Você está na página 1de 37

BBBBBBBBBB

Biologia

BBBBBBBBBB

BBBBBBBBBB

BBBBBBBBBB

BBBBBBBBBB

BBBBBBBBBB

BBBBBBBBBB

Projeto Político Pedagógico

UAB | UnB | 2009

UAB

Ministério

Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA
Político Pedagógico UAB | UnB | 2009 UAB Ministério da Educação Universidade de Brasília UNIVERSIDADE ABERTA

da Educação

Universidade de Brasília

UNIVERSIDADE

ABERTA DO BRASIL

REITOR José Geraldo de Sousa Junior

VICE-REITOR João Batista de Sousa

DECANA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO Márcia Abrahão Moura

DECANO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO Denise Bomtempo Birche de Carvalho

DECANO DE EXTENSÃO Wellington Almeida

DECANO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS Pedro Murrieta Santos Neto

DECANA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS Rachel Nunes da Cunha

DIRETORIA DE ACOMPANHAMENTO E INTEGRAÇÃO ACADÊMICA Nina Paula Ferreira Laranjeira

SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO ACADÊMICA Arnaldo Carlos Alves

COORDENADORA DA UAB-UNB Wilsa Maria Ramos

COORDENADOR ADJUNTO DA UAB-UNB Athail Rangel Pulino Filho

COORDENADORES DOS CURSOS DA UAB-UNB

COORDENADORA DO CURSO DE TEATRO Ana Cristina Filgueira Galvão

COORDENADORA DO CURSO DE ARTES VISUAIS Thérèse Hofmann Gatti

COORDENADOR DO CURSO DE BIOLOGIA Pedro José Pontual Zanotta

COORDENADOR DO CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA Iran Junqueira de Castro

COORDENADORA DO CURSO DE GEOGRAFIA Marília Luiza Peluso

COORDENADORA DO CURSO DE LETRAS Edna Cristina Muniz da Silva

COORDENADORA DO CURSO DE MÚSICA Flávia Motoyama Narita

COORDENADOR DO CURSO DE PEDAGOGIA Elicio Bezerra Pontes

SISTEMA DE FORMAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE MATERIAL Gerson André da Silva e Silva Larissa Medeiros

PROGRAMADORA VISUAL Daniela da Cunha Freitas

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO CURSO DE LICENCIATURA EM BIOLOGIA

2009

Coordenador do curso de Biologia UAB Pedro José Pontual Zanotta

SUMÁRIO

PLANO DE CURSO

1

1. INTRODUÇÃO

1

2. PROJETO PEDAGÓGICO

2

3. METODOLOGIA

5

4. ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM

7

5. PLANO DE ENSINO DO MÓDULO I: CONTEXTO DA VIDA

8

5.1.

NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 1

8

5.2

NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 2

11

5.3.

NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 3

13

5.4.

NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 4

16

6. ENCONTROS PRESENCIAIS/OFICINAS

19

6.1

CRONOGRAMA DOS ENCONTROS PRESENCIAIS

19

7. AVALIAÇÃO

20

7.1 TABELAS DE PONTUAÇÃO DAS DISCIPLINAS

20

7.2 CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO

20

8 - REFERÊNCIAS OBRIGATÓRIAS (MÍNIMO DE 3 LIVROS BÁSICOS PARA

21

Anexo 1

21

Anexo 2

29

1 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Plano de Curso

Curso de Licenciatura em Biologia (213 créditos – 3200 horas) Modalidade a Distância

1. INTRODUÇÃO

Este Curso de Licenciatura a Distância, oferecido pela UAB/UnB, apresenta certas características dis- tintivas em relação a outros existentes. É um Curso com uma proposta multidisciplinar, o que significa que os conteúdos não são abordados de forma estanque, mas sim de forma integrada, de maneira que os conhecimen- tos, provenientes das diversas áreas das ciências que concorrem para o entendimento desse complexo “mundo vivo”, sejam abordados com ênfase aos aspectos biológicos dos problemas. Dessa forma esperamos que a formação do licenciado resulte na superação das fragmentações que a excessiva disciplinaridade trouxe aos currículos de Biologia e que tanto comprometem a formação docente para atuar na educação básica. Em decorrência disso, toda a concepção curricular nesse curso foi planejada de modo a ficar estruturado em módulos (e não disciplinas), que serão estudados, um por semestre, ao longo dos quatro anos do Curso, em um total de 3200 horas (ou, aproximadamente, 213 créditos). Cada Módulo é formado por Unidades que abordam conteúdos referentes a três eixos temáticos, permanentes e transversais, para a formação fundamental dos licenciados: o eixo biológico, propriamente dito; aquele, relacionando a Bio- logia com a sociedade e o conhecimento; e o de sua prática psico-pedagógica. Os módulos são tematicamente definidos como segue:

Módulo I - O contexto da vida Módulo II - Processos biológicos na captação e transformação da matéria e energia Módulo III - Processos de manutenção da vida Módulo IV - Desenvolvimento e crescimento Módulo V - Processos reprodutivos Módulo VI - Mecanismos de ajustamento ambiental e colonização Módulo VII - Soluções adaptativas e filogenia Módulo VIII - Processos emergentes e biodiversidade

Cada Módulo (constituído por Unidades dos três eixos já citados) será organizado em disciplinas, as quais serão constituídas por conjuntos definidos dessas unidades. Outro aspecto a se salientar, é que as disci-

2 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

plinas serão ofertadas, uma de cada vez, ao longo do semestre. Assim, para o Módulo I teremos as disciplinas:

contexto da vida 1, contexto da vida 2, contexto da vida 3 e contexto da vida 4. Aqui cabe um esclarecimen- to: embora a proposta do curso não envolva disciplinas na acepção tradicional, foi feita uma adequação da estrutura modular em disciplinar para viabilizar a inserção dos discentes da UAB no sistema de matrículas e registros (SIGRA) utilizado pela Universidade de Brasília.

2. PROJETO PEDAGÓGICO

O objetivo deste Projeto Pedagógico é propor um curso para a Universidade Aberta do Brasil nos ter-

mos da Ação 6328/2005 do Ministério da Educação para a articulação e integração de um sistema nacional de educação superior a distância, iniciativa que visa sistematizar as ações, programas, projetos e atividades per-

tencentes às políticas públicas voltadas para a ampliação e interiorização da oferta do ensino superior gratuito e de qualidade no Brasil.

O Projeto Pedagógico do Curso foi elaborado levando em conta as Diretrizes Curriculares Nacionais

para os Cursos de Biologia, a Resolução CNE/CP 2, de 19 de fevereiro de 2002 e os Referenciais de Qualidade para Cursos a Distância - SEED/MEC, enfatizando a formação para o uso didático de Tecnologias de Informa- ção e Comunicação – TIC. Este projeto tem como objetivo contribuir para a formação de professores no campo das Ciências Bio- lógicas, cientes de sua condição de cidadãos comprometidos com princípios éticos, inserção histórico-social (dignidade humana, respeito mútuo, responsabilidade, solidariedade), envolvimento com as questões ambien- tais e compromissos com a sociedade.

