Você está na página 1de 22

Fundamentos de Psicofarmacologia, Atheneu, 2000.

Esquizofrenia

&

Anti-Esquizofrênicos

Fundamentos de Psicofarmacologia, Atheneu, 2000.

Tipos de Esquizofrenia

Esquizofrenia Paranoide Esquizofrenia Hebefrênica Esquizofrenia Catatônica

Esquizofrenia Indiferenciada

Esquizofrenia Residual

Fundamentos de Psicofarmacologia, Atheneu, 2000.

“A vida parecia escura, amedrontadora e fragmentada.

Eu me sentia estranha, com vozes e visões ameaçadoras em um atormentado pesadelo diário. Eu não conseguia alívio de meu mundo psicótico. Eu queria morrer desesperadamente em um esforço de me

libertar deste mundo. A primeira vez que ouvi estas

vozes eu era uma adolescente. Eu não sabia o que estava acontecendo. Eu me sentia como se estivesse

possessa, e que minha mente estava infectada por

espíritos demoníacos. Eu tinha receio de contar aos outros sobre as vozes, por medo de ser levada pelos

“homens de avental branco”. Imagine uma criança de 15 anos ouvindo as mesmas vozes sempre e sempre:

“você deve morrer, você vai morrer”.

Imagine uma criança de 15 anos ouvindo as mesmas vozes sempre e sempre: “você deve morrer,

Outros Transtornos Psicóticos

Psicose Reativa Breve

Transtorno Esquizoafetivo

(Maníaco / Depressivo)

Transtorno Esquizotípico

Transtorno Delirante

No final do século XVI, a nau dos insensatos recolhia loucos, prostitutas e vagabundos das

No final do século XVI, a

nau dos insensatos

recolhia loucos, prostitutas e vagabundos das cidades

européias.

Nos anos 80, muitos presos políticos foram enviados para hospícios,

que em nada se

destinguiam dos campos de concentração.

Mente & Cérebro,setembro 2006.

http://obaricentrodamente.blogspot.com/2009/06/analise-do-filme-uma-mente-brilhante.html

Em 1950, aos 21 anos, John Nash escreveu uma tese de doutorado que lhe rendeu, 45 anos mais tarde, o Prêmio Nobel de Economia. Seu trabalho, conhecido como o “Equilíbrio de Nash” revolucionou o estudo de estratégia econômica.

de Economia. Seu trabalho, conhecido como o “Equilíbrio de Nash” revolucionou o estudo de estratégia econômica.
de Economia. Seu trabalho, conhecido como o “Equilíbrio de Nash” revolucionou o estudo de estratégia econômica.
de Economia. Seu trabalho, conhecido como o “Equilíbrio de Nash” revolucionou o estudo de estratégia econômica.
S c i e n t i f i c A m e r i
S c i e n t i f i c A m e r i

Scientific American, fevereiro/2004

http://aquelaluna.blogspot.com/2010/09/pessoas-que-se-cortam.html

Árvore Genealógica

Normal

Esquizofrênico

M (23 28) F (28 32)

Árvore Genealógica Normal Esquizofrênico M (23 – 28) F (28 – 32) Prevalência na População ~

Prevalência na População ~ 1%

Anjo da Melancolia Albrecht Dürer

(1471-1528)

Sintomas “Negativos”:

Embotamento afetivo

Falta de iniciativa

Pobreza de linguagem

Isolamento emocional

(1471-1528) Sintomas “Negativos”: Embotamento afetivo Falta de iniciativa Pobreza de linguagem Isolamento emocional

Henri Laborit (1952): “coquetel lítico”, contendo prometazina

e utilizado na hibernação artificial.

Clorpromazina

diminuição importante da vigilância. Assim, na véspera da

cirurgia, os pacientes demonstravam pouca ou nenhuma

da cirurgia, os pacientes demonstravam pouca ou nenhuma indiferença emocional, sem ansiedade a respeito da

indiferença emocional, sem

demonstravam pouca ou nenhuma indiferença emocional, sem ansiedade a respeito da intervenção, porém estavam bem

ansiedade a respeito da intervenção,

porém estavam bem orientados no tempo e no espaço.

Jean Delay e Pierre Deniker:

uso experimental da droga em pacientes psiquiátricos.

DOSE CLÍNICA DIÁRIA EFETIVA (mg/Kg)

Receptores de Histamina

POTÊNCIA DA DROGA (k i )

DOSE CLÍNICA DIÁRIA EFETIVA (mg/Kg)

Receptores alfa- Adrenérgicos

POTÊNCIA DA DROGA (k i )

DOSE CLÍNICA DIÁRIA EFETIVA (mg/Kg)

Receptores de Serotonina

POTÊNCIA DA DROGA (k i )

Clorpromazina

Dopamin

a

DOSE CLÍNICA DIÁRIA EFETIVA (mg/Kg)

Receptores de Dopamina

Rang, H.P. et. al. Farmacologia, 5ª ed., Elsevier, 2003.

Efeitos colaterais Motores

Distonia (pode ser confundida com

maneirismos bizarros).

Acatisia (pode ser confundida com agitação).

Acinesia Parkinsoniana (pode ser

confundida com apatia esquizofrênica ou

depressão retardada).

Rang, H.P. et. al. Farmacologia, 5ª ed., Elsevier, 2003.

Rang, H.P. et. al. Farmacologia, 5ª ed., Elsevier, 2003.

Outros Efeitos Colaterais

Icterícia (fenotiazínicos)

Leucopenia e Agranulocitose (1/10.000) (não ocorre para Olanzapina)

Reações Cutâneas Urticariformes

Síndrome Maligna Antipsicótica