Você está na página 1de 17
   

Data de Elaboração:

PROCEDIMENTOS INTERNOS 25/03/2013

PROCEDIMENTOS INTERNOS

25/03/2013

Código:

Área Responsável:

Revisão:

PSP - 02

Segurança Patrimonial

19/12/2016 R02

Elaborado por:

Revisado por:

Aprovado por:

Fernando R.S. Andrade Coordenador Facilities

Alexandre H. Martins Chefe Segurança Industrial

Simon de M. Sampedro Diretor de Operações

 

PROCEDIMENTO DE SEGURANÇA PATRIMONIAL

1. INTRODUÇÃO

O “Procedimento de Segurança Patrimonial” tem como objetivo orientar e padronizar as atividades atribuídas ao Serviço de Segurança Patrimonial e Recepção, nas dependências da Unidade Industrial da Melhoramentos CMPC Ltda.

2. ESCOPO

Segurança Patrimonial

Recepção

3. CAMPO DE APLICAÇÃO

Todos os funcionários da companhia.

4.

DEFINIÇÕES

N/A

5.

DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

Listagem de Pessoas Chaves Anexo I

Ligações Particulares Anexo II

Controle de Entrega de Chaves Anexo III

Autorização para Trânsito de Material (ATM) Anexo IV

Controle Geral de Entrada e Saída Anexo V

Controle de Entrada e Saída de Veículos Anexo VI

Controle de Pesagem Anexo VII

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 2 de 17

6.

PROCEDIMENTOS

6.1.

Sistema de Comunicação

Dentro de um Sistema de Segurança, os meios de comunicação tais como celulares e telefones, são de vital importância no relato de ocorrências e na tomada de providências.

Em caso de solicitação do número do aparelho celular por pessoas que não fazem parte do quadro de empregados da Melhoramentos, estes números não deverão ser passados antes de consultar o usuário o qual poderá (ou não) autorizar este procedimento.

Em caso de solicitação do número do celular ou da residência das pessoas chaves como Supervisores/Chefias/Gerências/Diretoria, anotar o número do telefone do solicitante informando que entrará em contato logo em seguida e após, entrar em contato com o solicitado para fornecimento ou não e retornar a ligação ao solicitante.

6.2. Rotinas de Segurança

Entre as diversas funções, o vigilante tem como atribuição o atendimento de ocorrências, e para tanto, deverá agir de maneira profissional e imparcial, em todas as situações em que é exigido. Ele deve resolver o problema e não se tornar parte dele. Para tanto, deverá ter sempre em mente;

Analisar a situação antes de tomar qualquer atitude;

Ser prudente em suas análises;

Não tomar decisões inflexíveis a não ser para evitar mal maior;

Quando abordado por repórter, deve o vigilante, encaminhar imediatamente o assunto ao responsável pela Segurança Patrimonial, ou em sua ausência, a qualquer gerência presente na fábrica. Fora do expediente administrativo, essa providência deve ser tomada, utilizando-se a Listagem de Pessoas Chaves. Não deve dar informação à reportagem.

6.3. Ronda Interna

Durante a semana (de segunda a sexta-feira), serão efetuadas rondas internas a cada 1 hora,

Nos finais de

semana e feriados, realizar as rondas no período diurno e noturno respeitando o intervalo entre as rondas mencionadas acima, nos pontos eletrônicos instalados estrategicamente e atentar aos itens abaixo;

das 19:00h ás 05:00h nos setores que não estão cobertos por sistema de CFTV

Esteja sempre atento;

Sempre leve consigo o rádio HT da portaria e na ronda noturna, uma lanterna;

Não faça a ronda seguindo sempre o mesmo percurso, alterne os pontos e até mesmo, o sentido da ronda, para que as pessoas mal intencionadas não saibam o horário que o

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 3 de 17

vigilante irá passar e, sempre faça as rondas pensando na segurança do patrimônio e jamais percorrer apenas os pontos eletrônicos;

Verifique todas as áreas da empresa, inclusive os vestiários;

Sempre que chegar a um departamento, verifique se todas as janelas e portas estão trancadas e se as luzes estão apagadas, caso contrário, informe à portaria para que os mesmos lhe tragam as chaves e apague as luzes, tranque as janelas ou portas;

Anote tudo o que encontrar de errado, relate ao responsável pela Segurança utilizando o impresso correspondente e faça constar no livro de ocorrências;

Verifique todas as situações suspeitas encontradas;

Em caso de detectar arrombamento e/ou invasão em algum setor/departamento da fábrica, proceda da seguinte maneira:

Solicite apoio à portaria;

Faça as averiguações preliminares e acione imediatamente seu Supervisor;

Relate o ocorrido detalhadamente no livro de ocorrências da Portaria.