A importância da apropriação do conhecimento tem-se evidenciado no momento contemporâneo, tor-

nando ainda mais urgente a exigência da formação em nível superior, ampliando a um maior número de pes- soas os resultados do acesso à informação e à comunicação. No caso das Ciências Biológicas, tal quadro é ainda mais premente hoje em dia e as implicações que traz para o desenvolvimento científico-tecnológico, sem contar com os aspectos ambientais/conservacionistas, são seguramente de fundamental importância. Entretanto, a formação de professores na área de Biologia e de Ciências em geral encontra-se muito aquém das necessidades do Brasil. Todavia, a nova dinâmica imprimida à educação a distância (EaD), pro- porcionada pelos avanços desse desenvolvimento científico e tecnológico, não deixa dúvidas quanto a sua

3 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

utilização cada vez mais freqüente para o necessário processo de democratização do ensino. Efetivamente, EaD constitui-se um importante instrumento de inclusão no universo digital, ampliando a capacidade de, no país, haver o compartilhamento de conhecimento e informações, inserindo-o como interlocutor no cenário in- ternacional em vez de mero usuário de tecnologias. Essa modalidade apresenta-se assim como uma alternativa para suprir as necessidades diversificadas de formação inicial, qualificação e atualização profissionais, em um relativo curto espaço de tempo. Compreendendo que a presença do aparato tecnológico por si só não é suficiente para garantir mudan- ças substanciais na prática docente, decidiu-se por adotar uma metodologia que propusesse uma abordagem integradora e transformadora. Desse modo, o Projeto do Curso de Licenciatura Plena em Ciências Biológicas na Modalidade de Educação a Distância, aqui apresentado, identifica-se por uma concepção pautada na abor- dagem interdisciplinar organizada em módulos e eixos temáticos. A opção por essa proposta de trabalho sustenta-se no entendimento da complexidade do universo, resultante da multiplicidade de relações entre seus componentes e do intenso processo de transformação/evo- lução nele verificados, questionando qualquer segmentação e dissociação entre os diferentes campos do saber. Fundamenta-se, assim, na crítica à concepção de conhecimento que toma a realidade como um conjunto de dados estáveis e previsíveis e, sob essa ótica, pretende instituir uma organização de conteúdos de aprendiza- gem que transcenda a visão compartimentada, fragmentada, na forma como historicamente se constituíram os currículos acadêmicos. Outra peculiaridade da proposta apresentada, decorrente da própria estrutura em que foi concebida, resulta da transversalidade no tratamento das questões teórico-metodológicas que dizem respeito ao exercício da ação docente e à investigação da prática pedagógica, dando substância à inter-relação ensino/pesquisa/ex- tensão e à integração teoria/prática, possibilitando um sistema de referências pautado na realidade do mundo vivido pelos múltiplos sujeitos. Cabe ressaltar a oportunidade gerada para atendimento às necessidades de cada docente/aluno, criando a possibilidade do aprofundamento de estudos não apenas dos conteúdos específicos do campo biológico, mas também na forma de sua compreensão ou aplicação no ensino médio e fundamental, considerando as especi- ficidades de crianças, jovens e adultos com sua diversidade étnica, social e cultural. Compreendendo a importância da qualificação dos docentes da rede básica, o Projeto propõe-se a dotar as escolas com profissionais habilitados em Ciências Biológicas e capazes de fazer de seu projeto pedagógico um espaço de investigação e de produção do conhecimento, vivenciando uma proposta metodológica de for- mação de professores reflexivos, investigadores.

4 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

O biólogo, como portador de conhecimento sobre a diversidade da vida e dos processos que a geram e mantêm, tem a responsabilidade maior pela preservação do patrimônio natural, não apenas no sentido da atuação técnica, mas também de assumir a disseminação desse conhecimento por meio da educação. Mostrar como as diversas atividades humanas têm conseqüências e atentar para as responsabilidades individuais quan- to a essa preservação é um exercício de cidadania a ser estimulado. Com essa compreensão, espera-se que o licenciado seja capaz de entender o processo de produção/ construção do conhecimento biológico, esteja afinado com as demandas da sociedade como um todo, apren- dendo a identificar problemas e a apresentar soluções, saiba localizar a informação transitando por diversas áreas de conhecimento, esteja familiarizado com as linguagens contemporâneas, favorecendo a mediação nos processos de aprendizagem. Formar licenciados qualitativamente diferenciados, permitindo à sociedade usufruir o trabalho de um educador que tenha essas características, é o compromisso do Curso que ora se apre- senta. Isso vem corroborar o perfil profissional definido nas Diretrizes Curriculares para o Curso de Ciências Biológicas e de Formação de Professores. Tendo em vista o perfil profissional aqui definido, achou-se conveniente pretender que, ao final, nossos licenciados estarão habilitados a:

a) realizar atividades educacionais em diferentes níveis;

b) acompanhar a evolução do pensamento científico na sua área de atuação;

c) elaborar e executar projetos, utilizando o conhecimento socialmente acumulado na produção de novos

conhecimentos, tendo a compreensão desse processo a fim de utilizá-lo de forma crítica e com critérios de relevância social;

d) desenvolver práticas investigativas e ações estratégicas para diagnóstico de problemas, encaminhamento de

soluções e tomada de decisões;

e) atuar em prol da preservação da biodiversidade, considerando as necessidades de desenvolvimento ineren-

tes à espécie humana;

f) organizar, coordenar e participar de equipes multiprofissionais de forma colaborativa;

g) gerenciar e executar tarefas técnicas nas diferentes áreas do conhecimento biológico, no âmbito de sua formação;

h) utilizar novas metodologias e tecnologias que favoreçam a mediação no processo de aprendizagem;

i) desenvolver idéias inovadoras e ações estratégicas que possibilitem a ampliação e o aperfeiçoamento de sua área de atuação, preparando-se para viver numa sociedade em contínua transformação.

5 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Com esse pano de fundo, esperamos que os nossos alunos, motivados e empenhados, num processo dialético, em obter condições para atender a demanda socio-econômica de formação de bons profissionais de nível médio ou superior, se sintam gratificados e em condições de realizar, com segurança e eficiência, esse serviço fundamental para a coletividade.

3. METODOLOGIA

O Módulo foi distribuído em 4 disciplinas, nas quais você terá um mês para cumprir as atividades das

quatro unidades propostas em cada disciplina, sendo algumas on-line e outras presenciais. As atividades on-line podem ser questionários, leituras indicadas pelo professor, participação de dis-

cussões on-line como fóruns ou chats, criação colaborativa de conhecimento como wiki ou glossário, pesqui- sas e elaborações de tarefas, resenhas, roteiros de estudos dentre outros. As atividades presenciais consistem em orientação individual com o tutor presencial (opcional), ativi- dades em grupo como aulas práticas, videoconferência, pesquisas de campo dentre outros.

O aluno terá acesso a uma ambiente virtual na plataforma moodle, que deverá ser acessado pelo ende-

reço www.uab.unb.br . Neste ambiente o aluno terá acesso aos arquivos, recursos e atividades de cada unidade, podendo entrar em contato com os tutores a distância das disciplinas. O Anexo 2 apresenta os vários recursos disponíveis no ambiente virtual de aprendizagem.

O aluno terá acesso aos livros, multimídias em CD ou DVD disponível na biblioteca do pólo, receberá

uma apostila contendo os textos principais abordados nas disciplinas e também terá acesso a uma pasta de textos para xerox disponibilizados ao tutor presencial pelo professor.

Segue um esquema com todos os recursos disponíveis no curso.

