Você está na página 1de 48
CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO – CEP Parte 04 Gráficos de Controle de Variáveis 1

CONTROLE ESTATÍSTICO DO PROCESSO CEP

Parte 04

Gráficos de Controle de Variáveis

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

O conceito de Controle Estatístico do Processo - CEP

 Utilização de técnicas estatísticas para controle do processo produtivo, com o

Utilização de técnicas estatísticas para controle do processo produtivo, com o

objetivo de medir e acompanhar as

características principais do produto.

e acompanhar as características principais do produto.  Baseia-se em demonstração gráfica da média, do

Baseia-se em demonstração gráfica da média, do desvio-padrão e

da amplitude, visando identificar:

- se o processo está ou não sob controle;

- o comportamento dos dados;

- a qualidade do processo.

 
 

2

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

O conceito de Controle Estatístico do Processo - CEP

Processo sob controle

Causas aleatórias:

Variações de origem natural e/ou

intrínsecas de um produto

durante sua fabricação.

Exemplos: densidade,

granulometria, temperatura,

umidade, acabamento, etc

s
s
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais:
m
m
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações
granulometria, temperatura, umidade, acabamento, etc s m Processo fora de controle C ausas especiais: Variações

Processo fora de controle

Causas especiais:

Variações de origem não natural e/ou extrínsecas de um produto

durante sua fabricação.

Exemplos: desajustes ou quebra em máquina, contaminação, falha

operacional ou do processo, etc

s m
s
m

3

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

O conceito de Controle Estatístico do Processo - CEP

Processo fora de controle Efeitos de Causas especiais:

Processo fora de controle Efeitos de Causas especiais: Processo com média alterada e mesmo desvio padrão
Processo fora de controle Efeitos de Causas especiais: Processo com média alterada e mesmo desvio padrão

Processo com média alterada e mesmo desvio padrão

Processo com média alterada e mesmo desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média
Processo com média alterada e mesmo desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média
Processo com média alterada e mesmo desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média
Processo com média alterada e mesmo desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média

Processo com desvio padrão alterado e mesma média

Processo com média e desvio padrão alterados

desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média Processo com média e desvio padrão
desvio padrão Processo com desvio padrão alterado e mesma média Processo com média e desvio padrão

4

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo: envase de café 500g “Fora de

Exemplo: envase de café 500g “Fora de Controle”

 

Amostra de valores da variável "Peso de café"

 

518,6

522,0

512,4

515,0

534,0

514,0

523,6

522,0

531,0

514,0

494,8

528,0

486,1

528,0

493,2

533,6

480,4

512,0

485,0

532,0

525,2

491,0

530,0

510,4

522,8

516,0

500,2

509,0

507,1

492,7

496,4

508,0

475,2

529,0

511,0

494,5

511,8

529,8

513,0

534,0

512,0

530,5

524,0

495,0

474,0

505,4

522,6

488,9

503,8

494,2

488,9

513,5

485,0

530,5

512,5

516,8

501,8

505,5

512,8

514,5

527,0

508,6

532,7

487,3

505,9

494,5

510,0

493,0

514,6

490,1

497,0

482,2

498,5

524,6

494,8

528,0

524,0

484,8

504,0

522,4

490,5

533,0

491,1

514,0

499,0

488,6

506,0

530,0

506,7

513,7

507,5

509,0

528,9

503,0

509,5

524,0

502,0

511,5

487,0

504,7

Peso dos pacotes amostrados [g] 540,0 530,0 520,0 510,0 500,0 490,0 480,0 470,0 460,0 1
Peso dos pacotes amostrados [g]
540,0
530,0
520,0
510,0
500,0
490,0
480,0
470,0
460,0
1
9
17
25
33
41
49
57
65
73
81
89
97
Nº das amostras
Peso
Distribuição de Frequência : Regra de Sturges K  3,3 log n 1  K
Distribuição de Frequência :
Regra de Sturges
K
 3,3 log n
1
K
 3,3 log 100
1
K
 7,6
K
 8
At 534  475 h    7,38 K 8 h  8 xi
At
534
475
h 
 7,38
K
8
h
8
xi
fi
x 
 fi
2
 fi xi
x
s 
n

5

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo: envase de café 500g “Fora de

Exemplo: envase de café 500g “Fora de Controle”

 

Amostra de valores da variável "Peso de café"

 

