Você está na página 1de 12

Idéia Vest - Copyright © _________1_________

O objetivo desse curso é familiarizar o candidato com a disciplina de Direito Administrativo que visa a
preparação no concurso da ABIN - Agência Brasileira de Inteligência.

Percebemos que a cada ano o nível das questões vem aumentando, fazendo com que a simples leitura dos
normativos relacionados ao tema já não sejam mais suficientes para responder a todas as questões.

Faremos uma abordagem de todos os pontos de nossa disciplina, chamando a atenção para as questões que
freqüentemente vêm sendo cobradas nas provas das bancas em geral e ao final dos tópicos, colocaremos
algumas questões de grandes concursos para que o candidato já se familiarize com o que lhe será cobrado
nas provas.

Vamos aos estudos!

Idéia Vest - Copyright © _________2_________


O conteúdo deste curso é de uso exclusivo do aluno que efetuou a compra no site, cujo nome e dados de
I.P. constam do texto apresentado em formato de código de barras, sendo vedada, por quaisquer meios e a
qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição.

É vedado, também, o fornecimento de informações cadastrais inexatas ou incompletas – nome, endereço,


e-mail - no ato da compra, qualificando assim o ato de falsidade ideológica.

O descumprimento dessas vedações implicará na imediata ação por parte de nosso conselho jurídico.

O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de sendo vedada, por quaisquer meios e a
qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à
responsabilização civil e criminal.

Idéia Vest - Copyright © _________3_________


1 - Princípios básicos da Administração Pública

A palavra princípio geralmente nos dá a idéia de começo, início.

No estudo do Direito não há como ser diferente.

Todas as Leis e normas jurídicas existentes no país observaram, ou melhor, observam algumas "premissas" ao
serem criadas, ou seja, todas as Leis tiveram como base ou justificativa, determinado princípio.

A definição mais aceita pela doutrina é a do Prof. CRETELLA JR.:

"Princípio é uma proposição que se coloca na base da ciência, informando-a."

A definição dada pelo Prof. Miguel Reale também se mostra bem oportuna:

"...princípios são verdades fundantes de um sistema de conhecimento, como tais admitidas, por serem
evidentes ou por terem sido comprovadas, mas também por motivos de ordem prática de caráter operacional,
isto é, como pressupostos exigidos pelas necessidades da pesquisa e da práxis"

É notório que os princípios representam a base fundamental e filosófica de todo ordenamento jurídico.
Tal como um alicerce, os princípios funcionam como que um modelo direcionador, do qual se irradia todas as
normas jurídicas.

Inclusive, o professor Celso Antônio Bandeira de Mello, já a muito, ressaltava a importância dos princípios.

" Princípio - já averbamos alhures - é, por definição, mandamento nuclear de um sistema, verdadeiro alicerce
dele, disposição que se irradia sobre diferentes normas, compondo-lhes o espírito e servindo de critério para
sua exata compreensão e inteligência exatamente por definir a lógica e a racionalidade do sistema normativo,
no que lhe confere a tônica e lhe dá sentido harmônico. É do conhecimento dos princípios que preside a
intelecção das diferentes partes componentes do todo unitário que há por nome sistema jurídico positivo".

Os principais princípios da Administração pública derivam, sobretudo, de disposições contidas na Constituição


Federal.

São os princípios da legalidade, moralidade, impessoalidade e publicidade e da eficiência, conforme dispõe o


seu artigo 37.

Constituição Federal

CAPÍTULO VII- DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA


SEÇÃO I - DISPOSIÇÕES GERAIS
"....Art. 37 - A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do
Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade,
publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:"

Vamos aos princípios:

Idéia Vest - Copyright © _________4_________


Esquema para memorizar:

L I M P E

Legalidade
É o princípio básico de todo o Direito Público. A doutrina costuma usar a seguinte expressão: na atividade
particular tudo o que não está proibido é permitido, na Administração Pública tudo o que não está permitido é
proibido. O administrador está rigidamente preso à lei e sua atuação deve ser confrontada com a lei.