6 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

4. ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM
4. ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM

7 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

4. ESTRATÉGIAS DE APRENDIZAGEM

Para a execução deste projeto, adotar-se-á a concepção construtivista, a partir das teorias de Jean Piaget e Vygotsky. O construtivismo procura demonstrar que a aprendizagem começa com uma dificuldade/ problema e com a necessidade de resolvê-la. Ao perceber essas dificuldades, o próprio aluno desencadeia um movimento de busca de novas soluções no mundo externo. Dentro da concepção construtivista, é essen- cial que os alunos desenvolvam a flexibilidade operatória de seus esquemas mentais e não um repertório de respostas aprendidas. A mediação pedagógica tem um papel primordial no processo de ensino-aprendizagem apoiado em recursos tecnológicos. A Educação a Distância torna-se mais eficiente quando aliada às teorias pedagógicas, como o construtivismo, onde o conhecimento não é repassado, mas sim construído a partir das experiências individuais trocadas pelo aluno com o grupo. O aprendiz, numa proposta de EAD, interage com o assunto focalizado observando, analisando, levan- tando hipóteses, aplicando estratégias, que poderão confirmar ou não as hipóteses levantadas. Assim, partindo do encadeamento de idéias e das inferências realizadas, maior será a capacidade do aprendiz em comparar, contrastar, verificar e concluir. Dessa forma, o ambiente de aprendizagem deve propiciar a interação entre professor- tutor, tutor-aluno

e aluno-aluno de forma ativa, crítica e participativa. A concepção construtivista poderá melhor adequar-se à consecução deste projeto, uma vez que eles exercem atribuições que requerem, constantemente, a busca de indagações, da construção de opiniões e da elaboração de pesquisas.

Assim, o aluno do ensino a distância, apoiado pelo tutor, seguirá ao seu ritmo próprio e entenderá que é fa- zendo que se aprende. Esta concepção em articulação com os recursos das tecnologias nos permite criar um Projeto Pedagógico calcado nos objetivos educacionais descritos a seguir:

• Conciliar a extensão da informação curricular e a variedade de fontes de acesso na web com o aprofunda- mento da sua compreensão em espaços menos rígidos e menos engessados;

• Selecionar as informações mais significativas e integrá-las à vida do estudante;

• Incentivar a cooperação para vencer os desafios do hoje e do amanhã;

• Incentivar a autonomia e autoria como metas a serem alcançadas;

• Proporcionar Grupos cooperativos como estratégia didática;

• Adotar perspectiva construcionista, com ênfase na produtividade do aluno, no aproveitamento de seu conhe- cimento anterior e na troca de experiências como elemento dinamizador da aprendizagem;

8 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• Promover a interação entre as pessoas, em ambiente virtual;

• Propiciar a troca de experiências entre os integrantes do curso;

5. PLANO DE ENSINO DO MÓDULO I: CONTEXTO DA VIDA

(24 créditos ou 360 horas)

Nesse módulo será apresentado o contexto geral em que a vida se desenvolve e evolui. Serão discutidas as leis físicas e as condições químicas às quais os organismos e o meio estão sujeitos, assim como padrões globais do meio abiótico, como formação geológica, atmosfera e clima. Um modelo básico de organismo será

apresentado e as soluções gerais que os seres vivos encontraram para transformar e utilizar o meio para se desenvolver e evoluir. O Módulo I foi distribuído em 4 disciplinas, contendo cada uma 4 unidades. As disciplinas são:

- Contexto da Vida 1

- Contexto da Vida 2

- Contexto da Vida 3

- Contexto da Vida 4

5.1. NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 1 Créditos: 6 (90 horas) Obrigatória ( x ) Optativa (

)

Programa da disciplina Esta disciplina é constituída de 4 unidades que serão ministradas exclusiva e simultaneamente no primeiro mês letivo, tendo o acompanhamento de dois tutores a distância em todas as unidades e a supervisão de um professor especialista em cada unidade. Unidade 1: Matéria: definições e histórico; elemento químico e distribuição eletrônica; tabela periódica. Unidade 2: Tópicos de geologia para a biologia. Unidade 3: Espectro eletromagnético Unidade 4: História do pensamento evolucionista

Objetivos de Aprendizagem

9 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Geral

Esta disciplina pretende fornecer uma fundamentação teórica e prática de áreas das Ciências Naturais (Física, Química, Geologia) e da Filosofia que dê suporte ao futuro profissional na sua atuação em sala de aula, nos níveis Médio e Fundamental.

Específicos

Unidade 1: Matéria, Definições e Histórico.

Nesta unidade serão apresentados os princípios de organização da matéria, sua unidade básica de formação (o átomo) e como este se estrutura, numa perspectiva histórico-científica. Ao final desta unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Descrever fenômenos, substâncias, materiais, propriedades e eventos químicos em linguagem científi-

ca, relacionando-os a descrições na linguagem corrente.

2. Identificar uma substância por meio de suas propriedades características: temperatura de fusão e de

ebulição, densidade, solubilidade, condutividade térmica e elétrica.

3. Representar informações experimentais referentes às propriedades das substâncias em tabelas e gráfi-

cos e interpretar tendências e relações sobre essas propriedades.

4. Compreender os modelos explicativos de diferentes épocas sobre a natureza dos materiais e suas trans-

formações, reconhecendo-os como construções humanas em um dado contexto histórico e social.

5. Reconhecer que o conhecimento químico é dinâmico e, portanto, provisório.

6. Compreender e utilizar as idéias de Dalton para explicar as transformações químicas e suas relações

de massa.

7. Compreender e utilizar as idéias de Thomson e de Rutherford para explicar a natureza elétrica da matéria.

Unidade 2: Tópicos de Geologia Para A Biologia.

Nesta unidade serão abordados os aspectos da geologia mais diretamente relacionados à sustentação e manu- tenção da vida. Ao final desta unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Compreender o Tempo Geológico e como é datado; idade relativa e absoluta.

10 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

3. Conhecer a teoria da tectônica de placas e relacioná-la com a estrutura interna do Planeta.

4. Conhecer os minerais e sua importância.

5. Compreender os diferentes tipos de rochas e qual a sua origem.

6. Compreender os processos de dinâmica externa e sua relevância para os seres vivos.

Unidade 3: Espectro Eletromagnético Entre os múltiplos fatores que contribuíram para o surgimento da vida na Terra, a radiação eletromagnética espacial foi, certamente, um dos mais importantes. Praticamente toda a troca de energia entre a Terra e o resto do Universo ocorre por radiação, uma vez que ela é a única que pode atravessar o relativo vazio de espaço. A maior quantidade de radiação recebida pelo planeta Terra é proveniente do Sol. A maior parte é composta de, aproximadamente, 7% de radiação ultravioleta, 43% de radiação visível, 49% de radiação infravermelha e menos de 1% de outros tipos de radiação. Nossos olhos só conseguem perceber a parte do espectro chamada de luz visível. O espectro eletromagnético também está ligado à nossa vida cotidiana. Monitores de micro- computadores, telefones celulares, forno de microondas, etc. Esta unidade tem por objetivo esclarecer o que são radiações eletromagnéticas e, mostrar seus diferentes tipos. Ao final desta unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Distinguir radiação corpuscular e radiação eletromagnética,

2. Descrever as propriedades das radiações eletromagnéticas,

3. Enumerar as radiações que fazem parte do espectro eletromagnético,

4. Descrever os principais processos de interação da radiação com a matéria.

Unidade 4: História do Pensamento Evolucionista Desde muito tempo a humanidade vem se questionando sobre o que acontece com o universo, se teve uma

origem, se terá um fim. Esta unidade fará um apanhado do desenvolvimento histórico das respostas a essas questões e como elas subsidiaram o estabelecimento da teoria da evolução como entendida hoje em dia. Ao final desta unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Conhecer o surgimento histórico do pensamento evolucionista e suas limitações

2. Conhecer as idéias modernas sobre evolucionismo: Lamark, Darwin e o neodarwinismo: problemas

e controvérsias.

