Você está na página 1de 35

Resultados

Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
OdontoPrev anuncia 177% de crescimento no lucro do 3T07
São Paulo, 08 de novembro de 2007. A OdontoPrev (BOVESPA:ODPV3), maior operadora de Planos Odontológicos do Brasil, anunciou
hoje os resultados consolidados do terceiro trimestre (3T07) e dos nove meses de 2007 (9M07). As informações operacionais e financeiras da
Companhia são apresentadas com base em números consolidados e em reais, incluindo participação na DentalCorp a partir de fevereiro
de 2007, conforme a legislação societária, plano de contas da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS e práticas contábeis adotadas
no Brasil. As informações comparativas se referem às variações entre o 3T07 e o 3T06 e o 9M07 e o 9M06, exceto onde especificado de outra
forma.

Missão da OdontoPrev: Tornar-se um grande fator de aproximação da sociedade à Odontologia, agregando


valor a esta relação através da excelência de serviços prestados a ambas.

Destaques do Período
Capital social:
25.500.230 ações ON • O número de Associados cresceu 33,5%, passando de 1.419.746 no 3T06 para
1.895.709 no 3T07, acréscimo de 475.963 novos Associados, dos quais 141.701
Free float: provenientes da DentalCorp.
21.472.298 (84,2%)
• A receita operacional líquida totalizou R$65.995 mil no 3T07, 43,7% acima do 3T06.
Cotação em 07/11/2007: No 9M07, acumulou R$188.215 mil, 44,5% acima do 9M06.
R$55,00 • O índice de sinistralidade passou de 48,6% no 3T06 para 46,2% no 3T07, e de
47,7% no 9M06 para 42,6% no 9M07.
Valor de mercado
(07/11/07): • O EBITDA alcançou R$11.861 mil no 3T07, 30,3 % acima do 3T06, com margem
Capital social: EBITDA passando de 19,8% no 3T06 para 18,0% no 3T07. No 9M07, acumulou
R$1.403 milhões R$39.944 mil, 38,5% acima do 9M06, com margem EBITDA passando de 22,1% no
Free float: 9M06 para 21,2% no 9M07.
R$1.181 milhões
• O EBITDA ajustado alcançou R$12.383 mil no 3T07, 10,2 % acima do 3T06, com
Negociação diária média: margem EBITDA ajustado passando de 24,5% no 3T06 para 18,8% no 3T07. No
R$6.287 mil em 2007 9M07, acumulou R$44.114 mil, 32,9% acima do 9M06, com margem EBITDA ajustado
R$7.159 mil (30 dias) passando de 25,5% no 9M06 para 23,4% no 9M07.
Caixa líquido • O lucro líquido do período atingiu R$11.374 mil no 3T07, 176,6% superior ao 3T06 e
R$207.559 mil (30/09/07)
R$34.587 mil no 9M07, 100,6% superior ao 9M06.
R$204.333 mil (30/06/07)
Eventos Recentes
Relações com
• Em 08 de outubro de 2007, após aprovação pela ANS, foi concluída a aquisição da
Investidores
Rede Dental, que atingiu 109.596 Associados em 30 de setembro de 2007.
José Roberto Pacheco
Diretor de Controladoria e RI • No 3T07, foram pagos R$10.317 mil em remuneração aos acionistas, dos quais
Tel: (11) 2168-6893
ri@odontoprev.com.br
R$6.277 mil sob a forma de juros sobre capital próprio.
www.odontoprev.com.br/ri

Teleconferências (R$mil, exceto dados operacionais) 3T07 3T06 ∆% 9M07 9M06 ∆%


Português Número de Associados 1.895.709 1.419.746 33,5 1.895.709 1.419.746 33,5
09 de novembro de 2007
11h00 (08:00 a.m. US EST) Receita operacional líquida (ROL) 65.995 45.917 43,7 188.215 130.254 44,5
Tel.: (11) 4688-6301 Custo de serviços 29,2
30.477 22.333 36,5 80.207 62.071
Senha: OdontoPrev
Índice de sinistralidade (%)¹ 46,2 48,6 - 2,4 p.p. 42,6 47,7 - 5,1 p.p.
Inglês EBITDA 11.861 9.105 30,3 39.944 28.843 38,5
09 de novembro de 2007
13h00 (10:00 a.m. US EST) Margem - EBITDA (%) 18,0 19,8 - 1,8 p.p . 21,2 22,1 - 0,9 p.p.
Tel.: +1 (888) 700-0802 (EUA) EBITDA ajustado 12.383 11.233 10,2 44.114 33.189 32,9
Tel.: +55 (11) 4688-6301
(Brasil) Margem - EBITDA ajustado (%) 18,8 24,5 - 5,7 p.p. 23,4 25,5 - 2,1 p.p.
Tel.: +1 (786) 924-8430
Lucro líquido do período 11.374 4.112 176,6 34.587 17.241 100,6
(outros países)
Senha: OdontoPrev Lucro líquido do período ajustado ² 12.961 4.659 178,2 40.603 19.252 110,9
¹ O índice de sinistralidade consiste no valor do custo de serviços dividido pela ROL.
² Excluindo-se despesas não-recorrentes líquidas de IRPJ e CSLL referentes à aquisições e oferta pública.

1/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Índice
Índice Página
Mercado de Planos Odontológicos e Desempenho Operacional 3
Desempenho Financeiro 4 a 14
Receita operacional 4e5
Custo de serviços (sinistralidade) 6
Lucro bruto 7
Despesas de comercialização 7
Despesas administrativas 8a9
Resultado financeiro 10
Imposto de renda e contribuição social 10
Lucro líquido do período e lucro líquido do período ajustado 11
EBITDA e EBITDA ajustado 12 e 13
Sazonalidade 14
Fluxo de caixa 15 a 17
Investimentos 18
Governança Corporativa 19
OdontoPrev na BOVESPA 20
Estratégia e Diferenciais Competitivos 21
Eventos Recentes 22
Teleconferências 23
Anexos 24 a 33
Anexo I: Reconciliação legislação societária e ANS 25
Anexo II: Balanço Patrimonial Consolidado - trimestral 2007 26
Anexo III: Balanço Patrimonial Consolidado - trimestral 2006 27
Anexo IV: Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo trimestral 28
Anexo V: Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo nove meses 29
Anexo VI: Fluxo de caixa - trimestral e nove meses 2007 30
Anexo VII: Fluxo de caixa - trimestral e nove meses 2006 31
Anexo VIII: Índice de Sinistralidade líquida, EBITDA e EBITDA ajustado, desde 2005 32
Anexo IX: Associados OdontoPrev e ANS 33
Glossário 34 a 35

Este material foi preparado pela Odontoprev S.A. ("Companhia") e pode incluir declarações que representem expectativas sobre
eventos ou resultados futuros. Essas declarações estão baseadas em certas suposições e análises feitas pela Companhia de acordo
com a sua experiência e o ambiente econômico e nas condições de mercado e nos eventos futuros esperados, muitos dos quais estão
fora do controle da Companhia. Fatores importantes que podem levar a diferenças significativas entre os resultados reais e as
declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros incluem a estratégia de negócios da Companhia, as condições
econômicas brasileira e internacional, tecnologia, estratégia financeira, desenvolvimentos do setor, condições do mercado financeiro,
incerteza a respeito dos resultados de suas operações futuras, planos, objetivos, expectativas, intenções e outros fatores.
Em razão desses fatores, os resultados reais da Companhia podem diferir significativamente daqueles indicados ou implícitos nas
declarações de expectativas sobre eventos ou resultados futuros.
As informações e opiniões aqui contidas não devem ser entendidas como recomendação a potenciais investidores e nenhuma
decisão de investimento deve se basear na veracidade, atualidade ou completude dessas informações ou opiniões.

2/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Mercado de Planos Odontológicos e Desempenho Operacional
De acordo com os últimos dados divulgados pela ANS, o setor de Planos Médicos passou de 36,2 milhões de
Associados em junho de 2006 para 38,0 milhões de Associados em junho de 2007, um crescimento de 5,1%. No
mesmo período, o setor de Planos Odontológicos apresentou um crescimento de 19,1%, passando de 6,9
milhões de Associados para 8,3 milhões de Associados.

Ao final do 3T07, a OdontoPrev atingiu a marca de 1.895.709 Associados, 33,5% de crescimento em relação a
setembro de 2006, ou 475.963 novos Associados. Destes, 141.701 foram provenientes da DentalCorp.

Associados (mil)

+33,5%

= 22,3 % 1.896
01-06
CAGR
+31,8% 1.492 1.420
1.132
943
763
613
544

2001 2002 2003 2004 2005 2006 9M06 9M07

Em 08 de outubro de 2007, após a aprovação pela ANS, foi concluída a aquisição das quotas da Rede Dental. Em
30 de setembro de 2007, a Rede Dental possuía 109.596 Associados, crescimento de 11,5% em relação aos
98.253 Associados de 30 de junho de 2007.

Associados (mil): evolução trimestral em 2007

+2 1.896
+72
+135
1.822
+191 1.738 - 51

+55
1.492

2006 Crescimento DentalCorp 1T07 Crescimento DentalCorp 2T07 Crescimento DentalCorp 3T07
1T07 2T07 3T07

O término dos acordos de parceria mantidos com a Medial Saúde S.A e com a Amesp Sistema de Saúde Ltda
trará redução de cerca de 90.000 Associados no crescimento do 4T07.

3/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Desempenho Financeiro
A OdontoPrev exerce uma atividade regulada, onde há a obrigatoriedade de apresentação das demonstrações financeiras com base no plano
de contas da ANS, que inclui rubricas contábeis com denominações diferentes daquelas comumente empregadas por empresas de outros
setores. Desta forma, para facilitar a leitura pelo Investidor que não esteja habituado à terminologia da ANS, demonstramos a reconciliação
entre as denominações utilizadas pela lei das sociedades por ações e aquelas adotadas pelo plano de contas da ANS no Anexo I.
Os dados consolidados da OdontoPrev neste 3T07 e 9M07 incluem os meses de fevereiro a setembro da DentalCorp.

Receita operacional
A receita operacional bruta consolidada aumentou 44,0%, passando de R$47.633 mil no 3T06 para R$68.569 mil
no 3T07. Na comparação dos nove meses, o crescimento foi semelhante, de 44,7%, passando de R$134.828 mil
para R$195.033 mil no 9M07.

