Data Temática Textos-Base Grupo

27/10 Reforma  REIS, Rossana Rocha. O direito à terra como Grupo 4-
Agrária um direito humano: a luta pela reforma agrária e o Ericleston
movimento de direitos humanos no Brasil. Lua André
Rodolfo
Nova: Revista de Cultura e Política, [s.l.], n. 86,
Lindemberg
p.89-122, 2012. FapUNIFESP (SciELO). Estefânio
http://dx.doi.org/10.1590/s0102- Thais Lucena
64452012000200004. Disponível em: Deivison
<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext
&pid=S0102-64452012000200004>. Acesso em:
08 out. 2017.´
 FERNANDES, Bernardo Mançano. O MST
e as reformas agrárias do Brasil. 2008.
Disponível em:
<http://www2.fct.unesp.br/docentes/geo/bernardo/
OUTROS/04mancano.pdf>. Acesso em: 30 out.
2016.
 MEDEIROS, Leonilde Servolo de. Conflitos
Fundiários e Violência no Campo. In: CANUTO,
Antônio; LUZ, Cássia Regina da Silva; COSTA,
Edmundo Rodrigues (Org.). Conflitos no Campo:
Brasil 2014. Goiânia: Cpt Nacional, 2014. p. 26-30.
Disponível em:
<http://www.cptnacional.org.br/index.php/downloa
ds/finish/43-conflitos-no-campo-brasil-
publicacao/2392-conflitos-no-campo-brasil-2014>.
Acesso em: 13 fev. 2016.

30/10 Agroecologia e  CAPORA, Francisco Roberto; Grupo 3-
Agrotóxicos COSTABEBER, José Antônio. Agroecologia: Bárbara Mayer
alguns conceitos e princípios. 2014. Disponível em: Juliana Dutra
Tathiana Amorim
<http://www.fca.unesp.br/Home/Extensao/GrupoTim
Lais Marques
bo/Agroecologia-Conceitoseprincipios.pdf>. Acesso Hohanna Sousa
em: 10 fev. 2017. Nágilla
 CARMO, Maristela Simões do. Ysnéia
AGROECOLOGIA: NOVOS CAMINHOS PARA A Lais Alcântara
AGRICULTURA FAMILIAR. Tecnologia &
Inovação Agropecuária, São Paulo, v. 1, n. 0, p.28-
40, 01 dez. 2008. Disponível em:
<http://www.dge.apta.sp.gov.br/Publicacoes/T&IA2;
/T&IAv1n2;/Artigo_Agroecologia_Novos_Caminho
s_3.pdf>. Acesso em: 29 set. 2017.
 FOLGADO, Cleber Adriano Rodrigues.
SISTEMA NORMATIVO DE AGROTÓXICOS NA
CONTEMPORANEIDADE. Revista Jurídica da
Universidade Estadual de Feira de Santana
(uefs), [s.l.], v. 1, n. 1, p.1-21, 22 jun. 2017.
Universidade Estadual de Feira de Santana.
http://dx.doi.org/10.13102/rjuefs.v1i1.1819.
Disponível em:
<http://periodicos.uefs.br/index.php/revistajuridica/ar
ticle/view/1819>. Acesso em: 08 out. 2017.
27/10 Posse Étnica:  VITORELLI, Edilson. Título III: Da terra Grupo 1-