11 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Período de duração A disciplina inicia em 16/03/2009, terminando em 12/04/2009. CARGA HORÁRIA – 6 CRÉDITOS (90 HORAS)*

• 1 crédito equivale a 15 horas aula por mês.

• Para contabilização são considerados exclusivamente os créditos teóricos e os práticos.

5.2 NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 2 Créditos: 6 (90 horas) Obrigatória ( x ) Optativa (

)

Programa da Disciplina Esta disciplina é constituída de 4 unidades que serão ministradas exclusiva e simultaneamente no segundo mês letivo, tendo o acompanhamento de dois tutores a distância em todas as unidades e a supervisão de um professor especialista em cada unidade. Unidade 5: Ligações e reações químicas Unidade 6: Matemática para a biologia Unidade 7: Teoria da evolução e seleção natural Unidade 8: Panorâmica de evolução do pensamento centífico-filosófico

Objetivos de Aprendizagem Geral

Esta disciplina pretende fornecer um ferramental teórico e prático de áreas das Ciências Naturais (Matemática, Química, Biologia) e da Filosofia que instrumentalizem o futuro profissional na sua atuação em sala de aula, nos níveis Médio e Fundamental.

Específicos

Unidade 5: Ligações E Reações Químicas Ao final dessa unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Compreender a associação entre átomos e moléculas;

12 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

2. Reconhecer tipos de ligação: iônica e covalente;

3. A partir da regra do octeto, prever a formação de compostos;

4. Conhecer as exceções à regra;

5. Reconhecer a polaridade das moléculas;

6. Conhecer híbridos de ressonância e sua formação;

7. Associar a variação de energia à estabilidade dos produtos de uma reação química; Equacionar as

reações químicas;

8. Realizar o balanceamento das reações químicas.

Unidade 6: Matemática Para A Biologia

Criar situações de aprendizado e estratégias de comunicação de conceitos e procedimentos matemáticos, de modo a auxiliar no desenvolvimento das seguintes habilidades:

1. Identificar linguagens e traduzir sua plurissignificação;

2. Interpretar diferentes representações de um mesmo conceito matemático, transitando por represen-

tações simbólicas, gráficas e numéricas, entre outras.

3. Interpretar a linguagem matemática com a precisão e o rigor que lhe são inerentes.

4. Inter-relacionar objetos de conhecimento em diferentes áreas;

5. Organizar estratégias de ação e selecionar métodos;

6. Ler e interpretar dados e informações e expressar-se com clareza e precisão;

7. Aplicar métodos adequados para análise e resolução de problemas;

8. Formular e articular argumentos adequadamente;

9. Fazer inferências indutivas, dedutivas e analógicas;

10. Formular hipóteses e conjecturas, prever resultados e fazer generalizações;

11. Analisar criticamente a solução encontrada para uma situação-problema;

12. Confrontar possíveis soluções para uma situação-problema;

Unidade 7: Teoria Da Evolução E Seleção Natural

Ao final dessa unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Reconhecer a variação intraespecífica;

2. Compreender as idéias evolutivas de Lamarck e Darwin;

13 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

4. Conhecer como atua a seleção natural;

5. Conhecer as evidências da evolução;

6. Conhecer o mecanismo básico da evolução aceito hoje em dia: o neodarwinismo;

7. Conhecer exemplos históricos de evolução por seleção natural;

8. Conhecer aplicações da teoria da evolução em problemas relevantes atuais.

Unidade 8: Panorâmica de Evolução Do Pensamento Centífico-Filosófico Ao final dessa unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Distinguir ciência de filosofia;

2. Conhecer os procedimentos que tornam a ciência uma fonte significativa de conhecimento;

3. Conhecer a epistemologia científica;

4. Conhecer os filósofos da ciência modernos: Poper, Kuhn, Lakatos e Feyerabend;

Período de Duração A disciplina inicia em 13/04/2009, terminando em 10/05/2009. CARGA HORÁRIA – 6 CRÉDITOS (90 HORAS)*

• 1 crédito equivale a 15 horas aula por mês.

• Para contabilização são considerados exclusivamente os créditos teóricos e os práticos.

5.3. NOME DA DISCIPLINA: CONTEXTO DA VIDA 3 Créditos: 6 (90 horas) Obrigatória ( x ) Optativa (

)

Programa da Disciplina Esta disciplina é constituída de 4 unidades que serão ministradas exclusiva e simultaneamente no terceiro mês letivo, tendo o acompanhamento de dois tutores a distância em todas as unidades e a supervisão de um profes- sor especialista em cada unidade. Unidade 9: Água e soluções Unidade 10: Trabalho, energia e termodinâmica Unidade 11: Sistemas complexos Unidade 12: Um mapa e uma bússola para educação

14 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Objetivos de Aprendizagem Geral

Esta disciplina pretende fornecer uma fundamentação teórico e prática de áreas das Ciências Naturais (Mate- mática, Química, Física) e da Pedagogia que dê suporte ao futuro profissional na sua atuação em sala de aula, nos níveis Médio e Fundamental.

Específicos

Unidade 9: Água e Soluções

Ao final dessa unidade o aluno deverá ser capaz de:

1. Conhecer a composição das águas naturais, qualitativa e quantitativamente, e as diferentes proprie-

dades apresentadas por essas soluções aquosas.

2. Comparar as propriedades da água pura, tais como solubilidade, temperatura de solidificação e de

ebulição, calor específico, detergência, condutibilidade térmica e elétrica, densidade, pH, viscosidade,

tensão superficial, com as de soluções aquosas.

3. Reconhecer a água como veículo de nutrientes em sistemas biológicos e compreender seu papel e

efeitos nesses transportes.

4. Reconhecer a influência da pressão, da temperatura e da natureza dos materiais dissolvidos nas pro-

priedades da água.

5. Reconhecer e entender as interações entre as moléculas de diversas substâncias com vistas a explicar

fenômenos naturais e (ou) biológicos que ocorrem em solução aquosa.

6. Compreender os conceitos de hidratação e interações hidrofílica e hidrofóbica.

7. Interpretar o diagrama de fase da água.

8. Identificar e relacionar unidades de medida usadas para diferentes grandezas, como massa, volume,

quantidade de matéria, densidade e concentração de soluções.

9. Identificar as informações ou variáveis relevantes em uma situação-problema e elaborar possíveis

estratégias para equacioná-la ou resolvê-la.

Unidade 10: Trabalho, Energia e Termodinâmica. Ao final dessa unidade o aluno será capaz de:

15 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

1. Identificar (1) as diferenças entre temperatura e calor, (2) as características de sistemas abertos,

fechados e isolados (e o que indica uma transformação do sistema), (3) as diferenças e semelhanças

entre calor e trabalho e (4) os modos experimentais de determinação de variação de energia interna e de variação de entalpia.

2. Compreender (1) os conceitos de entropia e de energia livre de Gibbs, (2) de como eles se relacio-

nam com a primeira e segunda leis da termodinâmica e (3) de como a variação da energia livre de Gibbs pode ser usada no estudo da bioquímica.