LEGISLAÇÃO 3T07 3T06 9M07 9M06


SOCIETÁRIA ANS R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
(+) Contraprestações
líquidas 68.992 104,5 50.458 109,9 36,7 196.186 104,2 138.076 106,0 42,1
(-) Variação das
provisões técnicas 423 0,6 2.825 6,2 (85,0) 1.153 0,6 3.248 2,5 (64,5)

Contraprestações
Receita operacional efetivas de operações
bruta de assistência à saúde 68.569 103,9 47.633 103,7 44,0 195.033 103,6 134.828 103,5 44,7
(-) Impostos diretos de
(-) Impostos sobre operações
vendas odontológicas 2.574 3,9 1.716 3,7 50,0 6.818 3,6 4.574 3,5 49,1
Receita operacional
líquida 65.995 100,0 45.917 100,0 43,7 188.215 100,0 130.254 100,0 44,5

Vale lembrar que, no 3T06, a receita operacional bruta foi impactada por: (i) ajuste do percentual de constituição
da provisão de risco de 80% para 100%, em julho de 2006, conforme definição da Resolução RDC 77 da ANS,
que implicou em R$1.647 mil de acréscimo na provisão de risco; (ii) desconto não-recorrente de R$900 mil.
Excluindo-se estes efeitos, a receita operacional bruta teria sido de R$50.180 mil no 3T06 e de R$137.375 mil no
9M06.

Receita Operacional 3T06 (ajustada) e 3T07, 9M06 (ajustada) e 9M07


LEGISLAÇÃO 3T07 3T06 9M07 9M06
R$mil % ROL R$mil % ROL
SOCIETÁRIA ANS R$mil % ROL ajustado ajustada ∆% R$mil % ROL ajustado ajustada ∆%
(+) Contraprestações
líquidas 68.992 104,5 51.358 106,0 34,3 196.186 104,2 138.976 104,6 41,2
(-) Variação das
provisões técnicas 423 0,6 1.178 2,4 (64,1) 1.153 0,6 1.601 1,2 (28,0)

Contraprestações
Receita operacional efetivas de operações
bruta de assistência à saúde 68.569 103,9 50.180 103,5 36,6 195.033 103,6 137.375 103,4 42,0
(-) Impostos diretos de
(-) Impostos sobre operações
vendas odontológicas 2.574 3,9 1.716 3,5 50,0 6.818 3,6 4.574 3,4 49,1
Receita operacional
líquida 65.995 100,0 48.464 100,0 36,2 188.215 100,0 132.801 100,0 41,7

Para facilitar a análise do desempenho da OdontoPrev neste período, voltaremos a fazer referência aos ajustes na receita
operacional do 3T06 e 9M06 ao longo deste release.

4/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Na comparação trimestral, os impostos sobre vendas aumentaram 50,0%, passando a R$2.574 mil no 3T07, em
função de: (i) aumento ocorrido na receita operacional bruta; (ii) maior base de cálculo de PIS e COFINS, pelo
crescimento de 39,0% dos eventos indenizáveis líquidos; (iii) mudança de base de cálculo e majoração da
alíquota de ISS do município sede da Companhia, a partir de setembro de 2007.

No período de nove meses, os impostos sobre vendas aumentaram 49,1%, passando de R$4.574 mil para
R$6.818 mil no 9M07.

A receita operacional líquida aumentou 43,7%, passando de R$45.917 mil no 3T06 para R$65.995 mil no 3T07.
Nos nove meses, aumentou 44,5% passando de R$130.254 mil para R$188.215 mil no 9M07. Excluindo-se os
efeitos mencionados anteriormente, a receita operacional líquida teria sido de R$48.464 mil no 3T06 e de
R$132.801 mil no 9M06, implicando na variação de 36,2% e 41,7% em relação aos respectivos períodos em 2007.

Receita Líquida (R$ milhões)

+ 45 %
26 % 188
6= 182
R 01 -0
CAG
143
130
116

90 + 44 %
75
66
57
46

2001 2002 2003 2004 2005 2006 9M06 9M07 3T06 3T07

5/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Custo de serviços (sinistralidade)
O índice de sinistralidade cedeu de 48,6% no 3T06 para 46,2% no 3T07. No período de nove meses, passou de
47,7% para 42,6% no 9M07.
3T07 3T06 9M07 9M06
R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%

(-) Custo de serviços 30.477 46,2 22.333 48,6 36,5 80.207 42,6 62.071 47,7 29,2
Eventos indenizáveis líquidos 24.618 37,3 17.712 38,6 39,0 64.295 34,2 49.405 37,9 30,1
Encargos sociais sobre serviços 2.406 3,6 1.801 3,9 33,6 6.169 3,3 4.945 3,8 24,8
Materiais odontológicos 1.068 1,6 1.169 2,5 (8,6) 2.848 1,5 2.798 2,1 1,8
Outras despesas operacionais 2.385 3,6 1.651 3,6 44,5 6.895 3,7 4.923 3,8 40,1

Recalculando-se a sinistralidade de acordo com a receita operacional líquida ajustada no 3T06, conforme
mencionamos anteriormente, o índice de sinistralidade no 3T07 teria sido estável em relação aos 46,1% registrados no
3T06. Excluindo-se o custo de serviços provenientes da DentalCorp, o índice de sinistralidade teria sido de 45,7% no
3T07 e de 42,3% no 9M07, inferior, portanto, ao 3T06.

• Eventos indenizáveis: aumentou 39,0% no 3T07 e 30,1% no 9M07. Vale ressaltar que, no 3T07, a
DentalCorp teve gastos extraordinários de R$260 mil, em função de ajuste do processo de
pagamentos ao sistema OdontoPrev.
• Encargos sociais sobre serviços: cresceu 33,6% passando a R$2.406 mil no 3T07, em razão,
principalmente, do aumento do número de clínicas credenciadas (pessoa jurídica) onde não há
incidência de recolhimento de INSS sobre os eventos de tratamento odontológico. Nos nove meses,
cresceu 24,8% passando a R$6.169 mil.
• Materiais odontológicos: apresentou redução pontual de 8,6%, passando de R$1.169 mil no 3T06
para R$1.068 mil no 3T07, devido a implementação de novo processo de distribuição de material
odontológico à Rede Credenciada a partir do 2T07. Na comparação entre 9M06 e 9M07, houve
acréscimo de apenas 1,8%, passando de R$2.798 mil para R$2.848 mil.
• Outras despesas operacionais: aumentou 44,5% passando de R$1.651 mil a R$2.385 mil, um
acréscimo de R$734mil, principalmente em função dos custos dos consultórios próprios e in company
(nas instalações de clientes). No 3T07 passamos a contar com mais 11 consultórios, dos quais 9
originários da DentalCorp. Nos nove meses o aumento foi de 40,1% passando de R$4.923 mil para
R$6.895 mil no 9M07.
Sinistralidade (R$ milhões) e Índice de Sinistralidade (%)

66% 64%
60%

53% 52%
47% 48% 49%
46%
43%

85
80
74
62 62
55
48
37
30
22

2001 2002 2003 2004 2005 2006 9M06 9M07 3T06 3T07

6/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Lucro bruto

Em conseqüência do acréscimo de 44,0% na receita operacional bruta e variação de 36,5% nos custos dos
serviços, o lucro bruto cresceu 50,6% no 3T07, atingindo R$35.518 mil.

No 9M07, o lucro bruto cresceu 58,4% passando a R$108.008 mil.

Despesas de comercialização

As despesas de comercialização aumentaram 48,1%, passando de R$5.400 mil no 3T06 para R$7.998 mil no
3T07.

Na comparação dos nove meses, as despesas de comercialização aumentaram 98,7%, passando de R$11.201
mil para R$22.260 mil no 9M07.Tal crescimento foi decorrente dos maiores custos de comercialização inerentes
às parcerias com grupos de afinidade, as quais, no primeiro semestre de 2006, ainda estavam em estágio inicial
de desenvolvimento.

Excluindo-se os custos de comercialização com grupos de afinidade, a variação das despesas de comercialização
no 3T07 teria sido de 16,9%, e no 9M07 de 22,2%.

No 3T07, as despesas de comercialização significaram uma redução de 1,0% da margem EBITDA ajustado,
conforme destacamos na página 14.

7/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Despesas administrativas
As despesas administrativas consolidadas totalizaram R$17.717mil no 3T07, 26,8% da receita operacional líquida,
o mesmo patamar observado no 3T06. No 9M07, as despesas administrativas cresceram 59,2% passando a
27,4% da receita operacional líquida.

3T07 3T06 9M07 9M06


R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
Receita operacional líquida (ROL) 65.995 100,0 45.917 100,0 43,7 188.215 100,0 130.254 100,0 44,5
Despesas administrativas 17.717 26,8 12.292 26,8 44,1 51.651 27,4 32.437 24,9 59,2
Pessoal e serviços de terceiros 7.745 11,7 5.171 11,3 49,8 21.299 11,3 14.295 11,0 49,0
Despesas com oferta pública 43 0,1 829 1,8 (94,8) 3.124 1,7 3.047 2,3 2,5
Despesas com aquisições 479 0,7 - - - 969 0,5 - - -
Localização e funcionamento 2.914 4,4 2.446 5,3 19,1 8.173 4,3 5.823 4,5 40,4
Taxas e tributos 313 0,5 218 0,5 43,5 835 0,4 579 0,4 44,2
Publicidade e propaganda 1.980 3,0 1.422 3,1 39,2 4.661 2,5 2.934 2,3 58,9
CPMF 318 0,5 227 0,5 40,1 1.040 0,6 654 0,5 59,0
PIS/COFINS s/ receitas financeiras 130 0,2 35 0,1 271,4 360 0,2 144 0,1 150,0
Viagens, impressos e assinaturas 1.427 2,2 1.172 2,6 21,8 4.304 2,3 2.677 2,1 60,8
Depreciação e amortização 1.637 2,5 331 0,7 394,6 4.479 2,4 927 0,7 383,2
Outras 731 1,1 441 1,0 65,8 2.407 1,3 1.357 1,0 77,4

Utilizando-se a ROL ajustada no 3T06, as despesas administrativas teriam passado de 25,4% no 3T06 para
26,8% no 3T07 e, de 24,4% no 9M06 para 27,4% no 9M07.

