Você está na página 1de 226

SIKA-PM500

______________________________________________________________________
__

1. INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO

1.1 Prefácio

O objectivo destas instruções de operação e manutenção é ajudar o utilizador a


conhecer a máquina e assim poder obter dela, todas as suas possibilidades de
utilização.

Estas instruções de operação e manutenção contêm informação importante quanto ao


modo de operar a máquina de forma segura, correcta e económica.
O cumprimento destas informações ajudará na prevenção de acidentes, bem como na
redução dos custos de reparação e tempos de paragem, assim como aumentará a
fiabilidade e a duração útil da máquina.

Estas instruções de operação e manutenção, devem ser sempre complementadas,


com a legislação em vigor em cada país, para a prevenção de acidentes e protecção
ambiental.

Este manual de operação deve estar sempre disponível no local onde a máquina está
a ser utilizada.

O utilizador, deve comunicar a cada uma das pessoas que trabalham com a máquina
o local onde o manual se encontra e facultar o seu acesso.
Todo o pessoal que trabalhe com a máquina ou com a sua instalação, deve ler e
cumprir as instruções deste manual, nomeadamente as pessoas encarregadas de;

- Operação, incluindo a preparação da máquina, reparação de avarias durante o


funcionamento, eliminação de desperdícios de produção, cuidados com a máquina,
correcção de perdas de produção e eliminação de materiais consumíveis e auxiliares.

- Conservação (manutenção, inspecção, reparação) e ou

- Transporte.

Além das instruções de operação e das leis vigentes no país e na região, devem
também ser cumpridas, as regras técnicas estabelecidas para trabalhos seguros e
correctos.

Se posteriormente à leitura das instruções de operação permanecerem dúvidas, o


fabricante ou o representante local, estarão à inteira disposição de quem o necessitar,
para facultar toda a informação desejada.

Para facilitar o esclarecimento das suas dúvidas, é importante indicar o modelo da


máquina e número de série.

Manual Funcionamento e Segurança -1-


SIKA-PM500
______________________________________________________________________
__

Com o objectivo de um melhorar continuamente o equipamento, realizam-se


periodicamente alterações, as quais eventualmente podem não ter sido contempladas,
no momento de imprimir as presentes instruções de operação e manutenção.

Em caso de qualquer alteração, as instruções de operação correspondentes à


máquina deverão ser substituídas na sua totalidade.

O conteúdo total ou parcial de presente publicação não pode ser copiado sem a
autorização prévia por escrito do fabricante. Todos os dados técnicos, desenhos, etc…
estão sujeitos à lei de protecção do direito de propriedade intelectual.

Manual Funcionamento e Segurança -2-


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

1.1 Sinais e símbolos

Nas instruções de operação e manutenção utilizam-se os seguintes sinais e


símbolos:

Símbolo de acção

O texto que se segue a este sinal descreve actividades que, por regra geral,
se devem levar a cabo por ordem sucessiva de cima para baixo.

O texto que se segue a este sinal descreve o resultado ou as consequências


de uma actividade.

Ver também as tabelas de manutenção:

Depois deste sinal indicam-se as tabelas de manutenção necessárias,


eventualmente como complemento de actual tabela de manutenção

Necessidade de uma ferramenta especial:

Depois deste sinal indicam-se as ferramentas especiais que são


precisas para levar a cabo uma determinada tarefa. Por “ferramenta
normal” designa-se qualquer ferramenta de uso comum que não
indicada expressamente.

Protecção ambiental

Este sinal indica actividades para as quais se deve prestar uma


atenção especial para protecção do ambiente. O texto
correspondente aparece em itálico e termina com uma linha.

Nota
Indicações especiais referentes a uma utilização económica da
máquina são introduzidas com a palavra Nota” escrita a negrito e o
pictograma representado. O texto correspondente aparece em itálico e
termina com uma linha.

Atenção
Indicações especiais ou prescrições e proibições para a prevenção de
danos são introduzidas com a palavra “Nota” escrita a negrito e o

Manual Funcionamento e Segurança 3


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
pictograma representado. O texto correspondente aparece em itálico e
termina com uma linha.

Perigo

Indicações especiais ou prescrições e proibições para a prevenção de


danos pessoais ou consideráveis danos materiais são introduzidas com
a palavra “Perigo” escrita a negrito e o pictograma representado. O
texto correspondente aparece em itálico e termina com uma linha.

Se possível indica a origem exacta da avaria antes do símbolo


correspondente.

Perigo de incêndio

Este símbolo e usado para identificar actividades as quais envolvem


perigo de incêndio.

Perigo de explosão

Este símbolo é usado para identificar actividades que envolvam perigo


de explosão. A explosão pode ser causada por rápidos alívios de
pressão.

Queda de objectos

Este símbolo é usado para identificar acções que envolvam perigo de


acidente devido à queda de materiais.

Perigo de esmagamento

Este símbolo identifica acções que possam envolver perigo de


esmagamento.

Carga suspensa

Este símbolo indica acções onde eventualmente cargas suspensas


sejam susceptíveis de queda.

Manual Funcionamento e Segurança 4


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Alta voltagem

Símbolo usado para identificar acções onde o perigo de electrocussão


fatal possa existir.

Perigo de queimadura

Símbolo usado para identificar trabalhos que envolvam o risco de


queimaduras como resultado do contacto com substâncias químicas
não especificadas.

Perigo de queimadura por ácido

Símbolo usado para identificar trabalhos, onde posa ocorrer o perigo de


queimadura por contacto com o ácido da bateria.

Perigo de envenenamento

Símbolo usado para identificar trabalhos que envolvam perigo de


intoxicação como resultado da inalação de gases ou ingestão ou
contacto com substâncias.

Manual Funcionamento e Segurança 5


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2. INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA

O presente capítulo apresenta um resumo das normas de segurança mais


importantes. Por este motivo, este capítulo é especialmente importante para uma
primeira e fundamental instrução, para operadores sem experiência. Obviamente,
várias outras instruções reaparecerão nas secções correspondentes das instruções
de serviço.

Nota

Para determinados trabalhos podem ser necessárias normas de


segurança especiais. Estas normas de segurança especiais, encontrar-se-
ão somente, junto à descrição do correspondente trabalho.

Para uma informação mais detalhada faculta-se seguidamente uma lista


das disposições e normas de segurança:
- NE 12001, máquinas para transporte, pulverização e distribuição de
betão e argamassa
- NE 292, segurança de máquinas, aparatos e instalações.
- NE 60204-1, Equipamento eléctrico para máquinas industriais.

Os avisos de segurança que se seguem devem ser entendidos como um


complemento às prescrições e leis nacionais vigentes para a
prevenção de acidentes.

As prescrições e as leis vigentes já existentes para a prevenção de


acidentes devem ser cumpridas seja qual for o caso.

Manual Funcionamento e Segurança 6


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
2.1 Instruções básicas

A máquina só deve ser utilizada em perfeitas condições técnicas e somente para o


seu uso previsto e, dever-se-ão ser cumpridas as instruções de operação e
manutenção, tendo plena consciência da segurança e dos perigos! Especialmente
as anomalias, que possam prejudicar a segurança, devem ser reparadas
imediatamente.
Deve certificar-se que:

- Os dispositivos de segurança não devem ser desmontados, postos fora de serviço


ou modificados (Botão de PARAGEM DE EMERGÊNCIA, grade de cobertura da
tolva de alimentação da bomba, etc…),
- Os dispositivos de segurança, que se tenham desmontado para trabalhos de
manutenção devem ser montados imediatamente depois de terminados os trabalhos.

Antes de pôr a máquina a trabalhar deve verificar-se o funcionamento dos


dispositivos de segurança.
À mais pequena suspeita de avaria, dever-se-á inspeccionar e reparar
imediatamente. Se necessário, dever-se-á informar imediatamente o encarregado.
No caso de avarias que possam prejudicar a segurança de funcionamento, dever-se-
á interromper o serviço.
Devem-se utilizar exclusivamente tubagens, tubos flexíveis, acoplamentos, etc… do
fabricante da bomba que estejam em bom estado e aptos para o transporte do
correspondente material. Especialmente a tubagem e os acoplamentos devem estar
de acordo com a pressão indicada na placa de características da bomba. As linhas
de transporte do betão, estão sujeitas a um desgaste variável, em função da pressão
e composição do betão, do material da tubagem, etc…

2.1.1 Revenda

No caso de revenda da máquina devem ser considerados os seguintes aspectos:

Entregar ao novo proprietário toda a documentação pertencente à máquina


(instruções de operação e de manutenção, planos, fichas da máquina, certificados
de conformidade, etc…) que tenha recebido junto com a máquina. Caso seja
necessário, deve ser solicitar à Sika-Putzmeister um novo conjunto de
documentação, indicando o número de série da máquina. Em caso algum se deve
revender a máquina sem a respectiva documentação.
Se comunicar a revenda à Sika-Putzmeister, esta garantirá que eventuais
informações sobre alterações/novidades relacionadas com a segurança, a operação
e manutenção serão comunicadas ao novo utilizador.
Instrua o novo proprietário e os operadores da máquina, tal como a nossa empresa o
instruiu no passado e, peça uma confirmação por escrito desta instrução de

Manual Funcionamento e Segurança 7


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
formação. Caso necessário, realizaremos com muito gosto a formação do novo
proprietário e do seu pessoal.

2.2 Correcta utilização

Esta máquina de projecção de betão é uma máquina de trabalho.


Assim, não deve ser utilizada para transportar materiais, que não sejam
considerados acessórios da mesma máquina, tais como, tubagens, mangueiras, etc.

Em nenhuma circunstância deve ser autorizado que o peso máximo seja


ultrapassado.

A máquina/instalação foram concebidas para o transporte de betão com uma


densidade aparente máxima de 2400 kg/m3..
O seu uso está limitado à projecção no local da obra.
A máxima pressão de trabalho não deve exceder o valor indicado na chapa de
especificações ou no livro de instruções.
A utilização correcta da máquina, também inclui o cumprimento das instruções de
operação, as condições, intervalos de inspecção e de manutenção.

2.2.1 Intervalos de inspecção

Independentemente do tempo decorrido depois do 1º arranque da máquina, um


técnico especializado deve verificar as condições de segurança operacional da
máquina, o braço e as linhas de descarga, de acordo com os seguintes intervalos;

0 a 5 anos (inclusive): Anualmente


Se durante um ano de operação, são cumpridas as 500 horas de trabalho ou 20.000
m3 de material foram bombeados, a inspecção deve ser levada a cabo, quando o
primeiro destes indicadores for alcançado.

De 5 a 10 anos (inclusive): todos os seis (6) meses.


Se antes de alcançados os seis meses, são trabalhadas 250 horas ou 10.000 m3
foram bombeados, a inspecção deve ser efectuada quando o primeiro destes
intervalos ocorrer.

Mais de 10 anos: Todos os três (3) meses.


Se antes de se terem cumprido os três meses de trabalho, foram trabalhadas 125
horas ou 5.000 m3 foram bombeados, a inspecção deve ser realizada quando o
primeiro destes intervalos tiver lugar.
O limite, considerado como referência para os intervalos, é determinado pela data do
primeiro arranque da unidade, indicado no documento de entrega da mesma e
mostrado no conta-horas da máquina.
O utilizador deve pedir a inspecção da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 8


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Os resultados desta inspecção deverão ser registados, devidamente assinados, no
livro de inspecções.
O livro de inspecções deve estar sempre da unidade e apresentado sempre que
pedido.

2.3 Utilização incorrecta

Qualquer que seja o uso diferente do indicado como correcto, tais como a elevação
de cargas, é considerado como uso incorrecto.
A Sika-Putzmeister declina quaisquer responsabilidades por eventuais danos que
esta má utilização da máquina possa vir a causar.
O risco é da inteira responsabilidade do utilizador.

2.3.1 Elevação e transporte de cargas e condução com braço estendido

O braço não deve ser usado em circunstância alguma para a elevação e/ou
transporte de cargas.

2.3.2 Pressão na linha de descarga

A pressão de projecção de betão, a um valor superior a 85 bar, através da tubagem


do braço (quando aplicável) é proibida.
Quando em estado novo, esta linha e a cabeça de projecção trabalharão com
pressões inferiores a 85 bar.

2.3.3 Exclusões e declinação de responsabilidades

A Sika-Putzmeister não se responsabilizará pelos danos que se produzam devido a


erros ou negligência na operação, manutenção/conservação, ou como consequência
de uso não previsto, assim como, devido a alterações, ampliações ou reconversões
da máquina que possam prejudicar a segurança. Nestes casos, cessará a garantia
do fabricante.
Não se deve efectuar qualquer modificação, ampliação ou reconversão que possa
diminuir a segurança, sem autorização prévia do fabricante. O mesmo se aplica para
a montagem e ajuste dos dispositivos e válvulas de segurança assim como para os
trabalhos de soldadura em peças de suporte.

Especialmente quando se trata de:


- Alterações das pressões de regulação e segurança, potências, número de rotações
e outras afinações de fábrica.
A máquina não deve trabalhar com os dispositivos de segurança desactivados,
modificados ou avariados.
Reparações, afinações ou substituições de dispositivos de segurança, só devem ser
realizados por pessoal qualificado.
Todos os dispositivos ao serviço da segurança devem estar presentes e a funcionar.

Manual Funcionamento e Segurança 9


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Se pretender transportar material de densidade superior, por favor contacte a Sika-
Putzmeister primeiro.

As distâncias apropriadas devem ser adoptadas, tais como a redução do alcance


horizontal.

2.4 Perigo de acidentes

A máquina/instalação foram construídas utilizando as novas tecnologias e as regras


estabelecidas de segurança. Apesar disso, do seu uso poderão advir perigos
causadores de lesões ou mesmo morte do operador, de terceiras pessoas ou danos
na máquina ou outros danos materiais.

No caso de uso incorrecto da máquina, os seguintes acidentes, entre outras,


poderão ocorrer;

2.4.1 Salpicos

Lesões nos olhos ou na pele por ejecção de óleo hidráulico ao abrir uma abraçadeira
de uma mangueira, sem que previamente o sistema tenha sido despressurizado.

Lesões oculares podem igualmente ocorrer pelo salpicar de betão, silicatos, aditivos
ou outras substâncias químicas.

2.4.2 Pressão

Lesões oculares resultantes de fugas de óleo hidráulico sob pressão, quando os


ligadores são abertos sem a devida pré-despressurização do acumulador (quando
existente) ou do sistema em si mesmo.

Danos graves podem ocorrer quando se abrem tubagens ou mangueiras sob


pressão, isto é, como o tirar de um tampão ou o aliviar de uma ligação.

Nunca abrir uma tubagem pressurizada.

Manual Funcionamento e Segurança 10


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Lesões devido ao forte impacto do rebentamento de um acoplamento, rebentamento


de uma mangueira ou tubagem de transporte ou pela permanente projecção de
betão das linhas de descarga, terminais de mangueiras ou funil do pulverizador.

Verifique sempre o aperto dos acoplamentos.

2.4.3 Queimaduras

Perigo de queimaduras devido à ejecção de óleo hidráulico quente ou de outros


materiais consumíveis quentes.

Perigo de queimaduras ao tocar nas peças aquecidas da máquina, por exemplo, o


sistema de escape e o motor térmico.

2.4.4 Afundamento dos apoios

Lesões por deslizamento da máquina no caso de se soltar o travão ou as sapatas de


apoio.

Afundamento do apoio.

Manual Funcionamento e Segurança 11


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.4.5 Capotamento da máquina

Lesões podem ocorrer devido ao capotamento da máquina, como resultado do


afundamento das sapatas num terreno pouco consistente.

Parar imediatamente o trabalho se o terreno não é estável.

Os factores que reduzem a estabilidade são os seguintes;

- Alterações às condições do terreno causadas por exemplo, pela chuva ou gelo


fundido.

- Afundamento de uma das sapatas.

- Fuga de óleo num componente hidráulico das sapatas.

2.4.6 Esmagamento

O risco de lesões poderá ocorrer devido ao movimento repentino dos suportes


telescópicos das sapatas de apoio, especialmente se o ar não foi expelido
correctamente (sangria) do circuito hidráulico.

Lesões devido ao estender ou recolher dos macacos das sapatas ou entre as hastes
de suporte e outros objectos no local.

Perigo de esmagamento
ao recolher as sapatas.

Manual Funcionamento e Segurança 12


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.4.7 Choques eléctricos

Choques eléctricos com risco de morte, podem ocorrer quando se tocam zonas
electrificadas com a máquina em operação, tais como nos seguintes casos;

- Se a ligação eléctrica não está correctamente feita, ou

- O cabo de alimentação está danificado, ou

- Pelo contacto com outros condutores eléctricos

2.4.8 Movimentos acidentais

Lesões nos trabalhadores no local de trabalho como resultado de uma operação


acidental do controlo do braço e, subsequente movimento não desejado do mesmo.

O mesmo se pode verificar, quando a máquina se movimenta devido ao sistema de


travão ter sido aliviado, ou o suporte das sapatas despressurizado.

2.4.9 Queda de componentes

Lesões provenientes da queda de tubagens como resultado de um desaperto nas


ligações ou acoplamentos.

Similarmente, ferramentas esquecidas no braço podem cair e dar lugar a lesões no


pessoal junto da máquina.

Risco de lesões causadas pela queda de betão quando o braço roda, mesmo com a
bomba está desligada.

Risco de lesões devido á queda de componentes do braço quando as flanges são


abertas.

Risco de lesões pelo deslize ou queda de tubagens mal apertadas.

Haverá risco de lesão se um esticão tem lugar repentinamente, o que pode ocorrer
quando se inicia a pulverização, durante a limpeza, devido aos poços de ar ou
movimentos repentinos do braço.

Manual Funcionamento e Segurança 13


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.4.10 Quedas

Risco de lesões devido à deslocação por cima de cabos, mangueiras e elementos


instáveis.

Risco de lesões podem ocorrer se houver superfícies da máquina deslizantes devido


há existência de massas lubrificantes ou óleo.

2.4.11 Partes móveis da máquina

Lesões ao introduzir a mão ou cair dentro do misturador.

Lesões ao introduzir a mão na caixa de água com o êmbolo em funcionamento.

Lesões ao tropeçar em cabos, mangueiras e material de revestimento.

Lesões por aprisionamento com o camião betoneira ou partes do mesmo (canaleta)

Lesões ao soltar-se e cair alguma mangueira de transporte que não esteja bem fixa.

Lesões ao introduzir a mão na correia trapezoidal, nas pás da ventoinha ou no


dínamo quando estão a funcionar.

Manual Funcionamento e Segurança 14


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.5 Equipamento de protecção pessoal

Para protecção contra os riscos de lesões ou mesmo morte acidental, em toda a


área em que a máquina esteja a operar, o seguinte equipamento pessoal de
protecção deve ser usado seja em que caso for;

Capacete
O capacete protege a cabeça, por exemplo, da queda de betão ou
componentes da tubagem em caso de rebentamento desta.

Calçado de segurança

Protege os pés da queda de objectos ou objectos pontiagudos virados


para cima.

Protectores auriculares
Protegem os ouvidos dos ruídos quando se trabalha perto ou na
máquina.

Luvas de protecção

Protegem as mãos das substâncias agressivas ou químicas, bem como


de acções mecânicas, como por exemplo, cortes.

Óculos de protecção

Protegem os olhos dos riscos de lesões resultantes do salpicar de


betão e outras partículas materiais.

Arnês de suspensão

Evita a queda quando se trabalha em andaimos ou pontes, etc.

Máscara

Protegem das partículas de materiais usados na construção que


podem entrar nas vias respiratórias.

Manual Funcionamento e Segurança 15


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6 Medidas organizacionais

As instruções de serviço devem estar sempre acessíveis no local onde a


máquina/instalação estejam a trabalhar.

2.6.1 Instruções complementares

Alem das instruções de serviço, a legislação geral corrente e outra qualquer


regulamentação governamental, para a prevenção de acidentes e protecção do meio
ambiente, devem ser integralmente cumpridas e impostas aos trabalhadores.
As referidas obrigações, podem também afectar por exemplo, o manuseamento de
substâncias perigosas ou a entrega/uso dos equipamentos de protecção pessoal ou
regulamentos de tráfico.

Para o uso da máquina, as directrizes em vigor que regulamentam bombas,


máquinas pulverizadoras de betão e braços de operação são,

ƒ Estabelecidas pela responsabilidade civil das companhias de seguros, ou

ƒ Pela legislação existente no respectivo país, ou

ƒ Na União Europeia, devem ser observadas as directivas comunitárias que


regulamentam o uso de máquinas, bem como, as instruções de serviço e
manutenção emitidas pelo fabricante.
Convém estar em dia com a legislação em vigor no país onde a máquina
está ou vai trabalhar.

No caso de exportação de uma máquina, poderá ser necessário fazer adaptações na


mesma, para que esta esteja de acordo, com as leis locais onde a máquina vai
trabalhar.

O utilizador/operador da máquina são responsáveis pela observação de todas as


instruções.

2.6.2 Outras instruções

As instruções de serviço devem ser complementadas com outras instruções,


incluindo o registo oficial e instruções de inspecção, tendo em vista a adaptação a
circunstâncias particulares, por exemplo, relativamente á organização do trabalho,
processos de trabalho e pessoal correspondente.

Manual Funcionamento e Segurança 16


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.3 Treino inicial

O pessoal que utiliza a máquina deverá ter estudado as instruções de serviço, em


particular o capítulo referente às instruções de segurança, antes do trabalho ter
início.

Depois do trabalho já ter começado, já é tarde……

Isto afecta particularmente o pessoal que realiza trabalhos ocasionais na máquina,


tais como, preparação ou manutenção.

Por favor recorra à Sika-Putzmeister para garantir o treino do pessoal relativamente


a uma nova máquina.

2.6.4 Utilizador

Forneça o manual de instruções ao pessoal que vai trabalhar com a máquina, e


obtenha dele, a confirmação por escrito de que leram e entenderam tudo bem e vão
aplicar as instruções de serviço, manutenção e segurança.

O operador da máquina, deve ter sido bem treinado e deve assinar as instruções de
serviço, declarando que foi delas informado atempadamente.

2.6.5 Operador da máquina

Deve familiarizar-se com a máquina. Ler as instruções de serviço e segui-las


totalmente e se algum ponto não foi bem entendido, deve pedir esclarecimentos a
um superior para que fique bem esclarecido.
Não deve operar a máquina se não estiver bem familiarizado com ela e não
conhecer bem a localização e significado de todos os mecanismos de controlo, bem
como, o funcionamento da máquina.

2.6.6 Verificações

Verifique, pelo menos ocasionalmente, que o pessoal trabalha em segurança e está


consciente dos perigos, observando as instruções de serviço.

O pessoal deve cobrir o seu cabelo, se é comprido e não deve usar roupas muito
folgadas ou joalharia. Eles estarão em risco de lesões caso o cabelo, roupa folgada
ou joalharia sejam apanhados pela máquina quando em funcionamento.

Manual Funcionamento e Segurança 17


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.7 Equipamento de protecção pessoal

Se necessário ou exigido pela regulamentação, equipamento de protecção deve ser


usado pelo pessoal afecto à máquina.
Este equipamento (capacete, óculos, máscara, luvas, etc.), deve ser sempre usado
na área de trabalho, especialmente quando a trabalhar com betão ou aditivos
pulverizados de base química.

Usar sempre o equipamento de


segurança, em serviço.

Alem do usual equipamento de protecção exigido aos trabalhadores em geral, ou


obrigatoriamente nalguns casos, calçado de segurança e capacetes devem ser
usados na área de trabalho da máquina.

2.6.8 Segurança

Nunca se devem desmontar os dispositivos de segurança ou desactivá-los


efectuando assim modificações na máquina. As reparações, ajustes ou substituições
dos dispositivos de segurança só devem ser efectuados por pessoal qualificado.

Respeite sempre os avisos de segurança/perigo.

Todas as instalações destinadas à segurança e à prevenção de acidentes (letreiros


avisadores de perigo e placas de indicações, resguardos, revestimentos protectores,
etc…) devem estar colocados correctamente. Não devem ser removidos,
modificados ou danificados.

Se, devido a trabalhos de preparação, manutenção e/ou reparação, for indispensável


desmontar os dispositivos de segurança deve-se depois de terminar o trabalhos
remontá-los e verificá-los.

Manual Funcionamento e Segurança 18


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.9 Falhas

Antes do arranque inicial da máquina, verificar as condições de segurança da


mesma.

Se falhas ou alterações são verificadas na máquina/instalação, dando somente uma


imprecisa informação, que possa afectar a segurança, as mesmas devem ser de
imediato reportadas ao supervisor e se for considerado que as mesmas põem em
risco as condições de segurança, o trabalho deve ser parado de imediato.

Se falhas são observadas nas peças que são importantes para a segurança, a
máquina não deve utilizada até que as referidas falhas tenham sido corrigidas. A
correcção das falhas deve ser verificada posteriormente para garantia da boa
funcionalidade do equipamento.

2.6.10 Alterações

É proibido fazer alterações, incorporar novos elementos e recuperações que


reduzam a segurança sem o consentimento do fabricante.
Isto aplica-se igualmente à instalação e à regulação das válvulas e dispositivos de
segurança, bem como, no que respeita a soldaduras nos elementos de trabalho.

Em particular :

- Na extensão do braço de trabalho ou na cabeça de pulverização.


- Variação nas pressões de segurança, velocidades, potências, rotações e
outros ajustes feitos pela fábrica.
- Montagem de tubagem/mangueira, com um diâmetro ou peso superior, no
braço de operação.
- Montagem de mecanismos de carga ou elevação no braço.
- Modificação dos programas do computador (software)
- Modificações ou alterações no terminal de suporte do braço.
- Alterações nos cilindros hidráulicos.
- Alterações no controlo remoto.
- Alterações na instalação eléctrica.
- Substituição de elementos por outros de diferentes especificações ou
características.
- Instalação de qualquer elemento não incluído e que possa comprometer a
estabilidade.
- etc….

Manual Funcionamento e Segurança 19


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.11 Placa de características

Os valores indicados na placa de especificações e na folha de características da


máquina (por exemplo, pressões do óleo hidráulico, volumes de caudal, etc.), são os
máximos permitidos pelo fabricante.

1- Tipo da máquina
2- Nº da máquina
3- Ano de fabrico
4- Máxima pressão hidráulica em (bar)
5- Máxima velocidade permitida (km/h) – deslocação do veiculo.
6- Máximo peso admissível (kg)
7- Máxima pressão de projecção do betão
8- Máxima velocidade do motor (rpm)
9- Controlo final

Os dispositivos ajustáveis (válvula limitadora de pressão, potenciómetro, limitador de


volume de óleo, cilindro hidráulico, etc.) devem ser regulados exclusivamente, por
pessoal altamente qualificado para o efeito, dos serviços de pós-venda ou serviço de
assistência técnica.

Depois de realizadas substanciais alterações, um especialista deve inspeccionar os


braços de operação, antes deles voltarem a ser usados.

Por substanciais alterações entende-se;

- Modificações estruturais para aumentar a capacidade de carga


- Substituição ou reparação de elementos de suporte quando soldaduras são
necessárias
- Os dispositivos de segurança têm de ser reparados, ajustados e trocados
ainda que exclusivamente por técnicos especializados.

Os selos não devem ser retirados a não ser por pessoal autorizado pela Sika-
Putzmeister.

Devem ser instalados e todos os dispositivos de segurança devem ficar em


condições de operacionalidade.

Manual Funcionamento e Segurança 20


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.12 Peças

As peças e componentes, devem estar de acordo com as especificações técnicas


indicadas pelo fabricante. Isto é sempre garantido com peças originais.
Use sempre peças originais da Sika-Putzmeister.
A Sika-Putzmeister declina quaisquer responsabilidades por avarias que possam ser
causadas pelo uso de peças não originais.

2.6.13 Manutenção e intervalos de inspecção

Troque as mangueiras do circuito hidráulico nos termos indicados ou como


considerado razoável, mesmo quando não seja verificada nenhuma anomalia que
possa afectar a segurança.

As mangueiras não devem ser usadas mais do que seis anos, incluindo um período
máximo de armazenamento de dois anos.

Os tubos flexíveis e mangueiras estão sujeitos e um natural e permanente desgaste


ainda que estejam correctamente armazenados e suportam certos níveis de esforço.
Isto contudo, limita a sua durabilidade quando em armazem e a sua posterior vida
útil quando em uso.

Cumprir com os termos indicados no manual de serviço relativamente a


inspecções/serviços.

Máquinas que não tenham sido devidamente verificadas ou reparadas não garantem
a sua funcionalidade e segurança.

Um técnico especializado deve inspeccionar as condições de segurança da


máquina, as relativas ao braço e mangueiras/tubagens pelo menos uma vez ao ano.
Se durante um ano, a máquina trabalha 500 horas ou foram bombeados 20.000 m3
de betão, a inspecção deve ser levada a cabo quando o primeiro destes valores
ocorrer.
Este intervalo é determinado pela leitura do conta-horas (quando existente) na
máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 21


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Este conta-horas é incluído na programação automática da contagem de horas de
projecção de betão.

O utilizador da máquina deve pedir a inspecção da mesma.

Os resultados da inspecção serão registados e devidamente assinados no livro de


inspecções.

O livro de inspecções deve ser mostrado sempre que requerido por qualquer
entidade interessada.

Há países como por exemplo a Alemanha onde o livro de inspecções é


indispensável para que a máquina possa operar.

Assim convém sempre respeitar a legislação de cada pais onde se está a trabalhar.

Todas as inspecções devem ser informadas à Sika-Putzmeister em conjunto com os


correspondentes impressos.

2.6.14 Equipamento de oficina

Para efectuar os trabalhos de manutenção, a oficina deve possuir os equipamentos


apropriados para o efeito.

Se não se dispõe de pessoal qualificado ou uma oficina devidamente equipada, é


conveniente entregar a manutenção e/ou reparação da máquina aos serviços
técnicos da Sika-Putzmeister .

2.6.15 Protecção contra incêndios

O pessoal deve estar familiarizado com a localização e método de uso dos extintores
no local da obra.

Ter em atenção as possibilidades de aviso de incêndio e as opções para o combater.

Manual Funcionamento e Segurança 22


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.6.16 Responsabilidades

O utilizador da máquina é obrigado a proceder de acordo com as informações


indicadas nas instruções de serviço.
De acordo com a legislação em vigor, os acidentes resultam devido á falha na
observação das regras e da prevenção de segurança.,

- Das companhias seguradoras de acidentes de trabalho,


- Da responsabilidade civil da seguradora dos fabricantes ou,
- Da legislação corrente no país onde a máquina trabalha
- Da União Europeia ou imprudente comportamento, será atribuído
- ao operador da máquina ou (se o operador não puder ser declarado
responsável devido a falta de treino ou conhecimentos básicos da
unidade),
- ao seu supervisor.

Consequentemente, é pois necessário proceder com o correspondente cuidado.

2.6.17 Cursos de treino

A Sika-Putzmeister organiza regularmente cursos de treino para operadores de


máquinas.
Recomenda-se a participação num deles, especialmente por pessoas com pouca
experiência profissional.

2.7 Selecção e qualificação de pessoal

Todo o pessoal que trabalha com a máquina/instalação deverá ser bem treinado e
de extrema qualificação profissional.

O trabalho ou manutenção da máquina não supervisionados, devem somente ser


entregues a pessoal da manutenção ou operador da máquina, que;

- tenham 18 anos ou mais,


- estejam física e mentalmente capazes (teste G25 “Actividades de controlo e
condução”,
- estejam em bom estado de saúde (tenham descansado e não estejam sob o
efeito do álcool, drogas ou medicamentos),
- tenha sido treinado na operação e conservação da máquina,
- tenha demonstrado a sua boa atitude para com a empresa e
- possam ser totalmente responsáveis pelo trabalho que lhes for atribuído
- igualmente o operador da máquina deve informar a empresa, por sua própria
e total responsabilidade, de qualquer situação anómala de saúde ou
desconforto.