3. Aplicar o conceito de energia livre de Gibbs quanto, (1) as diferenças energéticas sofridas pelos

compostos (alimentos) participantes do metabolismo, (2) a influência das concentrações no sentido da reação, (3) como encontrar uma transformação possível que leve a crescimento e multiplicação e (4) o que é equilíbrio químico. 4. Aplicação dos conceitos estudados para (1) identificar a equivalência entre o estado estacionário e a homeostase, (2) analisar os sistemas vivos em suas diferentes formas quanto à classificação de aberto, fechado ou isolado, (3) identificar as dependências obrigatórias ou eventuais que os organismos vivos têm do ambiente e (4) discutir o impacto energético no ambiente de um organismo (e de uma popu-

lação) que se desenvolve, levando em conta as diferentes estratégias de exploração que cada tipo de organismo impõe ao meio.

Unidade 11: Sistemas Complexos

Criar situações de aprendizado e estratégias de comunicação de conceitos e procedimentos matemáticos, de modo a auxiliar no desenvolvimento das seguintes habilidades:

1. Delinear claramente o problema biológico;

2. Deduzir as equações diferenciais para esse problema;

3. Empregar a análise qualitativa ou analítica das equações diferenciais;

4. Comparar os resultados com os dados do mundo real.

Unidade 12: Um Mapa E Uma Bússola Para Educação

Ao final da unidade o aluno deverá ter adquirido:

1. Visão mais ampla e aprofundada do que significa educar no século XXI;

2. Atitude reflexiva sobre estratégias pedagógicas compatíveis com a avalanche de informações hoje

disponíveis aos alunos, aos professores e a todos os cidadãos.

16 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

3. Hábitos e competências de atualização dos próprios conhecimentos e aprendizagem permanente;

4. Perspectiva interdisciplinar e contextualizada no tratamento dos temas;

5. Compreensão da estratégia pedagógica que norteia esse Curso e do seu próprio papel, como aluno,

na aprendizagem.

Período de Duração A disciplina inicia em 18/05/2009, terminando em 14/06/2009. CARGA HORÁRIA –6 CRÉDITOS (90 HORAS)*

• 1 crédito equivale a 15 horas aula por mês.

• Para contabilização são considerados exclusivamente os créditos teóricos e os práticos.

5.4. Nome da Disciplina: Contexto Da Vida 4 Créditos: 6 (90 horas) Obrigatória ( x ) Optativa (

)

Programa da Disciplina Esta disciplina é constituída de 4 unidades que serão ministradas exclusiva e simultaneamente no quarto mês letivo, tendo o acompanhamento de dois tutores a distância em todas as unidades e a supervisão de um profes- sor especialista em cada unidade. Unidade 13: Química orgânica Unidade 14: Células, um universo microscópio Unidade 15: Astronomia básica Unidade 16: A educação no contexto da sociedade conteporânea

Objetivos de Aprendizagem Geral

Esta disciplina pretende fornecer uma fundamentação teórico e prática de áreas das Ciências Naturais (Quí- mica, Física e Biologia) e da Pedagogia que dê suporte ao futuro profissional na sua atuação em sala de aula, nos níveis Médio e Fundamental.

17 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Específicos

Unidade 13: Química Orgânica

Ao final da unidade o aluno deverá:

1. Traduzir a linguagem simbólica da Química, compreendendo seu significado em termos microscópicos.

2. Articular o conhecimento químico com o biológico, considerando o aumento de complexidade e diversi-

dade das substâncias químicas e dos seres vivos.

3. Aplicar as idéias sobre arranjos atômicos e moleculares para compreender a formação de cadeias, liga-

ções, funções orgânicas e isomeria.

4. Identificar as estruturas químicas de hidrocarbonetos, álcoois, aldeídos, cetonas, ácidos carboxílicos, és-

teres, éteres, aminas, amidas, nitrilas, carboidratos, lipídeos e proteínas.

5. Reconhecer a associação entre nomenclatura de substâncias com a organização de seus constituintes.

6. Identificar as propriedades químicas de cada função orgânica bem como as principais reações de síntese

de compostos orgânicos.

Unidade 14: Células, Um Universo Microscópio.

Ao final da unidade o aluno será capaz de demonstrar conhecimento:

1. (1) Descrever a composição da atmosfera primitiva, (2) Explicar as transformações químicas que

deram origem às substâncias precursoras da vida, (3) Justificar a hipótese “Mundo do RNA”, (4) Iden-

tificar os diferentes eventos que propiciaram o surgimento da primeira célula e (5) Nomear os possíveis passos evolutivos que contribuíram para a complexidade das células atuais.

2. (1) Descrever a importância do efeito hidrofóbico na formação e organização da membrana celular;

(2) Julgar as propriedades de seletividade e fluidez da membrana plasmática frente às propriedades das cadeias de fosfolipídios; (3) Relacionar a seqüência de bases na cadeia do DNA e a diversidade de proteínas; (4) Resumir os processos de replicação do DNA, de transcrição do DNA para RNA e de tradução do RNAm em proteínas; (5) Desenhar a estrutura geral de um aminoácido, identificando cada grupo funcional; (6) Descrever a composição básica de um nucleotídeo e as características que os di- ferenciam; (7) Descrever a estrutura da molécula de DNA em dupla cadeia e da molécula de RNA; (8) Definir corretamente os termos: efeito hidrofóbico, gene, código genético, expressão gênica, códon, códon degenerado, ligações fosfodiéster, cadeia lateral de aminoácido; glicólise, ATP, catabolismo, anabolismo.

18 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

3. Reconhecer com desenvoltura as diferenças entre as células procarióticas e eucarióticas quanto a (1)

Características estruturais; (2) Características metabólicas e (3) Características reprodutivas

4. (1) Identificar em representações celulares as várias organelas; (2) Correlacionar estrutura com a

função da membrana plasmática, núcleo, mitocôndria), retículo endoplasmático granular e agranular, complexo de Golgi, lisossomos, perioxomos, vesículas; (3) Descrever com propriedade a estrutura das duas organelas estratégicas para a transdução de energia (cloroplastos e mitocôndrias); (4) Associar o processo de secreção celular ás várias organelas envolvidas; (5) Correlacionar os componentes da organização nuclear com o ciclo de vida celular; (6) Definir corretamente citoesqueleto, evaginação, fagocitose, pinocitose, pseudopódos e microtúbulos.

Unidade 15: Astronomia básica

Ao final dessa unidade o aluno deverá:

1. Conhecer as idéias científicas sobre o surgimento do Universo e sua evolução (cosmologia);

2. Conhecer métodos e técnicas básicos relacionados ao estudo do Universo;

3. Compreender o surgimento e estruturação das galáxias;

4. Conhecer a Via-Láctea e o Grupo Local;

5. Conhecer o Sistema Solar e seus componentes;

6. Relacionar a Terra com os demais componentes do Sistema Solar e identificar a importância relativa

deles na manutenção da vida na Terra.

Unidade 16: A educação no contexto da sociedade contemporânea Ao final dessa unidade o aluno deverá:

1. Ser capaz de compreender os pontos fracos da educação no século XX;

2. Conhecer as propostas da Nova Escola;

3. Conhecer o esforço internacional para uma educação dinâmica, interativa e socialmente responsável;

4. Conhecer propostas específicas para o ensino de ciências e de biologia;

Período de Duração A disciplina inicia em 15/06/2009, terminando em 10/07/2009. CARGA HORÁRIA – 6 CRÉDITOS (90 HORAS)* • 1 crédito equivale a 15 horas aula por mês.