• Pessoal e serviços de terceiros: aumentou 49,8%, passando de R$5.171 mil no 3T06 para R$7.745
mil no 3T07, um acréscimo de R$2.574 mil, dos quais R$1.192 mil provenientes da DentalCorp,
(R$393 mil relativos a demissões, dentro do processo de captura de sinergias). Nos nove meses o
aumento foi de 49,0%, passando de R$14.295 mil para R$21.299 mil, um acréscimo de R$7.004 mil,
dos quais R$3.126 mil provenientes da DentalCorp.

• Despesas com oferta pública: não-recorrentes, adicionadas ao cálculo do EBITDA ajustado.

• Despesas com aquisições: gastos com auditoria e due dilligence, reconfecção de manuais de rede
da DentalCorp. O montante desta linha é considerado não-recorrente, adicionado ao cálculo do
EBITDA ajustado.

• Localização e funcionamento: no comparativo trimestral apresentou uma variação de apenas


19,1%, um acréscimo de R$468 mil, dos quais R$276 mil provenientes da DentalCorp (R$52 mil
referentes rescisão de contratos de locação). No período de nove meses a variação foi de 40,4%, um
acréscimo de R$2.350 mil sendo R$763 mil provenientes da DentalCorp. Vale ressaltar que no 3T06 e
9M06, o montante de R$399 mil relativos a ampliação e modernização das instalações foi
considerado não-recorrente e adicionado ao EBITDA ajustado. No 9M07, o total não-recorrente foi de
R$77 mil.

• Publicidade e propaganda: aumentou 39,2%, passando de R$1.422 mil no 3T06 para R$1.980 mil
no 3T07, um de acréscimo de R$ 558 mil. No período de nove meses, passou de R$2.934 mil para
R$4.661 mil, um aumento de 58,9%, devido ao maior volume de investimentos em marketing.

8/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
• Viagens, impressos e assinaturas: no trimestre, a variação foi de apenas 21,8% passando de
R$1.172 mil no 3T06 para R$1.427 mil no 3T07. No período de nove meses aumentou 60,8%
passando de R$2.677 mil no 9M06 para R$4.304 mil no 9M07, uma variação de R$1.627 mil, devida,
principalmente, ao maior volume de compra de materiais gráficos, destinados à implementação do
benefício odontológico em novos clientes.

• Depreciação e amortização: o aumento nesta conta foi devido a apropriação de parcelas mensais
de R$414 mil relativas a amortização do ágio na aquisição da DentalCorp, que totalizaram R$1.242
mil no 3T07 e R$3.314 mil no 9M07.

Despesas administrativas, base de cálculo do EBITDA ajustado,


3T06 (%ROL ajustada) e 3T07, 9M06 (%ROL ajustada) e 9M07
3T07 3T06 9M07 9M06
% ROL % ROL
R$mil % ROL R$mil ajustada ∆% R$mil % ROL R$mil ajustada ∆%
Despesas administrativas total 17.717 26,8 12.292 25,4 44,1 51.651 27,4 32.437 24,4 59,2
(-) Não recorrentes 522 0,8 1.228 2,5 (57,5) 4.170 2,2 3.446 2,6 (78,2)
Despesas com oferta pública 43 0,1 829 1,7 (94,8) 3.124 1,7 3.047 2,3 2,5
Despesas com aquisições 479 0,7 - - - 969 0,5 - - -
Localização e funcionamento - - 399 0,8 (100,0) 77 0,0 399 0,3 (80,7)
(-) Não incluídas na base de cálculo
do EBITDA ajustado 2.085 3,2 593 1,2 251,6 5.879 3,1 1.725 1,3 240,8
CPMF 318 0,5 227 0,5 40,1 1.040 0,6 654 0,5 59,0
PIS/COFINS s/ receitas financeiras 130 0,2 35 0,1 271,4 360 0,2 144 0,1 150,0
Depreciação e amortização 1.637 2,5 331 0,7 394,6 4.479 2,4 927 0,7 383,2
Despesas administrativas, base de
cálculo do EBITDA ajustado 15.110 22,9 10.471 21,6 44,3 41.602 22,1 27.266 20,5 52,6

No 3T07, as despesas administrativas significaram uma redução de 1,3% da margem EBITDA ajustado (página
14). A DentalCorp apresentou gastos extraordinários de R$393 mil em demissões e R$52 mil em rescisão de
contratos de locação, não adicionados ao EBITDA ajustado. As despesas administrativas teriam sido de 22,2% da
ROL, no 3T07, caso tais gastos extraordinários tivessem sido adicionados.

9/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Resultado financeiro
As receitas financeiras aumentaram 608,1%, em virtude dos rendimentos obtidos com aplicação dos recursos da
oferta pública primária e geração interna de caixa.

Na comparação entre os períodos de nove meses, a variação foi de 419,5%:

3T07 3T06 9M07 9M06


R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
(+) Resultado financeiro líquido 373 0,6 728 1,6 (48,8) 12.774 6,8 3.331 2,6 283,5
(+) Receitas financeiras 7.060 10,7 997 2,2 608,1 20.125 10,7 3.874 3,0 419,5
(-) Despesas financeiras 6.687 10,1 269 0,6 2.385,9 7.351 3,9 543 0,4 1.253,8

A variação apurada junto a despesas financeiras foi devida à contabilização de R$6.277 mil relativos a juros sobre
capital próprio pagos no período. A IN SRF nº 11/1996 estabelece que, para efeito de dedutibilidade na
determinação do lucro real, observado o regime de competência, os juros pagos ou creditados deverão ser
registrados em contrapartida a débito em conta de despesa financeira.

A Deliberação CVM nº207/1996 determina que as companhias abertas devem contabilizar esses juros
diretamente em conta de lucros acumulados, sem afetar o resultado do exercício. Neste sentido, procedemos a
reversão do juros sobre capital próprio conforme destacado no demonstrativo de resultados, Anexo IV e V.

Imposto de renda e contribuição social

O imposto de renda e a contribuição social foram de R$3.437 mil e R$1.351 mil no 3T07, respectivamente. No
9M07, o imposto de renda foi de R$12.509 mil e a contribuição social de R$4.661 mil.

3T07 3T06 9M07 9M06


IRPJ e CSLL R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
(-) Imposto de renda 3.437 5,2 1.697 3,7 102,5 12.509 6,6 7.313 5,6 71,1
(-) Contribuição social 1.351 2,0 621 1,4 117,6 4.661 2,5 2.662 2,0 75,1

Consolidado
A alíquota efetiva apurada no (R$mil) 3T07 3T06 9M07 9M06
resultado consolidado do Resultado antes dos impostos e
3T07 apresentou queda de participações 10.335 6.635 46.665 27.891
6,4 p.p. em relação ao 3T06. (-) Participações no resultado 450 205 1.185 675
No 9M07 em relação ao (+) Reversão de juros sobre capital próprio ¹ 6.277 - 6.277 -
9M06, a redução foi de 3,5
(=) Base de cálculo IRPJ / CSLL 16.162 6.430 51.757 27.216
p.p.. As variações apuradas
decorrem do aproveitamento Despesa contabilizada
de prejuízos fiscais e base (-) Imposto de renda 3.437 1.697 12.509 7.313
negativa de exercícios ante- (-) Contribuição social 1.351 621 4.661 2.662
riores na controlada Clidec, e
Total da despesa contabilizada 4.788 2.318 17.170 9.975
da aplicação de juros sobre
capital próprio, de R$6.277 Aliquotas efetivas
mil, que resultou em benefício (-) Imposto de renda 21,3% 26,4% 24,2% 26,9%
fiscal de imposto de renda e (-) Contribuição social 8,4% 9,7% 9,0% 9,8%
contribuição social no mon-
Total das alíquotas efetivas 29,7% 36,1% 33,2% 36,7%
tante de R$2.134 mil.
¹Juros sobre capital próprio, registrado em despesa financeira para efeito de dedutibilidade de IRPJ e CSLL
conforme I.N. SRF de 11/1996, revertida para atendimento da Deliberação CVM 207/1996.

10/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Lucro líquido do período e lucro líquido do período ajustado
A OdontoPrev registrou um acréscimo no lucro líquido de 176,6%, passando de R$4.112 mil no 3T06 para
R$11.374 mil no 3T07. Entre os períodos de nove meses, a variação foi de 100,6%, passando de R$17.241 mil no
9M06 para R$34.587 mil no 9M07. Excluindo-se as despesas com a amortização de ágio, aquisições e oferta
pública inicial, líquidas dos impostos incidentes, o lucro líquido seria de R$12.961 mil no 3T07 e R$40.603 mil no
9M07.

3T07 3T06 9M07 9M06


R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
Lucro líquido do período 11.374 17,2 4.112 9,0 176,6 34.587 18,4 17.241 13,2 100,6

Oferta Pública 43 -0,1 829 -1,8 (94,8)


#DIV/0! 3.124 -1,7 3.047 -2,3 2,5

Advogados, auditoria e consultoria 43 0,1 696 1,5 (93,8) 2.645 1,4 2.615 2,0 1,1
Taxa CVM - - 5 0,0 - - - 174 0,1 -
Impressos - - 139 0,3 - 370 0,2 139 0,1 166,2
Publicidade - - (11) (0,0) - 109 0,1 119 0,1 (8,4)
- - - -
Aquisições 479 -0,7 - -- -- 969 -0,5 - -- -

Advogados, auditoria e consultoria 128 0,2 - - - 618 0,3 - - -


Impressos 343 0,5 - - - 343 0,2 - - -
Outras 8 0,0 - - - 8 0,0 - - -
Amortização do ágio - aquisição DentalCorp 1.242 -1,9 - -- -
#DIV/0! 3.314 -1,8 - -- -

(-) IRPJ e CSLL (177) (0,3)


- (282) (0,6)
- (37,2)
#DIV/0! (1.391) (0,7)
- (1.036) (0,8)
- 34,3

Imposto de renda - 25% (130) (0,2) (207) (0,5) (37,3) (1.023) (0,5) (762) (0,6) 34,3
Contribuição social - 9% (47) (0,1)
- (75) (0,2)
- (37,3)
#DIV/0! (368) (0,2)
- (274) (0,2)
- 34,3

Lucro líquido do período ajustado 12.961 19,6 4.659 10,1 178,2 40.603 21,6 19.252 14,8 110,9

Lucro Líquido (R$ milhões)

+ 111 %
41

27
0%
=7
-06
R 01
G 19
CA 18

+ 178 %
12 13

6
5
2
1

2001 2002 2003 2004 2005 20061 9M06¹ 9M07¹ 3T06¹ 3T07¹

Notas: 1 Ajustado às despesas com amortização de ágio, aquisições e Oferta Pública, líquidos de impostos.