Impessoalidade
Significa que o administrador deve orientar-se por critérios objetivos, não devendo fazer distinções
fundamentadas em critérios pessoais. Toda a atividade da Administração Pública deve ser praticada tendo em
vista a finalidade pública. Se não visar o bem público, ficará sujeita à invalidação, por desvio de finalidade. É
em decorrência desse princípio que temos, por exemplo, o concurso público e a licitação.
• Desse princípio decorre a generalidade do serviço público – todos que preencham as exigências têm direito ao
serviço público.
• A responsabilidade objetiva do Estado decorre do princípio da impessoalidade.
Moralidade
O Direito Administrativo elaborou um conceito próprio de moral, diferente da moral comum. A moral
administrativa significa que o dever do administrador não é apenas cumprir a lei formalmente, mas cumprir
substancialmente, procurando sempre o melhor resultado para a administração. Pressuposto de validade de
todo ato da Administração Pública, tem a ver com a ética, com a justiça, a honestidade, a conveniência e a
oportunidade.
• Toda atuação do administrador é inspirada no interesse público.
• Jamais a moralidade administrativa pode chocar-se com a lei.
• Por esse princípio, o administrador não aplica apenas a lei, mas vai além, aplicando a sua substância.
• A Constituição de 1988 enfatizou a moralidade administrativa, prevendo que “os atos de improbidade
importarão a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o
ressarcimento ao erário na forma e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível”.

Publicidade
Requisito da eficácia e moralidade, pois é através da divulgação oficial dos atos da Administração Pública que
ficam assegurados o seu cumprimento, observância e controle; destina-se, de um lado, à produção dos efeitos
externos dos atos administrativos. Existem atos que não se restringem ao ambiente interno da administração
porque se destinam a produzir efeitos externos – daí ser necessária a publicidade.

Eficiência
Exige resultados positivos para o serviço público e satisfatório atendimento das necessidades dos administrados
(público). Trata-se de princípio meramente retórico. É possível, no entanto, invocá-lo para limitar a
discricionariedade do Administrador, levando-o a escolher a melhor opção.
Eficiência é a obtenção do melhor resultado com o uso racional dos meios. Atualmente, na Administração
Pública, a tendência é prevalência do controle de resultados sobre o controle de meios.

Idéia Vest - Copyright © _________5_________


Outros princípios da Administração Pública

Supremacia do interesse público


Os interesses públicos têm supremacia sobre os interesses individuais; é a essência do regime jurídico
administrativo.

Presunção de Legitimidade
Os atos da Administração presumem-se legítimos, até prova em contrário (presunção relativa ou juris tantum
– ou seja, pode ser destruída por prova contrária.)

Finalidade
Toda atuação do administrador se destina a atender o interesse público e garantir a observância das finalidades
institucionais por parte das entidades da Administração Indireta. A finalidade pública objetivada pela lei é a
única que deve ser perseguida pelo administrador.
A Lei, ao atribuir competência ao Administrador, tem uma finalidade pública específica. O administrador,
praticando o ato fora dos fins, expressa ou implicitamente contidos na norma, pratica DESVIO DE
FINALIDADE.

Autotutela
A Administração tem o dever de zelar pela legalidade e eficiência dos seus próprios atos. É por isso que se
reconhece à Administração o poder e dever de anular ou declarar a nulidade dos seus próprios atos praticados
com infração à Lei.
• A Administração não precisa ser provocada ou recorrer ao Judiciário para reconhecer a nulidade dos seus
próprios atos;
• A Administração pode revogar os atos administrativos que não mais atendam às finalidades públicas – sejam
inoportunos, sejam inconvenientes – embora legais.
• Em suma, a autotutela se justifica para garantir à Administração: a defesa da legalidade e eficiência dos seus
atos; nada mais é que um autocontrole;

Continuidade dos Serviços Públicos


O serviço público destina-se a atender necessidades sociais. É com fundamento nesse princípio que nos
contratos administrativos não se permite que seja invocada, pelo particular, a exceção do contrato não
cumprido.
• Nos contratos civis bilaterais pode-se invocar a exceção do contrato não cumprido para se eximir da obrigação.
• Hoje, a legislação já permite que o particular invoque a exceção de contrato não cumprido – Lei 8666/93 –
Contratos e Licitações, apenas no caso de atraso superior a 90 dias dos pagamentos devidos pela
Administração.
• A exceção do contrato não cumprido é deixar de cumprir a obrigação em virtude da outra parte não ter
cumprido a obrigação correlata.