Entre em contato com o Responsável pela Segurança através da Listagem de Pessoas Chave e relate a ele todo o ocorrido.

6.4. Princípio de Incêndio

Em caso de constatação de princípio de incêndio, deve-se entrar em contato com o Líder da Brigada de Incêndio mais próxima do setor;

Acione o alarme de emergência 777, e o plantão elétrico para o desligamento da energia elétrica;

Preste apoio necessário aos brigadistas e acione o Corpo de Bombeiros, se for o caso;

Informe ao Comitê de Crise da Planta;

6.5. Falta de Energia Elétrica

Para problemas internos ou externos, acione o Plantão Elétrico através do ramal 335 ou pelo celular (011) 7334-8467. Informe-se sobre o motivo da paralisação e anote no livro de ocorrências da portaria.

6.6. Chuvas Fortes e/ou Enchentes

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 4 de 17

Nos períodos de chuvas e risco de enchentes os vigilantes/porteiros deverão ficar atentos quando da formação de fortes chuvas e risco de alagamento.

O vigilante deve seguir as providencias conforme o Procedimento de Emergência para Inundações.

6.7. Atendimento Telefônico

Durante o expediente normal (horário comercial), o atendimento telefônico é realizado por nossa Recepcionista, e fora dele, o atendimento é feito pela Portaria. Os Vigilantes devem proceder da seguinte forma:

Melhoramentos CMPC, bom dia/ boa tarde/ boa noite;

Com quem o Sr. / Sra. Deseja falar?

Nunca deixe a pessoa do outro lado da linha esperando por muito tempo, mantenha a lista de ramais próxima do aparelho e procure sempre evitar que a pessoa fique ouvindo comentários procedentes da portaria inibindo o microfone do aparelho telefônico;

Seja sempre cortês e educado;

Não permita que empregados ou visitantes utilizem o telefone da Portaria, exceto em casos de emergência;

Não dê informações sobre nossos empregados por telefone. Caso seja necessário, transfira a ligação para o encarregado do setor onde ele trabalha ou à Administração de Pessoal.

Caso algum empregado necessite fazer uma ligação fora do horário de expediente administrativo, o vigilante deverá proceder da seguinte forma:

Pergunte se a ligação é particular ou é a serviço;

Se for a serviço, faça a ligação e transfira para o ramal desejado;

Se for particular e a ligação for para CELULAR ou DDD, preencha o Livro de Ocorrências, execute a ligação e transfira para o ramal desejado;

Quando a ligação for para Diretor, Gerente, Chefe, Supervisor ou Coordenador, e os mesmos estiverem ausentes da fábrica e a pessoa que está na linha solicitar o número do telefone celular ou da residência, proceda da seguinte maneira:

Anote o nome completo da pessoa que está ao telefone e de qual empresa é;

Anote o número do telefone e repita para a pessoa, a fim de que não haja dúvidas;

Informe à pessoa que a segurança entrará em contato com o empregado e que em seguida o mesmo poderá retornar a ligação;

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 5 de 17

O Vigilante deverá utilizar-se da listagem de pessoas chave para fazer o contato com o empregado;

Ao localizá-lo, informe sobre a ligação recebida, o nome da pessoa que o procurou e o número do telefone.

6.8. Correspondências

6.8.1. No Horário de Expediente

Encaminhar a correspondência à área de Serviços Gerais. Caso seja urgente, informar e solicitar de imediato ao responsável pela Área de Serviços Gerais que retire a correspondência na portaria.

A portaria deve evitar a entrega de correspondências diretamente aos destinatários.

6.8.2. Fora de Expediente

As correspondências devem ser guardadas na Portaria em local pré-determinado para correspondências e encaminhá-la na primeira hora do expediente normal à Área de Serviços Gerais.