11/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
EBITDA e EBITDA ajustado
O EBITDA ajustado aumentou 10,2%, passando de R$11.233 mil no 3T06 para R$12.383 mil no 3T07. Nos
períodos de nove meses a variação foi de 32,9%, passando de R$33.189 mil no 9M06 para R$44.114 mil no
9M07.

3T07 3T06 9M07 9M06


R$mil % ROL R$mil % ROL ∆% R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%
Lucro líquido do período 11.374 17,2 4.112 9,0 176,6 34.587 18,4 17.241 13,2 100,6
(+) Imposto de renda 3.437 5,2 1.697 3,7 102,5 12.509 6,6 7.313 5,6 71,1
(+) Contribuição social 1.351 2,0 621 1,4 117,6 4.661 2,5 2.662 2,0 75,1
(-) Resultado não-operacional 159 0,2 15 0,0 960,0 (206) (0,1) 15 0,0 (1.473,3)
(-) Resultado financeiro líquido¹ 373 0,6 728 1,6 (48,8) 12.774 6,8 3.331 2,6 283,5
²
(-) Reversão juros sobre capital próprio 6.277 9,5 - - - 6.277 3,3 - - -
(+) CPMF 318 0,5 227 0,5 40,1 1.040 0,6 654 0,5 59,0
(+) PIS/COFINS s/ receitas financeiras 130 0,2 35 0,1 271,4 360 0,2 144 0,1 150,0
(+) Variação das provisões técnicas 423 0,6 2.825 6,2 (85,0) 1.153 0,6 3.248 2,5 (64,5)
(+) Depreciação e amortização 1.637 2,5 331 0,7 394,6 4.479 2,4 927 0,7 383,2

EBITDA 11.861 18,0 9.105 19,8 30,3 39.944 21,2 28.843 22,1 38,5

(+) Despesas não recorrentes 522 0,8 2.128 4,6 (75,5) 4.170 2,2 4.346 3,3 (4,0)
- Oferta pública 43 0,1 829 1,8 (94,8) 3.124 1,7 3.047 2,3 2,5
- Desconto concedido - - 900 2,0 - - 900 0,7 -
- Novas instalações - - 399 0,9 - 77 0,0 399 0,3 -
- Aquisições 479 0,7 - - - 969 0,5 - - -

EBITDA ajustado 12.383 -


18,8 11.233
- 10,2 24,5 -
44.114 23,4 33.189 25,5
- 32,9
¹Inclui juros sobre capital próprio, registrado em despesa financeira, para efeito de dedutibilidade de IRPJ e CSLL conforme I.N. SRF de 11/1996.
² Reversão de juros sobre capital próprio para atendimento da Deliberação CVM 207/1996.

EBITDA ajustado (R$ milhões) 1

25% 25% 24%


23%
21%
20% 19%

13%
+ 33%
= 58 % 46 44
8%
0 1 - 06
GR
CA 31 33
4% + 10%
23

12 11 12
5 3

2001 ² 2002 ² 2003 2004 2005 2006 9M06 9M07 3T06 3T07
EBITDA ajustado Margem EBITDA ajustado (%)
Notas: 1 Não considera despesas não recorrentes relacionadas a honorários de serviços profissionais relativos a aquisições passadas; custos relacionados à aquis ição e absorção
de empresas adquiridas; provisões para perdas potenciais em aplicações de incentivos fiscais; e custos relacionados à oferta pública inicial de ações.
2 Não ajustado

12/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
COMPOSIÇÃO 3T07 3T06 ∆ 3T07 x 3T06
% ROL ∆% ROL
EBITDA ajustado R$mil % ROL R$mil % ROL ajustada ∆% ROL ajustada ∆ R$ ∆%

(+) Contraprestações líquidas 68.992 104,5 51.358 111,8 106,0 (7,3) (1,4) 17.634 34,3
(-) Impostos diretos de operações
odontológicas 2.574 3,9 1.716 3,7 3,5 0,2 0,4 858 50,0
(-) Custo de serviços (sinistralidade) 30.477 46,2 22.333 48,6 46,1 (2,5) 0,1 8.144 36,5
(-) Despesas de comercialização 7.998 12,1 5.400 11,8 11,1 0,4 1,0 2.598 48,1
(-) Despesas administrativas 15.110 22,9 10.471 22,8 21,6 0,1 1,3 4.639 44,3
(-) Participações no resultado 450 0,7
- 205 -0,4 0,4
- 0,2
- 0,3
- 245
- 119,5
#DIV/0!
EBITDA ajustado 12.383 18,8 11.233 24,5 23,2 (5,7) (4,4) 1.150 10,2
A ROL atingiu R$65.995 mil no 3T07 e R$45.917 mil no 3T06 quando, ajustada, teria sido de R$48.464 mil (página 4).

A margem EBITDA ajustado trimestral, calculada com base na ROL, cedeu de 24,5% no 3T06 para 18,8% no 3T07:

Margem EBITDA Ajustado (% ROL): 3T06 e 3T07

24,5

-1,3
-1,4
-0,4

-1,0
18,8
-1,3
-0,3

3T06 Ajuste margem Contraprestações Impostos Despesas de Despesas Participação 3T07


3T06 líquidas diretos comercialização administrativas nos resultados

• Ajuste Margem 3T06: a ROL ajustada no 3T06 implicaria em uma margem EBITDA ajustado de 23,2%,
menor em 1,3% em relação à margem apurada de 24,5%.
• Contraprestações líquidas: menor em 1,4%, em função da variação negativa em 1,8% das provisões
técnicas e positiva em 0,4% de impostos diretos de operações odontológicas. A rubrica de contraprestações
líquidas é impactada pelas variações nas linhas que compõem a ROL (vide página 4).
• Impostos diretos de operações odontológicas: pela mudança na base de cálculo e majoração da
alíquota de ISS a partir de setembro de 2007, significou queda de 0,4% na margem .
• Despesas de comercialização: proporcionaram uma redução de 1,0% em margem, pelos maiores custos
de comercialização inerentes às parcerias com grupos de afinidade (vide página 7).
• Despesas administrativas: representaram 1,3% a menos na margem (vide página 9), pelos efeitos
provenientes da DentalCorp e investimentos em marketing.
• Participações no resultado: a boa performance da OdontoPrev gerou acréscimo de R$245 mil nesta linha,
reduzindo a margem em 0,3%.

13/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Sazonalidade
O índice de sinistralidade da OdontoPrev historicamente apresenta sazonalidade. Abaixo apresentamos a
evolução trimestral, desde 2005, da margem EBITDA ajustado e do índice de sinistralidade.
Evolução de Despesas de Comercialização e Margem EBITDA Ajustado
Índice de sinistralidade líquida e EBITDA
ajustado 1T 2T 3T 4T Total

2007 (R$mil)
Custo de serviços 21.352 28.378 30.477 - 80.207
Índice de sinistralidade líquida % 40,9 50,9 52,5 - 48,3
EBITDA ajustado 18.128 13.603 12.383 - 44.114
Margem EBITDA ajustado % 31,0 21,3 18,8 - 23,4
Margem EBITDA ajustado líquida % 34,7 24,4 21,4 - 26,6

2006 (R$mil)
Custo de serviços 18.519 21.219 22.333 23.176 85.247
Índice de sinistralidade líquida % 48,1 53,0 55,1 50,4 51,7
EBITDA ajustado 12.267 9.689 11.233 12.541 45.730
Margem EBITDA ajustado % 29,7 22,5 24,5 24,1 25,1
Margem EBITDA ajustado líquida % 31,8 24,2 27,7 27,3 27,7
-
2005 (R$mil)
Custo de serviços 15.413 18.363 19.211 21.222 74.209
Índice de sinistralidade líquida % 48,8 55,6 57,7 57,3 55,0
EBITDA ajustado 9.496 7.214 6.741 7.049 30.500
Margem EBITDA ajustado % 28,6 20,8 19,0 17,8 21,3
Margem EBITDA ajustado líquida % 30,1 21,9 20,2 19,0 22,6
Índice de sinistralidade líquida equivale ao custo de serviços dividido pela ROL - despesas de comercialização
Margem EBITDA ajustado líquida equivale ao EBITDA ajustado dividido pela ROL - despesas de comercialização

Evolução Índice de Sinistralidade líquida de


Despesas de Comercialização e margem EBITDA ajustado
Evolução Índice de Sinistralidade Líquida de Despesas de Comercialização e Margem EBITDA Ajustado
57,7 57,3
55,6
53,0 55,1
50,4 50,9 52,5
48,8 48,1

40,9

31,8 34,7
30,1
27,7 27,3
24,2 24,4
21,9 21,4
20,2 19,0
29,7 31,0
28,6
24,5 24,1
22,5 21,3
20,8 19,0 17,8 18,8

1T05 2T05 3T05 4T05 1T06 2T06 3T06 4T06 1T07 2T07 3T07

Índice de sinistralidade líquida - (%) Margem EBITDA ajustado – líquida (%) Margem EBITDA ajustado - (%)

14/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Fluxo de Caixa
As principais fontes de recursos da OdontoPrev são os fundos gerados pelas operações e as receitas de aplicações financeiras,
potencializadas pela emissão primária de dezembro de 2006.
O fluxo de caixa gerado pelas atividades operacionais totalizou R$14.179 mil no 3T07, comparado a R$5.181 mil no 3T06, alta
de 173,7%. No 9M07, a geração operacional de caixa atingiu R$46.891 mil, comparada a R$21.109 mil no 9M06, crescimento
de 122,1%.
Fluxo de Caixa Operacional (R$ milhões)

+ 122,1%
46,9

+ 173,7% 21,1
+88,7 % 17,5 + 128,4%
15,2 14,2
19,1

9,2
6,7

5,2 6,7
6,4
6,0
1,4 3,3
1,2 0,7
1T06 1T07 2T06 2T07 3T06 3T07 9M06 9M07

Fluxo de caixa operacional Resultado financeiro líquido

Excluindo-se o resultado financeiro líquido, o crescimento do fluxo de caixa operacional, no 3T07 atingiu
66,7%, a maior variação trimestral em 2007.

