Você está na página 1de 96

Aventura

das Letras

Língua Portuguesa

Conceição Dinis Fátima Lima

n

4

4.° ano Ensino Básico

Fichas

Fichas

JUL/2002 – LIVRO AUXILIAR ISBN 972-0-11258-1 Execução gráfica: Bloco Gráfico, Lda. • R. da Restauração,

JUL/2002 – LIVRO AUXILIAR

ISBN 972-0-11258-1

Execução gráfica: Bloco Gráfico, Lda. R. da Restauração, 387 4050-506 PORTO PORTUGAL

Aos educadores

O livro A Aventura das Letras 4 – Fichas, Língua Portuguesa, 4. o ano, articula-se com o projecto iniciado no Livro de Leitura – A Aventura das Letras 4.

Os dois livros são complementares quanto aos temas tratados.

Nas fichas faz-se inicialmente uma introdução, seguida da necessária sistematização. Sugere-se ainda ao aluno que pinte no livro de fichas o desenho que ilustra o texto do Livro de Leitura.

São propostos exercícios de interpretação do texto, de aquisição de vocabulário e de reflexão sobre o funcionamento da língua, de modo muito variado e criativo, dentro das actuais linhas orientadoras do ensino-aprendizagem.

Há uma preocupação constante com a ortografia e a aplicação das suas regras, presente nos exercícios de todas as fichas.Valoriza-se a interpretação do texto e a recriação do mesmo em várias formas de expressão – desenho, dramatização, resumos e outras.

as autoras

Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Índice Texto Tema do Programa Ortografia Pág. A aventura das

Setembro

Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Índice Texto Tema do Programa Ortografia Pág. A aventura das letras

Outubro

Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Índice Texto Tema do Programa Ortografia Pág. A aventura das letras

Novembro

Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Índice Texto Tema do Programa Ortografia Pág. A aventura das letras

Dezembro

Setembro Outubro Novembro Dezembro Janeiro Índice Texto Tema do Programa Ortografia Pág. A aventura das letras

Janeiro

Índice

Texto

Tema do Programa

Ortografia

Pág.
Pág.

A

aventura das letras

A

ordem alfabética

Ordenar as palavras na frase

Vogais e consoantes vr, cr, lh, qu nh, lh, ch as, es… az, ez… ça, ce, ci, ço, çu

 

6

O

Caderno Sabichão

As regras da frase escrita

7

O

Amadeu

Dar informações sobre o texto

8

O

rapaz e o dragão

Conhecer os nomes comuns

9

É

preciso crescer

Os nomes e os adjectivos

10

 
 
 
 

Quando a chuvinha cai…

 

Reconhecer o nome e o verbo

oso, osa Onomatopeias Encontro de consoantes Soletrar qu ss Acentos tr, cr, br rr

12

A

caixa do correio

Os tipos de frase A divisão silábica

 

14

Sol de Outono

 

16

O

feriado de 5 de Outubro

 

Os nomes, masculino e feminino

17

A

cor que se tem

Relacionar o texto com o desenho A ampliação da frase A frase e a não-frase

 

18

Os membros do corpo

 

20

Os músculos e o esqueleto

21

O

solo pode tremer

?

Os graus do adjectivo

22

O

leopardo e o fogo

Os tempos do verbo

24

 
 
 
 
22 O leopardo e o fogo Os tempos do verbo 24   A minha avó Lídia
22 O leopardo e o fogo Os tempos do verbo 24   A minha avó Lídia
22 O leopardo e o fogo Os tempos do verbo 24   A minha avó Lídia

A

minha avó Lídia

Responder a questionário

ice

isse

25

O

guarda-sol e o guarda-chuva

 

Substituir o adjectivo pelo antónimo

mb, mp ss ça, ce, ci aço, aça rr cl, bl, pl Valores do x ez, ês

 

26

O

velho rei vaidoso

Descobrir as perguntas dadas as respostas Divisão silábica

 

28

História meio ao contrário

 

30

A

lenda da Rainha Santa

Descobrir rimas

32

O

Rei D. Fernando

Relacionar as ideias do texto

34

O

Infante D. Henrique

Nomes comuns e colectivos

35

O

povo à beira do mar

 

Interpretar o texto com lacunas Nomes próprios e comuns

 

36

Os Portugueses no mundo

38

e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a
e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a
e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a
e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a
e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a
e comuns   36 Os Portugueses no mundo 38 Na noite de Natal   Descobrir a

Na noite de Natal

 

Descobrir a frase intrusa

h

39

A

caminho de um presépio

 

As personagens do texto O grau superlativo Relacionar o texto e a gravura

 

mb

40

Joana e os Reis Magos

s, z

42

Levar alegria e felicidade

iz, is

43

O

Natal dos Açores

Escrever o sujeito e o predicado

Acentos

45

 
 
 
 
Escrever o sujeito e o predicado Acentos 45   Chegou o Inverno!   Interpretar por esquema
Escrever o sujeito e o predicado Acentos 45   Chegou o Inverno!   Interpretar por esquema
Escrever o sujeito e o predicado Acentos 45   Chegou o Inverno!   Interpretar por esquema

Chegou o Inverno!

 

Interpretar por esquema gráfico

Hífen ge, gi, je, ji Ditongos ça, ce, ci, ço, çu cess ecer nh, lh rr, ss à, há, ah

 

46

A

neve

Responder a questionário sobre o texto Explicar expressões do texto

 

47

Nasce uma fonte

 

48

A gata e a Lua

Relacionar o texto com as vivências

50

A energia do Sol

Separar as palavras na translineação Os tempos do verbo

 

51

Amanhecer

52

O

sapinho

Os determinantes demonstrativos

53

O

tempo corre atrás do tempo

 

Família de palavras Graus dos adjectivos

 

54

Era uma vez… o planeta Terra

56

atrás do tempo   Família de palavras Graus dos adjectivos   54 Era uma vez… o
atrás do tempo   Família de palavras Graus dos adjectivos   54 Era uma vez… o
atrás do tempo   Família de palavras Graus dos adjectivos   54 Era uma vez… o
 

Texto

 

Tema do Programa

 

Ortografia

Pág.
Pág.
 
 
 

O

circo

Frases no singular e no plural

Valores do x Acentos

 

57

A

lenda da serra da Estrela

Ordenar os acontecimentos do texto

58

Como se formaram

 
 

as montanhas?

