Você está na página 1de 300

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Em: por:

Impresso

4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Em: por: Impresso INQ/4483 10604 - DIREITO PROCESSUAL PENAL I

INQ/4483

10604

-

DIREITO

PROCESSUAL

PENAL

I INVESTIGA~AO PENAL

SuprelTIO Tribunal Federal

Supremo Tribunal Federal

!nq 0004483 - 24/04/2017 16:43

0004077-702017.1 000000

11111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111111

VOLUME 05

COM 05 VOLUMES

COM 01 APENSO

INQUERITO

INQUERITO
INQUERITO 4483 PROCED. : DISTRITO FEDERAL DISTRIBUI~AO EM 24/04/2017 ORIGEM. : Inq-4483-SUPREMO TRIBUNAL
INQUERITO
4483
PROCED.
:
DISTRITO
FEDERAL
DISTRIBUI~AO EM
24/04/2017
ORIGEM.
:
Inq-4483-SUPREMO
TRIBUNAL
FEDERAL
RELATOR(A):
MIN.
EDSON
FACHIN
AUTOR (A/S) (ES) MINISTERIO PUBLICO FEDERAL
PROC. (A/S) (ES) PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA
INVEST. (A/S) MI CHEL MIGUEL ELIAS TEMER LULIA
ADV. (A/S)
ANTONIO
CLAUDIO MARIZ
DE
INVEST. (A/S)
RODRIGO
SANTOS
DA
ROCHA
OLIVEIRA E OUTRO(A/S)
LOURES
ADV. (A/S) CEZAR ROBERTO BITENCOURT E OUTRO (A/S)

STF 102868

r

!

I

I

I "----- - -------

_J

Inq 4483

20/06/2017

Impresso Em: por:

Inq 4483 20/06/2017 Impresso Em: por: - 16:33:13 053.432.539-46 Se.;ăo de Processos Originârios Criminais TERMO
Inq 4483 20/06/2017 Impresso Em: por: - 16:33:13 053.432.539-46 Se.;ăo de Processos Originârios Criminais TERMO

- 16:33:13

053.432.539-46

Se.;ăo de Processos Originârios Criminais

TERMO DE ABERTURA

Em f)D

de

de 20l--±:::, fiea formado o

44g3

5.:0 --volumZJdOSî)resentes autos d.O(a) M

~6:)

que se inicia a folha n° --'S"'--"'J.-:::.JI

"-t

Eu,

lavrei o presente termo.

\-~

,

AnalistalTeenieo

Judieiario,

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Q7itj;d'C'IllO

Q7"'/JlP/uzt QJI'edeI'a/

d?1!/J((}}?W QT4wnd c;SFe<kd

QJI'edeI'a/ d?1!/J((}}?W QT4wnd c;SFe<kd INQUERITO 4.483 DISTRITO FEDERAL RELATOR AUTOR(A/s)(ES)

INQUERITO 4.483 DISTRITO FEDERAL

RELATOR

AUTOR(A/s)(ES)

PROC.(A/s)(ES)

INVEST.(AlS)

ADV.(A/s)

: MIN. EDSON FACHIN :MINISTERIO PUBLICO FEDERAL :PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA :MICHEL MIGUEL ELIAS TEMER LULIA :ANT6NIO CLÂUDIO MARIZ DE OUVEIRA E

INVESr.(A/s)

ADV.(A/s)

INVESr.(AlS)

ADV.(A/s)

OUTRO(A/S)

:AECIO NEVES DA CUNHA

:ALBERTO ZACHARIAS TORON E OUTRO(A/S)

:RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

:JOSE LUIS MENDES DE OLIVEIRA UMA

DESPACHO: Por melO da peti\ao 0029494/2017, Ângelo Goulart

Vilella apresenta agravo regimental contra decisao proferida no Inguerito

4.489, gue determin ou a remessa desses autos e cautelares conexas ao

Tribunal Regional Federal da 3" Regiao.

Nao havendo mais gualguer vinculo do agravante corn o objeto do

Inguerito 4.483, como, aIiâs, ontem anotei, determino a autua\âo deste

recurso interno coma PET, vinculada ao Inguerito 4.489, corn capia digital

desses referidos autos.

Apas, envie-se os autos desse novo procedimento autonomo ao

Procurador-Geral da Republica para, no prazo de lei, responder ao

agravo regimental.

Publigue-se. Intime-se.

Brasilia, 31 de maia de 20] 7.

Ministro EDSON FACHIN

Relator DoclImen la assinado digitalmente

Documenta assinado digitalmente conforme MP n~ 2.200·2/2001 de 24/08/2001, que InstituI a In raestrutura de

STF 102.002

, "f

C

'bl'

haves Pu

IcaS

rlnr.llm~ntn nnrlp. c;pr ::Ir.p.C;C;::Irfn nn pnrl",ro<>r:n plptrnnirn htfn"(fwww c:.H ilie:. hr/nnrf::ll/::mf"'ntir:J:tf':::In/ c:.r1h n n(lm",rn 1?C!Qn7!"h

B

'1'

rasi erra -

'~P·Bras

c:.r1h n n(lm",rn 1?C!Qn7!"h B '1' rasi erra - '~P·Bras

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Certidăo

Inquerito no 4483

AUTOR(AlS)(ES) PROCo(A/S)(ES) INVEST. (A/S) ADV(A/S)

INVEST.(AlS)

ADV(A/S)

INVEST.(A/S)

ADV(AlS)

: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL

: PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA

: MICHEL MIGUEL ELiAS TEMER LULIA

: ANTâNIO CLAuDIO MARIZ DE OLiVEIRA (0123013/SP) E

OUTRO(A/S)

: AECIO NEVES DA CUNHA

: ALBERTO ZACHARIAS TORON (65371/SP) E OUTRO(AlS)

: RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

: JOSE LUIS MENDES DE OLiVEIRA LlMA (1 071 06/SP)

(Se9ăo de Processos Originarios Criminais)

Certifico que, em cumprimento ao despacho proferido

encaminhei o protocolado n° 29494/2017 com c6pia integral dos autos do inquerito

4489 il Se9ăo de Recebimento e Distribui9ăo de Originarios para as providencias

cabiveiso Brasilia, 31 de maia de 2017 o

em

31

de maia de 2017,

Denis Martins Ferreira

Matricula n° 2190

CERTIDĂO DE PUBLlCA<;ĂO ~

Cert!fico que o(a). ,ro. despach~/decisâo"d.e fis.

foi

ublicado a

no

Dlano da J\~t~a Eletronlco do di

de

5 T F 102.002

dIfrltf.\A~>L.-,::--~ ,

a~ao o

dia

util

de 20J;::::L, considerando coma data de

mencionada data

da

anterior il

(art.

Solu~~rt 341 O 7). Brasîlia,w de

~'\ --

de 20q

DENIS

ARTINS FERREIRA- Matrîcula 2190

.

.

.

.

.

Documento assmado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que instituI a Infra-estrutura de Chaves Publlcas Brasllelra - ICP-Brasll. O documenta oode ser acessado no endereco eletrânico hlto:l/www.stf.ius.br/oortal/autenticacao/autenticarDocumento.aso sob o numero 12991651

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Q;!'-rt/I«YIJW c:!7"dJll/lU:d c:!7'ed$l'o/

c:;?o/tJlem4 cfkkmd cfFeder-al

INQUERITO 4.483 DISTRITO FEDERAL

RELATOR

AUTOR(A/S)(ES)

PROC.(A/S)(ES)

INVEST.(A/S)

ADV.(A/S)

INVEST.(A/S)

ADV.(AlS)

INVEST.(AlS)

ADV.(A/S)

:MIN. EDSON FACHIN :MINISTERIO PlJBLICO FEDERAL :PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA :MICHEL MIGUEL ELIAS TEMER LULIA

:ANTâNIO CLAuDiO MARIZ DE OUVEIRA E

OUTRO(A/S)

: AECIO NEVES DA CUNHA

: ALBERTO ZACHARIAS TORON E OUTRO(A/S)

: RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

:JOSE LUIS MENDES DE OUVEIRA UMA

DECISĂO: 1. Por meio da peti<;ao 29502/2017, Michel Miguel Elias

Temer Lulia requer a reconsidera<;ao de decisao proferida no dia de

ontem, "para o fim de assegurar que a formulariio de quesitos ao Presidente da

Repliblica seja realizada apel1as oportunamente, ap6s a vinda da essencial prova

pericial" ou, subsidiariamente, seja orientada "a autoridade policial para que

se abstenha de formular perguntas acerca do conteudo de uma gravarăo apontada

como forjada, em re/arao a qual foi determinada a realizarăo de uma perieia ainda

năo finalizada, dada a flagrante impossibilidade de responder perguntas dessa

natureza" .

Para tanto, sustenta que o conteudo dos diâlogos apresentados por

Joesley Batista e aduIterado, o que restarâ demonstrado com a conclusao

da pericia.

Caso nenhum dos pedidos de reconsidera<;ao formulados seja

deferido, pretende que a peti<;ao de reconsidera<;ao seja recebida como

agravo regimental, nos termos do art. 317 do RISTF.

2. Como assenta o proprio requerente, e o investi gad o, Michel

Miguel EJias Temer Lulia, o principal interessado na mais celere e pronta apura<;ao dos fatos trata dos no presente inquerito, o que vem ao encontro

da celeridade legalmente imposta as apura<;6es que envolvem, como no

caso, reus presos. Afirma, todavia, que a celeridade nao pode atropelar

direitos individuais, mormente quando considera forjados os conteudos

dos diâlogos grava dos, o que restarâ demonstra do com a finaliza<;ao da

pericia.

S T F 102.002

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de Chaves Publicas Brasileira - ICP-Brasil. O

rI"('lIm.:>"t" nnrl", C:"'~ ::>rClc:c::::orln nf'l pnrl<u<>rf\ cl",t~AnilY"l htfn"II\A/\M'M c:tf i'Ie: hrl",nrt",I/:::II,t""nti,.",,.,,,n/ c:.nh n

no'IITI""rn 1 ?OOn7k,7

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Q/U!MCf}JHO c;Z:I)Cto~//)taL Q]/'a/BMJL

c:.?tjW-enw cfTntuma,l QfoecleJ<al

INQ 4483 tDF

Assim, alega "a absoluta impossibilidade de o Presidente da Republica jornecer respostas enquanto nao jinalizada a pericia deferida como prioridade por Vossa ExceWncia. Especialmente, impossiveis de ser respondidos seriam even tuais quesitos que digllln respeito a uma gravar;ao que, de antemao, se sabe

fraudada!". Percebe-se, de taI cenario, que o investigado considera peremptoriamente irrita a grava<;ăo apresentada pelo colaborador.

3. Possivel o deferirnento, em termos, do pedido.

Corn efeito, figurando o reguerente coma investigado no presente

inguerito, a ele e assegurado o direito previsto no art. 5 Q , LXIII, da

Constitui<;ao da Republica.

ainda que nao haja nos autos lauda pericial oficial

atestando a higidez da grava<;ao apresentada, podera o requerente - seria

desnecessario

se a responder eventuais indaga<;6es gue digam respeito ao dialogo em

comento, sem gue isso possa ser interpretado como aceita<;ao de

responsabilidade penal. Alias, se optar por nao responder gualguer das

perguntas, seja por gue motivo for, dessa atitude, juridicamente, nao se

pode extrair qualguer conclusao contraria ZI sua defesa, nos exatos termos

do gue disp6e o art. 186, paragrafounico, do C6digo de Processo Penal.

