Você está na página 1de 2

4

CONTEÚDO

PROFº: ALCÂNTARA
04 SISTEMA RESPIRATÓRIO 01
A Certeza de Vencer MA030408

A respiração é um fenômeno da maior Importância para o — separados entre si pelo diafragma, um músculo laminar,
mundo vivo, uma vez que permite a extração da energia química recurvado em forma de abóbada ou cúpula.
Fale conosco www.portalimpacto.com.br

armazenada nos alimentos e sua utilização nas diversas Os pulmões, principais órgãos do sistema respiratório,
atividades metabólicas do organismo. ficam alojados no andar de cima do tronco — cavidade torácica.
A respiração pode ser entendida, basicamente, sob dois 1. Fossas Nasais: apresentam uma abertura anterior (narina),
aspectos: que se comunica com o meio externo, e outra posterior (coana),
• É o conjunto de processos que culminam com a aquisição de que se comunica com a faringe. Nas fossas nasais pode-se
oxigênio pelas células vivas e com a eliminação de gás constatar a presença de pêlos curtos (vibríssas), que têm a
carbônico para o melo ambiente. função de filtrar microorganismos e partículas do ar. A
• É o mecanismo de oxidação da matéria orgânica em nível mucosa que reveste as fossas nasais produz um muco que
Intracelular. também retém microorganismos e partículas diversas.
Apresenta-se, também ricamente vascularizada, fato que
O SISTEMA RESPIRATÓRIO HUMANO permite um aquecimento do ar, facilitando, conseqüentemente,
O sistema respiratório humano vale como um modelo para a difusão do O2 para o sangue, nos alvéolos pulmonares.
caracterizar os sistemas respiratórios dos mamíferos de um 2. Faringe: é um conduto comum aos sistemas digestório e
modo geral. Ele se compõe dos seguintes segmentos: respiratório, pois comunica-se, por cima e pela frente, com a
boca e as fossas nasais; e, por baixo, com o laringe e o esôfago.
⎧ Aquece Ar − capilaresnasais
01. Fossas nasais ⎨ Apesar de anatomicamente comum aos dois sistemas
⎩Filtrar Ar − vibrisas mencionados, fisiológicamente o faringe não tem ação
⎧Orofaringe − digestão simultânea, já que o ato da deglutição inibe automaticamente a
02. Faringe ⎨ atividade respiratória.
⎩Nasofaringe − respiração 3. Laringe: é um conduto cartilaginoso que se situa na parte
03. Laringe {Fonação = voz − pregas vocais anterior do pescoço e que apresenta um orifício, a glote, pelo
04. Traquéia qual se comunica com a faringe. Durante a deglutição, esse
05. Brônquios e bronquiolos orifício se fecha por uma válvula reguladora chamada epiglote.
06. Pulmões ⎧Bronquíolo s O Laringe é o principal órgão da fonação (voz), onde
parenquimatosos com ⎪ encontramos as pregas vocais.
pleura ⎨ Álveolos pulmonares − Hematose 4. Traquéia: é um conduto de estrutura cartilaginosa, de
⎪Pleura maneira a manter o tubo traqueal sempre "aberto, inferiormente,

bifurca-se, formando os brônquios. A traquéia realiza a
condução dos gases respiratórios (O2 e CO2).
5. Brônquios: tem constituição semelhante à da tráqueia.
São condutos que penetram nos pulmões, onde se bifurcam
formando os bronquíolos. Esses, por sua vez, terminam em
sacos também microscópicos chamados alvéolos pulmonares.
6. Pulmões: são órgãos de forma cônica, que contém os
bronquíolos e alvéolos pulmonares. Calcula-se que cada
pulmão possua cerca de 400 milhões de alvéolos. Os alvéolos
pelo lado externo, comunicam-se com capilares sanguíneos de
diâmetro tão reduzido que praticamente permitem o fluxo de
hemácias "em fila", o lado interno dos alvéolos encontra-se
diretamente em contato com o ar atmosférico inspirado.
Observações:
1. A mucosa de revestimento das fossas nasais tem o nome de
pituitária. Diferenciam-se, todavia, uma pituitária respiratória
(avermelhada, rica em vasos sanguíneos, destinada ao
aquecimento do ar Inspirado) e uma pituitária olfativa (amarela,
pouco vascularizada, rica em terminações nervosas do nervo
olfativo, responsável pela percepção do olfato).
2. Os músculos respiratórios:
a) Diafragma - é o principal músculo da respiração sendo
exclusivo dos mamííferos e separa a cavidade torácica da
Bronquíolos Alvéolos cavidade abdominal.
pulmonares b) Intercostais - está localizado entre as costelas auxiliando o
diafragma no processo respiratório.
VESTIBULAR – 2009

Nos mamíferos, a cavidade do tronco é dividida em dois


compartimentos — cavidade torácica e cavidade abdominal

FAÇO IMPACTO - A CERTEZA DE VENCER!!!