518,6

522,0

512,4

515,0

534,0

514,0

523,6

522,0

531,0

514,0

494,8

528,0

486,1

528,0

493,2

533,6

480,4

512,0

485,0

532,0

525,2

491,0

530,0

510,4

522,8

516,0

500,2

509,0

507,1

492,7

496,4

508,0

475,2

529,0

511,0

494,5

511,8

529,8

513,0

534,0

512,0

530,5

524,0

495,0

474,0

505,4

522,6

488,9

503,8

494,2

488,9

513,5

485,0

530,5

512,5

516,8

501,8

505,5

512,8

514,5

527,0

508,6

532,7

487,3

505,9

494,5

510,0

493,0

514,6

490,1

497,0

482,2

498,5

524,6

494,8

528,0

524,0

484,8

504,0

522,4

490,5

533,0

491,1

514,0

499,0

488,6

506,0

530,0

506,7

513,7

507,5

509,0

528,9

503,0

509,5

524,0

502,0

511,5

487,0

504,7

Frequência

25

20

15

10

5

0

Distribuição de frequência 478 486 494 502 510 518 526 534
Distribuição de frequência
478
486
494
502
510
518
526
534

Média

 

Distribuição de frequência

 

i

Peso [g]

xi

fi

xi ∙ fi

fi (xi - x) 2

1

474

|--- 482

478

3

1.434,0

2.980,5

2

482

|--- 490

486

10

4.860,0

5.531,9

3

490

|--- 498

494

15

7.410,0

3.613,1

4

498

|--- 506

502

12

6.024,0

678,6

5

506

|--- 514

510

22

11.220,0

 

5,1

6

514

|--- 522

518

9

4.662,0

647,2

7

522

|--- 530

526

18

9.468,0

4.888,6

8

530

|--- 538

534

11

5.874,0

6.592,0

 

100

50.952,0

24.937,0

 

xi

fi

     

Estatísticas:

 

x

 

fi

 
   

Menor valor:

474,0

50.952

 

x

 

Maior valor:

534,0

   
 

100

 
 
 

509,5

 

Amplitude:

60,0

x

2 fi  xi  x   n 24.937 100
2
fi
xi
x
n
24.937
100
   

Média:

509,5

s

 

Desvio-padrão:

15,8

s

 

s

15,8

6

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo: envase de café 500g “Sob Controle”

Exemplo: envase de café 500g “Sob Controle”

Amostra de valores da variável "Peso de café" 499,8 499,0 501,4 510,0 495,9 502,8 504,0
Amostra de valores da variável "Peso de café"
499,8
499,0
501,4
510,0
495,9
502,8
504,0
498,5
500,0
503,1
502,0
496,6
505,0
503,0
500,2
508,0
503,8
500,0
511,8
502,4
488,0
500,5
501,5
486,0
502,2
495,8
503,1
503,2
496,2
502,8
503,0
498,0
495,5
499,0
503,4
496,8
500,8
495,0
509,8
503,2
496,6
502,0
506,0
497,0
496,4
497,0
495,0
507,0
503,4
490,0
489,5
503,7
501,0
490,3
508,0
497,3
515,0
497,6
500,0
509,0
503,4
500,6
501,2
502,8
502,4
490,8
498,8
502,8
501,0
503,4
500,2
496,0
494,2
501,8
511,0
499,8
509,8
492,0
499,8
510,2
496,0
511,0
494,5
506,0
497,0
501,5
498,0
507,0
501,0
492,0
496,6
500,8
507,0
502,0
502,5
506,0
501,8
497,9
500,5
498,4
Peso dos pacotes amostrados [g] 530,0 520,0 510,0 500,0 490,0 480,0 470,0 1 9 17
Peso dos pacotes amostrados [g]
530,0
520,0
510,0
500,0
490,0
480,0
470,0
1
9
17
25
33
41
49
57
65
73
81
89
97
Nº das amostras
Peso
Distribuição de Frequência : Regra de Sturges K  3,3 log n 1  K
Distribuição de Frequência :
Regra de Sturges
K
 3,3 log n
1
K
 3,3 log 100
1
K
 7,6
K
 8
At 515  486 h    3,63 K 8 h  4 xi
At
515
486
h 
 3,63
K
8
h
4
xi
fi
x 
 fi
2
 fi xi
x
s 
n

7

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo: envase de café 500g “Sob Controle”

Exemplo: envase de café 500g “Sob Controle”

 

Amostra de valores da variável "Peso de café"

