Você está na página 1de 16
A 1 FOLH TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO AEXTRA DE 2017 - ED.1848 Versão na internet folhaextra.com

A

1

FOLH TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO AEXTRA DE 2017 - ED.1848 Versão na internet folhaextra.com TERÇA-FEIRA ,
FOLH
TERÇA-FEIRA14
DE
NOVEMBRO
AEXTRA
DE
2017
-
ED.1848
Versão na internet folhaextra.com
TERÇA-FEIRA , 14 DE NOVEMBRO
DE 2017 - ANO 14 - Nº 1848 - R$ 1,00
O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS
O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS
0
DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA
DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA
DOIS
TEMPOS
A SI LVA - F OLH A EXTR
G I LMAR
A
O SENHOR É O MEU PASTOR E NADA ME FALTARÁ!

Cenário para a disputa pelo Governo do Paraná começa a se definir-Faltando pouco mais de dez meses para as eleições de 2018, o cenário para a disputa pelo Gover- no do Estado começa a se definir. Pelo menos cinco pré-candidatos à sucessão do governador Beto Richa (PSDB) já estão colocados, mas outros devem surgir até julho do ano que vem, quando termina o prazo para as convenções parti- dárias. Página A3

EM

RESUMO

Segundo dia de prova do Enem tem 32% de alu- nos faltantes - O índice de candidatos que faltaram à segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, realizada neste domingo (12), foi de 32%. Cerca de 2,15 mi- lhões de inscritos não com- pareceram às provas apli- cadas de ontem. Página A4

ESPORTES

Resultados da rodada aju-

dam e Atlético-PR diminui diferença para o G-7 - A ro- dada foi bem favorável para

o Atlético-PR manter a briga

por uma vaga na Libertado-

res. Além de fazer a sua parte

e vencer o Botafogo, no sá-

bado (11), o Furacão contou com a derrota do Flamengo para o Palmeiras e diminuiu para cinco pontos a diferen-

ça para o G-7. Página A5

D I VULG AÇÃO
D I VULG
AÇÃO

Em luta pela vida, menino de oito anos conta com ajuda da região

A população de Sengés e região tem se comovido com a saúde fragilizada do menino Júlio César de Mello Joia, de oito anos, que, entre outras necessidades, precisa de uma cadeira de rodas especial. Página A6

Adapar lança campanha para vacinação de prevenção a febre aftosa

No Paraná, uma das principais atividades que contribuem com o crescimento da econo- mia do Estado é a pecuária, seja ela de corte ou produção de leite. Para manter este índi- ce e desenvolvimento, a Ada-

INOVAÇÃO

par (Agência de Defesa Agro- pecuária do Paraná), realiza duas campanhas anuais para chamar atenção dos pecua- ristas sobre a importância da vacinação contra a febre afto-

sa. Página A6

Professores brazenses participam de Encontro de Tecnologias

Três docentes da Rede Estadual de Ensino, do Núcleo Regional de Educa- ção de Wenceslau Braz, participaram entre os dias 07 a 09 de novembro, do Segundo Encontro Estadual de Tecnologias Educacionais: Inovação e Cria- tividade na Educação Paranaense, que aconteceu em Curitiba. Página A4

D

I VULG

AÇÃO

que aconteceu em Curitiba. Página A4 D I VULG AÇÃO CAMBARÁ Motociclista sem CNH foge da

CAMBARÁ

Motociclista sem CNH foge da polícia e joga maconha no mato

Durante a noite do último sábado (11), a equipe da Po- lícia Militar de Cambará estava realizando uma ronda pela Rua Barão do Rio Branco, no bairro Vila Rubim, quando os policiais avistaram uma moto com dois ocupantes em atitude suspeita. Página A5

D

I VULG

dois ocupantes em atitude suspeita. Página A5 D I VULG AÇÃO CARLÓPOLIS Polícia recupera objetos roubados

AÇÃO

CARLÓPOLIS

Polícia recupera objetos roubados escondidos no Vista Alegre

Na última quarta-feira (8), os policiais do serviço de inteligência da Polícia Militar (P2) de Carlópolis rece- beram uma denúncia anônima de que um morador do bairro Vista Alegre estaria em posse de vários objetos roubados guardados em sua casa. Página A5

IBAITI

Pé de maconha é apreendido após denúncia anônima

Na tarde deste domingo (12), por volta das 15h, a equipe da Polícia Militar da cidade de Ibaiti se dirigiu até a Rua do Matadouro, na Mina Velha, após receber uma denúncia anônima de que um rapaz estava cultivando pés de maconha nos fundos do seu quintal. Página A5

anônima de que um rapaz estava cultivando pés de maconha nos fundos do seu quintal. P
anônima de que um rapaz estava cultivando pés de maconha nos fundos do seu quintal. P
anônima de que um rapaz estava cultivando pés de maconha nos fundos do seu quintal. P

A

2

OPINIÃO

A 2 OPINIÃO TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED.1848 “ O verdadeiro sentido da política

TERÇA-FEIRA14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.1848

A 2 OPINIÃO TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED.1848 “ O verdadeiro sentido da política
“ O verdadeiro sentido da política “ Agradeço ao nosso Departamento Olha o é envolver
“ O verdadeiro sentido da política
“ Agradeço ao nosso Departamento
Olha o
é envolver pessoas que realmente
Jurídico, a equipe da Engenharia e de
que foi
pensam no bem coletivo do município e
que estão preocupadas com a sua atual
Convênios e a todos os envolvidos
que não mediram esforços para tornar
dito!
realidade
realidade a obra da UBS
Alexandre Guimarães –
deputado estadual
Walmir Wellington da Silva –
prefeito de Japira

Editorial

Pense mais no próximo, isso faz bem!

Em meio a tantas situações vergonhosas estampadas no cenário político e moral, pa- rece que o ser humano não tem solução, porém, lições de solidariedade e emparia, mostram que ainda existem pessoas que têm amor ao pró- ximo e, representam a real esperança de um mundo me- lhor.

Uma prova disso foi o me- nino de oito anos, residente no município de Sengés, que pode contar com a solidarie- dade de um grupo que deixou de lado coisas superficiais e focaram em ajudar as pesso- as que realmente precisam. Essas ações mostram que a humanidade tem salvação. Quantas vezes você só pensou

em si, ignorando que existam pessoas que sequer tem uma moradia ou um alimento na mesa para passar o dia? Parando para pensar, você certamente já esteve preso nesse egoísmo, mas cabe a cada um observar atitudes positivas copiá-las, olhar em volta e pensarmos mais nos próximos.

Experimente dizer um bom dia, boa tarde ou um boa noite, afinal, muitas vezes as pessoas precisam de atenção e não somente coisas mate- riais.

precisam de atenção e não somente coisas mate- riais. COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM CHARGE Artigo

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM

CHARGE
CHARGE

Artigo

Artigo

Ninguém escolhe a família que vai nascer

Por LAYDE LOPES

Ninguém escolhe a família que vai nascer Por LAYDE LOPES Felizes os que nasceram em lares

Felizes os que nasceram em lares

amorosos, onde a justiça é prati- cada e os estímulos são positivos. Esses têm uma grande chance de desenvolverem plenamente seu potencial, mas e quanto aos que não tiveram essa oportunidade? Estão marcados para serem fracas- sados e cheios de limitações? Não, só se escolherem essa opção! Não podemos mudar os fatos nem nosso passado, mas podemos mu- dar o efeito que eles têm sobre nossas vidas e construir uma au- toestima poderosa, capaz de nos fazer seguir, mesmo nos dias mais desafiantes. Não estou dizendo que é fácil lidar com as feridas produzidas em nossas alma pelo outro, prin- cipalmente quando esse “outro”

é quem poderia ter nos ajudado

a crescer saudável em todos os

aspectos. Algumas vezes elas são tão profundas que nem sempre é possível reparar seus estragos… Diversos traumas, vazios, proble- mas na autoestima, carências são

alguns dos desafios que surgem

dessas relações familiares proble- máticas, mas sempre é possível refazer nossa percepção e ressig- nificar aquilo que nos fere.

A gente deve lembrar que algumas

relações valem ser restauradas,

apenas algumas… Outras, mes- mo tendo sido tratadas, melhor se manter distante. Isso cabe a você

decidir!

Enfim, posso escolher ser vítima das situações ou mesmo tendo vivido essa experiência dolorosa, tomar outra postura e construir uma outra história para minha vida. Ainda que as marcas sejam

profundas, posso optar por ser resistente, ser resistente e “curar”

o passado para viver um presente

mais pleno, mais completo e mais

feliz.

