Você está na página 1de 1

Acabaram as frias, passou o carnaval...

E o ano comeou.
E de repente comeam os compromissos, as responsabilidades no trabalho, filho na
escola, contas minando como gua, e me percebo fragilizada, insegura, com muitos
receios, muitas dvidas, estressada... mas o tempo no pra e tenho que decidir e
enfrentar situaes que se sucedem como ondas respondendo ao vento sem cessar!
nesta hora que recorro A Ti, Senhor! no Salmo 143 que encontro conforto.
1 Atende, SENHOR, a minha orao, d ouvidos s minhas splicas. Responde-me,
segundo a tua fidelidade, segundo a tua justia.
Senhor, eu no posso mais, minha humanidade me enfraquece. Minhas foras
no so suficientes, preciso de ti!
3 Pois o inimigo me tem perseguido a alma; tem arrojado por terra a minha vida; tem-
me feito habitar na escurido, como aqueles que morreram h muito.
O mal existe e me sobrepuja, minha fraqueza imensa, mas o Senhor tudo pode.
4 Por isso, dentro de mim esmorece o meu esprito, e o corao se v turbado.
Cada vez mais fraco e mais suscetvel meu esprito agonia sem Ti.
6 A ti levanto as mos; a minha alma anseia por ti, como terra sedenta.
Meu desespero completo, j no sei por onde ir, anseio por Ti!
7 D-te pressa, SENHOR, em responder-me; o esprito me desfalece; no me escondas
a tua face, para que eu no me torne como os que baixam cova.
No demores, Senhor! Ouve-me depressa, porque sozinho eu no posso mais...
8 Faze-me ouvir, pela manh, da tua graa, pois em ti confio; mostra-me o caminho
por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma.
Confio em Ti, Senhor com toda a fora do meu ser. J vi o que s capaz e a ti
entrego minha alma.
9 Livra-me, SENHOR, dos meus inimigos; pois em ti que me refugio.
10 Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu s o meu Deus; guie-me o teu bom Esprito
por terreno plano.
No fcil ouvir-Te, pois minha fraqueza me confunde! Faz-me ouvir, Senhor!
11 Vivifica-me, SENHOR, por amor do teu nome; por amor da tua justia, tira da
tribulao a minha alma.
Vivifica-me por Teu amor, por Teu amor...
12 E, por tua misericrdia, d cabo dos meus inimigos e destri todos os que me
atribulam a alma, pois eu sou teu servo.
Sou todo Seu, Senhor! Arranca a angstia da minha alma. A Ti decidi servir e
seguir.

E Ele sempre est l. No Seu tempo, na Sua Vontade est l.