Quando se tratar de correspondências envolvendo órgãos oficiais (Ministério do Trabalho, INSS, CETESB, etc.) as mesmas deverão ser encaminhadas imediatamente ao seu destinatário via Serviços Gerais. Caso sejam recebidas fora do horário de expediente ou em finais de semana, o destinatário deve ser informado imediatamente.

6.9. Intimações, Citações, Notificações e Multas

6.9.1. Empregado

Quando uma das ocorrências se destinar a um empregado, solicitar a presença do mesmo na Portaria para receber o respectivo documento, isto quando a ocorrência se der fora do expediente administrativo. Durante o expediente administrativo, o portador da ocorrência deverá ser encaminhado à Recepção para aguardar à chegada do empregado.

OBS. - Caso o empregado esteja ausente, nenhuma pessoa poderá receber tal documentação.

6.9.2. Empregador

Encaminhar o portador à Recepção para que seja feita a sua Identificação de Visitante e o encaminhamento à Administração de Pessoal.

6.10. Controle de Entrega de Chaves

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 6 de 17

Todas as chaves da empresa devem ficar na Portaria e só poderão ser fornecidas a empregados nas seguintes condições:

Solicitar o nome completo da pessoa requisitante;

Preencher o “Controle de Entrega de Chaves”;

Solicitar a assinatura do requisitante;

No retorno da chave, dar baixa no controle.

6.11. Venda Interna de Produtos

A venda interna de produtos será permitida a todos os funcionários e estagiários contratados

pela Melhoramentos CMPC Ltda.

Os produtos adquiridos serão entregues no CD, na unidade de Caieiras e no estacionamento na unidade de Mogi das Cruzes, durante o dia determinado para a entrega, em horário pré- estabelecido. Se ao final do prazo de entrega ainda existir produtos que não foram retirados, os mesmos serão doados

6.12. Venda de Outros Produtos

Não será permitida a venda e/ou comércio de outros produtos dentro das dependências da Melhoramentos CMPC Ltda., tais como joias, semi-joias, perfumes, produtos alimentícios, utensílios domésticos, etc.

OBS. Empresas que desejarem apresentar e vender seus produtos devem consultar o Setor de Benefícios, o qual poderá autorizar ou não a promoção de seus produtos.

6.13. Entrega de Brindes Absenteísmo

Os brindes devem ser disponibilizados pela área cabendo à Portaria receber, conferir e distribuir os brindes, juntamente com os brindes a Portaria deverá receber a relação dos contemplados.

A Portaria deve fazer a entrega aos relacionados, não permitindo que os mesmos retirem os

brindes da Portaria sem assinar a relação de entrega e que após receber o brinde adentrem as

dependências da empresa com os mesmos.

Se ao final do prazo de entrega ainda existir produtos que não foram retirados, os mesmos serão doados.

6.14. Estacionamento

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 7 de 17

A empresa dispõe de duas áreas de estacionamento, as quais poderão ser utilizadas conforme

segue:

6.14.1.

Estacionamento Externo

Esta área se destina ao uso de empregados e visitantes da Melhoramentos CMPC Ltda., devendo ser obedecida rigorosamente à disposição de vagas.

Os Vigilantes não estão autorizados a guardar chaves ou quaisquer objetos particulares de empregados na Portaria.

6.14.2. Estacionamento Interno

Esta área se destina ao uso exclusivo dos Coordenadores/Supervisores/Chefes/Gerentes e Diretores.

6.14.3. Terceiros

Os veículos de terceiros devem ficar estacionados fora das dependências da empresa. Só será permitida a entrada de veículos quando houver a necessidade de descarregar ou carregar materiais ou equipamentos, caso contrário, utilizar o estacionamento externo. A área da Segurança Patrimonial é responsável pela autorização de entrada do veículo.

6.15. Bicicletas e Motos

A empresa possui uma área fechada, coberta e externa para guarda de bicicletas e motos.

A portaria não está autorizada a guardar chaves, capacetes e/ou quaisquer outros objetos nas

dependências da Portaria. Os funcionários devem ser orientados a manter suas motos com trava e seus pertences trancados.

6.16. Entrada e Saída de Materiais e Doações

Todo material, equipamento e ferramentas de propriedade da empresa somente poderão sair de nossas dependências mediante apresentação de Nota Fiscal ou Autorização de Saída devidamente assinada pelo responsável da área e Gerência da unidade.

