Você está na página 1de 24

ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

- NORMAS DE EXECUÇÃO DA DISCIPLINA DE ESTÁGIO OBRIGATÓRIO SUPERVISIONADO I, II, III e IV -

DO CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO NEAD/UESPi

INTRODUÇÃO

O presente instrumento visa proporcionar ao aluno inscrito no Estágio Supervisionado do Curso de Administração Pública do NEAD/UESPI, as informações necessárias para a elaboração do relatório final. O Estágio Supervisionado é obrigatório e faz parte do projeto pedagógico do curso. A apresentação do Relatório de Estágio Supervisionado do Curso de Administração é o requisito acadêmico necessário para a conclusão do referido curso e deverá ser realizada em quatro etapas, sendo confeccionado um relatório ao final de cada etapa. Essas etapas tem início no bloco 5° ao 8°, com as disciplinas de Estágio I, II, III e IV, com carga horária de 75h/a cada. Em cada relatório deverá constar a relação formal do aluno com o mundo do trabalho, onde as atividades práticas são exercidas mediante fundamentação teórica prévia ou simultaneamente adquirida, permitindo ao aluno a familiarização com a realidade da gestão pública, desde a observação até a realização de suas atividades.

OBJETIVO GERAL

O Estágio Supervisionado tem por objetivo geral proporcionar ao aluno a oportunidade de comparar os conhecimentos adquiridos ao longo de sua formação acadêmica com a realidade organizacional, através da observação e análise da prática administrativa e, também, desenvolver suas potencialidades empreendedoras.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Para alcance do objetivo geral, o Estágio Supervisionado busca atender aos seguintes objetivos específicos:

Proporcionar oportunidades de desenvolvimento das habilidades dos alunos;

Analisar cenários no contexto organizacional, de modo a estimular ao estudante a propor mudanças no ambiente organizacional e público;

Complementar o processo de ensino-aprendizagem, através da conscientização das deficiências individuais e busca do aprimoramento pessoal e profissional;

Atenuar o impacto da passagem da vida de estudante para a vida profissional, abrindo ao estagiário, mais oportunidades de conhecimento da filosofia, diretrizes, organização e funcionamento das organizações e da comunidade;

Incentivar o desenvolvimento das potencialidades individuais, propiciando o surgimento de novas gerações de profissionais empreendedores internos e externos, capazes de adotar modelos de gestão, métodos e processos inovadores, novas tecnologias e metodologias alternativas.

CAMPO DE REALIZAÇÃO

O Estágio Supervisionado do Curso de Administração Pública será,

obrigatoriamente, realizado em organizações legalmente constituídas como: órgãos

públicos, organizações estatais, sociedades civis e órgãos representativos de classe

de cunho social e caráter público e empresas privadas que prestem serviço público

por meio de concessão, permissão ou qualquer instrumento legal constante da lei 8.666/90, com a devida comprovação via documentos apresentados.

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

O Estágio Supervisionado será desenvolvido nas seguintes áreas de concentração:

Gestão de Operações e Logísticas;

Gestão de Pessoas;

Planejamento e Programação;

Organização, Processos e Tomadas de Decisão;

Gestão Financeira;

Administração Estratégica;

Sistema de Informação e Comunicação;

E áreas afins a Administração Pública.

NOTIFICAÇÃO DA INICIAÇÃO DO ESTÁGIO

Ao iniciar o Estágio Supervisionado, o aluno deverá comunicar ao professor

formador do estágio, a iniciação do mesmo, ocasião em que informará:

Sua identificação (nome, matrícula, período, telefone e e-mail);

Identificação da organização concedente (razão social, nome do supervisor local, telefone do setor de estágio, e-mail do supervisor local, principais atividades desenvolvidas pelo aluno).

O aluno receberá visita do Professor Formador do Estágio, Tutores e quem a

Coordenação do Curso designar para averiguar as condições e as atividades desenvolvidas no Estágio. O agente designado para essa função fará entrevista ao supervisor local para conhecer o ambiente de trabalho onde está sendo desenvolvido o Estágio e orientar o trabalho no estagiário naquele local. O agente deverá conferir a folha de ponto do estagiário durante a visita e verificar seu desempenho junto ao supervisor local, podendo deixar sugestões para o melhor aproveitamento das atividades pelo Estagiário. A partir desse momento, o agente também avaliará se as atividades do aluno estão contempladas nestas normas e

dará todas as informações necessárias para a elaboração dos relatórios, no que tange as observações que deverão ser tomado nota e sua pesquisa científica sobre a temática do plano de estágio.