Manual Funcionamento e Segurança 23


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.7.1 Treino

Somente pessoal treinado ou instruído deverá ser utilizado, com competências


claramente estabelecidas de acordo com a operação a desempenhar, preparação do
trabalho, manutenção e conservação da máquina.
Deve ser garantido que somente pessoal autorizado trabalhe com a máquina.
A máquina deve ser operada, mantida e conservada exclusivamente por pessoal que
tenha sido treinado e designado para o referido trabalho.
O pessoal a ser treinado ou instruído ou os que estão a fazer um curso de
aprendizagem geral podem somente trabalhar com a máquina sob a permanente
supervisão de pessoa qualificada para o efeito.
Sob a supervisão de um técnico, pratique todos os modos de operação indicados
nas instruções de sérvio (parqueamento, funcionamento com o braço, preparação da
posição de transporte, preparação da máquina para o arranque inicial., etc. até que
esteja completamente a vontade no seu uso.
Se não se tem pessoal qualificado disponível ou uma oficina de apoio devidamente
equipada, etc., entregue a manutenção e reparação da máquina aos serviços
técnicos da Sika-Putzmeister .

2.7.2 Responsabilidades na circulação

Estabelecer as responsabilidades do operador da máquina relativamente às


regulamentações de tráfico para que ele rejeite as indicações de terceiras pessoas e
que representem uma infracção às instruções de segurança.

As responsabilidades incluem a verificação do local, o qual deve ser rejeitado se


houver quaisquer dúvidas quanto à segurança.

2.7.3 Pessoal técnico

A operação, manutenção e reparação da máquina deve ser entregue exclusivamente


a pessoal que esteja devidamente treinado e autorizado para o efeito.
Claramente devem ser estabelecidas as competências do pessoal.
Os dispositivos de segurança devem ser reparados, ajustados ou trocados
exclusivamente por técnicos especializados.
A actuação nos sistemas eléctrico ou hidráulico deve ser entregue exclusivamente a
pessoal que tenha demonstrado a correspondente qualificação, tais como
certificados de treino.
Os trabalhos na estrutura, sistemas de travagem e direcção devem ser realizados
somente por pessoal técnico bem treinado.
Os acoplamentos devem ser bem apertados nas mangueiras, exclusivamente por
pessoal com experiência e com os equipamentos e ferramentas indicados para o
efeito.

Manual Funcionamento e Segurança 24


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.7.4 Soldaduras

Qualquer soldadura no braço, no suporte ou em importantes elementos de


segurança, deve ser somente realizada por pessoal designado pelo fabricante com
as correspondentes e necessárias quantificações como soldadores.

Esse trabalho deve ser inspeccionado por um especialista.

Perigo de explosão

Qualquer trabalho de soldadura realizado perto de tanques de


combustível ou óleo deve ser somente realizado por soldadores
altamente qualificados e de acordo com as regras de segurança
em vigor.

Flutuações de tensão, podem ocorrer durante os processos de soldadura eléctrica,


que podem destruir os componentes electrónicos do controlo remoto com ou sem
cabo.
Consequentemente;

- Desligue o cabo do controlo remoto no painel de controlo.


- Desligue todos os cabos que entrem no receptor do controlo remoto. As
tomadas de ligação devem ser protegidas com tampas.
- Desligue os cabos dos pólos positivo e negativo na bateria.

2.7.5 Electricista

Os trabalhos nos componentes eléctricos na máquina/instalação devem ser


exclusivamente entregues a pessoal altamente qualificado na área da electricidade
ou a pessoal treinado sob a supervisão de um electricista de acordo com a
regulamentação electrotécnica em vigor.

Somente electricistas são autorizados a instalar, ligar, fechar e abrir armários de


distribuição de corrente eléctrica.

Se necessário, chamar um electricista para cortar a alimentação de corrente


eléctrica à máquina.

Somente electricistas devem trabalhar nas instalações eléctricas com uma tensão de
serviço acima dos 25 V AC ou 60V DC.

Manual Funcionamento e Segurança 25


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.7.6 Técnico de sistemas hidráulicos

Somente pessoal com conhecimentos específicos e experiência em hidráulica deve


trabalhar nas unidades hidráulicas.

Os dispositivos ajustáveis (válvulas limitadoras de pressão, potenciómetros, limitador


de volume de óleo, cilindro hidráulico, etc.) devem ser ajustados exclusivamente por
pessoal qualificado do serviço pós-venda ou serviços técnicos.
As características da máquina não podem ser modificadas (por exemplo, o aumento
de pressão, variação de velocidades, etc.).

2.8 Áreas de risco

É proibido permanecer nas zonas de perigo da máquina sem autorização especial.


Avisar o pessoal que se encontre na zona de risco. Parar o trabalho se o pessoal na
zona de risco não abandonar a área, apesar do aviso de abandono imediato da
mesma.
O operador da máquina deve estar em posição de abranger visualmente toda a zona
de risco, permanentemente e em quaisquer circunstâncias.
Se necessário, ter um observador assistente na zona de risco.

Durante o trabalho, o operador da máquina é responsável pela segurança na zona


de acção da máquina. (zona de risco)

Asa zonas de risco variam de acordo com as actividades a desenvolver.

Manual Funcionamento e Segurança 26


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.8.1 Esmagamento

Quando a máquina está a ser apoiada a zona de risco é o espaço onde os suportes
estão a ser estendidos.

Perigo de esmagamento

A zona de extensão das sapatas hidráulicas é propícia ao risco de esmagamento.


Consequentemente, isole a área de risco. Mantenha esta zona sob permanente
observação. Se alguém se aproximar da zona, parar o trabalho imediatamente e
pressionar o botão de paragem em EMERGÊNCIA.

2.8.2 Queda de materiais

Não permanecer debaixo do braço em circunstância alguma.

Queda de objectos
Sob a área de rotação do braço, há o risco de ferimentos devidos á queda de
materiais provenientes da tubagem de betão. Na área de trabalho das unidades de
espalhamento, há o perigo de acidentes por queda de betão. Assim, certifique-se
que a área de risco está isolada e mantenha-a sob permanente observação.
Se alguém se aproximar dessa área, parar o trabalho de imediato, pressionando o
botão de paragem em EMERGÊNCIA.
Além de tudo isto o uso de capacete é obrigatório.
Para estender o braço, a máquina deve estar correctamente apoiada nas sapatas
hidráulicas.

Manual Funcionamento e Segurança 27


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Perigo

Os movimentos descontrolados do braço aumentam o risco de acidentes. Os


acidentes podem ocorrer se;

- Se o componente hidráulico não foi correctamente sangrado,


- As tubagens ou os acoplamentos não estão hermeticamente selados,
- Não há óleo hidráulico no tanque,
- O bloco de controlo está quebrado.

Nestes casos, o braço pode ser movimentado quando o controlo remoto está ligado.
Parar o trabalho de imediato. Não continuar a trabalhar até que as causas tenham
sido corrigidas e haja a garantia de que a máquina vai trabalhar correctamente.

2.8.3 Enrolador de cabo

Certifique-se quando usar o enrolador do cabo que não há pessoal ou objectos na


zona de risco.

Atenção
Não use o enrolador de cabo como guincho, uma vez que ele pode ser seriamente
danificado.

Manual Funcionamento e Segurança 28


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.9 Arranque e teste de funcionamento

2.9.1 Arranque

Antes de proceder ao arranca da máquina, verifique os seus sistemas de segurança.


Se verificar falhas nos sistemas, ainda que somente sejam visíveis as indicações,
elas devem ser corrigidas imediatamente.
Informar o supervisor com indicado, ou suspender o serviço imediatamente, se as
falhas colocarem a máquina fora de condições de segurança.

Adoptar todas as medidas necessárias á máquina/instalação, para trabalharem


correctamente e em condições de segurança, permanentemente.

Operar a máquina/instalação, somente se todas as condições e dispositivos de


segurança, tais como sistemas de protecção desligáveis, sistemas de emergência,
instalação sonora e dispositivos de sucção, tenham sido instalados e a trabalharem
correctamente.

Certifique-se que;

- A máquina está sempre a ser operada em perfeitas condições.


- Nenhum sistema de segurança (PARAGEM EM EMERGÊNCIA, grelha de
cobertura da tremonha da bomba, etc.) tenham sido removidos, incapazes ou
modificados.
- Os dispositivos de segurança que tenham sido retirados para manutenção são
montados imediatamente depois de terem sido revistos.

A máquina deve estar isenta de falhas visíveis (fissuras, avarias, acoplamentos mal
apertados, ausência de freios de segurança, oxidação de elementos estruturais,
escapes, etc). Cada pingo de óleo perdido contamina a alimentação de água.
Verificar os apertos e estanquecidade dos tanques de óleo e água (protecção
ambiental).

Manual Funcionamento e Segurança 29


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.9.2 Teste de arranque

Pelo menos uma vez por turno de trabalho, inspeccionar a máquina/instalação


procurando possíveis danos e falhas visuais.
Informar de imediato o pessoal/autoridade competente de qualquer anomalia
verificada, incluindo comportamento anómalo durante o trabalho). Se necessário,
parar e bloquear a máquina imediatamente.

O operador da máquina deve inspeccionar a máquina procurando falhas visíveis


antes de iniciar cada trabalho. Deverá igualmente verificar a correcta operação de
todos os controlos e dispositivos de segurança e, em particular, o corte de funções
em EMERGÊNCIA.

2.9.3 Botão de paragem em EMERGÊNCIA

Quando se carrega o botão de EMERGÊNCIA ele permanece bloqueado.


Quando se roda o botão de EMERGÊNCIA, no sentido dos ponteiros do relógio, ele
solta-se.

Todos os dispositivos de segurança e prevenção de acidentes (sinais de aviso e


indicadores, grelhas de tecto, coberturas de protecção, etc.) devem estar instalados.
Não devem ser retirados da máquina, alterados ou danificados. Todos os
dispositivos de segurança devem actuar correctamente.

Colocar todos os dispositivos de controlo na posição “0” antes de mudar o modo de


controlo (bloco de controlo, consola de controlo e controlo remoto). Pressionar o
botão de EMERGÊNCIA.

Doutro modo a máquina pode efectuar movimentos inesperados.

1. STOP : Botão de paragem em EMERGÊNCIA


(Para desbloquear : Rodar no sentido dos ponteiros do relógio)
2. Desligar a ficha do controlo remoto
3. Proteger contra uso indevido

Manual Funcionamento e Segurança 30


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Para retornar ao serviço, desbloquear o botão de EMERGÊNCIA rodando-o no


sentido da seta.

Não abandonar o controlo remoto quando a máquina está pronta para trabalhar. Em
casos excepcionais, quando isto é inevitável, pressione o botão de EMERGÊNCIA,
retire o controlo remoto e armazene-o em local fechado á chave para evitar danos
causados por outros.

2.9.4 Materiais consumíveis

A preparação da máquina também inclui o seu abastecimento com materiais


consumíveis.

Níveis de água, óleo e combustível.

Perigo

Óleo, combustível e outros materiais consumíveis podem ser


prejudiciais á saúde quando e se eles entrarem em contacto com a
pele, olhos, etc.
Consequentemente, quando se manuseiam materiais consumíveis que
sejam tóxicos, cáusticos ou agressivos da saúde humana, usar sempre
o equipamento de protecção pessoal e observar as indicações dadas
pelo fabricante.

Os níveis devem ser verificados sempre com a máquina colocada em solo plano,
pronta a ser operada.

Perigo de explosão

Não abasteça a máquina com combustível em locais fechados.


Desligue o motor e o aquecimento. Limpe imediatamente qualquer
perda ocasional de combustível, com um pano absorvente.
Quando manusear combustível, não fumar ou acender isqueiros.
Perigo de fogo ou explosão.

Manual Funcionamento e Segurança 31


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.9.5 Re-arranque

Quando voltar a arrancar com a máquina, proceder de acordo com as instruções de


serviço.

2.10 Localização

Antes de iniciar o trabalho, familiarizar-se com o ambiente no local de trabalho.


O local de trabalho inclui, por exemplo, obstáculos na área de passagem ou de
trabalho, resistência do solo e medidas apropriadas de protecção na zona para
transporte público.

Nota

Apesar de tudo, a pessoa responsável pela segurança do local é o


condutor.
Deve verificar-se o local e rejeitá-lo se existirem quaisquer dúvidas
relativas a segurança.

2.10.1 Área de trabalho

Área de trabalho entende-se como o espaço no qual o trabalho vai ser realizado,
com ou na máquina.

A inspecção de trabalho, é usualmente responsável por determinar e condicionar


devidamente, a localização da máquina.

Perigo

Qualquer pessoa que se mantenha na área de trabalho sem


autorização pode correr risco de grave acidente.
Consequentemente, balize a área de trabalho e mantenha-a sob
permanente observação.

Manual Funcionamento e Segurança 32


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Se esta área é acessível a pessoas não autorizadas, pare o trabalho mediatamente
pressionando o botão EMERGÊNCIA.

¾ A inspecção de trabalho informará qual a carga permitida no solo.

¾ Verifique o caminho de acesso ao local antes de iniciar a condução. Se


for necessário inverter a marcha, procurar ajuda exterior.

¾ No acesso e localização da máquina, mantenha as correctas distâncias a


valas, paredes, poços, etc.

¾ Certifique-se que há suficiente espaço para estender as sapatas de


suporte da máquina.

¾ Certifique-se que há suficiente espaço para estender o braço de


projecção de betão.

¾ No modo de transfega, verifique que o local é bem ventilado. Fumos de


escape são prejudiciais á saúde.

Perigo de envenenamento

Os fumos de escape contêm componentes que podem ser letais ou


cancerígenos. Instale a máquina num local suficientemente ventilado
ou certifique-se que os gases de escape têm um meio de saída da área
de trabalho.

Manual Funcionamento e Segurança 33


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.10.2 Espaço necessário

As sapatas de apoio e suporte da máquina devem ser estendidas tolamente.

Inspeccionar também o acesso ao local. Se não se estiver bem ciente que o acesso
seja o indicado, percorre-lo a pé primeiramente. Antes de deixar o trabalho, deverá
repetir o percurso para se certificar de alguma alteração no mesmo.

Se for necessário alcançar o local em marcha-atrás, pedir sempre ajuda a um


terceiro. Se necessário, varrer o acesso e pedir a um auxiliar para o tornar seguro.
Pedir ao chefe do pessoal para retirar qualquer material ou equipamento que
bloqueiem a rampa de acesso.

¾ Os assistentes não devem permanecer dentro do raio de acção da


máquina.

¾ Ter em atenção os cabos de alta tensão.

Manual Funcionamento e Segurança 34


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.10.3 Distância máxima a escavações

A carga transmitida ao solo, é repartida por cada sapata de apoio, segundo um cone
com abertura de 45º.
Este cone imaginário não deve exceder os limites duma zona escavada, quando
existente.

A mínima distância “A” da máquina à escavação é de;

- 1 m para um peso máximo autorizado até 12t ,


- 2 m para um peso máximo autorizado acima de 12t .

2.10.4 Distância de segurança

Mantenha um afastamento de
segurança suficiente, de escavações,
muros, tubagens, linhas aéreas de
alta tensão e outros obstáculos.
A carga transmitida ao solo por cada
sapata, é distribuída cónicamente
segundo uma abertura de 45º. A
distância de segurança a ser mantida
depende do tipo de solo.

A distância de segurança é medida a partir do fundo da escavação.


Num solo instável ou num solo remexido, a distância de segurança a ser
considerada é o dobro da altura ao fundo da vala.

Num solo natural e firme, a distância de segurança deve ser igual à altura da vala.

Manual Funcionamento e Segurança 35


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.10.5 Solo

O solo deve ser plano. Onde aplicável, uma superfície plana deve ser preparada
para o efeito. A sapata não deve ser colocada sobre zonas ocas.

Precaução: o solo sob asfalto, placas de betão, etc., pode ter ocos encobertos.

O solo deve ser sempre condicionado de acordo com o acima indicado,


independentemente do tipo de placa de apoio da sapata.

Verifique a estabilidade durante a operação da máquina permanentemente.

Não coloque as placas das sapatas em declives,


em ocos ou em solos desiguais.

2.10.6 Força angular de suporte

Verifique a resistência do solo. A inspecção de


trabalho deve especificar a pressão autorizada no
solo. Em cada sapata da máquina, está indicada a
carga angular máxima, permitida.

A placa com a indicação deve sempre estar visível.

Manual Funcionamento e Segurança 36


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.10.7 Superfície de suporte

Se necessário, use bases de suporte para aumentar a superfície de apoio. As bases


devem estar em perfeitas condições e isentas de gelo, óleo, lubrificantes, etc.

Quando se usam troços de barrotes de madeira para apoio, estes devem estar
unidos formando uma superfície única e sobre eles assentará a placa de suporte. A
placa de suporte da sapata assentará sobre o conjunto de modo a que a carga seja
repartida igualmente por toda a superfície e se evite assim a possibilidade de deslize
lateral do conjunto.

Placas de suporte

A Sika-Putzmeister fornece placas de suporte.


A medida destas placas de suporte é de 60 x 60 cm.

Exemplo de cálculo

Carga angular máx. na sapata


Carga máxima permitida no solo = ----------------------------------------
Superfície da placa de suporte

1º exemplo de cálculo

Carga permitida no solo, indicada


Pela inspecção de trabalho 600 kN/m2

Superfície da placa de apoio 600 cm2

Carga angular frontal de apoio


da máquina 100 kN

¾ Pressão máxima possível no solo 1.667 kN/m2

No exemplo, a pressão máxima possível no solo é superior à carga admissível para


o mesmo.
Assim, devem ser colocadas placas de suporte de modo a aumentar a superfície de
apoio.

Manual Funcionamento e Segurança 37


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2º exemplo de cálculo

Carga permitida no solo, indicada


pela inspecção de trabalho 600 kN/m2

Superfície da placa de apoio 3.600 cm2

Carga angular frontal de apoio


da máquina 100 kN

¾ Pressão máxima possível no solo 278 kN/m2

Neste exemplo, é suficiente o uso das placas da sapata.

Nota

Se as forças angulares de suporte não corresponderem exactamente


aos valores indicados na tabela, considere o valor imediatamente
superior (por exemplo, a força angular real é = 180 kN; na tabela,
seleccione a dimensão de aresta na coluna dos 200 kN).

Manual Funcionamento e Segurança 38


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.11 Suporte da máquina

Perigo

O braço de projecção não deve ser levantado até que a máquina tenha
sido correctamente apoiada nos seus suportes. Evite acidentes.

Nivele horizontalmente a máquina em todas as direcções. A inclinação máxima


permitida é de 3º. Qualquer inclinação acima deste valor sobrecarregará o
mecanismo de rotação do braço e dará lugar á instabilidade da máquina.
Se um ou mais suportes ficam fora do solo quando o baço de projecção está em
movimento, reajuste a posição da máquina. Todos os suportes devem permanecer
fixados em posição e em contacto permanente com o solo.

Nível de bolha

Inclinação admirável da máquina, zona circular entre 0 e 3º

Nota

A 5cm do solo. Para reduzir vibrações causadas pela viação da


bombagem, as rodas traseiras podem tocar ao de leve no solo.

Manual Funcionamento e Segurança 39


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.11.1 Área de risco

Quando a máquina está a ser


apoiada, a área de risco é o
espaço onde as sapatas estão
a ser estendidas.

Perigo de esmagamento

A área de extensão da sapata hidráulica é uma zona de risco de


esmagamento.
Consequentemente, bloqueie esta zona de risco.
Mantenha esta zona sob constante vigilância.
Se alguém se aproximar desta área de perigo, pare o trabalho
imediatamente e carregue no botão de EMERGÊNCIA.

Há também risco de acidentes resultantes do movimento inesperado dos macacos


hidráulicos das sapatas, especialmente se o ar não foi sangrado do circuito
hidráulico.

Manual Funcionamento e Segurança 40


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.12 Braço de pulverização

2.12.1 Abertura do braço

O braço não deve se estendido da posição de transporte até que ele seja
devidamente suportado e sempre apoiado como indicado nas instruções de serviço.

2.12.2 Ventos fortes e tempestades

Em caso de ventos fortes e tempestades, recolher o baço para a sua posição de


transporte,

- Com braços de alcance vertical, a máquina não deve trabalhar contra ventos de
força 8 (ventos com 62 km/h ou superiores).

Velocidades de vento de acordo com a escala de Beaufort têm velocidades médias


durante períodos de 10 minutos.

Durante estes períodos, poderão ocorrer picos de ventos mais fortes.


Ventos mais fortes comprometerão a estabilidade e segurança dos componentes. No
caso de tempestade, haverá também o perigo de relâmpagos.

As gruas nos locais de trabalho normalmente dispõem de indicadores de velocidade


de vento, de modo a permitir ao operador saber a velocidade do vento em qualquer
momento. Se não existe um indicador de velocidade de vento (anemómetro), esta
velocidade pode ser verificada com a estação meteorológica mais próxima ou
estimada como a seguir se indica;

Regra prática

A uma força de grau 7 as folhas das árvores são arrancadas e é difícil andar no
exterior.

Quando o grau é 8, o vento quebra pequenos galhos de árvores e é muito difícil


andar a pé no exterior.

Manual Funcionamento e Segurança 41


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.12.3 Posição de transporte

O deslocamento da máquina não deve ser feito com o braço na posição estendido; o
veículo se tal ocorrer pode capotar ou sofrer graves danos estruturais.

Posição correcta de transporte!

ABSOLUTAMENTE PROIBIDO!
O veículo não pode ser conduzido
com o braço estendido.

CIRCUNSTÂNCIAS EXCEPCIONAIS!
O veículo pode ser conduzido
cuidadosamente, em 1ª velocidade,
com os braços telescópicos
recolhidos.

Manual Funcionamento e Segurança 42


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.12.4 Cargas

O braço nunca deve ser usado como equipamento de elevação (grua) para içar ou
transportar cargas.

2.12.5 Assistente

Convém pedir sempre ao encarregado do pessoal, para disponibilizar um


ajudante/observador.
Acerte com ele um código inequívoco de sinais manuais ou outro tipo de sinais para
comunicação gestual entre ambos.

A presença deste observador é particularmente importante para o operador se ele


trabalha com o braço usando um controlo remoto.

Consequentemente, a posição do observador deverá ser tal, que possa ver


totalmente, a operação do braço.

Contudo, como operador da máquina, este deverá controlar toda a área de descarga
do material.

2.12.6 Movimento do braço

O braço não deverá ser movimentado sobre pessoas (tomar especial cuidado nestes
casos), a menos que a extremidade da mangueira esteja vazia. Perigo de queda de
cimento.

Ferimentos na cabeça e ombros resultantes da queda de cimento proveniente da


cabeça de projecção quando o braço se move a altura elevada, por cima do pessoal
(mesmo quando a bomba está desligada).

Ferimentos nos operadores como resultado de operações acidentais do controlo da


ponta do braço, consequentemente, não desejados movimentos do braço de
projecção de betão.

Se o braço efectuar um movimento descontrolado, por exemplo, ao pretender-se


executar a função de retorno e o braço de projecção executa uma função diferente,

Manual Funcionamento e Segurança 43


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
carregue no botão de paragem em EMERGÊNCIA. . Isto pode dever-se a uma falha
eléctrica (relé colocado incorrectamente ou descarga nos contactos da ligação) ou
ainda válvulas atoladas. Nestes casos, deve parar de imediato com o trabalho e
deixar que o pessoal da oficina de apoio ou serviços técnicos corrijam a falha.

2.12.7 Área de trabalho autorizada/Obstáculos

Acima de tudo, mantenha a correspondente distância de segurança a postes,


andaimos, etc.

Se pretende calcular os movimentos do braço correctamente e, em particular, as


distancias entre o braço e os obstáculos e linhas aéreas de transporte de energia
eléctrica, deve colocar-se tão próximo do braço quanto possível, quando ele está na
posição estendida. Há uma área de queda perigosa de materiais na zona
imediatamente por baixo da operação do braço, bem como por baixo da cabeça de
projecção.

Evitar qualquer movimento brusco do braço. Os seguintes exemplos, tais como a


sobrecarga na ponta do braço pode causar avarias e acidentes;

- Elevação e transporte de cargas,


- Uso do braço para empurrar, por exemplo, retirar um obstáculo da estrada,
- Bater com a extremidade do braço contra objectos.

É proibido ao braço e cabeça baterem de encontro a objectos.

Manual Funcionamento e Segurança 44


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

É proibido içar e transportar cargas na ponta do braço.

2.13 Pulverização

Antes de ligar ou arrancar com a máquina/instalação, certifique-se que ninguém está


em perigo com esta operação.

Realize as operações de ligar e desligar e observe as luzes piloto de controlo de


acordo com as instruções de serviço.

2.13.1 Consola de trabalho

É proibido subir à máquina quando esta está pronta para trabalhar.

O controlo remoto está na consola durante a projecção. É proibido subir á máquina


se ela estiver em operação.

Manual Funcionamento e Segurança 45


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.13.2 Responsabilidades

Durante a operação da máquina, o operador é responsável por toda a área de


trabalho e não só pela máquina em si mesma.
O seu campo de visão deve cobrir toda a área, caso contrário pedir a ajuda de um
assistente para o exterior.

Sempre que trabalhar em andaimos, pontes e diferentes zonas de edifícios, utilize o


arnês e dispositivos similares de segurança, para evitar quedas.

Não trabalhe em nenhuma situação que possa colocar em causa a estabilidade da


máquina.

Nota
Não trabalhe nunca em situação que colida ou rompa com os regulamentos de
segurança.

2.13.3 Ruído

Manter fechadas todas as coberturas, portas de inspecção, etc. durante a operação


da máquina.
Riscos de acidente provenientes das peças móveis da máquina e riscos resultantes
do excesso de ruído.

2.13.4 Partes móveis da máquina

Se a máquina está a trabalhar ou mesmo parada, nunca meta a mão no misturador,


mecanismo de transmissão, mecanismo de pré-compressão, caixa de água, tubo de
trasfega ou qualquer outra peça móvel da máquina. Lesões podem ocorrer ao
introduzir a mão na correia trapezoidal, nas pás da ventoinha ou no dínamo quando
estão a funcionar.

¾ Quando é necessário trabalhar no agitador, primeiro que tudo desligue o


motor e descarregue a pressão do acumulador do sistema hidráulico,
quando usado. Prestar atenção ao sinal de perigo na caixa do agitador.

Manual Funcionamento e Segurança 46


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

¾ Aperte a grelha aberta para garantir que ela não se feche acidentalmente.

¾ Nunca trabalhe sob quaisquer condições sem que a grelha do agitador


esteja aberta.

¾ Não se sente na grelha.

¾ Nunca introduza através da grelha, objectos (cabo de pá, , colher de


pedreiro, agulhetas de limpeza de alta pressão, etc.). o agitador pode
agarrar esses objectos e sacá-los da sua mão, com o consequente risco de
ferimento.

2.13.5 Condutor do camião betoneira

Como condutor da máquina, deve instruir os condutores do camião betoneira que


alimentam a máquina com betão.
Não deixar que os condutores desses camiões, trabalhem como bem entendem, até
que tenha a certeza de que eles tenham mostrado terem entendido bem as
instruções.

Certifique-se que ninguém permanece entre o camião misturador de betão e a


máquina – risco de esmagamento. Risco de ferimento por esmagamento com o
camião misturador ou partes do camião.

Para se evitar o espirrar de betão pela sucção de ar, o nível do betão na tremonha
do agitador, deve estar sempre acima do eixo do misturador.

Manual Funcionamento e Segurança 47


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.13.6 Falhas

Observar a máquina permanentemente durante a operação para verificar falhas e/ou


avarias. Se não é possível corrigir essas falhas/avarias que ponham em risco a
segurança geral, deve parar a operação até que as falhas/avarias tenham sido
corrigidas.
Em caso de falha operacional, pare a máquina/instalação imediatamente e bloqueie-
a. Proceda à reparação imediata das falhas.
Pare a operação imediatamente se a falha ocorre e provoca redução substancial da
segurança.

2.13.7 Controlo remoto

Tão rápido o interruptor geral tenha sido desligado, deve manter consigo o controlo
remoto seja em que circunstância for.
Este é o único modo de garantir que em caso de emergência pode actuar o botão de
EMERGÊNCIA.
Para voltar a arrancar com a máquina, o botão de paragem por EMERGÊNCIA
somente pode ser desbloqueado (rodado no sentido dos ponteiros do relógio)
quando a causa/emergência tenha sido corrigida.

Botão de EMERGÊNCIA

Não abandone o controlo remoto quando ele está activado.


Transporte-o de modo a que acidentalmente ele não possa ser activado.
Imediatamente substitua qualquer cabo danificado do controlo remoto.

Quando o trabalho acabou, deverá,

¾ Desligar o cabo do controlo remoto,

¾ Desligar e premir o botão de EMERGÊNCIA no controlo remoto.

¾ Proteger o controlo remoto de usos não autorizados.

Manual Funcionamento e Segurança 48


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.13.8 Uso não-autorizado

Quando abandonar o seu posto de condução, certifique-se que a máquina não pode
ser deslocada sem intenção ou usada indevidamente por pessoal não autorizado.

Nunca abandone a máquina com o motor em funcionamento ou haja a possibilidade


de ser posto em marcha sem a devida autorização.

Garanta sempre que a máquina não é usada por pessoal não autorizado, mesmo
antes de a abandonar.

Isto significa;

¾ Deve recolocar o braço na posição de transporte,


¾ Deve desligar a bomba e o motor,
¾ Deve retirar o controlo remoto
¾ Deve fechar o painel de controlo

Garanta que a máquina não vai efectuar movimentos bruscos e arranque indevido
quando a abandonar;

¾ Trave a máquina com o travão de mão,


¾ Retire a chave da ignição.

2.13.9 Enrolador de cabo

Certifique-se quando usa o enrolador de cabo que não há pessoal ou objectos na


zona de risco

Manual Funcionamento e Segurança 49


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Atenção

Não use o enrolador de cabo como guincho, ma vez que ele pode ser
seriamente avariado.

2.14 Linha/Mangueira de descarga

Se a máquina tem uma linha de descarga.

2.14.1 Espessura da parede

Verifique a espessura da parede da linha de


descarga de acordo com as especificações e com a
ajuda de um medidor de espessura. Sob condições
extremas, uma verificação diária pode ser
necessária.

2.14.2 Auscultação da linha de descarga

A tubagem de transporte pode ser auscultada com a ajuda de um cabo de martelo.

Durante o processo de limpeza, bater na tubagem de transporte, pouco antes da


boca de limpeza com um objecto de madeira (cabo do martelo). Não é recomendável
fazê-lo com outro objecto mais duro, já que se podem provocar mossas na tubagem.
Se houver betão na tubagem de transporte, que aumente a espessura da parede, ao
bater escutam-se sons profundos e baixos. Uma vez que o betão e a esponja
tenham já passado o ponto em que se está a bater, escutam-se sons altos e claros.

Este método contudo não deve ser usado quando se trata de tubagem de duas
camadas.

Manual Funcionamento e Segurança 50


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.14.3 Rotação da tubagem de transporte

Para aumentar a vida útil da linha de transporte, depois de 1/3 da sua duração, todos
os tramos devem ser rodados 120º e os acessórios em ângulo de 180º no sentido
dos ponteiros do relógio. Tenha em atenção a mínima espessura da parede e
pressão correcta.

2.14.4 Máxima espessura da parede

Se a tubagem e acessórios angulares não têm a parede mínima admissível, devem


ser substituídos. Esta espessura de parede depende da pressão máxima possível
produzida pela bomba. Perto da bomba, instale somente tubagem nova, uma vez
que nesta zona a pressão do betão é elevada.
A projecção de betão a uma pressão elevada e acima dos 85 bares, através da
tubagem de transporte e braço de projecção é totalmente proibida.
Para o transporte a alta pressão ligue a bomba somente a uma linha controlada.
Linhas de alta pressão requerem precauções especiais e conhecimentos, bem
como, materiais apropriados.
Deve ser somente realizado exclusivamente sob o controlo e supervisão de um
técnico experiente.
Contacte-nos para informação complementar em quaisquer dos casos.
Recordar que a presença de um bloqueamento na tubagem, coloca o sistema de
transporte de betão sob máxima pressão.

2.14.5 Entupimento

Evitar a formação de bloqueamentos na tubagem. A correcta limpeza da tubagem de


transporte é o melhor meio de evitar bloqueamentos.
Entupimentos na tubagem aumentam o risco de acidentes.

Perigo

Sob nenhuma circunstância deverá tentar desobstruir a tubagem


usando ar comprimido. Há o risco de morte devido ao rebentamento da
tubagem.

Manual Funcionamento e Segurança 51


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
O risco de acidentes, é provocado pelo rebentamento de acoplamentos, tubagens ou
betão projectado pelo rebentamento da tubagem, terminal da linha ou tremonha da
bomba.

Tente desentupir a tubagem bombeando num e noutro sentido repetidamente.