Quando o equipamento ou material sair acompanhado de documento, esta deverá ser apresentada à Portaria para conferência e registro.

Quando se tratar de doações, empréstimos, etc., o formulário utilizado deverá ser a Autorização para Transporte de Materiais e deverá conter a assinatura do Diretor Industrial (na sua ausência a assinatura do Gerente Industrial), mais a assinatura do responsável pela Área que está fazendo a doação ou empréstimo.

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 8 de 17

A entrada de materiais, equipamentos, ferramentas e quaisquer outros itens não pertencentes

a Melhoramentos CMPC Ltda., será liberada após a apresentação de documento onde conste

a descrição dos materiais ou relação fornecida pela empresa responsável pelo equipamento,

que após conferência ficará arquivada nos controles da Portaria para quando da saída dos materiais.

6.17. Revista de Bolsas

Quando da entrada e saída de empregados, prestadores de serviço, visitantes e terceiros que adentrem as dependências da Melhoramentos CMPC, que estejam portando sacolas, bolsas, mochilas ou similares, estes deverão ser vistoriados.

As vistorias devem ser feitas por pessoas do mesmo sexo e em local aberto sem que haja contato físico, tal vistoria consiste única e exclusivamente na vistoria de bolsas.

6.18. Entrega de Materiais

Quando se tratar de entrega de materiais, a Nota Fiscal deverá ser registrada no impresso “Controle Geral de Entrada e Saída” e em seguida encaminhar o motorista juntamente com a N.F, até o Setor de Recebimento o qual entregará uma AR - Aviso de Recebimento.

Em seguida, informar a área responsável pelo recebimento do material para autorizar a sua entrada e posteriormente o seu descarregamento.

6.19. Retirada de Materiais

Quando da retirada de materiais para conserto, devolução, simples remessa, etc., o material deverá ser retirado com o solicitante juntamente com a Nota Fiscal e/ou retirá-la na Portaria e registrá-la no “Controle Geral de Entrada e Saída”.

6.20. Procedimento de Balança

Cumprir e fazer cumprir as Normas e Procedimentos relacionados ao seu posto de trabalho.

Relatar todas as informações relevantes do seu turno de trabalho para o seu Supervisor Imediato ou, na sua ausência, ao Gestor do Contrato.

Fazer os registros das ocorrências no livro apropriado, independentemente do relato ao Supervisor e ao Gestor.

Trabalhar em sintonia com os demais postos e vigilantes.

Realizar o cadastro das Notas Fiscais apresentadas pelos motoristas, utilizando o dispositivo de leitura do código de barras.

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 9 de 17

Registrar os dados no sistema lançando cada item no campo específico do Formulário/Planilha de Registro. Todos os campos deverão ser preenchidos.

Identificar e registrar os condutores e os respectivos veículos. Para tal, solicitar um documento oficial (CNH).

Reter o canhoto do documento em caso de devolução de mercadoria, registrando o ato em planilha própria.

Antes de assumir o posto de serviço, manter-se informado das alterações e pendências do turno anterior.

Ao assumir o posto de serviço, verificar o funcionamento dos equipamentos do posto, e em caso de alteração, comunicar o setor responsável.

Nunca se ausentar do posto de serviço sem a devida rendição ou autorização.

Em caso de crise, incêndio, desinteligência e colisão de veículos, entrar em contato com a Portaria de imediato.

Pesar entrada e saída de todos os veículos que entram na Unidade.

Preencher “Boletim Diário de Pesagem”, com as seguintes informações: veículo, motorista, placa, transportadora, CNH, material, horário de entrada e saída, e número da nota fiscal.

Salvar os Boletins (Controle de Balança), sempre que fizer alterações.

Imprimir e arquivar todos os relatórios em pasta apropriada e manter o arquivo arquivado por quatro meses.

Confirmar e registrar todas as pesagens realizadas.

