Você está na página 1de 3
REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Planejamento Prévio de Manuseio de Carga
REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Planejamento Prévio de Manuseio de Carga

REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS

Planejamento Prévio de Manuseio de Carga

Definição:

Entende-se por Manuseio de Carga, as atividades que necessitam de equipamentos para

içamento, recursos/acessórios, planejamento de preparação, planejamento de montagem, etc

Data emissão:

 

Resp. pela análise:

 

Função:

Téc. de Seg.

Local :

 

Atividade:

Movimentação de carga

 

Descrição da Tarefa:

 
 

Dados do Içamento

 

1.

Dados da Carga

1.1

Característica da carga (pré-moldado, metálica, motor, etc.):

 

1.2

Peso da carga (aproximado):

 

1.3

Dimensões aproximadas (comprimento, largura e altura):

 

1.4

Altura do içamento (aproximado):

 

1.5

Outras informações (local próximo as redes energizadas, etc.):

 

2.

Dados do Equipamento

 

2.1

Equipamento(s):

2.2

Capacidade nominal do equipamento:

 

2.3

Capacidade requerida na operação:

 

3.

Acessórios necessarios:

Acessório

Tipo

Capacidade

Comprimento

Quant.

Observações

Estropo/Cabo de aço

         

Cinta

         

Manilha

         

Cabo Guia

         

Balancin

         

Outras Informações:

Segurança é condição de permanência nas atividades desenvolvidas no EBR

REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Lista de Verificação: Manuseio de Carga
REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Lista de Verificação: Manuseio de Carga

REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS

Lista de Verificação: Manuseio de Carga

Definição:

Entende-se por manuseio de carga, as atividades que necessitam de equipamentos para içamento,

recursos/acessórios, planejamento de preparação, planejamento de montagem, etc.

Data emissão:

Horário de inicio:

Local :

Atividade: Movimentação de carga

Item

 

Quesito

 

Aprovação

Sim

Não

NA

01

Foi realizada a APR (Análise Preliminar de Riscos)?

       

02

O

padrão mínimo para manuseio de carga está disponível e, é do conhecimento dos

     

responsáveis pela atividade?

 

03

A

área está organizada, desimpedida, isolada e sinalizada adequadamente conforme padrão

     

mínimo?

 

04

Os executantes envolvidos na atividade de içamento e movimentação de carga conhecem o sistema de comunicação definido?

     

05

Foi realizado planejamento prévio da atividade?

       

06

Os operadores são habilitados e qualificados?

       

07

O

equipamento de guindar (guindaste, munck entre outros) está nivelado?

     

08

O

equipamento de guindar (guindaste, munck entre outros) foi patolado corretamente?

     

09

O

operador tem conhecimento do peso da carga e capacidade do guindaste para atual

     

necessidade?

 

10

Existe necessidade de plano de "rigging" para a operação?

       

11

Os equipamentos possuem indicado, em local visível, a carga máxima de trabalho

     

permitida?

 
 

Freios, embreagens, controles, dispositivos de segurança, mecanismos de abaixamento e

     

12

levantamento da carga e lança foram testados pelo operador e estão funcionado

perfeitamente?

 

13

Os acessórios ( cabos, cintas, correntes, manilhas, ganchos, etc ) foram inspecionados, estão em perfeitas condições de uso e possuem a fita da Cor do Mês?

     

14

Os moitões (guinchos) dos guindastes possuem trava de segurança?

       
 

O

local da atividade possui rede elétrica

Faixa de Tensão (Volts)

Distância Mínima (metros)

     

energizada a uma distância menor que a

7500 a 150.000

3

     

15

mínima permitida, conforme a tabela ao lado? Obs.: a distância deve ser medida a partir da ponta da lança.

150.001 a 250.000

4,5

     

Acima de 250.001

6

     

16

A

rede está desligada ou isolada? (no caso de distância menor que a mínima permitida)

     

17

O

equipamento está aterrado?

     

O serviço não pode ser iniciado se algum campo não for preenchido ou se algum quesito for considerado não aprovado

Estes são quesitos mínimos necessários para a permissão dos tranbalhos de Manuseio de Carga não excluindo a necessidade de uma melhor avaliação para a adoção de outras medidas prevencionistas

Termo de responsabilidade Nós inspecionamos no local o trabalho autorizado por esta permissão de entrada em Manuseio de Carga e as informações contidas neste documento foram repassadas e compreendidas pelos executantes.