Se o entupimento não se dissolver, despressurize totalmente o sistema,


especialmente as linhas de transporte e retire a secção entupida.

2.14.6 Abertura da linha de transporte

Em nenhuma circunstância deve auscultar uma linha sob pressão.


O betão bombeado para fora sob pressão pode causar acidentes no pessoal.
Antes de se abrir uma tubagem, despressurizar a coluna de betão por sucção com a
própria bomba.

Recorde que a sucção com a bomba não retira ou dissolve o entupimento. Aquando
da abertura coloque-se do lado do aperto da tubagem. Não trabalhe dobrado
directamente sobre a tubagem em nenhuma circunstância.
Limpe a área de risco dos trabalhadores no exterior.
A linha de transporte separada que permaneça na zona de risco do pessoal, a uma
distância inferior a 3m deve ser coberta com uma cerca de madeira ou placas de
metal, etc.

Manual Funcionamento e Segurança 52


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.15 Limpeza

Se a máquina necessita de ser retirada para trabalhos de limpeza, tome em


consideração as seguintes instruções;

A máquina deve ser retirada na posição de transporte.

O braço de operação e sapatas de apoio nunca deverão ser estendidas quando a


máquina se desloca de uma posição para outra, nem mesmo em pequenas
distâncias.

ABSOLUTAMENTE PROIBIDO !

O veiculo não deve ser conduzido com o braço na posição estendido.

EM CONDIÇÕES EXCEPCIONAIS !
O veículo pode ser conduzido cuidadosamente, em 1ª velocidade, com os braços
telescópicos recolhidos.

Despeje as linhas completamente, bem como os cilindros e a tremonha.

Manual Funcionamento e Segurança 53


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Perigo

Risco de betão ser projectado da tremonha.

2.15.1 Ambiente

Certifique-se que os materiais consumíveis e auxiliares, conjuntamente com peças


usadas, são deitadas fora de modo a não causar poluição.

Limpe a máquina em local apropriado para evitar desnecessários danos ambientais.

2.15.2 Remoção do restante betão

Despeje a tremonha.

¾ Cuidado com os detergentes agressivos. Vista roupa de protecção. Os


ácidos atacam os componentes em borracha.

¾ Não use produtos facilmente inflamáveis para limpeza (petróleo, etc.).


Perigo de incêndio.

¾ Não use água do mar para limpeza do tanque e caixa de água.

¾ Mantenha a zona de trabalho e ferramentas limpas e arrumadas.

¾ Use as pegas e apoios para pés para subir e descer da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 54


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
¾ Mantenha os apoios de pés, plataformas, dispositivos de controlo, etc.
limpos de óleo, neve e gelo. Perigo de queda e perigo devido a operação
incorrecta.
¾ Perigo se houver superfícies escorregadias na máquina como resultado de
massas lubrificantes ou óleo.
¾ Perigo de acidentes devido a subida por cabos, mangueiras e outros
elementos.
¾ Perigo de queimadura por contacto com peças quentes da máquina, tais
como, sistema de gases de escape motor em operação.
¾ Não meta a mão na máquina quando o motor está em funcionamento.
Perigo de corte e esmagamento.

¾ Desligue a máquina se necessita de trabalhar no agitador e bloqueie-o


para prevenir que pessoas não autorizadas, o possam por em movimento.
Proceda de igual modo se abrir a tomada por baixo da tremonha.
¾ Não retire a grelha que tapa a tremonha de carregamento da bomba.
¾ Andar por cima da grelha é expressamente proibido.
¾ Introduza somente o jacto de água, mas não a agulheta de alta pressão,
nos cilindros ou noutras partes da máquina em movimento.

2.15.3 Limpeza da linha de transporte

A linha de transporte pode ser limpa com água sob pressão ou sucção de ar usando
os correspondentes dispositivos de limpeza.
Por razões de segurança do pessoal, a Sika-Putzmeister recomenda não usar ar
comprimido para limpar as bombas de betão com os braços de operação.
A Sika-Putzmeister declina quaisquer responsabilidades por avarias que possam
advir da limpeza do sistema com ar comprimido.

Nota

Durante o processo de aspiração, o agitador deve estar ligado. Doutro


modo, o betão que retorna à tremonha pode curvar o veio do agitador.

Encha a tremonha com água para limpar a linha de transporte.

Manual Funcionamento e Segurança 55


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Use um tubo de recepção, um tubo limpo e bolas para limpeza.

Introduza somente o jacto de água, mas não a agulheta de alta pressão, nos
cilindros ou noutras partes móveis da máquina.

Não retire a grelha que tapa a tremonha de carregamento da bomba.

Regularmente drene a linha de transporte com água sob pressão.

Manual Funcionamento e Segurança 56


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.16 Transporte – Movimento

2.16.1 Posição de transporte

Coloque a lança na posição de operação. Movimente o braço na ordem indicada.


Uma falha nesta acção pode causar ferimento.

Perigo

A máquina não está autorizada a circular em auto-estradas. Para que o


possa fazer, terá de ser modificada de acordo com os dispositivos
indicados na legislação em vigor no país onde a máquina opere.

A máquina necessita de transporte especial para mercadorias (trailer).


O veículo tractor deve possuir suficiente potência. Não esquecer a carga por eixo e
outras indicações dadas pelo fabricante do veículo tractor. Em nenhuma
circunstância deve ser autorizado que o peso máximo seja excedido.

¾ Feche as válvulas de fecho do circuito hidráulico nos macacos das sapatas


de suporte. O abrir rápido do macaco da sapata durante o movimento pode
causar sérios acidentes de tráfico.
¾ Aperte bem os parafusos
¾ Antes de iniciar o trabalho, verifique se os travões, direcção e sistema de
luzes, estão a trabalhar em boas condições.
¾ Limpe os pneus, luzes e símbolos. Inspeccione o perfil dos pneus tendo
em atenção a presença de pedras, etc.
¾ A linha de transporte, acoplamentos e mangueiras devem devidamente
apertadas para evitar qualquer abertura automática.
¾ Recordar acender as luzes se a visibilidade é fraca o se está escuro.

Manual Funcionamento e Segurança 57


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.16.2 Inclinações laterais e longitudinais (pendentes)

Conduza cuidadosamente ao longo de inclinações laterais. Recorde que quando se


circula ao longo de terrenos inclinados ou em subidas ou descidas, a altura do centro
de gravidade dos veículos aumenta.

O máximo gradiente admissível antes da máquina entrar em risco é,

¾ Transversal 25º

¾ Longitudinal 30º

Seleccione a engrenagem correcta quando circular por inclinações laterais ou


subidas e descidas. Mude para a velocidade mais baixa antes de atingir o cimo da
subida e não quando já está nesse ponto.

2.16.3 Carregamento

Use somente os meios indicados para transporte e gruas com suficiente capacidade
de carga.

Use somente os olhais para suspensão da máquina.

Utilize somente rampas estáveis e compactas para as operações de carga e


descarga da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 58


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Certifique-se que ninguém está em perigo durante a operação, devido ao deslize da
máquina ou capotamento da mesma.

O grau de inclinação da rampa deve ser inferior ao gradiente máximo da máquina.

Avisos de queda

Use somente os olhais designados para a suspensão da


máquina.

Em nenhuma circunstância permaneça por baixo duma carga suspensa.

Perigo
Prenda bem a máquina no veículo transportador, de modo a
evitar que ela se desloque, ou capote.

2.16.4 Acessórios

Antes de mudar a posição da máquina, certifique-se sempre que os acessórios estão


acondicionados num local á prova de acidentes.

¾ Armazene os acessórios soltos, de modo a que eles não possam afectar o


movimento da máquina.

¾ Não exceda a carga máxima autorizada.

2.16.5 Altura e peso do veículo

Quando circule por baixo de passagens aéreas, túneis, pontes, ou sob linhas aéreas
de transporte de energia, etc., certifique-se que guarda a suficiente distância para
evitar toques com a máquina.

Guarde sempre a distância suficiente de bordas de água ou paredes/muros.

Mantenha em mente a altura do veículo.

Manual Funcionamento e Segurança 59


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Vaus, pontes e outras superfícies devem ser atravessadas somente se elas
apresentarem suficiente resistência.

2.16.6 Manutenção

Devem ser sempre observadas, as actividades e termos para ajustes, manutenção e


inspecção, de acordo com as instruções de serviço, incluindo as indicações dadas
para substituição de peças da máquina.
Estas actividades devem ser exclusivamente entregues a pessoal técnico qualificado
para o efeito.

As máquinas que não tenham sido devidamente verificadas ou reparadas, não


garante a sua operacionalidade e correspondente segurança de quem com ela
trabalha.

A Sika-Putzmeister adverte terminantemente contra todas as incorrectas reparações.


Estas reparações devem ser entregues a pessoal qualificado dos serviços técnicos
da Sika-Putzmeister.

Mantenha os certificados de aprovação que vêm com a máquina num local seguro.
O utilizador é responsável pelo funcionamento correcto do acumulador hidráulico e
pelo cumprimento integral dos intervalos de inspecção legais.

Informe o serviço de pessoal antes de iniciar um trabalho especial e serviço. Indique


um supervisor.

2.17.1 Trabalho especial

Devem ser observados todos os trabalhos que afectem e operação da máquina,


adaptação à produção, a mudança de equipamentos ou ajustes na
máquina/instalação e todos os mecanismos de segurança a eles relacionados, bem
como a inspecção, manutenção e reparação, os processos de ligar e desligar como
indicado nas instruções de serviço e as indicações dadas relativamente ao trabalho
de manutenção.

Todas as soldaduras efectuadas nos elementos de suporte, devem ser realizados


exclusivamente por pessoal autorizado pelo fabricante. O trabalho deve ser
inspeccionado por um especialista em soldadura.

Manual Funcionamento e Segurança 60


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Os cabos de terra e a máquina de soldar devem de estar sempre ligados
directamente a uma zona onde os trabalhos vão ser realizados. A corrente de
soldadura não deve passar através de juntas, cilindros, etc.
Faíscas soltas, podem causar sérios ferimentos.

Certas peças, tais como, bombas, válvulas e placas electrónicas, são fornecidas
com uma regulação base de fábrica. Uma vez instalados na máquina, devem ser
reajustados de acordo com as indicações dadas no diagrama eléctrico na folha de
características da máquina.

2.17.2 Antes de qualquer trabalho

Antes de realizar qualquer trabalho na máquina, desligue a bomba e motor e


bloqueie a máquina para que ela não possa ser posta a trabalhar por qualquer
pessoa não autorizada. Desligue o controlo remoto e guarde-o num local seguro
para evitar o seu uso indevido por terceiras pessoas.

Desligue a máquina se necessita de trabalhar no agitador e bloqueie-o para evitar


que pessoal não autorizado arranque com a máquina. Despressurize o acumulador
hidráulico. Faça o mesmo se abrir a saída por baixo da tremonha.

Se a máquina/instalação está totalmente desligada paras se proceder a trabalhos de


manutenção e reparação, deverá ser bloqueada para evitar que seja acidentalmente
ligada.

¾ Feche o painel de controlo e retire a chave

¾ Coloque um sinal de aviso no interruptor principal ou

¾ Coloque um sinal de aviso no painel de controlo enquanto se procede a


trabalhos na máquina. Evite que pessoal não autorizado tenha acesso á
máquina.

Não meta a mão na tremonha, mecanismo de trasfega, mecanismo de pré-


compressão, caixa de água, retorno de betão ou qualquer outro órgão da máquina
em movimento.
Isto aplica-se estando a máquina em operação ou desligada.
O motor deve ser o primeiro a ser desligado e o acumulador hidráulico, se existente,
deve ser despressurizado. Preste atenção ao sinal de aviso na tremonha do
agitador.
Aperte a grelha aberta para se certificar que ela acidentalmente não fecha.

Manual Funcionamento e Segurança 61


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.17.3 Barreiras de Posicionamento

Coloque barreiras, se necessário, num perímetro suficientemente abrangente à volta


da área de manutenção.

2.17.4 Estabilidade

Todos os trabalhos de manutenção e reparação devem ser realizados


exclusivamente com a máquina colocada numa superfície sólida e plana e segura no
que respeita a movimentos acidentais e afundamentos.

Todos os trabalhos de manutenção e reparação no braço, devem ser efectuados


exclusivamente com o braço apoiado em suporte próprio, o motor desligado e as
sapatas de suporte estendidas e fixadas.

2.17.5 Limpeza

No início dos trabalhos de manutenção ou reparação, é necessário, limpar a


máquina, especialmente os acoplamentos e seus ligadores, retirando o óleo,
combustível e preservantes. Não usar detergentes agressivos. Use roupas que não
larguem fibras.

Tenha cuidado com os detergentes agressivos. Use roupa de protecção, o ácido


ataca os componentes em borracha.

Manual Funcionamento e Segurança 62


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Perigo de explosão

Não utilize produtos de limpeza facilmente inflamáveis, como por


exemplo o petróleo.

Em nenhuma circunstância deve usar água salgada para fins de limpeza da


máquina.
Depois da limpeza, verifique todas as tubagens de combustível, óleo motor, óleo
hidráulico, para detectar fugas, acoplamentos aliviados, desgastes ou falhas.
Imediatamente corrija qualquer falha encontrada.

Não projecte água para o painel eléctrico.

A água que escorra em qualquer parte da maquia não tem nenhum efeito agressivo
sobre ela.
O painel eléctrico está protegidos contra salpicos de água , mas não é à prova de
água.

Depois da limpeza, retire completamente as protecções de cobertura que foram


instaladas para protecção das aberturas.

2.17.6 Dispositivo de grua/tracção

Quando da troca de peças e unidades já de certa dimensão, estas devem ser


solidamente apertadas a um equipamento de elevação seguro, de modo a não
criarem situações de risco de ferimento.

Manual Funcionamento e Segurança 63


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Use somente os equipamentos indicados para o efeito e que estão em perfeitas
condições técnicas e capacidade suficiente para movimentar cargas.

O içar de cargas e a orientação dos condutores da grua ou equipamento similar,


deve ser efectuada por pessoal experiente. A pessoa que orienta o condutor do
equipamento de elevação deve estar em local que possibilite o contacto visual e/ou
verbal com o condutor.

Quando a trabalhar com gruas, as condições padronizadas para prevenção de


acidentes devem ser escrupulosamente cumpridas.

Apoie o braço quando trabalhar nas válvulas, cilindros ou tubagem hidráulica do


mesmo.

Riscos de ferimentos por queda de peças do braço, podem ter lugar, quando os
blocos estão abertos antes do correspondente braço ter sido seguro.

2.17.7 Consola de comando

Quando o trabalho de montagem tem de ser realizado a uma altura superior à do


operário, as correspondentes plataformas ou escadas, deverão ser usadas e
estarem de acordo com os padrões de segurança. Não use peças da máquina para
apoio destes auxiliares.
Quando trabalhar em altura, use sempre os dispositivos de segurança. Mantenha
todas as pegas, degraus, trilhos, apoios de pés, plataformas e escadas, isentas de
gordura, óleo, neve e gelo.

¾ Use as pegas e os apoios de pés para subir e descer da máquina.


¾ Andar por cima da grelha é proibido.

2.17.8 Controlo

Aperte sempre os parafusos de ligação que foram desapertados durante a


manutenção e reparação, com o aperto correcto (ver também capitulo de
manutenção).

Risco de ferimentos devido à queda de materiais pelo desaperto parcial de


acoplamentos ou acoplamentos totalmente desapertados dão lugar a riscos de
ferimentos, que se devem evitar.

Manual Funcionamento e Segurança 64


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
2.17.9 Dispositivos de segurança

Todos os dispositivos usados para protecção e prevenção de acidentes (sinais de


aviso e indicadores, grelhas etc.) devem estar instalados.
Nunca devem ser retirados, trocados ou avariados. Dispositivos avariados ou
retirados devem ser de imediato substituídos na máquina.

Se na preparação, manutenção ou reparação da máquina, for necessário retirar da


máquina alguns dispositivos de segurança, eles deverão ser reinstalados e a sua
correcta actuação verificada imediatamente depois dos trabalhos de
manutenção/reparação terem terminado.

Bloqueie as portas abertas e coberturas para os trabalhos de manutenção, para


evitar que lhe caiam em cima.

2.17.10 Bateria

Ao recarregar uma bateria retire as tampas dos alvéolos para que os gases possam
escapar-se para a atmosfera.

Perigo de explosão

Os gases libertados pela bateria são altamente tóxicos e explosivos.


Evite faíscas e chamas não protegidas

Perigo de queimadura

O derrame de ácido de baterias é conhecido com causador de sérias


queimaduras. Lave a zona afectada imediatamente com água fria
abundantemente

2.18. Instalação eléctrica

O painel de controlo, motor e controlo remoto estão protegidos em série de acordo


com as normas DIN 40050 e UNE 60847 (2002), com o nivelo de protecção IP 54,
por outras palavras, eles são totalmente protegidos contra o contacto com
componentes de baixa tensão ou componentes internos móveis. Eles são
igualmente protegidos contra a agressão dos depósitos de sujidade.

A bomba da Sika-Putzmeister e braços são montados com motores eléctricos ISO


Classe B.
A tolerância em casos de flutuação da voltagem principal é de +- 5%.

Manual Funcionamento e Segurança 65


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
A pedido, a máquina pode ser fornecida com outros níveis de protecção, tolerâncias
eléctricas, etc.

Use somente fusíveis originais par as características da corrente.


A instalação de fusíveis muito fortes ou contactores, podem levar á destruição do
componente eléctrico.
Se houver uma falha de corrente de alimentação, desligue imediatamente a
máquina/instalação.
A corrente de alimentação no local deve ser fornecida a partir de um ponto especial
de alimentação.

2.18.1 Pessoal técnico

O trabalho nas unidades eléctricas ou instalações deve ser entregue exclusivamente


a um electricista ou a pessoas treinadas para o efeito sob a supervisão de um
electricista de acordo com as regulamentações electrotécnica existentes.

Somente electricistas devem trabalhar na instalação eléctrica com uma tensão


superior a 25V AC ou 60 V DC.

Só eles estão autorizados a instalar, ligar, fechar e abrir os quadros eléctricos de


distribuição de corrente.

2.18.2 Antes de arrancar

Antes de efectuar qualquer trabalho na instalação eléctrica, desligue o cabo negativo


da bateria.
Quando ligar, primeiro que todo ligue o terminal positivo e somente depois o terminal
negativo.
Quando a trabalhar em unidades de alta voltagem, antes de desligar a alimentação,
ligue o cabo de alimentação à terra e coloque os componentes em curto-circuito, por
exemplo o condensador, com uma haste de terra.

2.18.2 Limpeza

Não projecte, em nenhuma circunstância, jactos de água ou vapor para os


componentes eléctricos da máquina.

Alta voltagem

Há o risco de morte por choque eléctrico.

Manual Funcionamento e Segurança 66


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nunca molhe o painel eléctrico com água.

A instalação eléctrica pode fica danificada. A instalação eléctrica está protegida


contra salpicos de água, mas não é à prova de água. Mantenha o controlo remoto
num local seco e cubra todos os dispositivos eléctricos de cada vez que se proceda
a uma limpeza da máquina.

2.18.3 Trabalho de soldadura

Voltagens descontroladas que podem ter lugar durante o processo de soldadura,


podem destruir os componentes eléctricos sem fios e o cabo do controlo remoto.
Consequentemente;

- Desligue o cabo do controlo remoto.

- Proteja as tomadas com coberturas.

- Desligue os cabos dos pólos, positivo e negativo da bateria.

A soldadura deve ser efectuada por pessoal tecnicamente qualificado.

2.18.5 Trabalho de manutenção

O trabalho nas unidades eléctricas da máquina/instalação, devem ser


exclusivamente realizados por um electricista ou pessoa qualificada e sob a
supervisão de um electricista, de acordo com a regulamentação electrotécnica em
vigor.

Manual Funcionamento e Segurança 67


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

As peças da máquina e instalação onde se vai proceder a inspecção/manutenção,


devem ser desligadas se necessários. Então, verifique que os elementos desligados
não têm corrente e ponha-os em contacto com a terra e proceda ao seu curto-
circuito, isolando as partes adjacentes que se mantêm com corrente viva.

2.18.6 Verificação

O componente eléctrico da máquina/instalação deve ser inspeccionado/verificado


regularmente.
É necessário corrigir qualquer anomalia, tal como o alívio de uma ligação ou queima
de um cabo, imediatamente.

Alta voltagem

Se a ligação eléctrica não tiver sido feita correctamente ou o cabo de


alimentação estiver danificado, quando ele entre em contacto com uma
máquina que tenha motores eléctricos ou outros condutores de
corrente, pode causar uma descarga eléctrica (com possíveis
consequências fatais).

2.18.7 Linhas de alta voltagem

Tenha cuidado quando se aproximar de linhas de alta voltagem. O contacto directo


com linhas de baixa voltagem é igualmente perigoso.

Alta voltagem
É suficiente estar junto de linhas de alta voltagem para que faíscas
possam ocorrer (descarga de tensão), passando corrente à máquina e
seu redor.

Consequentemente, mantenha as distâncias de segurança indicadas.

Manual Funcionamento e Segurança 68


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Diferença de potencial

Todas as descargas de tensão envolvem risco de morte para todos os que se


encontrarem na máquina ou ao seu redor, ou para aqueles que estão em contacto
directo com ela (controlo remoto, cabeça de projecção, etc.). No caso de uma
descarga de tensão, tem lugar o chamado “túnel de voltagem” que se forma à volta
da máquina e que se caracteriza pela redução de voltagem de dentro para fora, isto
é do centro da máquina para fora.
Todos os níveis de tensão dentro deste “cone de voltagem” são perigosos.

Quando se está entre dois níveis de tensão (diferença de potencial), uma corrente
equivalente à diferença de potencial entre os dois níveis passará através do corpo.

2.19.1 Distância

A máquina/instalação deve ser mantida a uma distância suficiente das linhas de


energia eléctrica. Quando a trabalhar perto de linhas de energia eléctrica, a máquina
não deverá aproximar-se delas. Perigo de morte. Certifique-se que está a par das
distâncias de segurança recomendadas e que devem ser mantidas.

Manual Funcionamento e Segurança 69


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Tenha em mente os movimentos das linhas de energia e do braço quando há vento.
Tenha também atenção que o ar com humidade elevada necessita sempre de uma
maior distância do que especificado como mínimo.
Observe a legislação do país onde a máquina está ou vai trabalhar.

Na República Federal Alemã, a norma VDE 0105 estabelece as distâncias mínimas


relativamente a linhas de transporte de energia eléctrica.

Tensão nominal (V) Distância de


segurança (m)
Até 1 kV 1,0
1 kW a 110 kW 3,0
110 kV a 220 kW 4,9
220 kV a 380 kV 5,0
Tensão nominal 5,0
desconhecida
Quando passar por baixo de linhas de energia eléctrica, as mesmas distâncias
mínimas devem ser observadas.

Recorde:
Diferenças estimadas de ânimo leve podem ser enganadoras….
Não corra riscos.

Alta voltagem
É suficiente estar junto de linhas de alta voltagem para que faíscas
possam ocorrer (descarga de tensão), passando corrente à máquina e
seu redor.

Consequentemente, mantenha as distâncias de segurança indicadas.

2.19.2 Desligar das linhas aéreas de energia eléctrica

Por esta razão, quando se trabalha junto a linhas de energia eléctrica, estas devem
ser desligadas por electricista competente.

E não é possível manter as distâncias mínimas em todas as possíveis posições de


trabalho, consulte a companhia de fornecimento eléctrico de energia.

Manual Funcionamento e Segurança 70


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.19.3 Medidas de emergência

Se, depois de todas estas precauções, uma descarga de tensão ocorre, mantenha a
calma, não se mova (cuidado com a diferença de potencial) e não toque em nada.

Evite que pessoas não afectadas se aproximem de si.

Insista que a linha de energia seja desligada

Tenha também em mente que;

O controlo remoto sem fios somente protege o operador da máquina se ele estiver
fora do cone de voltagem. Em qualquer outro caso, há o risco de morte para todos o
pessoal na zona.

Depois de tocar uma linha de alta tesão,

- Não abandone a máquina.


- Retire o veículo da zona em risco. Diga às pessoas fora da zona de risco para
não se aproximarem ou tocarem a máquina.
- Mande desligar a energia eléctrica.
- Não abandone a máquina até se ter certificado totalmente de que a linha de
energia tocada, foi devidamente desligada.
- Uma vez que a pessoa responsável na companhia fornecedora de energia
eléctrica, tenha informado e confirmado do corte de corrente, saia da máquina
e socorra quaisquer vítimas.
- Proporcione os primeiros socorros indicados para choques eléctricos.

Alta Voltagem
As companhias eléctricas têm um sistema automático de ligação.
Quando um fusível rebenta, o condutor em curto-circuito volta a entrar
em carga passado pouco tempo.
Pequenos períodos de tempo sem tensão indicam que a segurança é
somente aparente !

2.19.3 Medidas de protecção

Se é necessário efectuar trabalhos em componentes de baixa tensão, certifique-se


que há uma segunda pessoa para manobrar o interruptor geral ou o interruptor de
emergência, cortando a alimentação, se necessário.

Manual Funcionamento e Segurança 71


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Proteja a área de trabalho, com uma fita vermelho e branco e um sinal de perigo.
Use somente ferramentas isoladas electricamente.

2.20 Gás, poeira, vapor, fumos

Os motores de combustão interna devem trabalhar sempre em locais com suficiente


ventilação.
Antes de os por a trabalhar numa zona fechada, certifique-se que hás ventilação
suficiente.

Observe a legislação em vigor na zona de trabalho.

Perigo de envenenamento
Os fumos de escape dos veículos contêm componentes que podem ser
letais ou cancerígenos. Instale a máquina num local com suficiente
ventilação ou certifique-se que os gases de escape do motor são
canalizados para fora do local de trabalho.

2.20.1 Máscaras para respiração e máscaras para a cara

Quando realizar trabalhos que possam envolver a inalação de partículas de


materiais usados na construção (por exemplo, pingos de betão), deverá usar uma
máscara. Consulte as informações fornecidas pelos fabricantes de materiais de
construção. Tenha os equipamentos de primeiros socorros disponíveis. Tome
atenção para as medidas imediatas de primeiros socorros. Todos os acidentes
devem ser reportados ao supervisor.

2.20.2 Soldadura

Todos os trabalhos de soldadura, oxi-corte e rebarbação de elementos da


máquina/instalação, devem ser expressamente autorizados.
Riscos de incêndio e explosão.

Manual Funcionamento e Segurança 72


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Antes de proceder a qualquer soldadura, oxi-corte ou rebarbagem, limpe a a
máquina/instalação e a zona ao seu redor, retirando a sujidade e materiais
inflamáveis e certifique-se que há suficiente ventilação (perigo de explosão).

Os trabalhos de soldadura em tanques de óleo e combustível, devem ser confiados


exclusivamente a soldadores qualificados, que deverão observar as normas de
segurança correspondentes. – Risco de explosão.

Os trabalhos de soldadura devem ser confiados a pessoal técnico.

2.20.3 Poeira

A máquina/instalação não é hermética à poeira, mas evita a entrada de quantidades


de poeira que possam reduzir o seu nível de rendimento.

2.21 Tubagem/mangueiras de transporte

Qualquer trabalho em componentes hidráulicos da instalação, deve ser


exclusivamente confiado a pessoal com suficiente conhecimento em hidráulica e que
possa apresentar os correspondentes certificados de treino e habilitação.

Quando a trabalhar em componentes hidráulicos, deve usar uma


máscara de cara e luvas. O óleo que pode eventualmente possa
sair, é tóxico e as substancias agressivas podem penetrar
através da pele.

Não sem o equipamento pessoal de protecção

Manual Funcionamento e Segurança 73


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.21.1 Verificação

É necessário regularmente verificar todas as tubagens, mangueiras e ligadores, que


não tenham falhas visíveis aparentes ou fugas.
Corrija qualquer falha imediatamente. Todas as fugas de óleo podem causar
ferimentos ou fogo.

Verificação de mangueiras hidráulicas

Como parte da verificação da segurança da máquina, os componentes hidráulicos


devem ser verificados regularmente. Qualquer tubagem ou mangueira rebentada é
um risco para o pessoal.
O fabricante declina quaisquer responsabilidades por avarias que resultem do uso
de componentes desgastados ou defeituosos.
Componentes hidráulicos avariados e tubagem não devem ser reparados; devem
sim ser substituídos. Mangueiras hidráulicas danificadas ou impregnadas devem ser
substituídas imediatamente.
Mesmo que danos externos não se verifiquem, as mangueiras hidráulicas devem ser
substituídas, todos os seis (6) anos (incluindo um armazenamento máximo de dois
(2) anos). O intervalo começa a cotar da data e identificação (data de fabrico da
mangueira).

2.21.2 Despressurização

As secções e tubos sob pressão, a serem abertos (sistemas hidráulicos e


neumáticos e tubos de transporte) devem ser despressurizados antes de dar início
aos trabalhos de acordo com as descrições de cada unidade a ser intervencionada.

Em nenhuma circunstância abra, um tubo ou mangueira de transporte de energia


hidráulica ou pneumática, em carga.

Manual Funcionamento e Segurança 74


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Desligue a bomba hidráulica e o motor. Proceda como indicado nas instruções de
serviço do motor.

Trabalhe exclusivamente em instalações despressurizadas. Perigo de fugas de


materiais consumíveis sob pressão. Se houver um acumulador hidráulico, abra a
válvula de dreno, para prevenir possíveis movimentos da máquina devidos a pressão
residual. Modificações no acumulador hidráulico são proibidas.

Despressurize o acumulador hidráulico

Agressões oculares resultantes de fugas de óleo hidráulico sob pressão ou fugas


quando os ligadores são abertos sem a prévia despressurização do acumulador do
sistema ou sistema em si mesmo.

Há igualmente o perigo de ferimento pela abertura de linhas hidráulicas em carga


(devido a bloqueamento). O betão que possa ser projectado sob pressão pode
causar ferimentos no pessoal.

2.21.3 Tubagens

As tubagens hidráulicas e pneumáticas devem ser montados e fixados


correctamente. Não misture os acoplamentos. As válvulas de passagem e corte de
fluido, a dimensão e qualidade das mangueiras devem estar de acordo com as
especificações.

Perigo de explosão

Em caso de montagem incorrecta, há o risco de ferimentos devido ao


impacto provocado pelo rebentamento de tubagens hidráulicas,
acoplamentos, bloqueamento de tubagens, cabeça de projecção e
tremonha da bomba sob pressão.

2.21.4 Sangria

O sistema hidráulico deve ser sangrado completamente depois dos trabalhos de


reparação/manutenção terem sido terminados! De outro modo, há o perigo de
ferimento pela abertura repentina dos macacos das sapatas de suporte.

Manual Funcionamento e Segurança 75


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.22 Ruído

Todo o equipamento de insonorização deve ser instalado em perfeitas condições.


Feche as portas de inspecção: a intensidade do ruído pode causar agressões
permanentes nos ouvidos.

Durante a operação da máquina/instalação, os dispositivos de insonorização devem


estar em posição correcta de funcionamento.

Feche as coberturas

2.22.1 Protectores auriculares

A consola de trabalho é normalmente posta de lado pelo controlo remoto (operação


normal).
Consequentemente, não se pode considerar uma consola fixa para o operador da
máquina. O nível de ruído no local da aplicação, referindo a consola, é inferior a 85
dB(A). Contudo, dependendo do tipo de construção e trabalho, perto da máquina, o
nível de ruído pode exceder os 85 dB(A). Por perto, consideramos uma distância de
pelo menos 5m a partir da máquina.

O aviso de protectores auriculares é obrigatório

2.22.2 Utilizador

Instrua o pessoal para usar sempre os protectores auriculares. Como utilizador, é


responsável pelo cumprimento efectivo destas normas pelo seu pessoal.

2.23 Óleos, massas e outras substâncias químicas

Quando manuseie óleos, massas lubrificantes e outras substancias químicas,


observe as normas de segurança aplicáveis a cada produto.

Materiais de construção à base de cimento tem um forte efeito alcalino quando


combinados com água ou mesmo suor. Os aditivos podem ser tóxicos e cáusticos.

Tome cuidado quando manuseie materiais consumíveis tóxicos e cáusticos (fluido de


travões, ácido de baterias, limpa-vidros, betão rápido, cimento, etc.).

Manual Funcionamento e Segurança 76


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Tenha cuidado com detergentes agressivos. Os ácidos atacam os componentes em
borracha.