19 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• Para contabilização são considerados exclusivamente os créditos teóricos e os práticos.

6. ENCONTROS PRESENCIAIS/OFICINAS

Durante o semestre deverão ser realizados encontros presenciais mensais, onde serão desenvolvidas atividades práticas (laboratório, saídas a campo, etc.), avaliações, discussões presenciais com o tutor e com palestrantes convidados. Semanalmente (durante os plantões semanais do monitor), os alunos poderão ir ao pólo para tirar dúvidas, realizar pesquisas e estudos, trabalhos coletivos, uso do laboratório etc. A videoconferência poderá ser utilizada pela UnB e pólos e permitirá a interação entre os estudantes situados na mesma sala remota, mas também em inter-salas, com o professor autor da disciplina e com espe- cialistas convidados.

6.1 Cronograma Dos Encontros Presenciais

21/03

Não há encontro presencia

28/03

Encontro Presencial - 2 Unidades

04/04

Enconto Presencial - 2 Unidades

11/04

Prova presencial da Disciplina I

18/04

Não há encontro presencia

25/04

Encontro Presencial - 2 Unidades

02/05

Encontro Presencial - 2 Unidades

09/05

Prova presencial da Disciplina II

16/05

Encontro Presencial - 2 Unidades

23/05

Não há encontro presencia

30/05

Encontro Presencial - 2 Unidades

06/06

Encontro Presencial - 2 Unidades

13/06

Prova presencial da Disciplina III

20/06

Não há encontro presencia

27/06

Encontro Presencial - 2 Unidades

04/07

Encontro Presencial - 2 Unidades

11/07

Prova presencial da Disciplina IV

18/07

Prova Substitutiva de Unidade

20 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

7. AVALIAÇÃO

7.1 Tabelas de Pontuação das Disciplinas

On-line

Responsabilidade

Un.1

Un.2

Un.3

Un.4

Média da

Nota Substitutiva da Unidade

Disciplina

Av. On-line

Elaboração: Professor Autor Correção: Tutor a Distância

45

45

45

45

180/4

Não há

Conceito

Tutor a Distância

5

5

5

5

20/4

Não há

Bonificação

Tutor a Distância

4

4

4

4

16/4

Não há

Presencial

           

Não há

Laboratórios

Elaboração: Professor Autor Correção: Tutor Presencial

10

10

10

10

40/4

Não há

Prova integrada

Elaboração: Professor Autor Aplicação:Coordenador do Pólo e tutor presencial Correção: Tutor a Distância

35

35

35

35

140/4

100

Conceito

Tutor Presencial

5

5

5

5

20/4

Não há

Somatório:

 

104

104

104

104

416/4

104

Disciplina I

Disciplina II

Disciplina III

DisciplinaIV

Módulo I

400/4 – 25%

400/4 – 25%

400/4 – 25%

400/4 – 25%

1600/16 – 100%

7.2 Critérios de aprovação

1. A bonificação é restrita aos discentes que cumprirem rigorosamente o cronograma previsto para cada unidade.

2. A pontuação de “conceito” será atribuída ao final de cada unidade, levando-se em consideração a participa-

ção nos debates, a conduta e o feedback na interação com o tutor, entre outros.

3. As avaliações on-line de cada unidade podem ser entregues até o último dia previsto no cronograma da

disciplina a qual ela pertence.

4. Em caso de necessidade, sob autorização expressa do Coordenador do Curso, poderá haver um período de

tolerância (após o término do cronograma previsto para a disciplina) para a conclusão das avaliações on-line pendentes.

5. As atividades realizadas no período de tolerância terão uma penalização na pontuação de “conceito” e perda

de 50% da nota da avaliação on-line.

6. A Média da Disciplina é a média aritmética dos somatórios das notas obtidas individualmente nas quatro

unidades.

21 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

7. Critérios para aprovação:

- Média da Disciplina >= 50 pontos e

- Mínimo de 13,5 pontos (30%) nas avaliações on-line em cada unidade, e

- Mínimo de 10,5 pontos (30%) na prova integrada.

8. Em caso de reprovação em uma ou até duas disciplinas ou não comparecimento para realização da prova

integrada, o aluno poderá fazer uma prova escrita substitutiva. No primeiro caso, referente à(s) unidade(s) (no máximo duas por disciplina) em que teve desempenho abaixo do mínimo para aprovação. Esta prova será realizada ao final do semestre, desde que o discente tenha alcançado o mínimo de 15 pontos na Média da Dis-

ciplina. No caso de não realização da prova integrada, o discente (ou seu representante legal) deverá notificar

e comprovar o motivo do não comparecimento (saúde, profissional, familiar, etc.), junto ao Coordenador do Pólo. A prova integrada substitutiva será aplicada ao final do semestre.

9. A Nota Final da Disciplina será a Média da Disciplina, considerando a pontuação obtida na prova Substitu-

tiva da Unidade, ou a Nota Média da Disciplina devidamente corrigida pela nota da prova substitutiva. 10. Situações não previstas serão analisadas individualmente.

8 - REFERÊNCIAS OBRIGATÓRIAS (MÍNIMO DE 3 LIVROS BÁSICOS PARA SEREM ADQUIRIDOS PELO PÓLO)

Anexo 1 Ementários dos componentes curriculares

MÓDULO 1: CONTEXTO DA VIDA

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO. • A globalização e a sociedade do conhecimento;

• Informação e conhecimento;

• Modelos de conhecimento postos pela biologia contemporânea;

• Panorâmica da evolução do pensamento científico-filosófico;

• Filosofia aplicada à analise dos problemas da vida;

22 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• Verdade, realidade e construção do conhecimento;

• Inserção do homem no universo e sua relação com as diferentes fontes de energia e informação.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCIPLINARES)

• Composição do Universo: matéria e energia, informação, átomos, moléculas e íons, teorias da origem do Universo;

• Constituição e evolução do globo terrestre, geodinâmica interna e externa;

• Estrutura e composição da Terra (mineralogia e petrografia: princípios básicos, estrutura e propriedades do carbono, transporte e distribuição de solutos, energia: transformação e conservação);

• Bases moleculares da célula: composição química da célula, leis químicas e físicas aplicadas a sistemas vi- vos, a água e sua importância biológica;

• Premissas de seleção natural, evolução e organização geral dos organismos (célula procariota e eucariota);

• Níveis de organização da vida, os reinos;

• Bases moleculares da herança genética;

• Eletricidade e eletromagnetismo;

• Equilíbrio químico;

• Cinemática e dinâmica da partícula;

• Cinética química;

• Funções inorgânicas;

• Intercâmbio gasoso;

• Ligações químicas;

• Propriedades periódicas dos elementos;

• Soluções e propriedades coligativas;

• Teoria e estrutura atômica;

• Termodinâmica;

• Teoria dos sistemas;

• Teoria da informação.

PEDAGÓGICO

• Estudo interdisciplinar das matrizes epistemológicas do conhecimento e suas implicações teóricas e metodo-

23 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

lógicas para a aprendizagem. Estudo dos métodos e dos processos do saber;

• História das tecnologias na educação. Novos paradigmas sociais. Processo de informatização da sociedade;

• Metodologia de projetos.

