Você está na página 1de 1
yy instinuto nace tt PLEASE 0Caminho mais tcl para. a concusio do ensino médio ea sua entrada na universidade UNIDADE V V-AFOTOGRAFIA H& muitos anos, as pessoas que queriam ter um retrato encomendavam uma pintura, um desenho ou uma escultura a um artista. A pessoa retratada tinha de ficar parada muitas horas, posando para o aftisla, que precisava fer muita habilidade para conseguir a semelhanga. Hoje em dia, gracas fotografia, é muito simples fazer um retrato. Mas as fotografias n&o servem apenas para fazer retratos. Vives rodeados de imagens fotogréficas. Algumas aparecem em formais ¢ revistas e servem para informar sobre acontecimentos de muitos lugares do mundo ou sao utilizadas como ilustragao, para ‘completar 0 que dizem os textos. E muito frequente encontrar nos antincios publicitérios, em grandes cartazes ou nas revisias. E também sao muitas as pessoas que utilizam a fotografia para fazer obras de arte. ‘As fotos servem para recordar as pessoas ‘quetidas, os lugares que visitamos, 2s coises que fizemos durante uma viagem... também sdo iiteis 2s fotos histéricas, que nos permitem ver como eram as pessoas, 0s objetos os lugares de outros tempos. ‘COMO AS FOTOGRAFIAS SAO FEITAS ‘A palavra “Fotografia” vem do grego © significa "Desenho de luz’. Chama-se assim porque 2s imagens so conseguidas ullizando-se luz © alguns materiais especiais, como um rolo de filme para fotos © papel folografico, que se torna mais escuro com a luz. Para fazer uma foto se necessita, em primeiro lugar, uma maquina fotografica. Apesar_ de existrem muitos pos, por dentro todes sdo parecidas. Por exemplo, todas as cémeres tem lentes, que servem para dirigir os raios de luz que passam pelo cficio © para proporcionar imagens mais nitidas. Além disso, tem mecanismos que servem para medir a ‘quantidade de luz que queremos que passe através do crifcio da cdmera ou para enfocar as imagens. Vejamos, como um — exemplo, os passos necessérios para podermos fazer uma fotografia. ‘Suponhamos que queremos tirar_uma foto do patio do colégio. A primeira coisa a fazer € por o filme dentro da cémera. (© pitio do colégio deve —_impressionar 0 fllme, ou seja, fazer incidir luz sobre ele. Por isso, 2 seguir, _devemos enfocé-lo com a cémera e “disparar’, apertando o botéo. Para que a imagem do patio aparega no filme, é preciso levé-lo para revelar. Para revelar o filme, utilizam-se produtos quimicos ‘que fazem mais répido 0 escurecimento das zonas onde incidiu a luz e que fixam as imagens para evitar que ‘continuem escurecendo. Tanto a revelago como a aplicagao do fixador deve ser feitas totalmente no escuro. Como se consegue que o negative tenha de novo a aparéncia do patio, com as luzes e as sombras iguals as do patio real? E preciso que o positive, que se faz passando a imagem do patio do filme para 0 patio do ‘papel fotogréfico. Isso deve ser feito em um quarto escuro ‘ese ulliza papel fotografie, que é um papel sensivel & luz, como o fime, A Linguagem Fotografica Embora as fotografies paregam semelhantes & realidade, nunca so iguais a ela. Por isso, permitem que fa pessoa que faz a fotografia possa se expressar de varias maneiras, utlizando diferentes recursos. ‘0 primeiro recurso de que se dispée é a escolha do que vai ser fotografado, ou seja, 0 enquadramento. Mediante 0 enquadramento, a pessoa que tra a fotografia presta atencao a uma parte do que est vendo, essa é a imagem que a sua cémera registrars.