Você está na página 1de 3

I - A MÚSICA NO PROJETO

DIVINO

lguém já disse que seria impossível compreendermos as Sagradas Escrituras se


não tivéssemos comunhão com a Pessoa que a inspirou. Da mesma forma,
tenho que afirmar que a música é indissociável da pessoa do próprio Deus,
uma vez que ela nasceu eu Seu coração. Em toda a Bíblia de Gênesis a Apocalipse,
Deus se revela um Ser musical, como veremos nos exemplos a seguir:

Dt 31:19 - Agora, pois, escrevei-vos este cântico, e ensinai-o aos filhos de Israel:
ponde-o na sua boca, para que este cântico me seja por testemunha contra os filhos de
Israel.

Perceba que o Senhor “dita as palavras” de um cântico que se tornaria um


testemunho ao povo de Israel. Deus, na verdade, o escreveu com o objetivo de
comunicar-se com o Seu povo, para servir como testemunho de Sua soberania no curso
da história daquele povo. Não sem razão, encontramos na Bíblia o livro de Salmos,
livro este que possui o maior número de capítulos: de 150 poemas musicados,
retratando a vida de alguns homens de Deus, assim como poderosos feitos do Senhor na
história do povo de Israel. No livro de Jó, vemos a presença da música na própria
criação do universo:

Jó 38:6-7 - Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de
esquina, Quando as estrelas da alva juntas alegremente cantavam, e todos os filhos de
Deus rejubilavam?

Entendemos que como no Israel antigo, Deus separou a tribo de Levi dentro de
um propósito de preparação e purificação (santificação) para auxiliar os sacerdotes na
ministração da música (louvor e adoração), no serviço do templo, e no cumprimento das
suas responsabilidades para com o povo (Números 3. 5-7). Deus tem nos levantado
nessa geração para que com a mesma responsabilidade e seriedade possamos como
levitas (servos), ministrarmos diante de Dele e da congregação, e darmos todo o suporte
necessário aos nossos líderes no propósito do reino.

Cremos que a Música é um projeto divino. Desde o Antigo Testamento


observamos que Deus separou por intermédio de seu servo Davi, ministros (servos na
essência da palavra) para atuarem no serviço da casa do Senhor em diversas funções.
Davi destaca os procedentes da linhagem de Levi, para o ministério da música (1
Crônicas 25. 1 -7).

Percebemos que estes não apenas tocavam instrumentos musicais ou cantavam,


mas profetizavam através de seus instrumentos a palavra de Deus que é VIDA.

"Davi, junto com os comandantes do exercito, separou alguns dos filhos de Asafe, de
Hemã e de Jedutum para o ministério de profetizar ao som de harpas, liras e címbalos.
Esta é a lista dos escolhidos para essa função".(1 Crônicas 25.1)

A exemplo dos filhos de Asafe, Hemã e Jedutum, precisamos aprender a cantar e


profetizar a palavra. Deus não nos convocou apenas para tocarmos instrumentos
musicais, mas tocarmos seu coração, de forma a abençoá-lo. E qual a melhor forma de
abençoar o coração de Deus? Cremos que é liberando, ensinando, tocando pessoas com
o coração Dele através de nós, lembrando que somos seu templo e fomos separados para
seu louvor e adoração e, para isso, é necessário nascer de novo para assim liberar seu
Reino (João 3.3).
Em Apocalipse, a música e a adoração são inseparáveis, Os santos louvam ao
Cordeiro, que está assentado no trono, revelando, assim, uma atitude de reverência
Àquele que é o próprio Senhor do universo. A música, nesse contexto, é um aroma
suave a Deus: um sacrifício de amor e reconhecimento de Sua majestade sobre todos os
poderes cósmicos.

Ap 5:13-14 - E ouvi a toda a criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da


terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado
sobre o trono, e ao Cordeiro, sejam dadas acções de graças, e honra, e glória, e poder,
para todo o sempre. E os quatro animais diziam: Ámen. E os vinte e quatro anciãos
prostraram-se, e adoraram ao que vive para todo o sempre.

Poderíamos mencionar ainda outras expressões de louvor e adoração através da


música, registrada nas Escrituras, são amostras de tais manifestações:

1 – O cântico de Miriã – Ex 15
2 – O cântico da espada ( de lameque) – Gn 4:23-24,
3 – O cântico do poço – Nm 21:17-18
4 – O cântico de Débora – Jz 5
5 – O cântico de Davi – 2 Sm 22
6 – O cântico de Lucas – Lc 1:46-55
7 – O cântico de Zacarias – Lc 1:67-69
8 – O cântico dos anjos – Lc 2:14

Precisamos considerar, também, que o objetivo e o propósito de Deus, com


relação à música não incluem somente os cultos e as reuniões, uma vez que ela está
ligada ao plano glorioso e incomensurável a respeito da redenção do homem, da
natureza e de todo o mundo criado. A música está ligada ao propósito eterno de Deus e
ao projeto divino para a História.

OBS: Se você está interessado em


receber a Escola Restaurando em sua
Igreja, para ministrar o conteúdo de toda
a apostila para Dirigentes de Louvor,
entre em contato conosco pelo site:

www.azellevita.blogspot.com ou pelo
nosso e-mail : azellevita.blogspot.com