MÓDULO 2: PROCESSOS BIOLÓGICOS NA CAPTAÇÃO E NA TRANSFORMAÇÃO DA MATÉRIA E ENERGIA

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO.

• Crise da ciência e da racionalidade modernas;

• Novos paradigmas científicos: a complexidade e a Biologia;

• Consumismo, poluição ambiental, biodegradáveis e reciclagem.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Transporte e digestão celular;

• Metabolismo energético: quimiossíntese, fotossíntese, respiração e fermentação;

• Estrutura e metabolismo das biomoléculas: biossíntese de proteínas e metabolismo de aminoácidos; meta-

bolismo de lipídeos e carboidratos; metabolismo de nucleotídeos; estrutura e propriedades e biossíntese dos ácidos nucléicos;

• Conceito de adaptação e aclimatação;

• Eficiência ecológica;

• Evolução anatomo-funcional dos sistemas de absorção e digestão dos diversos grupos de organismos;

• Intercâmbio gasoso e transporte de nutrientes;

• Influência dos fatores internos e ambientais nos processos respiratórios e nutricionais;

• Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas;

• Interações populacionais.

PEDAGÓGICO

• Educação e tecnologia no ensino da Biologia, simulação como ferramenta pedagógica;

• Tendências atuais das tecnologias educacionais;

• Programas educacionais como recurso didático;

24 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• As características da organização do trabalho escolar;

• Estratégias de ensino e avaliação em consonância com as características da clientela escolar;

• Projeto político-pedagógico.

MÓDULO 3: PROCESSOS DE MANUTENÇÃO DA VIDA

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO.

• Vida saudável;

• Equilíbrio ambiental;

• Sociedade, cultura e linguagem.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Fundamentos de expressão gênica;

• Processos de regulação celular;

• Evolução anatomofuncional dos sistemas epidérmico, estrutural; hormonal e nervoso, nos diferentes grupos de organismos;

• Osmorregulação;

• Sistemas de defesa dos organismos;

• Óptica;

Termoquímica;

Adaptações dos órgãos sensitivos e de estruturas secretoras;

Ritmos biológicos;

Interações populacionais.

PEDAGÓGICO

• Teoria e prática da pesquisa em sala de aula;

• A construção de projetos didáticos colaborativos;

• Concepções filosóficas da educação;

• Dimensões epistemológicas e antropológicas da educação;

• Teorias filosóficas modernas e contemporâneas e suas influências na educação;

25 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• A formação social brasileira;

• A formação da cidadania.

MÓDULO 4: DESENVOLVIMENTO E CRESCIMENTO

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO

• A lógica dos processos investigativos;

• A questão metodológica no ensino e na pesquisa científica;

• Principais abordagens metodológicas aplicadas à pesquisa nas ciências biológicas;

• A vida humana da concepção à morte: aspectos éticos.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Diferenciação;

• Envelhecimento e morte celular;

• Regulação gênica, hormonal e enzimática do desenvolvimento;

Embriogênese;

Crescimento vegetal e animal;

Órgãos e tecidos;

Adaptação e pressões evolutivas;

Nomenclatura científica;

Biofísica.

PEDAGÓGICO

• Teoria e prática da pesquisa em sala de aula;

• Metodologias de pesquisa do ensino e aprendizagem;

• O currículo como materialização da cultura, da ideologia, das relações de poder e do controle social;

• Relação entre conhecimento científico, conhecimento popular e conhecimento escolar;

• O cotidiano escolar e o currículo do ensino médio;

• Análise das políticas e das reformas educacionais no contexto atual;

• A nova LDB, os PCN.

26 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

MÓDULO 5: PROCESSOS REPRODUTIVOS

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO.

• Ética da reprodução humana. DSTs;

• Populações, etnias e multiculturalismo;

• O projeto Genoma Humano, suas perspectivas e dificuldades.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Tipos de reprodução;

• A dinâmica funcional e evolutiva do núcleo e do citoplasma;

• O ciclo celular, gametogênese, polinização e fecundação;

• Estratégias reprodutivas;

• Evolução anatomofuncional dos sistemas reprodutivos;

• Padrões de herança;

• Interações populacionais;

• Fatores evolutivos.

PEDAGÓGICO

• A Psicologia do desenvolvimento e o estudo científico da adolescência;

• Aspectos biológicos, emocionais, sexuais, psicossociais e cognitivos da adolescência;

• Teorias da administração aplicadas à educação;

• A gestão dos sistemas de ensino e financiamento da educação brasileira;

• A gestão da unidade escolar;

• Estágio supervisionado.

MÓDULO 6: MECANISMOS DE AJUSTAMENTO AMBIENTAL E COLONIZAÇÃO

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO.

• Sociedade e meio ambiente;

• Ética e legislação profissional. Deontologia.

27 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Crescimento e dinâmica populacional;

• Agentes dispersores de sementes;

• Movimentação animal: estudo comparativo de estruturas, órgãos e sistemas de locomoção;

• Movimento de populações, migração e ocupação de novas áreas; organização social e comportamento animal;

• Biogeografia;

• Ecossistemas;

• Dispersão e colonização e fatores limitantes;

• Climatologia;

• Noções de manejo de fauna, flora e inventário ambiental.

PEDAGÓGICO

• O desenvolvimento histórico da tecnologia como produção sociocultural;

• Impactos sociais, culturais e educacionais das novas tecnologias;

• Os novos sistemas e signos na mediação dos processos de ensino-aprendizagem;

• As relações entre sujeito-aprendiz e os sistemas de signos em situação de ensino;

• Automação, inteligência artificial e pensamento humano;

• A Educação Ambiental na escola;

• Estágio supervisionado.

MÓDULO 7: SOLUÇÕES ADAPTATIVAS E FILOGENIA

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO.

• Bases para a sustentabilidade da vida e do desenvolvimento do planeta;

• Sociedade, economia e meio ambiente;

• Evolucionismo, criacionismo e o papel do professor.

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Estratégias adaptativas (morfo-anatomia, genética, quimiossistemática) empregadas para classificação de

28 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

organismos;

• Nomenclatura científica;

• Filogenia e taxonomia;

• Origem e evolução dos seres vivos;

• Especiação;

• Ecologia evolutiva e paleontologia.

PEDAGÓGICO

• Diferentes concepções de avaliação e suas implicações na prática educativa;

• Tipos de avaliação da aprendizagem;

• A avaliação como instrumento indicador da organização e reorganização do trabalho docente;

• Avaliação como prática de emancipatória/autonomia;

• Estágio supervisionado.

MÓDULO 8: PROCESSOS EMERGENTES E BIODIVERSIDADE

BIOLOGIA, SOCIEDADE E CONHECIMENTO

• Preservação da biodiversidade;

• Multiculturalismo;

• Biossegurança;

• Transferência de tecnologia e patentes;

BIOLÓGICO (NESTE EIXO SERÃO RECUPERADOS CONHECIMENTOS DE OUTROS ESPAÇOS DISCI- PLINARES)

• Níveis de abordagem da biodiversidade;

• Estrutura de comunidades;

• Ambiente físico e recursos;

• Ecossistemas no mundo;

• Padrões de diversidade;

• Componentes da diversidade;

• Problemas ambientais;

29 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

• Estrutura genética das populações e efeito dos fatores evolutivos;

• Estratégias de conservação e ampliação da diversidade genética das populações;

• Sucessão e biogeografia;

• Noções gerais dos processos de criação de uma RDS (Reserva de Desenvolvimento Sustentável);

• Organismos transgênicos.