Portanto, reconhe<;o ao requerente o direito, se assim desejar, de nao

responder quaisquer das perguntas gue Ihes forem formuladas, sendo

que essa op<;:ao nao pod era ser interpreta da contrariamente aos seus

interesses, tampouco implicar em proibi<;ao ZI autoridade policial de

formula-las.

il autoridade policial e intimem-se o Procurador-Geral da

Republica e a defesa, juntando-se aos autos, oportunamente, guando do

retorna do inguerita. Publique-se. Intime-se. Brasilia, 31 de maia de 2017.

qualquer pronunciamento judicial nesse sentido - recusar-

Dessa forma,

Oficie-se

Ministro EDSON FACHIN

Relator

Documen la assinado digitalmente

STF 102.002

Documento assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-212001 de 24/08/2001, que institui a Infraestrutura de

Ch

aves

rin,

,mpnln nnrl

o;:

r :::.r",c:c:",rln !"In ""nl'fo::.r<:>r

1

trAni"n

nttn'II"'J\~MI c:tf i,,<: hrlnnrl:::aIf::o"t

nti"'::>"'':In/ <:nh n

1"I'·'m<>.,n 1 ?QQ(,\7"i7

P'bl'

u

IcaS

B

'1'

rasi elra -

2

ICP B

-

'1

rasl.

o

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: 1lJd. TERMO DE JUNTA~ JunlO a eslcs aulos
4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: 1lJd. TERMO DE JUNTA~ JunlO a eslcs aulos

1lJd.

TERMO DE JUNTA~ JunlO a eslcs aulos ~prolocolado de n" ~9JfjJ,

segue.

0'"

~

Brasilia~ d~ ~ AMIij:

_

.r

I

_

"1

de 201 :::)

DEN ~1IJ.tAFE.RREIRA

'lvIlrirku~2190

-'

~

::,.quc

-

d~ ~ AMIij: _ .r I _ "1 de 201 :::) DEN ~1IJ.tA FE.RREIRA 'lvIlrirku ~

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

MA';~'~E'â~;~E~:,OCI A" UI)IO MARIZ. OI' OI.IV~I'IR~Ab, J\

"_

PAOLA ZANELATO ROORIGO SENll RIBEIRO DE MENDON<;A FAUSTO LATUl' SILVEIRA REGINA MARIA BUENO DE GODOY GEORGE VICTOR ROBERTO DA SILVA LAURA SOARES DE GODOY

,

_,

\f\l

\

t

PROF. WALOEMAR MARIZ DE OUVEIRA JIJNIOR

ÂNGELA CASTELLO BRANeo MARIZ DE OUVEIRA SERGIO EDUARDO MENDON,:A DE ALVARENGA RENATA CASTELLO BRANCO MARll DE OUVEIRA FABIO CASTELLO BRANeo MARIZ DE OUVEIRA JORGE URBANI SALOMÂO fELlPE SALUM ZAK ZAK

EXMO. SR. DR. EDSON FACHIN, M. D. MINISTRO DO EXCELSO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF)

Supremo Tribunal Federal

31/05/2017 09:33

0029502

11111111111111111111111111111111

11111111111111111111111

INQUERJTO 4483

O Presidente da Republica, MICHEL MIGUEL

ELJAS TEMER LULIA, por seus advogados infra-assinados, nos autos do

INQUERITO em epigrafe, vem, fi presenc;a de Vossa Excelencia, expor e requerer o

que segue.

Em primeiro lugar, a defesa deseja salientar que jamais

vislumbrou qualquer prejuizo que adviria

do STF. Ao contrârio, o

respeito e a reverencia que a defesa tributa a todos os membros desse Excelso Pretorio sao exatamente os mesmos.

detrimento de outro, dada a colegialidade das decis6es

fi parte da definic;ao de um relator em

alegada conexao processual

Na verdade, a defesa discorda de existencia de uma

nos

corn fatos

outros;

quer estejam sendo apurados

AVENIDA PAUL/SorA. 1048-4" ANDAR

FONE:3141-4700 - FAX: 3141-4701 CEP:OI31O-200 - SAOPAULO/SP

WWW.ADVOCAC1AMAR1ZOEOLIVEIRA.COM.BR

ADVOCAcrA

MARIZ DE OLIVEIRA

2

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

alegados Inqueritos 4326 e 4327; quer estejam em qualquer bravo da alcunhada Lava- lato; pois absolutamente nada dizem respeito ao Presidente da Republica. Ea tentativa de vincular o requerente a fatos absolutamente estranhos que motiva o pedido de reconhecimento da inexistencia de prevenvao de Vossa Excelencia. O pleito de livre distribui v 30 e ape nas mera decorrencia logica de taI reconhecimento.

De qualquer forma, como bem disse Vossa Excelencia,

nessa

fase

reavaliGl;iio,

pre-processual

a

definivao

da

competencia

a partir

do panorama probat6rio

que

vai

"e

se

sujeita

modificando

a

constante

o

com

aprofimdas das investigar;i5es". Assim, a defesa tem a convicvao de que, no momento

oportuno, Vossa Excelencia, novamente provocada, ou nao, rechavarâ essas

inexistentes conexao e reflexa prevenvao.

Feitas

essas

consideravoes

a

titulo

meramente

esclarecedor, passa-se ao objeto da presente peva, propriamente dito.

Pois bem. Cabe fazer uma breve contextualizavao:

Desde que a presente investigavao tornou-se publica o Presidente da Republica vem

contestando - inclusive com apoio em declaravao publicas de respeitâveis peritos - o

conteudo da gravavao clandestina efetuada pela empresârio e hoje criminoso confesso

loesley Batista.

oportunamente, jâ se mostrou que o proprio conteudo da prova arquitetada pelo citado

Alem de insanâveis ilicitudes formais, que serao apontadas

empresârio foi evidentemente adulterado.

Por essa razao, como prioridade absoluta, a defesa requereu, jâ em 20 de maio, a realizavao de pericia nos âudios, como primei ro ato de

AVENH)A PAU LISTA. 10118-4° ANDAR

FONF:3141-4700· FAX:31414701 CEP: 013 10-200 - sĂo PAULO/SP

\\'W\\'.ADVOCAC1AMARIZDEOUVEIKt\.CO:>'I.BR

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

AUVOCACTA

MARIZ DE QLIVElRA

investiga~iio, prejudicial em

rela~iio a

todos

os

investiga~iio, prejudicial em rela~iio a todos os demais, sobrestando outras diIigencias ate sua finaliza~iio

demais, sobrestando

outras

diIigencias ate sua finaliza~iio pela policia tecnica.

o pedido, dada a sua indiscutivel relevância, foi

imediatamente deferido por Vossa Excelencia, ap6s, inclusive, anuencia do PGR.

inseryao em pauta para que o

plenărio dessa Corte deliberasse sobre a suspensao da investigayao corn o questao de

ordem.

Na mesma oportunidade, Vossa Excelencia solicitou

Imediatamente, em 22 de maio, a defesa apressou-se

em esc.larecer que entendia ser taI medida desnecessăria, afinal, lograra exito na sua

inten~iio de ver priorizada a prova tecnica.

Paralelamente,

e

em

perfeita

sintonia

corn

a

ponderayao da defesa, a E. Ministra Presidente, Carmen Lucia, entendeu que a anălise

da questao de ordem dependia "do integral cumprimento" da diligencia determinada.

As

defesas

apresentaram

quesitos

e

aguarda-se

a

conclusao da pericia, cujos trabalhos devem estar em curso.

Em 24 de malO, tao logo rece bera a ligayao de uma

escriva de policia solicitando uma data para oitiva

defesa entendeu ser relevante levar tai fato ao conhecimento de Vossa Excelencia. Ap6s renovar que estava no aguardo da realiza~iio da primacial pericia determinada, requereu que, quando da oitiva do Presidente, no momento oportuno, o

do Presidente da Republica, a

AVENII)A PAULlSTA, 1048-4 0 ANDAR fONE: 3141-4700 - FAX: 3141-4701 CEP:OI3JO-200 - SĂOPAULO/SP

WWW.ADVOCACIAMARIZDEOLIVEIRA.COM.BR

4

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

ADVO(:ACIA

MARIZ DE QLIVElRA

,

ato fosse presidido por Vossa Excelencia ou, entao, realizado por meio de perguntas escritas.

No proprio dia 24 de mai o, Vossa

Excelencia, entao,

reafirmando o carâter prioritârio da medida, ajfjan~ou que "unica diligeflcia por

ora de/erida, mafltenha-se a cOfltinuidade, exclusivameflte, dapericia em curso ".

Agora,

em

despacho de 30

de

malO,

contudo,

foi

fixado um prazo de 24 horas para que o Presidente da Republica apresente respostas a

perguntas tao logo as receba da autoridade policial.

Nobre Ministro,

la foi aqui dito, mas cabe sempre repetir: O Presidente

da Republica e o maior interessado na rapida e cab al elucidayao dos fatos.

percepyao a absoluta

impossibilidade de o Presidente da Republica fornecer respostas enquanto nao

finalizada a pericia deferida como prioridade por Vossa Excelencia.

Especialmente, impossiveis de ser respondidos seriam eventuais quesitos que digam

respeito a uma gravayao que, de antemao, ja se sabe fraudada!

Contudo,

e

de

facil

Data maxima venia, e coma querer dar o segundo passo sem antes dar o primeiro. A desejavel celeridade para finalizayao das investigayoes nao pode atropelar direitos individuais e garantias constitucionais.

AVENII)A PAULlSTA. 1048 _4 b ANDAR FONE:3141-4700 - rAX:3141-4701 CEI': 01310-200 - sĂo PAULO/SP

WWW.ADV{)(" \CIAMARJZDEOLIVEIRA.C.OM.BR

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

ADVOGAcrA

.\

1

MARIZ DE OLIVElRA

Assim, por todo o exposto, reguer-se:

.\ 1 MARIZ DE OLIVElRA Assim, por todo o exposto, reguer-se: - 1) A reconsiderayăo de

- 1) A reconsiderayăo de parte do despacho proferido no dia 30 de maio, para o fim de assegurar gue a formulayăo de guesitos ao Presidente da Republica seja realizada

apenas oportunamente, ap6s a vinda da essencial prova pericial;

-2) Subsidiariamente, na hip6tese de indeferimento do pedido anterior, reguer-se gue

Vossa Excelencia, no minimo, oriente a autoridade policial para gue se abstenha de

formular perguntas acerca

do conteudo de uma gravayăo apontada coma forjada, em

relayâo it gual foi determinada a realizayâo de uma pericia ainda năo finalizada, dada a

flagrante impossibilidade de responder perguntas dessa natureza;

- 3) Por fim, caso nenhum dos dois pleitos acima seJa deferido, reguer-se o

recebimento e o processamento da presente

termos do artigo 317 do Regimento Interno desse STF.

peya corno Agravo Regimental, nos

Termos em gue,

p. deferimento.