Os numerais cardinais

rr, ss, x s, z ez, ês cr, tr, fr

 

60

O

rio, o velho e o moço

As classes de palavras

61

O

Tejo, o Douro e o Guadiana

Escolher outro título Conhecer o sujeito e o predicado

 

62

As fadas

 

64

o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu
o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu
o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu
o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu
o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu
o sujeito e o predicado   62 As fadas   64 O meu pai e eu

O

meu pai e eu

Os determinantes possessivos Os tipos da frase

 

qu ça, ço, ce, ci ar em, en nh, lh

 

65

Uma flor na praia

 

66

A

onda do mar

Os nomes masculino e feminino Descobrir a palavra intrusa

67

Miguel e o peixe-voador

 

68

A

Primavera

Conhecer informações sobre o texto

70

 
 
 
 
Conhecer informações sobre o texto 70   Páscoa no Minho Adivinhas   Assinalar o sinónimo
Conhecer informações sobre o texto 70   Páscoa no Minho Adivinhas   Assinalar o sinónimo
Conhecer informações sobre o texto 70   Páscoa no Minho Adivinhas   Assinalar o sinónimo

Páscoa no Minho Adivinhas

 

Assinalar o sinónimo Interpretar o texto com lacunas

 

Os sons do r nh, lh, ch vem, vêm, vêem tem, têm br, gr, cr

 

71

72

O

Senhor Vento

Escrever uma história imaginada Conhecer onomatopeias

73

Os sons da vida

 

74

O

Dia 25 de Abril

Numerais ordinais

76

 
 
 
 
74 O Dia 25 de Abril Numerais ordinais 76   Dia da mãe   Separar os
74 O Dia 25 de Abril Numerais ordinais 76   Dia da mãe   Separar os
74 O Dia 25 de Abril Numerais ordinais 76   Dia da mãe   Separar os

Dia da mãe

 

Separar os grupos da base Relacionar o parentesco Os graus do adjectivo

 

ss nh z, s-z ce, ci ar, er, ir, or oso, osa ês, ez ão, ãos, ões jinho, jinha

 

77

Os gigantes e os anões Os pássaros de fogo

78

80

O

pastor e o lobo

Recontar o texto noutra linguagem Relacionar o texto com a gravura

81

Plantar uma floresta

 

82

A

pesca da sardinha

Interpretação por resposta múltipla Dramatizar o texto lido

84

As pedras preciosas

 

85

A

feira

Verbos regulares e irregulares

86

 
 
 
 
85 A feira Verbos regulares e irregulares 86   Canção de roda Camões Oração popular a
85 A feira Verbos regulares e irregulares 86   Canção de roda Camões Oração popular a
85 A feira Verbos regulares e irregulares 86   Canção de roda Camões Oração popular a

Canção de roda Camões Oração popular

a Santo António Carta para o Lobo-Marinho Os meninos e o ambiente

 

Identificar os nomes próprios Recolher textos para o livro de turma

 

nh, lh

88

mb, mp

89

O presente futuro Redução da frase Construir um cartaz

tr, dr pôr, por – pêlo, pelo agem, igem, ugem Hífen

 

91

92

93

A

nossa terra faz parte de nós

Os verbos auxiliares

94

 
 
 
 
93 A nossa terra faz parte de nós Os verbos auxiliares 94   Fevereiro Março Abril

Fevereiro

93 A nossa terra faz parte de nós Os verbos auxiliares 94   Fevereiro Março Abril

Março

93 A nossa terra faz parte de nós Os verbos auxiliares 94   Fevereiro Março Abril

Abril

93 A nossa terra faz parte de nós Os verbos auxiliares 94   Fevereiro Março Abril

Maio

93 A nossa terra faz parte de nós Os verbos auxiliares 94   Fevereiro Março Abril

Junho

Setembro A ordem alfabética Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 8 do
Setembro
Setembro

A ordem alfabética

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 8 do Aventura das Letras 4 e faz a correspondência, de modo a obteres frases correctas. Pinta o desenho.

As letras pequenas

As letras às

As letras zês

O alfabeto

compõe-se de letras vogais e letras consoantes.

faziam perguntas às letras grandes.

eram as últimas.

eram as primeiras do alfabeto.

As Palavras

Vogais e consoantes

Lê o texto e sublinha a vogal i nas palavras.

A letra i

Um traço vertical Um ponto (ponto de ponto final) e pronto eis o i de rosto bem disposto que ri, ri, ri de um só som sem disfarce bem aberto vogal mais límpida do alfabeto.

Maria Alzira Pinto Machado, Natalinho

Copia da poesia palavras que contenham as seguintes consoantes:

l v
l
v
poesia palavras que contenham as seguintes consoantes: l v As letras com que se escrevem as

As letras com que se escrevem as palavras da língua portuguesa formam o alfabeto.

A frase e o texto

1
1

Ordena as palavras e escreve uma frase correcta que inicie com maiúscula e termine com pontuação.

a consoantes as constituem maioria

n AVL4 Fichas

O Caderno Sabichão

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 10 do Aventura das Letras 4. Ordena os acontecimentos da história. Pinta o desenho.

qu
qu

Ele tinha o grande desejo de voar para mais longe.

No seu aniversário o João recebeu uma colecção de borboletas.

O

caderno andou muito tempo a esvoaçar.

O

Caderno Sabichão vivia dentro da pasta do João.

O

menino colou as borboletas na capa do Caderno Sabichão.

As Palavras

vr,

cr,

lh,

qu

na capa do Caderno Sabichão. As Palavras vr, cr, lh, qu Lê a poesia e memoriza-a

Lê a poesia e memoriza-a para a dizeres aos teus companheiros.

Lê os bons livros. Os livros, onde mais discreto amigo? Contam-me tudo o que sabem Não falam do que lhes digo.

Correia de Oliveira

Copia do texto palavras com os grupos de consoantes indicados.

vr cr lh
vr
cr
lh

A frase e o texto

1
1

Risca as frases que não estão escritas correctamente e volta a escrevê-las com as emendas devidas.

O

João tinha um Caderno Sabichão.

 

ele tinha conhecimentos variados.

 

O

menino estudava por aquele caderno

 
   
 

Os livros estão na pasta. A letra maiúscula no início e a pontuação no final são marcas da frase escrita.

2
2

Imagina que o Caderno Sabichão continuava a voar e ia dar um passeio. Conta esta aventura do caderno do João.