Fluxo de Caixa Operacional excluindo Resultado Financeiro Líquido (R$ milhões)

+ 56,2%
27,8

17,8

+47,4 % 11,5
+ 60,0%
8,8 + 66,7%
7,8
7,5
5,5
4,5

1T06 1T07 2T06 2T07 3T06 3T07 9M06 9M07

Vale notar que R$1 millhão referentes a aquisição da Rede Dental foi pago como adiantamento no 3T07,
minizando o fluxo operacional do período.

15/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Fluxo de Caixa – em 2007, por trimestre (R$ milhões)

+17,5
+14,2
+15,2 207,6
204,7 204,3 - 0,6
197,7 - 0,4 -10,3
- 8,2
-24,1
-0,4

Caixa Caixa Aquisição Capex Caixa Caixa Capex Dividendos Caixa Caixa Capex Dividendos Caixa
final gerado DentalCorp final gerado final gerado e JCP final
2006 1T07 1T07 2T07 2T07 3T07 3T07

A OdontoPrev encerrou o 9M07 com um saldo de caixa líquido de R$207,6 milhões, após o pagamento de
R$24,1 milhões em aquisições e R$18,5 milhões em dividendos e juros sobre o capital próprio.

Fluxo de Caixa – 9M07 (R$ milhões)

+ 46,9

207,6
204,7 - 24,1 - 1,4
- 18,5

Caixa inicial Caixa gerado Aquisições Capex Dividendos e Caixa final


2007 9M07 JCP 9M07

16/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

FLUXO DE CAIXA - CONSOLIDADO 3T07 3T06 9M07 9M06


FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

Lucro líquido do período 11.374 4.112- 34.587- 17.241

Ajustes para reconciliar o lucro líquido ao caixa gerado pelas atividades


operacionas:

Depreciações e amortizações 395 331 1.165 927


Amortização do ágio 1.242 - 3.314 -
Variações monetárias liquidas 1 (16) (45) (68)
Aumento das provisões técnicas 423 2.825 1.153 3.248
Provisão para contingências 140 (11) 355 -
Resultado na alienação de imobilizado 105 - 470 -
Provisão para devedores duvidosos 326 38 1.157 91

14.006 7.279 42.156 21.439


Redução (aumento) nos ativos operacionais

Redução (aumento) em contraprestação pecuniária a receber (552) (1.247) (2.081) (1.102)


Redução (aumento) em créditos diversos e outros (5.456) (4.388) (2.515) (1.471)
Redução (aumento) em depósitos judiciais (34) (38) (138) (26)
Redução (aumento) em outros créditos realizável a longo prazo - 12- - 894-

Aumento (redução) nos passivos operacionais

Aumento (redução) em eventos a liquidar 1.258 (95) 2.902 885


Aumento (redução) em débitos de operações de assistencia à saúde 50 116 (67) 101
Aumento (redução) em obrigações com pessoal e sociais 792 434 1.532 585
Aumento (redução) em impostos, taxas e contribuições 4.954 2.411 6.299 (1.057)
Aumento (redução) em fornecedores e outras contas a pagar 255 647 (254) 789
Aumento (redução) em outros passivos circulante (1.094) 56 (972) 78
Aumento (redução) em outras exigíbilidades a longo prazo - (6) 29 (6)

CAIXA GERADO PELAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 14.179 5.181 46.891 21.109

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS

Aquisição de investimentos (líquido do caixa adquirido no consolidado) - - (24.103) -


Aquisição de imobilizado (628) (2.027) (1.427) (3.545)
Aquisição de diferido (8)
- (52)
- (63) (60)

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS (636) (2.079) (25.593) (3.605)

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS

Dividendos (4.040) - (12.200) (10.040)


Juros sobre capital próprio pagos (6.277) - (6.277) -
Resgate de ações - (2) - (993)

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS (10.317) (2) (18.477) (11.033)

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS 3.226 3.100 2.821 6.471

CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Saldo inicial 204.333 24.415 204.738 21.044


Saldo final 207.559- 27.515- 207.559 27.515-

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS 3.226 3.100 2.821 6.471

17/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Investimentos

A tabela abaixo apresenta nossos investimentos nos períodos indicados.

Consolidado
(R$mil) 3T07 3T06 9M07 9M06
Desenvolvimento de sistemas e aquisição de softwares 76 218 356 392
Equipamentos odontológicos e móveis e utensílios 72 245 276 707
Benfeitorias em instalações 9 1.259 96 1.879
Equipamentos de computação - 310 94 448
Veículos ¹ 471 - 608 71
Outros 8 48 60 108
Total dos investimentos 636 2.080 1.490 3.605
¹ O valor de R$218 mil foi recebido na alienação dos antigos veículos.

EBITDA Ajustado e CAPEX (R$ milhões)

46
44

33
31

23

12 11 12
4,6 3,6
3 1,5 1,5 2,1
0,4 0,8 1,4 0,6

2002¹ 2003 2004 2005 2006 9M06 9M07 3T06 3T07

EBITDA Ajustado CAPEX

1 Não ajustado

18/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Governança Corporativa

84% de Free Float

Capital Total
80% de Conselheiros Independentes

Administração Plano de Opção de Compra de Ações


16%
implementado

1 ação = 1 voto
Mercado
84%
Tag-along de 100%

Total 25.500.230 Ações Ordinárias


Conselho de 5 membros IPO no

Em 09 de agosto de 2007, o Conselho de Administração aprovou a distribuição de R$10.317 mil em remuneração


aos acionistas, sendo R$6.277 mil sob a forma de juros sobre capital próprio e R$4.040 mil como dividendos
intercalares, os quais foram pagos em 05 de setembro de 2007.

A OdontoPrev é empresa fundadora da Community of Global Growth Companies, adesão feita durante o Fórum
Econômico do Banco Mundial na China, no mês de setembro.

No 3T07 o Comitê de Sustentabilidade da OdontoPrev respondeu ao questionário do Índice de Sustentabilidade


Empresarial da Bolsa de Valores de São Paulo.

19/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
OdontoPrev na BOVESPA
4T07 3T07 2T07 1T07 4T06
Cotação de fechamento (R$/ação) 55,00 57,00 54,00 41,00 34,20
Rentabilidade no trimestre (%)¹ (3,5) 5,6 31,7 19,9 22,1
Rentabilidade desde IPO (%)² 96,4 103,6 92,9 46,4 22,1
Volume médio diário (R$ mil) 7.296 5.520 8.250 4.655 20.770
Valor de Mercado (R$ milhões) 1.403 1.454 1.377 1.046 872
Ibovespa (pontos) 63.500 60.465 54.392 45.805 44.471
Rentabilidade Ibovespa no período (%) 5,0 11,2 18,7 3,0 6,1
Rentabilidade Ibovespa desde IPO (%)² 51,4 44,2 29,7 9,2 6,1
¹ Refere-se a 07 de novembro no 4T07 e rentabilidade após IPO no 4T06.
² IPO OdontoPrev em 01 de dezembro de 2006.

A ação da OdontoPrev acumula alta de 96,4% até 07 de novembro de 2007, após a abertura de capital em 01 de
dezembro de 2006. Desde o primeiro dia de negociação mais de R$1,7 bilhão já foram transacionados na
BOVESPA sob o código ODPV3.

Em 2007, e até 07 de novembro, a ação subiu 60,8% versus uma variação de 42,8% no Ibovespa.

Em 01 de setembro de 2007, a OdontoPrev passou a integrar a carteira do IBX – 100, primeiro índice de liquidez
de ODPV3.

No 3T07, a Companhia passou a contar com oito relatórios de pesquisa publicados por analistas de investimentos,
sendo sete com recomendação de compra e um neutro.

Em 2007, a liquidez diária de ODPV3 até 07 de novembro foi de R$6.287 mil. Nos últimos trinta dias foi de
R$7.159 mil.

OdontoPrev + 96%

Ibovespa + 51%

Índice de Governança Corporativa + 48%

28/11 6/1 14/2 25/3 3/5 11/6 20/7 28/8 6/10 07/11

20/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Estratégia e Diferenciais Competitivos

Estratégia

A estratégia da OdontoPrev é liderar a consolidação do setor de Planos Odontológicos brasileiro, gerando taxas
de retorno atrativas para os acionistas da Companhia.

• Foco exclusivo em Planos Odontológicos.

• Presença em toda a cadeia de valor, obtendo economias de escala, eficiência de custo, máxima
qualidade e confiabilidade dos serviços prestados, fatores essenciais para a sustentabilidade do
negócio.

• Múltiplos vetores de crescimento e adição de valor:

 Crescimento inercial: pela livre adesão de novos Associados e crescimento dos clientes
corporativos;

 Crescimento orgânico: através de equipe própria de vendas e corretores externos:

 Parcerias comerciais e novos canais de distribuição: abrindo acesso a mercados com baixa
penetração de Planos Odontológicos e elevado potencial de expansão.

 Aquisições seletivas: no setor de Planos Odontológicos, observado o potencial de sinergia e o


nível de adição de valor.

Diferenciais Competitivos

• Qualidade reconhecida por mais de 1.400 clientes corporativos;

• Tecnologia da Informação proprietária e de classe mundial;

• Portfólio de produtos diversificado e de alta qualidade;

• Administração focada, e com histórico de resultados comprovado.

21/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Eventos Recentes

Em 08 de outubro de 2007, após a aprovação pela ANS, foi concluída a aquisição das quotas da Rede Dental. Em
30 de setembro de 2007, a Rede Dental possuía 109.596 Associados, crescimento de 11,5% em relação aos
98.253 Associados de 30 de junho de 2007.

O término dos acordos de parceria mantidos com a Medial Saúde S.A e com a Amesp Sistema de Saúde Ltda
trará redução de cerca de 90.000 Associados no crescimento do 4T07.

No mês de outubro de 2007, a OdontoPrev iniciou projeto de revisão de processos internos denominado “Projeto
Excelência”, com o objetivo de melhorar a produtividade, alinhar a visão estratégica e tornar a Companhia ainda
mais competitiva. Tal iniciativa conta com apoio de consultores externos, e tem duração prevista de até 18 meses.
Os investimentos com o Projeto serão ativados e amortizados a partir da sua conclusão.

