cunha, será empossada dia
Paulo, com passagem área e Dos 45 profissionais em condições de 11 de novembro, quando os representan-
hospedagem pagas pela organização votar, 38 participaram do pleito reali- tes atuais transmitem seus cargos, ocu-
A televisão brasileira completou cinqüenta zado dia 11 de outubro. Do total de vo- pados interinamente desde agosto de
anos em setembro e é considerada a quarta do tos, 36 foram válidos e dois brancos. 1999.
mundo. Nas décadas de 50 e 60, a TV Tupi A votação ocorreu em duas urnas, Em Cascavel e Ponta Grossa foram
iniciou um sistema de produção televisiva que sendo uma delas itinerante e a outra fixa, apenas 11 profissionais que votaram. Em
do jornalismo (noticiário e transmissões espor- que ficou instalada no Sismufi. Tudo Pato Branco e Francisco Beltrão foram
tivas) ao entretenimento (shows, novelas), di- transcorreu tranqüilamente, relatam os 10 votos. Em Guarapuava ainda não hou-
ferentemente do EUA, privilegiou as próprias membros da comissão eleitoral. ve eleição.
emissoras como produtoras de suas programa-
ções ou boa parte delas.
Nas décadas de 70, 80 e 90 a hegemonia
da Globo levou esse processo de produção pró- O primeiro passo
pria a um estágio de excelência, conhecido em
todo mundo, principalmente pelas suas nove-
las, minisséries e shows musicais exportados.
Hoje, a internacionalização da economia,
já foi dado
incluindo a participação acionária do capital es-
trangeiro, na propriedade das concessões, co-
Nos últimos 14 meses o movimento inclusive tendo a vice-presidência da en-
loca uma série de desafios, como a em torno das questões relacionadas à tidade ocupada por Alexandre Palmar.
desnacionalização da programação. categoria jornalística foi retomado em Apesar de toda dedicação da direto-
Tendo em vista o exposto o Fórum pretende Foz do Iguaçu. A atual delegacia pro- ria que está prestes a ser sucedida, ainda
trazer à tona, discussões sobre a cultura brasi- curou preencher a lacuna deixada des- há muito a ser feito em relação ao aper-
leira e a atuação da televisão nessa cenário, de o desfacelamento da diretoria elei- feiçoamento profissional e negociação
além, é claro, de discutir as novas tecnologias ta em 1998, que abriu mão salarial. O Sindicato do
agregadas aos meios de comunicação. de sua posição há pouco Paraná, respaldado por
QUANDO? - O evento será realizado nos dias mais de um ano. todas suas extensões no
13 e 14 de novembro. Foram abertas 30 inscri- Nesse período foram interior, é fundamental
ções gratuitas para pessoas não residentes em realizadas reuniões para para que os direitos ad-
São Paulo, com passagem área e hospedagem discutir pontos polêmicos quiridos dos profissio-
pagas pela organização. As vagas serão como regularização pro- nais de imprensa sejam
preechidas conforme critérios dos organizadores fissional, ocorreram cur- mantidos.
(a prioridade é para editores de Economia, Cul- sos e palestras de aperfei- O embate com o Sin-
tura e Educação). O Fórum é uma iniciativa da çoamento, com profissio- dicato dos Patrões é duro,
Revista IMPRENSA e conta com o patrocínio da nais renomados como Te- pois os empresários in-
UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI e apoio reza Urban, atual editora-chefe da sistem em oferecer reposições salariais
do CANAL 21, e da Rede Globo.
Folha de Londrina, e Sílvio Ribeiro, abaixo da inflação, querem cortar direi-
Interessados devem enviar os dados pes-
editor de fotografia do jornal e agên- tos adquiridos pela categoria e oferecem
soais, a função, o veículo em que trabalha, a
cia O Estado de São Paulo. abonos salariais indecentes, que em fu-
especialização exercida e responder em que o
Fórum pode contribuir para a formação pesso- Essa retomada foi importante para turas negociações não terão valor.
al e para a sociedade. os profissionais que atuam em Foz, Diante desse quadro, denota-se a res-
Inscrições devem ser feitas no máximo até principalmente pela aproximação com ponsabilidade que a nova diretoria da de-
o sábado, 28, através do fone: (11) 3361- a diretoria do Sindicato Estadual. A de- legacia e os membros da executiva esta-
3971. O fax ou e-mail com essas informa- legacia do município é certamente a dual da cidade têm em mãos. Para isso é
ções deve ser enviado para o (11) 3361-3971 mais atuante e prestigiada do Estado, fundamental a cobrança e, acima de tudo,
ou para mkt@revistaimprensa.com.br, com visto que seus três atuais integrantes a colaboração e participação dos profis-
Srta. Lucy - PARTICIPE! são membros do Sindicato Estadual, sionais iguaçuenses.
3
Mudanças

Renovação traz Momento de transição na imprensa


escrita. Os dois meses para a fim da gestão
Daijó e os primeiros meses da administração

novas perspectivas Sâmis da Silva serão vitais para definir as


linhas editorais dos diários iguaçuenses.
Expectativa em torno da postura de A Gazeta

para a Delegacia
do Iguaçu e do Jornal do Iguaçu. Este começa
a dar sinais de afinidade com o prefeito eleito.