De Săo Paulo para Brasilia, 31 de maia de 2017.

ANTONIO CLAUDIO MARIZ DE OLIVEIRA

SERGIO EDUARDO MENDON(:A DE ALVARENGA

AVENIDA PAU LISTA, I048-4 o ANDAR

FONE~ 3141-4700 - FAX: 3141-4701

CEP: 013 10-200 - SAOPAULO/SP

W'WW.,\DVOCACIAMARIZDEOLIVEIRA.CQ,'v'.BR

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: Poder .Judiciario Supremo Tribunal Federal Recibo de
4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: Poder .Judiciario Supremo Tribunal Federal Recibo de

Poder .Judiciario

Supremo Tribunal Federal

Recibo de Peti~ăoEletronica

 

29502/2017

Processo

Inq 4483

Tipo de pedido

 
 

.•

 

Rela~o dEl P~~s

1 - Pedido de reconsiderayâo

 

Assinado por:

.

.

ANTONIO CLAUDIO MARIZ DE OLlVEIRA

DatalHora do Envio

31/05/2017 as 09:33:20

Enviadopor

ANTONIO CLAUDIO MARIZ DE OLlVEIRA (CPF:

410.712208-53)

Certilico que

.

pubhcado(a

.

dlvul

ao

o

n

CERTIDĂODE PUBLlCA<;:ĂO~

-

o(a)

r.

despacho/declsao.

.

.

Diario da

d

e

fis

'.

Eletromco do

.a

d

2~ considerando coma

fOi

.

de

ala de

iJ

e

1',1 anterio

'.

a menclonada data

(30 da

art.

1

~

Res .h< ~o 34~lR~< de 201 .

Braslha,

de

\

-

DENIS

_I~~$.

~"mA - MntrÎcl1];l '21 Q I"I

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

CARTA DE INTIMA!;ĂO N° 2404/2017

Inquerito n° 4483

AUTOR(A/S)(ES)

PROC,(NS)(ES)

INVEST.(NS)

ADV(A/S)

INVEST.(A/S)

ADV(A/S)

INVEST.(A/S)

ADV(NS)

: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL

: PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA

: MICHEL MIGUEL ELiAS TEMER LULIA

: ANTâNIO CLĂUDIO MARIZ DE OLiVEIRA (0123013/SP) E

OUTRO(NS)

: AECIO NEVES DA CUNHA

: ALBERTO ZACHARIAS TORON (65371/SP) E OUTRO(NS)

: RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

: CEZAR ROBERTO BITENCOURT (11483/RS) E OUTRO(NS)

(Sec;;âo de Processos Origimirios Criminais)

De ordem, a Secretaria Judiciaria do Supremo Tribunal Federal INTIMA o advogado

ANTâNIO CLĂUDIO MARIZ DE OLlVEIRA, com endere90 na Avenida Paulista, 1048,

4° andar, CEP 01310-200, Sâo Paulo/SP, Fone: (11) 31414700 e FAX (11) 31414701 do

inteiro teor do despacho proferido nos autos em referencia, cuja copia segue anexa.

Secretaria Judiciaria do Supremo Tribunal Federal, em 6 de junho de 2017.

Patricia Pereira de Moura Martins

Secretaria Judiciaria

S T F 102.002

Documenta assinado digitalmente

Documenta assinado digitalmente conforme MP n G 2.200~2/2001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrutura de Chaves Publicas Brasileira -lCP-Brasil. O

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

FAX 1597/2017

11';J#JâO i3

A Sua Excelencia o Senhor Diretor-Geral do Departamento de Policia Federal

Inq uerito n. 4483

AUTOR(AlS)(ES)

PROC.(AlS)(ES)

INVEST.(AlS)

ADV.(AlS)

INVEST(AlS)

ADV.(AlS)

INVEST(AlS)

: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL

: PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA

: MICHEL MIGUEL ELiAS TEMER LULIA

: ANTONIO CLAUDIO MARIZ DE OLlVEIRA (0123013/SP) E

OUTRO(AlS)

: AECIO NEVES DACUNHA

: CARLOS MARIO DA SILVA VELLOSO (24750/DF) E OUTRO(AlS)

: RODRIGO SANtOS DA ROCHA LOURES

(Se~ăo de Processos Originarios Criminais)

De ordem. comunico-Ihe os tenmos do despacho proferido nos autos em epigrafe, cuja copia

segue via fax. Respeitosamente, Patricia Pereira de Moura Martins, Secretaria

Judiciaria/STF.

Documenta assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-212001 de 24/08/2001, Que institui a Infra-estrutura de Chaves Pliblicas Brasileira - ICP-Brasil. O documenta pode ser acessado no endereeo eletr6nico http://w.wJ.stf.jus.br/portallautenticacao/autenticarDocumento.asp sob o numero 12957081

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

mA'''''' '" """"""" M "

,.">=""'"

,

 

NOME

:

SE~AO BAIXA EXPEDI~A

FAX:

61-33234785

TEL:

61-32174996

NuMERO:D000D8N500917 Y'tI~r;Lw .ţ.N\\)N\ DIA,HORA NuMERO DE FAX/NOME 05/24 19:32 20248449 DURA~AO 00:00:51
NuMERO:D000D8N500917
Y'tI~r;Lw .ţ.N\\)N\
DIA,HORA
NuMERO DE FAX/NOME
05/24
19:32
20248449
DURA~AO
00:00:51
PAGINAS
03
RESULT.
OK
MODO
NORMAL
ECM

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Inquerito n° 4483

AUTOR(AlS)(ES)

PROC.(AlS)(ES)

INVEST.(AlS)

ADV(AlS)

INVEST.(AlS)

ADV(AlS)

INVEST.(AlS)

ADV(AlS)

MANDADO DE INTIMAC;;ĂO

/2. e

5-'

p;: !J'!rJC/20/.)

J

: MINISTERIO PUBLICO FEDERAL ~ 01.~

: PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA

: MICHEL MIGUEL ELiAS TEMER LULIA

: ANTONIO CLAUDIO MARIZ DE OLlVEIRA (Ot~1.ll)î§1p) E

lJ'Ji\\on Que l ! .lus\i~

p(Omo\O( de pGR

OUTRO(AlS)

: AECIO NEVES DA CUNHA

: ALBERTO ZAC HAR lAS TORON (65371/SP) E OUTRO(AlS)

: RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

: JOSE LUIS MENDES DE OLiVEIRA LlMA (107106/SP)

De ordem, o(a) Secretaria Judiciaria do Supremo Tribunal Federal MANDA que o Oficial de

Justi~a INTIME o Procurador-Geral da Republica. ou quem suas vezes fizer, do inteiro teor

do(a) despacho/decisăo proferido(a) em 30 de mai o de 2017. cuja copia segue anexa.

Acompanha este mandado midia digital contendo copia integral dos autos.

Dado e passado

2017.

na Secretaria Judiciaria do Supremo Tribunal Federal, em 31 de maio de

Palricia Pere ira de Maura Martins

Secretâria Judiciâria

Documento assinado digitalmente

Documenta assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-212001 de 24/08/2001, que institui a Infra-estrulura de Chaves Publicas Brasileira - ICP-Brasil. O

documenta pode ser acessado no

endereco eletr6nico http://WVM

stf.jus.br/po1al/autenlicacao/aulenticarDocumento.asp

sob o numere 12991688

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

CERTIDĂO

Certifico que me dirigi nesta Capital ao Setor de Administrat;ăo Federal Sul, Quadra 4, Lote 3, Bloco "A" nesta data e, as 17hOOmin, procedi a

INTIMAC;;ĂO do PROCURADOR GERAL DA REPUBLICA, na pessoa do

Promotor de Justit;a WILTON QUEIROZ DE UMA, que recebeu a contrafe e apas seu ciente no anverso deste mandado.

Brasilia, 1 de junho de 2017.

SEDEUR FERNANDE

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

INQUERITO 4.483 DISTRITO FEDERAL

RUATOR

AUTOR(A/S)(ES)

PROC.(AlS)(ES)

INVEST.(A/S)

ADV.(A/S)

INVEST.(AlS)

ADV.(A/S)

INVEST.(A/S)

ADV.(A/S)

: MIN. EDSON FACHIN

: MINlSTERlO PlJBLlCO FEDERAL

:PROCURADOR-GERAL DA REPUBLICA :MICHEL MTGUEL ELlAS TEMER LUT,IA :ANTâNJO CLAuDIO MARIZ DE OUVElRA [

OUTRO(A/s)

:AECJO NEVES DA CUNHA

:ALBERTO ZACHAHlAS TORON E OUTRO(A/s)

:RODRIGO SANTOS DA ROCHA LOURES

:JOSE LUIS

MENDES DE OLlVEIRA LIMA

DESPACHO: Os autos encontram-se em carga corn a aut:uridacle

policial para o cumprimento de diligencias determinadas pOl este Relatol',

Assim, determino O acautelamento da presente peti~ăo junto al)

Setur de Processos Originarios Criminais, para posterior juntada e, ap'''s,

conclusao.

Brasilia, 31 de maia de 2017.

Ministro

EDSON FACHIN

Relator

Documenta assinado rligitalmente

Documenta assinado digitalmente conforme MP n° 2.200-2/2001 de 24108/2001, que institui a Infraeslrulura de Chaves ?ul)licas Brasileira - ICP-BrasiL O documenta pode ser acessadc no endereyo eletr6nico http://'M'ffl.stf.jus.br/portal/aulenticacao/sob o numero 12990755.

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

TERMOD

J uoto a estes autos

E JUNT~i

' o protocolado de ~

do(\

BraslhaQ}lde

.

de 201.}

DEN

M~.

,ERREIRA

Matricula 2190

4

uc

>

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

":

I

~

!

053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: ": I ~ ! Wnkn do<J cdJ,H)~ do Pl3~ 't?l>?Wpflf<J

Wnkn do<J cdJ,H)~ do Pl3~

't?l>?Wpflf<J Q!l;,d_a/

~m",k - ~. cIT

't?l>?Wpflf<J Q!l;,d_a/ ~m",k - ~. cIT EXCELENTisSIMO SENHOR RELATOR MINISTRO EDSON .FACHIN

EXCELENTisSIMO SENHOR RELATOR MINISTRO EDSON .FACHIN

INQUERITO N. 4.483

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL - STF

Supremo Tribunal Federal

31/05/2017 11:14

0029526

//1/11/1/11/1111/1111///1/1/1/11/111111/1111/1/111///1111/11//111

o CONSELHO FEDERAL DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO

BRASJL - CFOAB, servi"o publico independente dotado de personalidade juridica,

regulamentado pela Lei

corn sede no SAUS Quadra 05, Lote 01, Bloco M, Edificio Sede do Conselho Federal

da OAB, Brasilia, Distrito Federal, CEP 70070-939, e-mail pndp@oab.org.br. neste ato

representado por seu Presidente,

representante maximo da entidade (art. 55, § 1°, da Lei n° 8.096/94), vem,

respeitosamente,

signatilrios (instrumento de mandato

anexo), corn fundamento nos artigos 44, 49 e 54, todos da Lei n. 8.906/94, expor e

requerer o que segue:

profissionais dos advogados, por seus advogados

il presen"a de Vossa Excelencia, em defesa das prerrogativas

Claudio Pacheco Prates Lamachia, na qualidade de

n° 8.906/94, inscrito no CNPJ sob o n° 33.205.451/0001-14,

Chegou ao conhecimento desta Entidade, por meio de noticias veiculadas pela imprensa, que foram anexadas ils investigayoes relativas ao presente Inquerito conversas - que sequer interessam aos fatos em apurayao - interceptadas entre jomalista esua fonte, bem coma de investigados e seus advogados, estas protegidas pela inviolabilidade prevista no artigo 7°, II da Lei n. 8.906/94 1

I Art, Săo direitos do advogado:

Il - a inviolabilidade de seu escriterio ou local de trabalho, bem coma de seus instrumentos de trabalho, de sua correspondencia escrita, eletronica, telefOnica c telematica, desde que relativas ao exercicio da advoeaeia; (Reda,lio dada pela Lei n° 11.767, de 2008)

Conselho Fcd~ral da Ordcm dos Advoglldos do Brasil- Proeuradoria Narional de Defesa dlls Prtrrogativas SAUS Quadra 05. Lote OI, Bloco M, Ed. Sede Conselho Federal da OAB,- Brasllin/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-9804/ Email: pndp@oab.org.br/\\'WW.oab.org.br

da OAB,- Brasllin/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-9804/ Email: pndp@oab.org.br/\\'WW.oab.org.br

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

·.

