Você está na página 1de 2

A cadncia II-V secundria

Generalizando o emprego da cadncia II-V, que em primeira instncia pertence ao acorde


I (primeiro grau), podemos estender seu uso para os demais acordes da tonalidade. As-
sim, cada acorde do campo harmnico diatnico pode ser precedido por uma cadncia II-
V. Vimos anteriormente que o acorde de dominante prepara acorde sucessivo de maneira
a fortalec-lo. O movimento cadencial II-V fortalece ainda mais o acorde de resoluo.

(a dominante secundria fortalece o grau em que


resolve)
V7 - X

(a cadncia II - V secundria estabelece ainda



mais o grau em que resolve) II - V7 - X

Com a excluso do I grau de uma tonalidade, qualquer outro acorde pode ser preparado
por uma cadncia II-V secundria, chamada tambm "Segundo cadencial".

importante fazermos uma observao:

- Quando a cadncia II-V


prepara um acorde maior, o
segundo grau da cadncia
, normalmente, um acorde
menor com 7.

- Quando a cadncia II-V


prepara um acorde menor,
o segundo grau da cadncia
, normalmente, um acorde
meiodiminuto.

Curso de Harmonia Aplicada Msica Popular - Mdulo 1 - www.terradamusica.com.br


Podemos observar que o V7 primrio da tonalidade tambm pode ser preparado pela
prpria cadncia secundria II - V, apesar dele ser um acorde de movimento. Na tonali-
dade de D maior, por exemplo, d-se a cadncia Am7 - D7 - G7, como observamos na
figura abaixo.

IIm7 - V7/I - I7M IIm7 - V7/IV - IV7M IIm7 - V7/V - V7

Dm7 - G7 - C7M Gm7 - C7 - F7M Am7 - D7 - G7

II - V7/II - IIm7 II - V7/III - IIIm7 II - V7/VI - VIm7

E - A7 - Dm7 F# - B7 - Em7 B - E7 - Am7

(Na imagem acima, por uma questo de praticidade, ao invs de utilizarmos o smbolo m7(b5) para indicar
o acorde meio-diminuto, usamos seu equivalente ).

Essas agora apresentadas, so as formas naturais com que os segundos cadenciais


se apresentam, na resoluo para um acorde-alvo maior e para um acorde-alvo menor.
Todavia, podemos ter emprstimos, tendo um acorde IIm7(b5) empregado em uma
cadncia que resolve em um acorde maior e (menos frequentemente) um acorde IIm7
empregado em uma cadncia que resolve em um acorde menor.

Esse o caso, por exemplo, das msicas Night and Day (Cole Porter) e Luiza (Tom
Jobim), em que encontramos a cadncia Dm7(b5) - G7 - C7M.

Curso de Harmonia Aplicada Msica Popular - Mdulo 1 - www.terradamusica.com.br