Mercado de trabalho
“Um dos principais objetivos desta delegacia é valorizar o jornalista, o que
Ponto negativo da eleição para a imprensa
só é possível quando ele torna-se capaz de oferecer qualidade aos patrões. iguaçuense. Logo após a definição do
Cursos, palestras e oficinas estão entre as prioridades do sindicato”. resultado, a Folha do Iguaçu adotou regime de
recesso temporário. Em caso de possível longa
interrupção do antigo Folha Única, perde o
eleitor acostumado a acompanhar as opções
de linhas editorais adotadas pela Gazetinha,
Jornal do Iguaçu e Folha do Iguaçu.

Tribuna e FozTV
Qual será o futuro da Tribuna, comprada
pelo empresário e ex-candidato Paulo
Primeiramente é importante considerar juntos para supri-las. A delegacia é composta MacDonald, do então candidato Dobrandino
que é sempre mais fácil o trabalho feito de nove pessoas. Acreditamos que esse número Gustavo da Silva? O pedetista afirma que,
em terreno já ‘arado’. E foi exatamente de integrantes, com tarefas bem divididas, por enquanto, não dá sinais que o jornal deve
assim que assumimos a delegacia do tornará mais fácil e ágil as ações de cada um. retornar. Destino diferente da FozTV, que
Sindicato dos Jornalistas, em Foz do Assim que assumirmos oficialmente, no dia continua no ar.
Iguaçu – um terreno preparado, com um 11 de novembro, você saberá quem procurar
grau de conscientização maior por parte para resolver assuntos como carteira de Jornalismo eleitoral
de jornalistas, formados e não formados, jornalista, problemas referentes a salários, O (re) surgimento de alguns periódicos
e também de patrões, sobre os problemas questões éticas e, até mesmo, informações durante a campanha é surpreendente quanto
que a categoria enfrenta e precisa sobre cursos de qualificação profissional. o sumiço. Ele é reflexo das posições
combater. E por falar em qualificação, um dos partidárias e da imparcialidade adotadas pelos
O trabalho realizado pela delegacia principais objetivos desta delegacia é valorizar jornais (oportunistas ou não) na época do
anterior foi, sem dúvida, o mais difícil: o jornalista, o que só é possível quando ele pleito. De olho nas próximas eleições, o
começar a mexer com as irregularidades torna-se capaz de oferecer qualidade aos Sindicato prepara um mecanismo mais ágil
que permeiam as redações. patrões. Cursos, palestras e oficinas estão entre para impedir essa estranha prática .
Mas isto, é claro, não quer dizer que as prioridades do sindicato. Como iremos
ainda não haja muito trabalho pela frente. trazê-los para Foz? Estamos ‘quebrando a
Quanto mais conscien- cabeça para isso’, afinal é nossa
Primeira medida
tes de seus direitos, mais Não deixe de exigir função. Mas já adiantamos que A entidade possui exemplares de cada
exigentes tornam-se os quando falharmos contatos já estão sendo periódico para anexá-los a uma nova denúncia
detentores deles. Por e de colaborar realizados. Vale lembrar ao Ministério do Trabalho. O motivo: atuação
isso, sabemos que quando pedirmos também que planejamos de profissionais irregulares. Mas,
seremos cobrados, que a o seu apoio. promover eventos em parceria independente de simpatia ou não pela
categoria espera que a com a UDC, estreitando qualidade do jornalismo praticado, é
Lei seja cumprida e que os patrões não relacionamento com os futuros profissionais. necessária uma discussão sobre o impacto
continuem fingindo desconhecê-la. Temos perspectivas ainda de conseguir uma das informações levadas ao leitor/eleitor.
O movimento sindical e suas sede para o Sindicato, e também de estabelecer
implicações são novidades para a maioria convênios que ofereçam ao jornalista A dimensão do poder
de nós, o que não nos intimida a participar sindicalizado descontos em farmácias, cinema, Passado quase um mês da eleição. Com
dele. Esperamos que a reunião de esforços supermercados e livrarias. Mas, para que todos tempo para reflexão mais profunda, é possível
seja a mais sábia maneira de melhorar o esses projetos dêem certo, esperamos que você, afirmar que a imprensa iguaçuense (televisão,
conceito da profissão, e que ela também repórter de TV, rádio e jornal, repórter rádio e impresso) teve algum tipo de
torne-se comum a você, jornalista. cinematográfico, repórter fotográfico, editor, interferência na vitória de Sâmis e derrota dos
O mais breve possível, estaremos pauteiro e diagramador, não deixe de exigir outros cinco candidatos? A mídia e as
‘dentro’ da sua redação para perguntar- quando falharmos e de colaborar quando diferentes pesquisas divulgadas formaram a
lhe sobre suas expectativas em relação à pedirmos o seu apoio. opinião de quem? É indiscutível: temos o
nova delegacia, e o que poderemos fazer A nova delegacia agradece. poder de influenciar, mas em que dimensão?
4


NOTAS NOTAS HERZOG





Quarta-feira, 25 de outubro de 1975.