observabarragem. n. Rodrigo Grupo 2- . Salvador: Juspodvim. 02/07.br/index.com/watch?v=fevOOCMxIH Y>. (36 min. Acesso em: 13 fev. DOI: 10. 37. Universidade de Estado do Rio de Janeiro. Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana. 11. 01/07. 2013. p. Comissão Especial. (TEXTO IMPRESSO. 05/07. Disponível em: <http://www. • BRASIL.2015. 2017. Revista Rafael Bruno Allyen Direito e Práxis. 2. Acesso em: 08 out. Mariana Corrêa dos.l.].direitos humanos e Yuri barragens cidadania / The concept of “affected people” by Arthuro dams – human rights and citizenship. Disponível em: <https://periodicos. 1. 2016. Rayanne 2016. Acesso em: 13 fev. Tiago França.ufrj.l. César Augusto.]. Curitiba: Juruá. p. 2008. Disponível em: <https://www. v. Atingidos por Barragens Resoluções nºs 26/06. 212-258.doi. O conceito de Grupo 6- Atingidos por “atingido” por barragens . 2016.e- publicacoes. In: VITORELLI. Bruno. (Leis Especiais para José Vito concursos). Edilson. son. Stephanie 2009. Cap. ed..1590/s0104- 026x2008000300015. território e Heloísa Quilombolas direitos culturais. FapUNIFESP (SciELO).br/index. 3 jun. v.ippur. conquistas e impasses atuais.12957/dep. 3.php/revistaceaju/article/vie wFile/12698/12409>.ufsc. 2015. 13/11 Mineração  MILANEZ. O projeto político Juliane quilombola: desafios. ESTARÁ NA Melyssa XÉROX) Thaís bandeira  MARÉS. color. Paulo Roberto 2015. Disponível em: <http://www. v. 3. Acesso em: 13 fev. 31/06. n. 6. Territorialidades dos índios.12698. Carlos Frederico. [s. http://dx. Brasília. 16. dez. p. Tales José Freitas LEITE. ADI 3239 em face do Decreto nº 4887/03 que regulamenta o procedimento de titulação de territórios quilombolas 10/11 Movimento dos SANTOS. n. O renascer dos Rafaela Casagrande povos indígenas para o direito.php/ref/article/view /9951>.br/publicac oes>.uerj.113-140. Direção de Nayane Maia. João Pessoa: Assessoria de Comunicação do MPF/PB. Ilka Boaventura. A renovação do Direito Grupo 5- Territorialidades Agrário e os quilombos: identidade. SANTOS. p. [s.965-977. 2016.). 117-205. Estatuto do Hyngrid Índigenas Ìndio: Lei 6001/73. 2010.org/10. (Quinta Parte) Karen Formiga  PEC 215 06/11 Posse Étnica: BALDI. Revista Estudos Feministas. Revista da Faculdade de Direito Yanko da UFG.youtube. (Ler pgs 16-62) Discutir o filme:  ÁGUAS para a vida ou para a morte?.

Felipe Wanderley Direitos-Humanos-uma-abordagem. 2016. 2016. eu sorteei em casa. Bruno. Samarco Mineração S. .pdf>. Governo do Estado do Espírito Santo.br/wp- content/uploads/2016/05/PoEMAS-2016- Comentários-Acordo-Samarco.  MILLANEZ. Walter Santana construcionista. o qual deve ser enviado para a Professora dois dias antes. Serão cobrados os textos sublinhados .br/pt/informe- se/noticias/vale-de-impunidades-acordo-sobre-crime- em-mariana-coleciona-falhas/>. Considerações sobre o Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta firmado entre Governo Federal.knightlab. . Vale de impunidades: acordo sobre crime em Mariana coleciona falhas. Acesso em: 08 out. MINERAÇÃO E VIOLAÇÕES DE Brenda Barros DIREITOS HUMANOS: UMA ABORDAGEM Lara Galiza CONSTRUCIONISTA. Em casos extraordinários pode ser autorizada com antecedência pela Professora. George Soares Santos-Pinto-2016-Mineração-e-Violação-de.O grupo deve entregar um texto-roteiro impresso para a turma. Vale S.html Caso do Crime Ambiental de Mariana  RESENDE. PINTO.br/poemas/files/2014/07/Milanez. .com/uploads.org.org. Rosilene.Pelo mesmo motivo..A inserção/divisão dos grupos não pode ser alterada. A. Salles Pereira dos. Governo do Estado de Minas Gerais. Raquel Karen Gadelha Giffoni. 2016. Acesso em: 08 out.amazonaws. Acesso em: 08 out. 2017 Pedro Leitão  Escolher três casos deste mapa para abordar em sala: https://s3. Disponível em: <https://fase. e BHP Billiton Brasil LTDA. tendo em vista que há duas semanas a turma não comparece às aulas.O não comparecimento do grupo é atribuído a nota zero. . Raquel Giffoni. Disponível em: <https://fase. MILIOTTI.com/sto rymapjs/0ba78239402605fc14a6d6aac6a7af63/miner acao-e-direitos-humanos-casos-emblematicos-no- brasil/draft. 2017.A turma foi divida em seis grupos. .A. as datas são inalteráveis.pdf>. Gilka. 2017. Avaliação Avaliação escrita com os textos apresentados nos 20/11 seminários.ufjf. Portal Fase. Disponível em: Raissa Pessoa <http://www. PINTO.

Estes. não de temas. .Será avaliado a compreensão coletiva do grupo acerca dos textos. grupo deve abordar os textos e filmes indicados como bibliografia básica. Portanto. . trazendo informações atuais e notícias para estimular o debate com a turma. .Trata-se de seminários de textos.O seminário vale a segunda nota. .Será postado no sigaa um link no drive com todos os texto. Todos os textos são facilmente encontrados na internet. . disponibilizarei na xérox. 6 pontos da apresentação do grupo e 4 pontos de presença..Cada grupo terá 45 minutos para a apresentação.É importante que os grupos tentem realizar uma contextualização da temática. à exceção dos que não estão disponíveis na internet. .