Você está na página 1de 4
O Dia do Senhor Ano A - XXVII - Nº 1657 - cor branca ou

O Dia do Senhor

Ano A - XXVII - Nº 1657 - cor branca ou dourada - 12/10/2017

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA

MARIA NOS ORIENTA NO SEGUIMENTO DE JESUS CRISTO

Trezentos Anos de Bênçãos e de Graças

Dia da Criança

Trezentos Anos de Bênçãos e de Graças Dia da Criança Deus nos reúne 1. Acolhida Preparar

Deus nos reúne

1. Acolhida

Preparar na entrada da Igreja, um espaço bem bonito com a imagem ou quadro de Nossa Senhora Aparecida e um painel com fotos de crianças mostrando a realidade delas em nosso país. Antes de iniciar, entoa-se o canto de ambientação.

(Frei Luiz Turra)

Ave, Maria! Ave, Maria! Ave! Ave! Ave, Maria!

Animador(a) - Amados irmãos e irmãs, com alegria acolhemos todos vocês que vieram participar do Mistério Pascal de nossa fé, neste dia em que fazemos memória de Maria, Mãe de Jesus e nossa, com o título de Nossa Senhora da Conceição Aparecida. São 300 anos em que a presença e o carinho da Mãe têm acompanhado os nossos passos. Acolhemos com especial carinho todas as crianças de nossa comunidade que comemoram hoje o seu dia. Na alegria de pertencermos à família de Deus, cantemos.

Procissão de entrada como de costume.

2. Canto Inicial (Pe. Geraldo Leite)

Canta, meu povo! Canta o louvor de teu Deus! Que se fez homem e por nós morreu, que

ressuscitou pelo amor dos seus!

1 - Somos a nação santa e o povo eleito, um

sacerdócio real. Deus nos chamou das trevas à sua luz, Sua luz imortal.

2 - Nós somos transportados da morte à vida,

pelo amor dos irmãos. Vamos amar até nossos inimigos, é a lei do cristão!

3 - Senhor Jesus, já não sou mais eu que vivo, Tu vives em mim. O meu desejo é um dia ver tua face, na glória sem fim.

Presidente - A liturgia de hoje nos convida a

contemplar Maria como uma mulher de fé, mãe intercessora, que luta para que se realize o que Deus sonhou para a humanidade, ensinando-nos

a fazer tudo o que Jesus pedir. Na esperança de

sermos fiéis ao Projeto do Pai, façamos o sinal de nossa fé, cantando. (à escolha)

Presidente - A graça do Pai, o amor do Filho e

a força do Espírito Santo, estejam convosco. Bendito seja Deus

3. Entrada da Imagem de Nossa Senhora Aparecida

Presidente - Celebrando os 300 anos da aparição da imagem de Nossa Senhora na rede dos três pescadores, todas as Paróquias de nossa Diocese, receberam e estão recebendo a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida, como sinal que reforça a nossa esperança, em uma sociedade mais justa. Bendizendo ao Senhor a sua predileção pelos pequenos e sofredores, vamos receber a imagem da padroeira do Brasil, cantando.

(CD Festa da Padroeira 2009)

1 - Vem chegando até nós, pelo povo conduzida,

a imagem peregrina, da Senhora Aparecida.

Salve, oh Santa Padroeira! Virgem Mãe do Amor flor divina, medianeira Mãe do Redentor.

01
01

2 - Já está junto de nós, venerada e tão querida,

a imagem peregrina da Senhora Aparecida.

4. Deus nos perdoa

Presidente - Maria, mãe de Jesus e nossa, sempre foi a serva fiel ao Projeto de Deus. Em silêncio, pensemos nas vezes que deixamos de seguir seu exemplo. (silêncio) Necessitados da misericórdia do Pai, peçamos perdão de nossas faltas e omissões.

(Zé Martins)

Ouve, meu povo, o Senhor quer te falar, fala, Senhor, teu povo quer te escutar. (bis)

1 - Tua Palavra é força em nosso caminhar, é

luz guiando para nos fazer chegar, é Boa-Nova

que nos faz acreditar na vida plena que vai se concretizar.

2 - Tua Palavra é o nosso alimento, é água pura

saciando a nossa sede, e mesmo assim não exige

pagamento, é dom gratuito que se dá e não se vende.

8. Leitura do Livro de Ester (5, 1b-2;7,2b-3)

9. Salmo Responsorial (44) (CD Festa Litúrgica III)

Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: que o Rei se encante com vossa beleza! (bis)

- Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: “Esquecei vosso povo e a casa paterna! Que o Rei se encante com vossa beleza! Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

- O povo de Tiro vos traz seus presentes, os

grandes do povo vos pedem favores. Majestosa,

a princesa real vem chegando, vestida de ricos

brocados de ouro.