Os acidentes e ferimentos mais frequentes são, na vista devido ao espirrar do betão,


limpa vidros e outras substâncias químicas.

Use o seu equipamento de protecção pessoal

Perigo de envenenamento

Detergentes, solventes do betão, conservantes, etc, aplicados com


pressão de ar podem causar sérios acidentes nas vias respiratórias, se
uma máscara de protecção não for usada.
A pulverização penetra nos pulmões facilmente.

2.23.1 Protecção do meio ambiente

Garanta a correcta descarga dos consumíveis usados, tais como óleo, filtros, fluido
de travões, baterias, etc.
Os trapos ou desperdício de limpeza devem ser igualmente descarregados em local
apropriado.

Protecção do ambiente

2.23.2 Aditivos líquidos na pele

Os líquidos aditivos podem cauterizar olhos e pele. Em caso de contacto, a reacção


deve ser mediata.

Perigo As roupas contaminadas devem ser removidas imediatamente;


-Mantenha a zona afectada sob água corrente pelo menos 15
minutos (recomenda-se que um companheiro proceda à
contagem do tempo).
-Consulte um médico rapidamente.

Manual Funcionamento e Segurança 77


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

2.23.3 Aditivos nos olhos

Perigo
Em caso de contacto com os olhos, a reacção deve ser imediata:
-Limpe a zona afectada com soro fisiológico. Se não dispões deste
soro, lave a zona com água durante 15 minutos.
-Se necessário, mantenha os olhos abertos com a assistência de um
colega.
-Consulte um médico rapidamente.

2.23.4 Substâncias quentes

Tenha cuidado quando manusear combustíveis e materiais auxiliares quentes


(perigo de queimadura).

Os líquidos devem ser drenados exclusivamente em locais apropriados e com o


sistema despressurizado. Tenha cuidado quando drenar líquidos quentes – Perigo
de queimadura.

Manual Funcionamento e Segurança 78


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3 DESCRIÇÃO TÉCNICA GERAL

Este capítulo incluía descrição dos componentes e equipamento incluído na máquina


e sua operação.

Reserva-se o direito de introduzir alterações técnicas e de desenho.


O dimensionamento dos diversos componentes é baseado no uso em condições
normais.

Por favor consulte os correspondentes manuais para os diferentes componentes da


máquina.

Recorde que a descrição é também dada para o equipamento acessório (opcional).


Os dados da máquina mantêm-se quer a máquina disponha ou não desse
equipamento acessório.

Manual Funcionamento e Segurança 79


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.1 Especificações técnicas

Sumário dos dados principais:

¾ Especificações técnicas

¾ Folha de dimensões : afinações da máquina e especificações técnicas.

¾ Placa de especificações na máquina e no braço de projecção.

3.1.1 Placa de especificações técnicas

1 Tipo de máquina
2 Nº da máquina
3 Ano de fabrico
4 Máxima pressão hidráulica (bar)
5 Máxima velocidade admissível (km/h) (velocidade do veículo)
6 Máximo peso autorizado (kg)
7 Máxima pressão de transporte (bar)
8 Rotações máximas do motor (rpm)
9 Controlo final

3.1.2 Nível de pressão sonora

De acordo com a normativa 98/3/EG o nível de pressão sonora da máquina é


especificado como abaixo;

A consola de trabalho é substituída pelo controlo remoto. A máquina tem um nível


sonoro de 85 dB(A) num raio de 16m. Na área adjacente à máquina a pressão
sonora pode ser superior e devem ser usados protectores auriculares. O nível de
pressão sonora foi determinado pela Directiva 2000/14/EG.

Manual Funcionamento e Segurança 80


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.1.3 Nível de potência sonora

De acordo com a Directiva 2000/14/CE, o nível de potência sonora é especificado


como segue;

A placa mostrada na ilustração abaixo, é colocada perto da placa com as


especificações da máquina e indica o nível de potência sonora.

LWA Nível de pressão sonora


dB Valor em decibéis

Que significa isto?

Em Janeiro de 2002,o procedimento normativo (Directiva 2000/14/EG) para medição


do nível de pressão sonora da máquina entrou em vigor na Europa.

Nível de pressão sonora

No passado, o nível de pressão sonora era indicado. Para se medir esse nível, a
potência sonora produzida pela máquina era medida em vários pontos de leitura, a
distância e altura fixas. O valor médio era calculado a partir destas leituras e
convertido a uma distância teórica. Assim, o nível de potência sonora da máquina é
sempre referido a essa distância teórica e é dado em dB(A).

Desvantagem: O actual nível de potência soneiras é mais elevado se nos


colocarmos junto da máquina.

Nível de potência sonora

Presentemente, o nível de potência sonora da máquina é indicado.


Para o calcular, uma esfera imaginária de diâmetro especificado é considerado à
volta da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 81


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
O nível de pressão sonora é novamente medido em vários pontos de leitura à vota
da máquina.
Para se obter o valor final do nível de potência sonora da máquina, o valor do nível
de pressão sonora é multiplicado pela superfície da área da esfera imaginária.
O nível de potência sonora é dado em dB.

Vantagem: ainda que o nível de pressão sonora aumente quando nos


aproximamos da máquina, a superfície da área imaginária à volta da máquina,
diminui.
Isto significa que multiplicando os dois valores dados, se obtêm o mesmo valor de
nível de potência sonora, como anteriormente.

3.2 Descrição da operação

Este capítulo é para o ajudar a familiarizar-se com a operação da máquina para que
possa calibrar a aptidão e possibilidades de aplicação da máquina e prevenir erros
de operação.

Linha de transporte

A linha de transporte recebe o betão do funil e leva-o para o braço e distribuição.


A linha de transporte e a linha vertical são feitas em secções rectas padronizadas
em forma de L. contudo elas podem facilmente ser trocadas.
Os acoplamentos padrão da Sika-Putzmeister podem ser usados como
acoplamentos de tubagem e juntas rotativas.

Perna de apoio

As pernas telescópicas de apoio das sapatas, têm cilindros de suporte e comando


totalmente hidráulicos. Na posição de serviço, elas são estendidas e proporcionam à
máquina a necessária estabilidade.

Controlo hidráulico

Todos os movimentos do baço são hidráulicos. Todos os macacos do braço têm


duas válvulas de segurança para evitar sobrecargas e eventuais rebentamentos da
tubagem.
A alimentação de óleo hidráulico é sincronizada de modo a movimentar vários
cilindros ao mesmo tempo. O sistema hidráulico pode ser controlado na máquina ou
pelo controlo remoto.

As válvulas hidráulicas pode ser operadas,

- electricamente ou

Manual Funcionamento e Segurança 82


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

- manualmente

Bomba de betão

As bombas PM são actuadas hidraulicamente por bombas de óleo e motores diesel.


Os êmbolos de compressão são (4) acoplados às hastes dos êmbolos e movidos
hidraulicamente pela acção dos cilindros (5) e operados por um sistema de puxa-
empurra.
Um êmbolo ao retornar aspira o material. Ao mesmo tempo, o outro êmbolo desloca-
se em sentido contrário e empurra o material aspirado através da linha de pressão
ou componente (1) para dentro da linha de entrega.No final do deslocamento, a
bomba inverte a ordem.
O tubo oscilante «S» está montado na tremonha da bomba. Dispõe de um aro de
desgaste com que se ajusta à placa de orifícios. No outro extremo, desemboca a
mangueira de pressão que é onde se liga a tubagem de transporte. Dois cilindros de
mudança encarregam-se de deslocar o tubo oscilante .

Retorno
Inversão do movimento dos êmbolos de descarga (4) é feita no ponto médio do
percurso.
O tubo de trasfega (2) não se move. O material é aspirado das linhas de descarga
para dentro da tremonha.

Mudança

Inversão do movimento dos êmbolos de descarga (4) no ponto médio do


deslocamento. O tubo de trasfega move-se. O material é transferido continuamente.
A mudança previne contra bloqueamentos.

Tubo de trasfega “S”

1 Tubo de pressão
2 Tubo de trasfega
3 Cilindro de descarga
4 Êmbolo de descarga
5 Cilindro de tracção

Manual Funcionamento e Segurança 83


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.2.1 Vista geral – onde estão os componentes


Lado esquerdo

A seguinte figura mostra a localização dos componentes.

1 Cabeça de pulverização
2 Braço de distribuidor A
3 Braço de distribuidor B
4 Tanque de aditivo
5 Grelha do vibrador da tremonha
6 Ligação à linha de descarga usando uma peça em “L” e tubagem de redução
7 Motor do agitador
8 Pernas de apoio (sapatas)
9 Olhais de carga e descarga
10 Bloco hidráulico das sapatas, indicador de nível bolha) botão de emergência
11 Arrefecedor de óleo hidráulico, à esquerda do tanque de óleo hidráulico
12 Enrolador de cabo
13 Painel eléctrico geral
14 Motor diesel
15 Manómetros/Vacuómetro
a) Pressão de ar
b) Pressão da bomba de água
c) Pressão de óleo no braço de projecção
d) Pressão de óleo no acumulador
e) Pressão da bomba
f) Pressão no filtro de aspiração do tanque de óleo hidráulico (para cima)
g) Pressão no filtro de aspiração do tanque de óleo hidráulico (para baixo)

16 Painel eléctrico, modo diesel (24V)


17 Bomba de égua
18 Bomba de aditivo
19 Limitador da cabeça de rotação e torre
20 Cabina
21 Luzes de trabalho do braço de projecção

Manual Funcionamento e Segurança 84


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Lado direito

1 Braço do distribuidor A
2 Cabeça de projecção
3 Braço do distribuidor B
4 Luz do braço de trabalho
5 Linha de descarga, ver (13)
6 Cabeça de rotação da torre
7 Olhais de carga e descarga
8 Pernas de apoio (sapatas)
9 Compressor
10 Bloco hidráulico das sapatas, nível de bolha
11 Caixa de ferramentas
12 Tremonha e unidade manual de lubrificação
13 Ligação dos tubos da linha de descarga usando peça em “L” e tubagem redução, (ver 5)
14 Grelha do vibrador na tremonha
15 Tanque de aditivo

Vista frontal

1 Suporte do controlo remoto e ligador


2 Luzes de trabalho frontais no veículo
3 Bloco de controlo do distribuidor do braço
4 Cabeça de rotação da torre Luz de trabalho do distribuidor do braço
5 Luzes de trabalho na cabina

Manual Funcionamento e Segurança 85


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.2.2 Esquema

Este parágrafo dá uma explicação do funcionamento da máquina, de acordo com os


diferentes fluxos de material e elementos principais.

Compressor Aditivo Betão

Cabeça de projecção de betão

A unidade de projecção de betão foi concebida para projectar o betão com ou sem ar
e aditivo.
¾ O betão pode ser expelido usando as seguintes técnicas:
Bombagem – expelindo o betão
Projecção – Bombagem com ou sem ar comprimido e aditivo

¾ A expulsão de ar comprimido/aditivo é normalmente usada em;


- projecção e para
- limpeza da linha
Quando o aditivo é colocado na cabeça de projecção, ele deve passar através
de uma válvula de anti-retorno para evitar que ele retorne para dentro do seu
próprio circuito.

¾ Combinações com água


São usadas para limpeza do circuito e não para o normal funcionamento
da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança 86


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Sistema de ar

1 Compressor externo
2 Compressor interno
3 Válvula esférica do compressor
4 Válvula anti-retorno
5 Indicador de pressão de ar (manómetro no painel)
6 Indicador da pressão de ar (Zona frontal)
7 Entrada de ar com o baço ligado (Zona frontal)
8 Válvula esférica de colocação do braço
9 Ligação para limpeza
10 Alimentação de betão pela tremonha e linha de descarga
11 Cabeça de projecção

¾ O ar pode ser fornecido por um compressor interno ou externo, de acordo


com o modelo. Se um compressor externo é usado (1), a válvula esférica
está aberta (3). Se um compressor interno é usado (2) ele é protegido pela
válvula anti-retorno (4).

¾ Os indicadores de pressão (5) e (6) medem a pressão no circuito de ar. Um


é situado no painel de indicadores junto ao painel eléctrico e o outro é
situado na parte frontal da máquina.

¾ A válvula esférica de colocação do braço (8) actua como um regulador de


caudal ou como válvula de entrada de ar auxiliar.

¾ O braço pode ser limpo abrindo a válvula da agulheta de limpeza (9).

Manual Funcionamento e Segurança 87


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Sistema de aditivo

10 Alimentação de betão pela tremonha e linha de descarga


12 Cabeça de projecção
13 Válvula anti-retorno na entrada da linha de aditivo
14 Torneira de sangrar
15 Pressostato da bomba de aditivo
16 Bomba de aditivo
17 Tubagem de aditivo/Interruptor do selector de tanque
18 Linha de aspiração de aditivo
19 Tanque de aditivo

Bomba de aditivo

A bomba de aditivo leva o produtor à cabeça de projecção (11). As zonas de


aspiração e descarga são diferenciados:

¾ Aspiração (antes da bomba 15)


Usando o interruptor selector (16), pode seleccionar-se a lamentação a
partir de um tanque externo (tubo 17) ou de um tanque interno (18). A
máquina pode usar dois tanques de aditivo.

¾ O sistema de aditivação pode ser limpo colocando a tubagem num


tanque de água.

¾ Pressão (depois da bomba de aditivo 15)


O pressostato 14 mede a pressão depois da bomba e controla a bomba
de aditivo.

¾ A válvula de sangrar (13) alivia a pressão da linha de aditivo e torna


possível limpar a linha. A válvula anti-retorno (12) evita que o aditivo
entre na linha de ar.

Manual Funcionamento e Segurança 88


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Sistema de água

1 Tanque de água
2 Torneira de drenagem
3 Filtro de água com torneira de drenagem
4 Bomba de água de alta pressão
5 Agulheta de limpeza de alta pressão

O tanque de água é cheio usando o bocal de enchimento.

O tanque pode ser despejado usando torneira de despejo (2).

O filtro de água tem uma rede (3) para proteger a bomba de partículas de maior
dimensão.
Este filtro tem uma torneira de drenagem para descarregar a bomba e o sistema de
aspiração (protecção anti-gelo).

A agulheta de alta pressão, de limpeza de tubagens, pode ser usada para todas as
operações de limpeza.

Manual Funcionamento e Segurança 89


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.3 Braço de projecção

O braço de projecção SA 13.9 tem uma dimensão máxima de 13m e 9 articulações


(ver figura abaixo) tendo em vista proporcionar a maior diversidade de aplicações.

3.3.1 Movimentos do braço

O braço pode rodar pela rotação da torre, extensão ou retracção, subida ou descida,
pelos movimentos laterais, pelos movimentos de rotação do porta cabeça de
projecção e pela rotação da cabeça.

3.3.2 Alcance do braço

De acordo com a autorização para a zona de trabalho, os alcances são dados no


gráfico abaixo;

1 Alcance vertical
2 Alcance horizontal
3 Profundidade do alcance

Manual Funcionamento e Segurança 90


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.4 Veículo

Este capítulo contém as funções para operação do veículo.

3.4.1 Assento do condutor

1 Regulador de altura do assento


2 Regulador da suspensão do assento
3 Alavanca de aceleração manual
Somente posição de stop. Certifique-se que
o selector de velocidade, mudança de direcção,
estão na posição central ou neutra.
4 Travão de mão

5 Regulador das costas do assento


6 Pega
7 Alavanca de rotação da cabina
Puxar – Cabina pode rodar a 180º

3.4.2 Elementos de operação


1 Volante
2 Manípulo do selector de velocidade, de mudança
de direcção e claxon;
Empurre para a frente: Movimento para a frente
Posição central: Neutro
Puxe para trás: Inversão de movimento
Rode para a posição 1: Velocidade lenta
Rode para a posição 2: Velocidade rápida
Pressione o botão: Claxon
3 Travão de pé
4 Pedal do acelerador

Nota

A mudança de velocidade, deve ser efectuada somente, na posição


parada.

Manual Funcionamento e Segurança 91


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.4.3 Painel na cabina de controlo

Posição Nome

1 Indicador de engrenagem para a frente


2 Indicador de engrenagem para trás
3 Indicador de luzes de trabalho na cabina e frente do veículo
4 Indicador de luzes traseiras
5 Indicador de direcção frontal
6 Indicador de dupla direcção
7 Indicador de velocidade lenta
8 Indicador de velocidade rápida
9 Interruptor de selecção de direcção
10 Interruptor selector para luzes frente e trás
11 Indicador de perda de pressão do acumulador do sistema de travão. A luz
acende e o alarme soa.
12 Indicador de acelerador manual em serviço
13 Indicador de alta temperatura. Indicador acende e o alarme soa
14 Indicador de incandescências do motor ligadas. A luz acende por
segundos quando a chave de ignição é rodada
15 Indicador de nível de combustível. A luz acende quando na reserva
16 Indicador de travão de mão actuado
17 Indicador de baixa pressão de óleo. A luz acende e o alarme soa
18 Indicador de carga da bateria
19 Conta-horas do motor térmico
20 Chave de ignição

Manual Funcionamento e Segurança 92


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.4.4 Arranque e condução

Procedimentos para arranque e colocação da máquina em movimento

1 Coloque o manípulo de comando das engrenagens na posição neutra


2 Neutralize o acelerador manual
3 Arranque com o motor
4 Recolha as sapatas frontais e traseiras
5 Solte o travão de mão
6 Rode o manípulo de velocidades para a posição desejada (lenta ou rápida)
7 Mova o manípulo das engrenagens para a posição desejada (frente e trás)
8 Pressione o acelerador

3.5 Auxiliares de operação

As seguintes páginas contêm a descrição dos dispositivos usados para operar a


máquina, tais como;

- Funções no painel eléctrico,


- Monitores no painel eléctrico e
- Funções do controlo remoto

O sumário no início do capítulo “vista geral” mostra a localização dos diferentes


dispositivos.

Nota
Os capítulos seguintes complementam este capítulo;

¾ Componentes da máquina.
¾ Componentes de segurança.
¾ Ferramentas auxiliares para operações.

Manual Funcionamento e Segurança 93


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
3.5.1 Painel eléctrico

Atenção
Este painel está localizado no lado esquerdo da zona central do
chassis do veículo e deve ser manuseado somente por pessoal
qualificado.

POSIÇÃO TIPO DESCRIÇÃO


Controlo remoto – Ligado.
1 Botoneira Controlo local desligado – incapacita alguns dos
interruptores no painel eléctrico.
Controlo remoto – Desligado.
Controlo local activado, no painel eléctrico.
2 Botoneira O botão de emergência no controlo remoto mantém-se
activado.
Projecção automática – Ligada
- Ligação da propulsão a ar.
3 Botão - Aditivo ligado passados 3 segundos.
- Bomba ligada passado 1 segundo.
Projecção automática – Desligada
- Depois de duas inversões (descompressão), desliga
aditivo, betão e vibrador.
4 Botão - A expulsão do ar não para até que passados 10
segundos e o operador pressione o interruptor
novamente no controlo remoto ou interruptor no painel
eléctrico para desligar a expulsão de ar.
Quantidade de aditivo na mistura – Pressão para cima
5 Botão Cada toque equivale a 0,5% mais de aditivo na
mistura.
Quantidade de aditivo na mistura – Para baixo
6 Botão Cada toque equivale a 0,5% menos de aditivo na
mistura.
Quantidade de betão – Aumentar
7 Botão Cada toque equivale a mais 0,5 m3/h de betão.
Quantidade de betão – Diminuir
8 Botão Cada toque equivale a menos 0,5 m3/h de betão.

9 Botoneira Bomba – Verde : Activado Vermelho: Desactivado

Bombagem inversa
10 Botoneira Verde: Activada Vermelho: Desactivada

11 Botoneira Vibrador Verde: Activada Vermelho: Desactivada

Agitador - Verde: Activada Vermelho: Desactivada


Se depois da rotação do agitador ter iniciado, o
12 Botoneira interruptor verde for actuado, o agitador inverte o
sentido de rotação , indicado pelo piscar da luz no
interruptor verde.

Manual Funcionamento e Segurança 94


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Tubo em “S” – A mudança ocorre quando pressionado.
Se o botão é mantido pressionado, a mudança do
13 Botoneira cilindro de trabalho é evitada e o bloqueamento
imediato.
Expulsão do ar – Verde: Activada
14 Botoneira Vermelho: Desactivada
Bomba de aditivo – Verde: Activada
15 Botoneira Vermelho: Desactivada
Alarme – limpar temporariamente para que o trabalho
16 Botoneira possa ser realizado pelo automato (ver automato)
17 Botoneira Ligação exterior de ar comprimido

Motor do compressor eléctrico


18 Botoneira 1 – Ligado 0 – Desligado

19 Botoneira Motor eléctrico da unidade das bombas hidráulicas


1- Activado 0- Desactivado

20 Botoneira Paragem de emergência


Desbloquear: Rodar na direcção da seta.
Rearmar
- Máquina pronta para trabalhar, quando activado.
21 Botão - Rode o botão activado na direcção da seta.
- Pressione o botão no painel ou manípulo de rearme
no controlo remoto – 15 para arrancar.

22 Indicador Motor diesel


Indica o interruptor selector na posição 26
Motor diesel: 1- Activado 0 – Desactivado
Activado- Rode o interruptor no sentido dos ponteiros
do relógio, parando por 2 segundos na posição
23 Interruptor intermédia antes de alcançar a posição “1” de ON.
Desactivado: Rode o interruptor no sentido contrário
ao dos ponteiros do relógio para desligar o painel.
Modo de tensão eléctrica.
24 Indicador Indica a voltagem de 380-400 V e 50 Hz através da
linha de alimentação.
Rotação inversa
25 Indicador Indica que as fases não estão ligadas correctamente.
Duas ou três fases devem ser trocadas.
Luzes do braço de projecção.
26 Interruptor 1 – Activado 0 – Desactivado
Trabalhar somente no modo eléctrico
Luzes de trabalho
27 Interruptor 1 – Activado 0 – Desactivado
Seja qual for o modo (diesel ou eléctrico)
Bomba de água de alta pressão
28 Interruptor 1 – Activado 0 – Desactivado
Trabalha somente no modo eléctrico
Ventoinha do radiador de óleo
29 Interruptor Activada/desactivada (automaticamente de acordo
com a temperatura do óleo)
Modo de operação
0 - Não trabalha
1 - Diesel
30 Interruptor 2 - Eléctrico
Diferentes funções nos modos diesel ou eléctrico.
Pisca quando o painel eléctrico está activado.
(21 e 19 e 18 se há um compressor de ar).

Manual Funcionamento e Segurança 95


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
3.5.2 Painel de controlo

Ao lado do painel de controlo, há um conjunto de manómetros e vacuómetros para


controlo da operação.
POSIÇÃO TIPO DESCRIÇÃO
1 Pressão de ar
Manómetro
2
Manómetro Pressão da bomba de água

3 Pressão no distribuidor do braço


Manómetro
4
Manómetro Pressão de trabalho

5 Pressão no acumulador
Manómetro
6 Distribuidor do braço/Filtro de poeiras chassis
Vacuómetro
7 FFH/Filtro de poeira da base da bomba
Vacuómetro

Manual Funcionamento e Segurança 96


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.5.3 Controlo remoto

POSIÇÃO TIPO DESCRIÇÃO


Braço 2 – Programando o movimento
1) Braço totalmente recolhido
2) Toque simples: O braço telescópico move-
se automaticamente de um extremo ao outro.
3) Com a alavanca para baixo: Braço
1 Botão Pressão telescópico estendido.
4) Soltar tecla: o braço telescópico recolhe e
mantém-se ao longo de uma dimensão igual
à indicada quando a tecla estava
pressionada. Isto mantém-se até que outro
movimento seja efectuado.
Quantidade de aditivo na mistura – Diminuir
Cada toque é igual a menos 0,5% na
quantidade de aditivo na mistura.
2 Botão Pressão Quantidade de aditivo na mistura – Aumentar
Cada toque é igual a mais 0,5% na
quantidade de aditivo na mistura.

Braço 1 - Estendido

Braço 1 - Recolhido

3 Botão Pressão
Braço 2 - Recolhido

Braço 2 - Estendido

Projecção automática ou bombagem de


Indicador Verde betão.

4
Compressor ligado
Indicador
Vermelho Emergência
Grelha aberta, botão de emergência actuado
ou cabos/ligações danificadas

Manual Funcionamento e Segurança 97


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Botão Pressão Braço 2 Em baixo

Botão Pressão Braço 2 Em cima

5
Braço 2 Rodar à esquerda

Botão Pressão
Braço 2 Rodar à direita

Ligar/Desligar do bocal da cabeça de


6 Interruptor projecção

Percentagem de aditivo Mais ou Menos


Pressionar botão para esquerda: Reduz a
7 Botão Pressão mistura em 0,5%.
Pressionar botão para a direita: Aumenta a
mistura em 0,5%.
Botão de emergência
Paragem da máquina em emergência.
8 Interruptor Rodando o botão volta à posição inicial –
Restabeleça a situação pressionando 12 para
cima

Braço 1 - Em baixo

Braço 1 - Em cima

9 Botão Pressão
Braço 1 - Rode à esquerda (Distribuidor)

Braço 1 - Rode à direita (Distribuidor)

Cabeça de projecção – Em baixo

Cabeça de projecção – Em cima

10 Botão Pressão
Cabeça de projecção – Rodar à esquerda

Cabeça de projecção – Rodar à direita

Operação do distribuidor do baço


Puxe para activar
Interruptor
11
Bloqueio Mec. Operação das pernas de apoio (Sapatas)
Empurre para activar

Manual Funcionamento e Segurança 98


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Reset e claxon
1º Toque: Restauração da máquina
2º Toque: Activa o claxon como aviso.
12 Botão Pressão Se a máquina reset – Somente claxon
Arranque – Somente painel eléctrico
Tubo em “S” – Ocorre ma mudança quando
se pressiona

Bombeando de betão
13 Botão Pressão
Bombeando de betão em inversão

Projecção automática – Ligada


- Ligação da propulsão a ar
- Aditivo ligado passados 3 segundos
- Bomba ligada passado 1 segundo
Projecção automática – Desligada
Depois de duas descompressões, desliga o
14 Botão Pressão aditivo, o betão e o vibrador.
- A expulsão do ar não pára até que decorram
10 segundos e o operador pressione
novamente o botão no controlo remoto para
desligar a projecção ou carregar na tecla no
painel eléctrico para desligar a expulsão do
ar.

Manual Funcionamento e Segurança 99


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Especificações particulares do controlo remoto

Arranque a bomba depois de desligar a EMERGÊNCIA

Depois de pressionado o botão de EMERGÊNCIA, a luz vermelha acende. Para


arrancar com a bomba, proceder como segue:
- Rode o botão vermelho de EMERGÊNCIA (8) para o soltar e desbloquear,
- Pressione o botão de reset (12 para cima)
- Desligue e volte a ligar a bomba usando o sistema de bombagem. “0”
Interruptor/Selector de sistema inverso.

Selectores bloqueados localmente

Para activar o interruptor/selector que está bloqueado localmente, 1º puxe-o e de


seguida empurre-o na direcção do símbolo.

Cabo do controlo remoto e conector

O controlo remoto é ligado na parte frontal da máquina.


Pode ser guardado por cima do conector.

Manual Funcionamento e Segurança 100


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.5.4 E300 Autómato

O que se segue é uma descrição do funcionamento geral do autómato.

Onde as coisas estão?

POSIÇÃO ELEMENTOS DESCRIÇÃO


Indica os valores do programa, horas de serviço,
1 Display/Indicações
sinais de alarme, etc.
Selecção das diferentes janelas.
Telas de selecção no - A tecla de idioma muda o idioma no display
2 monitor/Idioma - Alguns não podem ser mudados devido a estarem
protegidos com senha.
Introduzir valores numéricos no display.
Use o cursor para seleccionar os números a serem
3 Teclas numéricas
alterados e pressione ENTER para salvar os novos
valores.
Indicação dos sinais de alarme (alguns necessitam de
4 Listar senha ).
Ver também a lista de alarmes no capítulo 6 “Avarias”
Mudar a posição do cursor
- O cursor aparece no display como uma luz à volta do
5 Mover o cursor
valor numérico.
- O valor pode ser modificado na posição do cursor
Indicação de tela principal no display
6 Tela principal
Alarme – Limpe temporariamente (ver painel eléctrico)
7 Voltar à tela anterior Esta tecla faz o display voltar à tela anterior.
Cada vez que esta tecla é pressionada, limpa-se um
8 Limpeza dos valores
dos números introduzidos usando o teclado numérico.
9 ENTER Salvar ou confirmar valores que foram introduzidos.

Manual Funcionamento e Segurança 101


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Tela principal

A tela principal pode ser usada para ajustar o caudal de betão e


aditivo.
- O valor do caudal de aditivo é indicado em % ou em kg/h (ver
Manual de Operação).
- Em operação em automático, os componentes de trabalho são
indicados na barra de estado na tela principal.

O caudal de transfega pode ser reajustado como segue:

1) Usando o teclado numérico

- Aditivo: +/- 2% do valor estabelecido na fórmula.


- Posição do cursor no valor a ser modificado.
- Introduzir o novo valor.
- Confirmar pressionando ENTER

2) Modificar o valor numérico usando “+/-“

Se somente uma ligeira variação é necessária, pode-se modificar o caudal de


trasfega, usando as funções adicionais “+” ou “-“.
Para fazer isto:
- Colocar o cursor no valor a ser modificado.
- Seleccionar a função “-“ ou “+”.

ƒ O caudal de trasfega é aumentado ou diminuído.

Margem de valores permitida - Cimento por m3 de betão: de 4 a 30 m3/h


- Aditivo: +/- 2% do valor previamente
introduzido na composição do misturador
em kg/m3.

Manual Funcionamento e Segurança 102


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Início de sessão (LOGIN)

Para realizar certas funções no display, deve primeiramente introduzir a senha


(password).
Esta senha é dada ao proprietário da máquina aquando da entrega da mesma.

- Pressione a tecla de selecção de LOGIN


- Introduza a senha
- Confirme-a pressionando a tecla ENTER

Se a senha é activada .

¾ A luz avisadora sobre o LOGIN acende.

A senha desaparece automaticamente.

¾ Passados aproximadamente 10 minutos.

Para fazer desaparecer a senha manualmente.


¾ Pressione e mantenha bloqueada a tecla de LOGIN por mais de 1
segundo.

Valores por Defeito

A composição da mistura pode ser mostrada sem ser necessário entrar com a
senha, pressionando a tecla ACCEPT.

1) Modificando a composição da mistura.

- Para modificar a composição da mistura, entre com o nível 1 da senha como


explicado acima.
- Coloque o cursor no valor a ser modificado.
- Introduza o novo valor.
- Volte à tela principal pressionando a tecla MAIN.

Nota

O nível de alimentação e compensação deve perfazer os 100%.

Manual Funcionamento e Segurança 103


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Margem de entrada admissível

- Betão: De 300 a 500 kg/m3


- Aditivo em proporção da percentagem (%) de cimento: De 2 a 15%.
- Densidade do aditivo (Ver descrição da modificação da densidade do aditivo).
- Nível de enchimento do cilindro em cada aspiração: Depende do tipo de betão.
- Compensação do ar dentro do cilindro em cada aspiração: Depende do tipo de
betão.

¾ Para voltar à tela principal, pressionar a tecla MAIN

Lista de densidades do aditivo

- Entre com a senha nível 1 (usando a tecla de selecção LOGIN).


- Coloque o cursor na densidade AD (Densidade do aditivo).
- Pressione a tecla ENTER.

1) Seleccione:
- Aditivo usado na lista.
¾ Seleccione, usando a tecla correspondente sob o número, de 1 a 6.
- Na selecção do aditivo desejado, a densidade do aditivo é automaticamente
memorizada na linha correspondente na tela de composição da ACCEPT.

2) Edite a posição 6 usando a senha de nível 1:

- Se automaticamente se desloca para a posição 6 do aditivo a ser modificado


(normalmente chamada aditivo desconhecido). Altere a densidade usando o teclado
numérico
- Seleccione o aditivo usando a tecla de selecção na tela correspondente ao número
6. A densidade do aditivo automaticamente memorizada na tela, na linha da
composição ACCEPT.

Margem de entrada permitida De 1 a 2 kg/dm3

Manual Funcionamento e Segurança 104


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Consumo

O consumo é a soma teórica dos valores actuais; por outras palavras, não é uma
medida real.
- Use o RESET da tela para colocar o consumo de betão e aditivo para zero.
- Para voltar à tela principal (MAIN), pressione a tecla MAIN.