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM FOLHAEXTRA.COM

Fake News

Por LUIZ CLAUDIO ROMANELLI

Interessante que eu já abordei por diversas vezes o perigo que se transformou a internet com os “fake news”, (notícias falsas) infelizmente agora a vítima fui eu mesmo. Em entrevista ao El Pais, para falar sobre seu novo romance The Golden House, o escritor Salman Rushdie diagnosticou com precisão os tempos que vivemos: ”São tempos de uma cultura da ignorância agressi- va. Na Internet coexistem no mesmo nível de autoridade as verdades e as mentiras”, disse. As redes sociais, especialmen- te o Facebook e o Whatsapp, criados para ser plataformas de interação, estão se transforman- do em território livre para dis- seminação de mentiras e todo tipo de ódio. Esse é um assunto que ganhou relevância a partir da ultima eleição presidencial norte-ame- ricana, marcada pela criação de

sites dedicados a difundir fake news e a “plantar” rumores fal- sos no Facebook. Entre os boa-

tos difundidos, mentiras de que

o presidente Obama era muçul-

mano radical e gay. O Congresso dos Estados Uni- dos abriu várias investigações sobre o tema e o Facebook en- controu mais de três mil perfis que compravam publicidade para incentivar o clique nesse tipo de conteúdo. Aqui não é diferente. Opor- tunistas e mal intencionados usam as redes sociais para ata- car, ofender e se possível arra- sar com reputações de quem ousa pensar diferente ou contra quem consideram adversários e mesmo inimigos. Muitos perde- ram qualquer noção de civilida-

de e de respeito e revelam nas redes sua falta de caráter e seus piores preconceitos. Artistas

e jornalistas negros foram viti- mas de manifestações racistas.

Muitos foram crucificados nas redes sociais por manifestarem- -se contrariamente ao impeach- ment da Dilma, ela vítima tam-

bém de uma intensa campanha de ódio fomentada por milícias digitais disfarçadas de movi- mentos apartidários. Aliás, políticos são o alvo pre- ferencial dessa gentalha que se especializou em espalhar falsidades e manipular parte da opinião publica. Há duas semanas, quando me manifestei contra o projeto in- constitucional da escola sem partido, fui alvo de uma dessas milícias, que patrocinou posts em que me retratava como inimigo da família. A ação foi orquestrada por gente acostu- mada a bater e esconder a mão, escória da escória. Neste fim de semana, a malta assanhou-se novamente e en-

gendrou nova armação. Usa- ram imagens de uma carreta de

transporte de asfalto apreendi- da com drogas proveniente de Naviraí (MS), cuja empresa não é de minha propriedade e nem dos meus familiares. O caminhão não é de fabricação da empresa Romanelli de Cambe, mas gra- ças à manipulação e à mentira espalhou-se nas redes sociais que somos bandidos e trafican- tes de drogas e armas, para o MST e sindicatos. Já tomei das providencias ne- cessárias para identificar os autores da infâmia e eles serão acionados judicialmente, assim como os que irresponsavelmen- te reproduziram a mentira. sem apuração nem checagem. Para assassinar reputações, nada mais eficaz do que uma mentira baseada em verdades ou sutilmente envolta nelas, ensina Álex Grijelmo, autor do livro La Información del Silen- cio. Cómo se Miente Contando

Hechos Verdaderos (A Informa- ção do Silêncio. Como se Mente Contando Fatos Verdadeiros). Na obra, ele explica conceitos como pós-verdade, pós-mentira e pós-censura e revela como acontece a popularização das crenças falsas. Embora hoje tudo seja verificá- vel e não seja fácil mentir, ele mostra que essa dificuldade pode ser superada com dois elementos básicos: “a insistên- cia na asseveração falsa, apesar dos desmentidos confiáveis; e a desqualificação de quem a con- tradiz. E a isso se soma um ter- ceiro fator: milhões de pessoas prescindiram dos intermediá- rios de garantias (previamente desprestigiados pelos engana- dores) e não se informam pe- los veículos de comunicação rigorosos, mas diretamente nas fontes manipuladoras (pági- nas de Internet relacionadas e determinados perfis nas redes

sociais)”. Segundo ele, vivemos “a para- doxal situação de que as pesso- as já não acreditam em nada e ao mesmo tempo são capazes de acreditarem em qualquer coisa”. Na antevéspera das eleições, um dos grandes desafios para os políticos e para o TSE será combater a proliferação de no- ticias falsas. Aos navegantes, especialmente aos que usam as redes sociais para destilar seu ódio e mau ca- ratismo, uso a sabedoria popu- lar: os cães ladram e a caravana passa. Vocês não passarão.

COMENTE O ASSUNTO. ACESSE FOLHAEXTRA.COM FOLHAEXTRA.COM

TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED.1848 POLÍTICA A 3 D I VUL G AÇ

TERÇA-FEIRA14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.1848

POLÍTICA

A

3

D

I VUL G

ÃO D

E ATI VI D

AD

E PAR

L AMENTAR

Alexandre Guimarães visita o Norte Pioneiro para discutir demandas e investimentos

Parlamentar esteve reunido com lideranças políticas dos municípios de Japira, Ribeirão Claro, Santo Antônio da Platina, Conselheiro Mairinck e Cornélio Procópio

O Norte Pioneiro esteve no

roteiro de visitas da semana passada, do deputado estadual Alexandre Guimarães (PSD). Na quinta-feira (9), o parla- mentar esteve reunido com

lideranças políticas dos municí- pios de Japira, Ribeirão Claro, Santo Antônio da Platina, Con- selheiro Mairinck e Cornélio Procópio. Em Japira, o deputado ouviu as demandas da população através de um encontro com

a ex-vereadora Rose de Fátima

Oliveira Santos, a Professora Fátima e seu marido Joel, além

do ex-vereador Nilson e outros

parceiros políticos. Na ocasião,

o presidente da APAE (Asso-

ciação de Pais e Amigos dos

Excepcionais), Carlos Alberto

da Silva Fagundes, mais conhe-

cido como ifico, falou sobre

a necessidade de um parque

adaptado para a instituição. Guimarães ressaltou sua satisfa- ção em rever os parceiros e re- forçou seu compromisso com

o município. “O verdadeiro

sentido da política é envolver

pessoas que realmente pensam

no bem coletivo do município

e que estão preocupadas com a

sua atual realidade. Ficamos fe- lizes em ver nossos amigos tão empenhados quanto nós, por isso Japira tem nosso apoio”, comenta o deputado. Em visita a Ribeirão Claro, o parlamentar foi recebido por importantes lideranças do mu- nicípio. Em pauta, uma série de possibilidades para auxilio nas demandas existentes na cidade.

E

também houve um pedido

de

um parque adaptado para

a APAE. Alexandre se compro-

meteu em trabalhar para trazer mais esta conquista para a co- munidade. No município de Conselheiro

F OTOS - D

para a co- munidade. No município de Conselheiro F OTOS - D I VUL G AÇ

I VUL G

ÃO

Deputado Alexandre Guimarães ouviu as demandas da população de Japira

Mairinck, o parlamentar foi

recebido pelo prefeito Alex Sandro Pereira (DEM) em seu gabinete, juntamente com a vice-prefeita Maria das Gra- ças Nascimento de Siqueira, a

Gracinha (PP). Na oportunida- de, o deputado falou sobre o trabalho realizado em prol do

município e da importância de

estar com frequência nas cida- des paranaenses, conhecendo

a realidade de cada localidade. Já em Santo Antônio da Plati- na, o encontro foi na oficina mecânica do vereador Odemir Jacob, o Breno do Ademir Car-

buradores (PHS), que solicitou

o envio de recursos para aqui-

sição de um parque adaptado para a APAE. Durante a visita foram acompanhados por com- panheiros de Andirá, que dialo- garam sobre novas possibilida-

de Andirá, que dialo- garam sobre novas possibilida- Guimarães, o prefeito de Conselheiro Mairinck Alex Sandro

Guimarães, o prefeito de Conselheiro Mairinck Alex Sandro Pereira e a vice-prefeita Gracinha

des de investimentos. A última visita pelo Norte Pio- neiro foi no município de Cor- nélio Procópio, onde em con- versa com a diretora do Colégio Estadual Major João Carlos de

Faria, Rute Parpinelli, Guima- rães recebeu um pedido de intervenção para abertura de mais uma turma de sexto ano no colégio, visto que a deman- da atual é maior que a quanti- dade de vagas existentes. No encontro, o parlamentar pode estar com o prefeito de Abatiá, Nelson Garcia Junior (PDT). “Nossas visitas visam levantar as demandas de cada municí- pio para conseguirmos trazer investimentos para as cidades. Durante as visitas, nos reuni- mos com lideranças políticas e falamos sobre as demandas da região. Em todos os municípios me comprometi a intermediar essas quest es junto ao over- no do Estado, todos podem contar com o nosso trabalho”, finaliza.