Razoabilidade
Os poderes concedidos à Administração devem ser exercidos na medida necessária ao atendimento do interesse
coletivo, sem exageros.
O Direito Administrativo consagra a supremacia do interesse público sobre o particular, mas essa supremacia
só é legítima na medida em que os interesses públicos são atendidos.
Exige proporcionalidade entre os meios de que se utilize a Administração e os fins que ela tem que alcançar.
Agir com lógica, razão, ponderação. Atos discricionários.

Idéia Vest - Copyright © _________6_________


Brincando para memorizar

Idéia Vest - Copyright © _________7_________


1 - ( CESPE - 2010 - DPU - Assistente Social )

A respeito dos princípios e normas que regem a administração pública brasileira, assinale a opção correta.

* a) O princípio da irredutibilidade dos vencimentos alcança todos os servidores, inclusive os que não
mantêm vínculo efetivo com a administração pública.

* b) A proibição constitucional de acumular cargos públicos alcança os servidores de autarquias e fundações


públicas, mas não os empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista.

* c) O princípio da publicidade se verifica sob o aspecto da divulgação externa dos atos da administração, não
propiciando o conhecimento da conduta interna dos agentes públicos.

* d) Apenas os brasileiros, por preencherem os requisitos estabelecidos em lei, podem assumir cargos,
empregos e funções públicas.

* e) O servidor público da administração direta, autárquica e fundacional, no exercício de mandato eletivo


federal, estadual ou distrital, fica afastado de seu cargo, emprego ou função, e pode optar pela sua remuneração.

2 - ( FCC - 2010 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) - Analista Judiciário - Área Judiciária )

Analise as seguintes assertivas acerca dos princípios básicos da Administração Pública:

I. O princípio da eficiência, introduzido pela Emenda Constitucional nº 19/1998, é o mais moderno princípio
da função administrativa e exige resultados positivos para o serviço público e satisfatório atendimento das
necessidades da comunidade e de seus membros.

II. Todo ato administrativo deve ser publicado, só se admitindo sigilo nos casos de segurança nacional,
investigações policiais, ou interesse superior da Administração a ser preservado em processo previamente
declarado sigiloso.

III. Quanto ao princípio da motivação, não se admite a chamada motivação aliunde, consistente em declaração
de concordância com fundamentos de anteriores pareceres, informações, decisões ou propostas.

IV. A publicidade é elemento formativo do ato administrativo, ou seja, sua divulgação oficial para
conhecimento público é requisito imprescindível à própria formação do ato e consequente produção de efeitos
jurídicos.

Está correto o que consta APENAS em

Idéia Vest - Copyright © _________8_________


* a) I, II e IV.

* b) I e II.

* c) I e IV.

* d) II e III.

* e) II, III e IV.

3 - ( FCC - 2007 - MPU - Analista )

NÃO representa um dos princípios básicos da administração pública a

* a) moralidade.

* b) publicidade.

* c) razoabilidade.

* d) pessoalidade.

* e) legalidade.

4 - ( FCC - 2007 - MPU - Analista )

A reiteração dos julgamentos num mesmo sentido, influenciando a construção do Direito, sendo também fonte
do Direito Administrativo, diz respeito à

* a) jurisprudência.

* b) doutrina.

* c) prática costumeira.

* d) analogia.

* e) lei.

Idéia Vest - Copyright © _________9_________


5 - ( CESPE - 2010 - DPU - Analista Administrativo )

A administração pública é gerida por diversos princípios que norteiam a conduta ética do servidor. A respeito
dos princípios da administração pública, assinale a opção correta.

* a) A licitação e o concurso público são, no Brasil, os dois principais instrumentos de impessoalidade,


eficiência e, ao mesmo tempo, de igualdade de condições na garantia da profissionalização da atividade
administrativa.

* b) O princípio da impessoalidade implica, para a administração pública, o dever de agir segundo uma
racionalidade comunicativa.

* c) O princípio da impessoalidade, se aplicado de forma indiscriminada, provocará disfuncionalidade


administrativa.

* d) A aplicação do princípio da impessoalidade pode redundar em desigualdade e(ou) discriminação por não
considerar as especificidades de cada caso.

* e) A meritocracia, empregada na administração pública como forma de avaliação de desempenho, é


incompatível com a impessoalidade administrativa.

