Você está na página 1de 1

Autonomia escolar contribui para eficcia do sistema de ensino, aponta estudo

Dar mais autonomia para as escolas, aproximar os pais do dia a dia dos alunos
e recrutar universitrios para suprir a falta de professores foram algumas das
medidas adotadas pela cidade americana de Nova York na tentativa de elevar
os resultados dos seus alunos na rede pblica de ensino. A implantao dessas
medidas repetiu, por exemplo, na elevao do desempenho dos estudantes em
provas de matemtica: em 2009, 82% dos estudantes atingiram padres
considerados adequados, ante 57% em 2006. As aes implementadas em
Nova York para reformar o sistema educacional local foram reunidas em um
estudo, divulgado nesta segunda-feira (3), em So Paulo, com o propsito de
servir de inspirao para as diversas esferas governamentais do Brasil. O
sistema de ensino brasileiro muito disfuncional. preciso que seja
desburocratizado. As diretorias de ensino, geralmente, pouco acompanham a
vida das suas escolas. Quando visitam a escola, vo tomar cafezinho com o
diretor. No entram na sala de aula para acompanhar diretamente o trabalho do
professor, afirmou Norman Gall, diretor executivo do Instituto Fernand Braudel
e coautor do estudo, intitulado A Reforma Educacional de Nova York:
Possibilidades para o Brasil. A reforma deve ser bastante abrangente para ter
resultado, concorda Chris Cerf, subsecretrio de Educao de Nova York,
presente ao evento de lanamento. Se o argumento moral de que a educao
pblica deve prover igualdade de oportunidades no for convincente, os pases
devem levar em considerao que, se quiserem ser bem sucedidos, precisaro
investir em capital humano, como fizeram Cingapura e Finlndia. A economia
atual baseada em conhecimento e tecnologia. O trabalho, que resultado de
uma pesquisa de campo realizada no perodo de dois anos pelo instituto e pela
Fundao Ita Social, deixa algumas recomendaes para obter bons
resultados nos bancos escolares. Algumas delas so a adoo de uma
auditoria externa do sistema para elaborar uma viso estratgica do que deve
ser feito; maior autonomia para as escolas; ampliao da permanncia dos
estudantes nas escolas; e a tomada de aes que garantam a efetiva
segurana nas escolas. (Fernanda Calgaro do Portal G1, em So Paulo,
03/08/2009)

Você também pode gostar