RELATÓRIO DE ESTÁGIO – ALUNO

O relatório de estágio é o documento que oficializa a realização e concretização do mesmo e deverá ser elaborado exclusivamente pelo aluno, sob orientação do Professor Formador do Estágio via plataforma e durante os Encontros Presenciais. A confecção do relatório deverá ser iniciada sempre ao final do cumprimento da carga horária do estágio, conforme calendário de 2017.1. Ao final fará apresentação, sendo o tempo de 10 minutos para a explanação de cada aluno. O relatório deverá conter a realidade da empresa, na qual será descrito todo o histórico da organização, a missão, a visão, a estrutura organizacional (organogramas), as atividades desenvolvidas pelo estagiário na organização, os sistemas de administração, os sistemas de comunicações, as tecnologias utilizadas e os sistemas de avaliação de resultados (se houver). Deverá ainda, ser apresentada uma análise crítica fundamentada comparativa da teoria X prática, na qual será destacada a contribuição da teoria para a atividade prática e outros aspectos que por ventura sejam relevantes. Seguindo sempre o padrão do MODELO de Relatório Final (ANEXO I).

PARA

ELABORAÇÃO

ORIENTAÇÃO DO RELATÓRIO

A estética de um relatório obedece a certos padrões, relativos à sua apresentação gráfica. Assim, determinadas normas referentes à numeração progressiva, formato, espaçamento, margens e paginação devem ser observadas pelos alunos que deverão digitar seus textos. Entretanto, o único responsável é o próprio aluno, que deverá sempre fazer uma revisão cuidadosa do trabalho para corrigir eventuais falhas, sob a orientação e sugestões do Professor Formador de Estágio. A elaboração do relatório do estágio deverá obedecer à seguinte padronização:

Encadernação em espiral: capa de plástico transparente na frente e na cor preta ou azul no verso;

Numeração de páginas: centrado inferior ou canto inferior direito (a página número 12 deverá ser a introdução);

Papel: A4 branco, utilizando-se somente uma face da folha;

Distribuir o texto, evitando que o título das seções seja digitado em final de página e os textos respectivos na página seguinte;

Cada capítulo deve começar a ser digitado no início da página; Evitar a digitação de uma só linha isolada no início da página;

Justificar a digitação;

Margem superior, a 2,5 cm;

Margem inferior, a 2,5 cm;

Margem direita, a 2,5 cm;

Margem esquerda, a 3 cm;

Parágrafos: formatar a primeira linha por 1,25 cm; primeira letra em maiúsculo e as outras em minúsculo;

Espaçamento entre linhas: duplo;

Tipo de letra: Arial;

Tamanho de letra: 12;

ORIENTAÇÕES FORMAIS

Na elaboração do Relatório, o aluno deverá obedecer à seguinte formatação constante no MODELO anexo, e no seu conteúdo deverá está presente a Análise da situação pesquisada (teoria X prática) e a Conclusão deverá conter no mínimo 20 linhas e tudo que for citado no texto deverá constar nas Referências bibliográficas. Esses detalhes deverão ser seguidos a risca, pois o não cumprimento desse requisito poderá fazer o aluno perder 40% da nota do Relatório.

DETALHAMENTO DOS TÓPICOS

Sumário: Compreende a indicação dos assuntos de acordo com a numeração das páginas. É colocado no início do trabalho, mas é o último a ser escrito. Constam dele todos os elementos, desde a introdução até as referências bibliográficas. Sua localização será a página n° 10 sem constar a numeração.

Introdução (Deverá ter no mínimo 20 linhas): É descrita pela ABNT (NBR, 10719/89, item 6.1.1) como: “primeira seção do texto, que define brevemente os objetivos do trabalho e as razões de sua elaboração, bem como as relações existentes com outros trabalhos”. Neste campo o aluno deverá fazer uma apresentação panorâmica do relatório, citando o nome do estagiário, da empresa concedente, onde a empresa está localizada, a atividade principal da empresa, o período de realização do estágio, os tópicos principais que são abordados no relatório, dentre outros pontos registrado no MODELO.