22/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Teleconferências

Teleconferências:
Português Inglês
09 de novembro de 2007 – 6ª feira 09 de novembro de 2007 – 6ª feira
11h00 (08:00 a.m. US EST) 13h00 (10:00 a.m. US EST)
Tel.: (11) 4688-6301 Tel.: +1 (888) 700-0802 (EUA)
Senha: OdontoPrev Tel.: +55 (11) 4688-6301 (Brasil)
Tel.: +1 (786) 924-8430 (outros países)
Senha: OdontoPrev

Relações com Investidores: Comunicação Empresarial:


José Roberto Pacheco Cláudio Moraes
Diretor de Controladoria e RI LVBA Comunicação Empresarial
Tel.: (11) 2168-6893 Tel.: (11) 3186-3792
ri@odontoprev.com.br claudio.moraes@lvba.com.br
www.odontoprev.com.br/ri

Sobre a OdontoPrev

A OdontoPrev é a maior Operadora de Planos Odontológicos do País. Cerca de 2 milhões de brasileiros


se beneficiam de nossas diferenciadas soluções de saúde bucal. A Rede Credenciada da OdontoPrev é
altamente especializada e conta com cerca de 13.400 cirurgiões-dentistas, em mais de 1.060 cidades,
em todos os estados do Brasil. A Companhia é listada no Novo Mercado da BOVESPA, e tem mais de
84% de suas ações em circulação.

23/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexos

Anexos 24 a 33
Anexo I: Reconciliação legislação societária e ANS 25
Anexo II: Balanço Patrimonial Consolidado - trimestral 2007 26
Anexo III: Balanço Patrimonial Consolidado - trimestral 2006 27
Anexo IV: Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo trimestral 28
Anexo V: Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo nove meses 29
Anexo VI: Fluxo de caixa - trimestral e nove meses 2007 30
Anexo VII: Fluxo de caixa - trimestral e nove meses 2006 31
Anexo VIII: Índice de Sinistralidade líquida, EBITDA e EBITDA ajustado, desde 2005 32
Anexo IX: Associados OdontoPrev e ANS 33

24/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexo I – Reconciliação legislação societária e ANS

A OdontoPrev exerce uma atividade regulada, onde há a obrigatoriedade de apresentação das demonstrações
financeiras com base no plano de contas da ANS, que inclui rubricas contábeis com denominações diferentes
daquelas comumente empregadas por empresas de outros setores. Desta forma, para facilitar a leitura pelo
Investidor que não esteja habituado à terminologia da ANS, demonstramos a reconciliação entre as denominações
utilizadas pela lei das sociedades por ações e aquelas adotadas pelo plano de contas da ANS.

LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA ANS

(+) Contraprestações líquidas

(-) Variação das provisões técnicas


Contraprestações efetivas de operações de
Receita operacional bruta assistência à saúde

(-) Impostos sobre vendas (-) Impostos diretos de operações odontológicas

Receita operacional líquida

(-) Custo de serviços (-) Custo de serviços

Eventos indenizáveis líquidos

Encargos sociais sobre serviços

Materiais odontológicos

Outras despesas operacionais

Lucro bruto

(-) Despesas de comercialização (-) Despesas de comercialização

(-) Despesas administrativas (-) Despesas administrativas

(+) Resultado financeiro líquido (+) Resultado financeiro líquido

(+) Receitas financeiras (+) Receitas financeiras

(-) Despesas financeiras (-) Despesas financeiras

(+) Resultado não-operacional (+) Resultado não-operacional

Resultado antes dos impostos e participações Resultado antes dos impostos e participações

(-) Imposto de renda (-) Imposto de renda

(-) Contribuição social (-) Contribuição social

(-) Participações no resultado (-) Participações no resultado

Lucro líquido do período Lucro líquido do período

25/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexo II - Balanço Patrimonial Consolidado – trimestral 2007
ATIVO (em R$mil) 30/09/2007 30/06/2007 31/03/2007
Circulante 241.464 232.534 219.689
Disponível 9.938 2.930 1.418
Realizável 231.526 229.604 218.271
Aplicações 197.621 201.403 196.266
Títulos de renda fixa 197.621 201.403 196.266
Créditos de operações com planos de assistência à saúde 13.011 12.458 11.652
Contraprestação pecuniária a receber 13.011 12.458 11.652
Outros valores e bens 23.041 17.564 11.552
Antecipação de impostos e encargos 20.305 15.335 9.839
Adiantamento a fornecedores 353 302 262
Adiantamento a funcionários 787 1.200 372
Despesas antecipadas 354 547 900
Outros créditos 1.242 180 179
(-) Provisão para devedores duvidosos (2.147) (1.821) (1.199)
Realizável a longo prazo 11.957 11.660 11.376
Outros créditos a receber 11.957 11.660 11.376
Depósitos judiciais 2.692 2.560 2.449
Adiantamento a fornecedores - - -
Outros créditos a receber 9.265 9.100 8.927
Permanente 29.665 30.773 31.965
Investimentos 21.545 22.788 24.031
Participações societárias 24.858 24.858 24.858
Outros investimentos 1 1 1
(-) Amortização acumulada (3.314) (2.071) (828)
Imobilizado 7.600 7.454 7.407
Bens móveis 11.045 10.684 6.676
Outras imobilizações 3.176 3.301 6.788
(-) Depreciações acumuladas (6.621) (6.531) (6.057)
Diferido 520 531 527
TOTAL DO ATIVO 283.086 274.967 263.030

PASSIVO (em R$mil) 30/09/2007 30/06/2007 31/03/2007


Provisões técnicas 11.552 11.129 10.748
Provisão de risco 11.552 11.129 10.748
Circulante 38.017 31.794 31.920
Eventos a liquidar 11.272 10.015 7.626
Eventos a liquidar com operações de assistência à saúde 11.272 10.015 7.626
Débitos de operações de assistência à saúde 129 79 79
Comercialização sobre operações de assistência à saúde 129 79 79
Débitos diversos 26.616 21.700 24.215
Obrigações com pessoal 1.911 1.671 1.368
Obrigações sociais 2.512 1.959 1.974
Obrigações tributárias 18.468 13.506 7.937
Dividendos a pagar - - 8.160
Adiantamentos de clientes 1.137 2.231 1.952
Fornecedores de serviços 1.247 1.212 1.887
Outras contas a pagar 1.341 1.121 937
Exigível a longo prazo 13.029 12.613 12.269
Provisões para contingências 13.029 12.613 12.269
Patrimônio líquido 220.488 219.431 208.093
Capital social 190.125 190.125 190.125
Reservas de capital 4.040 4.040 4.040
Reserva estatutária 422 422 422
Reserva legal 1.631 1.631 1.631
Lucros acumulados 24.270 23.213 11.875
TOTAL DO PASSIVO 283.086 274.967 263.030

26/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexo III – Balanço Patrimonial Consolidado – trimestral 2006

ATIVO (em R$mil) 31/12/2006 30/09/2006 30/06/2006 31/03/2006


Circulante 234.545 50.403 41.659 41.807
Disponível 1.435 1.044 1.020 349
Realizável 233.110 49.359 40.639 41.458
Aplicações 203.303 26.471 23.395 28.316
Títulos de renda fixa 203.303 26.471 23.395 28.316
Créditos de operações com planos de assistência à saúde 10.594 8.237 6.990 6.552
Contraprestação pecuniária a receber 10.594 8.237 6.990 6.552
Outros valores e bens 20.142 15.562 11.127 7.422
Antecipação de impostos e encargos 15.539 11.604 9.721 6.760
Adiantamento a fornecedores 254 129 - 1
Adiantamento a funcionários 699 389 580 82
Despesas antecipadas 1.086 949 409 79
Outros créditos 2.564 2.491 417 500
(-) Provisão para devedores duvidosos (929) (911) (873) (832)
Realizável a longo prazo 2.338 2.326 2.229 3.011
Outros créditos a receber 2.338 2.326 2.229 3.011
Depósitos judiciais 2.338 2.259 2.163 2.066
Adiantamento a fornecedores - 67 66 945
Outros créditos a receber - - - -
Permanente 7.203 6.586 4.837 4.261
Investimentos 1 1 1 1
Participações societárias - - - -
Outros investimentos 1 1 1 1
(-) Amortização acumulada - - - -
Imobilizado 6.671 6.032 4.264 3.609
Bens móveis 5.851 5.600 5.102 4.806
Outras imobilizações 6.369 4.325 4.144 3.518
(-) Depreciações acumuladas (5.549) (3.893) (4.982) (4.715)
Diferido 531 553 572 651
TOTAL DO ATIVO 244.086 59.315 48.725 49.079

PASSIVO (em R$mil) 31/12/2006 30/09/2006 30/06/2006 31/03/2006


Provisões técnicas 9.554 8.675 5.849 5.609
Provisão de risco 9.554 8.675 5.849 5.609
Circulante 35.153 25.142 21.573 23.210
Eventos a liquidar 7.883 7.722 7.817 6.294
Eventos a liquidar com operações de assistência à saúde 7.883 7.722 7.817 6.294
Débitos de operações de assistência à saúde 196 115 23 23
Comercialização sobre operações de assistência à saúde 196 115 23 23
Débitos diversos 27.074 17.305 13.733 16.893
Obrigações com pessoal 1.006 1.340 1.122 910
Obrigações sociais 1.746 1.908 1.673 1.548
Obrigações tributárias 11.583 10.681 8.289 5.192
Dividendos a pagar 8.160 - - 6.000
Adiantamentos de clientes 2.068 886 832 803
Fornecedores de serviços 1.188 927 993 958
Outras contas a pagar 1.323 1.563 824 1.482
Exigível a longo prazo 3.161 2.950 2.866 2.778
Provisões para contingências 3.161 2.950 2.866 2.778
Patrimônio líquido 196.218 22.548 18.437 17.482
Capital social 190.125 3.925 3.925 3.925
Reservas de capital 4.040 4.040 4.040 4.040
Reserva estatutária 422 - - -
Reserva legal 1.631 785 785 785
Lucros acumulados - 13.798 9.687 8.732
TOTAL DO PASSIVO 244.086 59.315 48.725 49.079

27/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Anexo IV - Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo trimestral

3T07 3T06

LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA ANS R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%


(+) Contraprestações líquidas 68.992 104,5 50.458 109,9 36,7
(-) Variação das provisões técnicas 423
- 0,6 2.825
- 6,2 (85,0)

Contraprestações efetivas de operações


Receita operacional bruta de assistência à saúde 68.569 103,9 47.633 103,7 44,0
(-) Impostos diretos de operações
(-) Impostos sobre vendas odontológicas 2.574 3,9 1.716 3,7 50,0