 

499,8

499,0

501,4

510,0

495,9

502,8

504,0

498,5

500,0

503,1

502,0

496,6

505,0

503,0

500,2

508,0

503,8

500,0

511,8

502,4

488,0

500,5

501,5

486,0

502,2

495,8

503,1

503,2

496,2

502,8

503,0

498,0

495,5

499,0

503,4

496,8

500,8

495,0

509,8

503,2

496,6

502,0

506,0

497,0

496,4

497,0

495,0

507,0

503,4

490,0

489,5

503,7

501,0

490,3

508,0

497,3

515,0

497,6

500,0

509,0

503,4

500,6

501,2

502,8

502,4

490,8

498,8

502,8

501,0

503,4

500,2

496,0

494,2

501,8

511,0

499,8

509,8

492,0

499,8

510,2

496,0

511,0

494,5

506,0

497,0

501,5

498,0

507,0

501,0

492,0

496,6

500,8

507,0

502,0

502,5

506,0

501,8

497,9

500,5

498,4

Distribuição de frequência

35 30 25 20 15 10 5 0 488 492 496 500 504 508 512
35
30
25
20
15
10
5
0
488
492
496
500
504
508
512
516
Frequência

Média

 

Distribuição de frequência

 

i

Peso [g]

   

xi

fi

xi ∙ fi

fi (xi - x) 2

1

486

|--- 490

   

488

3

1.464,0

510,1

2

490

|--- 494

   

492

5

2.460,0

408,6

3

494

|--- 498

   

496

21

10.416,0

533,4

4

498

|--- 502

   

500

29

14.500,0

31,4

5

502

|--- 506

   

504

25

12.600,0

219,0

6

506

|--- 510

   

508

11

5.588,0

532,9

7

510

|--- 514

   

512

5 2.560,0

600,6

8

514

|--- 518

   

516

1 516,0

223,8

 

100

50.104,0

3.059,8

 

xi

   

fi

 

Estatísticas:

 
 
 

 

x

 

fi

 

Menor valor:

486,0

50.104

 

Maior valor:

515,0

x

 
 

100

Amplitude:

29,0

x

501

Média:

501,0

 
n 3.059,8 100
n
3.059,8
100

fi

xi

x

2

 

Desvio-padrão:

5,5

s

 

s

s

5,5

8

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráficos de Controle Lógica e esquema geral

s
s

m-3sm-2sm-s

e esquema geral s m -3 sm -2 sm - s m 68,3% 95,4% 99,7% msm
e esquema geral s m -3 sm -2 sm - s m 68,3% 95,4% 99,7% msm

m

68,3%

95,4%

99,7%

msm2sms

m 68,3% 95,4% 99,7% msm 2 sms A distribuição é bilateralmente simétrica e
m 68,3% 95,4% 99,7% msm 2 sms A distribuição é bilateralmente simétrica e

A distribuição é bilateralmente simétrica e assintótica.

68,3% da distribuição está entre mais ou menos um desvio-padrão da média. 95,4% da distribuição está entre mais ou menos dois desvios-padrão da média.

99,7% da distribuição está entre mais ou menos três desvios-padrão da média.

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráficos de Controle Lógica e esquema geral

LSC = Limite Superior de Controle Zona fora de controle

LSC = Limite Superior de Controle

Zona fora de controle

LSC = Limite Superior de Controle Zona fora de controle μ3σ μ μ3σ Zona sob controle
μ3σ μ μ3σ
μ3σ
μ
μ3σ

Zona

sob

controle

LIC = Limite Inferior de Controle Zona fora de controle

LIC = Limite Inferior de Controle

Zona fora de controle

LIC = Limite Inferior de Controle Zona fora de controle 1 2 3 4 5 6

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

Número da amostra

Linha

Média

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráficos de Controle Lógica e esquema geral

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Gráficos de Controle – Lógica e esquema

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Situações de Não-conformidade

Periodicidade (ciclos recorrentes)

LSC LM LIC LSC LM LIC
LSC
LM
LIC
LSC
LM
LIC

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Situações de Não-conformidade

Deslocamento (troca ou salto no nível)

LSC

LM

LIC

LSC

LM

LIC

Não-conformidade Deslocamento (troca ou salto no nível) LSC LM LIC LSC LM LIC Tendência (troca de
Tendência (troca de estado no nível)
Tendência (troca de estado no nível)