7. RESPONSABILIDADES E ALÇADAS

É de responsabilidade da Segurança Patrimonial, a prevenção contra a presença de invasores se faz com a atuação ostensiva em todas as áreas da empresa, durante as 24 horas do dia, observando-se as seguintes regras básicas:

Manter-se atento à presença de pessoas ou veículos suspeitos nas imediações da fábrica;

Não permitir aglomeração de pessoas e estacionamento irregular de veículos nas imediações da Portaria;

Averiguar todas as situações suspeitas de atuação de estranhos;

Os empregados devem informar a Segurança, sobre quaisquer atos suspeitos a que venham tomar conhecimento;

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 10 de 17

Não comentar assuntos de segurança com pessoas estranhas ao serviço ou outros temas que digam respeito a projetos e atividades de qualquer natureza da Melhoramentos CMPC Ltda.

8.

LEGENDA

N/A

9.

EXCEÇÕES

N/A

10.

VIGÊNCIA

Esse procedimento passa a vigorar a partir da data de sua publicação ou da data de sua última revisão. O mesmo deve ser revisado em até 02 anos ou caso haja alguma alteração no processo.

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 11 de 17

ANEXO I LISTAGEM DE PESSOAS CHAVES

Funcionários

Cargo

Alexandre Henrique Martins

Chefe Segurança do Trabalho

Alexandre T. Yamashita

Gerente Industrial - Caieiras

Alexandre Luiz dos Santos

Gerente de Qualidade

Anderson da Silva Reis

Supervisor - DCO

Antonio Carlos Pedreti de Godoy

Coordenador de Logística

Carlos Alberto Barbosa

Supervisor de Manutenção

Cláudio Antonio Junior

Chefe de Conversão

Daniel Fonseca

Logística

Elizeu de Jesus Junior

Engenheiro de Segurança Industrial

Elber Ferreira de Azevedo

Supervisor da ESO

Emanuélly Mathey

Supervisora de Planejamento

Fabiana Regina de Moura

Supervisora de Controle de Produção

Fernanda Caroline Santini

Supervisora de Meio Ambiente

Fernando Roberto S. Andrade

Coordenador de Facilities

José Danilo Napoleão

Supervisor - DCO

José Roberto

Chefe de Produção - Sanitários

Josias Lourenço da Silva

Supervisor de Produção

José Machado

Supervisor de Manutenção

José Menino de Oliveira

Coordenador - Utilidades

Marcio Favarin Regiane

Supervisor de Produção

Marcio Matandos

Gerente Industrial - Sanitários

Marcio Moura

Chefe de Conversão

Marcos Antonio

Supervisor - DCO

Paulo Andrade

Gerente Logística

Regis Barbosa de Souza

Coordenador de Segurança do Trabalho

Rogério de Oliveira Barbosa

Coordenador de Produção - Sanitários

Ronald Cordero Gomez

Gerente Industrial - Caieiras

Samuel Garcia

Chefe de Produção - BCTMP

Sandro Donizete dos Santos

Chefe de Produção - Papéis

Sidnei Domingos

Almoxarifado

Simon de Mello Sampedro

Diretor de Operações

Vanderlei Cornacchione

Supervisão de Manutenção - BCTMP

Willian Franciscon

Supervisor de Produção

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 12 de 17

ANEXO II – FORMULÁRIO “LIGAÇÕES PARTICULARES”

17 ANEXO II – FORMULÁRIO “LIGAÇÕES PARTICULARES” LIGAÇÕES PARTICULARES MÊS DE: SOLICITANTE RAMAL CENTRO

LIGAÇÕES PARTICULARES

MÊS DE:

SOLICITANTE RAMAL CENTRO DE CUSTOS CÓD. EMPREGADO N.º SOLICITADO MOTIVO DATA HORÁRIO / / :
SOLICITANTE
RAMAL
CENTRO DE CUSTOS
CÓD. EMPREGADO
N.º SOLICITADO
MOTIVO
DATA
HORÁRIO
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:
/
/
:

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 13 de 17

ANEXO III CONTROLE DE ENTREGA DE CHAVES

13 de 17 ANEXO III – CONTROLE DE ENTREGA DE CHAVES CONTROLE DE ENTREGA DE CHAVES

CONTROLE DE ENTREGA DE CHAVES

DATA:

/

/

HORÁRIO VISTO DEVOLVIDA HORÁRIO VISTO SETOR SOLICITANTE SAÍDA SOLICITANTE POR DEVOLUÇÃO PORTARIA : : :
HORÁRIO
VISTO
DEVOLVIDA
HORÁRIO
VISTO
SETOR
SOLICITANTE
SAÍDA
SOLICITANTE
POR
DEVOLUÇÃO
PORTARIA
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 14 de 17