Mandados de busca e apreensão são cumpridos em operação envolvendo ex-diretor da Alep

Além do ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Abib Miguel, esta fase da operação envolve o prefeito de Rio Azul, no Sudeste do Estado, e seus familiares

de Rio Azul, no Sudeste do Estado, e seus familiares DA reportagem ASSESSORIA @ fol h

DA

reportagem

ASSESSORIA

@

fol h aext

ra.co

m

ARGONAUTAS

peração rgonautas foi de agrada em , quando o e -dire- tor da Assembleia Legislativa do Paraná foi preso pelo Gaeco em rasília, no momento em que recebia cerca de mil do ad- ministrador de suas propriedades no Estado de oiás. Em , ele foi denunciado pelo MPPR junto com outras doze pessoas por envolvimento em desvios de dinheiro público do legislativo esta- dual. egundo a investigação, entre e foram desviados mais de milh es em valores atualizados envolvendo a con- tratação de pelo menos 97 funcionários “fantasmas” pela Alep. Os recursos desviados eram “lavados” através da aquisição de imóveis urbanos e rurais, em nome do próprio ex-diretor e de seus fami- liares, em vários estados do país, e de sua posterior exploração (agrícola ou extração de madeira ou minérios, por exemplo). Na den ncia, foram descritos pelo menos im veis utilizados no esquema, localizados no Paraná, Goiás, Tocantins, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Santa Catarina e São Paulo.

judicial por ordem da 4ª Vara Criminal de Curitiba. Os mandados de busca e apre- ensão foram cumpridos em Rio Azul (em duas empresas per- tencentes ao prefeito municipal e seus familiares e em suas resi- dências) e em Curitiba (na casa do ex-diretor da Alep).

Sete mandados de busca e apre- ensão expedidos pelo Tribunal de Justiça do Paraná foram cum- pridos na manhã desta segunda- -feira (13) de novembro, pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Curitiba, na Ope- ração Castor, que é um desdo- bramento da Operação Argo- nautas. Além do ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), Abib Miguel, conhecido como “Bibinho”, esta fase da operação envolve o prefeito de Rio Azul, no Sudeste do Estado, e seus familiares. A investigação apura a extração ilegal de madeira em imóveis pertencentes ao ex-diretor, lo- calizadas no município de Rio Azul, que estão sob sequestro

D I VULG AÇÃO
D I VULG
AÇÃO

Abib Miguel, conhecido como “Bibinho”, foi preso em 2014

Dois Tempos

conhecido como “Bibinho”, foi preso em 2014 Dois Tempos Cenário para a disputa pelo Governo do

Cenário para

a disputa pelo

Governo do Paraná começa a se definir

Faltando pouco mais de dez meses para as eleições de 2018, o cenário para a disputa pelo Governo do Estado começa a se de nir. Pelo menos cinco pré-candidatos à sucessão do governador Beto Richa (PSDB) já estão

colocados, mas outros devem surgir até julho

do

ano que vem, quando termina o prazo para

as

convenções partidárias.

O

deputado estadual Ratinho Júnior (PSD) saiu

na frente na corrida pelo comando do Palácio

Iguaçu. Após deixar em setembro a Secretaria

de Estado do Desenvolvimento Urbano (Sedu),

que ocupou por quase quatro anos, ele passou

a percorrer o Estado em eventos reunindo

prefeitos e vereadores e já vem esboçando o discurso que deve exibir na campanha. Derrotado em 2006 e 2010, o ex-senador Osmar Dias (PDT) prepara-se para tentar o governo pela terceira vez, apoiado em uma imagem de experiência administrativa. Ele também tem percorrido o Estado, e mantido conversas constantes com lideranças, na tentativa de montar uma aliança que sustente sua candidatura. Governador por três vezes, o senador Roberto Requião (PMDB) tem ensaiado uma nova candidatura ao Palácio Iguaçu, apoiado em um discurso de oposição a Richa. Nos bastidores, porém, a avaliação é de que ele tende a disputar a reeleição para o Senado, que seria mais segura.

Em convenção do PSDB, Alckmin

é aclamado presidente

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin

(PSDB), foi ovacionado neste domingo (12),

como pré-candidato ao Palácio do Planalto por militantes e dirigentes tucanos durante

a convenção paulista do PSDB. Em meio à

disputa pelo comando nacional da legenda, pela primeira vez ele mudou o tom e já não descarta mais a possibilidade de assumir a sigla. Aos correligionários e lideranças de cinco partidos aliados, Alckmin fez um discurso de campanha para destacar a necessidade de união dos integrantes de sua legenda.

“Fake news” preocupa o TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral

(TSE), ministro Gilmar Mendes, defende que

a Justiça Eleitoral discuta com instituições

públicas, especialistas da área e empresas de redes sociais formas efetivas de combater às notícias falsas, conhecidas como fake news, que são disseminadas na Internet no período eleitoral. “Nós queremos achar um formato que

vamos discutir com os colegas do TSE. De fato, o que nós queremos é fazer um monitoramento adequado dessa situação para que não estejamos desprevenidos se vier a ocorrer coisa

de maior gravidade”, a rmou.

Temer ‘quase’ renunciou em maio, diz aliado

“Não renunciarei! Repito: não renunciarei! Sei

o que z e sei da correção dos meu atos.” A

fala contundente do presidente Michel Temer

(PMDB) na tarde do dia 18 de maio escondia o

fatodequeotérminoantecipadodeseugoverno

tinha sido seriamente discutido nas tensas horas que se seguiram à revelação de que ele havia sido gravado de forma comprometedora no porão do Palácio do Jaburu. Auxiliares con rmaram reservadamente à época que uma carta de renúncia chegou a ser redigida, mas o texto acabou nunca vindo a público.

A

4 CIDADES

A 4 CIDADES TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED.1848 Professores brazenses participam do 2º Encontro

TERÇA-FEIRA14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.1848

Professores brazenses participam do 2º Encontro Estadual de Tecnologias Educacionais

Tema do evento, que aconteceu em Curitiba, foi “Inovação e Criatividade na Educação Paranaense”. Os docentes Kheronn, Salete e Arthur representaram o NRE de W. Braz

Kheronn, Salete e Arthur representaram o NRE de W. Braz DA reportagem REDAÇÃO @ fol h

DA

reportagem

REDAÇÃO

@

fol h aext

ra.co

m

Três docentes da Rede Estadual

de

Ensino, do Núcleo Regional

de

Educação de Wenceslau Braz,

participaram entre os dias 07 a

09 de novembro, do Segundo Encontro Estadual de Tecnolo- gias Educacionais: Inovação e

Criatividade na Educação Para- naense, que aconteceu em Curi- tiba.

O evento durou 24 horas e

contou com oficinas, palestras,

mesas redondas, relatos de ex- periências e Festival de Invenção

e Criatividade do Paraná (FIC

D

I VULG

AÇÃO

de Invenção e Criatividade do Paraná (FIC D I VULG AÇÃO Representantes do Núcleo Regional de

Representantes do Núcleo Regional de Educação de W. Braz, Kheronn, Salete e Arthur

PR), onde foram desenvolvidos cinco eixos temáticos: Mídia e

educação; Educação inclusiva e

Wenceslau Braz, participaram os

gamificação, onde permite que o

docente vivencie as característi-

um contexto globalizado incor- porando a sua prática as novas

ministradas pelos professores da rede estadual de ensino.

tecnologia; Empoderamento e tecnologia; essignificação dos espaços escolares e Inovação e

cas de um jogo como desafios, conquistas, prêmios, troféus e avatares.

tecnologias o uso dos recursos tecnológicos já existentes na sala de aula. O segundo trata da

evento promovido pela Secre-

taria de Estado da Educação, via Diretoria de Políticas e Tecnolo-

O

ciar a oportunidade de vivências

tecnologia na educação.

Os

professores Salete Prestes dos

interdisciplinaridade entre as

gias Educacionais (DPTE), teve

Como representantes do NRE

professores Kheronn Khenne-

Santos Hortêncio e Artur Pascoal Rossi, do Colégio Estadual Rodri- gues Alves, município de Jagua-

matérias, a união da turma por fazerem parte de uma equipe os ajuda e colabora para o sucesso

como objetivo principal propi-

e iniciativas com o uso de tecno-

dy

Machado, Salete Prestes dos

riaíva, por meio de relato de ex-

na gincana evitando assim a de-

logias na educação que possibili-

Santos Hortêncio, Artur Pascoal

periência, expuseram os temas:

fasagem no aprendizado e conse-

tem a resolução colaborativa de

Rossi.