6 - ( AOCP - 2004 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) )

Considere as assertivas a seguir em relação à Administração Pública:

I - a administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal
e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência,
dentre outros

II - os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos
estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei

III - o prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável por uma vez, por igual período

IV - é garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical

V - a lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos para as pessoas portadoras de deficiência e
definirá os critérios de sua admissão

Marque a alternativa correta, dentre as proposições que seguem:

* a) somente a proposição III está incorreta


* b) somente a proposição IV está incorreta
* c) somente a proposição II está incorreta
* d) todas as proposições estão corretas
* e) todas as proposições estão incorretas

Idéia Vest - Copyright © _________10_________


7 - ( AOCP - 2004 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) )

Considere as seguintes proposições:

I. A Administração deve anular seus próprios atos, quando eivados de vícios de legalidade, e pode revogá-los
por motivo de conveniência e oportunidade, respeitados os direitos adquiridos.

II. Considera-se exercício do direito de anular qualquer medida de autoridade administrativa que importe
impugnação à validade do ato.

III. Em decisão na qual se evidencie não acarretarem lesão ao interesse público nem prejuízo a terceiros, os atos
que apresentarem defeitos sanáveis poderão ser convalidados pela própria Administração.

IV. Das decisões administrativas não caberá recurso, em face de razões de legalidade e de mérito.

V. A Administração Pública obedecerá, dentre outros, aos princípios da legalidade, formalidade, motivação,
razoabilidade, proporcionalidade, moralidade, ampla defesa, contraditório, segurança jurídica, interesse público
e eficiência.

Assinale a alternativa correta:

* a) somente a proposição I está incorreta

* b) somente as proposições II e III estão incorretas

* c) somente as proposições I e III estão corretas

* d) somente a proposição IV está incorreta

* e) somente a proposição V está incorreta

8 - ( PUC-PR - 2007 - TRT - 9ª REGIÃO (PR) )

Considere as seguintes proposições:

I. São princípios constitucionais da Administração Pública: moralidade, impessoalidade, discricionariedade e


legalidade.

II. São princípios da Administração Pública: legalidade, eficiência, motivação, supremacia do interesse público.

III. Nos termos estabelecidos na Constituição Federal, classificam-se como crimes de responsabilidade os atos
do Presidente da República que atentem contra a probidade na administração.

IV. Em face do princípio da continuidade do serviço público, empresas que contratam com a Administração
Pública não podem invocar a exceptio non adimpleti contractus nos contratos que tenham como objeto a
execução de serviço público.

Idéia Vest - Copyright © _________11_________


Assinale a alternativa correta:

* a) Todas as proposições estão corretas;


* b) Apenas as proposições II, III e IV estão corretas;
* c) Apenas as proposições I, III e IV estão corretas;
* d) Apenas as proposições II e III estão corretas;
* e) Apenas a proposição I está correta.

9 - ( ESAF - 2004 - MPU - Analista - Administração )

Um dos princípios informativos do Direito Administrativo, que o distingue dos demais ramos, no
disciplinamento das relações jurídicas, sob sua incidência, é o da

* a) comutatividade na solução dos interesses em questão.


* b) subordinação do interesse público ao privado.
* c) supremacia do interesse público sobre o privado.
* d) predominância da liberdade decisória.
* e) correlação absoluta entre direitos e obrigações.

10 - ( CESPE - 2010 - DPU - Técnico em Comunicação Social)

A respeito dos princípios e normas que regem a administração pública brasileira, assinale a opção correta.

* a) A proibição constitucional de acumular cargos públicos alcança os servidores de autarquias e fundações


públicas, mas não os empregados de empresas públicas e sociedades de economia mista.

* b) O princípio da publicidade se verifica sob o aspecto da divulgação externa dos atos da administração, não
propiciando o conhecimento da conduta interna dos agentes públicos.

* c) Apenas os brasileiros, por preencherem os requisitos estabelecidos em lei, podem assumir cargos,
empregos e funções públicas.

* d) O servidor público da administração direta, autárquica e fundacional, no exercício de mandato eletivo


federal, estadual ou distrital, fica afastado de seu cargo, emprego ou função, e pode optar pela sua remuneração.

* e) O princípio da irredutibilidade dos vencimentos alcança todos os servidores, inclusive os que não
mantêm vínculo efetivo com a administração pública.

GABARITO:

1-A 2-B 3-D 4-A 5-A 6-D 7-D 8-B 9-C 10 - E

Idéia Vest - Copyright © _________12_________