ANEXO IV AUTORIZAÇÃO PARA TRÂNSITO DE MATERIAL ATM

AUTORIZAÇÃO PARA DATA EMISSÃO EVENTO TRÂNSITO DE MATERIAL - ATM ENTRADA 02/abr SAÍDA SOLICITANTE ÁREA
AUTORIZAÇÃO PARA
DATA EMISSÃO
EVENTO
TRÂNSITO DE MATERIAL - ATM
ENTRADA
02/abr
SAÍDA
SOLICITANTE
ÁREA
CR / CC
QUANTIDADE
UNID.
DESCRIÇÃO
MOTIVO
RETORNO
AMOSTRA / MAT. PROMOCIONAL
DOAÇÃO
VENDA
SIM
SERVIÇO EXTERNO
EMPRÉSTIMO
CONSUMO INTERNO
NÃO
OUTROS
SOLICITADO POR
AUTORIZADO POR
AUTORIZADO POR RH
PORTARIA
ENTRADA
VISTO
SAÍDA
VISTO

O&M 13.023

1ª VIA

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 15 de 17

ANEXO V CONTROLE GERAL DE ENTRADA E SAÍDA

CONTROLE GERAL DE ENTRADA E SAÍDA Nº

CONTROLE GERAL DE ENTRADA E SAÍDA

Nº
 

/

/

ORDEM

CÓD.

PLACA

HORÁRIO DE

HORÁRIO DE

OBSERVAÇÕES

CHEGA.

OPER.

FORNECEDOR / EMPRESA

VEÍCULO

NOME MOTORISTA

Nº DOCUMENTO

ENTRADA

Nº NF

MATERIAL

SAÍDA

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

CÓDIGOS OPERACIONAIS

04 - DEVOLUÇÃO DE PROD. ACABADOS

08 - CARREGAMENO PROD. ACABADO

02 - ENTREGA APÓS O EXPEDIENTE

06 - TRANSFERÊNCIA

10 - RETIRADA DE MAT. P/ CONSERTO

12 - REIRADA RESÍDUO INDUSTRIAL

VISTO PREPOSTO

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 16 de 17

ANEXO VI CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS

CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS FORNECEDORES & PRESTADORES DE SERVIÇO DATA: / /
CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS
FORNECEDORES & PRESTADORES DE SERVIÇO
DATA:
/
/
HORÁRIO
VEÍCULO
MOTORISTA
ORIGEM
DESTINO
LIBERADO POR
OBSERVAÇÃO
PLACA
ENTRADA
SAÍDA
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
:
: : : : : : : : : : : : : : : :

CONTROLE DE ENTRADA E SAÍDA DE VEÍCULOS

COLABORADORES & TERCEIROS

DATA:

/

/

VEÍCULO

NOME

 

HORÁRIO

 

OBSERVAÇÃO

SAÍDA

 

SAÍDA

SAÍDA

PLACA

PLACA

PLACA
PLACA
PLACA

ENTRADA

ENTRADA

ENTRADA

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

:

:

: :

: :

: : : : : : : : : : : : : : : :
: : : : : : : : : : : : : : : :
: : : : : : : : : : : : : : : :
: : : : : : : : : : : : : : : :

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO

Identificação: PSP - 02

Rev.R01

Acesso livre

Página 17 de 17

ANEXO VII CONTROLE DE PESAGEM

BOLETIM DIÁRIO DE PESAGEM - C.T.M.P. / T.M.P. PLACA PESOS DATA E HORÁRIO DE TIPO
BOLETIM DIÁRIO DE PESAGEM - C.T.M.P. / T.M.P.
PLACA
PESOS
DATA E HORÁRIO DE
TIPO DE
TRANSPORTADORA
MOTORISTA
NOTA FISCAL
CARGA / DESCARGA
COMUNICADO A
MATERIAL
CAVALO
CARRETA
BRUTO
TARA
LIQUIDO
CHEGADA
ENTRADA
SAÍDA

DOCUMENTO ORIGINAL

PROIBIDA A REPRODUÇÃO