O meu Caderno Sabichão

Organiza um caderno para os teus apontamentos, com uma capa de cartão recortada e enfeitada com desenhos ou colagens.

Organiza um caderno para os teus apontamentos, com uma capa de cartão recortada e enfeitada com
Organiza um caderno para os teus apontamentos, com uma capa de cartão recortada e enfeitada com
Organiza um caderno para os teus apontamentos, com uma capa de cartão recortada e enfeitada com
Setembro O Amadeu Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 12 do Aventura
Setembro
Setembro

O Amadeu

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 12 do Aventura das Letras 4 e completa. Pinta o desenho.

 

Título:

Obra:

Autor:

Tipo de texto: prosa poesia teatro
Tipo de texto:
prosa
poesia
teatro
2
2

Completa de acordo com o texto.

 

Aquelas aulas eram

 

A

professora ficava satisfeita quando

 

Havia um aluno que

 
3
3

Copia do texto expressões que indiquem:

 
3 Copia do texto expressões que indiquem:   – as brincadeiras das crianças – a idade

– as brincadeiras das crianças

– a idade do Amadeu

– o trabalho da mãe do menino

As Palavras

1
1

nh,

lh,

ch

Copia do primeiro parágrafo as palavras com estes grupos.

nh lh ch
nh
lh
ch

A frase e o texto

as palavras com estes grupos. nh lh ch A frase e o texto 1 Copia do
1
1

Copia do texto os nomes próprios.

 

Amadeu Os nomes de pessoas, países, rios, estações do ano…, são nomes próprios e iniciam-se com letra maiúscula.

2
2

Assinala as listas que contêm só nomes comuns.

 
 
tanques bonecos bolos encosta vale rolar
tanques bonecos bolos
encosta vale rolar

aluno professora aula

3
3

Escreve um texto sobre as tuas brincadeiras ao ar livre.

 

n AVL4 Fichas

O rapaz e o dragão

Ler e Compreender

1 Faz a leitura dramatizada do texto da página 14 do Aventura das Letras 4
1
Faz a leitura dramatizada do texto da página 14 do Aventura das Letras 4
– narrador, dragão, professor.
2
Desenha as personagens que falam nesta história.
3
Reconta a história em banda desenhada.
As Palavras
as,
es,
is…
az,
ez,
iz…

Lê a quadra em silêncio.

Os dragões e outros que tais bruxas de imenso nariz são os heróis imortais das histórias infantis.

Adolfo Simões Müller, Sola, Sapato, Rei, Rainha, Verbo, 1998

Simões Müller, Sola, Sapato, Rei, Rainha , Verbo, 1998 Sublinha as terminações das palavras do texto:

Sublinha as terminações das palavras do texto: ás, oz, ós, ês e ez.

atrás

voz

após

três

talvez

A frase e o texto

1
1

Completa as frases do texto que terminam com a pontuação indicada.

.

O Antoninho olhou Disseste

 

?

Mas

!

2
2

Copia os nomes comuns do primeiro parágrafo.

3
3

Escreve um texto contando uma história em que entre uma personagem inventada.

Setembro É preciso crescer Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 16 do
Setembro
Setembro

É preciso crescer

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 16 do Aventura das Letras 4 e assinala de acordo com o texto. Pinta o desenho.

O

Chico queria crescer:

O Chico queria crescer:
 

porque queria trabalhar. estava farto de ser miúdo. queria fazer anos.

 

O

rapaz resolveu ir à farmácia:

 

para falar com o farmacêutico. tomar vitaminas. comprar um remédio para crescer.

2
2

Transcreve do texto as expressões de acordo com as gravuras.

do texto as expressões de acordo com as gravuras. As Palavras ça, ce, ci, ço, çu

As Palavras

ça,

ce,

ci,

ço,

çu

de acordo com as gravuras. As Palavras ça, ce, ci, ço, çu 1 Assinala os grupos
1
1

Assinala os grupos ça, ce, ci e ço nas palavras do texto.

 

criança

vacina

crescer

rações

preciso

farmacêutico

farmácia

esperança

2
2

Completa as palavras com o grupo çu.

 
2 Completa as palavras com o grupo çu .   a car a de a ucena
2 Completa as palavras com o grupo çu .   a car a de a ucena
2 Completa as palavras com o grupo çu .   a car a de a ucena

a

car

a

de

a

ucena

3
3

Separa as sílabas como no exemplo.

 
miúdo mi ú
miúdo
mi
ú

levantar

roupas

esperança

do
do

n AVL4 Fichas

Ler e Compreender

Sublinha a cores diferentes os nomes e os adjectivos do texto.

coisas divertidas – miúdos altos e fortes – criança grande

Inventa nomes comuns que fiquem bem com estes adjectivos.

bonitos

alegre

fartos

rápido

O rapaz era pequeno. Os rapazes eram pequenos. O sujeito concorda com o predicado.

Liga correctamente para formar frases e escreve-as.

Aquele menino

Os adultos

– Ó senhor farmacêutico,

tem remédio para crescer?

pôs-se a fazer contas.

fazem coisas divertidas.

• pôs-se a fazer contas. • fazem coisas divertidas. Lê a quadra e escreve as frases,

Lê a quadra e escreve as frases, de acordo com o exemplo.

Não sou esperto nem bruto Nem bem nem mal educado. Sou simplesmente o produto Do meio em que fui criado.

António Aleixo

o produto Do meio em que fui criado. António Aleixo Escreve um diálogo em que o

Escreve um diálogo em que o Chico fala com um amigo sobre o desejo de crescer depressa.

Forma afirmativa

Sou esperto.

Nós somos produto do meio.

Vós sois bem-educados.

Forma negativa

Não sou esperto.

Outubro Quando a chuvinha cai… Ler e Compreender Lê o texto da página 18 do
Outubro
Outubro

Quando a chuvinha cai…

Ler e Compreender

Lê o texto da página 18 do Aventura das Letras 4 e responde.

Quando começa a escola?

Por que razão já não se vai à praia?

No início do ano escolar compram-se livros novos. Porquê?

Que trabalhos escolares são aqui referidos?

Que sente a criança quando ouve tocar para sair?

Concordas com o conselho do professor para não jogar à bola na rua? Explica a razão.

Também costumas dizer, «Como é bom andar na escola.»? Porquê?

costumas dizer, «Como é bom andar na escola.»? Porquê? Desenha de acordo com as expressões do

Desenha de acordo com as expressões do texto.

