Você está na página 1de 1

Clara Nunes - Canto das Trs Raas

Bm A7 F#7 Bm G7 F#7
Ningum ouviu um soluar de dor no canto do Brasil
Em Bm G7
Um lamento triste sempre ecoou, desde que o ndio guerreiro
F#7 Bm
Foi pro cativeiro e de l cantou
Em A7 Bm C#m7(b5) Bm/D
Negro entoou um canto de revolta pelos ares
Em Bm/D G7 F#7
no Quilombo dos Palmares, onde se refugiou
Em Bm A7 Bm/D G7
Fora a luta dos Inconfidentes pela quebra das correntes
F#7
nada adiantou
Em Bm
e de guerra em paz, de paz em guerra
C#m7(b5) Bm/D G7
todo o povo desta terra quando pode cantar
F#7 Bm
canta de dor
Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C#
h h h h h h h h h h h h h h h h
Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C#
h h h h h h h h h h h h h h h
Em Bm F#7/C# Bm/D
E ecoa noite e dia ensurdecedor
C#m7(b5) F#7 Bm Bm/A G7 F#7 B7/D#
Ai, mas que agonia o canto do trabalhador
Em Bm C#m7(b5) Bm/D Bm/A
esse canto que devia ser um canto de alegria
G7 F#7 Bm
soa apenas como um soluar de dor

Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C#


h h h h h h h h h h h h h h h h
Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C# Bm A7/C#
h h h h h h h h h h h h h h h

----------------- Acordes -----------------


A7 = X 0 2 0 2 0
A7/C# = X 4 5 2 5 X
B7/D# = X X 1 2 0 2
Bm = X 2 4 4 3 2
Bm/A = X 0 4 4 3 X
Bm/D = X 5 X 4 7 7
C#m7(b5) = X 4 5 4 5 X
Em = 0 2 2 0 0 0
F#7 = 2 4 2 3 2 2
F#7/C# = X 4 4 3 5 X
G7 = 3 5 3 4 3 3