¾ Os consumos totais de aditivo e betão, desde a última vez,


são mostrados quando a tecla CONSUMO TOTAL é
pressionada. Somente são armazenados os valores do último
consumo de aditivo e betão.

Dados técnicos

Esta tela mostra alguns dos mais importantes dados técnicos e permite-lhe alterar os
valores e datas usando a senha de nível 1.
Para aceder à tela, pressione a tecla de selecção de tela ENGINEERING.

- Os dados relativos à BOMBA DE BETÃO, BOMBA DE ADITIVO e COMPRESSOR,


correspondem aos tempos de trabalho de cada um. A temperatura do óleo, refere-se
à temperatura medida pelo sensor na linha de retorno de óleo.
- Use a função adicional “ZYL” (pressione a tecla de tela abaixo) para aceder à tela
do cilindro, a qual é explicada mais tarde.

Manual Funcionamento e Segurança 105


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
- Para alterar a data e o tempo, posicione os cursores nos valores que vão ser
alterados e entre com os novos valores usando o teclado numérico. Confirme os
valores introduzidos pressionando a tecla ENTER. Para proceder a esta operação
use a senha de nível 1.

Cilindros

A tela indica o número total e parcial de enchimentos.

O número parcial pode ser colocado em zero, pressionando a tecla de selecção de


tela CILINDRO, depois de ter introduzido a senha de nível 1.

Manual Funcionamento e Segurança 106


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.6 Componentes da máquina

3.6.1 Interruptores magnéticos

Corpo do distribuidor

O corpo do interruptor magnético do distribuidor está localizado perto do bloco


hidráulico ao lado direito na direcção para a frente.

POSIÇÃO ELEMENTO FUNÇÃO


Lado esquerdo a partir do interruptor magnético
1 LUZ AMARELA (Lado da haste)
Lado direito a partir do interruptor magnético
2 LUZ AMARELA (Lado da haste)
Lado esquerdo por trás do interruptor
3 LUZ AMARELA magnético (Lado da base)
Lado direito por trás do interruptor magnético
4 LUZ AMARELA (Lado da base)
5 LUZ VERDE Luz piloto de funcionamento

Manual Funcionamento e Segurança 107


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Diodos de emissão de luz

O cilindro de operação do lado direito na base da bomba contém 4 interruptores


magnéticos: 2 na frente e 2 na parte de trás. Quando o cilindro hidráulico alcança o
interruptor magnético, eles activam o processo de troca de movimentos.
Simultaneamente, os diodos amarelos correspondentes aos dois interruptores
magnéticos que estão a ser activados naquele momento, começam a emitir luz no
corpo do distribuidor.

Significado da emissão
DIODO LUMINOSO DOS
de luz dos diodos INTERRUPTORES
ESTADO DOS INTERRUPTORES
MAGNÉTICOS
MAGNÉTICOS
Acende por breves
instantes ao realizar-se uma Interruptor magnético correcto
mudança
A ligação ou o cabo eléctrico do
Não se acende ao realizar- interruptor não transmite o sinal,
se uma mudança possivelmente está danificado.
Substituir quanto antes.
Danos na alimentação eléctrica,
Permanece acesso
substituir componentes, quanto
ininterruptamente
antes.
TESTE DE
ESTADO CORPO DISTRIBUIDOR
FUNCIONAMENTO
Equipamento operacional sem
Permanece aceso
problemas.
A tomada de força está desligada, e
Não acende o sistema operativo não recebe
energia.

Nota

A ficha do interruptor magnético também tem diodos de emissão de luz.


Estes diodos emissores de luz indicam se os interruptores magnéticos,
a ficha e linha de alimentação estão ou não danificados.

Sistema redundante

Para se activar o processo de troca, somente um interruptor magnético é necessário.


O segundo interruptor magnético garante a operação no caso de um dos dois
interruptores falhar (sistema redundante). Se os dois interruptores do mesmo lado

Manual Funcionamento e Segurança 108


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
(lados da haste ou base), falham na sua actuação, um dos dois interruptores no lado
oposto, pode ser usado como sobressalente temporário.

Ficha com diodo


A ficha do interruptor magnético tem dois diodos emissores de luz, um amarelo e
um diodo verde.
Estes diodos emissores de luz verificam o estado das fichas e dos interruptores
magnéticos.

Pos. 1 – Diodos amarelo e verde


Pos. 2 – Ficha de Ligação
Pos. 3 – Interruptores magnéticos

Nota
O diodo emissor de luz amarela indica o estado do interruptor
magnético, enquanto que o diodo de luz verde indica o estado da ficha
e cabo de alimentação.
DIODO AMARELO ESTADO INTERRUPTORES
Acende momentaneamente ao realizar-
Interruptores correctos
se uma mudança
Interruptor c/ sintomas de ficar
Não se acende ao realizar uma mudança
danificado, trocar quanto antes
Permanece aceso ininterruptamente Interruptor danificado, substituir.
DIODO VERDE ESTADO ALIMENTAÇÃO
Aceso Ficha e cabo em bom estado
Falta de alimentação, ou na ficha ou no
Apagado
cabo, substituir quanto antes.

Manual Funcionamento e Segurança 109


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.6.2 Arrefecedor de óleo hidráulico

Uma parte do óleo hidráulico da máquina passa através do arrefecedor antes de


retornar ao tanque.

O sensor de temperatura mede a temperatura do óleo hidráulico no tanque para


evitar sobreaquecimento.

¾ Quando a temperatura atinge os 55ºC, a ventoinha liga.


¾ Quando a temperatura atinge os 80ºC um sinal de alerta é
dado no Automaton e,
¾ A 90ºC, a bomba de betão para por dois minutos, enquanto o
processo de arrefecimento do óleo continua.

1 Retorno de óleo hidráulico


2 Ventoinha
3 Sensor de temperatura
4 Entrada de óleo

Arrefecimento preventivo

Se desejar arrefecer o óleo hidráulico para evitar que ele atinja os 55ºC, as
ventoinhas podem ser ligadas independentemente da temperatura, através do
interruptor selector no painel eléctrico.
A luz verde de aviso acende no painel quando a temperatura alcança os 55ºC o se a
ventoinha foi desligada.

Caixa de água

A água na caixa de água também ajuda no arrefecimento do óleo hidráulico. O óleo


hidráulico aquece as hastes dos êmbolos em cada deslocamento nos cilindros. A
caia de água também arrefece as hastes em cada passeio do êmbolo. Isto arrefece
o óleo hidráulico. Consequentemente, é boa ideia mudar a água da caixa com
frequência.

Manual Funcionamento e Segurança 110


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.6.3 Vibrador

O vibrador é aparafusado à grelha. Ele vibra a grelha para evitar que esta bloqueie,
especialmente se o betão é muito grosso. O vibrador é actuado electricamente e
controlado a partir do painel eléctrico.

1 Grelha
2 Vibrador
3 Cabo de alimentação

3.6.4 Enrolador de cabo

1 – Tambor
2 – Reductora
3 – Motor Hidráulico
4 – Travão Parque
5 – Colector
6 – Caixa bornes
7 – Grupo hidráulico

Colector

Manual Funcionamento e Segurança 111


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

O colector é o elemento de transporte de energia necessária aos componentes


rotativos (rotor). Este transporte é efectuado através de escovas de carvão
deslizando por roletes originando o contacto eléctrico. As escovas devem calibrar-se
e como peça de desgaste devem ser substituídas em intervalos regulares.
Durante as primeiras 100 a 150 horas de serviço, deve executar-se a calibração de
todos os componentes, especialmente das escovas face aos roletes de contacto.
Estes componentes sem afinação regular podem produzir um aumento de
temperatura até 20%.

Uso previsto

O uso previsto para os enroladores de cabo é somente o enrolar e armazenar o cabo


eléctrico de ligação. Não deve ser utilizado com outro fim.

Funcionamento

O Motor hidráulico dos enroladores só gira no sentido do enrolamento do cabo.


Durante o desenrolar gira em sentido contrário, funcionando assim como freio
reostático.

Uso indevido

Os enroladores não devem utilizar-se como ferramenta de transporte ou elevação de


cargas.

Modificações

Está proibido qualquer modificação, excepto as insignificantes que não se


repercutem na dinâmica estática e o funcionamento seguro, bem como as medidas
para aumentar a segurança.

Dispositivos de protecção eléctrica

Manual Funcionamento e Segurança 112


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Existem dois dispositivos de segurança para o funcionamento seguro dos
enroladores de cabo.
- Caixa protectora do colector.
- Caixa protectora da barra de bornes

Caixa protectora do colector

Caixa cilíndrica ou prismática na entrada do colector.

Caixa protectora da régua de bornes

Caixa tampa plana com abertura régua de bornes

Perigo

Utilizar os enroladores de cabo só quando todos os dispositivos de


segurança ligados.

Desresponsabilização do Fabricante

O fabricante rejeita toda e qualquer responsabilidade no caso de :

- Uso indevido da máquina


- Manutenção inadequada
- Modificações não autorizadas
- Utilização de peças não originais e inadequadas.
- Casos especiais

Normas Aplicáveis

O equipamento foi construído em consonância com os seguinte regulamentos :

a) Anexo I Directiva para máquinas


b) Normas EN 60204-1 para as instalações eléctricas na máquina
c) Normas EN 292-2/A1 e outras relativas à segurança da máquina
d) Normas EN 60865 (CE/11-26) e CEI 11-18
e) Normas EN 982, 983 relativas a instalações pneumáticas e óleo-
hidráulicas.
Perigo

Manual Funcionamento e Segurança 113


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Em caso de avaria, desligar imediatamente o motor do enrolador.

3.6.5 Bomba de água de alta pressão

É usada para limpar o exterior da máquina com água sob pressão.

Perigo
Para usar a agulheta de alta pressão, as seguintes roupas de
protecção são obrigatórias;
Capacete com viseira e protectores auriculares, luvas, botas à
prova de água e vestuário à prova de água.

Lado esquerdo Lado direito

1 Nível de óleo e enchimento. 4 Rede e entrada de água na bomba


2 Vareta medidora de nível 5 Válvula de dreno do tanque de água
3 Ajuste da pressão de saída da bomba

Agulheta de limpeza

6 Pulverizador
7 Regulador de caudal
8 Gatilho

Manual Funcionamento e Segurança 114


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.6.6 Bomba de aditivo

A bomba doseadora de aditivo bombeia o aditivo para a cabeça de projecção.


A quantidade de aditivo é regulada pelo autómato e a razão entre betão e aditivo é
mantida constante. A quantidade de aditivo pode variar dentro de limites
preestabelecidos tendo em consideração a mistura seleccionada.

1 Bomba doseadora de aditivo


2 Bomba de água de alta pressão
3 Pressostato de saída da bomba de aditivo (10 bar)
4 Saída da bomba
5 Sensor de rotações
6 Entrada da bomba
7 Nível de óleo
8 Bujão de drenagem de óleo
9 Tampa de enchimento de óleo
10 Aspiração do tanque
11 Aspiração auxiliar
12 Selector do tanque auxiliar

3.6.7 Compressor (de acordo com o modelo de máquina)

Dependendo das opções, a máquina pode ser fornecida com compressor de ar para
fornecer o ar sob pressão, para as tarefas necessárias.

Nota
Os elementos de controlo do compressor de ar estão incluídos no painel
eléctrico.

Cuidado
Antes de utilizar a máquina e em caso de avaria, por favor consulte o
manual de instruções do compressor.

Manual Funcionamento e Segurança - 115 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.7 Componentes de segurança

3.7.1 Botão de Emergência

A máquina dispõe de alguns botões de paragem em EMERGÊNCIA.


Eles estão localizados como segue:

- No controlo remoto
- No painel de controlo
- Junto aos macacos das sapatas

Cuidado
Aprenda a localização dos botões de paragem em emergência na sua
máquina

Nota
Para activar a paragem por EMERGÊNCIA na máquina, pressione um dos
botões de paragem em EMERGÊNCIA. Para desactivar a paragem de
EMERGÊNCIA, solte o botão que foi pressionado para actuar a paragem
da máquina.
Para proceder ao arranque da bomba a partir do painel eléctrico, desligue
e ligue a bomba nos modos, “bomba” ou “Projecção”.

Cuidado
Quando o botão de paragem em emergência é pressionado, ele
somente desliga a parte eléctrica da máquina. À parte o facto que isto
desliga todas as válvulas hidráulicas, a falha descontrolada do braço de
projecção no caso de fuga no sistema hidráulico, não pode ser evitada.

Manual Funcionamento e Segurança - 116 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

O botão de paragem em emergência actua nos seguintes órgãos;

- Motor eléctrico do compressor de ar.


- Motor eléctrico da unidade bomba (o circuito hidráulico para o trabalhão)
- Agitador
- Vibrador
- Descarga do acumulador
- Ventoinha
- Bomba de aditivo
- Válvula de ar
- Bomba de água
- Bomba de projectar betão
- Mudança do tubo “S”
- Controlo remoto para paragem do trabalho

Perigo
Se o braço de projecção se move fora de controlo, não pressionar
primeiro o botão de paragem em EMERGÊNCIA, em circunstância
alguma.
Doutro modo, não será possível para o movimento.

Manual Funcionamento e Segurança - 117 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.7.2 Segurança do agitador


Entalhe (RSA)

O entalhe de segurança do agitador, compreende um excêntrico de controlo e um


interruptor de rolete de contacto.
O excêntrico de controlo é fixado no eixo da grelha da tremonha e o interruptor de
rolete de contacto é fixado na tremonha.
Quando a grelha da tremonha é aberta, o interruptor de rolete é activado.

Como resultado, o agitador,

- Para,
- O acumulador hidráulico é descarregado e o tubo de oscilação não pode ser
mudado..
- Os êmbolos de transporte de betão deslocam-se para a sua posição final e a
bomba de betão para.

¾ Para re-arrancar com a bomba de betão, feche a grelha e desligue e ligue


a bomba.

1 Tremonha
2 Eixo da grelha
3 Excêntrico de controlo
4 Interruptor de rolete de contacto

Perigo
O interruptor de rolete deve estar sempre limpo, livre de obstáculos e deve
estar permanentemente em contacto, sob pressão, com o excêntrico de
controlo.
Se o interruptor de rolete falha, o entalhe do agitador, não actua e o
agitador e o tubo de oscilação, podem parar durante a bombagem.

Manual Funcionamento e Segurança - 118 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Acumulador

A válvula de dreno do acumulador está situada no bloco hidráulico.

1 Válvula de dreno do acumulador


2 Torneira de purga do acumulador auxiliar
3 Acumulador hidráulico

Perigo
Com a torneira de dreno do acumulador aberta e a máquina em
funcionamento, o tubo oscilante continua a mudar de posição.
Consequentemente, ainda há o risco de esmagamento ou corte.

Se a máquina está a trabalhar, não introduza a sua mão, em circunstância alguma


no bocal de limpeza no fundo ou através da grelha aberta na tremonha.
Não introduza nenhum objecto na tremonha.

Manual Funcionamento e Segurança - 119 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.8 Acessórios auxiliares de trabalho

3.8.1 Bloco de controlo do braço de projecção de betão

O bloco de controlo, que se encontra por trás da chapa de protecção, pode ser
actuado manualmente para garantir o continuar da operação se o controlo remoto
falhar.

POSIÇÃO TIPO ACÇÃO / DESCRIÇÃO


1 Alavanca Rotação do braço de projecção

2 Alavanca Braço 1: Subir/Descer

3 Alavanca Braço 1: Estender/Recolher

4 Alavanca Braço 2: Subir/Descer

5 Alavanca Braço 2: Dobrar/Desdobrar

6 Alavanca Braço 2: Estender/Recolher

7 Alavanca Rotação da cabeça de projecção

8 Alavanca Ângulo da cabeça de projecção

9 Alavanca Rotação do braço

Manual Funcionamento e Segurança - 120 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

3.8.2 Braço auxiliar/operação das sapatas

O selector de função do braço e sapatas, pode ser actuado a partir do controlo


remoto.
Em caso de emergência, eles podem ser operados manualmente.

O selector para actuação auxiliar das sapatas e o distribuidor do braço, encontra-se


por baixo da tampa do selector do enrolador de cabo.

O selector de função do braço e sapatas (à direita do assento do condutor por baixo


da chapa de protecção).

3.8.3 Rendimento do regulador auxiliar

O rendimento desta máquina é ajustado por uma válvula de controlo proporcional.


Esta válvula está no bloco de controlo FFH. Em caso de emergência, ela pode ser
actuada no manípulo do bloco de controlo.

Comando manual para operação de emergência

Manual Funcionamento e Segurança - 121 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nota
Em condições normais de trabalho, a válvula proporcional deve estar
completamente aberta, isto é, o manípulo deve estar completamente aberto .

Em caso de emergência, o rendimento pretendido pode ser ajustado com o manípulo


na válvula proporcional. Quanto mais fechada estiver a válvula, maior será o
rendimento.

3.8.4 Acumulador

Em caso de emergência, o acumulador pode ser despejado através da torneira de


drenagem.

1 Válvula de segurança do acumulador


2 Torneira manual auxiliar de drenagem
3 Acumulador hidráulico

Perigo

Com a torneira de dreno do acumulador aberta e a máquina a


trabalhar, o tubo oscilante continua a mudar de posição.
Consequentemente, há ainda o risco de esmagamento ou corte.

Se a máquina está a trabalhar, não meta a mão no bocal de limpeza no fundo ou


através da grelha a tremonha, em nenhuma circunstância. Não introduza objectos na
tremonha.

Manual Funcionamento e Segurança - 122 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

4 Circulação, reboque e carregamento

Este capítulo contém informação acerca do transporte seguro da máquina

4.1 Circulação

A máquina necessita de transporte especial para transporte em plataforma.


O veículo tractor deve ter potência suficiente. Tenha em mente a carga por eixo e
outras indicações dadas pelo fabricante do veículo.
Em circunstância alguma deve ser autorizado que a carga máxima seja excedida.

Se tiver de inverter a marcha no local de entrega, peça a ajuda de um auxiliar.


Se necessário, varra o caminho de acesso ou peça a alguém que o faça de modo a
torná-lo seguro.
Peça ao encarregado do pessoal para remover qualquer material ou instrumentos
que bloqueiem a rampa de acesso.

Antes de começar as manobras, combine um código de sinais manuais bem


definidos com o seu auxiliar para comando da manobra.

4.1.1 Sinais manuais

Manual Funcionamento e Segurança - 123 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Sinais manuais, ver capítulo Operação, “sinais manuais para manobradores”.

4.1.2 Antes do deslocamento

Antes de se deslocar para qualquer parte, desenvolva as seguintes actividades;

¾ Verifique a segurança do veículo luzes, travões, pressão dos pneus, etc.)

¾ Certifique-se que os acessórios e carga estão estivados em local seguro.

¾ Certifique-se que as sapatas de suporte estão recolhidas e travadas na


posição de transporte.

¾ Não exceda a carga máxima de segurança.

¾ Verifique a estanquicidade à água e hermeticidade dos tanques de aditivo,


água e óleo.
Perigo

A saída repentina de uma sapata durante a movimentação da máquina


pode causar sérios acidentes de tráfico.

Feche as válvulas do circuito hidráulico das sapatas e assegure-se que os


bloqueadores para transporte estão colocados (por exemplo, pinos elásticos ou
todos os outros grampos de mola).

4.1.3 Durante o transporte

As dimensões e peso do veículo devem merecer especial cuidado durante o


transporte.

¾ Mantenha a distância de segurança a valas abertas e paredes ou muros.

¾ Não atravesse vaus, pontes e zonas similares, se a sua resistência é


insuficiente ou está em dúvida.

¾ Tenha em mente a altura do veículo quando em condução por baixo de


pontes, túneis, etc.

Manual Funcionamento e Segurança - 124 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Tenha em atenção a altura do veículo

¾ Recorde que quando se desloque ao longo de inclinações ou suba ou


desça declives, a altura do centro de gravidade do veículo, aumenta.

Perigo

A máquina nunca deve ser deslocada com o braço estendido.

Posição correcta de transporte

Manual Funcionamento e Segurança - 125 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

ABSOLUTAMENTE PROIBIDO!
O veículo não deve ser conduzido com o braço de operação estendido

EM CIRCUNSTÂNCIAS ESPECIAIS!
O veículo deve ser conduzido cuidadosamente, em 1ª velocidade, com os braços
telescópicos recolhidos.

4.2 Sinais manuais para manobradores

Para se aproximar da zona de parqueamento em áreas reduzidas, um auxiliar é


muitas das vezes necessário. Este auxiliar e o condutor devem estar bem
sincronizados e terem estabelecido entre si um código de sinais manuais claramente
compreensível.

Seguidamente apresentam-se alguns sinais manuais para manobradores.

Manual Funcionamento e Segurança - 126 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Stop
Ambos os braços abertos na horizontal
em forma de cruz.

Para a esquerda
Braço direito dobrado, o dedo polegar
indica a direcção para onde se
pretende que o veículo se desloque.

Para a direita
Braço esquerdo dobrado, o dedo
polegar indica a direcção para onde se
pretende que o veículo se desloque.

Na direcção do ajudante
Braço direito dobrado, ondular a palma
da mão na direcção que se pretende
para a deslocação do veículo.

Na direcção oposta do ajudante


Braço direito dobrado, ondular a palma
da mão na direcção que se pretende
para a deslocação do veículo.

Distância
Com os braços dobrados indicar com a
palma das mãos a distância dos
obstáculos.

Manual Funcionamento e Segurança - 127 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

4.3 Carregamento

A máquina dispõe de olhais para serem usados exclusivamente para finalidade de


montagem.
Os olhais designados para levantamento total da máquina podem ser incluídos nos
novos pedidos e instalados posteriormente.

Se a sua máquina é montada com olhais apropriados, eles são identificados como
abaixo.

Placa para olhais. (Engate o gancho de grua aqui!)

Carga suspensa
Procedimentos de carregamento incorrectos ou falta de meios
auxiliares de carga, significa que podem dar lugar a que cargas
suspensas possam cair. Consequentemente, não passe por baixo de
cargas suspensas, seja em que circunstância for.

Cuidado
O equipamento, gatos de engate, chassis e outros auxiliares, devem
garantir um trabalho em segurança. Certifique-se que eles têm uma
suficiente capacidade de carga.

Queda de elementos
Use somente os olhais designados para carregamento da máquina.
Nunca permaneça sob um a carga suspensa, em circunstância alguma.

Perigo

Prenda bem a máquina no veiculo de transporte, de modo a que ela não


possa mover-se, deslizar ou capotar.

Manual Funcionamento e Segurança - 124 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Manual Funcionamento e Segurança - 125 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

4.4 Posição de transporte

Coloque o braço de projecção na posição de transporte.

¾ Coloque o braço de projecção na posição de transporte, rodando o braço 3


e a torre e a torre com o braço 1.

Nota

Os braços devem ser recolhidos totalmente e colocados no suporte


correspondente.

Cuidado

Tenha muito cuidado com a varredura do braço de projecção para


evitar danos ou acidentes em qualquer elemento, tais como, tubagens,
mangueiras e cabos.

Manual Funcionamento e Segurança - 126 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Transporte no trabalho

Cuidado

A Sika-Putzmeister declina quaisquer responsabilidades pelo incorrecto


transporte efectuado pelo cliente, por exemplo, deslocação da máquina
com o braço de projecção estendido.

Manual Funcionamento e Segurança - 127 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5 Operação

Este capítulo conte informação acerca do funcionamento da máquina.


Ele explica quais os passos necessários para o arranque e
posicionamento da máquina, bombagem e limpeza.

Manual Funcionamento e Segurança - 128 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.1 Antes de iniciar o trabalho

5.1.1 Arranque

Quando receber a máquina, familiarize-se com o funcionamento de todos os


equipamentos para evitar avarias e acidentes. De cada vez que utilize a máquina,
será o único responsável pela segurança do pessoal que se encontre na zona de
risco da máquina.
Consequentemente, deve garantir a segurança de trabalho da máquina.

5.1.2 Teste de arranque

Corra o teste de arranque e controlo de funções, antes do transporte da máquina


para a área de trabalho.

5.1.3 Materiais consumíveis

Níveis de água, óleo e combustível.

Perigo

Óleo, combustível e outros materiais consumíveis podem ser perigosos


para a saúde se eles entrarem em contacto directo com a pele, etc.
Consequentemente, quando manusear materiais que são tóxicos,
cáusticos ou agressivos para a saúde, use sempre o seu equipamento
pessoal de protecção e observe as indicações dadas pelo fabricante.
Verifique todos os níveis de água, óleo e combustível e ateste-os se
necessário.

Nota

Quando verificar os níveis dos consumíeis, a máquina deve estar o


mais horizontalmente possível para não dar leituras erradas. O braço
de trabalho e suportes devem estar recolhidos. Quando se trabalha
com projecção de betão e bombas de êmbolo, a caixa de água deve
estar totalmente cheia, mesmo se houver o perigo de congelamento.

Manual Funcionamento e Segurança - 129 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.1.4 Controlo remoto

Dependendo do equipamento da máquina, pode trabalhar com ela dos


seguintes modos;

- com controlo remoto por cabo,


- com controlo remoto via rádio, ou
- em caso de emergência, operar a máquina directamente.

Avisos de perigo

Os seguintes avisos são válidos para todos os tipos de controlo remoto.

Perigo
Antes de arrancar com a máquina ou mudar o modo de controlo remoto
(bloco de controlo, consola de controlo, controlo remoto), pressione o
botão de paragem em emergência no controlo e coloque todos os
dispositivos de controlo remoto em “0”.
Doutro modo, o braço ou bomba podem acidentalmente mover-se
quando o controlo remoto é ligado.

Cuidado

O controlo remoto deve ser transportado de modo a que nenhum


elemento no controlo possa ser actuado por acidente ou negligência.
Não danifique o cabo do controlo remoto. Doutro modo, podem ocorrer
problemas de operação.
Não abandone o controlo remoto quando a máquina está pronta a ser
operada. Em casos excepcionais, quando isto é inevitável, pressione o
botão de paragem e emergência, retire o controlo remoto e guarde-o
em local fechado com chave, para prevenir acidentes causados por
terceiros.

Tenha cuidado com sobreposições

Manual Funcionamento e Segurança - 130 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Cuidado
Tenha cuidado ao trabalhar em áreas em que estejam em actuação
outras máquinas de grande porte (por exemplo, gruas, outros braços,
etc.).

Toque o claxon antes de qualquer movimento do braço de trabalho

Nota

Posicione o braço cuidadosamente. Mantenha o contacto visual com os


trabalhos. Faça soar o claxon para avisar os demais que está em vias de
movimentar o braço.

Sinais manuais

Para os sinais manuais, veja o capítulo “Sinais manuais para operação com o braço
de projecção e bomba”.

Perigo
Trabalhe o braço de projecção, somente se o seu campo de visão
cobre toda a área de trabalho. Doutro modo, um auxiliar deve ser
colocado na zona para orientar a operação do braço, por meio de
sinais para o manobrador da máquina. Arranje um código de sinais
claros e estendíveis facilmente entre si e o seu auxiliar no exterior.

Manual Funcionamento e Segurança - 131 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.1.5 Modos de Operação

Há dois modos de trabalho:

- Diesel:
Selector 4 para a direita, com o indicador 1 ligado.

- Eléctrico:
Selector para a esquerda, indicador 2 ligado, 3 desligado.

Painel eléctrico: Diferentes modos de trabalho

1 Indicador do modo Diesel


2 Indicador de voltagem do modo eléctrico
3 Indicador de inversão
4 Selector de modo

Modo diesel
Isto acontece quando o selector 4 está na posição diesel (para a direita) e o motor
do veículo começou a trabalhar (no modo de selecção diesel o indicador 1 deve
estar ligado).
Se o motor não arrancou, somente o autómato no painel eléctrico trabalhará, com
limitações.

Movimentos

Se o motor do veículo está a trabalhar, todos os movimentos podem ser realizados.

Manual Funcionamento e Segurança - 132 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Movimentos do braço

O braço pode ser movimentado. A velocidade depende das rotações do motor


diesel. Use a alavanca do acelerador manual para aumentar o regime do motor,
(quanto maior for a aceleração, maior será a velocidade de movimentação do braço).
O acelerador manual pode ser colocado nas máximas rotações.

Modos possíveis de bombagem

NÃO HÁ diferentes modos de bombagem quando no MODO DIESEL.

Outros componentes:

PODEM ser ligados neste modo:

- enrolador de cabo

NÃO PODEM ser ligados neste modo:

- Bomba de betão e inversão


- Projecção e pulverização (gunitagem)
- Compressor de ar externo
- Luzes do braço
- Bomba de aditivo
- Bomba de água de alta pressão
- Agitador
- Vibrador

Modo eléctrico

Isto tem lugar quando o selector 4 está para a esquerda, o “indicador de inversão” 3
está desligado e o “indicador de voltagem no modo eléctrico” 2 está ligado.

Movimentos

NENHUM MOVIMENTO DEVE SER EFECTUADO QUANDO NESTE MODO DE


OPERAÇÃO, EM NENHUMA CIRCUNSTÂNCIA. o cabo pode ser danificado e a
corrente eléctrica a passar nele pode dar lugar a sérios acidentes.

Movimentos do braço

Os mesmos movimentos como no MODO DIESEL mas a velocidades mais


elevadas.
O braço pode ser movimentado.

Manual Funcionamento e Segurança - 133 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Possíveis modos de bombagem

Os modos de bombagem disponíveis no MODO ELÉCTRICO incluem a


BOMBAGEM e a BOMBAGEM INVERSA, BOMBAGEM DE ADITIVO, EXPULSÃO
DE AR COMPRIMIDO, PROJECÇÃO E PULVERIZAÇÃO.

Outros componentes

PODEM ser ligados neste modo:

- Bombagem directa e inversa de betão


- Projecção e pulverização
- Bomba de água de alta pressão
- Agitador
- Vibrador
- Compressor
- Luzes do braço
- Bomba de aditivo
- Enrolador do cabo

NÃO PODEM ser ligados neste modo:

- Não aplicável

5.1.6 Filtros

Quando o cartuxo de um filtro está colmatado, ele não permite a total passagem de
óleo, o que pode vir a causar avarias nos hidráulicos.

Filtro de aspiração

Vacuómetro

¾ Aqueça o óleo hidráulico à temperatura de trabalho (> 50ºC).

Manual Funcionamento e Segurança - 134 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
¾ Se a agulha do vacuómetro se mantém na zona vermelha, o filtro está
colmatado. Troque o cartuxo do filtro por um novo.

Nota
Se o filtro está colmatado, a agulha do vacuómetro mantém-se na zona
vermelha. Substitua o filtro.

Protecção ambiental

Quando trocar o cartucho do filtro de óleo, tenha em consideração a


legislação em vigor no que respeita ao despejo de desperdícios.

Filtro do braço

Pressione o botão vermelho

¾ Aqueça o óleo até uma temperatura > 50ºC.


¾ Regule para o máximo rendimento
¾ Pressione o botão vermelho do filtro, caso ele esteja saído e veja se ele
fica em baixo.

Nota

Se o botão vermelho retorna a posição inicial passados uns instantes,


mude o cartucho do filtro.
Se o botão vermelho não retorna, o filtro está bom.

Protecção ambiental

Quando mudar o cartucho do filtro, observe a legislação em vigor no


que respeita a despejo de desperdícios.

Manual Funcionamento e Segurança - 135 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.1.7 EMERGÊNCIA
Funções de desligar

Cuidado
A rápida intervenção em situações de risco é somente possível se
todos os botões de EMERGÊNCIA estão activados e em boas
condições de trabalho. Se um botão de EMERGÊNCIA está quebrado
ou avariado, a máquina não mais estará em segurança.

Consequentemente, verifique todos os botões de paragem por EMERGÊNCIA, em


conjunto com a posição das alavancas da válvula do braço, antes de iniciar o
trabalho.
(ver abaixo “verificação da operação do bloco do controlo do braço”).

Botão de Emergência

Pressionado - o botão de EMERGÊNCIA bloqueia


Rodado - o botão de EMERGÊNCIA solta-se

¾ Ligue a bomba.
¾ Active a função do baço.
¾ Pressione um dos botões de EMERGÊNCIA. A bomba e o braço devem
parar mediatamente
¾ Verifique todos os botões de EMERGÊNCIA na máquina e no controlo
remoto, aplicando o mesmo procedimento.