Wn/om k

: .'.~,

. "

~J~

CW;"""clk d7ix!",<"i

9'l~uk"- 1?ZJ. Gff

Por

esse

motivo,

esta

Entidade

ch Pl3'1'<Mi1

vem

a

V.

Exa.

esta Entidade ch Pl3'1'<Mi1 vem a V. Exa. requerer seja resguardado o sigilo das comunica.yoes entre

requerer

seja

resguardado o sigilo das comunica.yoes entre clientes e advogados, quando estes estiverem em regular atua.yăo profissional, corn a consequente determina.yăo de

lacra.yăo e posterior destrui"ăo de todo o material proveniente de intercepta.yoes dos

e garantido pela Constitui.yăo e pela Lei, e niio interessem as

dialogos cujo sigilo

investiga.yoes (artigo 9° da Lei n. 9.296/96f

A

Constitui"ăo Federal, quando enuncia no art. 133 que o advogado e

inviolavel "por seus alos e manifesta90es no exercicio da projissiio ", outra coisa năo

esta fazendo senăo garantir-lhe uma atua"ăo livre, independente e desassombrada.

A

este Conselho compete, por sua vez, nos termos da Lei n. 8.906/94:

Art. 44 - A Ordem dos Advogados do Brasil - OAB, servir;o publica dotado

de personalidade juridica e formafederaliva, tem por jinalidade:

1 - Defender a Constituir;iio. a ordem juridica do Estado democrâlico de

direito, os direitos humanos. a justir;a social. e pugnar pela boa aplicm;iio

das leis. pela râpida administrar;iio da juslira e pelo aperfeiroamento da

cultura e das inslilUiroes juridicas.

11- promover, cam exclusividade, a representar;iio, a defesa, a seler;iio e a

disciplina dos advogados em Ioda a Republica Federativa do Brasil.

(

)

ArI. 54.

(.)

Compete ao Conselho Federal:

11 - representar, em juizo ou fora deie, os interesses coletivos ou individuais

dos advogados.

III - velar pela dignidade. independencia, prerrogativas e valorizar;ăo da

advocacia;

toda a classe porque

concemente a prerrogativa profissional do advogado, qual seja, o artigo 7°, II do

Estatuto da Advocacia e da OAB:

A

discussăo da materia

e

de

interesse

de

ArI. r Săo direilos do advogado:

Il - a inviolabilidade de seu escrit6rio ou local de trabalho, bem coma de seus instrumenlos de trabalho, de sua correspondencia escrita. eletr6nica,

2 Ari. 9° A grava9ăo que nao interessar il. prova sera inutilizada por decisao judicial, durante o inquerito, a instrw;ăo processual ou ap6s esta, em virtude de requerimento do Ministerio Publica ou da parte interessada. Parâgrafo unico. O incidente de inutiliza9âo sera assistido pela Ministerio Publica, scndo facultada a presenya do acusado ou de seu represcntante legal.

Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Bmsil - Procuradoria Naeional de Ddesa das Prrrrogativas SAUS Quadra 05, Lote OI, Bloco M, Ed. Sede Consclho Federal da OAB,- Brasilîa!DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687 ! 2193-9774! 2193-9804! Email: pndp@oab.org.br/w\'w".oab.org.br

2

Brasilîa!DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687 ! 2193-9774! 2193-9804! Email: pndp@oab.org.br/w\'w".oab.org.br 2

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

t@nkn k

S

e";.

.' ~

.

.

G9UHJr406 do, ?Je~

'iflo.wrb:.o dXxkaL

giJ,=.i/':O - 1]. cff

telefonica e telematiea,

advocacia; (Redar;iio dada pela Lei n° Il. 767, de 2008)

desde

que

relativas

ao

dada pela Lei n° Il. 767, de 2008) desde que relativas ao exercicio da A inviolabilidade

exercicio

da

A inviolabilidade assegurada ao advogado ergue-se como uma

poderosa garantia em prol do cidadao de moda a permitir que o profissional incumbido

de falar por si nao se acovarde e nem possa sofrer qualquer tipo de represâlia que lhe

retire a liberdade profissional.

Nesse contexto, o segredo profissional e a inviolabilidade de suas

comunicay5es, quando no exercicio de seu mister, nao podem sofrer intromiss5es.

Afinal, protege-se o direito do advogado comunicar-se corn os seus

clientes eseu sigilo telefOnico, essenciais ao exercicio da advocacia, nao como um

privilegio, mas em beneficio de toda a cidadania.

Paulo

L5bo

destaca

em

sua

obra

"Comentărios ao Estatuto

da

OAB,,3 que, em nenhuma situal;ao, poderă haver interceptal;ao

telefOnica do local de trabalho do advogado, por forl;a do exercicio profissional,

Advocacia e da

ainda que autorizada pela autoridade competente. Segundo o autor, a hip6tese

4 aplicar-se-â apenas il pessoa

prevista no artigo

do advogado, por eventuais crimes por ele cometidos, no

sua profissao. Trata-se de prote9ao contida em lei (Estatuto da Advocacia e da OAB)

e decorrente do devido processo legal (art. 5°, LV da Carta Magna).

entanto, nunca por razao de

5°, inciso XlI da Constitui9ao Federal

Supremo Tribunal Federal jâ se posicionou acerca da

necessidade de ser assegurada a inviolabilidade ao advogado. Para o Ministro Celso de

Mello, "A inviolabilidade constitucional do Advogado: garantia destinada a

assegurar-Ihe o pleno exercicio de sua atividade profissional(). O Supremo Tribunal

decisiJes, que o Advogado - ao cumprir o

dever de prestar assistencia aquele que o constituiu, dispensando-lhe orientar;iio

juridica perante qualquer argiio do Estado - converte, a sua atividade projissional, quando exercida com independencia e sem indevidas restrir;iJes, em pratiea inestimavel de liberdade. Qualquer que seja a instância de poder perante a qual atue,

Esse Egregio

Federal tem proclamado, em reiteradas

) Paulo Labo. Comentârios ao Estatute da Advocacia e da OAB, Ed. Saraiva, 4 ed .• p. 67.2007.

4 Art. 5° Todos săo iguais perante a lei, sem distinyâo de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos

estrangeiros residentes no Pais a inviolabilidade do direito â vida, ii Iiberdade, ii igualdade, il scguran(ţa e â

propriedade, nos termos seguintes:

)

XII - e inviolavel o sigilo da correspondencia e das comunica((oes telegraficas, de dados e das comunicar;3es telef6nicas, salvo, no ultimo caso, por ordem judicial, nas hip6tescs e na forma que a lei estabeleccr para fins de investiga((ao criminal ou instrw;ăo processual penal;

Conselho Federal da Ordem dos Advogados do BrasÎl- Procuradoria National de Oe(esa du Prtrrogati,,"as

SAUS Quadrn 05, Lote 01, Bloco M, Ed. Sede Conselho Federal da OAB,- Brasilia/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-98041 Email: pndp@oab.org.br/www.oab.org.br

3

da OAB,- Brasilia/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-98041 Email: pndp@oab.org.br/www.oab.org.br 3

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Em: por:

Impresso

Wnkm ck,6 09Uv~6 ck,. ţ]B~

9f?,Ynodh" c;f1'0d.m<a1

i'iBmdha - ~. rJ3'

incumbe, ao Advogado, neutralizar os abusos, fazer cessar o arbitrio, exigir respeito ao ordenamento juridico e velar pela integridade das garantias - legais e constitucionais - outorgadas aquele que lhe confiou a prote9ăo de sua liberdade e de

seus direitos.(.)" (HC 98.237, ReI. Min. Celso de Mello, julgamento em 15-12-2009,

Segunda Turma, DJE de 6-8-2010.) Vide: RHC 81.750, ReI. Min. Celso de Mello,

julgamento em 12-11-2002, Segunda Turma, DJ de 10-8-2007).

Na ementa abaixo, o Colendo Superior Tribunal de Justi9a considerou

ilicita a prova oriunda de conversa de advogado no exercicio de sua profissao:

Advogado. Sigilo profissional/segredo (vio/a,iio). Conversa privada entre

advogado e c/iente (gravar;iio/impossibi/idade). Prova

(i/icitude/contaminm;:iio do lodo). Exclusiio dos aulos (caso). Expressoes

injuriosas (emprego). Risca (determinm;:iio).

1. Sâo inviolliveis a intimidade, a vida privada e o sigilo das

comunicar;tjes. Hli normas constitucionais e normas infraconstitucionais

que regem esses direilos.

Conversa pessoal e reservada enlre advogado e cliente tem toda a

2.

protefâo da lei, porquanto, entre outras reconhecidas garantias do

advogado, estli a invio/abilidade de suas comunicar;iies.

3.

devem guardar segredo, ti invio/ave/ a comunicar;iio entre advogado e

cliente.

Se ha antinomia enlre valor da liberdade e valor da seguranr;a, a

antinomia li solucionada a favor da liberdade.

5.

seu cHente. O processo nâo admite as provas obtidas por meio.~ i1icitos.

4.

Como estiio proibidas de depor as pessoas que, em raziio de profissiio,

i, portanto, ilicita a prova oriunda de conversa entre o advogado e o

Na hipatese, conquanto tenha a paciente concordado em conceder a

ao programa de televisiio, a conversa que haveria de ser

reservada entre ela e um de seus advogados[oi captada clandestinamenle.

Por reve/ar manifesta infrar;iio etica o ato de gravar;iio - em raziio de ser a

comunicar;iio entre a pessoa eseu de[ensor resguardada pela sigilo

foncional -, niio poderia afita ser juntada aos aulos da m;:iio penal. Afina/,

a ilicitude presente em parle daquele registro a/canr;:a todo o conteudo da .fila, ainda que se admita Iratar-se de entrevisla volunlariamenle gravada ? afrula ruim arruina o cesto. 1. A todos li assegurado, independentemente da natureza do crime, processo legitima e legal, enfim, processo justo. S. i; defeso as paries e aos seus advogados empregar expressoes injuriosas e, de igual forma, ao representante do Ministerio publico.

