Você está na página 1de 3

GRAMÁTICA

COMPLEMENTOS DE NOMES
1. ADJUNTOS ADNOMINAIS
Quando uma expressão preposicionada refere-
São palavras ou locuções que gravitam em tor- se a substantivo abstrato, ela pode ser adjunto adno-
no do substantivo, caracterizando-o ou determinando- minal ou complemento nominal. Como diferenciar?
o. I – Se a expressão for “dona” do substantivo abstrato
Exemplo: → Adjunto adnominal.
As tuas três rosas lindas. Exemplo:

Substantivo O medo de Ana é me perder.

Casa de Ana. ↓
↓ Ana é “dona” do medo (adjunto adnominal)
Substantivo concreto
II – Se a expressão não for “dona” do substantivo
Amor de mãe. (= materno) abstrato → Complemento nominal.
↓ Exemplo:
Locução adjetiva
O medo da derrota existe.
2. MORFOSSINTAXE DO ADJUNTO ADNO-

MINAL
A derrota não é “dona” do medo. (complemen-
O adjunto adnominal pode ser representado to nominal)
por:
 Artigo: O menino chegou. Obs: Quando descontextualizadas, algumas
 Numeral adjetivo: Dois meninos chegaram. frases podem ser ambíguas, não se sabendo se a ex-
 Pronome adjetivo: Aqueles meninos chega- pressão é adjunto adnominal ou complemento nomi-
ram. nal. Ex: O medo da mulher existe.]
 Adjetivo: Meninos tristes chegaram.
4. MORFOSSINTAXE DO ADJUNTO AD-
 Locução adjetiva: Meninos do interior che-
VERBIAL
garam.
 Pronome pessoal oblíquo (que nesse caso O adjunto adverbial será representado por um
equivale a um pronome possessivo): advérbio ou por uma locução adverbial. Também po-
Roubaram-me os documentos (=Roubaram derá ser expresso por uma oração, que receberá o
meus documentos) nome de oração subordinada adverbial.
Cortei-lhe os cabelos (=Cortei seus cabelos) Cheguei quando eram dez horas.
O adjunto adnominal também pode ser repre- Adj. Adverbial (oração)
sentado por uma oração, que receberá o nome de ora-
ção subordinada adjetiva. 5. APOSTO
O homem que trabalha progride. (=O homem Palavra ou expressão de caráter explicativo, re-
trabalhador progride). sumitivo, enumerativo ou especificativo. Tipos:
3. COMPLEMENTO NOMINAL a) Explicativo → Identifica ou esclarece o nome a
que se associa.
É o termo da oração que integra o significado Exemplo:
de um nome, que pode ser: João, meu vizinho, viajou para o Rio.
a) Adjetivo: As estrelas, olhos curiosos, encantam o meu coração.
Exemplo: Obs: Alguns classificam o aposto do ultimo
Sou grato à mulher. exemplo como comparativo.
b) Advérbio:
b) Resumitivo → Resume elementos a que se asso-
Exemplo: cia.
Ela agiu contrariamente ao regulamento.
Exemplo:
c) Substantivo abstrato:
Arroz, feijão, macarrão, tudo está muito caro.
Exemplo:
c) Enumerativo → Enumera o elemento a que se as-
Tenho fé em Deus.
socia.
Ela tem confiança na vitória.
Exemplo:
Editora Exato 8
Duas coisas me alegram: Ana e Vasco. - Sujeito (ligado aos verbos: mandar, fazer, sentir,
d) Especificativo (nominativo/designificativo)→ deixar, ouvir e ver - o pronome oblíquo será su-
Especifica o elemento a que se associa. jeito de um outro, no infinitivo, ligado a ele).
Exemplo: Exemplo:
O Rio Amazonas é o maior do mundo.
Mandei–a sair ( = mandei ela sair)
6. MORFOSSINTAXE DO APOSTO
↓ ↓
Como o aposto se liga a um nome, trata-se de
Sujeito do verbo sair Sujeito
uma função substantiva, o que significa que seu nú-
cleo será representado por um substantivo ou palavra EXERCÍCIOS
com valor de substantivo.
Garfield, o gato irônico, odeia segunda feira. 1 Distinga o adjunto adnominal (1), o complemen-
Aposto to nominal (2), e o adjunto adverbial:
a) Tinha sede de justiça.
O aposto também pode ser representado por b) Veio procurá-lo um oficial de justiça.
uma oração subordinada, que receberá o nome de o- c) Maria clara tem grande desembaraço de ex-
ração subordinada substantiva apositiva. pressão.
Devemos lutar por uma causa: que a natureza d) Foi demorado o desembaraço de minha baga-
seja preservada. gem.
Or. Subord. Subst. Apositiva. e) Gorou minha viagem à Bahia.
7. VOCATIVO
f) Somente para o ano irei à Bahia.
g) Tinha a Volúpia da mentira.
Vem do verbo latino vocare (= chamar). É h) Era o rei da mentira (Cp: Comandava a menti-
um chamamento; vem separado por pontuação; pode ra).
ter a interjeição ó; não pertence ao sujeito nem ao i) Perdeu a ambição de dinheiro.
predicado. j) Encontraram vários pacotes de dinheiro.
Exemplos:
Diga-me, mulher, teus problemas.
2 Julgue os itens:
Ó meu amor, onde estás?
1 Há 3 adjuntos adnominais em: "A atitude de
Funções sintáticas dos pronomes oblíquos áto- Carlos teve sérias conseqüências".
nos: 2 Temos agente da passiva e sujeito simples em:
(me, te, o(s), a(s) lhe (s), se, nos, vos) "Ninguém havia sido instruído por nós”.
3 Os termos grifados são, respectivamente, com-
- Objeto direto / indireto. plemento nominal e adjunto adnominal em: "O
Exemplo: movimento dos estudantes deixou-nos confian-
tes nas mudanças”.
Amo–te / Obedeço–te
4 O termo grifado é adjunto adnominal em: "O
↓ ↓ ↓ ↓ rio Nilo é o mais extenso de todos".
VTD OD VTI OI
5 Em: "Espere, meu amigo, não vá agora” O
termo grifado é um vocativo.
- Complemento nominal (ligado a verbo de 6 Não há termos acessórios em: "Medo de barata
ligação) é normal aqui".
Exemplo: 7 Temos aposto em: "Ele pegou tudo que viu: a-
licate, martelo, prego..."
Isto me é fundamental (=isto é fundamental a mim.)
↓ ↓
3 (FMIT-MG) Em todas as orações o termo em
CN V.L. destaque está corretamente analisado, exceto em:
- Adjunto Adnominal ( valor possessivo) a) Existe, nesta cidade, um carpinteiro. (objeto di-
reto)
Exemplo: b) É importante o apoio dos operários. (sujeito)
Rasguei–lhe a roupa. (=rasguei a sua roupa.) c) Já tínhamos certeza da derrota. (complemento
↓ ↓ nominal)
a. a. a. a. d) O estudante permaneceu inalterável. (predica-
tivo)
e) Renato, o engenheiro, logo protestou.(aposto)