PEDAGÓGICO

• Educação inclusiva: o ensino e a aprendizagem;

• Fundamentos do ensino inclusivo;

• Aspectos legais, políticos e históricos da educação inclusiva;

• Concepções de educação inclusiva e diversidade cultural;

• Pluralidade cultural;

• A educação inclusiva e as formas de organização do ensino: inclusão ou exclusão?;

• Estágio supervisionado.

Anexo 2

Ambiente Virtual de Aprendizagem

Possibilita aos participantes dispor de uma ampla variedade de recursos que visam criar um ambiente colaborativo entre os estudantes, professores, coordenadores de Pólo, tutores etc. Para este curso o ambiente será planejado com o objetivo de integrar todas as mídias, oferecer apoio ao conteúdo impresso ou distribuído em CDROM permitindo que, no conteúdo on-line, o estudante possa fazer uma leitura hipertextual e multimídia, bem como propiciar a interatividade síncrona e assíncrona na busca da construção de uma comunidade em rede. A programação permite que cada tipo de usuário possa acessar de forma independente o ambiente e os conteúdos, incluindo textos, links, imagens, sons de acordo com a forma de comunicação estabelecida. Os usuários cadastrados são: professor, tutor, estudante e administrador. Cada usuário receberá um login e uma senha.

A plataforma possibilita integrar todos estes recursos em um só ambiente de aprendizagem. Vejamos alguns recursos do moodle que deverão ser usados no curso

30 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

Fóruns

Os fóruns são espaços de interlocução não hierarquizado, no qual os participantes opinam e expressam suas idéias, conceitos e experiências de forma assíncrona. Diálogos

O diálogo torna possível um método simples de comunicação entre dois participantes da disciplina. O profes-

sor pode abrir um diálogo com um aluno, um aluno pode abrir um diálogo com o professor, e ainda podem existir diálogos entre dois alunos. Testes

Os testes podem ter diferentes formatos de resposta (V ou F, escolha múltipla, valores, resposta curta, etc.) e é possível, entre outras coisas, escolher aleatoriamente perguntas, corrigir automaticamente respostas e expor- tar os dados para Excel. O criador tem apenas de construir a base de dados de perguntas e respostas. É ainda possível importar questões de ficheiros txt seguindo algumas regras. Trabalhos Os Trabalhos permitem ao professor classificar e comentar na página materiais submetidos pelos alunos, ou actividades ‘offline’ como por exemplo apresentações. As notas são do conhecimento do próprio aluno e o professor pode exportar para Excel os resultados. Wikis

O Wiki, para quem não conhece a Wikipedia, torna possível a construção de um texto (com elementos multi-

média) com vários participantes, onde cada um dá o seu contributo e/ou revê o texto. É sempre posível aceder

às várias versões do documento e verificar diferenças entre versões.

Glossários

O glossário permite aos participantes da disciplina criar dicionários de termos relacionados com a disciplina,

bases de dados documentais ou de ficheiros, galerias de imagens ou mesmo links que podem ser facilmente pesquisados. Lições

A lição tenta associar a uma lógica de delivery uma componente interactiva e de avaliação. Consiste num nú-

mero de páginas ou slides, que podem ter questões intercaladas com classificação e em que o prosseguimento do aluno está dependente das suas respostas. Books Os books permitem construir sequências de páginas muito simples. É possível organizá-las em capítulos e sub- capítulos ou importar ficheiros html colocados na área de ficheiros da sua página. Caso as referências dentro

31 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

destes html (imagens, outras páginas, vídeo, áudio) sejam relativas, o livro apresentará todo esse conteúdo. Inquéritos Os inquéritos consistem num conjunto de instrumentos de consulta de opinião aos alunos inscritos numa pá- gina, fornecendo uma forma de assessment da aprendizagem bastante rápida. Referendos

O referendo pode ser usado de diversas formas, como recolha de opinião, inscrição numa determinada activi-

dade, entre outras, sendo dado aos alunos a escolher de uma lista de opções (até um máximo de 10) definida pelo professor. É possível definir um número de vagas por opção. Questionários Os questionários permitem construir inquéritos quer a participantes de uma página, quer a participantes que

não estão inscritos no sistema. É possível manter o anonimato dos inquiridos, e os resultados, apresentados de uma forma gráfica, podem ser exportados para Excel. Material didático

O material didático consistirá principalmente de hipertextos disponibilizados na moodle que se organizam em

unidades temáticas. Também estarão disponíveis atividades de aprendizagem para fortalecer a autonomia dos cursistas. Haverá ainda material impresso de apoio referente às UEDs que será disponibilizado em CD-rom.

Ferramentas de Interação Na UAB – UnB serão utilizadas algumas ferramentas de comunicação com os seguintes objetivos:

a) e-mail: comunicações diversas com os cursistas (informe sobre inscrições e início dos cursos, envio de

atividades que lhe serão solicitadas, avisos sobre a participação nos fóruns e chats, retorno das atividades en- tregues ao tutor, informações sobre novas fontes de pesquisas) além de servirem para a troca de informações entre os participantes do curso. b) fóruns de discussão: oportunizar a discussão de assuntos pertinentes aos estudos, principalmente aqueles que possam oferecer dúvidas ou que dêem margem a um maior aprofundamento. Será a ferramenta ideal para que os cursistas construam o seu próprio conhecimento, porque, uma vez que o tema levantado ficará na tela por mais tempo, fará com que eles se aprofundem em suas pesquisas; c) chat: discussão de temas relevantes de pequenos grupos bem como para a confraternização dos participan- tes do curso. Procurar-se-á utilizá-lo em horário de aceitação da maioria dos participantes.

O espaço reservado ao professor deverá contar com alguns menus:

Apresentação – Espaço onde o professor apresenta e motiva o estudante para o conteúdo da sua

32 | Projeto Político Pedagógico | Biologia

disciplina.

Plano de ensino – Neste espaço o professor disponibiliza o plano com todas as atividades que serão desenvolvidas na disciplina. Metodologia – Local onde o professor disponibilizará todas as informações referentes a forma como vai trabalhar o conteúdo com os estudantes e as questões relacionadas a avaliação. Cronograma – Espaço onde o professor disponibilizará o cronograma para os momentos presenciais

e à distância, bem como o cronograma para as atividades individuais e coletivas.

Adicionais – Espaço onde o professor pode disponibilizar mais informações. Tutor – Trata-se de um espaço onde tutor e estudante mantêm contato permanente durante todo o

curso. Neste espaço o estudante pode enviar as atividades de avaliação, questionamentos, opiniões

e acompanhar o histórico de suas interações com o tutor da disciplina. O histórico estará integrado com o Sistema de Acompanhamento ao Estudante a Distância. Fórum - trata-se de um espaço de comunicação permanente, onde professor, tutor e estudante troca- rão idéias a partir de temas previamente agendados . Chat - Espaço onde o estudante poderá se comunicar com os tutor em tempo real durante horário pré-estabelecido.

A estrutura de cada módulo/semestre deverá permitir que cada aluno usufrua de tempos e espaços individua- lizados e personalizados, mas com forte ênfase na colaboração e cooperação. Cada semestre consistirá em um conjunto de materiais que podem utilizar uma diversidade de mídia. Haverá uma organização textual específica do módulo a partir do “hipertexto” dos objetos de aprendizagem necessá- rios a essa composição particular, sempre aberta à inclusão adjunta de novos componentes.