Você está na página 1de 1

15 Encontro de Servios-Escola de Psicologia do Estado de So Paulo:

Novas Perspectivas na Trajetria do Psiclogo

04, 05 e 06 de outubro de 2007


So Paulo SP

ALGUNS ASPECTOS TRANSFERENCIAIS DE UM CASO CLNICO

Eduardo Name Risk


Manoel Antonio dos Santos
rika Arantes de Oliveira
FFCLRP-USP
masantos@ffclrp.usp.br

Atualmente a Psicanlise tem se desdobrado vertiginosamente, a ponto de ser dividida em


"escolas", que propem seus diversos conceitos ora de maneira divergente entre si, ora de
maneira convergente. Dentre eles, pode-se atentar para o conceito de transferncia, que desde
sua formulao por Freud, recebeu contribuies de vrios autores. De forma geral, a
transferncia constitui o conjunto de experincias psicolgicas revividas pelo paciente com a
pessoa do analista, de modo que possam ser interpretadas, integrando presente com passado,
inconsciente com consciente. Este trabalho objetiva analisar algumas vivncias transferenciais
de uma moa de 27 anos em atendimento psicoterpico de orientao psicanaltica numa
Clnica Escola de Psicologia, com freqncia de duas sesses semanais, tendo ocorrido por
volta de trinta sesses. Nas primeiras sesses e no decorrer das outras, a paciente evidenciou
sentir-se desorganizada frente a seu mundo interno, como se fosse fragmentar-se totalmente.
Em outros momentos esta confuso era substituda por um branco, um vazio de
pensamentos recorrente em sua vida cotidiana e em sua terapia. Assim, medida que o tempo
da sesso decorria, a paciente acalmava-se, dada a condio continente do terapeuta, passando
a associar idias, conseguindo fixar um mnimo senso de integrao. Por outro lado, em
vrios momentos, sentia-se atacada pelas interpretaes da situao transferencial, negando-
as. Desse modo, frente a potencial desorganizao de seu mundo interno, as possibilidades
interpretativas advindas da transferncia, devem ser manejadas com cautela, para que no se
contribua ainda mais com manifestaes de desfalecimento presentes em seu psiquismo.

Palavras-chave: Transferencial, Psicoterapia de Orientao Psicanaltica, Interpretaes