Você está na página 1de 1

UFRGS DELET ENG 04 077 Eletrnica I LAB 2 Diodo de Juno

Trazer para a aula: - 3 diodos 1N4148 ou 1N914 (ou equivalente) e os resistores necessrios;
- data-sheet do diodo utilizado (no site da disciplina);
- multmetro.

1. Caracterstica IDxVD do diodo de juno de silcio


1.1. Monte o circuito (1) na proto-board, utilizando suas fontes de tenso ajustveis internas.
1.2. Ajuste as fontes de forma a estabelecer diversas condies de operao no diodo, desde a regio
reversa at a direta, preenchendo a tabela a seguir. Mea a tenso VD diretamente sobre o diodo,
e a corrente ID atravs da queda de tenso sobre o resistor R, sempre com o uso do voltmetro.
VD (V) -3,0 -1,0 0,0 0,3 0,4 0,5
ID (mA) 0,25 0,5 0,75 1,0 2,0 3,0

1.3. Trace em algum programa grfico (p. ex. Excel ou MatLab) a curva VD x ID do diodo obtida.
1.4. Considerando a relao aproximada I D I S exp VD nVT , com VT = 26mV, faa uma regresso
exponencial com os dados medidos, apenas para valores em que ID > 0, e estime os parmetros n
e IS do seu diodo.
1.5. Usando os valores de n e IS estimados para seu diodo, trace sobre a curva medida a curva terica

obtida atravs da expresso completa I D I S exp VD nVT 1 e compare-as entre si.

1.6. A resistncia dinmica do diodo pode ser estimada como rD VD I D . Calcule este parmetro
para cada faixa de valores medidos, traando em grfico rD x ID.Trace tambm sobre o mesmo
grfico rD VD I D usando a expresso dada no item 1.4 e os parmetros n e IS medidos.
Circuito 1 Polaridade do diodo
R1 = 470 R = 1k
ID
VF1
+
D VD
VF2
R2 = 470

2. Polarizao de diodos aproximaes tericas e resultados experimentais


2.1. Monte o circuito (2) na proto-board, alimentando-o com 10V e mea, com o voltmetro, as
tenses sobre todos os componentes do circuito. Estime tambm as correntes nestes
componentes (ponto de operao de cada um).
2.2. Repita o procedimento para o circuito (3).
2.3. Compare os valores medidos com o resultado da anlise terica feita em aula (com o auxlio do
modelo ideal do diodo). Calcule o erro de cada grandeza e comente.
2.4. Analise teoricamente estes dois circuitos, utilizando o modelo de queda de tenso fixa para os
diodos em conduo (use VD = 0,6V) e compare com os resultados experimentais. Comente.
+VCC= +10V +VCC= +10V

R2= 10k R2= 4k7

D1 D2 D1 D2

R1= 4k7 R1= 10k

VDD= 10V VDD= 10V


Circuito 2 Circuito 3