“A habilidade de desenvolver

quente evasão escolar.

problemas, a experimentação,

Kheronn, que atua como asses-

aulas significativas com a utiliza-

Para a professora Salete a orga-

o

desenvolvimento tecnológico

sor

em tecnologias educacionais

ção das tecnologias” e “Gincana

nização do evento foi excelente,

e

o compartilhamento de co-

no N E, prop s o tema amifi-

Interdisciplinar”.

com uma miríade de possibili-

nhecimento, estimulando uma

cando a Prática Docente - Projeto

O

primeiro tema diz respeito a

dades de participação e troca de

cultura de inovação, criatividade

de

um aplicativo”, uma modela-

capacidade de aprender e rea-

experiências. O professor Artur

por meio de produções digitais

gem e construção de um aplicati-

prender sempre com as novas

ressaltou a diversificação dos

que envolva toda a comunidade

vo

que reúne as características da

ferramentas educacionais em

temas e a din mica das oficinas,

escolar.

Prefeito Walmir retoma obras de construção de UBS em Japira

Unidade Básica de Saúde é fruto de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo Estadual através da SESA; obras do local estavam paradas desde 2015

D I VULG AÇÃO
D I VULG
AÇÃO

Chefe do Executivo esteve acompanhando o andamento da obra

DA

ASSESSORIA

reportagem

REDAÇÃO/

@

fol h aext

ra.co

m

A Prefeitura Municipal de Japira reiniciou na manhã da última quinta-feira (09) as obras da construção da Unidade Básica

de Saúde. As obras estavam pa-

radas desde novembro de 2015,

devido à falta das certidões que garantiam o repasse financeiro para pagamento da empresa executora do projeto na gestão anterior. No início de seu mandato em ja- neiro deste ano, o prefeito, Wal-

mir Wellington da Silva (DEM) providenciou as certidões que se faziam necessárias para dar andamento às obras e projetos paralisados no município e jun- tamente com uma equipe técnica

tem se empenhado em retomar

a construção da Unidade Básica

de Saúde e concluir a obra. Fo- ram realizadas diversas reuniões

junto a SESA (Secretaria Estadual de Saúde) em Curitiba e também com a Regional da Saúde em Ja- carezinho para conseguir a auto- rização de retomada da obra.

A Unidade Básica de Saúde é fru-

to de uma parceria entre a Prefei- tura e o Governo Estadual atra- vés da SESA. O local contará com

o Governo Estadual atra- vés da SESA. O local contará com consultório médico e odontoló- gico,

consultório médico e odontoló-

gico, farmácia, sala de espera, de vacinas, de inalação, de enferma- gem, de serviços administrativos, de curativos, de observação, de reuniões, expurgo, depósito, área de serviços e banheiros com acessibilidade, contará ainda com garagem coberta e depósito

de lixo fechado e coberto. Walmir esteve no local para acompanhar o reinício da obra

e destacou a importância do

envolvimento de sua equipe na retomada desta construção. “Agradeço imensamente ao nos- so Departamento Jurídico e a equipe da Engenharia e de Con- vênios e a todos os envolvidos que não mediram esforços para

tornar realidade a retomada des- sa obra tão importante para a Saúde da nossa querida Japira. Nossos projetos estão a todo vapor, estamos empenhados, tra- balhando muito e esta é apenas uma das obras que Japira vai ver

se tornando realidade nessa ges- tão , afirmou o prefeito.

Empreendendo para crescer O produtor rural precisa tomar decisões de gestão o tempo todo, sendo,

Empreendendo para crescer

O produtor rural precisa tomar decisões de gestão

o tempo todo, sendo, portanto, um empreendedor nato,

mesmo que muitas vezes não tenha consciência. São decisões que incluem desde a melhoria da propriedade com a construção de uma cerca até a aquisição de um novo equipamento que exigem a capacidade de coordenar

e realizar um projeto.

Foi por isso que o Sistema FAEP/SENAR-PR criou, há 15 anos, o Programa Empreendedor Rural (PER), em parceria com o SEBRAE-PR e a FETAEP. O PER oferece ao agricultor ferramentas do empreendedorismo no agronegócio, ampliando a sua capacidade de enxergar

e analisar as oportunidades de mercado. A partir disso,

ele pode administrar melhor a sua propriedade obtendo

melhores resultados.

O programa também premia os melhores projetos

desenvolvidos durante o curso. Neste ano foram recebidos para avaliação 102 projetos de todas as regiões do Paraná. Os dez finalistas já estão se preparando para a

grande festa de premiação que acontece no próximo dia 1º de dezembro, durante o Encontro Estadual de Empreendedores e Líderes Rurais, onde serão conhecidos os três vencedores deste ano.

sistemafaep.org.br

Em Resumo

Segundo dia de prova do Enem tem 32% de alunos faltantes

O índice de candidatos que faltaram à segunda

prova do Exame Nacional do Ensino Médio

(Enem) de 2017, realizada neste domingo (12),

foi de 32%. Cerca de 2,15 milhões de inscritos

não compareceram às provas aplicadas de

ontem. No primeiro dia de prova, realizado no domingo (5), foi registrada uma abstenção de 29,8%, com cerca de 2 milhões de candidatos faltosos. No ano passado, a abstenção média nos dois dias de prova foi de 29,19%.

O ministro da Educação, Mendonça Filho,

classi cou esta edição como a mais tranquila aplicação do Enem nos últimos anos, com pouquíssimas ocorrências. Um total de 853 candidatos foram eliminados

do Enem nos dois dias de prova, sendo 273 no

primeiro dia e 580 no segundo dia. A maioria foi eliminada por descumprimento de regras do edital (842), nove por terem sido identi cadas irregularidades nos detectores de metais e dois por recusa do dado biométrico.

Segundo Ministério, Paraná tem 32 mil moradores de rua

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa),

em parceria com a Secretaria da Família e Desenvolvimento Social (Seds), realizou na sexta-feira (10) uma videoconferência para discutir a situação das pessoas que vivem nas ruas no Paraná. O evento contou com a presença de autoridades e técnicos de ambas as secretarias e abordou os números desta população no Estado e os desa os e possibilidades para estas pessoas. Os últimos dados o ciais do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) mostram que cerca de 32 mil pessoas vivem em situação de rua no Estado. No Paraná, as regionais de saúde com maior índice de população de rua são as de Curitiba, Londrina e Ponta Grossa, respectivamente. “A

situação dos moradores de rua exige atenção intersetorial, não apenas da Saúde, mas de todo

o Governo, portanto, trabalhar em conjunto

com outras secretarias é fundamental. Precisamos olhar para as pessoas que estão nesta situação e garantir que tenham acesso aos serviços de saúde e às demais políticas públicas”, destacou o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd.

de saúde e às demais políticas públicas”, destacou o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd.
TERÇA-FEIRA14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED.1848 RADAR A 5 CARLÓPOLIS Esportes Polícia recupera objetos

TERÇA-FEIRA14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.1848

RADAR

A

5

CARLÓPOLIS

Esportes

Polícia recupera objetos roubados, escondidos no Vista Alegre

 

Resultados ajudam, e Atlético-PR diminui diferença para o G-7

Policiais receberam uma denúncia informando que um homem estaria guardando em sua casa vários objetos provenientes de roubos realizados em diferentes pontos da cidade

A rodada foi bem favorável para o Atlético-PR man-

ter a briga por uma vaga na Libertadores. Além de

fazer a sua parte e vencer o Botafogo, no sábado

  D I VULG AÇÃO (11), o Furacão contou com a derrota do Flamengo para
 

D I VULG

AÇÃO

(11), o Furacão contou com a derrota do Flamengo para o Palmeiras e diminuiu para cinco pontos a di- ferença para o G-7. Com a derrota do Fluminense para o Cruzeiro, o Rubro-Negro subiu uma posição

e agora está em 12º, com 45 pontos. Além disso,

os empates nos jogos Vasco x São Paulo e Bahia

x Atlético-MG foram bons para o Rubro-Negro, já

DA

REDAÇÃO

 

sidência, haviam vários objetos com as características dos que foram informados pelas vítimas dos roubos.