Editora Exato 9
4 Coloque CN para complemento nominal e ADN
para adjunto adnominal:
( )A empresa ficou decepcionada com a cons-
trução do engenheiro.
( )A construção da casa causou problemas à
família.
( )Não se ouviu mais o choro irritante da cri-
ança.
( )A procura da verdade foi uma marca cons-
tante em sua vida.
( )A leitura do livro foi uma recomendação
dos professores.
( )"... saio à rua e desço a ladeira em busca do
pão e dos jornais."
( )Todos têm consciência da responsabilidade
assumida.
( )O rapaz mostrou-se apto para o trabalho.

5 (UFL-PR) Ainda que surgissem poucos recursos


para o projeto, todos mostravam-se satisfeitos
com a boa vontade do chefe.
As palavras em destaque no período exercem,
respectivamente, a função sintática de:
a) objeto direto, complemento nominal.
b) sujeito, objeto indireto.
c) objeto direto, adjunto adnominal.
d) objeto direto, objeto indireto.
e) sujeito, adjunto adnominal.

GABARITO

1 2, 1, 1, 2, 2, 3, 2, 1, 2, 1
2 C, C, E, E, C, E, C
3 A
4 ADN, CN, ADN, CN, CN, CN, CN, CN
5 E

Editora Exato 10