9. Havendo o emprego de expressoes injuriosas, cabe a autoridade judiciaria mandar risca-las.

6.

entrevista

Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil- Procuradoria Nadonal de Defesa das Pl"t'rroglltil:as SAUS Quadra 05, Lote OI, Bloco M. Ed. Sede Conselho Federal da OAD,- Brasilia/DF CEP 70070·939 Tel: 61 2193·9687/2193-9774/2193·9&04/ Email: pndp@oab.org.brJw\\rw.oab.org.hr

4

~

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: W7d&n k Q;ldlJ~4 do Pl3nMi1 Yil<WI.od/w.

W7d&n k Q;ldlJ~4 do Pl3nMi1

Yil<WI.od/w. cflixk?<ai

!'?B,a~"- 1i!? ciT

1 O. Habeas corpus deferido para que seja desentranhada dos autos a prova iliei/a. 11. Mandado expedido no sentido de que sejam riscadas as expressiies

injuriosas.

(HC 59967/SP, ReI. Minis/ro NILSON NAVES, SEXTA TURMA, julgado em

29/06/2006, DJ 25/09/2006, p. 316) (griJo nosso).

Năo

e possivel

admitir a interceptayăo das

comunicayoes

entre

advogados e clientes para se descobrir se estes estăo ou năo envolvidos em crimes.

Da mesma maneira,

năo e cabivel a manutenyăo de tais diălogos nos

autos, e, o que e mais grave, a divulgayăo criminosa de tais ăudios.

No que se refere ils informayoes publicadas em âmbito nacional das

presente Inquerito, o Presidente desta Entidade, inclusi ve,

interceptayoes rei ati vas ao

manifestou repudio quanto it quebra de sigilo na comunicayăo entre advogados e

clientes (hap://www.oab.org.br/noticia/55126/grampear-conversas-entre-advogados-e-

seus-clientes-e-crime-afirma-lamachia?argumentoPesguisa=crime ). Segundo Claudio

Lamachia, "Grampear conversas entre advogados e seus clientes li crime. O Estatuto

8.096/94), em seu art. 7~ garante a inviolabilidade de sua

correspondencia telefânica, entre outras, no exercicio projissional. Trata-se de uma

garantia prevista na

igualmente defende a garantia do sigilo entre jornalistas e suas fontes. Se quebrarmos

esse direito - o que vem sendo feito de maneira recorrente - estaremos mutilando de

de a sociedade ser informada. Nao se pode combater o

crime cometendo outro crime. Resistir ao arbitrio

e especialmente os advogados, para corn as futuras gerar;oes. Um verdadeiro Estado

Democrâtico e de Direito

fundamentos, principios e regras, rejeitando de pronto quaisquer tentativas neste

forma irreparâvel o direito

Constituil;ao Federal. A Ordem dos Advogados do Brasil

da Advocacia (Lei.

li um compromisso que temos rodos,

nao pode admitir que sejam maculados seus valores,

sentido, por mais bem-intencionadas, que possam parecer il primeira vista. ".

As conversas entre clientes e advogados, conforme elencado exaustivamente acima, tem proteyăo legal expressa. Portanto, devem ser apuradas as condutas dos responsaveis referido vazamento, assim coma esta ocorrendo no tocante it quebra do sigilo da fonte (referente it conversa divulgada entre um jomalista esua fonte no bojo das investigayoes de fatos relacionadas ao presente Inquerito). Quanto ao epis6dio, autoridades se manifestaram no seguinte sentido:

" A lei que regulamenta as intercep/ar;iies lele(ânicas (Iei 9296/96) li clara ao vedar o uso de wavar;do que ndo esleja re/aeionada com o objelo da invesligar;do. E uma irresponsabilidade noo se cumprir a legislGl;do em

Conselho Jo"tderal da Ordem dos Ad\-'ogados do Brasil- Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogati\'as

$AUS Quadra 05, Lote 01, Bloca M, Ed. Sede Conselho Federal da OAB,~ Bra<;ilia/DF CEP 70070-939

Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-9804/ Email: pndp@oab.org.br/\w/w.oab.org.br

5

OAB,~ Bra<;ilia/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-9804/ Email: pndp@oab.org.br/\w/w.oab.org.br 5

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

""

\

.'

,

,

-

'

f;

,

w~ k aY'fdv~6 d;, Pl3~

'(?o"",eIh.o ~d.o?<aj

iJi'j"w4u - 9!, cf7

~d.o?<aj iJi'j"w4u - 9!, cf7 vigor. o epis6dio envolvendo o jornalista Reinaldo Azevedo

vigor. o epis6dio envolvendo o jornalista Reinaldo Azevedo enche-nos de vergonha, ti um ataque iI liberdade de imprensa e ao direito constitucional de sigilo da jimte. EsUl se desenhando no Brasil um estado policial, o que

sempre foi combatido pelo Supremo Tribunal Federal", (nota do Ministro

Gilmar Mendes

http://www.conjur.com.br/2017-mai-23/divulgacao-

conversa-jomalista-enche-vergonha-gilmar )

"O Supremo Tribunal Federal tem jurisprud{mcia consolidada no sentido de

se respeitar integralmente o direito constitucional ao sigilo da fonte. A

do STF reitera o seu firme compromisso, que tem sido de Ioda

vida, de lutar, e agora, como juiza, de garantiI' o integral respeito a esse

direito constitucional". (presidente

presidente

do

STF,

Carmen

Lucia

http://m.folha.uol.com .br/poder/20 17/0511 886754-stf-divulga-conversa-

entre-jomalista-e-fonte-em-pacote-de-grampos-da-jbs.shtml )

Nao e razoavel

mitigar o exercicio da profissao de defensor de

direitos e garantias e suas prerrogativas profissionais.

Evidencia-se, portanto, que nao pretende o Conselho Federal da OAB

imiscuir-se propriamente no objeto das investiga(ţoes que originaram as quebras de

sigilos ora analisadas, mas unicamente

defender as normas ~ principios constantes

da Constituic1io Federal, bem fQ!!!Q velar pela escorreita aplicacao da lei ~ .!!

preservacao das prerrogativas da advocacia.

Portanto, uma vez demonstrada a violas;ăo ao art. 7°, inciso II da Lei n.

8.906/94 e a dispositivos da Lei n. 9.296/96, toma-se imperioso que V. Exa. determine

a apuras;ăo de condutas dos responsâveis pela vazamento de conversas sigilosas entre

clicntes e advogados

observância ao dever de respeito as prerrogativas profissionais.

em

diălogos estes que sequer interessam

-

ao

processo

-,

Pelo exposto, dada a relevância da materia e a representatividade

do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, requer a Vossa

Excelencia, no âmbito do lnquerito 4.483 e processos a ele relacionados:

a) seja resguardado o sigilo das comunicas;oes entre clientes e advogados, quando estes estiverem em regular atuas;ăo profissional, corn a consequente determinas;ăo de lacras;ăo de todo o material proveniente de interceptas;oes dos diâlogos cujo sigilo e garantido pela

Constituis;ăo e pela Lei;

Conselho Fedual da Ordem dos Advogados do Brasil- Protul'"adoria National de Defcsa das Prerrogativ8S

SAUS Quadra 05, wle 01. Bloco M, Ed. Sede Conselho Fcdcml da OAB,- Brasilia/DF CEP 70070-939

Tel: 61 2193-9687/2193-9774 J 2193-9804/ Email: pndp@oab,org.br/v

V\\'.oab.org.br

6

OAB,- Brasilia/DF CEP 70070-939 Tel: 61 2193-9687/2193-9774 J 2193-9804/ Email: pndp@oab,org.br/v V\\'.oab.org.br 6

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Em: por:

Impresso

7!Y?'4em ck,4 ~k

W~<>· dXxbai

giJ"""'ka - 'PJ cff

ck,. P13~

b) apas comprovadas as ilegalidades concementes ils referidas interceptayoes, seja determinada por V. Exa. a destruiyăo da prova ilicitamente produzida, nos termos da Lei n° 9.296/96, sem prejuizo da

apurayăo das condutas dos responsâveis pelo vazamento de conversas

sigilosas;

c) por derradeiro, requer a realizac;ăo das intimac;oes no nome do DT.

Oswaldo P. Ribeiro Junior, inscrito na OAB/DF sob o n° 16.275 e do

DT. Roberto Charles de Menezes Dias, inscrito na OABIMA sob o n.

7.823.

Termos em que aguarda deferimento.

BrasiliaIDF, 31 de maio de 2017.

#.!iJ.~·

Procurador Nacional de Defesa das Prerrogativas

Conselheiro Federal OABIMA

OAB/MA 7.823

Alexrtfrr~~s

~IDF43.880

v~,0 \U~Cl- ~\ ~ P-UCUJtJl

Priscilla Lisboa Pereira

OABIDF 39.915

Conselho Ftderal da Ordem dos Advogados do Brasil- Procuradoria Nacional de Ddesa das PrerrogativHS

SAUS Quadra 05, Lote 01, Bloca M. Ed. Sede Conselho Federal da OAB,- Brasilia/DF CEP 70070-939

Tel: 61 2193-9687/2193-9774/2193-9804/ Email: pndp@oab.org.br/\yww.oab.org.br

7

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

Wn/em k

~~ do 'Pl3~

YlloifWelh-O cfJ:dffI'CIl

mmdku - '71? dY

PROCURACÂO

Por meio do presente instrumento, O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do

Brasil - CFOAB, Servi90 publico independente dotado de personalidade juridica,

regulamentado pela

Brasil, Setor de Autarquias Sul, Quadra 05, Lote 1, Bloco M, desta Capital, representado

por seu Presidente, Claudio Pacheco

Prales Lamachia, brasileiro, advogado ioscrilo oa

OAB/RS sob o n° 22.356, corn eodcre90 profissiooal 00 Selor de Autarquias Sul, Quadra

05, Lote 1, Bloco M, des!a Capital, oomeia e coostitui seus procuradores: Roberto Charles

de Menezes Dias, brasileiro, casado, advogado, inscrito oa OAB/MA sob o 0° 7823; Raul

Ribeiro da Fooseca Filho, brasileiro, casado, advogado, ioscrito Da OAB/RO sob o 0°

555; Claudio Demczuk de Alencar, brasileiro, casado, advogado, inscrito oa OAB/DF

24.725; Oswaldo Pioheiro Ribeiro Junior, brasileiro, casado, advogado, inscrito oa

OAB/DF sob o 0° 16.275; Rafael Barbosa de Castilho, brasileiro, solteiro, advogado,

ioscrito oa OAB/DF sob o 0° 19.979; Bruno Matias Lopes, brasileiro, casado, advogado,

o. 31.490; Priscilla Lisboa Pereira, brasileira, casada,

39.915 e OAB/GO 29.362; Alexandre Pontes

advogada, ioscrita oa OAB!DF sob o

inscrito oa OAB/DF sob o

Lei n° 8.906/1 994, corn sede 00 Edificio Ordem dos Advogados do

Alves, brasileiro, solteiro, advogado, inscrito oa OAB/DF sob o n° 43.880; Brona Regina

da Silva Dada, brasileira, casada, advogada, ioscrita na OAB/DF sob o n° 42.981, e

Verena de Freitas

Souza, brasileira, solteira, advogada, inscrita oa OAB/DF sob o 0°

32.753, lodos corn eodere90 profissional no Setor de Autarquias Sul, Quadra 05, Lote 1,

Bloco M, desla Capital, corn os poderes da clausula adjudicia e os demais oecessarios para

o foro em geral e para a defesa dos interesses do Outorgaote em juizo e fora deie, em todas

as iostâocias e graus de jurisdi9âo, corn a legitima9âo extraordioaria advinda do ari. 49,

paragrafo uoico, da Lei Federal n. 8.906/1994 - Estatuto da Advocacia e da OAB, podendo,

ai oda, substabelecer corn ou sem reservas, em especial para requerer ao STF, no âmhito

do Inquerito n. 4.483, seja resguardado o sigilo das comunica~oes enlre clientes e

advogados.