A equipe da P2 solicitou apoio

objetos com as características dos que foram informados pelas vítimas dos roubos. A equipe da P2

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

Na última quarta-feira (8), os po- liciais do serviço de inteligência da Polícia Militar (P2) de Carló- polis receberam uma denúncia anônima de que um morador do bairro Vista Alegre estaria em posse de vários objetos rouba- dos guardados em sua casa. Diante das informações, a equi- pe passou a realizar investiga- ções e fez um levantamento do local, sendo verificado que, em um cômodo nos fundos da re-

dos policiais militares que se des- locaram até a Rua Ipê Amarelo,

onde, chegando na residência, foi confirmado que os objetos guardados na casa eram rouba- dos, sendo estes encaminhados para delegacia e reconhecidos pelos seus verdadeiros donos.

O autor da receptação foi preso

que os quatro times também estão de olho na Li- bertadores. O Furacão volta a jogar na quarta-feira (15), quando encara a Ponte Preta, às 17h, no es- tádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Depois, o Ru- bro-Negro terá pela frente Vasco (casa), Avaí (fora)

e Palmeiras (em casa).

no sábado (11), sendo que a resi-

Na briga para fugir do Z-4, Coritiba e Ponte Preta ficam no empate no Couto Pereira

dência onde os produtos rouba- dos estavam guardados é de seu pai, que não foi encontrado.

CAMBARÁ

 

Coritiba e Ponte Preta entraram em campo para um jogo de seis pontos. Porém, no m, tiveram que

 

se contentar com um ponto para cada. Em um jogo

Motociclista sem habilitação foge da polícia e joga maconha no mato

Além do condutor, também estava na moto um garupa; os dois fugiram colocando em risco pedestres e outros veículos; a droga foi dispensada durante a fuga e ambos foram presos

movimentado no segundo tempo, os times caram no empate por 1 a 1 neste domingo (12), no está- dio Couto Pereira. Léo Gamalho, aos 19 minutos da etapa nal, abriu o placar para a Macaca. Dois mi- nutos depois, Yan Sasse empatou para o Alviverde. Com o resultado, as equipes continuam na briga para fugir da zona de rebaixamento.

DA REDAÇÃO

DA

REDAÇÃO

 

os, ao notarem a aproximação da viatura, empreenderam fuga percorrendo diversas ruas da cidade. Os policiais ainda desta- caram que, inclusive, o condu- tor da moto atravessou diversas ruas preferenciais colocando em risco vários pedestres e ou- tros veículos.

A perseguição aos suspeitos se

os chegaram a estrada que da acesso ao lixão da cidade, um objeto foi dispensado no mato e, alguns metros depois, o con- dutor acabou perdendo o con- trole e os dois ocupantes caíram da motocicleta. Um dos suspeitos foi detido no ato, enquanto o garupa ainda

de 2,3 gramas de maconha. o verificar o documento dos dois indivíduos, os policiais constataram que o condutor não possuía Carteira Nacional de Habilitação. Já a motocicleta estava com os documentos em dia. Frente aos fatos, os dois rece- beram voz de prisão e foram algemados, sendo que ambos

Paraná inicia semana decisiva para acesso a Série A

O Paraná embarcou para dois jogos no Nordeste

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

 

Durante a noite do último sá- bado (11), a equipe da Polícia Militar de Cambará estava re- alizando uma ronda pela Rua Barão do Rio Branco, no bairro Vila Rubim, quando os policiais avistaram uma moto com dois ocupantes em atitude suspeita. Ao se dirigirem em direção a motocicleta, os dois indivídu-

que podem sacramentar o acesso à Série A do Bra- sileiro. Primeiro, o Tricolor encara o Santa Cruz, na terça-feira (14), às 21h30, no Arruda. Depois, pega o CRB, no sábado (18), às 17h, no Rei Pelé. Na quarta posição com 59 pontos, o time paranista pode vol- tar comemorando o acesso antecipado até mesmo, em uma das piores hipóteses, trazendo apenas um ponto na bagagem. Para subir antes da rodada - nal, o Paraná vai depender de tropeços de um dos três adversários que estão na briga: Oeste, quinto colocado, 57 pontos; Londrina, sexto, 55 pontos, e Vila Nova-GO, sétimo, com 54 pontos. “Nós temos dois jogos decisivos fora de casa. Talvez, se a gente conquiste essas vitórias, concretize o acesso ou es- teja bem encaminhado para o último jogo em casa.

estendeu por seis bairros da

tentou fugir por um matagal, mas acabou sendo detido pe- los policiais. Na revista pessoal realizada em ambos, nada de ilícito foi encontrado, mas, ao

cidade, passando pela Vila Ru- bim, Jardim Primavera, Centro, Vila Santana, Jardim Pinheiro

resistiram a ordem dos policiais. Os indivíduos juntamente com

a motocicleta e a droga foram encaminhados para delegacia da cidade.

e Distrito Industrial I e II. No momento em que os indivídu-

procurar o objeto dispensado, a equipe encontrou uma porção

“MACONHICULTOR”

IBAITI

Homem tem Fiat Toro roubada a mão armada

Vítima foi abordada enquanto transitava próximo a um posto de gasolina; assaltantes estavam com um veículo que pertence a uma locadora da cidade de Campinas/SP

que pertence a uma locadora da cidade de Campinas/SP Durante a madrugada do do- mingo (12),

Durante a madrugada do do- mingo (12), por volta das 3h, um homem compareceu a 3ª Companhia da Polícia Militar de Ibaiti para registrar o roubo de seu veículo. Segundo informações da víti- ma, ele estava transitando com sua Fiat/Toro pelas imediações da Rua Senador Arthur Santos nas proximidades de um posto de gasolina, quando, de repen- te, foi abordado por dois indi-

víduos que estavam em um

Toyota/Corola prata.

O passageiro do Corola apon-

tou um revólver para o moto- rista da caminhonete e orde- nou que o condutor parasse. Os assaltantes levaram, além do carro, um relógio, um no- tebook, algumas roupas, cor- rente de ouro e o celular da vítima. Os assaltantes fugiram do lo- cal. O corola, com placas PZT 2849 é pertencente a uma lo- cadora de veículos da cidade de Campinas/SP. A vítima foi orientada quanto as medida cabíveis ao caso.

É uma semana muito importante, muito decisiva.

Pé de maconha é apreendido após denúncia anônima

Mas nós temos que trabalhar como sempre viemos trabalhando. Pensando primeiro nesse jogo difícil que teremos em Recife (contra o Santa Cruz). De- pois, em Maceió (contra o CRB)”, disse o técnico Matheus Costa.

Denúncia foi realizada durante a tarde deste domingo e polícia encontrou um pé da erva nos fundos de uma residência no bairro Mina Velha em Ibaiti

Londrina faz promoção para os dois últimos jogos em casa pela Série B

Ainda com chances de conseguir o acesso à Série

DA REDAÇÃO   versaram com a moradora da casa que autorizou a entrada da equipe

DA

REDAÇÃO

 

versaram com a moradora da casa que autorizou a entrada da equipe na residência a fim de se realizar uma busca domiciliar. Enquanto os policiais averigua-

A, o Londrina faz uma promoção para os dois últi-

reportagem

@

fol h aext

ra.co

m

mos jogos em casa pela Série B do Brasileiro, am- bos no Estádio do Café. O torcedor que adquirir

Na tarde deste domingo (12), por volta das 15h, a equipe da Polícia Militar da cidade de Ibaiti se dirigiu até a Rua do Matadou- ro, na Mina Velha, após receber uma denúncia anônima de que um rapaz estava cultivando pés de maconha nos fundos do seu quintal. Chegando ao local, com o apoio da equipe ALI (Agência Local de Inteligência), os policiais con-

os ingressos antecipados para as partidas contra

o

Guarani, marcada para a próxima terça-feira (14),

vam o local, foi encontrado nos fundos do quintal um pé de ma- conha. A planta foi apreendida juntamente com um celular Sa- msung Grand Prime, o qual pos- suía uma queixa de extravio, e ambos foram levados para o 37º Departamento de Polícia para que os procedimentos cabíveis

e

América-MG, no próximo sábado (18), vai pagar

mais barato. Com o desconto, o setor de arquiban-

cada sai R$ 30 para os dois jogos. No setor coberto,

o preço sobe para R$ 50. Proprietário de cadeira ca-

tiva paga R$ 30. Esses preços são válidos até as 18h

de terça-feira (14). Caso escolha comprar o ingresso

para apenas uma das partidas, os valores são de R$ 20 para arquibancada e R$ 30 para o setor coberto.

A

entrada para proprietários de cadeira cativa cus-

ao caso fossem tomados.

ta

R$ 20.