Apresentação da Organização: neste capítulo, o aluno desenvolverá sobre o histórico da organização, sua missão, sua visão, seus objetivos, suas atividades principais, a estrutura organizacional (organograma) e como funciona essa estrutura, descrevendo as atribuições de cada unidade organizacional, etc. Este capítulo tem como finalidade fazer com que o aluno conheça melhor a organização na qual está estagiando ou trabalhando, possibilitando, inclusive futuramente, a oportunidade de propor mudanças para as situações observadas durante o desenvolvimento de suas atividades.

Setor do Estágio: com base na observação da realidade organizacional, o aluno, descreverá como os aspectos estudados teoricamente na sua formação acadêmica

e relacionados nos objetivos específicos se apresentam na prática administrativa da

organização pesquisada. Este capítulo tem como objetivo verificar os sistemas de administração utilizados, os sistemas de comunicação (tanto formal como informal),

a tecnologia utilizada, os sistemas de avaliação de resultados (da organização e das

pessoas – se existe ou não), bem como os princípios, métodos e técnicas da administração junto à realidade organizacional e social estão inseridos. Sub-tópico:

Atividade Desenvolvidas no Estágio: nesta parte, o aluno escreverá sobre sua trajetória na organização, o período de estágio ou emprego e jornada de trabalho, os objetivos do órgão onde são desempenhadas as atividades e as principais atividades desempenhadas. Deverá ser descrito cada processo realizado pela atividade desenvolvida de forma detalhada, para obtermos um panorama de cada atividade desenvolvida no estágio.

Análise Crítica e Fundamentada do Ambiente de Estágio e Sugestões: análise da situação pesquisada Análise e reflexão (teoria x prática) em relação às observações feitas junto à organização. Este capítulo tem como objetivo fazer com que o aluno analise a organização e compare se a teoria contribuiu para a sua prática e qual foi à contribuição sobre o contexto organizacional, elaborando críticas a partir dessas observações. Poderá também, escolher até três disciplinas e mencionar qual a contribuição das mesmas para a sua prática.

Considerações Finais: (Deverá ter no mínimo 20 linhas), neste momento, o aluno fará suas considerações a respeito do estágio, retornando ao que foi dito na Introdução, mencionando o nome do estagiário, em qual empresa foi realizado o estágio, onde a empresa está localizada, a atividade principal da empresa, o período de realização do estágio, estabelecendo uma relação entre as expectativas e o que foi desenvolvido, destacando os aspectos positivos e os negativos observados, incluindo sua opinião sobre a contribuição do processo para seus conhecimentos e formação profissional, as principais dificuldades enfrentadas e sugerindo as possíveis mudanças que possam eliminá-las.

AVALIAÇÃO E NOTA

Os Relatórios das disciplinas de Estágio Supervisionado I, II, III e IV serão considerados aprovados no processo de avaliação, se atender, a critério do professor formador, a todos os requisitos especificados nestas normas.

A nota será composta e distribuída da seguinte forma: realização do estágio,

avaliação do estagiário pelo supervisor local e assinatura da folha de ponto,

provando o cumprimento da carga horária. Vale 2,0 pontos.

Entrega do relatório impresso atendendo todos os requisitos das normas desse documento: atendimento às normas da ABNT e NEAD/UESPI; referencial teórico condizente com as atividades desenvolvidas; linguagem, coerência e coesão textual;

e descrição da relação entre teoria e prática vivenciada. Vale 4,0 pontos.

Apresentação do relatório será levando como critério: a clareza, fluência e coerência com o trabalho escrito; domínio do conteúdo apresentado, considerando a profundidade da pesquisa; capacidade de análise e síntese; capacidade de resposta

à arguição da Banca Examinadora. Vale 4,0 pontos.

PROFESSOR FORMADOR DE ESTÁGIO

O Professor Formador de Estágio Supervisionado é professor do Curso de

Administração Pública, que deverá acompanhar todas as fases, da inscrição no estágio, do processo de elaboração dos relatórios do estágio, proporcionando orientação ao aluno de forma a conectar os conhecimentos adquiridos ao longo do Curso com os problemas organizacionais existentes e a facilitar o seu acesso ao estágio nas organizações. Além de ser responsável, também, pelo acompanhamento dos estagiários nos locais de estágio.

CONDIÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO ESTÁGIO

Somente será válido o estágio realizado pelo aluno que estiver regularmente matriculado, durante o período de estágio.

O aluno pode realizar todos os estágios no mesmo local, para isso precisa a cada

semestre preencher a ficha de inscrição, o termo de compromisso, solicitar a declaração de vaga do local e fazer a entrega no Polo. Depois o Professor Formador irá encaminhar o Ofício de apresentação do aluno ao local de estágio.

O aluno que já trabalha em local permitido para o estágio, pode cumprir o estágio no

mesmo local? Pode, desde que seja realizado o estágio em setor e turno diferente

ao qual se realiza a função de empregado ou servidor.

ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO

ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO

SUPERVISIONADO

ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO
ESCLARECENDO DÚVIDAS SOBRE O ESTÁGIO SUPERVISIONADO

1

- Qual é a carga horária do Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório?

R

– Será de 75 h/a. O aluno terá os meses de Abril à Maio para realizar o estágio.

2

- Qual será a carga horária diária do Estágio?

R – De acordo com informações atualizadas pelo DAP (17/03/17), por meio da Divisão de Estágio, no mínimo de 2h e no máximo 6h diárias, em horário corrido.

3 – Quais turnos podem estagiar?

R – De preferência Manhã e Tarde, mas se houver a necessidade ou oportunidade de cumprir o estágio no período Noturno, o aluno deverá combinar com o professor formador para verificar a disponibilidade de acompanhá-lo durante essa atividade.

4 – O estágio supervisionado reprova?

R – O Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório é uma disciplina como qualquer outra e quem não cumprir os requisitos ou não fizer o estágio ficará reprovado e afetará no coeficiente do aluno no final do curso. A frequência será acompanhada pelo registro de ponto de entrada e saída durante o estágio.

5 – Essa disciplina funcionará na plataforma de ensino à distância?

R – Sim. Igual às outras, apenas o diferencial será acompanhamento feito pelo Professor Formador e Coordenação. Os Tutores, sempre que houver necessidade, também poderá colaborar com esse acompanhamento ou suporte ao aluno.

6

– Quem diretamente fará o acompanhamento desses estágios?

R

– Nesse semestre de 2017.1 apenas teremos a figura do professor formador de estágio e

em colaboração Tutores, quando designados pela Coordenação do Curso. O professor Formador de Estágio fará acompanhamento direto aos alunos estagiários, inclusive realizando visita técnica in loco nos locais de estágio e cuidará de toda documentação e regularização dos convênios de estágio, dentre outras atribuições.

7 – O estágio é remunerado?

R – Não. O estágio é colaborativo, voluntário e obrigatório. Para conclusão do curso o aluno será obrigado a cumprir toda a carga horária dessa disciplina a cada semestre.

8

– Quem pode fazer o Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório?

R – Todos os alunos do curso de Administração Pública, matriculados a partir do 5° bloco. A cada semestre o aluno deverá fazer o estágio supervisionado de 75h/a.

9

– Quando se encerra o Estágio?

R

– O estágio supervisionado inicia-se no 5° Bloco e vai até o 8° bloco, sendo que a cada

semestre o aluno deverá cumprir o estágio de 75h/a, totalizando no final 300 h/a de Estágio Supervisionado cumprido.

10 – Posso fazer todo o meu estágio em uma única empresa ou em mais de uma?

R – Sim. O aluno poderá fazer o Estágio em um único órgão público ou empresa, bastando

para isso, ao final de cada semestre, ter cumprido com êxito toda carga horária e obter uma declaração da empresa de conclusão desse período no Estágio. E de comum acordo com a empresa ao final do estágio, suspender as atividades laborais e no período seguinte, refaz a inscrição (período próprio) para o mesmo local e recomeçará o estágio, refazendo esse ciclo até concluir o Estágio de 300h/a, fracionado por semestre. No caso de mudança de local de estágio a cada semestre o aluno fará o mesmo trâmite inicial, já dito anteriormente para nova empresa.

11 – Quais Instituições podem ser conveniadas a UESPI para oferecer Estágio Supervisionado Curricular Obrigatório?

