Você está na página 1de 10

4.

CENTRO DE GRAVIDADE
Centro de gravidade (baricentro) definido como o ponto onde a fora
resultante peso atua no corpo.

O centro de gravidade de uma superfcie plana dado por:

Centro de Gravidade Composto por Vrias Figuras


Centro de Gravidade de Algumas Figuras Planas
Exemplo 1. Determinar o centro da gravidade do retngulo em relao aos eixos
x e y, que passa pela sua base e altura, respectivamente.

Soluo
1 1
YCG = = .

= .
1 1 2 02 . 2
YCG = . = . . = . = [ ] =
0 0 2 2 2

. 2 . 2
YCG = = =
2 2. 2
2
0 . . [ 2 ]
= = =
. 2
Exemplo 2. Determinar o centro da gravidade da figura a seguir.

Como observamos na figura simtrica em x, logo o XCG = 8/2 = 4.


Agora temos que calcular o YCG.

1 ..
=1
Por definio, = = ou = =

=1

Ento se eu tiver o momento da figura, divido pela rea total, obtendo o YCG.

A rea total dada por:


= 1 2 3
1 = 8 15 = 120
2 = 6 4 = 24
3 = 4 3 = 12
= 120 24 12 = 84 2

O momento resultante da figura dado por = 1, 2, 3,

1, = 1 . 1 = 7,5 120 = 900 3

2, = 2 . 2 = 10 24 = 240 3
3, = 3 . 3 = 3,5 12 = 42 3

= 900 240 42 = 618 3


1 618
= = = 7,36 2
84

Exerccio. Determine o centro da gravidade da figura hachurada.

Como observamos na figura simtrica em x, logo o XCG = 8/2 = 4.


Exerccio. Determine o centro da gravidade da figura hachurada.
Exerccio. Determine o centro da gravidade da figura hachurada.
Teoremas de Pappus - Guldin.
1 Teorema: A rea da superfcie de revoluo dada por:
= . .
A a rea da superfcie de revoluo,
o ngulo da revoluo,
a distncia perpendicular ao eixo de revoluo ao centroide
L o comprimento da curva geradora

2 Teorema: Volume da superfcie de revoluo dado por:

= . .

V o volume da superfcie de revoluo,


o ngulo da revoluo,
a distncia perpendicular ao eixo de revoluo ao centroide
A a rea da superfcie de revoluo

Exemplo: determinar a rea da superfcie de um toride.


O toride gerado pela revoluo de uma circunferncia de raio r.

Portanto, o comprimento da curva 2r. O centride (que o centro dessa


circunferncia) percorre uma distncia 2 R para a gerao. Aplicando ento o
Teorema 1,

= . .
=2
L = 2.r
2
= =
2

= . . = 2. . 2. = 4 2 . .

Exemplo: determinar o centride de uma semicircunferncia, a partir de sua


rotao.
Soluo:
A figura obtida pela rotao de uma semicircunferncia uma semiesfera.

Pelo teorema de Pappus Guldin temos que = . . .

Assim, devemos determinar YCG.


4 2 2 2
= . . 2
= . . 2
2 = . =

Você também pode gostar