O sol tristonho já desmaia.

Dá outro título ao texto.

Eu faço sempre uma careta.

As Palavras

oso,

osa

Lê a poesia e sublinha as palavras terminadas em oso e osa.

O Gerês com chuva

O céu perdeu o tom azul

Acinzentou-se.

A chuva caiu longas horas

E regou as terras sequiosas. Agora erguem-se mais verdes As árvores frondosas.

Mimosa Bastos, A Árvore Amarela, APPACDM, 1997

frondosas. Mimosa Bastos, A Árvore Amarela, APPACDM, 1997 Completa com oso ou osa e volta a

Completa com oso ou osa e volta a escrever as palavras.

mim

poder

vaid

graci

gul

preci

A frase e o texto

1 Completa as frases com o sujeito e o predicado, de acordo com o texto.
1
Completa as frases com o sujeito e o predicado, de acordo com o texto.
Sujeito
Predicado
perdeu o tom azul.
As árvores
regou as terras.
O céu
ficaram mais verdes.
As terras
Aqueles alunos/gostavam da escola.
O nome é a palavra mais importante do sujeito e o verbo a palavra mais importante
do predicado.
2
Sublinha a cores diferentes os nomes e os adjectivos.
tom azul
terras sequiosas
árvores verdes
3
Faz um resumo do rexto «Quando a chuvinha cai
»
A árvore do Outono
Com pauzinhos colados e folhas amarelecidas, constrói uma
árvore de Outono.
n – AVL4 – Fichas
Outubro A caixa do correio Ler e Compreender Lê o texto da página 20 do
Outubro
Outubro

A caixa do correio

Ler e Compreender

Lê o texto da página 20 do Aventura das Letras 4 e completa.

•

abriu a caixa do correio.

A mãe

mandou o André ver se havia correio.

A caixa do correio

deitou a água das mãos no aquário.

foi a correr pelo corredor.

O André

não tinha nada, só água da chuva.

O André • • não tinha nada, só água da chuva. Explica as expressões por palavras

Explica as expressões por palavras tuas:

a concha das mãos

a palma da mão

caminhar na sua mão

dar as mãos

Desenha de acordo com os graus do nome porta.

porta

portinha

portão

Transcreve do texto frases ou expressões que indiquem as qualidades do André.

era desembaraçado

era cuidadoso

n AVL4 Fichas

As Palavras

Onomatopeias

1 Lê a pequena poesia e faz um desenho para cada quadra. O peixinho I
1
Lê a pequena poesia e faz um desenho para cada quadra.
O peixinho
I
O
peixinho nada
Dentro do laguinho.
Glu, glu, glu,
Todo molhadinho.
II
Veio a mãe peixe
Buscar o filhinho,
Tchim, tchim, tchim,
Está constipadinho.
III
– Vai já para a gruta,
Maroto peixinho!
Glu, glu, glu,
estás doentinho.
Popular
2
Transcreve as palavras que indicam os sons que o peixe fazia.
3
Liga correctamente as vozes aos animais e os sons aos objectos.
peixe •
au, au
sapato •
trr, trr
boi
glu, glu,
porta •
• pum, pum
cão
• muu
bombo •
• chap,chap
truz
truz

As palavras que imitam os sons chamam-se onomatopeias.

A frase e o texto

1
1

De acordo com esta pequena poesia, escreve frases do tipo indicado.

Declaração

Interrogação

Exclamação

2
2

Tens algum peixinho num aquário? Escreve um texto sobre o teu animal de estimação.

Outubro Sol de Outono Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 22 do
Outubro
Outubro

Sol de Outono

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 22 do Aventura das Letras 4 e completa com V (verdadeiro), F (falso) ou T (talvez).

José sentou-se na relva macia, naquela tarde de Outono. Ele viu um pássaro pousado na pedra quente do sol. Ouviu uma cotovia que ali perto começou o seu canto. De futuro havia de passar muitas vezes pela figueira.

canto. De futuro havia de passar muitas vezes pela figueira. As Palavras Encontro de consoantes 1

As Palavras

Encontro de consoantes

1
1

Lê a pequena poesia e separa as consoantes que não pertencem à mesma sílaba.

Outono

 

tantas

encarnadas

castanho

 

Tantas folhas, tantas! De tanto feitio! De tanto tamanho! Umas amarelas Outras encarnadas Ou em tom castanho!

Maria Isabel M. Soares

tantas! De tanto feitio! De tanto tamanho! Umas amarelas Outras encarnadas Ou em tom castanho! Maria
2
2

Completa o quadro com palavras deste pequeno texto.

 

Monossílabos

Dissílabos

Trissílabos

Polissílabos

tanto

tom

A frase e o texto

1 Completa as frases com as expressões hoje, ontem e no futuro. , o José
1
Completa as frases com as expressões hoje, ontem e no futuro.
,
o José parece ouvir um coração a bater.
O rapaz,
, viu a laranjeira de folhas brilhantes.
Há-de falar mais com a figueira,
.
2
Escreve um texto sobre o que vês e o que sentes ao olhar a Natureza numa tarde de Outono.

n AVL4 Fichas

O feriado de 5 de Outubro

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 24 do Aventura das Letras 4. Completa.

A

República foi implantada em

A

Revolução deu-se na cidade de

 

O

chefe máximo na República é

 

A

Monarquia era a forma do governo

Quando o rei morria sucedia-lhe

Na República o povo tem direito a votar

As Palavras

Soletrar

República o povo tem direito a votar As Palavras Soletrar 1 Separa as letras das palavras
1
1

Separa as letras das palavras do texto como para soletrar.

Monarquia

q u
q
u

M o n a r

i a

governo

República

2
2

Descobre novas palavras com estas letras.

 

M

O

N

A

R

C

A

X

X

   

X

 

X

X

   

X

 

X

X

X

   

X

X

X

X

     

X

X

X

X

 

X

   

X

X

X

marca
marca

habita

transporta doentes

caixa de madeira

baleia

A frase e o texto

1
1

Assinala a frase que tem o verbo no pretérito perfeito do indicativo.

Portugal implantou a República.

Portugal implantou a República.

O Presidente da República representa o nosso país.

2
2

Transcreve do texto os nomes para completar o quadro.

 

Masculino

 

Feminino

o

dia

a

escola

os

a

o

as

AVL4F-02

completar o quadro.   Masculino   Feminino o dia a escola os a o as AVL4F-02

17

Outubro A cor que se tem Ler e Compreender Lê o texto da página 26
Outubro
Outubro

A cor que se tem

Ler e Compreender

Lê o texto da página 26 do Aventura das Letras 4 e completa.