Perigo
Quando o botão de paragem em EMERGÊNCIA é pressionado, ele
somente desliga a parte eléctrica da máquina.
Aparte o facto que esta acção, desliga todos as válvulas hidráulicas, a
queda descontrolado do braço, em caso de fuga no sistema hidráulico,
não pode ser evitada.

Manual Funcionamento e Segurança - 136 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Se o braço se movimenta fora de controlo, não pressionar o botão de paragem em


EMERGÊNCIA, seja qual for a circunstância.
Se não, não será possível parar o movimento do braço.

Mais ainda, o circuito de desligar em EMERGÊNCIA não afecta a bomba do


acumulador hidráulico ou a bomba do agitador, isto é, ainda que o botão de paragem
em EMERGÊNCIA tenha sido actuado, o acumulador hidráulico está em carga e o
agitador continua a trabalhar.

5.1.8 Funcionamento do bloco de controlo do braço

A máquina deve ser operada, somente se o bloco de controlo de trabalho do braço


funcionar correctamente.

¾ Ligue o controlo remoto


¾ Faça alguns pequenos movimentos das alavancas de comando do
braço e observe as alavancas no bloco de controlo do braço.
- a alavanca correspondente à válvula do braço activada e a
alavanca do selector devem mover-se.

Nota

Quando as alavancas de controlo do braço, correspondentes ao


dispositivo do controlo remoto sem fios estão libertas, as alavancas
correspondentes às válvulas activadas de fecho do braço e a válvula
selectora, devem retornar à sua posição central (posição “0).

Manual Funcionamento e Segurança - 137 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.2 Controlos de operação

Antes de iniciar o trabalho no local, verifique o funcionamento correcto dos seguintes


elementos;

5.2.1 Operação da bomba

Para que o trabalho possa ser realizado sem problemas, a bomba deve funcionar
correctamente.

Mude

Seleccione diferente posições com o regulador de rendimento e verifique o


funcionamento de mudança dos êmbolos de transporte de betão e que o tubo
oscilante de trasfega, trabalha correctamente.

Interruptores magnéticos

Verifique os interruptores magnéticos

Verifique que os cilindros mudam automaticamente quando o êmbolo I (à direita


quando na direcção para a frente) se aproxima dos dois interruptores magnéticos na
frente/trás.
A luz piloto verde deve permanecer acesa e a luz de controlo amarela no corpo do
distribuidor deve acender instantaneamente. Se uma das luzes não acender, o
correspondente interruptor magnético está avariado.

Deslocamento dos êmbolos

Manual Funcionamento e Segurança - 138 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Quando os êmbolos de transporte trabalham a baixa velocidade, mantenha
pressionado o botão de mudança no painel de controlo. Os êmbolos de transporte
deslocam-se para as suas posições finais. O processo de compensação de
varrimento é automático e termina quando ambos os êmbolos param (visível na
caixa de água).

Tempo dos ciclos

Pôr o motor de accionamento à rotação máxima. Regular para o máximo


rendimento. Cronometrar o tempo do ciclo durante 10 percursos. O valor encontrado,
dividido por 10 deve coincidir com os dados referidos na folha de especificações.

Segurança do agitador
Entalhe (cut-out)

A máquina tem um entalhe de segurança no agitador (cut-out RSA). Quando a


grelha da tremonha está aberta, o interruptor de contacto está activado. Como
resultado disso, o agitador para e o acumulador hidráulico é despressurizado, isto é,
o tubo oscilante não muda de posição.
Complementarmente os êmbolos de transporte deslocam-se para a sua posição final
e a bomba de betão para.

Perigo
Se o entalhe de segurança do agitador não funciona, isso pode dar
uma ideia errada de segurança. Como consequência, o agitador pode
continuar a funcionar e o tubo pode ser mudado no pressuposto que a
grelha da tremonha está fechada.

Consequentemente, o entalhe de segurança do agitador deve ser inspeccionado


antes de se proceder ao arranque da bomba.

Manual Funcionamento e Segurança - 139 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Entalhe de segurança do agitador

¾ Abra a grelha da tremonha com a bomba de betão em funcionamento.


- O controlo pode actuar o interruptor de contacto de pressão.
- O agitador deverá parar imediatamente.
- O tubo oscilante não deve mudar de posição
- A bomba de betão deverá deslocar-se para a sua posição final e
parar.

Perigo
Parar o trabalho se, quando a grelha da tremonha está aberta,
- o agitador continua a trabalhar.
- o tubo oscilante muda de posição ou
- a bomba de betão não se move para a sua posição final.

Nota

Para proceder ao arranque da bomba de betão, desligue e volte a ligá-la.

5.2.3 Modos de funcionamento da bomba

Há diferentes modos de funcionamento da bomba, os quais correspondem às


necessidades quando necessário:

ADITIVO: Bombeamento de aditivo


AR: Expulsão de ar
BETÃO: Bombagem de betão
INVERSÃO: Modo de movimento inverso, com
aspiração do betão das tubagens
AR + ADITIVO: Os dois processos em conjunto
BETÃO + ADITIVO: Os dois processos em conjunto
AR + ADITIVO: Os dois processos em conjunto
Ar + BEÃO + ADITIVO: Combinação de trabalho dos modos
de projecção ou pulverização

Manual Funcionamento e Segurança - 140 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Possibilidade Como proceder


Pressione o botão da bomba de
ADITIVO Só em modo eléctrico
aditivo no painel
Pressione o botão para expulsão de
AR Só em modo eléctrico
ar no painel
Pressione o botão do modo e
bombagem de betão no painel ou a
BETÃO Só em modo eléctrico
correspondente alavanca no
controlo remoto
Pressione o botão do modo e
bombagem de betão no painel ou a
INVERSÃO Só em modo eléctrico
correspondente alavanca no
controlo remoto
Desde que se ligue primeiro o
AR + ADITIVO ar. Só em modo eléctrico
Realize os passos em separado
Desde que se lique primeiro o
BETÃO + ADITIVO betão. Só em modo eléctrico
Realize os passos em separado
Qualquer que seja a ordem.
AR + BETÃO Só em modo eléctrico
Realize os passos em separado
Pressione o botão para o modo de
projecção ou pulverização de betão
AR + BETÃO + Desde que seja por esta no painel eléctrico, a alavanca de
ADITIVO ordem. Só em modo eléctrico comando no controlo remoto ou
realize os passos em separado

Veja também Capítulo 3 “Descrição técnica geral”

Cuidado
Desligue os modos de funcionamento, para mudar de um para o outro,
quando o anterior não está incluído.

Por exemplo:para mudar de bombagem de betão para bombagem inversa, pare a


bomba. Isso pode ser efectuado ou actuando o respectivo botão no painel eléctrico
ou actuando o botão correspondente à pulverização no controlo remoto. Se a
bombagem de ar e betão está ligada e pretender projectar ou pulverizar,
simplesmente ligue o aditivo.

Nota
Seja do exterior ou do compressor da máquina, o ar deve ser ligado
antes de se iniciar um modo de funcionamento, no qual ele esteja
incluído.
-Se a máquina recebe ar do exterior, ligue a mangueira de ar e abra a
válvula de passagem.

Manual Funcionamento e Segurança - 141 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
-Se o compressor está disponível, active o comando do motor do
compressor de ar no painel eléctrico.

5.2.4 Esquema

Este parágrafo dá uma explicação do funcionamento da máquina de acordo com os


diferentes caudais de material e elementos principais.

Compressor de ar Aditivo Betão

Cabeça de projecção

Esta cabeça foi concebida para a projecção de betão com ou sem ar e aditivo.

¾ O betão pode ser expelido usando as seguintes técnicas:

-Bombeamento =Expelindo o betão


-Pulverização =Bombeamento com ar comprimido, com ou sem aditivo

¾ A expulsão do ar/aditivo é usada normalmente em;


- Pulverização e para
- Limpeza da linha.

Manual Funcionamento e Segurança - 142 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Quando o aditivo é colocado na cabeça de pulverização, ele deve passar


através duma válvula anti-retorno para prevenir que ele retorne para dentro do
seu próprio circuito.

¾ Combinações com água,

São usadas para limpeza do circuito e não para o normal funcionamento da


máquina.

Sistema de ar

1 Compressor externo
2 Compressor interno
3 Macho esférico do compressor
4 Válvula anti-retorno
5 Manómetro do ar (painel)
6 Manómetro do ar (zona frontal da máquina)
7 Entrada de ar com o braço ligado
8 Macho esférico de colocação do braço
9 Ligação para limpeza
10 Alimentação de betão pela tremonha e linha de descarga
11 Cabeça de pulverização

¾ O ar pode ser fornecido por um compressor interno ou externo de


acordo com o modelo da máquina.

Manual Funcionamento e Segurança - 143 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Se é usado um compressor de ar externo (1), o macho esférico (3)
é aberto. Se um compressor de ar externo é usado (2), ele será
protegido por uma válvula anti-retorno (4).
¾ Os indicadores de pressão (5) e (6) medem a pressão no circuito
de ar. Um é localizado no painel de manómetros junto ao painel
eléctrico e o outro é localizado na parte frontal da máquina.

¾ O macho esférico de colocação do braço (8) actua como um


regulador de caudal ou macho para a entrada de ar auxiliar.

¾ O braço pode ser limpo ligando a agulheta de limpeza na entrada


(9).

Sistema de aditivação

10 - Alimentação de betão pela tremonha e linha de descarga


12 - Cabeça de pulverização
13 - Válvula anti-retorno para entrada a partir da linha de aditivo
14 - Torneira de purga
15 - Pressostato da bomba de aditivo
16 - Bomba de aditivo
17 - Tubo de aditivo / interruptor selector do tanque
18 - Tubo de aspiração de aditivo
19 - Tanque de aditivo

Bomba de aditivo

A bomba de aditivo aspira o produto e comprime-o para a cabeça de


pulverização (11).

Manual Funcionamento e Segurança - 144 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

As zonas de aspiração e compressão são diferenciadas:

¾ Aspiração antes da bomba (15)


Usando o interruptor selector (16), pode seleccionar o abastecimento a
partir de um tanque externo (tubo 17) ou de um tanque interno (18). A
máquina pode usar dois tanques de aditivo.

¾ O sistema de aditivação pode ser limpo colocando o tubo no tanque de


água. O pressostato (14) mede a pressão depois da bomba e controla a
bomba de aditivação.

¾ A torneira de purga (13) alivia a pressão da linha de aditivo e torna


possível a limpeza da mesma. A válvula anti-retorno (12) evita que o
aditivo retorne e entre na linha de ar.

Sistema de água

1- Tanque de água
2- Torneira de dreno
3- Filtro de água com torneira de purga
4- Bomba de água de alta pressão
5- Agulheta de limpeza de alta pressão

¾ O tanque de água é abastecido usando o bocal de


enchimento.

¾ O tanque pode ser esvaziado através do macho (2).

¾ O filtro de água tem uma rede (3) para proteger a bomba de


partículas de dimensão apreciável que pudessem causar
dano. Este filtro tem uma torneira de purga para drenagem da
bomba e sistema de aspiração (protecção ant-congelamento).

Manual Funcionamento e Segurança - 145 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
¾ A agulheta de limpeza de alta pressão (5), pode ser usada
para todas as operações de limpeza.

5.3 Localização

Antes de iniciar o trabalho, familiarize-se com o ambiente de trabalho ao redor da


máquina.
O ambiente de trabalho inclui também, por exemplo, obstáculos na zona de trabalho
e passagem da máquina, resistência do terreno e as medidas de protecção
adequadas na zona, para tráfico público.

Nota
No entanto, a pessoa responsável pela segurança da zona de trabalho
é o operador da máquina. Ele deve verificar a localização da máquina e
rejeitar o local se subsistirem dúvidas quanto à segurança que o
mesmo oferece.
Nota

Ver capítulo 2 “Localização”

5.4 Apoio da máquina

Perigo
O braço de pulverização não deve ser levantado até que a máquina
tenha sido correctamente montada sobre as suas sapatas. Perigo de
capotamento.

Nivele a máquina horizontalmente e em todas as direcções. A máxima inclinação


permitida é de 3º. Qualquer inclinação superior a este valor sobrecarregará o
mecanismo de rotação do braço e porá em perigo a estabilidade da máquina. Se
um ou mais suportes (sapatas) ficarem fora do terreno, quando o braço de
pulverização é movimentado, reajuste a posição da máquina. Todas as sapatas
devem permanecer fixos em posição e em contacto permanente com o solo.

Manual Funcionamento e Segurança - 146 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nível de bolha

Máxima permissão de 3º - Zona 1 permitida para área de inclinação autorizada

Nota
Estenda as sapatas de fixação, uma a uma até que o veículo se
encontre a 5 cm do solo. Para reduzir as vibrações causadas pela
operação de bombeamento, as rodas traseiras podem ficar levemente
em contacto com o solo, servindo de amortecedor.

5.4.1 Área de risco

Quando a máquina está a ser suportada pelas sapatas, a área de risco é o espaço
onde as sapatas estão a ser abertas.

Manual Funcionamento e Segurança - 147 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Perigo de esmagamento
A zona de abertura das sapatas envolve uma zona de perigo por
esmagamento.
Consequentemente, interdite a zona de risco a pessoas estranhas ao
trabalho.
Mantenha esta zona sob permanente observação.
Se alguém se aproximar da zona demarcada e considerada como área
de risco, pare com o trabalho mediatamente e actue o botão de
paragem em EMERGÊNCIA.

Há também risco de acidente resultante do movimento brusco dos macacos


telescópicos as sapatas, especialmente se o ar não foi sangrado correctamente do
circuito hidráulico.

5.4.2 Abertura das sapatas

Antes de colocar a máquina apoiada, deve estar familiarizado com as instruções de


segurança e realizado todos os passos para o arranque da máquina.

As sapatas de apoio da máquina, somente podem ser actuadas sob as seguintes


condições:

¾ Dirija a máquina para a zona inspeccionada.


¾ Imobilize a máquina com o travão de mão
¾ O motor da bomba deve estar ligado.
¾ Deve ter seleccionado a função “suporte” no controlo remoto ou bloco do
controlo.

Sapatas de apoio

1 Alavanca de pré-selecção.
2 Abra e recolha a sapata frontal, da esquerda ou direita, dependendo do local onde se encontra.
3 Abra e recolha a sapata traseira, da esquerda ou direita, consoante o local onde se encontre.

Manual Funcionamento e Segurança - 148 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Para abrir as sapatas, proceder como segue:

¾ Actue a alavanca de pé-selecção (1) para activar as funções


¾ Para abrir ou recolher as sapatas frontais, empurre ou puxe, a
alavanca (2).
¾ Solte a alavanca de pré-selecção (1). A alavanca automaticamente
retorna à posição “0”.
¾ Proceda do memo modo para o lado oposto do veículo.

Perigo
As sapatas devem sempre ser abertas na sua totalidade. Qualquer
posição intermédia pode dar lugar a que a sapata se enterre e faça
capotar a máquina.

Controlo remoto

Empurre e puxe o pré-selector para baixo.

Para colocar a máquina apoiada, ligue a função de “suporte”.

¾ Ligue o controlo remoto

¾ Rode o selector do controlo remoto para o símbolo da posição de


“suporte”.

Cuidado

As funções de suporte podem somente ser realizadas individualmente

Manual Funcionamento e Segurança - 149 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nota
Abra os suportes da máquina (sapatas) um de cada vez até que o
veículo se encontre aproximadamente a 5 cm do solo. Para reduzir as
vibrações causadas pela operação de bombagem, as rodas traseiras
deverão tocar levemente no solo.

Para continuar a operação, anule a função de “suporte”.

Empurre e puxe o selector de controlo para cima.

¾ Rode o selector do controlo remoto para trás, para a posição da


função, braço de pulverização.
Nota

Observe permanentemente o nível de bolha enquanto a bomba está


em funcionamento. A máquina deve estar sempre numa posição
horizontal estável.

5.5 Movimentos do braço

Antes de estender o braço, deverá ter lido as instruções de segurança, executando


todos os passos requeridos para localizar a máquina.

Nota

Ver capítulo 3 e 2 “funcionamento do braço”.

Manual Funcionamento e Segurança - 150 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Perigo

Não abra o baço até que a máquina tenha sido correctamente fixada.
Onde aplicável, considerar as condições de segurança do país em
questão.
Actue o braço somente se o seu campo de visão cobre toda a área de
trabalho; caso contrário, um auxiliar deverá ajudá-lo no funcionamento
do braço através de sinais previamente estabelecidos entre os dois.

5.5.1 Sinais manuais para braço e


Operação de bombeamento

O condutor da bomba e seu auxiliar devem estabelecer um código de sinais


manuais, antes de se iniciar o trabalho. Este capítulo sugere alguns dos mais
importantes e usuais sinais manuais. Entre outros, eles são baseados nas normas
DIN 24081 e DIN 33409 e no documento RI/08.90/2 das companhias de seguro do
amo acidente, correspondentes ao sector da construção. As direcções são
consideradas a partir da posição do condutor.

EMERGÊNCIA

Desactivar
Rápidos movimentos para cima e
para baixo com os braços cruzados.

Parar
Ambos os braços abertos horizontalmente
em forma de cruz.

Manual Funcionamento e Segurança - 151 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Devagar
Ponha a mão direita sobre o capacete.

Rode o braço de projecção para a esquerda


Um braço estendido na direcção de rotação
do braço.

Rode o braço de projecção para a direita


Um braço estendido na direcção de rotação
do braço.

Braço 1 para cima


Um braço aponta verticalmente para o chão.
O outro braço é estendido horizontalmente
com o polegar virado para cima.

Braço 1 para baixo


Um braço aponta verticalmente para o chão.
O outro braço é estendido horizontalmente
com o polegar virado para baixo.

Manual Funcionamento e Segurança - 152 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Braço 2 para cima


Um braço aponta para baixo em ângulo.
O outro braço é estendido com o dedo
polegar virado para cima.

Braço 2 para baixo


Um braço aponta para baixo em ângulo.
O outro braço é estendido com o dedo
polegar virado para baixo.

Aumentar o rendimento/iniciar bombagem


O polegar de uma das mãos, virado para cima.
A palma da outra mão é colocada sobre ele.

Reduzir o rendimento
O polegar de uma das mãos, virado para baixo.
A palma da outra mão é colocada por baixo dele.

Inversão
Um braço dobrado com o cotovelo a apontar
para baixo de encontro à palma da outra mão.

Manual Funcionamento e Segurança - 153 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Paragem da bomba
Ambas as mãos na cabeça.

5.5.2 Abertura do braço de operação

Para abrir o braço, proceda como segue:

Cuidado
Mantenha sempre a ordem indicada quando abrir ou recolher o
braço. Recorde ter em atenção obstáculos que possam
existir no local. Se não atender à ordem indicada, o braço pode
ficar danificado.

Elevação do braço de projecção

Subir o braço de projecção

¾ Suba o conjunto de braços suficientemente para limpar o tanque,


assegurando-se que nem o braço, cabos ou mangueiras são
apanhados pela máquina.

Manual Funcionamento e Segurança - 154 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Desdobrar o braço 3 e rodar

Desdobre último braço (máximo 90º dependendo do espaço disponível) afim de ser
possível rodar o conjunto de braços para a posição de trabalho.

Abertura dos braços telescópicos

Manual Funcionamento e Segurança - 155 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
5.5.3 Recolha do braço

Para recolher o braço proceder com segue:

Cuidado
Mantenha sempre a ordem e os ângulos indicados, quando estender
ou recolher o braço. Recorde ter sempre em atenção os obstáculos
existentes. Se não mantiver a ordem indicada, o braço pode ser
danificado.

Recolha dos braços telescópicos

Dobrar braço 3 e rodar

Rode a cabeça, para que nem o motor da cabeça, nem os tubos a ela ligados sejam
danificados, quando o braço 3 é recolhido no braço 1.
Dobre o braço 3 e então rode todo o conjunto de braços.

Manual Funcionamento e Segurança - 156 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Descida do braço de projecção para o suporte

¾ Desça completamente o braço de projecção até ao suporte. Tenha


cuidado para não danificar o tanque, descendo o braço demasiado
cedo.

5.5.4 Circulação

Nota

Ver capítulo 2 “Funcionamento do braço”.


5.5.5.

5.5.5 Zonas Trabalho autorizadas

Nota

Ver capítulo 2 “Funcionamento do braço”.

Manual Funcionamento e Segurança - 157 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.5.6 Alcances

De acordo com as áreas de trabalho autorizadas, os alcances são como abaixo


indicados.

1- Alcance vertical = 16,5 m


2- Alcance = 14m
3- Profundidade = 8,25 m

5.5.7 Movimentos descontrolados do braço

As seguintes falhas podem causar movimentos descontrolados do braço;

- Falha no funcionamento do circuito do controlo remoto


- Falha na válvula de controlo do braço
- Falha no bloco de fecho do cilindro hidráulico do braço
- Falha no cilindro hidráulico do braço
- Arrefecimento do óleo hidráulico

Manual Funcionamento e Segurança - 158 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nota
Independentemente da causa que está por trás dos movimentos
descontrolados do braço, o trabalho deve ser parado e pessoal técnico
qualificado deve ser chamado para detectar e reparar a causa da falha.

Perigo_

Se o braço se move fora de controlo, não actue primeiro o botão de


EMERGÊNCIA em circunstância alguma. Doutro modo, não é possível
parar o movimento descontrolado do braço.

Contra-medidas

Se o braço se move de forma descontrolada, proceda como segue:

¾ Imediatamente pare o movimento descontrolado e tente levantar o


braço para fora da zona de perigo e colocá-lo em baixo de forma
controlada. Se o braço continua o seu movimento descontrolado,
independentemente das contra-medidas;

¾ Actue o botão de EMERGÊNCIA.

Nota
As medidas acima podem ser executadas correctamente em caso de
emergência somente com experiência.

5.5.8 Descida do braço e pernas de suporte (sapatas)

Durante o funcionamento, o óleo hidráulico nas tubagens aquece devido à fricção, a


uma temperatura média de 60ºC – 70ºC.
Quando o óleo hidráulico arrefece, o seu volume é reduzido. Consequentemente o
volume do óleo arrefecido é inferior ao que anteriormente estava quente. Isto dá
lugar a que uma secção do cilindro do braço se afunde, com a consequente descida
do braço e pernas de suporte.

Cuidado
O braço pode descer como resultado do arrefecimento do óleo
hidráulico, durante longos períodos de inactividade.
Consequentemente, nunca deixe o braço estendido sem observação
em períodos de inactividade.
Mais ainda, verifique os suportes de apoio (sapatas) constantemente
durante o funcionamento da máquina. Deverá reajustar a extensão de
distribuição e suporte dos cilindros.

Manual Funcionamento e Segurança - 159 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Perda de volume

Descida do braço e do veículo devido à redução de volume de óleo hidráulico


quando ele arrefece.

A distância que o braço e o veículo descem depende do nível de abertura de cada


braço e cilindro de suporte e na diferença de temperatura do óleo hidráulico.

5.5.9 Linhas de alta tensão

Nota

Ver capítulo 2 “Linhas de alta tensão”

5.5.10 Zona de risco

Nota

Ver capítulo 2 “Zona de risco”

5.5.11 Actividades não autorizadas

Nota

Ver capitulo 2 “ Funcionamento do braço”

Manual Funcionamento e Segurança - 160 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

O braço de pulverização não deve ser usado para içar cargas e deve ser protegido
de pancadas.

Perigo
Evite as seguintes actividades, as quais sobrecarregarão o baço e
envolvem risco para o pessoal além de poderem causar danos no
material:

- içar e transportar cargas,


- bater com o braço em objectos,
- usar o braço para empurrar, por exemplo, para remover um obstáculo,
- alívio repentino de um terminal de mangueira.

5.5.12 Limitações

Condições de tempo extremas, tais como, ventos fortes e baixas temperaturas


limitam ou impedem o uso do braço.

Ventos fortes e tempestades

Em caso de ventos fortes e tempestades, coloque o braço na sua posição inactiva.

Manual Funcionamento e Segurança - 161 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
De acordo com a escala Beaufort os ventos fortes têm velocidades médias durante
períodos de 10 minutos. Durante este período de tempo, eles podem até
momentaneamente ter picos de velocidade superiores a média.
Ventos fortes comprometem a estabilidade e segurança dos componentes da
máquina. Em caso de tempestade, há inclusivamente o risco de relâmpagos.

As gruas de torre nos locais de trabalho têm indicadores de velocidade para verificar
a velocidade do vento a cada momento. Se não se dispõe de um indicador de
velocidade de vento (anemómetro), a velocidade pode ser conhecida através de
contacto com a estação meteorológica mais próxima, ou estimada como segue:

- À força 7, as folhas verdes das árvores são arrancadas e é difícil andar a pé


no exterior.
- À força 8, o vento quebra pequenos ramos de árvore e é muito difícil andar a
pé no exterior.

Frio

O braço não deve ser usado a temperaturas inferiores a 15ºC abaixo de zero, (-15
ºC <> +5ºF).
A tais baixas temperaturas, o aço pode ser danificado (fractura frágil), bem como as
juntas no sistema no seu conjunto.

Mais ainda, temperaturas abaixo de zero, representam o mais baixo limite prático,
para aplicar betão, uma vez que a mistura de betão abaixo destas condições não
endurece suficientemente se não for complementada com aditivos especiais.

5.5.13 Uso incorrecto da cabeça de projecção

Perigo
A cabeça de projecção não deve entrar no betão. O braço ou cabeça
de projecção não devem ser estendidos além da distância indicada na
placa de especificações (braço de projecção).

Manual Funcionamento e Segurança - 162 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Aspiração de ar

A tremonha do agitador deve ser cheia com betão, pelo menos até à altura do eixo
do misturador.

Perigo
A existência de bolsas de ar, na linha de descarga é perigosa, porque
quando o ar comprimido, é descarregado repentinamente na
extremidade da tubagem, pode dar lugar a uma expulsão rápida de
betão. Consequentemente, o ar não deve existir na linha de descarga
de betão. Durante as operações de bombeamento, mantenha a
tremonha do agitador cheia até à altura do eixo do misturador.

5.6 Bombagem

Antes de proceder à bombagem, cumpra as seguintes operações;

- Arranque com a máquina correctamente (Ver secção “Arranque”).


- Assente a máquina no solo correctamente (Ver secção “colocação da máquina”)
- Execute todos os necessários controlos de funcionamento (Ver secção “Controlos
de funcionamento”)
- Desloque o braço de projecção para a posição desejada de trabalho (Ver secção
“Estender braço de projecção”)

Nota
Para tornar fácil a limpeza do braço de projecção, da tremonha e de todos os
elementos que possam estar sujos com betão, esfregue-os com o líquido
de remoção da Sika-Putzmeister ou, se este não está disponível, com
gasóleo.

Manual Funcionamento e Segurança - 163 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.6.1 Instruções para correcta bombagem

Aparte as instruções deste manual, o documento “Tecnologia do betão” (BP 2158)


contém informação detalhada em;

- Componentes do betão
- Propriedades do betão fresco
- Condições do betão fresco durante a bombagem
- Guia de avarias
- Especificações e regulamentos indicados nos “Padrões técnicos”

Se a sua documentação não inclui este documento, pode pedi-lo ao departamento


de serviços técnicos da Sika-Putzmeister .

Balançar do braço de projecção

Nota
Se o balançar do braço de projecção é exagerado durante a
bombagem, verifique o suporte e corrija-o como necessário. Para uma
bombagem estável, as rodas devem tocar o solo levemente.
Se o apoio é correcto, reduza o rendimento da bomba ou mude a
posição do braço de projecção.

O braço de projecção pode também balançar se ele aspirou ar que estava ser
comprimido na linha de descarga. Consequentemente, certifique-se que a tremonha
do agitador está sempre alimentada com betão até ao nível do eixo do misturador e
que não está a aspirar ar para o circuito.

5.6.2 Preparação para bombagem

Antes de iniciar a bombagem, cumpra a seguinte sequência de operações;

- Execute as operações de lubrificação manual (Ver Folhas de dados de


manutenção).
- Esfregue com petróleo todos os elementos em contacto com betão.
- Descarregue a linha de descarga.

Manual Funcionamento e Segurança - 164 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Limpeza

Para tornar fácil a limpeza do braço, da tremonha e de todos os elementos em


contacto com o betão, limpe-os com líquido de limpeza da Sika-Putzmeister ou
gasóleo, para evitar que o betão solidifique e fique a eles agarrado.

Lubrificação da linha de descarga

Inicie a bombagem com betão de baixa viscosidade.

Antes de se começar a bombear deve humedecer toda a tubagem de transporte.

¾ Introduzir 2 bolas de esponja na tubagem de transporte.


¾ Deitar aproximadamente 0,5 m3 de betão fluído na tremonha.

¾ Retirar a ponta de pulverização.


¾ Ligar o misturador.
¾ Bombear o betão para que se introduza lentamente na tubagem de
transporte.
¾ A bombagem inicial com betão fluído termina, quando as 2 bolas de
esponja saem da tubagem de transporte juntamente com um jorro
de betão.

5.6.3 Ponto de início da bombagem

Denomina-se início de bombagem ao processo desde que começa a referida


bombagem até ao momento em que sai um jorro contínuo de betão pela tubagem de
transporte. Isto realiza-se no início de um trabalho ou depois de uma pausa de
bombagem.

Antes de proceder ao arranque da bomba, lubrifique toda a linha de descarga com


uma mistura de cimento e água (morteiro).

Manual Funcionamento e Segurança - 165 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Pode usar sacos de morteiro da Sika-Putzmeister .

Durante a bombagem, pode usar Sikapump, um aditivo que torna a bombagem mais
fácil.

¾ Inicie a bombagem com metade da tremonha com água e um saco de


morteiro.
¾ Bombeie a calda lentamente para a linha de descarga.
¾ Quando a calda tenha desaparecido da tremonha, inicie a descarga do
betão.

5.6.4 Bombagem

Uma mistura correcta de betão é importante para a operação de bombagem.

¾ Misture com força o betão no camião betoneira, utilizando o maior número


de rotações. A mistura de betão resultante deve ser uniforme.
¾ Se for preciso, junte aditivos (fluidificantes, retardantes). Deve voltar a
misturar no mínimo durante 4 minutos.
¾ Verter o betão do camião betoneira, silo, etc… na tremonha do misturador.
¾ Ligar o misturador.
¾ Começar a bombear.

Nota
Começar com um caudal reduzido, ir aumentando-o de forma
progressiva depois de vários metros cúbicos.

5.6.5 Paragens da bombagem

Não pare o trabalho durante a bombagem, uma vez que o betão pode começar a
ficar na tubagem ou quebrar como resultado das vibrações da máquina. Se o
trabalho tiver mesmo de ser interrompido, proceda como segue:

- Nunca deixe a linha de descarga sob pressão.

- Se a paragem na transferência de betão é curta, descarregue a linha usando


pequenas operações de inversão (2-3 varrimentos). Movimente o betão em
pequenos intervalos, bombeando-o nos dois sentidos.

Se o betão usado em uma capacidade reduzida de retenção de água, evite paragens


uma vez que as vibrações da máquina podem quebrar o betão.

- Em caso de paragem prolongada, bombeie o betão para dentro da tremonha.

Manual Funcionamento e Segurança - 166 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Cuidado
Não force a bombagem de betão que tenha quebrado ou tenha
começado a ficar agarrado à tubagem. Isto pode causar
bloqueamentos. Se a paragem é longa, o braço de projecção pode
descer como resultado do arrefecimento do óleo hidráulico.
Consequentemente, nunca deixe o braço de projecção estendido e
distendido, durante paragens longas.

5.6.6 Falhas possíveis

Mesmo que todas a instruções para a bombagem correcta, tenham sido seguidas,
falhas podem vir a ocorrer. Esta secção descreve as falas mais correntes e como
solucioná-las.

Obstrução

1 Inertes
2 Pasta de cimento
3 Camada deslizante

Os seguintes erros podem dar lugar a bloqueamentos:

- linha de descarga insuficientemente lubrificada,


- a linha de transferência tem fugas,
- o betão permanece na tubagem de transferência e linha de descarga,
- mistura de betão inadequada,
- betão quebrado,
- betão agarrado.

Cuidado
Se ocorrem bloqueamentos, bombeie o betão para trás para dentro da
tremonha do agitador e proceda de imediato à sua re-mistura. Uma
vez que a mudança automática dos cilindros de descarga e tubo
oscilante esteja a trabalhar correctamente, pode mudar para
transferência directa. Inicie a bombagem suavemente.