13

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Interpretação de gráfico de controle para Não-conformidades

de gráfico de controle para Não-conformidades Periodicidade: Indica mudanças ou trocas periódicas de
de gráfico de controle para Não-conformidades Periodicidade: Indica mudanças ou trocas periódicas de
de gráfico de controle para Não-conformidades Periodicidade: Indica mudanças ou trocas periódicas de
Periodicidade: Indica mudanças ou trocas periódicas de máquinas ou operadores
Periodicidade: Indica mudanças ou
trocas periódicas de máquinas ou
operadores
Deslocamento: Indica mudança no desempenho do processo (novos métodos , novas máquinas ou novos operadores)
Deslocamento: Indica mudança no
desempenho do processo (novos métodos ,
novas máquinas ou novos operadores)
Tendência: Indica a deterioração de algum fator crítico no processo (cansaço de operador ou desgaste
Tendência: Indica a deterioração de
algum fator crítico no processo (cansaço
de operador ou desgaste de máquina)

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Interpretação de gráfico de controle para Não-conformidades

LSC

LM

LIC

de gráfico de controle para Não-conformidades LSC LM LIC Comportamento normal LSC LM LIC Dois pontos

Comportamento

normal

LSC

LM

LIC

LSC LM LIC Comportamento normal LSC LM LIC Dois pontos próximos ao LSC: investigar Um ponto

Dois pontos próximos ao LSC:

investigar

normal LSC LM LIC Dois pontos próximos ao LSC: investigar Um ponto fora acima: Investigar Dois

Um ponto fora

acima: Investigar

próximos ao LSC: investigar Um ponto fora acima: Investigar Dois pontos próximos ao LIC: investigar Um

Dois pontos próximos ao LIC:

investigar

acima: Investigar Dois pontos próximos ao LIC: investigar Um ponto fora abaixo: investigar Corrida de cinco

Um ponto fora

abaixo: investigar

pontos próximos ao LIC: investigar Um ponto fora abaixo: investigar Corrida de cinco pontos acima da

Corrida de cinco pontos acima da LM: investigar

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Interpretação de gráfico de controle para Não-conformidades

LSC

LM

LIC

de gráfico de controle para Não-conformidades LSC LM LIC Corrida de cinco pontos abaixo do LM:

Corrida de cinco pontos abaixo do LM: investigar

LSC

LM

LIC

Corrida de cinco pontos abaixo do LM: investigar LSC LM LIC Comportamento errático: investigar Tendências de

Comportamento

errático: investigar

investigar LSC LM LIC Comportamento errático: investigar Tendências de cinco pontos em ambas direções: Investigar
investigar LSC LM LIC Comportamento errático: investigar Tendências de cinco pontos em ambas direções: Investigar

Tendências de cinco pontos em ambas direções:

Investigar

investigar Tendências de cinco pontos em ambas direções: Investigar Repentina mudança de nível: investigar 16

Repentina mudança de

nível: investigar

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráficos de Controle de Variáveis

Variável Apresenta resultados numéricos baseados em medições. Exemplo: peso, altura, diâmetro, comprimento, largura, tempo etc.

Gráficos mais comuns:

Média

Desvio-padrão

Amplitude

Norma para gráficos:

“Média e Desvio-padrão”

1º caso Conhecidos

2º caso Desconhecidos

População :

Média

μ

Desvio - padrão

σ

: Média  μ Desvio - padrão  σ LM LSC LIC  μ μ 

LM

LSC

LIC

μ

μ

 

3σ

μ 3σ

 

Amostra :

σ

x

σ

n
n

μ

x

μ

LM

μ

μ

x

μ

σ

n
n

σ

n
n

LSC

 

3σ

 

3

LIC

μ 3σ

 

x

μ

 

3

17

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráfico da Média Norma conhecida (1º caso)

Quando a média e desvio-padrão da população são conhecidos:

LM  μ Procedimentos: σ 1 – Retirar as amostras (± 20) com tamanho LSC
LM
μ
Procedimentos:
σ
1
– Retirar as amostras (± 20) com tamanho
LSC
 
μ
3
 
μ A σ
n
entre 5 a 10 cada e em intervalos de tempo
constantes, formando subgrupos racionais;
σ
LIC
 
μ
3
 
μ A σ
n
2
– Calcular a média de cada amostra;
Onde :
3
– Calcular os limites do gráfico;
n
tamanho de cada amostra
4
– Plotar o gráfico e marcar os pontos das
3
A 
 Coeficient e (Tabela 02)
médias;
n
– Verificar se o processo está sob controle
e fazer análises.
5

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 1º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 1º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

A torrefadora Tom Bom produz e envasa café torrado e moído em pacotes de 500g, com as seguintes características: média de 501,0g e desvio-padrão de 5,5g. Vinte

amostras de 5 elementos foram extraídas e tabuladas no quadro abaixo. Verificar se

o processo está sob controle.