Nome da autora A poesia tem grupo tem grupos de versos. O segundo versos. Os
Nome da autora
A
poesia tem
grupo tem
grupos de versos. O segundo
versos.
Os versos rimam, isto é, terminam com
sons semelhantes.
de

Ex.: inventar, encantar.

Responde.

O que vai inventar a poetisa quando for crescida?

Responde. O que vai inventar a poetisa quando for crescida? Para que serve o perfume? Que

Para que serve o perfume?

Que cores poderá dar à pele?

Parece-te que o valor das pessoas está relacionado com a cor da pele? Diz o que pensas sobre o assunto.

Transcreve do texto, por ordem alfabética, as palavras que indicam cores.

Desenha de acordo com os versos.

Quando for crescida Hei-de inventar Um perfume de encantar.

Quem o cheirar há-de ficar Com a cor da pele Que mais gostar.

As Palavras

qu

1
1

Sublinha o grupo qu nas palavras do texto.

 

quando

 

quem

que

2
2

Completa as palavras com o grupo qu.

 
que 2 Completa as palavras com o grupo qu .     eijo a ário ímico
que 2 Completa as palavras com o grupo qu .     eijo a ário ímico
que 2 Completa as palavras com o grupo qu .     eijo a ário ímico
que 2 Completa as palavras com o grupo qu .     eijo a ário ímico
 

eijo

a

ário

ímico

ota

3
3

Escreve as palavras que rimam no texto e inventa outras.

 
preferir – decidir – pedir acreditar – – alegrar – – valor – – amor
preferir –
decidir
pedir
acreditar –
alegrar –
valor –
amor
lilás –
alguém –

A frase e o texto

Completa de acordo com o exemplo.

Eu acredito que o valor da pessoa não está na sua cor.

A poetisa acredita que o Nós

Ele e o amigo

Completa o quadro dos nomes do texto.

Singular

Plural

 

perfumes

cor

 

pele

 
 

valores

perfumes cor   pele     valores Escreve um texto sobre a vida, usos e costumes

Escreve um texto sobre a vida, usos e costumes das pessoas da tua comunidade.

Outubro Os membros do corpo Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 28
Outubro
Outubro

Os membros do corpo

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 28 do Aventura das Letras 4 e responde.

De que se queixavam as mãos e os pés?

Que aconteceu ao estômago, quando lhe negaram a comida?

As mãos e os pés tentaram remediar o seu erro. Como?

Concordas com a atitude que tomaram as mãos e os pés?

Porquê?

As Palavras

ss

que tomaram as mãos e os pés? Porquê? As Palavras ss 1 Copia do texto palavras
1
1

Copia do texto palavras com o grupo ss.

2
2

Classifica cada grupo de palavras do texto quanto ao número de sílabas.

grupo de palavras do texto quanto ao número de sílabas. mãos depressa membros por proveito outros
grupo de palavras do texto quanto ao número de sílabas. mãos depressa membros por proveito outros
grupo de palavras do texto quanto ao número de sílabas. mãos depressa membros por proveito outros

mãos

depressa

membros

por

proveito

outros

de

haviam

valeu

A frase e o texto

1
1

Assinala a frase que explica melhor o assunto do texto.

As mãos e os pés queixavam-se.

As mãos e os pés queixavam-se dos outros membros porque os alimentavam.

As mãos e os pés queixavam-se dos outros membros.

A frase simples pode ser ampliada com as circunstâncias que explicam melhor a situação.

n AVL4 Fichas

Os músculos e o esqueleto

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 30 do Aventura das Letras 4.

2
2

Risca as frases que não estão de acordo com o texto.

O

nosso esqueleto é formado por 206 ossos.

O

osso mais curto é o fémur.

O

cérebro está protegido pelos ossos do crânio.

O

estribo é um osso localizado no ouvido.

No nosso corpo existem 650 músculos.

As Palavras

1
1

Acentos

Completa com palavras do texto.

As Palavras 1 Acentos Completa com palavras do texto. ~ acento agudo ^ acento circunflexo til
~ acento agudo ^ acento circunflexo til ´ músculo
~
acento agudo
^
acento circunflexo
til
´
músculo

Fémur Em muitas palavras o acento tónico é sublinhado pelo acento gráfico.

A frase e o texto

Adivinha popular

Sou uma pequena capela

com porta de abrir e fechar

e

um sininho a badalar.

A

passadeira é vermelha

e

os santos são branquinhos

a

moer como moinhos.

denteselínguaglote,boca,Soluções:

1
1

Lê e sublinha os verbos.

1 Lê e sublinha os verbos. 2 Completa com frase ou não-frase. A capela é
2
2

Completa com frase ou não-frase.

A

capela é a boca.

O sininho é a glote. moer moinhos.
O sininho é a glote.
moer moinhos.
3
3

Escreve um texto sobre os cuidados a ter com o teu corpo – alimentação, higiene, desporto.

Outubro O solo pode tremer…? Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 32
Outubro
Outubro

O solo pode tremer…?

Ler e Compreender

1 Lê o texto da página 32 do Aventura das Letras 4. 2 Completa e
1
Lê o texto da página 32 do Aventura das Letras 4.
2
Completa e assinala.
O texto que acabei de ler fala de:
navegação.
desporto.
terramotos.
Os lugares da Terra em que há mais terramotos são:
Inglaterra.
Itália.
Jugoslávia.
3
Transcreve do texto as frases que servem de legendas a estas gravuras.
são: Inglaterra. Itália. Jugoslávia. 3 Transcreve do texto as frases que servem de legendas a estas
são: Inglaterra. Itália. Jugoslávia. 3 Transcreve do texto as frases que servem de legendas a estas

n AVL4 Fichas

As Palavras

tr, cr, br 1 Transcreve palavras do primeiro parágrafo com os seguintes grupos: tr cr
tr,
cr,
br
1
Transcreve palavras do primeiro parágrafo com os seguintes grupos:
tr
cr
br
pr
2
Classifica as palavras quanto à acentuação – agudas, graves, esdrúxulas.
quanto à acentuação – agudas, graves, esdrúxulas. regiões sismógrafo ruínas tremer África
quanto à acentuação – agudas, graves, esdrúxulas. regiões sismógrafo ruínas tremer África
quanto à acentuação – agudas, graves, esdrúxulas. regiões sismógrafo ruínas tremer África

regiões

sismógrafo

ruínas

tremer

África

milhares

redor

catástrofe

aparelhos

A frase e o texto

redor catástrofe aparelhos A frase e o texto 1 Escreve de novo a frase, substituindo o
1
1

Escreve de novo a frase, substituindo o adjectivo por outro com o mesmo sentido.