Receita operacional líquida 65.995 100,0 45.917 100,0 43,7

(-) Custo de serviços (-) Custo de serviços 30.477 46,2 22.333 48,6 36,5
Eventos indenizáveis líquidos 24.618 37,3 17.712 38,6 39,0
Encargos sociais sobre serviços 2.406 3,6 1.801 3,9 33,6
Materiais odontológicos 1.068 1,6 1.169 2,5 (8,6)
Outras despesas operacionais 2.385 3,6 1.651 3,6 44,5

Lucro bruto 35.518 53,8 23.584 51,4 50,6

(-) Despesas de comercialização (-) Despesas de comercialização 7.998 12,1 5.400 11,8 48,1

(-) Despesas administrativas (-) Despesas administrativas 17.717 26,8 12.292 26,8 44,1

(+) Resultado financeiro líquido (+) Resultado financeiro líquido 373 0,6 728 1,6 (48,8)
(+) Receitas financeiras (+) Receitas financeiras 7.060 10,7 997 2,2 608,1
(-) Despesas financeiras (-) Despesas financeiras 6.687 10,1 269 0,6 2.385,9

(+) Resultado não-operacional (+) Resultado não-operacional 159 0,2 15 0,0 960,0

Resultado antes dos impostos e Resultado antes dos impostos e


participações participações 10.335 15,7 6.635 14,4 55,8

(-) Imposto de renda (-) Imposto de renda 3.437 5,2 1.697 3,7 102,5
(-) Contribuição social (-) Contribuição social 1.351 2,0 621 1,4 117,6
(-) Participações no resultado (-) Participações no resultado 450 0,7 205 0,4 119,5

Lucro líquido do período Lucro líquido do período 5.097 7,7 4.112 9,0 24,0
(+) Juros sobre capital próprio (+) Juros sobre capital próprio 6.277 9,5 - - -

Lucro líquido do período Lucro líquido do período 11.374 17,2 4.112 9,0 176,6

28/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Anexo V - Demonstração de Resultados Consolidado - comparativo nove meses

9M07 9M06

LEGISLAÇÃO SOCIETÁRIA ANS R$mil % ROL R$mil % ROL ∆%


(+) Contraprestações líquidas 196.186 104,2 138.076 106,0 42,1
(-) Variação das provisões técnicas 1.153 -0,6 3.248 2,5 (64,5)

Contraprestações efetivas de operações


Receita operacional bruta de assistência à saúde 195.033 103,6
- 134.828 103,5 44,7
(-) Impostos diretos de operações
(-) Impostos sobre vendas odontológicas 6.818 -3,6 4.574 3,5 49,1

Receita operacional líquida 188.215 100,0


- 130.254 100,0 44,5

(-) Custo de serviços (-) Custo de serviços 80.207 42,6 62.071 47,7 29,2
Eventos indenizáveis líquidos 64.295 34,2 49.405 37,9 30,1
Encargos sociais sobre serviços 6.169 3,3 4.945 3,8 24,8
Materiais odontológicos 2.848 1,5 2.798 2,1 1,8
Outras despesas operacionais 6.895 -3,7 4.923 3,8 40,1

Lucro bruto 108.008 57,4


- 68.183 52,3 58,4

(-) Despesas de comercialização (-) Despesas de comercialização 22.260 11,8 11.201 8,6 98,7

(-) Despesas administrativas (-) Despesas administrativas 51.651 27,4 32.437 24,9 59,2

(+) Resultado financeiro líquido (+) Resultado financeiro líquido 12.774 6,8 3.331 2,6 283,5
(+) Receitas financeiras (+) Receitas financeiras 20.125 10,7 3.874 3,0 419,5
(-) Despesas financeiras (-) Despesas financeiras 7.351 3,9 543 0,4 1.253,8

(+) Resultado não-operacional (+) Resultado não-operacional (206) (0,1)


- 15 0,0 1.473,3

Resultado antes dos impostos e Resultado antes dos impostos e


participações participações 46.665 24,8
- 27.891 21,4 67,3

(-) Imposto de renda (-) Imposto de renda 12.509 6,6 7.313 5,6 71,1
(-) Contribuição social (-) Contribuição social 4.661 2,5 2.662 2,0 75,1
(-) Participações no resultado (-) Participações no resultado 1.185
- -0,6 675 0,5 75,6

Lucro líquido do período Lucro líquido do período 28.310 15,0 17.241 13,2 64,2
(+) Juros sobre capital próprio (+) Juros sobre capital próprio 6.277
- -3,3 - - -

Lucro líquido do período Lucro líquido do período 34.587 18,4 17.241 13,2 100,6

29/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexo VI – Fluxo de caixa – trimestral e nove meses 2007

FLUXO DE CAIXA - CONSOLIDADO 1T07 2T07 3T07 9M07


FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

Lucro líquido do período 11.875 11.338 11.374 34.587-

Ajustes para reconciliar o lucro líquido ao caixa gerado pelas atividades


operacionas:

Depreciações e amortizações 381 389 395 1.165


Amortização do ágio 829 1.243 1.242 3.314
Variações monetárias liquidas (11) (35) 1 (45)
Aumento das provisões técnicas 349 381 423 1.153
Provisão para contingências 110 105 140 355
Resultado na alienação de imobilizado 366 (1) 105 470
Provisão para devedores duvidosos 180 651 326 1.157

14.079 14.071 14.006 42.156


Redução (aumento) nos ativos operacionais

Redução (aumento) em contraprestação pecuniária a receber (723) (806) (552) (2.081)


Redução (aumento) em créditos diversos e outros 8.946 (6.005) (5.456) (2.515)
Redução (aumento) em depósitos judiciais (29) (75) (34) (138)
Redução (aumento) em outros créditos realizável a longo prazo - - - -

Aumento (redução) nos passivos operacionais

Aumento (redução) em eventos a liquidar (745) 2.389 1.258 2.902


Aumento (redução) em débitos de operações de assistencia à saúde (117) - 50 (67)
Aumento (redução) em obrigações com pessoal e sociais 452 288 792 1.532
Aumento (redução) em impostos, taxas e contribuições (4.223) 5.568 4.954 6.299
Aumento (redução) em fornecedores e outras contas a pagar (18) (491) 255 (254)
Aumento (redução) em outros passivos circulante (156) 278 (1.094) (972)
Aumento (redução) em outras exigíbilidades a longo prazo - 29 - 29

CAIXA GERADO PELAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 17.466 15.246 14.179 46.891

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS

Aquisição de investimentos (líquido do caixa adquirido no consolidado) (24.103) - - (24.103)


Aquisição de imobilizado (384) (415) (628) (1.427)
Aquisição de diferido (33) (22)
- (8)
- (63)

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS (24.520) (437) (636) (25.593)

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS

Dividendos - (8.160) (4.040) (12.200)


Juros sobre capital próprio pagos (6.277) (6.277)
Resgate de ações - - - -

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS - (8.160) (10.317) (18.477)

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (7.054) 6.649 3.226 2.821

CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Saldo inicial 204.738 197.684 204.333 204.738


Saldo final 197.684 204.333- 207.559- 207.559

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS (7.054) 6.649 3.226 2.821

30/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Anexo VII – Fluxo de caixa – trimestral e nove meses 2006

FLUXO DE CAIXA - CONSOLIDADO 1T06 2T06 3T06 9M06


FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES OPERACIONAIS

Lucro líquido do período 8.172 4.957- 4.112- 17.241

Ajustes para reconciliar o lucro líquido ao caixa gerado pelas atividades


operacionas:

Depreciações e amortizações 250 346 331 927


Amortização do ágio - - - -
Variações monetárias liquidas (27) (25) (16) (68)
Aumento das provisões técnicas 182 241 2.825 3.248
Provisão para contingências 11 - (11) -
Resultado na alienação de imobilizado - - - -
Provisão para devedores duvidosos 12 41 38 91

8.600 5.560 7.279 21.439


Redução (aumento) nos ativos operacionais

Redução (aumento) em contraprestação pecuniária a receber 583 (438) (1.247) (1.102)


Redução (aumento) em créditos diversos e outros 6.595 (3.678) (4.388) (1.471)
Redução (aumento) em depósitos judiciais 25 (13) (38) (26)
Redução (aumento) em outros créditos realizável a longo prazo - 882- 12- 894-

Aumento (redução) nos passivos operacionais

Aumento (redução) em eventos a liquidar (542) 1.522 (95) 885


Aumento (redução) em débitos de operações de assistencia à saúde (15) - 116 101
Aumento (redução) em obrigações com pessoal e sociais (186) 337 434 585
Aumento (redução) em impostos, taxas e contribuições (6.564) 3.096 2.411 (1.057)
Aumento (redução) em fornecedores e outras contas a pagar 763 (621) 647 789
Aumento (redução) em outros passivos circulante (5) 27 56 78
Aumento (redução) em outras exigíbilidades a longo prazo - - (6) (6)

CAIXA GERADO PELAS ATIVIDADES OPERACIONAIS 9.254 6.674 5.181 21.109

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS

Aquisição de investimentos (líquido do caixa adquirido no consolidado) - - - -


Aquisição de imobilizado (596) (922) (2.027) (3.545)
Aquisição de diferido (8) -- (52)
- (60)

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE INVESTIMENTOS (604) (922) (2.079) (3.605)

FLUXO DE CAIXA DAS ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS

Dividendos - (10.040) - (10.040)


Juros sobre capital próprio pagos - - - -
Resgate de ações (1.029) 38 (2) (993)

CAIXA APLICADO EM ATIVIDADES DE FINANCIAMENTOS (1.029) (10.002) (2) (11.033)

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS 7.621 (4.250) 3.100 6.471

CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS

Saldo inicial 21.044 28.665 24.415 21.044


Saldo final 28.665 24.415- 27.515- 27.515-

AUMENTO (REDUÇÃO) EM CAIXA, BANCOS E APLICAÇÕES FINANCEIRAS 7.621 (4.250) 3.100 6.471

31/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Anexo VIII – Índice de sinistralidade líquida, EBITDA e EBITDA ajustado, desde 2005