Contratada (

) :

AG (

)

TST Contratada

Engenheiro Responsável (AG):

Enc. imediato:

TST AG

Nome:

Nome:

Nome:

Nome:

Rubrica

Rubrica

Rubrica

 

Rubrica

Segurança é condição de permanência nas atividades desenvolvidas no EBR

REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Padrão Mínimo para Manuseio de Cargas
REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS Padrão Mínimo para Manuseio de Cargas

REFORMA E MODERNIZAÇÃO DO ESTÁDIO BEIRA RIO - RS

Padrão Mínimo para Manuseio de Cargas

Definição:

Entende-se por Manuseio de Carga, as atividades que necessitam de equipamentos para

içamento, recursos/acessórios, planejamento de preparação, planejamento de montagem, etc.

 

A permissão de trabalho para manuseio de carga, deverá estar acompanhada do formulário Planejamento Prévio, LV para manuseio de carga e Padrão mínimo.

Item

Quesito

01

É

obrigatório, em qualquer manuseio de carga, o preenchimento do Planejamento Prévio de

Manuseio de Carga para a tarefa.

02

É

obrigatório o isolamento da área de influência da carga e da operação do equipamento, antes de

iniciar atividade.

03

O

isolamento da área para guindastes, com previsão de patolamento superior a 08h00 deve ser feito

com tela plástica (laranja), para isolamento físico do local.

04

O

isolamento da área para guindastes, com deslocamento freqüente, poderá ser feito com fita

plástica (zebrada).

05

O

responsável pela tarefa, também é o responsável pelo isolamento da área.

 

Operações especiais, pela sua complexidade, grau de risco ou impossibilidade de atendimento a

06

qualquer item deste PM, somente poderão ser autorizadas após a aprovação do Coordenador de Segurança e do Eng.º de Produção da AG.

 

O

operador do guindaste e o responsável pela tarefa, só poderão iniciar a operação, quando tiver

07

certeza de que apenas os envolvidos no içamento estejam na área de trabalho e fora do raio de ação da carga.

08

As operações de movimentação de carga, devem obrigatoriamente ser coordenadas por um "Rigger", ou por um Encarregado com experiência comprovada.

09

É

obrigatório o uso de coletes refletivos para sinalização de qualquer movimentação de carga

10

O

operador do guindaste só poderá atender a sinais para movimentação da carga , se o sinaleiro

estiver completamente identificado.

11

É

obrigatória a permanência do operador do guindaste no interior da cabine enquanto a carga estiver

suspensa.

12

Toda operação de içamento de carga deve ser paralizada, quando da ocorrência de chuvas, ventos fortes, falta de visibilidade etc.

 

É

obrigatório a elaboração de planos de "rigging", para manuseio de peças, que se enquadrem em

qualquer uma das seguintes condições: passagem de carga sobre prédios; próximo a redes

13

energizadas; peso maior que 05 toneladas; dimensões superior a 12 metros e de formas geométricas atípicas; de difícil amarração; em locais de acesso restrito, ou que necessite de mais de um equipamento.

14

Todos os acessórios ( estropos, cintas, manilhas, ganchos, cordas, quebra cantos, etc ) devem ser inspecionados e somente utilizados em perfeitas condições de uso.

15

É

terminantemente proibida a fabricação de estropos ou qualquer outro acessório para manuseio de

cargas.

16

Antes de iniciar qualquer atividade de manuseio de carga, é obrigatório o preenchimento da Lista de Verificação para Manuseio de Carga.

17

O

serviço não pode ser iniciado, se algum item deste padrão minimo não estiver atendido.

18

Para realização de atividades próximas a redes energizadas, é necessário avaliação do SESMT.

Estes pré-requisitos são o mínimo necessário para permissão de manuseio de cargas, portanto, não elimina a necessidade de uma melhor avaliação para adoção de outras práticas prevencionistas.

Este Padrão Mínimo deverá estar em anexo a documentação de qualquer manuseio de carga.

Segurança é condição de permanência nas atividades desenvolvidas no EBR