- Em vestes vistosas ao Rei se dirige, e as virgens amigas lhe formam cortejo; entre cantos de festa e com grande alegria, ingressam, então, no palácio real”.

10. Leitura do Livro do Apocalipse de São

João (12, 1.5.13a.15-16a)

(Inspirada no Missal - André J. Zamur)

1 - Eu confesso a Deus e a vós irmãos, tantas vezes

pequei,nãofuifiel:pensamentosepalavras,atitudes,

omissões

Senhor, piedade! Cristo, piedade! Tem piedade,

ó Senhor! (bis)

2 - Peço à Virgem Maria, nossa Mãe, e a vós,

meus irmãos, rogueis por mim a Deus Pai que nos perdoa e nos sustenta em sua mão por seu amor, tão grande amor.

Presidente - Deus de amor e bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida plena. Amém.

5. Hino do Glória

Presidente - Glorifiquemos ao Pai pelo exemplo

de humildade e obediência de Maria, mãe de Jesus e nossa, de fazer sempre a vontade de Deus

e do seu Projeto de vida e salvação.

Glória a Deus! (4x)

1 - Glória a Deus nos altos céus, paz na terra a seus amados! A vós louvam, Rei celeste, os que foram libertados.

2 - Deus e Pai, nós vos louvamos, adoramos,

bendizemos; damos glória ao vosso nome, vossos dons agradecemos.

3 - Senhor nosso, Jesus Cristo, Unigênito do Pai,

Vós, de Deus Cordeiro Santo, nossas culpas perdoai.

4 - Vós que estais junto do Pai, como nosso

intercessor, acolhei nossos pedidos, atendei nosso clamor.

5 - Vós somente sois o Santo, o Altíssimo, o Senhor, com o Espírito Divino, de Deus Pai no esplendor.

6. Oração

Presidente - Deus de amor, ao rendermos culto

Por minha culpa, tão grande culpa.

11. Canto de Aclamação (CD Festa Litúrgica III)

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia! (bis)

1 - Disse a Mãe de Jesus aos serventes: “Fazei tudo o que Ele disser!”

12. Proclamação do Evangelho de Jesus

Cristo segundo São João (2, 1-11)

13.

Partilha da Palavra Nossa resposta

São João (2, 1-11) 13. Partilha da Palavra Nossa resposta 14. Profissão de Fé Presidente -

14. Profissão de Fé

Presidente - Ao Deus que escolheu Maria para trazer a salvação ao mundo, professemos nossa

fé, cantando. (sugestão: nº 396 - Hinário)

à

Imaculada Conceição de Maria, Mãe de Jesus

e

Senhora nossa, concedei que o povo brasileiro,

fiel à sua vocação e vivendo na paz e na justiça, possa chegar um dia à Pátria definitiva. Por nosso

Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.

Deus nos fala

7. Entrada do Livro da Palavra

O livro da Palavra entrará ladeado por velas, enquanto um grupo de crianças faz uma bonita coreografia.

15. Preces da Comunidade

Presidente - Por intercessão de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, elevemos ao Pai os pedidos de nossa comunidade, cantando: Senhor da vida,

ouvi vosso povo! (CD Aparecida 300 anos)

- Senhor, abençoai o Santo Padre, o Papa Francisco,

os bispos, padres, diáconos, seminaristas, irmãos

e irmãs consagrados e todos nós, leigos e leigas,

02
02

para que a exemplo de Maria possamos estar

sempre atentos aos sinais do Reino e fazer tudo

o que Jesus disser. Nós vos pedimos.

-Senhor,iluminainossosgovernantesparaqueusem

seus poderes em favor dos pobres e abandonados

de nosso Brasil e que o bem comum se concretize em favor do povo brasileiro. Nós vos pedimos.

- Senhor, amparai nossas crianças para que

cresçam em ambiente saudável e digno, e possam ser cidadãos conscientes dos seus direitos e deveres. Nós vos pedimos. Presidente - Rezemos a Oração dos 300 anos de bênçãos. Senhora Aparecida, Mãe Padroeira, em vossa singela imagem, há 300 anos aparecestes nas redes dos três benditos pescadores no Rio Paraíba do Sul. Como sinal vindo do céu, em vossa cor, vós nos dizeis que para o Pai não existem escravos, apenas filhos muito amados. Diante de vós, embaixadora de Deus, rompem-se as correntes da escravidão! Assim, daquelas redes, passastes

para o coração e a vida de milhões de outros filhos

e filhas vossos. Para todos tendes sido bênção:

peixes em abundância, famílias recuperadas, saúde alcançada, corações reconciliados, vida cristã reassumida. Nós vos agradecemos tanto

carinho, tanto cuidado! Hoje, em vosso Santuário

e em vossa visita peregrina, nós vos acolhemos

como Mãe, e de vossas mãos recebemos o fruto de vossa missão entre nós: o vosso Filho Jesus, nosso Salvador. Recordai-nos o poder, a força das mãos postas em prece! Ensinai-nos a viver vosso jubileu com gratidão e fidelidade! Fazei de nós vossos filhos e filhas, irmãos e irmãs de nosso Irmão Primogênito, Jesus Cristo. Amém!