Fale conosco www.portalimpacto.com.br

INSPIRAÇÃO E EXPIRAÇÃO O MECANISMO DE TROCAS GASOSAS


O ar que penetra nos pulmões encerra nitrogênio,
A atividade dos músculos respiratórios (diafragma e
oxigênio e gás carbônico em percentuais diferentes, destes
intercostais) é regulada pelo centro respiratório, situado no
mesmos gases no ar que sai dos pulmões. Assim, há notáveis
bulbo (região do sistema nervoso central, abaixo do cérebro).
diferenças entre o ar Inspirado e o ar expirado.
Sob o comando do bulbo, o nervo frênico estimula a contração
do músculo diafragma, que assim, "levantam" as costelas, TROCAS GASOSAS
acarretando um aumento do diâmetro longitudinal torácico. GÁS AR INSPIRADO AR EXPIRADO
Mediante as contrações observadas nos músculos Nitrogênio 79% 79%
respiratórios, o tórax amplia-se, o que reduz a pressão interna. Oxigênio 20% 16%
A pressão atmosférica torna-se então relativamente maior que Gás Carbônico 0,04% 4%
a pressão interna: daí a penetração do ar atmosférico até os
alvéolos pulmonares. O mecanismo de transporte do oxigênio atmosférico até
Conclui-se, portanto, que para o ar penetrar no tubo as células vivas envolve vários fenômenos:
respiratório é necessário haver uma diferença entre a pressão Inspiração: compreende o fluxo de O2 desde as vias
atmosférica e a pressão existente no Interior da cavidade respiratórias superiores até os alvéolos pulmonares, com a
torácica. Quanto menor a diferença entre as pressões citadas, indispensável participação dos músculos respiratórios, conforme
menor a quantidade de ar que penetra. Entende-se, assim, a vimos.
dificuldade que um indivíduo tem para respirar quando é Formação de oxiemoglobina: no sangue, a maioria do O2
transportado para regiões de elevada altitude, onde a pressão penetra no Interior das hemácias; encontram-se inúmeras
atmosférica é baixa e determina uma pequena penetração de moléculas de hemoglobina, com as quais o O2 a se combina,
ar nos pulmões. Nesses casos, o organismo adapta-se a baixa formando a oxiemoglohína (HbO2 ).
tensão de O2, promovendo um considerável aumento do Difusão do oxigênio para os tecidos: quando o sangue
número de hemácias esse fato pernite que o pouco O2 arterial, rico em O2 , chega aos tecidos, o O2 se desliga da
disponível seja mais bem aproveitado. hemoglobina e, por difusão passa, para o Interior das células
vivas. Ao mesmo tempo em que o O2 se difunde para as
Inspiração células, o CO2 passa do interior celular para o sangue. Assim,
no nível dos tecidos, o sangue arterial converte-se e o sangue
DIAFRAGMA CAIXA TORÁCICA LONGITUINAL venoso, que voltará aos pulmões para receber uma nova
* CONTRAÇÃO
carga de O2 (EFEITO BÕHR)
INTERCOSTAIS CAIXA TORÁCICA TRANSVERSAL
O O2 é transportado assim:
• 25% dissolvido no plasma;
* PRESSÃO ATMOSFÉRICA > PRESSÃO PULMONAR
• 75% na forma de oxiemoglobina (HbO2) - Hemácias;

A afinidade entre a hemoglobina e o oxigênio, forma


uma combinação "fraca" e "instável".
O CO2 é transportado assim:
- 5% dissolvido no plasma;
- 25% com carboemoglobina (HbCO2) - Hemácias ;
- 70% como íons bicarbonato(HCO3-), no plasma.

Na expiração, o diafragma relaxa-se e sobe. Os


músculos intercostais também se relaxam e as costelas entram
em depressão. "abaixando-se". O volume do Tórax reduz-se,
acarretando o aumento da pressão interna. Dessa maneira, a
pressão interna torna-se maior que a pressão atmosférica, e o ar
é expelido nos pulmões.

Expiração
DIAFRAGMA CAIXA TORÁCICA LONGITUDINAL
* RELAXAMENTO

INTERCOSTAIS CAIXA TORÁCICA TRANSVERSAL


Capacidade Vital
* PRESSÃO PULMONAR > PRESSÃO ATMOSFÉRICA NORMAL = 500 ML DE AR
INSPIRAÇÃO
FORÇADA = 1.500 ML DE AR

NORMAL = 500 ML DE AR
EXPIRAÇÃO
FORÇADA = 1.000 ML DE AR

TOTAL = 3.500 ML DE AR
VESTIBULAR – 2009

CAPACIDADE RESPIRATÓRIA - TOTAL


CAPACIDADE VITAL = 3.500 ML AR
AR RESIDUAL = 1.500 ML DE AR

TOTAL = 5.000 ML DE AR

FAÇO IMPACTO – A CERTEZA DE VENCER!!!