O

terramoto foi muito leve.

 

O

movimento das placas é muito lento.

 
2
2

Completa como no exemplo.

 
 

Grau normal

 

Grau superlativo

 

Grau comparativo

leve

lento

levíssimo

tão leve como

levíssimo tão leve como

grande

3
3

Assinala a classe a que pertencem as palavras destacadas.

 

O

sismo pode acontecer no mar ou em terra.

verbos nomes
verbos
nomes

adjectivos

4
4

Faz o resumo escrito do texto no teu caderno.

 
Outubro O leopardo e o fogo Ler e Compreender 1 Lê o texto da página
Outubro
Outubro

O leopardo e o fogo

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 34 do Aventura das Letras 4.

2
2

Completa de acordo com o texto.

Um dia o leopardo perguntou ao fogo:

Então o amigo fogo disse que

Mas o leopardo insistiu, quer dizer,

O fogo recomendou ao leopardo:

Mas o leopardo era

e

Quando o fogo saiu

É por isso que

Mas o leopardo era e Quando o fogo saiu É por isso que As Palavras 1

As Palavras

1
1

rr

Sublinha nas palavras do texto o grupo rr.

O leopardo arrancou as ervas do terreiro.

Quando viu o fogo correu aterrorizado.

A frase e o texto

1
1

Escreve no lugar correcto o tempo do verbo: presente, pretérito ou futuro.

o tempo do verbo: presente , pretérito ou futuro . O fogo e o leopardo eram
o tempo do verbo: presente , pretérito ou futuro . O fogo e o leopardo eram
o tempo do verbo: presente , pretérito ou futuro . O fogo e o leopardo eram

O

fogo e o leopardo eram amigos.

O

fogo não sairá mais da caverna.

As florestas correm perigo de incêndio.

correm, correram, correrão Os verbos variam com o tempo da acção.

n AVL4 Fichas

A minha avó Lídia

Ler e Compreender

F i c h a s A minha avó Lídia Ler e Compreender Lê o texto

Lê o texto da página 36 do Aventura das Letras 4 e responde.

A avó Lídia gostava de contar histórias? As suas histórias eram divertidas? Que contava acerca da sua infância? Como era a história da fuga para ir a França?

Lê a primeira frase do segundo parágrafo com diferentes entoações: alegria, tristeza.

As Palavras

1
1

… ice,

… isse

Sublinha nos nomes a terminação ice.

aldrabice, trapalhice, garotice, palermice

Atenção às formas verbais mentisse, fugisse, visse, ouvisse

formas verbais – mentisse , fugisse , visse , ouvisse A frase e o texto 1

A frase e o texto

1 Completa com os nomes do texto. Próprios Magda Comuns 2 Completa de acordo com
1
Completa com os nomes do texto.
Próprios
Magda
Comuns
2
Completa de acordo com o exemplo.
Eu gosto de ouvir contar histórias.
Vós
Tu
Ele e ela
3
Depois de leres o exemplo, liga correctamente os substantivos.

Souto, conjunto de castanheiros Os substantivos colectivos são nomes no singular que indicam um conjunto de seres.

Comuns

Colectivos

pinheiros

olival

árvores

arvoredo

oliveiras

pinhal

Novembro O guarda-sol e o guarda-chuva Ler e Compreender Lê o texto da página 38
Novembro
Novembro

O guarda-sol e o guarda-chuva

Ler e Compreender

Lê o texto da página 38 do Aventura das Letras 4.

Risca as frases que não estão de acordo com o texto.

O

guarda-sol foi inventado na Europa.

O

guarda-sol era feito de bambu, papel e seda.

No Egipto, o guarda-sol era usado nas cerimónias.

As primeiras varetas do guarda-sol eram de aço.

Todas as pessoas, hoje, usam guarda-chuva.

Explica por palavras tuas as expressões destacadas.

O guarda-sol era usado na alta sociedade chinesa.

Era considerado um sinal exterior de riqueza.

chinesa. Era considerado um sinal exterior de riqueza . Desenha de acordo com as frases do

Desenha de acordo com as frases do texto, que servem de legenda.

O guarda-sol era usado para

receber as altas personagens.

O tecido azul ou preto do guarda-chuva torna-se colorido.

26

n AVL4 Fichas

As Palavras

mb,

mp

1
1

Sublinha as palavras com os grupos mb e mp.

 

Naquele tempo os membros da família real usavam sombrinhas de seda.

 
2
2

Ordena as letras que estão ao contrário para escreveres palavras do texto.

que estão ao contrário para escreveres palavras do texto.   ubmab ades lepap aielab 3 Com
que estão ao contrário para escreveres palavras do texto.   ubmab ades lepap aielab 3 Com
que estão ao contrário para escreveres palavras do texto.   ubmab ades lepap aielab 3 Com
que estão ao contrário para escreveres palavras do texto.   ubmab ades lepap aielab 3 Com
 

ubmab

ades

lepap

aielab

3
3

Com as letras da palavra SOMBRINHA constrói novas palavras.

 

resultado da adição

   

filha do irmão

   

lavagem do corpo

 

destino

 
4
4

Procura no dicionário o significado das palavras do texto.

 

pálio

A frase e o texto

tradicionalmente

séquito

1
1

Escreve de novo as frases, substituindo os adjectivos pelos seus antónimos.

 

O

guarda-sol é grande.

O guarda-chuva é caro.

O

guarda-chuva é pesado.

 

O formato reduzido é cómodo.

   
 

quente – frio As palavras que têm significados contrários são antónimos.

 
2
2

Escreve um diálogo entre um guarda-sol e um guarda-chuva.

 

A sombrinha chinesa

Com um pau maior e palitos, arranja a armação de uma sombrinha. Depois corta em círculo um papel colorido e cola-o com cuidado para obteres uma sombrinha.

armação de uma sombrinha. Depois corta em círculo um papel colorido e cola-o com cuidado para
armação de uma sombrinha. Depois corta em círculo um papel colorido e cola-o com cuidado para
de uma sombrinha. Depois corta em círculo um papel colorido e cola-o com cuidado para obteres
Novembro O velho rei vaidoso Ler e Compreender Lê o texto da página 40 do
Novembro
Novembro

O velho rei vaidoso

Ler e Compreender

Lê o texto da página 40 do Aventura das Letras 4 . Aventura das Letras 4.