30 para o setor coberto. A entrada para proprietários de cadeira cativa cus- ao caso fossem
o setor coberto. A entrada para proprietários de cadeira cativa cus- ao caso fossem tomados. ta

A 6

DESTAQUES

A 6 DESTAQUES TERÇA-F E I R A 14 D E NOV E M B R

TERÇA-F E I R A 14

D E

NOV E M B R O

D E

2017

-

E D.1848

D I VULG AÇÃO Júlio César tem oito anos e precisa de uma cadeira de
D I VULG
AÇÃO
Júlio César tem oito
anos e precisa de uma
cadeira de rodas

GILM ARA SILVA reportagem @ fol h aext ra.co m reportagem @ fol h aext ra.co m

A população de Sengés e região tem se comovido com a saúde fragilizada do menino Júlio Cé- sar de Mello Joia, de oito anos, que, entre outras necessidades, precisa de uma cadeira de rodas especial. Tudo começou quando ele tinha dois anos e sofreu uma convul- são, como a família morava no sítio até chegarem na cidade o menino teve paralisia cerebral e, desde então, não fala, não anda, tem distrofia muscular nos p s, usa um aparelho de aspirar se- creção nasal e fraldas.

Júlio nasceu de oito meses e, além da doença atual, ele já teve outras complicações de saúde. Atualmente, ele se alimenta atra- vés de uma sonda com um leite específico que custa a lata, Júlio ingere uma lata por dia, ou seja, um custo mensal de , mil. Graças a uma ajuda do Governo do Estado, a família recebe me- tade das latas de leite, tendo a despesa de apro imadamente , al m de outros gastos com remédios que já chegaram a ul- trapassar o valor de mil. O menino é aposentado e recebe um salário mínimo, mas diante de suas despesas, a quantia é in- suficiente. Meu irmão aposen- tado, mas nem sempre o valor da para cobrir as necessidades dele,

NOVEMBRO

neste mês, minha mãe teve um gasto extra de aproximadamente mil em rem dios, porque sempre tem probleminhas, além de não encontrarmos alguns re-

m dios no posto , e plica ulia- ne de Mello Joia, irmã de Júlio. ajuda das pessoas essencial, eu e algumas amigas estamos vendendo rifas para arrecadar- mos dinheiro para conseguirmos comprar uma cadeira de rodas, ela é cara, não temos condições

e por isso precisamos de ajuda , comenta.

A quantia arrecadada até a últi- ma semana somava o valor de

, mil, mas devido uma compli-

cação de saúde, metade do di- nheiro teve que ser retirado para pagar um hospital particular em tarar .

Adapar lança campanha para vacinação de prevenção a febre aftosa

Doença viral é altamente contagiosa e afeta animais biungulados; objetivo é vacinar 100% do rebanho de bovinos e búfalos do Estado contra doença

M ARCELO AGU IAR reportagem @ fol h aext ra.co m reportagem @ fol h aext ra.co m

No Paraná, uma das principais atividades que contribuem com

o crescimento da economia

do Estado é a pecuária, seja ela de corte ou produção de leite. Para manter este índice e desenvolvimento, a Adapar gência de efesa gropecu- ária do araná , realiza duas campanhas anuais para chamar

atenção dos pecuaristas sobre a importância da vacinação con-

tra a febre aftosa.

A doença é do tipo viral sendo considerada altamente conta- giosa, e afeta animais biungu- lados, ou seja, os que tem dois dedos, como é o caso dos bovi- nos, búfalos e suínos. A doença

tem ocorrências na m rica do Sul, Europa, Ásia e África.

O Paraná é considerado uma

área livre da febre aftosa e, realizar a meta de vacinação

de do rebanho do Esta- do, busca manter este índice. Surtos de febre aftosa podem

causa um grande estrago eco- nômico, como aconteceu na Grã-Bretanha entre fevereiro e setembro de , onde a epidemia da doença com casos deram um prejuízo de milhões de libras ao país.

As campanhas de vacinação são

realizadas em dois meses do ano. Em maio, a vacinação é obrigat ria para bovinos e b - falos com até 24 meses de ida- de, inclusive, bezerros recém

nascidos. á no mês de novem- bro, a regra vacinar do rebanho, incluindo os bezerros recém-nascidos.

O supervisor regional da Ada-

par Jacarezinho, falou sobre a

importância que a vacinação tem para que o Estado do Para- ná consiga expandir seus mer- cados com alguns países onde, atualmente, o comércio está fechado. aftosa uma doença infec - ciosa e transmissível que atin- ge o sistema imunol gico dos animais. A vacinação é muito importante para promover o controle oficial da doença no país, pois áreas onde existem

focos de aftosa são restringidas

de exportar para alguns países.

Por isso é muito importante que os produtores realizem a

vacinação de maneira correta para o Estado atingir o status

de área livre e abrir novos mer-

cados, melhorando a economia do pecuarista e do araná , es- clareceu Mario.

Em luta pela vida, menino de oito anos conta com ajuda da região

Júlio César se alimenta através de uma sonda e com um leite específico que custa R 50 a lata, além da necessidade do alimento, ele precisa de remédios e uma cadeira de rodas apropriada

SOLIDARIEDADE

Diante da necessidade da família, algumas pessoas estão empenhadas em ajudar o menino, entre elas,

o grupo do rau que fica localizado em tarar .

Montado em meados de , a equipe busca ajudar várias pessoas, al m do pr prio lio, mas para isso tamb m carecem de doaç es. uanto mais doaç es tivermos mais pessoas ajudaremos , afirma o integrante Bruno Batista Nobre. No começo, o grupo de dez pessoas se reunia apenas por diversão, mas atualmente, possui aproxi- madamente meninos que se uniram em prol da solidariedade.

uando fomos visitar nosso irmãozinho tive uma sensação ine plicável, a família ficou muito feliz e puderam ver que não estão sozinhos nessa luta. uando chegamos residência, encontramos com a irmã do lio que cadeirante, ela tamb m ficou muito feliz e isso foi muito legal , finaliza.

irmã Maria it ria de Mello oia tem anos e apresenta mais movimentos que o irmão, mas apesar

de ter dificuldades na fala, uma adolescente saudável. Entre diversos atendimentos famílias que precisam, agora, o grupo está dedicado a atender o

menino. Na tarde do ltimo domingo , eles montaram uma passeata de motocicletas pelo muni- cípio de Sengés para chamar atenção das pessoas pela causa e, também, ajudaram a vender rifas, para arrecadação que será revertida em uma cadeira de rodas especial e leites para alimentação. amb m fazem parte do grupo apro imadamente meninas, tendo a empatia das mulheres. nos -

sa sensação de estar ajudando o lio oresce o nosso e tinto maternal, a gente se sente realizada e

uma das melhores sensaç es que todos podem sentir, receber a gratidão espetacular, definitiva-

mente um ato que nos tira as palavras, pois nos colocamos no lugar da família , e plica islene osa.

AJUDA

uem tiver interesse em contribuir com a família deve entrar em contato com uliane de Mello oia

pelo n mero - ou com a mãe de lio, idiane parecida ouza de Mello - . família carece de doaç es de fraldas, leite e arrecadação de dinheiro para a aquisição de uma cadeira de rodas especial.

G

I LMAR

A SI LVA - F OLH

A EXTR

A

Na campanha de novembro, deve ser vacinado 100% do rebanho
Na campanha de novembro, deve
ser vacinado 100% do rebanho

VACINAÇÃO

vacina deve ser adquirida nos pontos de vendas autorizados juntamente com a nota fiscal e o comprovan- te de vacinação. A vacina deve ser conservada em local resfriado, não sendo nunca congelada nem exposta

ao sol. A aplicação deve ser realizada com agulhas e seringas limpas. Para isso, o produtor pode ferve-las por minutos antes da aplicação.

uanto a dose, deve ser aplicado ml independentemente da idade, tamanho ou peso do animal. vacina deve ser injetada na tábua do pescoço do animal, pois o posterior é uma região de carne nobre. No momento da vacina, os proprietários devem aproveitar para conferir o número de cabeças no rebanho

e relacionar a quantidade de animais existentes na propriedade e os que foram vacinados de acordo com

a idade e o sexo. Estes dados devem ser preenchidos no comprovante de vacinação.

A comprovação de que a vacinação foi realizada deve ser feita por meio do site da Adapar ou em uma

unidade física da instituição. Caso a vacinação seja feita em conjunto com outro produtor, cada um dos proprietários deverá apresentar o comprovante de vacinação correspondente ao seu rebanho. Já em si- tuações onde o produtor tenha duas propriedades, deverá ser apresentado um comprovante para cada propriedade.

em si- tuações onde o produtor tenha duas propriedades, deverá ser apresentado um comprovante para cada
TERÇA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED. 1848 EDITAIS B 1 JUNDIAÍ DO SUL

TERÇA-FEIRA,

14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.