16. Apresentação dos Dons

Animador(a) - Lutar em favor da vida do

povo, contra o dragão devorador que ameaça

a dignidade humana é nosso dever cristão.

Apresentemos ao altar do Senhor, nossa disposição de seguir o exemplo de Maria e oferecer o vinho novo da salvação a todos que são molestados na vida do mundo, pela injustiça e opressão, especialmente as crianças desprovidas dos seus direitos fundamentais. Cantemos.

17. Canto das Oferendas

(Onde houver Celebração da Palavra) (José Acácio Santana)

1 - Ó Mãe, por intermédio do teu nome, queremos nossos dons oferecer. O povo não tem pão e passa fome, espera a nossa oferta acontecer. Maria, medianeira divinal! Se pedes teu Jesus atenderá, repete o teu apelo maternal assim como nas bodas de Caná. 2 - Pedido de um materno coração, o filho certamente escutará. Jesus por tua santa intercessão, em vida nossos dons transformará.

(Onde houver Celebração Eucarística) (José Acácio Santana)

1 - Recebe, Senhor, este pão, o trabalho das

mãos dos que são filhos teus. Recebe, Senhor, este vinho que tem o carinho do povo de Deus.

São de ti, Senhor, nossos dons de amor! (bis)

2 - Recebe, Senhor, os romeiros que são os

primeiros na mesa do amor. Com tua Mãe Aparecida transformas em vida o pranto e a dor.

18. Louvação

Presidente - Louvemos ao Pai por todas as pessoas que cuidam com carinho especial de nossas crianças nas Igrejas, nas escolas, creches e orfanatos e outras instituições, assim como nas famílias de nosso Brasil.

(Reginaldo Veloso)

A minha alma engrandece o Senhor, meu coração muito se alegrou em Deus, meu Salvador, em Deus, meu Salvador!

1 - Ele voltou seu olhar para a pequenez de sua

servidora e todas as gerações me proclamarão feliz e ditosa!

2 - Ele que é todo poder me fez grandes coisas,

Santo é seu nome! Sua bondade se estende de pais para filhos, sobre os que o temem!

3 - Ele agiu com braço forte e os cheios de

orgulho Ele dispersou! Botou abaixo os potentes; humildes, pequenos, ele elevou!

4 - Ele enricou os famintos e os ricos, sem nada, embora mandou! Ele a seu povo acudiu, de sua promessa aos pais se lembrou!

5 - Ele aliou-se a Abraão e a seus descendentes,

sem fim, também! Glória ao Pai por seu Filho, no Espírito Santo, pra sempre. Amém!

Deus nos faz irmãos

19. Pai Nosso

Presidente - Rezemos, confiantes, a oração que nos une como irmãos, em Cristo. Pai Nosso

20. Abraço da Paz

Animador(a) - A liberdade e a paz estão em nossas mãos. A decisão de abraçá-las depende de nós, a exemplo de Maria. Saudemo-nos

fraternamente. (canto à escolha)

21. Canto de Comunhão (onde houver)

(Ir. Míria T. Kolling)

1 - Quando teu Filho contigo vier, pra festa da vida fazer: ensina-nos Maria, a fazer o que Ele disser! Tudo é possível nas tuas mãos, meu Senhor! A Eucaristia é teu milagre de amor!

2 - Quando o vinho do amor nos faltar, e a gente

ao irmão se fechar: ensina-nos Maria, a fazer o que Ele disser!

3 - Quando na mesa do nosso irmão faltar água,

vida e pão: ensina-nos Maria, a fazer o que Ele disser!

03
03

4 - Quando faltar a justiça entre nós, e muitos

ficarem sem voz: ensina-nos Maria, a fazer o que Ele disser!

5

- Quando o homem, em nome da paz, matar

o

irmão, pra ter mais: ensina-nos Maria, a fazer

o

que Ele disser!

6 - Quando a tristeza invadir nosso ser, e a vida o sentido perder: ensina-nos Maria, a fazer o que Ele disser!

