Você está na página 1de 18
REPRODUÇÃO SEXUADA: DIVERSIDADE DE ESTRATÉGIAS
REPRODUÇÃO SEXUADA:
DIVERSIDADE DE ESTRATÉGIAS

REPRODUÇÃO SEXUADA NOS ANIMAIS

REPRODUÇÃO SEXUADA NOS ANIMAIS Gónadas – estruturas produtoras de gâmetas nos animais. Testículos – gonádas

Gónadas – estruturas produtoras de gâmetas nos animais.

Testículos – gonádas masculinas (produzem gâmetas masculinos – espermatozóides).

Ovários – gonádas femininas (produzem gâmetas femininos – óvulos).

Diversidade de estratégias na reprodução sexuada

Hermafroditismo suficiente

A fecundação ocorre entre gâmetas provenientes do mesmo indivíduo (autofecundação).

Hermafroditismo suficiente A fecundação ocorre entre gâmetas provenientes do mesmo indivíduo ( autofecundação ).
Hermafroditismo suficiente A fecundação ocorre entre gâmetas provenientes do mesmo indivíduo ( autofecundação ).
Hermafroditismo insuficiente Apesar de cada indivíduo ter os dois sexos, a fecundação é cruzada ,

Hermafroditismo

insuficiente

Apesar de cada indivíduo ter os dois sexos, a fecundação é cruzada, ou seja, ocorre entre gâmetas provenientes de dois indivíduos, pois as estruturas reprodutoras estão dispostas de tal forma que impossibilita a autofecundação ou os óvulos e os espermatozóides amadurecem em épocas diferentes no mesmo animal.

que impossibilita a autofecundação ou os óvulos e os espermatozóides amadurecem em épocas diferentes no mesmo
que impossibilita a autofecundação ou os óvulos e os espermatozóides amadurecem em épocas diferentes no mesmo

Unissexualismo – cada indivíduo tem apenas um sexo.

Fecundação externa efetua-se em meio líquido, para onde os machos e fêmeas lançam os gâmetas – a existência de moléculas específicas na membrana dos óvulos permite que a fecundação seja apenas possível com espermatozóides provenientes de indivíduos da mesma espécie, portadores de moléculas complementares das dos óvulos.

espermatozóides provenientes de indivíduos da mesma espécie, portadores de moléculas complementares das dos óvulos.

Unissexualismo – cada indivíduo tem apenas um sexo.

Fecundação interna efetua-se no interior do organismo fêmea: o macho deposita os espermatozóides no interior do sistema reprodutor da fêmea, onde ocorre a fecundação. Fundamental no meio terrestre, dado que os gâmetas não suportam a dessecação.

da fêmea, onde ocorre a fecundação. Fundamental no meio terrestre, dado que os gâmetas não suportam

COMPORTAMENTO REPRODUTOR

COMPORTAMENTO REPRODUTOR Variadíssimas estratégias comportamentais, adotadas na época da reprodução e apenas
COMPORTAMENTO REPRODUTOR Variadíssimas estratégias comportamentais, adotadas na época da reprodução e apenas

Variadíssimas estratégias comportamentais, adotadas na época da reprodução e apenas reconhecidas por indivíduos da mesma espécie, tornam o processo reprodutivo mais eficaz:

- Machos com cores brilhantes de plumagem, paradas nupciais e cantos nas aves;

- Machos com manifestações que evidenciam qualidades;

- etc.

REPRODUÇÃO SEXUADA NAS PLANTAS

REPRODUÇÃO SEXUADA NAS PLANTAS Gametângios – estruturas das plantas, especializadas na produção de gâmetas.

Gametângios – estruturas das plantas, especializadas na produção de gâmetas.

Anterídios – gametângios masculinos (produzem gâmetas masculinos – anterozóides).

Arquegónios – gametângios femininos (produzem gâmetas femininos – oosferas).

CONSTITUIÇÃO DE UMA FLOR

CONSTITUIÇÃO DE UMA FLOR Corola – conjunto das pétalas. Cálice – conjunto das sépalas. Androceu –

Corola – conjunto das pétalas. Cálice – conjunto das sépalas.

Androceu – conjunto dos estames.

Gineceu - conjunto dos carpelos.

Tipos de flores Hermafroditas – possuem estames e carpelos. Unissexuadas – possuem só estames (
Tipos de flores Hermafroditas – possuem estames e carpelos. Unissexuadas – possuem só estames (

Tipos de flores

Hermafroditas – possuem estames e carpelos.

Unissexuadas – possuem só estames (unissexuadas masculinas) ou só carpelos (unissexuadas femininas).

TIPOS DE POLINIZAÇÃO

Polinização – transporte de grãos de pólen (produzidos nas anteras) para os órgãos femininos:

• da mesma flor - polinização direta (permite uma menor variabilidade genética nos descendentes);

• de uma flor da mesma planta - polinização indireta (permite uma menor variabilidade genética nos descendentes);

• de uma flor de outra planta – polinização cruzada (permite uma maior variabilidade genética nos descendentes).

de uma flor de outra planta – polinização cruzada (permite uma maior variabilidade genética nos descendentes).
Polinização Diversos agentes, como insetos, aves ou vento proporcionam a polinização.

Polinização

Diversos agentes, como insetos, aves ou vento proporcionam a polinização.

Polinização Diversos agentes, como insetos, aves ou vento proporcionam a polinização.
Polinização Diversos agentes, como insetos, aves ou vento proporcionam a polinização.
Polinização Diversos agentes, como insetos, aves ou vento proporcionam a polinização.

REPRODUÇÃO SEXUADA NAS PLANTAS

REPRODUÇÃO SEXUADA NAS PLANTAS Após a fecundação, no interior dos óvulos, originam-se as sementes , que

Após a fecundação, no interior dos óvulos, originam-se as sementes, que são envolvidas pelo pericarpo, originado pelas paredes do ovário; o conjunto do pericarpo e das sementes constitui o fruto, que pode ser:

carnudo,

se

o

pericarpo,

quando

maduro,

contiver

substâncias nutritivas;

seco,

se

o

pericarpo

desidratar.

Constituição de um fruto

Constituição de um fruto O pericarpo compõe-se de três camadas: epicarpo (camada mais externa), mesocarpo
Constituição de um fruto O pericarpo compõe-se de três camadas: epicarpo (camada mais externa), mesocarpo

O pericarpo compõe-se de três camadas: epicarpo (camada mais externa), mesocarpo (camada intermediária) e endocarpo (camada mais interna). Em geral o mesocarpo é a parte do fruto que mais se desenvolve, sintetizando e acumulando substâncias nutritivas, principalmente açúcares.

DISSEMINAÇÃO DAS SEMENTES

DISSEMINAÇÃO DAS SEMENTES De acordo com o tipo de fruto, a disseminação das sementes, essencial na

De acordo com o tipo de fruto, a disseminação das sementes, essencial na propagação das espécies de plantas com flor, é extremamente diversificada, podendo ser efetuada por animais, pelo vento ou pela água.

de plantas com flor, é extremamente diversificada, podendo ser efetuada por animais , pelo vento ou
de plantas com flor, é extremamente diversificada, podendo ser efetuada por animais , pelo vento ou