1848

EDITAIS

B

1

JUNDIAÍ DO SUL BALANÇO PATRIMONIAL Balanço Anual Exercício 2016 Município de Jundiaí do Sul PREFEITURA
JUNDIAÍ DO SUL
BALANÇO PATRIMONIAL
Balanço Anual
Exercício 2016
Município de Jundiaí do Sul
PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAI DO SUL
Estado do Paraná
RATIFICAÇÃO DO ATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº
Página: 1
30/2017
ATIVO
Ratifico o ato da Comissão de Licitação, nomeada através
ESPECIFICAÇÃO
Nota
Exercício Atual
Exercício Anterior
da Portaria nº. 140 de 11 de julho de 2017, que declarou Dispensável
a
Licitação que Compra de Óleos Lubrificantes, destinados à veículos
ATIVO CIRCULANTE
CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA
CAIXA E EQUIVALENTES DE CAIXA EM MOEDA NACIONAL
CRÉDITOS A CURTO PRAZO
CLIENTES
CRÉDITOS DE TRANSFERÊNCIAS A RECEBER
DÍVIDA ATIVA NÃO TRIBUTÁRIA
DEMAIS CRÉDITOS E VALORES A CURTO PRAZO
DÍVIDA ATIVA NÃO TRIBUTÁRIA - DEMAIS CRÉDITOS
OUTROS CRÉDITOS A RECEBER E VALORES A CURTO PRAZO
ATIVO NÃO-CIRCULANTE
IMOBILIZADO
BENS MÓVEIS
BENS IMÓVEIS
2.058.360,52
977.606,04
e
máquinas do lotados nos Departamentos de Educação, Transporte e
2.048.760,25
968.749,27
2.048.760,25
968.749,27
1.533,95
3.174,13
0,00
0,00
1.533,95
0,00
0,00
0,00
8.066,32
5.682,64
0,00
0,00
8.066,32
5.682,64
7.873.200,47
7.137.655,54
7.873.200,47
7.137.655,54
Saúde, conforme solicitação realizada pelos Departamentos de Edu-
cação, Transporte e Saúde, com fundamento no Art. 24, Inciso II. O
Valor total para a aquisição do objeto requisitado é de R$ - 7.990,00
(sete mil novecentos e noventa reais). Em favor da Empresa Pedro
Marques da Silva Junior & Cia Ltda., CNPJ nº 72.410.996/0001-14,
vencedora dos itens 01, 02, 03, face ao disposto no Art. 26 da Lei nº
8.666/93, uma vez que o processo se encontra devidamente instruído.
Publique-se
Jundiaí do Sul – PR, 13 de novembro de 2017.
Eclair Rauen
Prefeito Municipal
4.180.776,46
3.912.574,30
3.692.424,01
3.225.081,24
WENCESLAU BRAZ
ATA 012/2017
Aos dias oito do mês de novembro do ano de dois mil e dezessete, às treze horas
e
trinta minutos, reuniram se em caráter ordinário em uma das salas de reuniões
TOTAL
9.931.560,99
8.115.261,58
PASSIVO
ESPECIFICAÇÃO
Nota
Exercício Atual
Exercício Anterior
do Centro de Referência de Assistência Social/CRAS, situado Avenida Avelino
Vieira número duzentos e noventa, fundos com a rodoviária no Município de
Wenceslau Braz – Paraná, os membros do Conselho Municipal de Assistência
Social (CMAS), com a presença dos seguintes membros: Representante da
Secretaria Municipal de Assistência Social Senhora: Maria Cristina Moreira
(Secretária Municipal de Assistência Social), Neili Morais Sene e Carla Apare-
PASSIVO CIRCULANTE
OBRIGAÇÕES TRABALHISTAS, PREVIDENCIÁRIAS E ASSISTENCIAIS A PAGAR A CURTO PRAZO
PESSOAL A PAGAR
BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS A PAGAR
ENCARGOS SOCIAIS A PAGAR
FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR A CURTO PRAZO
FORNECEDORES E CONTAS A PAGAR NACIONAIS A CURTO PRAZO
OBRIGAÇÕES FISCAIS A CURTO PRAZO
OBRIGAÇÕES FISCAIS A CURTO PRAZO COM A UNIÃO
DEMAIS OBRIGAÇÕES A CURTO PRAZO
VALORES RESTITUÍVEIS
OUTRAS OBRIGAÇÕES A CURTO PRAZO
950.635,97
196.064,67
cida Anacreto ; Representante da Secretaria Municipal de Educação a Senhora:
256.236,68
7.672,28
Lucimara Lopes Pironatto; Representante dos Usuários do SUAS a Senhora:
3.296,84
0,00
0,00
0,00
252.939,84
7.672,28
465.182,92
33.284,54
465.182,92
33.284,54
Geralda Aparecida Silva; Representante das Senhoras Rotarianas: Janete Youssef
Abooud Pontes; Representante da APAE: Siriley da Silva Camargo, Represent-
ante da Secretaria da Administração a Senhora: Mayara Alves Baldan. Dando
inicio a Senhora Maria Cristina Moreira Secretária Municipal de Assistência
Social e a Presidente deste Conselho a Srª Neili Morais Sene, saudaram e
agradeceram a presença de todos, comunicando as pautas da referida reunião:
0,00
0,00
referente à prestação de contas do Piso Paranaense de Assistência Social (PPAS
0,00
0,00
I
- FEAS), e PPAS IV- Piso Paranaense de Assistência Social na modalidade
229.216,37
155.107,85
229.216,37
155.107,85
0,00
0,00
TOTAL DO PASSIVO
950.635,97
196.064,67
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
ESPECIFICAÇÃO
Exercício Atual
Exercício Anterior
RESULTADOS ACUMULADOS
RESULTADO DO EXERCÍCIO
RESULTADOS DE EXERCÍCIOS ANTERIORES
AJUSTES DE EXERCÍCIOS ANTERIORES
RESULTANTES DE EXTINÇÃO, FUSÃO E CISÃO
8.980.925,02
7.919.196,91
1.026.246,16
885.627,36
7.954.678,86
7.033.569,55
Acolhimento Institucional – Casa Lar, Informações sobre o novo Sistema Online
da Prestação de Contas no SIFFF 2, eleição da nova Secretária do Conselho e a
justificativa a Demanda n° 00016575/2017 recebido por email do Ministério do
Desenvolvimento Social e Agrário para a desistência do Programa Criança Feliz.
Na sequencia a técnica do órgão gestor Neili Morais Sene, passou a explanar o
novo funcionamento do Sistema Online para lançamento da Prestação de Contas.
Na sequência iniciou a Prestação de Contas do Piso Paranaense de Assistência
Social (PPAS I -FEAS), período Janeiro a Junho do ano de 2017, para aprovação
ou não, na qual apresentou a todos os presentes a referida prestação de contas no
Sistema do SIFF 2. 1. Execução da proposta de Atendimento Físico, 2. Resumo
Executivo, 3. Declaração do Órgão Gestor; 4. Gestão Financeira; e também
0,00
0,00
0,00
0,00
TOTAL DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO
8.980.925,02
7.919.196,91
TOTAL
9.931.560,99
8.115.261,58
ATIVO FINANCEIRO
2.057.001,53
974.431,91
PASSIVO FINANCEIRO*
1.124.290,36
628.814,77
ATIVO PERMANENTE
7.874.559,46
7.140.829,67
PASSIVO PERMANENTE
0,00
0,00
apresentadas todas as notas fiscais na sua integra, para verificação dos presentes.
Logo em seguida apresentação da prestação de contas PPAS IV na Modalidade
Acolhimento Institucional Casa Lar, período Janeiro a Junho do ano de 2017, na
qual apresentou a todos os presentes a referida prestação de contas no Sistema do
SIFF 2. 1. Execução da proposta de Atendimento Físico, 2. Resumo Executivo,
3. Declaração do Órgão Gestor; 4 Gestão Financeira, e apresentadas todas as
notas fiscais na sua integra, para verificação de todos os presentes. Passou-se
então a Justificativa da desistência do Programa Criança Feliz, na qual o recurso
SALDO PATRIMONIAL
8.807.270,63
7.486.446,81
ofertado,
*Passivo Financeiro: Inclui Restos a Pagar Não Processados
Saldo dos Atos Potenciais Ativos
ESPECIFICAÇÃO
Exercício Atual
Exercício Anterior
GARANTIAS E CONTRAGARANTIAS RECEBIDAS A EXECUTAR
DIREITOS CONVENIADOS E OUTROS INSTRUMENTOS CONGÊNERES A RECEBER
DIREITOS CONTRATUAIS A EXECUTAR
OUTROS ATOS POTENCIAIS ATIVOS A EXECUTAR
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
não são suficiente para arcar com os critérios exigidos pelo Programa nos
atendimentos pactuados pelo Município de 100 famílias, para executar os
atendimentos conforme orientações seriam necessários 4 grupos de 25 famí-