Amostras de pacotes 500g - Tom Bom

 

Amostras de pacotes 500g - Tom Bom

 

Itens:

1

2

3

4

5

Média

Itens:

1

2

3

4

5

Média

Amostra 1

501,0

503,2

504,1

502,8

501,3

502,5

Amostra 11

495,0

495,0

496,0

494,0

497,0

495,4

Amostra 2

502,0

501,0

499,8

502,0

503,0

501,6

Amostra 12

494,0

501,0

499,0

493,0

494,0

496,2

Amostra 3

499,0

501,5

502,0

499,9

503,0

501,1

Amostra 13

499,0

501,0

496,0

494,0

493,0

496,6

Amostra 4

502,0

499,0

500,1

505,5

504,2

502,2

Amostra 14

502,0

504,0

505,0

506,0

508,0

505,0

Amostra 5

507,0

504,0

503,0

502,5

504,0

504,1

Amostra 15

507,0

505,0

506,0

503,0

504,0

505,0

Amostra 6

504,0

502,0

503,2

502,5

501,0

502,5

Amostra 16

504,0

504,3

504,1

505,0

506,0

504,7

Amostra 7

503,0

499,7

503,0

504,0

502,0

502,3

Amostra 17

503,0

508,0

510,5

507,0

506,0

506,9

Amostra 8

496,0

505,0

506,0

504,0

503,2

502,8

Amostra 18

496,0

509,0

506,0

505,0

505,2

504,2

Amostra 9

494,0

493,0

495,0

492,0

498,0

494,4

Amostra 19

499,0

506,0

504,0

502,0

505,0

503,2

Amostra 10

492,0

498,0

496,0

493,0

495,0

494,8

Amostra 20

500,5

506,0

505,0

503,3

504,0

503,8

493,0 495,0 494,8 Amostra 20 500,5 506,0 505,0 503,3 504,0 503,8 Subgrupos Racionais 19

Subgrupos Racionais

493,0 495,0 494,8 Amostra 20 500,5 506,0 505,0 503,3 504,0 503,8 Subgrupos Racionais 19

19

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 1º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 1º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

LM

LSC

LIC

 

μ

501,0

 

μ Aσ

μ Aσ

 

501,0

501,0

1,34 5,5

1,34 5,5

501,0

7,4

501,0

7,4

508,4

493,6

Gráfico de Controle da Média 515,8 LSC 508,4 LM 501,0 LIC 493,6 486,2 1 3
Gráfico de Controle da Média
515,8
LSC
508,4
LM
501,0
LIC
493,6
486,2
1
3
5
7
9
11
13
15
17
19
Nº da amostra
Média

Avaliação:

O gráfico apresenta um processo sob controle.

Contudo, apresenta a não-

conformidade deslocamentos,

indicando a existência de prováveis variações no desempenho do processo

(mudanças de métodos, de

máquinas ou operadores).

Quadro com adequação muito

baixa, devendo-se verificar as

causas destas variações para se prevenir de um potencial descontrole do processo.

20

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráfico da Média Norma desconhecida (2º caso)

Quando a média e desvio-padrão da população não são conhecidos:

Estimativa da média :

Estimativa da média : x   x N Onde : x  grande média x

x

x

N

Onde :

Estimativa da média : x   x N Onde : x  grande média x

x

grande média

x

média da amostra

N

nº de amostras

x  média da amostra N  nº de amostras Usando o desvio - padrão :
Usando o desvio - padrão :  σ σ σ   σ  N
Usando o desvio - padrão :
 σ
σ
σ 
 σ 
N C
2
C
 Coeficient e (Tabela 02)
2
  σ  N C 2 C  Coeficient e (Tabela 02) 2 Limites de

Limites de Controle :

LM

Limites de Controle : LM  x n n  C 2 σ 3  σ

x

n n  C 2 σ 3  σ   x 3  
n
n
 C
2
σ
3
 σ
 
x
3
 
x
n
n
 C
2

Onde A

1

3 n  C 2
3
n
 C
2

(Tabela 02)