Manual Funcionamento e Segurança - 167 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Sobreaquecimento

O funcionamento permanente ao máximo rendimento, pode levar a


sobreaquecimento do óleo hidráulico. Todas as bombas incorporam dispositivos de
corte termo-eléctricos. Se a temperatura do óleo exceder os 90ºC, a bomba desliga
automaticamente. Para evitar que isto aconteça, proceda como segue;
¾ Verifique que o arrefecedor de óleo hidráulico está a trabalhar
correctamente. Se não estiver, ligue-o actuando no selector de comando
no painel de controlo.
¾ Reduza o nível de rendimento.
¾ Encha a caixa de água com água fria, tão rápido quanto o óleo atinja a
temperatura de 80ºC.

Arrefecimento

¾ Se a temperatura continua a subir, mude a água constantemente.


¾ Tente saber a razão do sobreaquecimento do óleo e corrija-a.

Arrefecimento suplementar

¾ Se é necessário arrefecimento suplementar, aponte o jacto de água para


os cilindros e hastes dos êmbolos.
Cuidado
Não molhe o tanque de óleo com água, em circunstância alguma. Pode
danificar a bomba hidráulica se alguma humidade contaminar o óleo.
Em nenhuma circunstância deve usar água salgada ou salobra, para
limpeza. Isto danificará a camada de cromo das hastes dos êmbolos e
cilindros.

Manual Funcionamento e Segurança - 168 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Re-arranque depois de um sobreaquecimento

Depois da bomba ter desligado por sobreaquecimento, proceder com segue;

¾ Desligue a bomba.
¾ Não desligue o motor, já que o arrefecedor de óleo deve continuar a
trabalhar.
¾ Mude a água na caixa.
¾ Se não conseguir localizar a falha imediatamente, aguarde até que a
temperatura do óleo arrefeça.
¾ Quando o alarme no Autómato pára, ligue a bomba e continue a
bombagem suavemente em baixo rendimento.
¾ Quando tiver terminada a bombagem, verifique a razão do
sobreaquecimento do óleo e corrija a falha.

5.7 Limpeza

O betão que fica dentro da tubagem e tubo oscilante pode dar lugar a avarias, uma
vez que a sua presença reduz a secção da tubagem. Consequentemente, as linhas
de descarga e tubo de transferência devem sempre ser mantidos limpos, para que a
operação de bombagem, possa ter início, sem nenhum problema, na próxima
operação.

O betão que fica na zona do anel de desgaste, pode reduzir a sua capacidade de
trabalho. Consequentemente, lave bem o anel de desgaste, quando a sessão de
trabalho terminar, se a bomba não for usada dentro de 30 – 60 minutos.

Instruções de limpeza

Cuidado
Durante as primeiras 4 semanas de trabalho, limpe todas as superfícies
pintadas somente com água fria à pressão máxima de 5 bar. Não
use aditivos agressivos. Depois deste período, a pintura estará
completamente endurecida e máquinas de lavagem a vapor ou
similares podem ser usadas.
Em nenhuma circunstância deverá usar água do mar ou salobra para
fins de limpeza. Se água salgada entra nem contacto com a máquina,
lave-a imediatamente com água fresca.
Proteja o controlo remoto durante a lavagem uma vez que ele não é
estanque à água.
Execute as funções a partir do painel eléctrico.

Manual Funcionamento e Segurança - 169 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Para tornar mais fácil a limpeza do braço de projecção, da tremonha e de
todos os elementos, que possam estar sujos com betão, esfregue-os com liquido de
limpeza da Sika-Putzmeister ou, se não disponível, com gasóleo.

Restante betão

Tendo em vista proteger o ambiente, o restante betão deve ser sempre usado
de forma correcta.

Protecção ambiental

O restante betão deve ser usado no local da obra, mas se não for
possível, este betão deve ser removido conjuntamente com os
escombros ou levados para uma central de reciclagem.

Para usar o betão restante, recomenda-se o uso de lonas para betão da Sika-
Putzmeister .
As lonas podem ser colocadas por baixo da tremonha antes da porta de
limpeza ser aberta
O betão cai para dentro da lona e pode ser transportado com uma grua para a
área de utilização.

Outra possibilidade é elevar a máquina usando os suportes de apoio traseiros


(sapatas) até que um carro de mão possa ser colocado por baixo da tremonha
para recolha do betão.

Se o betão não vai ser usado, faça um gancho com um ferro de construção e
introduza ele no betão. Quando este secar, o bloco de betão pode ser
transportado por uma grua.

Cuidado

Se pretender levantar a traseira da máquina para colocar um carro de


mão por baixo da porta de limpeza da tremonha, estenda os braços
como indicado na secção “Posição de arranque”.

Perigo

Quando proceder à limpeza, mantenha a grelha do agitador fechada,


doutro modo pode ser apanhado pelo agitador.

Manual Funcionamento e Segurança - 170 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Se, aparte isto, necessitar de abrir a grelha, certifique-se que o agitador
desliga automaticamente.

Não meta a mão na tremonha

Limpeza com ar comprimido

Perigo
Limpar com ar comprimido aumenta as possibilidades de acidente.
A limpeza deve ser realizada por intervenção directa ou sob a
supervisão de um especialista. A Sika-Putzmeister declina as
responsabilidades por avarias causadas pela não observância dos
procedimentos para limpeza com ar comprimida. Todo o pessoal
envolvido com o processo de limpeza deve estar ciente das instruções
de segurança.

5.7.1 Preparação para limpeza

Para limpeza das linhas de descarga e bomba de betão, recomendamos prepare a


operação como segue, de acordo com os procedimentos de limpeza.

Bolas de esponja
e outros acessórios
1 Êmbolo de limpeza
2 Cubo de limpeza
3 Bola de esponja
4 Tubo raspador DN 125

Manual Funcionamento e Segurança - 171 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Para uma completa limpeza, um número suficiente de bolas de esponja e acessórios


são necessários.

Para a tubagem standard, use bolas de esponja DN 120 com o diâmetro de 80.

Tubo receptor

É necessário utilizar o tubo receptor para empurrar o betão para a frente com água
ou ar sob pressão. O tubo deve estar montado de tal maneira que o betão possa fluir
livremente e que a esponja (limpa tubos) se adapte de tal forma que não permita que
o betão se cole de novo e fique para trás.

Perigo
Se o betão é expelido com recurso a ar comprimido, ligue o tubo
redentor na extremidade da tubagem de transporte, pois caso contrário
existe o perigo de lesões causadas pela expulsão repentina da esponja
de limpeza e a saída do betão excedente sob pressão.

Se o betão é empurrado com água, recomenda-se utilizar o tubo receptor para que a
tubagem de transporte se mantenha hermeticamente fechada e mais água não
possa retroceder.

1 Acoplamento + vedante SK 125 ref. 057153007


2 Tubo receptor (tubo liso fechado) ref. 276593008
3 Freio de mola (em ambos os lados)
4 Suporte de segurança

Manual Funcionamento e Segurança - 172 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Dispositivo de limpeza

Os dispositivos de limpeza usados para limpeza com ar comprimido ou com agua


pressurizada.

Perigo
O tubo de recolha deve ser ligado na extremidade mais próxima ao
tubo de redução disponível para o efeito. Doutro modo há o perigo de
acidente devido à explosão da esponja de limpeza e do betão ainda
existente.
1 Ligação para água ou ar
2 Torneira da paragem
3 Macho de redução de pressão

Sacos de cimento para limpeza com água pressurizada

Para limpar a linha de descarga com água sob pressão, é eficaz utilizar sacos de
cimento enrolados e encharcados em água. Estes impedem que a água de limpeza
penetre no betão e o desloque criando entupimentos.

Torça os sacos de cimento

Manual Funcionamento e Segurança - 173 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

¾ Torça enrolando um ou dois sacos de cimento vazios .


¾ Antes de limpar, encharque estes sacos com água durante
aproximadamente 5 minutos.

Tubo pronto para limpeza

Nota
Antes de iniciar o processo de limpeza, prepare um pequeno tubo direito
contendo os sacos de cimento e as esponjas de limpeza.

Marcação da pistola de limpeza por água.

Para poder limpar de forma ideal o aro de desgaste e a junta vedante do tubo
oscilante é necessário lavar prolongadamente e a pouca distância a zona com água.
Para que a mangueira não seja cortada na deslocação do tubo oscilante é
necessário marcar a mangueira da forma como abaixo de descreve.

Perigo
Durante a medição do comprimento da mangueira necessária, a
máquina deve estar desligada e o sistema hidráulico incluindo o
acumulador hidráulico devem estar descarregados, caso contrário
existe o perigo de lesões quando o tubo oscilante se desloca.

Tubo de transferência com a mangueira da pistola de limpeza marcada

Manual Funcionamento e Segurança - 174 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
¾ Medir o comprimento da mangueira necessária por fora junto ao
tubo oscilante. A ponteira da mangueira deve encontrar-se a pouca
distância do aro de desgaste para que, com o jorro regulado, os
restos de betão sejam eliminados da zona do aro de desgaste e da
junta vedante.

¾ Marcar o comprimento medido, colocando uma fita adesiva ou algo


similar na mangueira.

5.7.2 Bomba de água de alta pressão

É usada para limpeza exterior da máquina.

Perigo
Para usar a limpeza com alta pressão, as seguintes roupas de
protecção devem obrigatoriamente ser usadas;
Capacete com viseira e protectores auriculares, luvas, botas à prova de
água e roupas igualmente impermeáveis à água.

Lado esquerdo

1-Nível de óleo e enchimento


2-Vareta de verificação do nível de óleo
3-Ajuste da pressão de saída

Lado direito

1 Rede de filtro na entrada da bomba


2 Válvula de drenagem da bomba de água

Manual Funcionamento e Segurança - 175 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Pistola de limpeza
3 Ponteira
4 Regulador de caudal
5 Gatilho

Antes de trabalhar

Antes de cada arranque da máquina, verifique o seguinte;

¾ Nível de óleo
¾ Nível de água no tanque
¾ Ateste o tanque de água

Arranque

Nota

Certifique-se que a bomba não trabalha em seco ou será danificada.

¾ A temperatura da água deve ser superior a 5ºC e inferior a 60ºC.

Cuidado
Antes de usar solventes, verifique a sua adequação para a limpeza que
pretende efectuar. Em nenhuma circunstância devem ser usadas substâncias
corrosivas.

¾ Ligue a mangueira de pressão da pistola de limpeza à bomba de água de


alta pressão.

Nota
Verifique sinais de congelamento.
Se os houver, aqueça o bloco de válvulas durante 15 minutos com água
quente.

¾ Ligue a bomba de água de alta pressão no quadro eléctrico. (Luz verde)


¾ Pressione o gatilho e espere até que um jacto constante de água saia pela
ponteira.
¾ Um jacto pressurizado de água ou spray tem lugar, dependendo do ângulo
do braço.

Manual Funcionamento e Segurança - 176 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

1-Rode para a direita – Jacto pressurizado


2-Rode para a esquerda - Spray

Agulheta de limpeza
¾ Aumente a pressão de saída (3) até que o manómetro da bomba de
água indique a pressão máxima de 180 bar.
¾ Verifique que trabalha correctamente sem pressão depois de fechar a
agulheta.

Cuidado
Se, depois de uma pressão de 200 bar, a bomba de água de alta pressão
não passar automaticamente para operação sem pressão, depois de se ter
fechado a pistola, reduzir a pressão na válvula de sobre-pressão.
Não use a bomba de água de alta pressão até que tenha terminado todos os
preparativos necessários.

¾ Não aponte o jacto perpendicularmente às superfícies a limpar.


Experimente retirar a película de sujidade da superfície da pintura.
Mantenha a pistola de limpeza a uma distância mínima de 30cm da
superfície a ser limpa.

Cuidado

O jacto de água não deve ser dirigido para partes eléctricas da


máquina.

Sangria

Se ar é aspirado quando se enche o tanque, deixe o macho de purga (5) aberto na


rede (4) da entrada de ar.

Manual Funcionamento e Segurança - 177 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Depois de utilizar e quando há perigo de congelamento

¾ Se usou aditivos de limpeza, lave a instalação de limpeza de alta pressão


com água.
¾ Desligue a bomba no quadro, drene a instalação e verifique que o
manómetro correspondente não indica pressão.
¾ Se houver o risco de congelamento, drene sempre a restante água usando
a válvula de purga no filtro.
¾ Desenrosque a ligação de água pressurizada e guarde a mangueira e
pistola de limpeza.

Perigo

Os ligadores da mangueira e pistola de limpeza, não devem ser


desenroscados até que a pressão na bomba de água tenha sido
totalmente aliviada.

5.7.3 Tremonha, cilindros de descarga e tudo de transferência “S”

O que se segue é uma descrição de um dos possíveis procedimentos para limpeza


da tremonha, cilindros de descarga e tubo de transferência “S”.

Nota
A máquina tem um sistema de corte em segurança no agitador.
Quando a grelha da tremonha está aberta, o agitador para e o
acumulador hidráulico descarrega, isto é, o tubo de transferência não
muda de posição. Complementarmente, os êmbolos de compressão do
betão, deslocam-se para a sua posição extrema a bomba de betão
para. Para proceder ao arranque da bomba, desligue-a e volte a ligá-la.

Perigo
Em circunstância alguma deve meter a agulheta ou qualquer outro
objecto na grelha da tremonha para limpar os cilindros de transferência.
Estes objectos podem ser apanhados na mudança do tubo de
transferência e ser danificados. Os movimentos dos objectos podem
também causar agressões no operador e terceiros.

Manual Funcionamento e Segurança - 178 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Remoção do betão restante

Colocação de lona

¾ Coloque a lona para recolha do betão restante, por baixo da tremonha.


¾ Aba a porta no fundo de limpeza na tremonha e o betão restante cairá e
será recolhido na lona.
¾ Ligue a bomba no modo inverso. O betão que ainda se encontra nos
cilindros é bombeado para a tremonha através da abertura na tremonha.

Transferência do betão

Cuidado

Manual Funcionamento e Segurança - 179 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
As lonas da Sika-Putzmeister para recolha do betão excedente podem
comportar um máximo de 0,5 m3 de betão, (aproximadamente.1.200
kg).

• Transporte o betão recolhido na lona.

Limpeza com pressão do


Cilindro de transferência

Verifique o tubo de transferência nos cilindros de descarga e deixe o tubo de betão trabalhar
suavemente em inversão

• Solte a peça em ângulo na tremonha


• Deixe a bomba de betão trabalhar suavemente em inversão.
• Limpe o tubo de transferência. Introduza a agulheta de alta pressão
cuidadosamente até à marca (ver capítulo “preparativos, e marcação da agulheta
de limpeza”).

Introduza a agulheta de limpeza de alta pressão, dentro do tubo de transferência, até à marca

• Mantenha a agulheta de alta pressão introduzida no tubo até à marca, nesta


posição por alguns minutos, até que somente água limpa saia. Deste modo, a
água limpa ambos cilindros de descarga, alternadamente.
• Limpe a tremonha com a agulheta.

Manual Funcionamento e Segurança - 180 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
• Use a agulheta para limpar todos os componentes que tenham estado em
contacto com o betão.

5.7.4 Linha de descarga

Há um número vasto de meios para proceder à limpeza da linha de descarga.


O procedimento de limpeza usado depende, entre outras coisas, do uso dado à
bomba de betão e acessórios disponíveis.

Limpeza dos diferentes tubos de transporte

A próxima página contém um sumário dos procedimentos de limpeza recomendado


para os tubos de transporte na lista. Os símbolos usados no sumário são descritos
abaixo. Os procedimentos de limpeza são descritos nas seguintes secções.

A tubagem de transporte está acoplada à bomba de betão. Os


restos de betão são bombeados com a bomba de betão, desde a
tremonha até à zona de aplicação. A limpeza faz-se desde a
tremonha até à zona de aplicação.
A tubagem de transporte está acoplada à bomba de betão. Os
restos de betão são aspirados desde a zona de aplicação até à
tremonha. A limpeza realiza-se desde a zona de aplicação até à
tremonha.
A tubagem de transporte está separada da bomba de betão.
Empurram-se os restos de betão, com uma força externa (ar ou
água pressurizados) desde a extremidade inicial da tubagem de
transporte, até à zona de aplicação. A limpeza faz-se desde a
extremidade inicial da tubagem de transporte até à zona de
aplicação.
Método de limpeza recomendado.

Método de limpeza não recomendado.

Método de limpeza não aplicável.

Manual Funcionamento e Segurança - 181 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

5.7.5 Limpeza por ar a partir da cabeça de pulverização

• Esvazie a tremonha para a parte de cima da tubagem do cilindro de transporte.


• Então, desligue a bomba.
• Introduza uma esponja de limpeza ensopada em água dentro da tubagem de
transporte. Para o fazer, retire a ponteira.
• Ligue o dispositivo de limpeza com 80 mm de diâmetro com uma flange de 6” no
lugar da cabeça de pulverização.
• Ligue a mangueira do ar comprimido ao dispositivo de limpeza.
• Arranque com o compressor e regule a velocidade da esponja de limpeza com o
macho da tampa de limpeza.
• Repita a operação se necessários.
• Certifique-se que a pressão do compressor de ar não é excedida, se o for,
purgue o dispositivo de limpeza.

Perigo
O tubo de recolha deve estar ligado.
Se este tubo não estiver ligado, haverá o perigo de acidente devido à
expulsão súbita da esponja de limpeza e do betão existente.

Recuperação da esponja

• desligue as juntas das duas peças em ângulo junto à tremonha e coloque


• um tubo de recolha de 5,5” na extremidade próxima da redução do tubo da tremonha.

Manual Funcionamento e Segurança - 182 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

• Desligue a junta das duas peças em engulo junto da tremonha e aperte a


junta do tubo de redução de 5,5”, à extremidade junto ao tubo de redução da
tremonha.
• Efectue a limpeza com o ar comprimido a partir da cabeça de pulverização.
• Desligue o compressor de ar.
• Retire o tubo de recolha e a bola de esponja do seu interior.
• O processo de limpeza deve ser repetido se necessário.
• Volte a ligar os dois cotovelos junto à tremonha.

Perigo

Se o tubo de recolha não está ligado, há o perigo de acidente devido à


expulsão repentina da esponja de limpeza e do betão existente.

Limpeza por aspiração

Este tipo de limpeza é o método mais simples e menos perigoso e engloba as


seguintes operações:

• Esvazie a tremonha do agitador para a parte superior das tubagens dos cilidros
de transporte.
• Então, desligue a bomba.
• Introduza uma esponja ensopada em água dentro da linha de saída na sua
extremidade. Para o conseguir, retire a ponteira completa, deixando o tubo livre.

Colocação do braço de operação


na sua posição superior

Aspire o betão do cimo para o fundo

Coloque o braço de projecção na sua posição superior.


Isto permite a re-aspiração do betão, o qual retorna pelo seu próprio peso.

Manual Funcionamento e Segurança - 183 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Re-aspiração do betão

1e2 Inversão no painel


3 O betão e esponja de limpeza são re-aspirados através da linha de transporte.

• Ligue a bomba no modo invertido ou inverso.


A esponja de limpeza e o betão são re-aspirados através da linha de transporte.

Localização da esponja de limpeza

Bata na parede do tubo com o cabo de um martelo

• Durante a limpeza, bata na parede do tubo junto à redução, com um pedaço


sólido de madeira (por exemplo o cabo de um martelo).

Nota
Se houver betão na tubagem de transporte, ao bater escutam-se sons
profundos e baixos. Uma vez que o betão e a esponja tenham já passado o
ponto em que se está a bater, escutam-se sons altos e claros.

Na tubagem de transporte só se deve bater com o cabo de um martelo, já que ao


contrário pode causar mossas nos tubos.

Manual Funcionamento e Segurança - 184 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
• Depois da esponja ter atravessado o ponto em que se está a bater, desligar a
bomba.

• A esponja de limpeza é recolhida como segue:

• Para remover a esponja de limpeza, desligue as juntas dos dois cotovelos junto à tremonha e
retire as esponjas.
• Quando ouvir o som na linha de transporte (ver página anterior),
sinal de que as esponjas alcançaram o tubo de redução, desligue a
bomba.
• Retire os dois cotovelos junto à tremonha.
• Retire as esponjas de limpeza do interior do tubo de redução.
• O processo de limpeza deve ser repetido se uma vez não foi
suficiente.
• Volte a ligar os dois cotovelos junto à tremonha.

Limpeza da máquina após a limpeza das tubagens

Depois da limpeza da linha de transporte, da tremonha, cilindros de transporte e tubo


oscilante, limpe todas as partes da máquina que tenham estado em contacto com o
betão. Se o betão não for retirado imediatamente, ele pode corroer a pintura,
especialmente se aditivos corrosivos foram usados.

Cuidado
Se há o risco de congelamento, a linha de transporte, caixa de água,
tanque de água e bomba de água devem se drenados completamente.
A caixa de água, deve igualmente ser drenada, mesmo que à
temperatura normal, durante paragens prologadas, por exemplo,
durante a noite ou fins-de-semana, etc., deixe o dreno aberto.

Manual Funcionamento e Segurança - 185 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Perigo de explosão

A pulverização de produtos preservativos é altamente explosiva.


Mantenha-os longe de qualquer fonte de ignição quando os utilizar.

Perigo de envenenamento
Detergentes, solventes e produtos preservativos pulverizados com ar, são
respiráveis e podem ser muito prejudiciais à saúde. Consequentemente,
use sempre uma mascada facial quando efectuar estes trabalhos.

• Limpe todos os vedantes e respectivas caixas. Lubrifique com massa todos os


vedantes antes de os colocar no seu lugar.
• As outras partes da máquina podem ser limpas com agulheta de alta pressão.
• A seguir, limpe as partes metálicas com produto anti-corrosivo ou anti-aderente.

Nota
Se a máquina tem bomba de água de alta pressão, leia a secção “bomba de
água de alta pressão”.

Manual Funcionamento e Segurança - 186 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

6 Guia de pesquisa de avarias


Este capítulo contém uma tabela com possíveis avarias, suas causas e
soluções.
Observe as instruções de segurança quando detectar uma avaria.
Todo o trabalho dos sistemas hidráulico e eléctrico, deve ser realizado
somente por pessoal técnico.

Manual Funcionamento e Segurança - 187 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

6.1 Que fazer no caso de avaria

Esta secção descreve as possíveis causas de avaria que afectam a máquina e como
as resolver.
Os números entre parêntesis correspondem aos números do diagrama.

Perigo

- Reparações nos órgãos/componentes eléctricos, mesmo


quando eles estão electricamente desligados, devem ser
efectuados somente por pessoal técnico qualificado para o
efeito.
- Antes de efectuar qualquer trabalho de manutenção/reparação,
a máquina deve estar desligada da corrente principal de
alimentação.
- Proteja o ambiente de fugas de glicerina, óleo, combustível e
aditivos (poluentes).

Nota

Mensagens de alarme
A máquina é montada com um sistema completo de monitorização que
verifica as operações usando alarmes no ecrã para indicar as falhas ou
eventuais problemas. Isto torna possível localizar a falha rapidamente. A
máquina somente pode ser operada correctamente se todos os alarmes
tenham sido resolvidos.
Leia: “alarmes Autómato”.

Fusíveis
Um fusível queimado pode ter vários efeitos. Consequentemente, verifique
todos os fusíveis antes de reiniciar as operações.

Resolução de problemas
Se a razão da falha de operação não é indicada por meio de uma mensagem
de alarme, a origem do problema deve ser encontrada através do uso de uma
lista de verificação.
Leia “Problemas, causas e eliminação”.
As avarias no chassis ou compressor são descritas separadamente nos
manuais juntos:

Manual Funcionamento e Segurança - 188 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
- Manual do chassis
- Manual do compressor

6.2 Componentes eléctricos

Este capítulo descreve as possíveis causas de avaria e as suas soluções


relativamente a componentes e dispositivos eléctricos.

A bomba está ligada mas não arranca


Causa Solução
Rendimento demasiado baixo Aumente o rendimento : a partir de
Quadro eléctrico : Modo local
Autómato ou controlo remoto: Controlo
remoto
A desactivação por EMERGÊNCIA Solte o botão de EMERGÊNCIA
está activada (Botão de EMERGÊNCIA
pressionado.

Painel eléctrico

Esta secção descreve as causas possíveis das avarias que afectam o quadro
eléctrico e como resolvê-las. Os números entre parêntesis correspondem aos
números do diagrama.

O interruptor principal está ligado mas a máquina não arranca


Causa Solução
Não há corrente eléctrica ligada Verifique a voltagem no interruptor
Faça-o com um especialista.
Sequência de fases incorrecta. Luz Troque as fases entre si.
(inversão ) acesa.
Botão de EMERGÊNCIA pressionado. O Rode todos os botões de EMERGÊNCIA
indicador de restauração está a piscar e suavemente na direcção da seta.
não pode ser restaurado. Pressione o botão de rearme (reset) no
quadro eléctrico ou a alavanca
correspondente no controlo remoto.

Manual Funcionamento e Segurança - 189 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

A máquina não arranca


Causa Solução
O motor eléctrico não arranca mas Verifique o circuito dos botões de
nenhuma situação de alarme é indicada. emergência:
Pressione o botão de rearme no painel
eléctrico ou a correspondente alavanca
no controlo remoto.
Verifique a linha eléctrica:
As três linhas de corrente devem estar
activas.
Não devem estar sobrecarregadas e
devem ter a mínima voltagem aceitável.
Não deverá haver grandes diferenças de
tensão entre fases.
Botões de emergência operativos. Verifique o circuito dos botões de
emergência. Active o botão de rearme
no painel eléctrico ou alavanca no
controlo remoto.
Avaria no controlo remoto. Verifique o controlo remoto, o seu cabo e
ligações.

Alarmes no Autómato

Esta secção descreve os ”Alarmes no Autómato” e como resolver as avarias


indicadas. Os números correspondem aos números dos componentes no painel
eléctrico/divagara eléctrico.

Cuidado
A causa de cada indicação de alarme deve ser analisada e resolvida
antes de se continuar o trabalho com a máquina.
Quando a mensagem de alarme é:

• O botão vermelho de rearme pisca.


• O correspondente alarme é indicado no ecrã.
Se mais do que um alarme aparece ao mesmo tempo, o PLC indica-os um a um.
• Repare a avaria: Isto cancelará o alarme.
• Confirme o alarme com o botão de rearme (reset)

Manual Funcionamento e Segurança - 190 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Se o alarme é ainda visível, quando o botão é pressionado ele acenderá
permanentemente.
Se o alarme não mais aparece indicado, quando o botão está pressionado a
lâmpada apagará e o alarme desaparecerá do ecrã.

Alarme 1
Protecção Motor eléctrico das bombas
Alarme de protecção do motor eléctrico das bombas
devido a excessivo consumo de energia.

102Q1 / 102 F1
100 Pare o motor eléctrico. Um componente no painel eléctrico 102Q1 / 102
F1 está avariado.

Causa Solução
Sobrecarga no motor eléctrico Rearme os componentes no painel
eléctrico. Localize a origem da sobrecarga,
corrija-a e reinicie a operação, dando
tempo ao motor a que arrefeça.

Motor eléctrico, suas ligações ou Se o problema continuar, o motor pode


cabos danificados estar danificado. Substitua-o. Verifique as
ligações e cabos do motor e se necessário
substitua o elemento avariado.

Alarme 2
Bloqueamento da Bomba de dosagem de aditivo
Alarme de bloqueamento do aditivo na bomba doseadora.

102 Pare a bomba de aditivo e projecção de betão.

Causa Solução
Insuficiente limpeza da linha de Limpe com água sob pressão.
aditivo

Solidificação do aditivo dentro da Limpe com água sob pressão.


linha
Pressostato, ligações e cabos Verifique o pressostato, ligações e cabos e
danificados se necessário substitua o elemento
danificado.

Manual Funcionamento e Segurança - 191 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Alarme 3
Protecção Motor do vibrador
Alarme de protecção do motor do vibrador, devido ao
elevado consumo de energia eléctrica.
160F1

103 Pare o vibrador. Um componente no painel


eléctrico 160F1 está avariado.

Causa Solução
Motor eléctrico do vibrador Rearme os elementos no painel eléctrico.
sobrecarregado Localize a origem da sobrecarga, corrija-a
e inicie a operação, dando tempo ao motor
para arrefecer.
Motor do vibrador, suas ligações ou Substitua o elemento avariado.
cabos danificados. Se o problema se mantém, o motor deve
ser substituído.

Alarme 4
Protecção Motor do compressor
Alarme de protecção do motor do compressor devido a
excessivo consumo de energia.
103Q1 / 103F1 / 104Q1

104 Pare os motores eléctricos/ventoinha do radiador.


Um componente no painel eléctrico 103Q1 / 103F1 / 104
Q1 está avariado.

Alarme 5
Filtro Ar Compressor colmatado

Manual Funcionamento e Segurança - 192 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Alarme sujidade no Filtro ar

106 Somente informação

Sujidade no filtro Substitua o cartucho do filtro de acordo


com as instruções do fabricante.

Alarme 6
Temperatura muito elevada do óleo do compressor
Alarme temperatura alta no óleo compressor

107 Informa a 100ºC e para a 110ºC.

Causa Solução
Trabalho excessivo do compressor, Pare o compressor até que o óleo arrefeça
dá lugar a excessiva temperatura e volte a ligar, para voltar a ter o
compressor em funcionamento, espere
dois minutos.
Sensor, ligações ou cabos O sensor pode estar avariado. Substitua-o.
danificados Verifique as ligações e cabos do motor e
se necessário, substitua o elemento
danificado.

Alarme 7
Temperatura Óleo hidráulico acima de 80ºC
Alarme temperatura do óleo elevada.

108/130 Informa a 80ºC

Causa Solução
Trabalho excessivo do circuito Ateste ou substitua a água na caixa de
hidráulico dá lugar a temperatura água.
excessiva.
Sensor, ligações e cabos
O sensor pode estar avariado. Substitua-o.
danificados. Verifique ligações e cabos do motor e se
necessário, substitua o elemento
danificado.
Ventoinha do radiador ou cabos A ventoinha do radiador pode estar
danificados. danificada. Substitua-a. Verifique as
ligações e cabos do motor e se necessário,
substitua o elemento avariado.

Manual Funcionamento e Segurança - 193 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Alarme 8
Nível Óleo Hidráulico muito baixo
Espere 1 minuto
Alarme nível óleo hidráulico muito baixo.

109 A bomba de betão pára por 1 minuto.

Causa Solução
Fuga de óleo. Repare a fuga e ateste com o mesmo tipo
de óleo, depois de 1 minuto, reinicie o
arranque.
Nível de óleo baixo. Ateste o nível com o mesmo tipo de óleo,
depois de 1 minuto rearme a bomba.
Sensor, ligações ou cabos O sensor pode estar avariado. Substitua-o.
danificados. Verifique as ligações e cabos do motor e
se necessário, substitua o elemento
danificado.

Alarme 9
Bloqueio da Bomba de betão
Alarme bloqueio Bomba Betão

110 Pára a bomba de betão

Causa Solução
Mistura de betão inapropriada. Despeje a tremonha e linha de transporte e
limpe-os. Substitua a mistura de betão.
Desempenho demasiado baixo Aumente o desempenho. Se ele não actua,
para a mistura de betão. volte a actuar como acima.

Alarme 10
Protecção Motor do radiador 160F4
Alarme por consumo corrente excessivo.

111 Pára a ventoinha do radiador. O componente


eléctrico 160F4 no painel eléctrico avariou.

Manual Funcionamento e Segurança - 194 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Causa Solução
Sobrecarga no Motor da ventoinha Verifique a causa da sobrecarga, corrija-a
do radiador. e proceda ao arranque, dando tempo ao
motor para arrefecer.
O motor da ventoinha do radiador, Verifique os cabos do motor e ligações. Se
suas ligações ou cabos estão necessário, substitua os elementos
danificados. danificados. Se o problema continua, o
motor pode estar avariado. Substitua-o.

Alarme 11
Falha Sensor Proximidade da bomba de betão
Os dois detectores de proximidade no extremo do cilindro
de transporte não enviam sinal.

112 Inverta e pare a bomba de betão.

Causa Solução
Sensores danificados, cabos ou Verifique as ligações, caos e sensor. Se
ligações em mau estado. necessário, substitua o elemento
danificado.