B

.' ~ 31 de

aio de 2017.

~.

io Lamac Presid nte Nacional da OAB OAB/RS n° 22.356

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

4483 - 16:33:13 053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: 1 2 3 4 5 6 7 8

1

2

3

4

5

6

7

8

9

Ata da Sessăo Ordioăria do Cooselho Pleoo

do Cooselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil

Posse da Diretoria e das Cooselheiras e dos Conselheiros Federais - Trienio 2016/2019 (2.113' Sessâo - 86" Reuniăo)

Data:

Local: Sede do Conselho Federal da OAB, Pienărio.

1° de

fevereiro de 2016, as I0h40min

SAIJS Quadra 05 - Bloco M - Lote 1, Brasilia.

Preseocas: do Presidente Marcus Vinicius Furtado Coelho, dos membros da Diretoria eleita para o

Il Trienio 2016/2019, integrada pelos advogados Claudio Pacheco Prales Lamachia (Presidente). Luis

12 Claudio da Silva Chaves (Vice-Presidente), Felipe Sannento Cordeiro (Secretirio-Geral), Ibaneis

13 Rocha Barros Junior (Secretirio-Geral AdjunlO) e Antonio Oneildo Ferreira (Diretor-Tesoureiro),

10

14 das Conselheiras e Conselheiros Federais eleitos e empossados para o Trienio 2016/2019,

15 advogados Erick Venâncio Lima do Nascimento, Joao Paulo Seui Aguiar e Luiz Saraiva Correia

16 (AC), Everaldo Bezerra Patriota e Thiago Rodrigues de Pontes Bomfim (AL), Alessandro de Jesus

17 Uch6a de Brino, Charlles Sales Bordalo e HeIder Jose Freitas de Lima Ferreira (AP), Caupolican

18 Padilha Junior, Daniel Făbio Jacob Nogueira e Jose Alberto Ribeiro Simoneni Cabral (AM), Andre

19 Luis Guimaraes Godinho, Fabricio de Castro Oliveira e Fcmando Santana Rocha (BA), Caio Cesar

20 Vieira Rocha, Ricardo Bacelar Paiva e Valdetărio Andrade Monteiro (CE), Marcelo Lavocat

21 Galviio e Severino Cajazeiras de Sousa Oliveira (DF), Flavia Brandâo Maia Perez, Luciano

Pere ira (ES), Leon Deniz Bueno da Cruz, Marcello

23 Terto e Silva e Valentina Jungmann Cintra (GO), Jose Agenor Dourado, Luis Augusto de Miranda

Dia, (MA), Duilio Piato Junior, Gabriela Novis

25 Neves Pereira Lima e Joaquim Felipe Spadoni (MT), Alexandre Mantovani, Ary Raghiant Neto e

26 Luis Claudio Alves Pereira (MS), Eliseu Marques de Oliveira e Vinicius Jose Marques Gontijo

Carmo, Marcelo Augusto Teixeira de Brito Nobre e Nelson Ribeiro

28 de Magalhil.es e Souza (PA), Delosmar Domingos de Mendonya JUnior, Luiz Bruno Veloso Lucena

29 e Rogerio Magnus Varela

Gon~alves (PB), Căssio Lisandro Tclles, Jose Lucio Glomb e Juliano

30 Jose Breda (PR), Adriana Rocha de Holanda, Pedro Henrique Braga Reynaldo Alves e Silvio

31 Pessoa de Carval.ho Junior (PE), Cclso Barros Coelho Neto, Claudia Paranagua de Carvalho

32 Drunlond, Eduarda Mourăo Eduardo Pereira de Miranda (PI), Carlos Roberto Siqueira Castro, Luiz

33 Gustavo Anionio Silva Bichara e Sergio Eduardo Fisher (RJ), Aurino Bemardo Giacomelli Carlos,

34 Paulo Eduardo Pinhciro Teixeira e Sergio Eduardo da Costa Freire (R.N), Clea AIlIJa Maria Carpi da

35 Rocha, Marcelo Machado Bertoluci e Renato da Costa Figueira (RS), Breno Dias de Paula, Elton

36 Sadi Fiilber e Elton Jose Assis (RO), Alexandre Cesar Dantas Soccorro e Bemardino Dias de Souza

37 Cruz Neto (RR), Joao Paulo Tavares Bastos Gama, Sandra Krieger Gonyalves e Tullo Cavallazzi

38 Filho (SC), Guilherme OcIăvio Batochio, Luiz Flavio Borges D'L'rso e Marcia Regina Approbato

39 Machado Melare (SP), Arnaldo de Aguiar Machado JUnior, Mauricio Gentil :Ylonteiro e Paulo

40 Raimundo Lima Ralin (SE), Andre Francelino de Moura, lase Alves Maciel e Pedro Donizetc

41 Biazono (TO) e dos Membros Honorărios VitalicÎos Eduardo Seabra Faglmdes, Roberto Antonio

42 Busato, Ce7M Brîno e Ophir Cavalcante Junior. Ausencias iustificada: do Membro Honorărio

43 Vitalicio Reginaldo Oscar de Castro. Anotadas as presen~as dos Presidentes Seccionais Marcos

44 Vinicius Jardim Rodrigues (AC), Femanda Marinela de Souza (AL), Paulo Henrique Campelo

45 Barbosa (AP), Marco AureJio de Lima Choy (AM), Luiz Viana Queiroz (BA), Marcelo Mota

22 Rodrigues Machado e Marcus Felipe Botelho

24 Guterres Filho e Roberto Charles de Menezes

27 (MG), Jarbas Vasconcelos do

1

sA~

/

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

-

------~

---

_---

I Gurgel do Amaral (CE), luliano Ricardo de Vasconcellos Costa Couto (DF), Homero lunger Mafra

2 (ES), Lucio Fhivio Siqueira de Paiva (GO), Mansour Elias Karmouche (MS), Antonio Fabricio de

3 Matos Gon9a1ves (MG), Jose Augusto Araujo de Noronha (PR), Felipe de Santa Cruz Oliveira

4 Scaletsky (RJ), Andrey Cavalcante de Carvalho (RO), Paulo Marcondes Brincas (SC), Marcos da

5 Costa (SP) e Henri Clay Santos Andrade (SE). Verificado o quomm legal, o Presidente Marcus

6 Vinicius Furtado Coelho, as 10h40min., declarou aberta a sessâo e convidou para compor a Mesa

gestăo 2016/2019, o Presidente Claudio Pacheco Prates

Lamachia, o Vice-Presidente Luis Claudio da Silva Chaves, o Secretârio-Geral Felipe Sarmento

Cordeiro, o Secretârio-Geral Adjunto Ibaneis Rocha Barros Junior e o Diretor-Tesoureiro Antonio

Oneildo Ferrcira, os Membros Honorărios Vitalîcios presentes, OS advogados Paulo Bonavides,

Agesandro da Costa Pcreira e Paulo Roberto de Gouvea Medina, agraciados corn a Medalha Rui

Barbosa, o Presidente Tecio Lins e Silva (lAB), o Presidente Jose Horacio Halfcld (IASP), os

Conselheiros Jose Norberto Campelo e Luiz Claudio Allemand (CNl), o Conselheiro Esdras Dantas

de Souza (CNMP), o Presidente Antomo Cesar Bouchenek (AJUFE), o Presidente Carlos 10se

Santos da Silva (CESA), o advogado Marcio Kayatt, representando a AASP, o Presidente Homero

Junger Mafra (ES), representando o CoJegio de Presidentes doS Conselhos Seccionais, a Presidente

Femanda Marinela de Souza (AL), a Conselheira Federal Decana CMa Carpi da Rocha (RS) e a

Presidente Silvia Burmeister (ABRAT). O Presidente Marcus Vinicius Furtado Coelho. entâo,

anunciou a posse do Presidente e da Diretoria eleitos na sessâo do dia anterior, bem como das

Conselheinas e dos Conselheiros Federais para o Trienio 2013/2016, no que foi seguido pela leitura,

feita pela Presidente eleito e pelos demais empossandos, do compromisso previsto no art. 53 do

Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB (Lei n. 8.906, de 1994). S.Exa., em

seguida, declarou empossados os membros da Diretoria, assim composta: Claudio Pacheco Prates

Lamachla (Presidente), Luis Claudio da Silva Chaves (Vice-Presidente), Felipe Sarmento Cordeiro

(Secretărio-Geral), Ibaneis Rocha Barros Junior (Secrctârio-Geral Adjunto) e Antomo Oneildo

7 Diretora os Diretores eleitos para a

8

9

10

Il

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

. Ferreira (Diretor-Tesoureiro), bem coma as Conselheiras e os Conselheiros Federais. O Presidente

Claudio Pacheco Prates Lamachla, apus, recebeu do ex-Presidente Marcus Vinicius Furtado Coelho

o cartâo de identidade, apontado como o passaporte de defesa da cidadania, do Estado de Direito e

da democracia, e o diploma de Presidente da Institui~âo, assumindo a condu~ăo dos trabalhos,

seguindo-se a entrega do diploma de Membro Honorărio Vitalicio correspondente. O Membro

Honorărio Vitalicio Marcus Vinicius Furtado Coelho, entâo, desejou a nova composi~âo do

Conselho uma fe\iz gestăo e uma proficua condu9ăo dos trabalhos. Apus relembrar a jomada de

amizade e compromisso institucional pela OAB envolvendo o Presidente Claudio Pacheco Prates

Lamachla, S.Exa., em discurso, aplaudiu o povo brasileiro, afirmando que a Na~âo era capaz de

superar as crises, e exaltou os novos Diretores. Passou-se, em seguida, a assinatura do termo de

36 posse pelos membros da Diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil para o

37 Trieruo 2016/2019. O Presidente Claudio Pacheco Prates Lanlachia, apâs, em seu discurso como

38 dirigente empossado, manifestou seu contentamento e alegria il frente da Ordem dos Advogados do

39 Brasil, al,ada pela Lei Fundamental ao patamar de voz da cidadania e, portanto, de veiculo de

40 substantiva<;ăo de um dos fundamentos da Republica. Identificando a tarefa vindoura coma uma

41 obra coletiva e o maior desafio da sua vida, ap6s nove anos consecutivos de muito aprendizado nas

42 lides da Institui9ăo, S.Exa. agradeceu a confian<;a depositada, que honraria corn todas as suas

43 for'Yas. Formulou agradecimento ao Membro Honorărio Vital ici o Marcus Vinicius Furtado Coelho e

44 aos demais colega~ de Diretoria que integrara no exitoso trienio passado, fruto de um conceito de

gestâo compartilhada, homenageando, tambem, as Conselheiras e os Conselheiros Federais, os

45

26

27

28

29

30

31

32

33

34

35

s;;i:

2

~

7

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

\

~ k cfY1cL~~dru,j" fY.3.--i f

~"'d'.

