Você está na página 1de 4

TRABALHO DE ELETRONICA

Igor Gelesov Marchezani 06 2MTMA

TRIAC

O TRIAC um componente formado por dois SCRs internos ligados


em paralelo, um ao contrrio do outro. Tem trs terminais: MT1 /
MT2/ GATE

MT1 (anodo 1)
MT2 (anodo 2)
Gate (G)

No seu funcionamento bsico, o triac ao receber uma tenso na GATE,


permite conduo entre o MT1 e MT2 de Corrente Alterna.

Exemplo 1:

A figura 4 mostra o diagrama da estrutura, a caracterstica tenso-


corrente. o triac tal como o SCR possui trs terminais, que so
designados por terminal principal n1 (MT1), terminal principal
N2(MT2) e o terminal de controle ou comando (gate).
Conforme o diagrama da fig. 4 (b) indica, o triac apresenta
caractersticas idnticas aos do SCR para polarizaes nos dois
sentidos.
Com polarizao direta (terminal N2 positivo em relao ao
terminal N1) ou polarizao inversa (terminal N2 negativo em
relao ao terminal N1), o triac apresenta inicialmente um estado
bloqueado passando conduo quando se atinge a tenso de
ruptura.

Tal como acontece no SCR, a tenso de ruptura pode ser controlada


pele aplicao de um impulso positivo ou negativo ao elctrodo de
controle. Conforme a amplitude do impulso aumenta, diminui o valor
da tenso de ruptura.

O TRIAC utilizado para controlar dispositivos de corrente alterna,


permitindo um controle de activao de potncias elevadas a partir
de correntes na ordem dos miliamperes. Substitui com grandes
vantagens os rels na maior parte dos casos. O TRIAC de baixa
potncia utilizado em diversas aplicaes como controlo de
potncia para lmpadas dimmers, controlo de velocidade para
ventiladores, interruptor de comando de dispositivos de AC, entre
outros. Quando usado com cargas indutivas, como motores elctricos,
tem de se assegurar que o TRIAC desligue correctamente no final de
cada semi-ciclo de alimentao elctrica.
Exemplo 2:

Controle de luminosidade para lmpadas incandescentes

A comutao do triac varia a potncia recebida pela lmpada


variando a sua luminosidade

Controle Triac

Um exemplo tpico de controle de um triac a partir de um transistor BC548.


Control TRIAC com corrente contnua

Um triac pode ser controlado por corrente contnua, uma pilha ou


bateria por exemplo, permite que, com tenses baixas 3 volts, 6 volts,
9 volts controlar dispositivos que funcionem a 220 V com corrente
alternada.