Você está na página 1de 1
22 Sereus 1ars— pancinos e seus 1.5 Usando 3 bits, mostre a sequéneia de contagem binéria, de 000 a 111, 1.6 Usando 6 bits, mostre a sequel de 0000002 11111 iade contagem bindria 1.7* Qual & 0 maior nimero que podemos contar usando lo bits? 1.8 Evusando 14 1.9* Quantos bits sdo necessérios para contar até 511? 1.10 E para contar até 63? SECAO 15 1.11*Desenhe o diagrama de tempo para um sinal digital que alterna continuamente entre 0,2 V (binario 0) por 2 ms ¢ 4,4 V (binario 1) por 4 ms. 1.12 Desenhe o diagrama de tempo para um sinal que al- tema entre 0,3 V (binario 0) por 5 ms e 3.9 V (bindrio 1) por 2 ms. SEGAO 1.7 1.13*Suponha que os valores inteiros decimais de 0 a 15 sejam transmitidos em bindrio. Quantas linhas serio nevessiirias: {a) Se for usado o formato paralelo? (b) E se for usado 0 formato serial?” SECOES 1.819 1.14 Qual é a diferenca entre um microprocessador e um microcomputador? 1.15 E entre um microcontrolador e um microcomputador? RESPOSTAS DAS QUESTOES PARA REVISAO SEGAO 1.1 1. Deis. 2. Um diagrama de tempos. SEGAO 1.2 1. Chave/matraca para baixo (ativada) ¢ chave/matraca para cima (ndo ativada). 2. Intervalos longos e curtos da chave para sentam pontos e tragos. 3. Amplitude. 4. Frequéncia 5. Digital. 6 Analégico. SECAO 1.3 1. Cédigo Morse (amplitude e padrio dos pulsos), e6digo de disco de pulso, niimeros bindrios. 2. Uso de sinais ¢ chaves era digital; transmissdo de voz era analégica, 3. Uso de sinais, chaves e diudio € digitalmente codi cado; frequéncias de ridio que earregam a informagio digital sio analégicas. O microfone muda o som para um sinal analégico e 0 alto-falante muda um sinal analégico para o som 4. Mais ficil de projetar; mais fécil de armazenar infor- magdes; maior exatidao ¢ preciso; ¢ programavel; ‘menos afetado pelo ruido; grau de integrago mais alto. 5. Quantidades fisicas do mundo real so analégicas. Processamento digital leva tempo. repre- SECAO 1.4 1, 107, 2. 11000; 3. 4095.0 SECAO 1.5 1. Uma sequéncia de nimeros binirios, representando 0 valor do sinal medido a intervalos regulares. 2. Como uma tensio que est dentro de uma faixa acei- tavel de valores ALTOS ou BAIXOS. SECAO 1.6 1. Falso. 2, Sim, desde que as duas tensdes de entrada estejam dentro da mesma faixa de nivel légico. 3. Légico. 4. Diagrama de tempos. SEGAO 1.7 1. Paralela é mais répida; serial exige apenas uma linha de sinal. SECAO 1.9 1, Um que tenha meméria terd sua saida modificada ermaneceré modificada em resposta a uma mudanca ‘momentinea no sinal de entrada. 2. Entrada, saida, meméria, légica/aritmética, controle. 3. Controle e logicalaritmética 4, Microprocessador. 5. Contador, decodificador, demultiplesador, multiple- xador.