Alarme 12
Bombagem Betão Teórica/Real Diferença > 20%
Alarme para diferença superior a 20% entre os valores
real e teóricos da bomba de betão.

115

Causa Solução
Sensores de medida da bomba de Verifique as ligações, cabos e sensor. Se
betão, cabos ou ligações necessário, substitua o elemento avariado.
danificadas.
Outros problemas. Se o problema se mantém, informe os
serviços técnicos.

Alarme 13
Bomba de Aditivo Teórica/Real Diferença > 20%
Alarme para diferença superior a 20% entre os valores
real e teórico da bomba de aditivo.

116 Somente informação.

Causa Solução
Sensores de medida da bomba de Verifique as ligações, cabos e sensor. Se
aditivo, cabos ou ligações necessário, substitua o elemento avariado.

Manual Funcionamento e Segurança - 195 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
danificadas.
Outros problemas. Se o problema se mantém, informe os
serviços técnicos.

Alarme 14
Falha de protecção contra quebra de tensão 101F2
Alarme de protecção contra quebra de tensão

121 Um componente no painel eléctrico 101F2 está


danificado.

Causa Solução
Sobrecarga no painel eléctrico. Verifique a causa de sobrecarga, corrija-a
e rearme. Certifique-se que nenhum outro
componente foi afectado e se necessário,
substitua-o.

Alarme 15
Informação do sensor de proximidade em emergência, bomba de aditivo
fora de serviço .
Alarme do sensor de proximidade da bomba de Aditivo,
fora de serviço

122 Controlo falha a função de emergência.

Causa Solução
Sensores de medida da bomba de Verifique as ligações, cabos e sensor. Se
aditivo, cabos ou ligações necessário, substitua o elemento
avariados. danificado.

Alarme 16
Filtro separador doóleo do compressor.
Alarme de sujidade no filtro do separador.

123 Somente informação.

Causa Solução
Sujidade no filtro. Substitua o cartucho do filtro de acordo
com as instruções do fabricante.

Manual Funcionamento e Segurança - 196 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Alarme 17
Pressão de ar elevada
Alarme de pressão ar elevada no compressor

124 Pára o compressor.


Causa Solução
Sobrecarga no compressor. Normalmente acontece quando o
compressor está parado. Se não ocorrer
voluntariamente, espere dois minutos e
proceda novamente ao arranque. Se o
problema se mantiver, verifique a linha de
ar e consulte o manual do fabricante do
compressor de ar.
Fases do motor trocadas. Se as linhas de alimentação do motor
foram mexidas, verifique que o motor roda
na direcção correcta.
Sensor avariado, cabos ou Verifique as ligações, cabos e sensores.
ligações. Se necessário, substitua o elemento
danificado.
Outros Verifique o manual do fabricante.

Alarme 18
Pressão elevada no Compressor de ar.
Espere que a pressão baixe.
Alarme de pressão elevada no compressor de ar.

125 Pare o compressor

Causa Solução
Tubagem de saída de ar do Limpe a linha de ar e verifique. Espere dois
compressor bloqueada minutos antes de voltar a arrancar com o
compressor.
Sensor avariado, cabos e ligações Verifique as ligações, cabos e sensor. Se
danificados. necessário, substitua o elemento
danificado.
Outros. Se o problema se mantém, informe os

Manual Funcionamento e Segurança - 197 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
serviços técnicos.

Alarme 19
Filtro de óleo do compressor
Alarme de sujidade do filtro de óleo do compressor.

126 Sómente informação.

Causa Solução
Sujidade no filtro Substitua o cartucho do filtro de acordo
com as instruções do fabricante.

Alarme 20
Controlo de Voltagem
150Q1 / 150 F1 / 151F7
Não há controlo de voltagem.

127 Um componente no painel eléctrico 150Q1 /


150F1 151F7 está avariado. Isto pode levar a
máquina a parar.
Causa Solução
Sobrecarga no painel eléctrico. Detecte a causa da sobrecarga, corrija-a e
rearme. Verifique as ligações, cabos e
sensor. Se necessário, substitua o
elemento avariado.

Corte por RSA


Alarme do sistema de corte RSA. Grelha aberta.

Grelha da tremonha aberta


Pare a bomba de betão, projecção ou pulverização,
vibrador e agitador.

Causa Solução
Grelha aberta Uma vez que a grelha tenha sido fechada,
ele retorna ao seu estado anterior antes do

Manual Funcionamento e Segurança - 198 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
alarme actuar.
Grelha, fim do deslocamento do Repare ou substitua os referidos
êmbolo, cabos ou ligações elementos.
danificadas.

Alarme 23
Temperatura do óleo hidráulico 90ºC.
Verifique o sistema de arrefecimento de óleo.
Espere 1 minuto.

130/108 Alarme de temperatura elevada do óleo hidráulico.


Pare a bomba aos 90ºc por 1 minuto e informe
para que o sistema possa ser verificado.

Causa Solução
Sobrecarga no circuito hidráulico.
Pare a operação do circuito hidráulico até
que o óleo arrefeça e volte a ligar.
Encha até acima ou mude totalmente a
água da caixa de água. Depois de 1
minuto, arranque com a bomba sob
responsabilidade do condutor da máquina.
Sensor, ligações ou cabos O sensor pode estar avariado. Substitua-o.
avariados. Verifique as ligações e cabos do motor e
se necessário, substitua o elemento
danificado. Passado 1 minuto, arranque
com a bomba sob a responsabilidade do
condutor.
Ventoinha do permutador de calor A ventoinha do arrefecedor pode estar
ou cabos danificados. avariada. Substitua-a. Verifique as ligações
e cabos do motor e se necessário,
substitua o elemento danificado. Passado 1
minuto, arranque com a bomba sob a
responsabilidade do condutor.

Alarme 24
Pressão de ar demasiado baixa
Alarme de pressão com valor inferior à mínima pressão
que garanta a lubrificação do compressor.

131 Somente informação.

Manual Funcionamento e Segurança - 199 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Causa Solução
Trabalha a baixa pressão. Verifique se há fugas e corrija-as. Aumente
a pressão de trabalho.

Alarme 25
Temperatura do óleo do compressor muito baixa.
Alarme da temperatura de óleo do compressor abaixo dos
5º.

132 Sómente informação.

Causa Solução
Sensor, ligações ou casos Sensor danificado. Verifique as ligações,
danificados. cabos e sensor. Se necessário, substitua o
elemento danificado.

Alarme 26
Temperatura de óleo hidráulico demasiado baixa.
Alarme da temperatura óleo hidráulico muito baixa.

133 Informação e alarme soa.

Causa Solução
Sensor, ligações ou casos Sensor danificado. Verifique as ligações,
danificados. cabos e sensor. Se necessário, substitua o
elemento danificado.

Manual Funcionamento e Segurança - 200 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Bomba de betão

Este capítulo descreve as possíveis causas e suas soluções relativamente à bomba


de betão. Os números entre parêntesis correspondem aos números no diagrama.

Cuidado

Em caso de lubrificação automática: ver as instruções do manual


“bomba de lubrificação”.

Os êmbolos movem-se depois da bomba ter sido desligada

Causa Solução
Falta de óleo no sistema hidráulico. Ponha a nível com óleo hidráulico.
Acumulador hidráulico despressurizado Feche a válvula de drenagem do
(Valor nominal é 190 bar). acumulador hidráulico (121).
Vacuómetro (136) na zona vermelha. Filtro de aspiração (140) sujo. Mude o
cartucho (141), limpe a vareta
magnetizada, observe a frequência de
manutenção.
Óleo hidráulico demasiado frio. Aqueça o óleo hidráulico com a máquina
a trabalhar, mas sem estar a bombear.

A bomba não arranca

Causa Solução
Falta de óleo, a máquina desliga Ponha a nível o óleo hidráulico.
automaticamente.
Interruptor limitador inoperante. Verifique a sua actuação na caixa de
ligação.

Manual Funcionamento e Segurança - 201 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

A bomba não muda a direcção

Causa Solução
Falta de óleo hidráulico. Ponha a nível com óleo hidráulico.
Avaria no cartão do painel de Active a função de mudança. Verifique a
distribuição. operação na electroválvula de mudança
através do diodo emissor de luz.
A válvula de mudança está atolada ou Pressione o botão manual de controlo
avariada devido a algumas partículas de repetidamente, ligue a bomba em modo
sujidade. inverso durante 2-3 passagens. Verifique
os magnetos e as suas ligações.
O tubo oscilante em “S” não muda a Verifique se a pressão do acumulador
posição ou fica atolado. hidráulico, está de acordo com as
especificações da máquina. Feche a
válvula de purga do acumulador (121).
Pré-carga é de 90 bar e a pressão de
trabalho é de 190 bar.
Presença de obstáculos entre a placa de Retire os obstáculos fazendo frequentes
desgaste e o tubo “S”. inversões e mudanças. Se necessário,
abra a tremonha e limpe-a. Contrate
betão standardizado.

Óleo hidráulico sobreaquece

Causa Solução
Falta de óleo no sistema. Ponha a nível com óleo hidráulico.
A bomba funciona na zona de máxima Reduza a velocidade de bombagem e,
pressão, em virtude da baixa qualidade se necessário, peça betão de melhor
do betão e alta velocidade de qualidade.
bombagem.
Subida de pressão devido a bloqueios. Retire os bloqueios (fazendo inversões
alternadas) ou limpe manualmente.
O radiador (132) está sujo, a ventoinha Ligue manualmente. Limpe. Verifique a

Manual Funcionamento e Segurança - 202 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
do radiador não funciona. voltagem e a ligação de terra do sensor
de aquecimento (55ºC) (a menos que
esteja montado um radiador).

O acumulador descarrega demasiado


rápido ou não tem nenhuma pressão

Causa Solução
Torneira de purga do acumulador (121) Feche esta torneira.
aberta.

Manual Funcionamento e Segurança - 203 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

6.6 Braço de projecção de betão

Este capítulo descreve as causas possíveis de falhas e as suas correspondentes


soluções relativamente ao braço de projecção.

Perigo
Todos os trabalhos de reparação e manutenção no braço de projecção,
deve ser efectuados exclusivamente com o braço recolhido ou
suportado correctamente, o motor desligado e as pernas de suporte
fixadas.

Apoie o braço de trabalho

O braço de projecção roda livremente em circulo

Causa Solução
O extremo do interruptor de Repare o extremo de interruptor de
deslocamento no mecanismo de rodar percurso no controlo do mecanismo de

Manual Funcionamento e Segurança - 204 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
está avariado. O interruptor de controlo rodar.
está dobrado.

Cuidado
Se o braço roda algumas voltas na mesma direcção, os condutores
eléctricos e hidráulicos, podem ser danificados.

Controlo do braço de Projecção

Este capítulo descreve as causas possíveis de avaria e as suas


soluções, relativamente ao braço de controlo.

O controlo do braço de projecção não funciona, não é possível mover nenhum


braço no braço de projecção nem pernas de apoio.

Causa Solução
A função de desligar em EMERGÊNCIA Desbloqueie todos os botões e
foi activada EMERGÊNCIA.
A válvula de modo de selecção foi Ligue a válvula de selecção da
desligada da corrente, quando o controlo extremidade/pernas.
da extremidade do braço foi ligado. Medida de emergência:
Pressione a válvula de desligar em
emergência e, ao mesmo tempo, active
individualmente as funções da
extremidade com a alavanca de controlo.

Manual Funcionamento e Segurança - 205 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7 - Manutenção

Este capítulo contem informação acerca dos trabalhos de manutenção necessário


para garantir a operação da máquina, segura e efectiva,

No final das informações gerais acerca de manutenção, o capítulo apresenta tabelas


de manutenção correspondentes à máquina.

O Índice geral mostra um sumário das folhas de manutenção por ordem numérica, e
o conteúdo mostra um sumário em ordem alfabética sob o título “folhas de dados de
manutenção”.

Manual Funcionamento e Segurança - 206 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.1 Pontos importantes

Instruções
Somente pessoal treinado correctamente e equipado com as
necessárias ferramentas podem efectuar os trabalhos de
manutenção.

Limpeza
Limpe e seque a máquina antes dos trabalhos de manutenção.
Certifique-se que terra ou outros objectos não podem entrar no
sistema hidráulico.
Proteja o solo de fugas de líquidos (óleo, aditivos, etc.). Proteja o
ambiente.

Protecção da corrosão
A ferrugem enfraquece os materiais por corrosão e pode dar
lugar a avarias. Consequentemente, recomenda-se que trate as
zonas sem pintura e proteja a área exposta da máquina.

Peças
Use somente peças originais. A Sika-Putzmeister declina
responsabilidades por avarias causadas pelo uso incorrecto de
peças ou peças não originais.

Nota
Reparações eléctricas, mesmo que quando o quadro esteja
desligado da entrada de corrente, devem ser somente
efectuadas por pessoal treinado apropriadamente.

Cuidado
Antes de qualquer trabalho de manutenção/reparação, a
máquina deve ser desligada totalmente da alimentação de
corrente eléctrica. “verificar a máquina depois, por exemplo, dum
trabalho de reparação”, é indicado na secção seguinte.

Manual Funcionamento e Segurança - 207 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.1.1 Realização do trabalho

Cuidado

O realizar trabalhos de manutenção é descrito neste capítulo.


Para mais informação, veja também os manuais anexos.

Protecção ambiental

Proteja o ambiente de fugas de glicerina, óleo, aditivo, etc.


(contaminação).

7.2 Binários de aperto

Os binários de aperto a aplicar em cada caso, depende da qualidade do parafuso,


fricção da rosca e superfície de suporte da cabeça do parafuso. Os valores indicados
nas seguintes tabelas são aproximados. São somente válidos se no capítulo
correspondente das instruções de serviço ou nas folhas de características de peças,
outros valores diferistes não são indicados.

Cuidado
Se os parafusos necessitam ser mudados, use somente parafusos da
mesma qualidade e medida. Parafusos Ny-Lock e porcas auto-
frenantes, devem ser substituídas sempre que forem retiradas da
máquina.

As seguintes tabelas indicam o máximo binário Md em Nm para um


índice de fricção de μtot = 0.14 , com a rosca levemente
lubrificada com óleo ou massa.

Nota

Os binários dados devem ser multiplicados por 1.1, quando aplicados


nos parafusos Ny-Loc.,

Manual Funcionamento e Segurança - 208 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Tabelas de Torques

7.2.1 Montagem repetida de crescentes

De cada vez que uma ligação é desapertada, a porca deve ser


apertada firmemente.

Ligações
RAD/modelo Md (Nm) Rad/modelo Md (Nm)

6 L 20 16 L 120
8 L 40 20 S 250
12 L 55 25 S 400
12 S 80 30 S 500
15 L 70 38 S 800

Manual Funcionamento e Segurança - 209 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
16 S 130

Nota
Fixe o ligador com uma chave de bocas

7.2.2 Montagem repetida de ligações com anel de corte

De cada vez que a junta é desapertada, a porca de aperto deve ser


apertada até que a junta esteja hermética.

7.3 Consumíveis

Esta secção inclui todos os consumíveis usados com a máquina:


Óleo hidráulico, lubrificantes e filtros.

Cuidado

Os fluidos hidráulicos ou lubrificantes não devem ser usados com


aditivos, tais como, molibdénio. Estes aditivos podem corroer os
rolamentos.

7.3.1 Analises dos lubrificantes

Se, no uso de um lubrificante ou óleo hidráulico, notar que o


rendimento da máquina reduziu, peça uma análise aos lubrificantes.

Nota

Contacte por favor o serviço pós-venda da Sika-Putzmeister .


Determinaremos a causa através da análise aos lubrificantes.

7.3.2 Categoria de pureza dos lubrificantes

Para a lubrificação e para o óleo hidráulico do sistema, use uma


categoria com pureza de 18/14 de corço com a ISSO 4406. A categoria

Manual Funcionamento e Segurança - 210 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
de pureza da primeira carga é indicada no documento de medidas,
incluído nas folhas de características da máquina.

7.3.3 Armazenamento de lubrificantes

Óleo e massas lubrificantes não devem ser armazenados a céu aberto.


Com as mudanças de tempo, a água pode entrar através da boca de
despejo.

Os tambores devem ser armazenados na posição horizontal em placas,


com as bocas de drenagem viradas para cima.

Protecção ambiental

Todos os consumíveis, por exemplo, óleo usado (mesmo que seja


biodegradável), filtros e materiais auxiliares devem ser cuidadosamente
recolhidos e mantidos em separado dos outros detritos. Para reduzir os
custos de despejo ao mínimo, é melhor separar os óleos usados dos
outros tipos.

Observe a legislação aplicável a nível nacional e regional.


Colabore exclusivamente com as companhias de recolha de despejos,
aprovadas pelas entidades competentes para o efeito.

7.3.4 Óleo hidráulico

Este óleo contém o seguinte:

- Líquido mineral hidráulico (HPL) ou


- Líquido hidráulico bio-degradável baseado em esteres sintéticos
ou (HEES) ou
- Líquido hidráulico não inflamável (HFC)

As folhas de características da máquina indicam o óleo usado a 1ª


carga.

O tanque hidráulico tem uma capacidade para líquido hidráulico, que


deve estar entre as marcas mínimo e máximo “min” e “max”.
Quando se verifica o nível de líquido hidráulico, a maquina deve de
estar tão horizontal quanto possível e o braço e suportes devem estar
recolhidos.

Manual Funcionamento e Segurança - 211 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
De cada vez que o líquido hidráulico é mudado, a máquina deve estar
horizontal e o braço e suportes recolhidos.

De cada vez que o líquido hidráulico é mudado, aproximadamente 10 a


15% do líquido usado permanece no sistema (cilindros, bombas,
condutas, etc.).

Nota
Quando mudar de tipo de óleo, observe as orientações VDMA e as
instruções do fabricante.
Para dúvidas acerca da utilidade e capacidade de mistura de líquidos
hidráulicos, certifique-se com o correspondente fabricante dos
mesmos.

Pôr a nível e mudança

Para substituir e mudar o líquido, use somente líquidos hidráulicos que


cumpram com as classificações padrão e requisitos indicados nas
seguintes recomendações. Os esteres sintéticos HEES e as soluções
aquosas HFC de diferentes marcas não devem ser misturados sem
autorização dos respectivos fabricantes.

Perigo
Em circunstância alguma se devem misturar líquidos hidráulicos de
diferentes especificações, i.e., não misturar bio-degradáveis (sintéticos)
com líquidos hidráulicos minerais, etc.

Nota
A Sika-Putzmeister declina todas as responsabilidades por avarias
causadas por misturas de líquidos hidráulicos de diferentes fabricantes
e que afectem o sistema hidráulico.

Viscosidades diferentes

Quando misturar líquidos hidráulicos com diferentes tipos de


viscosidades, a viscosidade resultante depende das proporções da
mistura. Quando misturar líquidos hidráulicos de diferentes fabricantes,
a qualidade pode ser reduzida. Consequentemente, antes de proceder
à mistura, verifique com o fabricante.

Nota
Antes de usar líquidos hidráulicos com diferentes tipos de viscosidade
de VG46 (por exemplo com temperaturas ambiente elevadas),
certifique-se com o serviço de pós-venda da Sika-Putzmeister.

Manual Funcionamento e Segurança - 212 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Quando mudar um líquido tipo HLP para um do tipo HEES, a


proporção residual do óleo mineral não deve exceder os 2%. Isto
significa que uma operação de lavagem deve ser realizada com uma
carga total de líquido novo.

Por razões relacionadas com as tolerâncias dos vedantes, uma


mudança do tipo de óleo, deve ser feita não mais tarde do que 6 meses
depois da máquina ter sido recepcionada.

Quando mudar o tipo de óleo depois das 50 horas de serviço, todos os


filtros devem ser mudados uma vez que o novo líquido pode dar lugar a
que depósitos retidos no filtro, se soltem e contaminem o sistema.

Baixas temperaturas

Para evitar avarias recorde o seguinte;

Para arrancar com a máquina com o liquido hidráulico a uma


temperatura abaixo de 0ºC, aguarde alguns instantes até que a
máquina tenha aquecido.

Para o conseguir, ligue o circuito hidráulico sem contudo ligar a bomba


de betão e deixe a máquina trabalhar durante alguns minutos.

Cuidado
A máquina não deve trabalhar à carga máxima até que a temperatura
do líquido hidráulico (VG46) tenha excedido os 10ºC.

A temperatura ideal do líquido hidráulico (HLP ou HEES, VG46) é entre


os 40ºC e os 70ºC.

Nota

Se a máquina foi carregada na fábrica com líquido hidráulico especial


(não inflamável/baixa temperatura ou bio-degradavel), use somente o
líquido hidráulico com as mesmas especificações.

Manual Funcionamento e Segurança - 213 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Líquidos hidráulicos recomendados

As tabelas seguintes contêm as especificações dos líquidos hidráulicos


recomendados.

Classe Óleo mineral Ester sintético Soluções aquosas


Modelo HLP HEES HFC
mm2/s
Viscosidades ISO 46 46 46
VG
DIN 51519
ISO 3448
Uso -10ºC A +90ºC -10ºC A +90ºC -20ºC A +60ºC
Facilmente
Propriedades especiais - Não inflamável
biodegradavel
Mudança de
VDMA - 24569 24314
Directrizes
DIN 51502
Classificação
ISO 6743/0
DIN 51524/2 - -
ISO 6743/4 - -
Especificações VDMA 24318 24568 24317/24320
7º relatório de
Outros - -
Luxemburgo

Nome do fabricante de óleos hidráulicos

A Sika-Putzmeister declina responsabilidades pela qualidade dos


líquidos hidráulicos indicados ou pelas mudanças qualitativas
introduzidas pelos fabricantes sem terem modificado o nome ou o tipo.

Ester sintético
- Bechem: Hydrostar HEP 46

Soluções aquosas
- Fuchs: Hydrotherm 46 Maquinter de Portugal, Lda.

Manual Funcionamento e Segurança - 214 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.3.5 Óleos e massas

Caixa de transferência/engrenagens/agitador

Para pôr a nível ou mudar o óleo, use somente a qualidade indicada


para engrenagens de acordo com o referido nas especificações
(Verifique as indicações do fabricante).

Motor e engrenagens

O fabricante carregou o motor e a caixa de engrenagens.


A manutenção deve ser realizada em perfeito cumprimento com as
indicações dadas pelo fabricante do veículo.

Massas recomendadas

As seguintes tabelas contêm especificações das massas


recomendadas
Designação Classe Capacidade
Lubrificante Característica Norma
(DIN 51502) Viscosidade (Litros)
Manual Classe NLGI 2
K2K-30
DIN 51818
Massa DIN 51 825
Automático Classe NLGI 1 Conforme
consistente : K1K-30
Normal DIN 51818 necessidade
mineral litio
Baixas Classe NLGI 2
K E 2G-60
temperaturas DIN 51818

Designação Classe Capacidade


Óleo Característica Norma
(DIN 51502) Viscosidade (Litros)
Motor SAE 15W-40
HD API CD/SF 8,50
DIN 5151
Engrenagens SAE 90EP
mineral 6,00
Redutora / DIN 515121
HYP API GL4
Agitador SAE 75W90
5,00
Eixos /Rodas Valvolina

Óleo Característica Capacidade (Litros)


Sistema
Liquido Refrigerante 9,30
Refrigeração
Sistema
DOT 3 0,50
Travões
Depósito
Diesel classe A 150,00
Combustível

Manual Funcionamento e Segurança - 215 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

Nome dos fabricantes de massas e óleos

A Sika Putzmeister não se responsabiliza pela qualidade


dos lubrificantes indicados , suas alterações introduzidas
pelos fabricantes sem modificação do modelo e tipo.

Engrenagens da bomba de aditivo

Óleo mineral CLP 460


- Aral : Degol BG 460
- BP : Energol GR-XP 460
- Castrol : Alpha MW 460
- ESSO : Spartan EP 460
- MOBIL : Móbil Gear 634
- SHELL : Omala Oil 460

Bomba de aditivo
- Polaroil SA : Delascoil

Compressor
exclusivamente óleo lubrificante de acordo com a
viscosidade ISSO VG 68, i.e.
- ESSO : Óleo Compressor RS 68
- SHELL : COMPTELLA SH 68
- MOBIL : SHC 624

Enrolador de cabo
-ESSO : GX85W – 140/80W-90

Nota
Pontos de massa: Ver folhas de dados de manutenção e paragem da
unidade 22.0

Manual Funcionamento e Segurança - 216 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.3.6 Filtros

A seguinte tabela inclui os filtros usados

Filtros
1-Entrada de óleo hidráulico
2-Entrada da bomba de água
3-Alta pressão braço de trabalho
4-Compressor de ar
5-Combustível diesel do motor
6-Ar do motor diesel

7.4 Intervalos de manutenção

As seguintes tabelas mostram os correspondentes intervalos para os diferentes


serviços. As folhas de manutenção correspondentes, estão incluídas no final deste
capítulo.

Nota
Peça a assistência de um técnico do serviço de assistência pós-venda
da Sika-Putzmeister.
O 1º serviço passadas as 100 horas de acordo com a folha de
inspecção anexa é obrigatória para manter a garantia da máquina.
O operador da máquina deve estar presente.
Cuidado

Veja também “Intervalos de inspecção obrigatórios” no capítulo de


intruções de segurança.

7.4.1 Geral
Todas as …… horas de
Nº Grupo Actividade serviço Outros
Diário 50 500 1000
Verificação visual e funcional de todos os
1
Geral
pontos .
2 Verificação visual dos cabos eléctricos .
Tanque de
3
água
Verificar nível de água .
4 Luzes Verificação visual do funcionamento .

Manual Funcionamento e Segurança - 217 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Verificar ligações aparafusadas de
5
Geral
acordo com as tabelas de binário .
Lubrificação da estrutura ligada ao
6
veiculo .
7.4.2 Bomba de betão

Todas as …… horas de
Nº Grupo Actividade serviço Outros
Diário 50 500 1000
Verifique desgaste e
7
Tubo oscilante/ Disco fugas .
de desgaste Como
8 Verificar e ajustar . necessário
9
Tubos/Mangueiras de
Aperto das ligações .
transporte Verificar espessura da
10
parede .
Lubrifique depois de De acordo
11 Lubrificação manual
limpar . com o sinal
Verificar funcionamento
Lubrificação automática Segundo o
12
(OPCIONAL)
Encha o recipiente de
massa
. rótulo
Partes em contacto Verifique desgaste e
13
com betão fugas .
14 Caixa de água Mude a água .
Verifique aperto dos
15
Êmbolo de transporte
parafusos .
Verifique desgaste e
16
fugas nos pistons .
Verifique o aperto dos
Tubo oscilante/disco de
17
desgaste
parafusos na haste do
êmbolo
.

7.4.3 Braço de trabalho

Todas as …… horas de
Nº Grupo Actividade serviço Outros
Diário 50 500 1000
18 Tubagem e
mangueiras de
Apertos nos acoplamentos .
19 transporte Verificar espessura da parede .
Cabeça de
20
pulverização
Lubrifique .
Condensação na engrenagem Como
21 Engrenagens
do mecanismo de rodar . necessário
22 Juntas Lubrifique .
23 Giratória Lubrifique .
Manual Funcionamento e Segurança - 218 -
SIKA-PM500
________________________________________________________________________
Verifique parafusos na coroa
24
da giratória .
Mude o óleo de engrenagens
25 Engrenagens
no mecanismo de rodar .
7.4.4 Sistema hidráulico

Todas as …… horas de serviço


Nº Grupo Actividade Outros
Diário 50 500 1000
26
Partes
Verifique nível de óleo .
hidráulicas Verificação visual das
27
tubagens .
Filtros de
28
óleo
Verifique indicador sujidade .
Verifique vedação da água dos
29 Mensalmente
hidráulicos (visual)
30
Partes
Drene a água condensada .
hidráulicas Limpe radiador de óleo
31
hidráulico .
32 Mudança de óleo . Após analise
Filtros de Como
33
óleo
Mude o cartucho de entrada . necessário

7.4.5 Sistema de ar-água-aditivo

Todas as …… horas de serviço


Nº Grupo Actividade Outros
Diário 50 500 1000
Verifique ligadores das
34
mangueiras (1) .
Verifique nível óleo no tanque
35 e ajuste se necessário (2) .
Depois de cada uso, limpe a
36
bomba e circuito de água .
Verifique pressostato à
37
Bomba de
pressão aprox. de 10 bar (5) .
Verifique a limpeza da
aditivo
38 ventoinha e arrefecedor do
motor eléctrico
.
Limpe os motores eléctricos e
39 ventoinhas dos arrefecedores
com uma escova (3)
.
40 Mude o óleo (4) .
41 Mude a mangueira da bomba 200h

Manual Funcionamento e Segurança - 219 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.4.6 Compressor OPTIMIAL PM77/110

Nº Grupo de actividade Horas de trabalho


8 50 500 1500 2000 5000 8000 20000
42 Verifique nível de óleo ●
Compressor Verifique limpeza do
43 radiador ●
44 Unidade- Limpeza externa ●
45 Grupo Verificação de fugas ●
46 Limpe entrada de filtros (1) ●
47 Substitua o filtro de entrada ●
48 Limpe o radiador ●
Substitua o filtro de malha
49 fina

50 Compressor Verifique apertos ●
Verifique filtro do separador
51 ar-óleo ●
52 Mudança de óleo (2) (2) ●
53 Substitua o filtro de óleo (2) (2) ●
Substitua o filtro do
54 separador ar-óleo

Unidade-
55 Grupo
Aperte os parafusos ●
56 Verifique regulações ●
57 Substitua o kit de aspiração ●
Substitua tubos de nylon e
58 ligadores

Compressor Substitua cintas e
59 mangueiras hidráulicas ●
60 Serviço geral ●
Lubrificação de rolamentos
61 (4) ● ●
Unidade-
62 Grupo
Verifique o acoplamento ●
O período pode ser encurtado ou aumentado de acordo com as condições ambientais. A unidade tem
um indicador de sujidade. A primeira mudança de filtro e óleo deve ter lugar depois das 500h. O período
de mudança das 5.000 h ou 2 anos é para o óleo BETICO ROTOSINT. Para o óleo BETICO TURBO
200, o período é de 1.500h ou 1 ano. Observe a legislação relativamente à eliminação de poluentes. Os
períodos para mudança de filtro enquanto são válidos enquanto as perdas não excedem os limites pré-
fixados. É suficiente mudar o óleo todas as 3.000h. È indicado verificar o estado dos rolamentos usando
a manutenção preventiva, através de ultra sons ou similar a curtos intervalos, por exemplo todas as
10.000h e dar-lhe a correcta importância para o correcto funcionamento do compressor.

Manual Funcionamento e Segurança - 220 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.4.7 Limpeza a alta pressão

Todas as …… horas de serviço


Nº Grupo Actividade Outros
Diário 50 500 1000
Bomba de Verifique e mude o filtro de Como
63
água entrada ● necessário

7.4.8 Enrolador de cabo

Todas as …… horas de serviço


Nº Grupo Actividade Outros
Diário 50 500 1000
Verifique os apertos de acordo
64
com as tabelas de binários X ●
65 Verifique as ligações eléctricas X ●
Verifique que as escovas estão
66
Enrolador na guia correspondente. X ●
de cabo Limpe o colector eléctrico,
67
mude o vedante ●
Verifique e ajuste a tensão de Como
68
tracção ● necessário
Como
69 Verifique ligações hidráulicas ● necessário

Manual Funcionamento e Segurança - 221 -


SIKA-PM500
________________________________________________________________________

7.4.9 Chassis

Nº Grupo de actividade Horas de trabalho


8 50 500 1500 2000 5000 8000 Outros
Depósito de óleo
70 (Verifique)

71 Liquido de arrefecimento ●
Como
72 Filtro de ar limpe/mude) ● necessário
Motor diesel Mudança de filtro de
73 óleo

Mudança de depósito de Como
74 óleo ● ● necessário
Mudança do filtro de Como
75 gasóleo
● ● necessário
Engrenagens
Verifique óleo das
76 de
engrenagens

transferência
Verifique óleo do eixo
77 Eixos diferencial

diferenciais Verifique óleo da
78 engrenagem ●
Balanceiros
Como
79 das barras Lubrificar ● necessário
transversais
80 Pneus Verifique a pressão ●
Mude o líquido de
81 Motor diesel
arrefecimento

Engrenagens
Mude o óleo das
82 de
engrenagens

transferência
Mude o óleo destes
83 Eixos eixos

diferenciais Mude o óleo das
84 engrenagens ●

Manual Funcionamento e Segurança - 222 -