1


1

LSC

  x
 
x

3

σ

  x
 
x

3

σ

  x
 
x

A

σ

LIC

  x
 
x

A

σ

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

 

Amostras de pacotes 500g - Tom Bom

 

Itens:

1

2

3

4

5

Média

DP

Amostra 1

501,0

503,2

504,1

502,8

501,3

502,5

1,3

Amostra 2

502,0

501,0

499,8

502,0

503,0

501,6

1,2

Amostra 3

499,0

501,5

502,0

499,9

503,0

501,1

1,6

Amostra 4

502,0

499,0

500,1

505,5

504,2

502,2

2,7

Amostra 5

507,0

504,0

503,0

502,5

504,0

504,1

1,7

Amostra 6

504,0

502,0

503,2

502,5

501,0

502,5

1,1

Amostra 7

503,0

499,7

503,0

504,0

502,0

502,3

1,6

Amostra 8

496,0

505,0

506,0

504,0

503,2

502,8

4,0

Amostra 9

494,0

493,0

495,0

492,0

498,0

494,4

2,3

Amostra 10

492,0

498,0

496,0

493,0

495,0

494,8

2,4

Amostra 11

495,0

495,0

496,0

494,0

497,0

495,4

1,1

Amostra 12

494,0

501,0

499,0

493,0

494,0

496,2

3,6

Amostra 13

499,0

501,0

496,0

494,0

493,0

496,6

3,4

Amostra 14

502,0

504,0

505,0

506,0

508,0

505,0

2,2

Amostra 15

507,0

505,0

506,0

503,0

504,0

505,0

1,6

Amostra 16

504,0

504,3

504,1

505,0

506,0

504,7

0,8

Amostra 17

503,0

508,0

510,5

507,0

506,0

506,9

2,7

Amostra 18

496,0

509,0

506,0

505,0

505,2

504,2

4,9

Amostra 19

499,0

506,0

504,0

502,0

505,0

503,2

2,8

Amostra 20

500,5

506,0

505,0

503,3

504,0

503,8

2,1

 

Médias:

501,5

2,3

504,0 503,8 2,1   Médias: 501,5 2,3 Limites de Controle : LM  x  501,5
Limites de Controle : LM  x  501,5 A (n : 5) 1 
Limites de Controle :
LM
 x
501,5
A
(n : 5)
1
 1,60
LSC
 
x
A
σ
1
LSC
 1,60 2,3
501,5
LSC
 3,7
501,5
LSC
 505,2
LIC
x
A
σ
1
LIC
501,5 - 1,60 2,3
LIC
501,5
3,7
LIC
497,8

22

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

Usando o Desvio-padrão

Média

Gráfico de Controle da Média

508,9

505,2

501,5

497,8

494,1

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11 12
13 14 15
16 17
18 19 20

Nº da amostra

LSC

LM

LIC

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráfico da Média Norma desconhecida (2º caso)

Quando a média e desvio-padrão da população não são conhecidos:

Estimativa da média :

Estimativa da média : x   x N Onde : x  grande média x

x

x

N

Onde :

Estimativa da média : x   x N Onde : x  grande média x

x

grande média

x

média da amostra

N

nº de amostras

x  média da amostra N  nº de amostras Usando a amplitude :  R
Usando a amplitude :  R R R   σ  N d 2
Usando a amplitude :
 R
R
R 
 σ 
N d
2
d
 Coeficient e (Tabela 02)
2
  σ  N d 2 d  Coeficient e (Tabela 02) 2 Limites de
Limites de Controle : LM  x s 3  R   x 
Limites de Controle :
LM
 x
s
3
 R
 
x
 
x
 
x
n
n
 d
2
s
3
 R
 
x
3
 
x
2
n
n
 d
2
3
Onde A
(Tabela 02)
2
n
 d
2

LSC

3

A


2

R

LIC

  x
 
x

A

R

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

 

Amostras de pacotes 500g - Tom Bom

 

Itens:

1

2

3

4

5

Média

Amplitude

Amostra 1

501,0

503,2

504,1

502,8

501,3

502,5

3,1

Amostra 2

502,0

501,0

499,8

502,0

503,0

501,6

3,2

Amostra 3

499,0

501,5

502,0

499,9

503,0

501,1

4,0

Amostra 4

502,0

499,0

500,1

505,5

504,2

502,2

6,5

Amostra 5

507,0

504,0

503,0

502,5

504,0

504,1

4,5

Amostra 6

504,0

502,0

503,2

502,5

501,0

502,5

3,0

Amostra 7

503,0

499,7

503,0

504,0

502,0

502,3

4,3

Amostra 8

496,0

505,0

506,0

504,0

503,2

502,8

10,0

Amostra 9

494,0

493,0

495,0

492,0

498,0

494,4

6,0

Amostra 10

492,0

498,0

496,0

493,0

495,0

494,8

6,0

Amostra 11

495,0

495,0

496,0

494,0

497,0

495,4

3,0

Amostra 12

494,0

501,0

499,0

493,0

494,0

496,2

8,0

Amostra 13

499,0

501,0

496,0

494,0

493,0

496,6

8,0

Amostra 14

502,0

504,0

505,0

506,0

508,0

505,0

6,0

Amostra 15

507,0

505,0

506,0

503,0

504,0

505,0

4,0

Amostra 16

504,0

504,3

504,1

505,0

506,0

504,7

2,0

Amostra 17

503,0

508,0

510,5

507,0

506,0

506,9

7,5

Amostra 18

496,0

509,0

506,0

505,0

505,2

504,2

13,0

Amostra 19

499,0

506,0

504,0

502,0

505,0

503,2

7,0

Amostra 20

500,5

506,0

505,0

503,3

504,0

503,8

5,5

 

Médias:

501,5

5,7

504,0 503,8 5,5   Médias: 501,5 5,7 Limites de Controle : LM  x  501,5
Limites de Controle : LM  x  501,5 A (n : 5) 2 
Limites de Controle :
LM
 x
501,5
A
(n : 5)
2
 0,58
LSC
 
x
A
R
2
LSC
 0,58 5,7
501,5
LSC
 501,5
3,3
LSC
 504,8
LIC
 x
A
R
2
LIC
 0,58 5,7
501,5
LIC
 3,3
501,5
LIC
 498,2

25

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para

Exemplo 2º Caso: Gráfico da média para envase de café 500g

Usando a Amplitude

Gráfico de Controle da Média 508,1 LSC 504,8 LM 501,5 LIC 498,2 494,9 491,6 1
Gráfico de Controle da Média
508,1
LSC
504,8
LM
501,5
LIC
498,2
494,9
491,6
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11 12
13 14 15
16 17
18 19 20
Nº da amostra
Média

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Gráfico do Desvio-padrão Norma conhecida (1º caso)

Quando o desvio-padrão da população é conhecido:

LM

μ

s

C

2

σ

Intervalode controleμ 3σ

s

s

Desvio - padrão da aproximação normal :

σ s

2 n

1

1  σ 2   2nC 2  2 2n
1
σ
2
2nC
2
2
2n

Coeficiente s tabelados :

B

B

 


C

   

n

nC

 


n

 

C

   

n

nC

 




1



2

C     n nC          

n

LM  C 2 σ Marcar o desvio-padrão LIC  B σ 1 de cada
LM
 C
2 σ
Marcar o
desvio-padrão
LIC
 B σ
1
de cada
amostra
LSC
 B
2 σ
 2   n LM  C 2 σ Marcar o desvio-padrão LIC  B

Parte 04 Controle Estatístico do Processo - CEP

Parte 04 – Controle Estatístico do Processo - CEP Exemplo 1º Caso: Gráfico DP para envase

Exemplo 1º Caso: Gráfico DP para envase de café 500g

Desvio-padrão = 5,5

 

Amostras de pacotes 500g - Tom Bom

 

Itens:

1

2

3

4

5

DP

Amostra 1

501,0

503,2

504,1

502,8

501,3

1,3

Amostra 2

502,0

501,0

499,8

502,0

503,0

1,2

Amostra 3

499,0

501,5

502,0

499,9

503,0

1,6

Amostra 4

502,0

499,0

500,1

505,5

504,2

2,7

Amostra 5

507,0

504,0

503,0

502,5

504,0

1,7

Amostra 6

504,0

502,0

503,2

502,5

501,0

1,1

Amostra 7

503,0

499,7

503,0

504,0

502,0

1,6

Amostra 8

496,0

505,0

506,0

504,0

503,2

4,0

Amostra 9

494,0

493,0

495,0

492,0

498,0

2,3

Amostra 10

492,0

498,0

496,0

493,0

495,0

2,4