2
2

Ordena os acontecimentos do texto.

Era uma pessoa bondosa mas gostava de elogios.

Uma tarde foi passear no seu cavalo, sem escolta.

Havia um velho rei que tinha muitas riquezas.

Encontrou um rapazinho que o cumprimentou com respeito.

Encontrou um rapazinho que o cumprimentou com respeito. 3 Completa o retrato das personagens, de acordo
3
3

Completa o retrato das personagens, de acordo com o texto.

 
 
 
 

Não era mau

 

Era alegre

4
4

Transcreve do texto expressões que indiquem:

 

movimento

 

alegria

5
5

Descobre as perguntas de um questionário sobre o texto.

 

P.:

R.: Os soldados e os cortesãos ganhavam a força e o saber do rei.

 

P.:

R.: O rei ficou contente com o rapaz porque o cumprimentou com respeito.

 
6
6

Encontra outro título para esta história.

 

n AVL4 Fichas

As Palavras

ss

1
1

Completa as palavras do texto com o grupo ss.

 

ace

ório

depre

a

A

íria

houve

e

2
2

Sublinha a sílaba da palavra com acento gráfico.

 

milénio

pálio

incómodo

proprietário

cerimónias

início

3
3

Procura no dicionário o significado das palavras do texto:

fabuloso

cortesão

adular

A frase e o texto

Completa de acordo com o exemplo.

O

rei era vaidoso.

O

rei venceu muitas batalhas

O

cavalo do rei ficou orgulhoso.

O rei não era vaidoso.

Ele não tinha muitas riquezas.

Esta história é engraçada. Esta história não é engraçada. A frase afirmativa afirma uma ideia. A frase negativa nega essa ideia.

Sublinha os nomes na adivinha popular.

Probleminha

A carvalheira tem cem ramos. Cada ramo tem cem ninhos. Cada ninho tem cem ovos. Quantos são os passarinhos?

Solução

ninho tem cem ovos. Quantos são os passarinhos? Solução Reconta o texto em prosa, dando-lhe um

Reconta o texto em prosa, dando-lhe um final diferente a partir da pergunta do rei.

O ninho com ovos

Com palhas e musgo modela um ninho. Depois, põe-lhe dentro seixos do rio ou da praia para imitarem os ovos. Coloca-o num galho seco para enfeitar o teu quarto.

põe-lhe dentro seixos do rio ou da praia para imitarem os ovos. Coloca-o num galho seco
põe-lhe dentro seixos do rio ou da praia para imitarem os ovos. Coloca-o num galho seco
põe-lhe dentro seixos do rio ou da praia para imitarem os ovos. Coloca-o num galho seco
Novembro História meio ao contrário Ler e Compreender Lê o texto da página 42 do
Novembro
Novembro

História meio ao contrário

Ler e Compreender

Lê o texto da página 42 do Aventura das Letras 4 e completa.

viviam num

achavam que não era fácil

nem era divertido.

O rei e a rainha tinham esperteza porque
O rei e
a rainha
tinham esperteza porque

conseguiram a felicidade porque

tinham a sorte de

Assinala o que está correcto de acordo com o texto.

O rei para casar com a rainha:

enfrentou mil perigos.

foi ajudado por um monstro.

derrotou uma fada.

Quando aconteciam aborrecimentos:

ficavam desanimados.

procuravam resolver os problemas.

achavam que eram infelizes.

Escreve a fala do rei e inventa uma fala da rainha.

que eram infelizes. Escreve a fala do rei e inventa uma fala da rainha. O rei

O rei dizia: –

30

E a rainha acrescentava: –

As Palavras

 

ça,

ce,

ci

1
1

Copia do texto palavras com os grupos seguintes:

 

ça

ce

ci

2
2

Separa as letras como no exemplo e completa.

 

Rei

R e i

R e i

3
3

verdade

Rei R e i 3 verdade graça

graça

Rei R e i 3 verdade graça

Rainha

Rainha

divertido

Rainha divertido problemas

problemas

Rainha divertido problemas
3
3

Procura palavras no texto para completar o quadro.

 

Monossílabos

rei

A frase e o texto

Dissílabos

reino

Trissílabos

perigos

1 Escreve a forma negativa das frases. Aquele reino era encantado. Viveram sempre felizes. Eu
1
Escreve a forma negativa das frases.
Aquele reino era encantado.
Viveram sempre felizes.
Eu estou muito preocupado.
2
Completa como no exemplo.
Sinónimos
Antónimos
esperteza – astúcia
felicidade –
distante – próximo
divertido –
saúde –
fácil –
alegria – satisfação
As palavras com um significado semelhante chamam-se sinónimos.
3
Escreve a forma do género masculino ou feminino.
rei – rainha
homem –
– poetisa
4
Esta história mostra como o rei era inteligente e tinha ideias correctas.
Escreve um texto explicando se concordas com ele ou não e porquê.
Discute-o com os teus colegas.
n – AVL4 – Fichas
Novembro A lenda da Rainha Santa Ler e Compreender   1 Lê a poesia da
Novembro
Novembro

A lenda da Rainha Santa

Ler e Compreender

 
Ler e Compreender  
1
1

Lê a poesia da página 44 do Aventura das Letras 4 e completa.

Titulo:

Autor:

Obra:

Tipo de texto:

 
2
2

Responde.

   

Que andava a fazer a Rainha Santa, naquele dia?

 

Ela encontrou o Rei com a sua corte. De onde vinham?

 

Às várias perguntas de el-rei, que respondeu a Rainha?

 

Quando abriu o manto, que tinha acontecido às esmolas que ela levava?

3
3

Transcreve do texto as falas das personagens:

 

a primeira pergunta do Rei

 
 
 

a fala da Rainha até «festejar»

 
   
4
4

Dramatiza esta lenda com os teus companheiros.

 

As flores da Rainha Santa

Utiliza pauzinhos de gelado ou arames maleáveis e papel de seda de várias cores.