!

1>'

rre~. d., htulns e ~rrtus

f'icau ~r<!Uiy~ oi~i~ re'Jisty~d,

,.,a. ;1

~ ~I

,.,

q!.i1'

'sub o ~Q ~03S24?i)l €!J Zi.'0212016.

-.----------.

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

II

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

Presidentes Secionais, os Membros Honorărios Vitalîcios. e a sua propria familia, para, em nome de

sua esposa e de suas filhas, saudar todos os familiares dos membros da OAB. Ao se referir ao

projeto que seria desenvolvido corn os colegas da nova Diretoria, os membros do Conselho Federal

e das Comissiies, assim coma os Presidcntes e Conselhos das vinte e sete Seccionais, o Presidente

exaltou a todos a trabalhar corn afinco e sonhar c{)m nobreza para realizar e fazer, conc1amando os

advogados e a soeiedadc civil a protagonizar a Iuta pela moralizayâo da atividade politica no Brasil.

Apas ressalvar gue se de um lado a~ institui<;ocs republicanas funcionavam mo bem no Pais, S.Exa.

tambem afirmou que dc outro a Na,ao era acometida por uma crise politica e economica gerada por

uma eri se etica e moral sem precedentes, agravada sobremaneira pela absoluta paralisia da c1asse

O Presidente tambem apontou a

necessidade de reunifica<;ăo do Brasii, identificando a falta dc diâlogo como a negayâo da politica, c

lembrou momentos da hist6ria da Ordem, nos ultimos 85 anos, nos quais a Instituio;ao e advocacia

O Presidente, antes de renovar

seus agradecimentos, ainda assegurou que a OAB manteria a permanente busca da valoriza"ăo dos

honorărios advocaticios e da defesa intransigeme das prerrogativas profissionais, naqucle momente

de mudan<;a dos destinos da Nac;ăo brasileira, defendendo o principio de gue todos os homens sâo

substantivamcmc iguais perante a lei e um governo do povo, pela povo e para o povo. Depois de

determinar a distribuiC;âo, em Plenărio, dos formulărios dirigidos as Delegac;oes, destinados a

brasileira sempre estiveram ao lada da Iiberdade e da legalidade.

politica, que havia perdido totalmente a capacidade de dialogo.

escolha da composic;ăo das Câmaras e do Orgâo Especial, nos termos do an. 67 do Regulamento

atualiza<;ă.o do sistema cadastral interno e de

identificayăo das areas de interesse de atuac;ăo na Emidade, o Preside!]le promoveu a entrega dos

22

23

aos Conselheiros Federais, que, mediante chamada nominativa [cita pelo Sccretârio-Geral,

Os trabalhos foram suspensos para o almoc;o, as

25 13h40min., e reabertos pelo Presidente as 15h45min., momemo em que S.Exa. justificau o pequeno

26 atrasa do reinîcio da sessăo, considerando a reuniăo extraordinâria de cunho administrativa em

curso do Colegio de Presidentes dos Conselhos Seccionais, da qual ainda participavarn o Secretârio-

Geral Adjunto Ibaneis Rocha Barros Junior e o Diretor-Tesoureiro Antonio Oneildo Ferreira, cujas

auscncias momentâneas foram

longo dos trabalhos, os

29

28

27

24 assinararn os termos de posse correspondentes.

diplomas, dos distintivos e dos canOes de identidade aos membros da Dire,toria e as Conselheiras e

Geral, bem como das fichas individuais para

justificada~. Foram convidados para compor a Mesa Diretora, ao

30

Presidentes Seccionais Presidentes presentes e o Vice-Presidente Luiz

31 Eduardo Amaro Pellizzer (RS). Apas submeter a anălise do Conselho Pleuo as atas das 2.111' e

32 2.112' sessoes plenărias, do mes de dezembro de 2015, previamente encaminhadas, que foram

33 aprovadas por unanimidade, sem retificac;oes, o Presidente determinou a distribuiC;ăo do calendărio

34 de sessoes do ano em curso, convocou as Conselheiras e Conselheiros para as sessoes dos demais

35 argăos julgadores no dia seguinte e para as sessoes ordinărias designadas em adiantamento das

36

sessiies de marl'0' nos dias 23 e 24 de fevereiro, ocasiâo em que seria realizada a cerimiinia de posse

37 da Diretoria e dos membros do Conselho Federal, juntamente corn a festividade solene, no Centro

38 de Conven<;oes Ulysses Guimarâcs. S.Exa. tambem anunciou gue a cerijll6nia de descerramento da

39 fotografia do ex-Presidente Marcus Vinicius Furtado Coelho na Galeria dos Membras Honorărios

40 Vitalicios, anles prevista para aquela data, seria realizada na proxima sessâo ordinăria do mes de

41 fevereiro, salicntando, ainda, a convoca<;âo dos membros do Conselho para as sessoes ordinărias do

42 dia seguinte do Orgao Especial, e, em seguida, ainda pela manhă, das sessoes da l8, 2" e 3' Câmaras.

43 Nos tennos do § 4° do art. 98 do Regulamento Oeral, o Presidente, cnmo, rcgistrou gue a Diretoria

44 havia designado, naquela data, por intermedio da Resoluo;ao n, 04/2016, os Conselheiros Federais

45 Erick Venâncio Uma do Nascimento (AC) e Valdetârio Andrade Monteiro (CE) para o

3

(.

Jd

"7

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

~> k

053.432.539-46 20/06/2017 Impresso Em: por: ~> k ,.- ~~~s\ • ·_~---1 (f;.1d,)()(J.Qdc" do- Pf3md