R – Todas as Instituições Públicas e as Privadas que prestem serviços para órgãos públicos. Também, a Empresa Privada que preste serviço à sociedade por meio de Concessão Pública. Ex.: Uma Faculdade Particular que tenha portaria Autorizada a funcionar pelo MEC. Nesse último caso, no Termo de Convênio deverá constar o número da Portaria que autoriza a empresa a Concessão Pública na prestar serviços à comunidade. As empresas privadas puras não estão habilitadas para ofertar tal estágio.

Mais dúvidas sobre o Estágio Supervisionado, entre em contato:

Horário de Atendimento: Segunda à sexta, 8h às 13h

Fone: (86) 3213-7335

E-mail: admpublica.uespi@gmail.com

Faça contato com a professor formadora do Estágio e tire suas dúvidas também com ela.

ANEXO 1

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ – UESPI NÚCLEO DE ENSINO A DISTÂNCIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ CURSO DE BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA POLO:

Colocar o brasão da Uespi e do Nead

Nome do Aluno

(TEMA) XXXXXXXXXXXXXXXX : RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

POLO – PI

2017

NOME DO ALUNO

(TEMA) XXXXXXXXXXXXXXXX : RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Relatório de estágio apresentado como requisito parcial para aprovação na disciplina obrigatória Estágio Supervisionado II.

Orientador: xxxxxxxxxxxxxxxxxxx

POLO – PI

2017

(TEMA) XXXXXXXXXXXXXXXX : RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

Trabalho de Conclusão de Estágio Supervisionado – TCES julgado para a obtenção da aprovação na disciplina Estágio Supervisionado II do Bacharelado em Administração da Universidade Estadual do Piauí – UESPI.

Área de Concentração: (tema geral) Linha de Pesquisa: (tema específico)

Aprovado em

de

de 2016.

Nota:

BANCA EXAMINADORA

Supervisor

Segundo Membro da Banca

Aluno

DEDICATÓRIA (OPCIONAL)

AGRADECIMENTOS (OPCIONAL)

Epígrafe (opcional)

RESUMO

Xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Palavras-chaves:

LISTA DE GRÁFICOS (SE POSSUIR)

LISTA DE FIGURAS (SE POSSUIR)

LISTA DE SIGLAS (SE POSSUIR)

SUMÁRIO

4

INTRODUÇÃO

1. Iniciar falando da importância do estágio supervisionado;

2. Contextualização do estágio na formação profissional;

3. Problema do estágio (pergunta que você deseja responder – ex: qual importância da gestão de pessoas no setor público?)

4. Objetivo geral do estágio (1 objetivo)

5. Objetivos específicos do estágio (3 objetivos)

6. Descrição do método de pesquisa para elaboração do relatório

7. Resumo dos capítulos do trabalho

8. Finalizar introdução

5

1. APRESENTAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO

1.1 Histórico da Instituição

Inteiramente gratuitos e de excelente qualidade.

A marca dos Institutos Federais, de acordo com Manual de Uso da Marca dos

Institutos Federais, criado pelo MEC, procura refletir o pensamento humano como ideia central e objeto da educação, formação e capacitação. A logomarca é constituída por um “IF” com a designação do estado e campus, conforme Anexo - A.

1.2 Missão

A missão do Instituto Federal do Piauí é “promover uma educação de excelência, direcionada às demandas sociais”.

1.3 Visão

É o desejo mais específico da organização focalizada no futuro. A visão do

IFPI é de até 2019: “Consolidar-se como centro de excelência em Educação Profissional, Científica e Tecnológica, mantendo-se entre as melhores instituições de ensino da região Nordeste”.

1.4 Valores

Os valores organizacionais do IFPI são: ética; respeito; solidariedade; diálogo; participação; transparência; igualdade; e responsabilidade.

1.5 Estrutura Organizacional

1.6 Descrição da organização

6

2. SETOR DE ESTÁGIO (INICIAR EM NOVA PÁGINA)

2.1. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS NO ESTÁGIO

3. ANÁLISE CRÍTICA FUNDAMENTADA DO AMBIENTE DE ESTÁGIO

(INICIAR EM NOVA PÁGINA)

4. CONSIDERAÇÕES FINAIS (INICIAR EM NOVA PÁGINA)

5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS (INICIAR EM NOVA PÁGINA)

ANEXOS (INICIAR EM NOVA PÁGINA) ANEXO – A

APÊNDICES

APÊNDICE A