7 - Quando é difícil ser bom e ter fé, na Força e Poder que Deus é: ensina-nos, Maria, a fazer o que Ele disser!

22. Oração

Presidente - Senhor, alimentados com a vossa Palavra (e pela Comunhão) nós vos suplicamos:

dai ao vosso povo, sob o olhar de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, irmanar-se nas tarefas de cada dia para a construção do vosso Reino. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

23. Homenagem à Padroeira do Brasil

Animador(a) - Aceitai, ó Mãe, com singelo amor, as flores que vos ofertamos. Sejam elas sinais do sonho do Criador para a humanidade: um paraíso florido de paz e de esperança!

Enquanto se canta, as crianças colocam flores em um vaso bonito que deverá estar próximo à imagem de Nossa Senhora Aparecida.

(DR)

Vinde, vamos todos, com flores à porfia, com flores a Maria, que Mãe nossa é. (2x)

1 - Mas o que mais te agrada, do que o lírio e a rosa, recebe, ó Mãe piedosa, o nosso coração.

2 - Em troca te pedimos, defende-nos, Senhora,

agora e na última hora, tua poderosa mão.

3 - Recebe, ó Mãe querida, as nossas lindas flores, por elas teus favores queremos alcançar.

Deus nos envia

24. Bênção

Presidente - O Deus de bondade, que pelo

Filho da Virgem Maria quis salvar a todos, vos enriqueça com sua bênção. Amém.

- Seja-vos dado sentir sempre e por toda parte

a proteção da Virgem, por quem recebestes o

autor da vida. Amém.

- E vós, que vos reunistes hoje para celebrar sua

Solenidade, possais colher a alegria espiritual e

o prêmio eterno. Amém.

- Abençoe-vos o Deus de amor, Pai e Filho e

Espírito Santo. Amém.

- Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

25. Canto final (José Acácio Santana)

1 - Santa Mãe Maria, nesta travessia, cubra-nos

teu manto cor de anil. Guarda nossa vida, Mãe Aparecida, Santa padroeira do Brasil. Ave Maria! Ave Maria! (bis) 2 - Mulher peregrina, força feminina, a mais importante que existiu. Com justiça queres que nossas mulheres, sejam construtoras do Brasil.

Preparando a Partilha da Palavra

A Solenidade de hoje recorda a proteção

da Virgem Maria, sua presença materna e consoladora, experimentada em 1717, por três pobres pescadores, na aurora de nossa história Mariana Nacional. As redes vazias dos pobres quase se romperam pela abundância de peixes, após o “aparecimento” da imagem enegrecida da Imaculada Conceição. Desde então, aquela

imagenzinha humilde recorda ao povo brasileiro

a presença materna da Mãe do Senhor na nossa

história e na nossa terra. A festa é nossa, do povo brasileiro. Hoje, por todo o território nacional, gente de todas as raças que fazem esta Nação, canta com devota gratidão: “Viva a Mãe de Deus

e nossa, sem pecado concebida! Salve a Virgem

Imaculada, a Senhora Aparecida!” O livro de Ester narra a libertação do povo que está no exílio. Ester, jovem judia, é tomada como esposa pelo imperador. O povo é condenado à morte por Amã e ela atua como mediadora, intercede

junto ao rei, inverte a situação e salva seu povo. Maria de Nazaré surge como intermediária entre

a realidade dos pobres e Jesus como Messias. Por

um lado, ela avisa seu filho sobre a necessidade dos noivos e dos convidados. Ela nada pede, mas faz uma insinuação gentil, sutil. Jesus não reconhece ser aquele o momento que o Pai escolheu para ser “sua hora”. A mãe não insiste com o filho, mas muda de relação, passando para

o nível da fé. O amor profundo e sua comunhão

com ele expressam-se nas palavras dirigidas aos

servidores: “Fazei tudo o que ele vos disser.” A liturgia de hoje nos convida a contemplar a mãe

de Jesus como uma mulher maravilhosa que não

acompanha os projetos deste mundo, mas luta para que se realize o que Deus sonhou para a humanidade. Maria é símbolo dessa humanidade que realiza o projeto de Deus e faz o “que Jesus mandou”. Nossas comunidades se parecem com Maria do Evangelho, com a mulher do Apocalipse, com Ester que luta pela vida de seu povo?

CÚRIA DIOCESANA DE COLATINA Rua Santa Maria, 350 - Edifício João Paulo II CEP 29700-200 - Colatina - ES Fone: (27) 2102.5000 - Fax: (27) 2102.5015 E-mail: diadosenhor@diocesedecolatina.org.br Site: www.diocesedecolatina.org.br Site Santuário: www.nossasenhoradasaude.org.br

04
04