Índice de sinistralidade líquida, EBITDA e


EBITDA ajustado 1T 2T 3T 4T Total

2007 (R$mil)
ROL - despesas de comercialização 52.176 55.782 57.997 - 165.955
Custo de serviços 21.352 28.378 30.477 - 80.207
Índice de sinistralidade líquida % 40,9 50,9 52,5 - 48,3
EBITDA 14.662 13.421 11.861 39.944
Margem EBITDA % 25,1 21,1 18,0 21,2
Margem EBITDA líquida % 28,1 24,1 20,5 - 24,1
EBITDA ajustado 18.128 13.603 12.383 - 44.114
Margem EBITDA ajustado % 31,0 21,3 18,8 - 23,4
Margem EBITDA ajustado líquida % 34,7 24,4 21,4 - 26,6

2006 (R$mil)
ROL - despesas de comercialização 38.526 40.009 40.517 45.960 165.012
Custo de serviços 18.519 21.219 22.333 23.176 85.247
Índice de sinistralidade líquida % 48,1 53,0 55,1 50,4 51,7
EBITDA 12.063 7.675 9.105 625 29.468
Margem EBITDA % 29,2 17,8 19,8 1,2 16,2
Margem EBITDA líquida % 31,3 19,2 22,5 1,4 17,9
EBITDA ajustado 12.267 9.689 11.233 12.541 45.730
Margem EBITDA ajustado % 29,7 22,5 24,5 24,1 25,1
Margem EBITDA ajustado líquida % 31,8 24,2 27,7 27,3 27,7
-
2005 (R$mil)
ROL - despesas de comercialização 31.573 33.004 33.293 37.057 134.927
Custo de serviços 15.413 18.363 19.211 21.222 74.209
Índice de sinistralidade líquida % 48,8 55,6 57,7 57,3 55,0
EBITDA 8.872 6.615 6.139 6.920 28.546
Margem EBITDA % 26,7 19,0 17,3 17,5 20,0
Margem EBITDA líquida % 28,1 20,0 18,4 18,7 21,2
EBITDA ajustado 9.496 7.214 6.741 7.049 30.500
Margem EBITDA ajustado % 28,6 20,8 19,0 17,8 21,3
Margem EBITDA ajustado líquida % 30,1 21,9 20,2 19,0 22,6
Índice de sinistralidade líquida equivale ao custo de serviços dividido pela ROL - despesas de comercialização
Margem EBITDA ajustado líquida equivale ao EBITDA ajustado dividido pela ROL - despesas de comercialização

32/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07

Anexo IX – Associados da OdontoPrev e ANS

OdontoPrev ANS - Total de Associados


Planos Planos
Período Associados ∆% Odontológicos ∆% Médicos ∆%
2000 446.750 - 2.918.072 - 31.891.428 -
2001 544.273 21,8 3.257.949 11,6 31.287.966 (1,9)
2002 613.202 12,7 3.852.736 18,3 31.368.085 0,3
2003 762.890 24,4 4.530.812 17,6 31.893.487 1,7
2004 942.667 23,6 5.454.741 20,4 33.583.357 5,3
2005 1.131.743 20,1 6.428.460 17,9 35.335.258 5,2
2006 1.492.058 31,8 7.708.480 19,9 37.366.085 5,7
Fonte:OdontoPrev e Sistema de Informações de Beneficiários - ANS 09/2007

OdontoPrev ANS - Total de Associados


Planos Planos
Período Associados ∆% Odontológicos ∆% Médicos ∆%
Mar/06 1.171.538 - 6.654.097 - 35.800.277 -
Mar/07 1.738.221 48,4 7.962.811 19,7 37.917.980 5,9

Jun/06 1.217.504 - 6.927.041 - 36.153.500 -


Jun/07 1.821.646 49,6 8.251.734 19,1 37.979.995 5,1
Fonte:OdontoPrev e Sistema de Informações de Beneficiários - ANS 06 e 09/2006 e 06 e 09/2007

33/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
Glossário
• i
ANS Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS.
Associados Beneficiários dos Planos Odontológicos oferecidos pela Companhia.
DentalCorp Dentalcorp Assistência Odontológica Internacional Ltda.

Deliberação CVM 207/1996 Deliberação CVM 207 de 1996, determina forma de contabilização de
juros sobre capital próprio.

EBITDA O EBITDA é o lucro líquido adicionado do IRPJ e CSLL, da


reclassificação da CPMF e dos tributos incidentes sobre receitas
financeiras (CPMF e PIS/COFINS, contabilizados como despesas
administrativas, segundo o Plano de Contas da ANS), da depreciação e
amortização e da variação das provisões técnicas, deduzidas do resultado
financeiro líquido e do resultado não operacional. O EBITDA não é linha
de demonstrações financeiras pelas práticas contábeis adotadas no Brasil
e não representa o fluxo de caixa para os períodos apresentados. O
EBITDA não tem significado padronizado e a nossa definição de EBITDA
pode não ser comparável à utilizada por outras companhias.

EBITDA ajustado EBITDA ajustado é o EBITDA adicionado das despesas não recorrentes
relacionadas, principalmente, a: (i) honorários de serviços profissionais
relativos a aquisições passadas; (ii) custos relacionados à aquisição e
absorção de empresas adquiridas; (iii) provisões para perdas potenciais
em aplicações de incentivos fiscais; e (iv) nossa oferta pública inicial de
ações. O EBITDA ajustado não é linha de demonstrações financeiras
pelas práticas contábeis adotadas no Brasil e não representa o fluxo de
caixa para os períodos apresentados. O EBITDA ajustado não tem
significado padronizado e a nossa definição de EBITDA ajustado pode
não ser comparável à utilizada por outras companhias.
Evento de tratamento odontológico Acontecimento, acidente ou doença, que tenha como conseqüência
danos comprovados à saúde oral do Associado, exigindo assistência
odontológica, bem como procedimentos que podem trazer prevenção à
sua saúde oral.
Grupo de afinidade Grupo de pessoas físicas vinculadas a uma pessoa jurídica que lhes
assegura acesso a bens e serviços em condições especiais.

Índice de sinistralidade Valor da sinistralidade dividido pela receita operacional líquida.

IN SRF nº 11/1996 Instrução Normativa da Secretária da Receita Federal de 11/1996.

IPO Oferta pública inicial.

Lei das Sociedades por Ações Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e alterações posteriores.
Lei do Mercado de Valores Mobiliários Lei n.º 6.385, de 7 de dezembro de 1976, e alterações posteriores.

Lei dos Planos Privados de Assistência à Lei n.º 9.656, de 3 de junho de 1998, e alterações posteriores.
Saúde

Lucro líquido ajustado Corresponde ao lucro líquido adicionado das despesas não-recorrentes
relativas a abertura do capital , gastos e amortização do ágio relativos a
aquisição da DentalCorp, deduzidos IRPJ – Imposto de renda pessoa
jurídica e CSLL – Contribuição social sobre lucro.
Mensalidade Prestação pecuniária paga mensalmente pelo cliente à Companhia, em

34/35
Resultados
Resultados3T07
3T07
Resultados 3T07
benefício de seus Associados e dos dependentes destes, para obtenção
das coberturas previstas no Plano Odontológico.
Operadora Empresa operadora de planos privados de assistência à saúde.
Plano de Contas da ANS Plano de contas instituído pela ANS atualmente disciplinada nos termos
da Instrução Normativa - IN n.º 9, de 14 de fevereiro de 2007, a ser
adotado obrigatoriamente pelas operadoras especializadas em saúde.
Plano Médico-hospitalar Plano exclusivamente médico, com cobertura assistencial,
compreendendo partos e tratamentos de doenças determinadas pela
Organização Mundial de Saúde realizados exclusivamente no Brasil, com
padrão de enfermaria ou centro de terapia intensiva, ou similar, quando
necessária a internação hospitalar, exceto (i) tratamento clínico ou
cirúrgico experimental, assim definido pela autoridade competente; (ii)
procedimentos clínicos ou cirúrgicos para fins estéticos, bem como
próteses e próteses para o mesmo fim; (iii) inseminação artificial; (iv)
tratamento de rejuvenescimento ou de emagrecimento com finalidade
estética; (v) fornecimento de medicamentos importados não
nacionalizados; (vi) fornecimento de medicamentos para tratamento
domiciliar; (vii) fornecimento de próteses, próteses e seus acessórios não
ligados ao ato cirúrgico; (viii) tratamentos ilícitos ou antiéticos, assim
definidos sob o aspecto médico, ou não reconhecidos pelas autoridades
competentes; e (ix) casos de cataclismos, guerras e comoções internas,
quando declarados pela autoridade competente, nos termos da Lei dos
Planos Privados de Assistência à Saúde.
Plano Odontológico Plano exclusivamente odontológico, incluindo um conjunto de serviços
voltados à prevenção e manutenção básica da saúde dentária, assim
compreendidos a pesquisa, o tratamento e a remoção de focos de
infecção dentária, profilaxia de cárie dentária, cirurgia e traumatologia
bucomaxilar em ambiente ambulatorial, com cobertura assistencial, nos
termos da Lei dos Planos Privados de Assistência à Saúde.

Plano Odontológico Mínimo Plano que abrange um rol mínimo de eventos de tratamento odontológico
cobertos por todos os planos de saúde em comercialização no segmento
odontológico, determinado pela ANS, atualmente na RN n.º 9.

Plano de Saúde Plano de assistência à saúde, compreendendo Plano Médico-hospitalar


e/ou Plano Odontológico, nos termos da Lei dos Planos Privados de
Assistência à Saúde.
Práticas Contábeis Adotadas no Brasil Princípios e práticas contábeis estabelecidos pela Lei das Sociedades por
Ações, pelas normas da CVM, pelas normas e pronunciamentos do
IBRACON e do Conselho Federal de Contabilidade.
RDC 77 da ANS Resolução da Diretoria Colegiada da ANS n.º 77, de 17 de julho de 2001,
que dispõe sobre os critérios de constituição de garantias financeiras a
serem observados pelas Operadoras.
Rede Credenciada Rede Credenciada da Companhia, com cerca de 13.400 cirurgiões-
dentistas em mais de 1.060 cidades em todo o Brasil, por meio da qual a
Companhia concede benefícios odontológicos aos Associados e que
também pode ser utilizada pelos Associados a planos de livre escolha.

Rede Dental Garcia Pedrosa Ltda.


RN 9 Resolução Normativa da ANS nº 9, de 26 de junho de 2002.
Sinistralidade Custo total decorrente de eventos de tratamento odontológico.

35/35