Recorta com vários feitios as tiras de papel e enrola à volta dos pauzinhos para confeccionares flores.

várias cores. Recorta com vários feitios as tiras de papel e enrola à volta dos pauzinhos
várias cores. Recorta com vários feitios as tiras de papel e enrola à volta dos pauzinhos
várias cores. Recorta com vários feitios as tiras de papel e enrola à volta dos pauzinhos

32

n AVL4 Fichas

As Palavras

aço,

aça

1
1

Sublinha as palavras terminadas em aço e aça.

 

A

rainha saiu do paço e levava esmolas no regaço. Quando chegou à praça

encontrou o rei que vinha da caça.

 
2
2

Escreve as palavras que rimam no primeiro grupo de versos com a palavra lugar.

3
3

Descobre as rimas que faltam e completa.

 
3 Descobre as rimas que faltam e completa.   As flores são tão belas brancas, azuis

As flores são tão belas brancas, azuis ou e têm um bom

Todos sabem muito bem:

que é prova de dar uma flor a alguém.

sabem muito bem: que é prova de dar uma flor a alguém. 4 Risca as palavras
4
4

Risca as palavras que não pertencem à mesma família.

ouro

prata

touro

prateado

dourado

pratinha

dourar

prateleira

A frase e o texto

pratinha dourar prateleira A frase e o texto 1 Forma frases com as palavras.    
1
1

Forma frases com as palavras.

 
 

saudou a Rainha.

O

Rei

interrogou a esposa.

 
 

recebeu um cravo.

 
2
2

Sublinha a forma verbal e completa com o infinitivo e a conjugação a que pertence.

Brotaram lindas flores.

 

brotar

1. a conjugação

 

Não havia sinal do outro.

haver

El-Rei saiu a passear.

 
 

brotar,

haver,

sair

 

A terminação do infinitivo indica a conjugação a que o verbo pertence – 1.ª , 2.ª , 3.ª

3
3

Reconta o texto em banda desenhada.

 

AVL4F-03

33

Novembro O Rei D. Fernando Ler e Compreender 1 Lê o texto da página 46
Novembro
Novembro

O Rei D. Fernando

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto da página 46 do Aventura das Letras 4 e liga correctamente.

D. Fernando As muralhas As sesmarias

Os castelhanos

eram leis para a agricultura. preparou Portugal para os Descobrimentos. cercaram Lisboa.

protegeram a cidade.

• cercaram Lisboa. • protegeram a cidade. As Palavras rr 1 Copia do texto palavras com

As Palavras

rr

1 Copia do texto palavras com o grupo rr e ilustra-as. t gb 2 Descobre
1
Copia do texto palavras com o grupo rr e ilustra-as.
t
gb
2
Descobre a letra intrusa nas palavras do texto e risca-a.
Fernandro
nimnguém
Descobrimentos
algricultura
cirdade
pailmas

A frase e o texto

O verbo varia em tempo.

Pretérito – acção passada;

futuro – acção que ainda vai acontecer.

presente – acção a decorrer;

1
1

34

Assinala a frase que tem o verbo no pretérito perfeito simples.

D. Fernando não queria ociosos no reino.

Este monarca soube bem o seu papel de rei.

O povo de Portugal recordará sempre este monarca.

n AVL4 Fichas

O Infante D. Henrique

Ler e Compreender

1
1

Lê o texto e observa bem as imagens das páginas 48 e 49 do Aventura das Letras 4.

Responde.

Onde nasceu o Infante D. Henrique?

Como foi educado?

Que tarefa lhe confiou o pai em 1411?

Onde foi armado cavaleiro?

Como preparou os Descobrimentos?

Onde foi armado cavaleiro? Como preparou os Descobrimentos? As Palavras   cl, bl, pl, 1 Sublinha

As Palavras

 

cl,

bl,

pl,

1
1

Sublinha nas palavras do texto os grupos indicados.

 

cl

bl

pl

inclinado

problema

disciplina

2
2

Assinala a lista de palavras que estão por ordem alfabética.

rei, Infante, cavaleiro gente, irmão, pai
rei, Infante, cavaleiro
gente, irmão, pai

A frase e o texto

guerra, cidade, ataque

1
1

Liga correctamente os nomes comuns e colectivos.

 
 

frota

barcos de comércio

esquadrilha

barcos de guerra

armada

aviões de combate

2
2

Reúne documentos e consulta livros para participares com os colegas num texto colectivo sobre «O Navegador».

As nossa caravelas

Através de dobragens, constrói barquinhos de papel. Coloca-lhes velas com a cruz de Cristo desenhada a vermelho.

Através de dobragens, constrói barquinhos de papel. Coloca-lhes velas com a cruz de Cristo desenhada a
Novembro O povo à beira do mar Ler e Compreender 1 Lê o texto da
Novembro
Novembro

O povo à beira do mar

Ler e Compreender

1 Lê o texto da página 50 do Aventura das Letras 4 e completa. A
1
Lê o texto da página 50 do Aventura das Letras 4 e completa.
A história do povo português é muito
, tem quase nove séculos. Para ser
teve de lutar com coragem.
Este povo gosta do mar e aventurou-se a
novas terras e novas gentes.
Disse o poeta Camões que:
«Se
Relacionou-se com outros
e com eles trocou
e fez
comércio, levando-lhes também o seu modo de
, a língua portuguesa.
2
Escreve frases do texto para as ilustrações.
3
Relaciona de acordo com o texto.
O povo português
O mar imenso
Os nossos mareantes •
• era desconhecido.
• descobriram novas terras.
• lutou pela liberdade.
4
Descreve em poucas frases a gravura do texto.

n AVL4 Fichas

As Palavras

Valores do x

1
1

Sublinha a letra x nas palavras do texto e lê-as.

x-s

x-is

 

[

(

 

trouxe

expulsar

experiências

2
2

Completa as palavras com x e volta a escrevê-las.

2 Completa as palavras com x e volta a escrevê-las. quei a A frase e o

quei

a

A frase e o texto

com x e volta a escrevê-las. quei a A frase e o texto aile e acta

aile

x e volta a escrevê-las. quei a A frase e o texto aile e acta afi

e

acta

e volta a escrevê-las. quei a A frase e o texto aile e acta afi ar

afi

ar

1
1

Assinala a frase que tem o mesmo sentido da frase sublinhada.

 

O

mar perigoso foi desvendado por nós.

 

O

mar imenso foi desvendado por nós.

O

mar sem fim foi desvendado por nós.

 

O

mar bravo foi desvendado por nós.

2