,.-

~~~s\

·_~---1

(f;.1d,)()(J.Qdc" do- Pf3md

"

'f.-.lk g'j~<'l QJ;d.m/ _';;.o;.fi1'

;~. d~ !lJis; Il;? Ti~lQS i' Ilr

:tn!!ni:os

!

Fl'.OU :;n'JW~ CeVla r.Slstr.<la

, i sot o nQ OM3S24'MI ~ 25i~ZO!6. !

,

ţ

J

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

II

desempenho de suas atividades perante o Conselho Nacional do Ministerio Publico e o Consclho

Nacional de Justi.ya, respectivamente, na qualidade de representantes institllcionais para o

acompanh<U1lento dos interesses da Advocacia nos referidos 6rgăos. De acordo com o dispositivo

regulamentar eitado, as referidas designayoes foram referendadas il unanimidade, em aclamayao,

sob as palmas do Plemmo. Na parte reservada il Ordem do Dia, ap6s, o Presidente ehamou a

julgamento o processo: (01) Proposisăo D. 49.0000.2014.0081S6-0/COP. Origem: Assessoria

Legislativa -

preliminar. Delegado. Audieneia publica. Cămara dos Deputados. Projeto de Lei n. 1.028120 Il,

Relator: Conselheiro Federal Jorge Luiz Borba Costa (PA), Revisor: Conselheiro Federal Everaldo

Bezerra Patriota (AL), Ap6s a leitura do relat6rio e do voto, manifestaram-se sobre a materia os

Conselheiros Federais Renato da Costa Figueira (RS), CarIos Roberto de Siqueira Castro (RJ), Luiz

CFOAB. Assunto: Delitos de menor potencial ofensivo. Concilia"iio. Composi"ăo

12 Bruno Veloso Lucena (PB), larbas Vasconcelos do Carmo (PA), Luiz Flavio Borges D'Urso (SP),

13 Femando Santana Rocha (BA) e Guilherme Octavio Batochio (SP). Decidiu o Conselho Pleno

acolher, por unanimidade, o vota do Revisor, retirando o apoio da OAB ao projeto de lei em estudo,

14

15

16 Concilia~ăo e Arbitragem, Assunto: Cria~1io, Cadastro Nacional de Advogados uswirios dos

17 metodos extrajudieiais de

18 Fisher (RJ). Ap6s a leitura do relat6rio e do voto, manifestaram-se os Conselheiros Daniel Făbio

19 Jacob Nogueira (AM) e Femando Santana Rocha (BA). Decidiu o Consclho Pleno acolher, por

resolu~âo de disputas, Relator: Conselheiro Federal Sergio Eduardo

(02) ProDosicăo D. 49.0000.201S.002296-7/COP. Origem: Comissăo Especial de Media~âo,

20

21

unanimidade, o voto do Relator, no sentido de aprovar a institui~ăo do cadastro ern estudo, corn o

subsequente encaminhamento dos autos

il assessoria da Entidade para ado~ăo de providencias no

22 tocante il anaIise de sua implantayâo, corn a previsăo de ulterior ediyăo da regulamenta~ăo

23 correspondente. (03) ProDosicăo D, 49.0000,2016.000713-lICOP. Origem: Presidente do Conselho

24

Federal da OAB. Protocolo n. 49.0000.2016,000764-4. Assunto: Proposta de Provimento.

25 Soeiedades Individuais de Advocaeia, Relator: Conselheiro Federal Luiz Flavio Borges D·Urso

26 (SP), Ap6s o pronunciamento do Relator sobre a materia,' manifestou-se o Conselheiro Cassio

27 Lisandro Tellcs (PR), oferccendo sugestoes para a oportuna aprecia9ăo da minuta de provimento em

28 Plenărio, gue resultou na solicitayâo do Presidente, dirigida a S,Exa" no sentido do ofcrecimento de

as suas observa"oes, a serem previamentc encaminhados il anaIise da

30 Comissăo Nacional de Sociedades de Advogados e il relatoria. Decidiu o Conselho Pleno acolher a

31 relevancia da materia, nos termos do art. 79, § 1·, do Regulamento Geral. Ap6s a cerim6nia de

32 posse da Conselheira Federal suplente Carolina Louzada Petrarca (OF), que fez a leitura do

processo: (04) Proposicăo D.

49.0000.201S.012279-lICOP, Origem: Colegio de Presidentes dos Conselhos Seccionais.

Presidencia do Conselho Seccional da OABISâo Paul o, Assunto: Representa~ăo. lncompatibilidade

35

34

33

29

quesitos concementes

juramento regulamentar, foi chamado a julgamento o

36 e impedimento, Congresso NacionaL Câmara dos Deputados, Deputado Federal Eduardo Cunha.

37 Relator: Conselheiro Federal Andre Luis Guimarăes Godinho (BA). Prosseguindo o julgamento

38 iniciado na sessăo do dia 02 de dezembro de 2015, ap6s a leitura do relat6rio e do voto,

39 manifestaram-se os Conselheiros Luiz Flâvio Borges D·Urso (SP), declarando-se impedido para

40 participar do julgamento, e Everaldo Bezerra Patriota (AL), o Presidente Luiz Viana Queiroz (BA),

41 os Conselheiros Dclosmar Domingos de Mendons:a Junior (PB), Pedro Henrique Braga Reynaldo

42 Alves (PE), Iose Lucio Glomb (PR), Guilherme Oetavio Batochio (SP), Rogtirio Magnus Varela

43 Gon<;:alves (PB), Ary Raghiant Neto (MS), Pedro Donizete Biazotto (TO), Paulo Eduardo Pinheiro

44 Teixeira (R Eduarda Mourâo Eduardo Pereira de Miranda (PI), Luis Claudio Alves Pereira

45

(MS), V","',,"o Ao""'''' Mo".ro (CE, """:0B,~l.p.~,,"im ':;:.:.

"),

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

----_

--

-

-

'@~ rk. dlU~,/" f!JJm:si/ Uf. tle ~~. ee HI;I.;J05 ~ IluM~nM

""

1])<

a"

-"'.',

q a:

''''''''''''''

I

Fini," ~M'.Iiy~iIl ,<iPi. 1 .~A ~ n!! ~lS21701 <:!I

1

-,

~

;'nistrad3

2S/Q"d20!6.

1 (MT), o Membro Honorârio Vitalicio Ophir Cavalcante Junior, o Conselheiro Thiago Rodrigues de

2 Pontes Bomfim (AL), o Presidente Homero Junger Mafra (ES), e os Conselhciros Juliano Jose

3 Breda (PR) e Femando Santana Rocha (BA). Decidiu o Conselho Pleno acolher o vota do Relator,

4 por vinte e seis votos, il unanimidade. no scntido de receber o encaminhamento do Colegio de

5 Presidentes dos Conselhos Seceionais, pedindo o Conselho Federal o afastamcnto cautelar imediato

do Deputado Federal Eduardo Cunha da Presidencia da Câmara dos Deputados, durante as

6

investiga90es e a tramitacyâo da respectiva representa,3o, oficiando-se a decisâo plenâria il casa

legislativa e ao Ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, corn a ressalva de que taI

posicionamento nao presumia culpabilidades do investigado. Anulado o voto da Delega,ao da

OAB/Sao Paulo, em razăo de empate entTe os Conselheiros. O Presidente, enmo, registrou que

tramitava no Conselho Pieno a Proposi,ăo n. 49.0000.2015.000462-8, tratando da declara,ăo de

inconstitucionalidade da Emenda il ConstituÎ,ăo n. 21/2014, da Bahla, no tocante il concessăo de

aposentadoria vitalicia a ex-govemador do Estado. Reportando-se il decisăo plenâria proferida no

dia 7 de dezembro de 2010 sobre a materia, nos autos da Proposi,âo 2009.3L04998~01, corn a qual

restara autorizado o ajuizamento de ADI em hipoteses anălogas, corn rela9ăo a todos os Estados da

Federa9ăo, o Presidente submeleu o assunto ao Plenârio, que reaflffilou o referido entendimento,

autorizando o imediato ajuizamento de a,ăo direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal

Federal em face da eitada norma do Estado da Bahia. Apas a cerim6nia de posse dos Conselheiros

Fedcrais suplentes Bruno Reis (MG) e Aldo Femandes de Souza Neto (R1"), que fizerarn a leitura

do juramento regulamentar, usaram da palavra, na parte reservada ao expediente, os Consclheiros

Federais: - Fabricio de Castro Oliveira (BA), que noticiou o lamcntavcl epis6dio de rctalia9ăo ao

Conselho Seccional, il advocacia e oi soeiedade baiana, ocorrido naquela data, perpetrado pelo ex-

Presidente do Tribunal de Justi,a do Estado, Desembargador Eserval Roeha, tendo a Vice-

Presidentc da OABIBA Ana Patricia Dantas Leâo sido convidada para compor a mesa de honra por

oeasiăo da posse na Presideneia do TribWlal de Justi~a do Estado da Bahia da Descmbargadora

26

27

28

29

Presidente Luiz Viana Queiroz (BA), ao fazer a leitura do expediente de repulsa que seria dirigido

ao referido tribWlaJ, subscrevendo-o todos os presentes, e pronunciando-se, tambem, a Conselheira

Clea Carpi da Rocha (RS) quanto il necessâria comuniea,ăo do fato aos representantes da OAB no

Conselho Nacional de Justi<ya. - Severino Cajazeiras (OF) para manifestar sua honra em compar o

Conselho Federal na gestao atual, conheccndo e revendo colegas de profissâo. - Luiz Bruno Veloso

Lucena (PB) para solicitar esclarecimentos guanto ao cronograma de horărios coincidentes das

sesSOes do Grgăo Especial e da Primeira Cămara, obtendo esclarecimentos da Mesa Diretoria,

37 seguidos da manifesta<yao da Conselheira Clea Carpi da Rocha (RS) e do Secretârio-Geral Felipe

36

35

34

33

Maria do Socorro Barreto Santiago, estando o Presidente Seccional em Brasilia para a solenidade de

7

8

9

10

Il

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

posse da nova Oiretoria naeional. O registro de mOyâo de repudio proposto por S.Exa.

unanimemente acolhida em

Plenărio, solidarizando-se,

em

nome do

Colegio

de

foi

Presidentes

Seceionais, o Presidente Homero Junger Mafra (ES), no que foi seguido pela manifesta<yâo do

30

31

32

38 Sarmento Cordeiro. - Carlos Roberto Siqueira Castro (IU), quc registrou a participa~âo de S.Exa.,

39 justamente corn ilustres advogados amigos e a esposa de Hcrmann Assis Baeta, em missa celebrada

40 em sua mem6ria no Rio de Janeiro. - o Presidente Marcos da Costa (SP), que consignou a alegria

41 dos advogados de Săo Paulo por serem comandados nacionalmente pela Presidente Claudio

42 Pacheco Prales Lamachia, estando a Regiâo Sudeste reprcsentada pelo ilustre Vice-Presidente Luis

43 Clâudio da Silva Chaves. S.Exa. tambem a todos convidou para a ccrimonia de posse da Diretoria e

44 do Conselho SeccionaJ no proximo dia 3 de mar,o. - Jose Alves Maciel (TO), gue se apresentou em

Inq 4483

- 16:33:13

053.432.539-46

20/06/2017

Impresso Em: por:

~.~

(l~f/rm ,!". rr.!.i,,,,;/u,J,,, ,j" :!I3mJtl

'6. !.,JJ,. d7./. ;ril

ainda ""OIOU as rrcs~n~as <1" C'\I1!iclheiro Feueral surknlc Adilar Dallo~ " do I'residclllc' i\lbery

2

(';!iar Je Oli\ cira. du Sub!ic~iill do;' Ciurupi. rer(lrlanJo-sc. cnfim. ao quanl;t"li\'" de aJ\tl);aJas

3

cleitas no Conselhn Scccionul. -- " Yi<.:c-I'rcsidcnte Luis Claudio da Si"'a Cha"cs. que a (Od,,,

cotl\'idolJ. cm nome do President da ()AB/lvlinas Gerais, para participar da poss solcnc na

Seccional. 110 dia scguintc. - Anur'; l.ui5 Guimaroks Godillho (BA). 4lJc. il prurasilo do c"e1110

rcalizado ilO ('onselh" Federal no ultimo dia 27 de jatleiro. s"dialluo a Lntidad~ o Dia Intemacional

cm ~1~m()rii.l <.las Vitirnas UD HDl()causto. unllllclOU o rCl:t.'himt::nto do [<.dat<)rin sohrc a Intoknlllci<l

Rdigi'hil w> I~rasil. cnlao cl1eaminhadu il \Ie~ Dirctma. a pcdido do cx-I'rcsidenw "lare\!;;

Yinieiu;; FUrlado Coclho, anotada il dctcr.nina~ao d,) I'rc;;ident<: de sua reme,sa ,i Cornissao

10

II

12

13

14

Tl.1cdciros «iO) enljuanto r"rrc;;cntantcs in;;tilucionais uo Consclho Federal peramc () ('1'.1 e ()

CN\IP, rcspceti\'amcnlc. IW gestiio passaua. d<:scjundo sucess" aos nO\'()s titularcs. S.L,a. lamhem

17 Jiscorrcu snbr~ a polemica doutrillari~l I;.~nvllhcndo a lhIta d" c;ntraJa em vigor do novo Cbdigo Je

16

15

Nadnnal de Dirdtn;; Human()s rara ado,ăo das <k"idas pmvid':ncias. \·laniks\llu-se sobre li

aS$lIllto (l Sccrc'tario-G<:ml ,·\djunlO It->anci,; Rocha Barros Junior. unulH:iando o ulkri"r

okn:t:imcnto d~ suhsidius sobre" materia. urilJnuo$ lh: c.:umissao l:ollgcn~n: da OAB/Distrito

federul. - I:abrici" de ('astro Oliwira (/lA) rara agradear c elogiar (l tr"halh" descnvolvido relo

Consdhc'iro Andrc Luis (iuimar,ks (ioJinho (BA) c relo cmiio C()I1~dhcir() I'curo Paul,' Gucrra de

<1

5

6

7

8

')

:

:

18 I'mccsso Civil. oblendo csdarccimento da Mesa Dirclora 4uanlo a iniciativa ,l(jlltaJa s,,"re (l

1<)

~O

21

:'3

de sua

gcstăo. r~rJnl<! o Cnnsdho Nucional de Justi,a. mcrcc~nd" acomranhamcnto () assunto. CIl1 prol do

rrincipin da seguran,ajuridicn. - Leon Dcniz Ilucno da Crul. (i0). 'Iue il lod"s ,'IlIJou, aprcscntnu

os 1lll'lllhros da Dclega<;ăn da O:\Il/(Joias c alirmou o ânimo dc tra!>alh" 'lUi.' a iluminava. - i\mlre

FrancclilHl de Moum (TOl. 'Ilie parabcni7.ou a no\ il Dir.:toria c' l11'iIliJi;stoli a vllntadc de arrender ao

a manUll da caminhaJa Jos Consdh('Îro.s por oca.siilo das sC:-iseh.·so

:lI1les coordcllUda reln enl;}" (onsclhciro Federal Anun: Luiz /larbu;;;! \lclo I'n). S.[xa. registfl>U.

aind,,- os agradecimcnlos dirigidos "0 Presidente Seceional Walter Ohorugi .Iimi,>r (TO) e il

ad\'()gada Leticia Bit<:neoun, que havÎ3111 cOlllri!>uido raTa a sua presc'll,a intcgrando il Ikkga<;ao

tocantinense. - Flton Saui FGlbcr (RO). qlle cxallOli il "O\a Diretoria. manit,:stand" a klicidade da

nssuntn pclo i\1cJnhro lIonor:irio Vitalicio \;larclis VillirÎus f:lIr1c.ulo Co~lho. no t

"xcrcicicil

24 longo da g~$hi.t). anuncianJo

25

26

27

28

'nc;ao

24 aJnll'acj~ ronoonî<

'nst:.

SJ:xa. taOlnl~m fl}rmulou convÎt(' para parlici[l"H

ofio

na (:criJllC,nia de PO~Sl.'

30

31

33

34