Wladimir Herzog, 38 anos, jornalista da TV


Prêmios “Informação


Cultura, é torturado até a morte por asfixia,



no Doi-Codi-SP. O legista Harry Shibata
privilegiada”


2000 atesta suicídio, sem ver o corpo. O assassina-



Em princípio, toda informação é privi- to provoca o primeiro protesto de massas


desde o AI-5, durante a missa de sétimo dia.


legiada na medida em que, sendo verdadei-


ra, permite decisões para auferir lucros ou
nPrêmio Swissair - Suíça Turismo FAZ 25 ANOS



vantagens. A expressão vem do inglês
de Jornalismo 2000


“inside information” (informação de dentro), Quase 2 horas da manhã de 26 de outubro


Inscrições: 31 de outubro de 2000 de 1975, o telefone tocou na rua São Gall,


utilizada no jargão do mercado de capitais.


Informações: Tel.: (11) 575 1233 ou Trecho extraído do texto Informação e Alto da Lapa, São Paulo. As luzes da casa


estavam acesas, era domingo. Morávamos uns


e-mail: ppagina@uol.com.br “informação privilegiada”


dez ali, todos jornalistas e todos atuando no



n Prêmio José Reis de (www.observatoriodaimprensa.com.br/ar- ex-tablóide mensal independente. Atendi e


ouvi a voz do locutor Sandro Vila, com quem


Divulgação Científica quivo/inde05072000.htm)


havia trabalhado na TV Cultura de São Paulo:


Inscrição: Janeiro de 2001 - Myltinho, você está sabendo do Vlado?



e-mail premios@educnpq.br - Não, estou sabendo de nada.



- Pois é, infelizmente o Vlado morreu.


nGrande Prêmio Ayrton Senna Mataram o Vlado, seria o lógico dizer: esta-



Inscrição: Janeiro de 2001 va preso numa dependência do Exército. Mas


ninguém ousaria dizer tal coisa ao telefone.


Informações: (11) 6950-0440


Desliguei atordoado. E nós, os moradores da

São Gall, mergulhamos na voragem dos que se
nPrêmio Santos Dumont de Jornalismo ○

vêem metidos, querendo ou não, em aconteci-


Inscrição: 20 de dezembro de 2000


mentos que mudam o curso da história.


Informações: Tel:(21) 240-8332 Trecho extraído do texto “Faz 25 anos”, de


www.premiosantosdumont.com.br

Elvira Alegre e Mylton Severiano, jornalis-


tas, publicado na Caros Amigos, edição 43.




○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Prestação de contas - julho a outubro


MOVIMENTO DATA VALOR MOVIMENTO DATA SALDO
Correios 7/7 R$ 7,30 Saldo junho 30/6 R$ 421,58
CPMF 14/7 R$ 0,36 Repasse julho 18/7 R$ 211,35
Correios 20/7 R$ 14,15
Repasse agosto 16/8 R$ 216,51
Tarifa conta ativa 25/7 R$ 3
CMPF 4/8 R$ 1,5 Sub-total 20/10 R$ 849,44
Prensa - edição nº 6 8/8 R$ 20,4 Desp. julho a outubro 20/10 R$ 140,52
Cópias 8/8 R$ 1,00 CAIXA 20/10 R$ 708,92
Correios 24/8 R$ 6,05
Observações:
Tarifa conta ativa 25/8 R$ 3 1. O Sindicato não fez os repasses de setembro e outubro.
Prensa - edição nº 7 15/9 R$ 8,4 2. A contabilidade anterior a julho foi repassada em edições
CPMF 22/9 R$ 1,5 passadas.
Tarifa conta ativa 25/9 R$ 3
Correios 29/9 R$ 6,2
Liberação talão
Manutenção de cartão
6/10
6/10
R$ 5
R$ 10
Prensa
É um informativo mensal da Delegacia de Foz do Iguaçu
Livraria 10/10 R$ 14,2 do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Paraná.
Telefone julho/setembro 10/10 R$ 15 Produção: Alexandre Palmar e Douglas Furiatti
Jornalista responsável: Douglas Furiatti - MTB 3642
Gasolina 10/10 R$ 20 Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do veículo.
CPMF 13/10 R$ 0,04 É proibida a reprodução parcial dos textos
CPMF 20/10 R$ 0,42 Rua Rio de Janeiro, 457 - Maracanã - Telefones: 9977-4700/572-5701
Sub-total 20/10 R$ 140,52 E-mail: sindijorfoz@foznet.com.br - 85852-050 - Foz do Iguaçu - PR