Você está na página 1de 3

0$5&$6GD+(5,1*HVWUDWpJLDVGH

VHJPHQWDomRHSRVLFLRQDPHQWR
+(5,1*
Reposicionada para torná-la mais valorizada pelo consumidor e reconhecida
como um produto de qualidade superior e versátil.
&RQFHLWR
• Ser sinônimo de categoria "básicos de algodão" para toda a família;
• Confortável, gostosa de usar;
• "Best value for the money".
3~EOLFR$OYR
• Masculino e feminino de todas as idades, classe social C/ D.
)2/+$ 
Objetivo: atender o canal de distribuição auto-serviço, e eliminar o conflito
existente entre os canais de distribuição varejo e auto-serviço.
&RQFHLWR
• Atender as necessidades dos consumidores que compram confecção em lojas de
auto-serviço e buscam produtos básicos (com valores duradouros, usados no dia-dia e
com conceito casual), com qualidade e conforto para toda a família.
3~EOLFRDOYR
• Consumidores que freqüentam lojas de auto-serviço e que normalmente compram
por impulso confecções;
• Sexo masculino e feminino, adulto e infantil, das classes B, C, D.

0$),6$
Reposicionada de forma a torná-la mais contemporânea.
&RQFHLWR
Produtos básicos, estilo e padronagem contemporânea;
Versátil, permite variação e o uso para sair.
3~EOLFRDOYR
Mulheres de 25 -35 anos pertencentes às classes C, D que gostam de estar bem
vestidas e de variar a composição do visual.

20,12
A marca continuou com o mesmo posicionamento anterior de mercado.
&RQFHLWR
Marca Jovem, estilo casual, "basic fashion", com produtos de qualidade diferenciada
("look C&A" para pequeno varejo);
Prática e versátil própria para sair (cinema, shopping, danceteria, etc.).
3~EOLFR
Jovens 17 a 25 anos, ambos os sexos, pertencentes às classes, B/ C;
Criteriosos tanto na escolha do estilo de vestir, bem como na relação "value for
money".

1
38%/,&,0$*(
Posicionada de forma a atender o segmento jovem e ligado a produtos
radicais e inovadores.
&RQFHLWR
Imagem jovem ("streetwear"), arrojada, ágil e de boa qualidade.
3~EOLFRDOYR
Teenagers 13 a 18 anos (masculino 80%, feminino 20%) pertencentes às classes
B/ C, que valorizam sua auto-imagem, andam em grupo e gostam de griffes.

38&
Reposicionada para atingir o segmento de adolescentes preocupados com
“marca” e para ser usada em momentos especiais.
&RQFHLWR
Produtos versáteis, de qualidade e padronagem diferenciadas que transmitam
modernidade, alegria, descontração e elegância;
Para serem usados em ocasiões especiais (fins de semana, shopping, etc.).
3~EOLFR$OYR
Crianças de 4 a 12 anos, pertencentes às classes sociais B/ C, preocupadas com a
aparência, valorizam griffes e importados;
"Value for Money" é fator importante na decisão de compra

'=$50
Adquirida em 1998 da MOfficer para substituir a Wrangler, marca que a
empresa detinha os direitos de comercialização. Essa decisão foi tomada em
razão dos altos royalties que a empresa pagava pela uso dessa marca, o que
reduzia as margens de lucro dos produtos vendidos.
&RQFHLWR
Marca jovem com grande compromisso com seu nome. A palavra Dzarm, não é o
nome de fantasia nem palavra inventada, sugere uma atitude que tem significado e
força junto ao seu público.
Desarmar, desobstruir, descontrair, acalmar, relaxar, fazer fluir esses compromisso é
o próprio conceito que orienta a identidade da marca.
O atributo conforto é atributo mais básico da marca e esta presente em todos os
seus produtos e lojas;
Apesar de não ser vanguarda nem lançadora de moda, a Dzarm é absolutamente
contemporânea.
3~EOLFRDOYR
Jovens de 15 a 25 anos, ambos os sexo, pertencentes as classes A/B;
Jovens que gostam de andar na moda.

2
/,&(1&,$'26
Apesar de não se caracterizarem por uma marca própria da empresa, constituem-se
em uma importante linha de produtos.
Cia. Hering é licenciada para comercializar as marcas Disney, Nintendo e Senninha.
Produtos licenciados Disney – incremento da presença na Europa, Oriente Médio,
Norte da África e para alguns países da América Latina.
&RQFHLWR
Os produtos devem refletir imagem de "fun", descontração, estar associados a
oportunidades do momento e/ ou elementos "imortais".
3~EOLFR$OYR
Pessoas de todas as idades e classes sociais.
0$5&$63$5$20(5&$'2,17(51$&,21$/
Para esse mercado a empresa mantém duas formas de estratégia de marca:
1)Europa e nos Estados Unidos são feitos contratos através de um trader
(gerente de produto do mercado internacional), mediante o sistema taylor
made (fabricação do produto com a colocação da etiqueta do cliente). Essa
política é necessária em função dos desencontros de estações climáticas que
torna as coleções defasadas, resultando em custos maiores para a empresa
em razão da necessidade de adaptação dos produtos para os clientes.
2)América-latina (Mercosul, Bolívia, Chile e Peru) a empresa comercializa as
coleções normais das marcas, com objetivo de não gerar custos adicionais.