lias. E o Município atualmente não possui recursos suficientes para manter as
equipes de Trabalho com a qualidade necessária no atendimento às famílias, e
TOTAL
0,00
0,00
o
BALANÇO PATRIMONIAL
Balanço Anual
Exercício 2016
recurso ofertado no valor de R$ 5.000,00(cinco mil reais) não será suficiente
para execução das ofertas de serviços com a qualidade devida. Em seguida a
Senhora Maria Cristina Moreira Secretária Municipal de Assistência Social
Município de Jundiaí do Sul
deixou espaço livre para analise e esclarecimentos de duvidas de todas as pautas
expostas aos conselheiros presentes, para aprovação ou não. Passando o tempo
destinado os Conselheiros presentes aprovaram por unanimidade na sua integra
Página: 2
Saldo dos Atos Potenciais Passivos
Prestação de Contas do Piso Paranaense de Assistência Social - PPAS I período
janeiro a junho do ano de 2017 e a Prestação de Contas PPAS IV - Acolhimento
Institucional Modalidade Casa Lar. Logo em seguida foi colocada em votação
a
Exercício Atual
Exercício Anterior
a
eleição da nova Secretária do Conselho Municipal de Assistência Social do
ESPECIFICAÇÃO
Município de Wenceslau BRAZ/Paraná, sendo eleita por todos os presentes:
GARANTIAS E CONTRAGARANTIAS CONCEDIDAS A EXECUTAR
OBRIGAÇÕES CONVENIADOS E OUTROS INSTRUMENTOS CONGÊNERES A LIBERAR
OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS A EXECUTAR
OUTROS ATOS POTENCIAIS PASSIVOS A EXECUTAR
0,00
0,00
Primeira Secretária do Conselho Municipal de Assistência Social Senhorita:
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
0,00
TOTAL
0,00
0,00
Carla Aparecida Anacreto e Segunda Secretaria: Mayara Alves Baldan, com
posse de imediato. Passou se então a elaboração das Resoluções: RESOLUÇÃO
N° 024/2017 SÙMULA: Aprova Prestação de contas PPAS I do Piso Paranaense
de Assistência Social do Município de Wenceslau Braz/Paraná no Conselho
Municipal de Assistência Social, período Janeiro a Junho do ano de 2017. O
Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS - do Município de Wenc-
DEMONSTRATIVO DO SUPERÁVIT/DÉFICIT FINANCEIRO APURADO NO BALANÇO PATRIMONIAL
eslau Braz, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe conferem as leis
Municipais n° 856/95, n° 2.259/10 de 20 de abril de 2010. RESOLVE: Artigo
FONTES DE RECURSOS
Exercício Atual
Exercício Anterior
0
Recursos Ordinários (Livres)
3.391.750,32
(144.922,73)
1° Aprovar Prestação de contas PPAS I do Piso Paranaense de Assistência Social
do Município de Wenceslau Braz/Paraná no Conselho Municipal de Assistência
Social, período Janeiro a Junho do ano de 2017. Artigo 2° Esta resolução entrara
em vigor na data de sua publicação. RESOLUÇÃO N° 025/2017 SÙMULA:
94
Recursos Ordinários (Livres)
(155.107,85)
(155.329,64)
101
Fundeb 60%
(38.945,81)
(30.364,76)
102
Fundeb 40%
11.952,52
(155,02)
103
5% sobre Transferências Constitucionais FUNDEB
(1.683.633,16)
14.825,91
104
Demais Impostos Vinculados à Educação Básica
(106.147,94)
(118.163,91)
Aprova Prestação de contas PPAS IV do Piso Paranaense de Assistência Social
na modalidade Acolhimento Institucional - Casa Lar do Município de Wenceslau
Braz/Paraná no Conselho Municipal de Assistência Social, período Janeiro a
Junho do ano de 2017. O Conselho Municipal de Assistência Social – CMAS -
do Município de Wenceslau Braz, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições
que lhe conferem as leis Municipais n° 856/95, n° 2.259/10 de 20 de abril de
2010. RESOLVE: Artigo 1° Aprovar Prestação de contas PPAS IV do Piso Pa-
107
Salário-Educação
(14.739,30)
14.026,39
ranaense de Assistência Social na modalidade Acolhimento Institucional - Casa
Lar do Município de Wenceslau Braz/Paraná no
112
Transferências Voluntárias Públicas Federais
(317,99)
(3.804,66)
119
Transferências Voluntárias Públicas Federais
9.407,79
(333,43)
123
Transferências Voluntárias Públicas Federais
32.396,61
(7.435,59)
128
Transferências Voluntárias Públicas Federais
70,54
73,40
129
Transferências Voluntárias Públicas Federais
35,51
(23.809,54)
Conselho Municipal de Assistência Social, período Janeiro a Junho do ano de
2017. Artigo 2° Esta resolução entrara em vigor na data de sua publicação.
Wenceslau Braz-PR, 08 de novembro de 2017. Nada mais havendo a constar eu,
Carla Aparecida Anacreto, Secretária do CMAS, lavrei a presente Ata que será
assinada por mim, Presidente e pela Secretaria Executiva dos Conselhos.
303
Saúde - Receitas Vinculadas (E.C. 29/00 - 15%)
(1.961.404,11)
(80.986,36)
Wenceslau Braz, 08 de novembro de 2017.
320
Transferências Voluntárias Públicas Federais
3,46
0,00
328
Transferências Voluntárias Públicas Federais
20.676,87
(167.089,43)
Neili Morais
Sene
Presidente do CMAS
Carla Aparecida Anacreto
Secretária CMAS
329
Transferências Voluntárias Públicas Federais
1.343,32
1.141,34
330
Transferências Voluntárias Públicas Federais
244,25
1.460,66
495
Atenção Básica
60.827,00
60.911,30
Adelina Salomé da Cruz
Secretária Executiva dos Conselhos
497
Vigilância em Saúde
49.926,27
145.298,05
501
Receitas de Alienações de Ativos
114,56
97,36
RESOLUÇÃO N° 024/2017
504
Outros Royalties e Compensações Financeiras e Patrimoniais não Previdenciárias
(60.316,93)
85.610,51
507
COSIP - Contribuição de Iluminação Pública, Art. 149-A, CF
(7.501,70)
(2.133,56)
510
Taxas - Exercício Poder de Polícia
(11.465,30)
8.642,17
511
Taxas - Prestação de Serviços
4.609,47
(244,97)
SÙMULA: Aprova Prestação
de contas PPAS I do Piso Paranaense de Assistência Social do Município de
Wenceslau Braz/Paraná no Conselho Municipal de Assistência Social, período
Janeiro a Junho do ano de 2017.
512
CIDE (Lei 10866/04, art. 1ºB)
473,49
(18,05)
753
Transferências Voluntárias Públicas Federais
(38,47)
0,00
756
Transferências Voluntárias Públicas Federais
(633,88)
51,18
O Conselho Municipal de Assistência Social - CMAS- do Mu-
nicípio de Wenceslau Braz, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe
conferem as leis Municipais n° 856/95, n° 2.259/10 de 20 de abril de 2010.
760
Transferências Voluntárias Públicas Federais
48,13
113,29
RESOLVE:
762
Transferências Voluntárias Públicas Federais
(24.328,40)
9.496,98
763
Transferências Voluntárias Públicas Federais
23.468,79
(2.065,59)
Artigo 1° Aprova Prestação de contas PPAS I do Piso Paranaense de Assistência
Social do Município de Wenceslau Braz/Paraná no Conselho Municipal de As-

B 2

EDITAIS

B 2 EDITAIS TERÇA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED. 1848 764 Transferências Voluntárias Públicas

TERÇA-FEIRA,

14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.

1848

764

Transferências Voluntárias Públicas Federais

766

Transferências Voluntárias Públicas Federais

767

Transferências Voluntárias Públicas Federais

770

Transferências Voluntárias Públicas Federais

771

Transferências Voluntárias Públicas Federais

772

Transferências Voluntárias Públicas Estaduais

773

Transferências Voluntárias Públicas Estaduais

774

Transferências Voluntárias Públicas Federais

934

Transferências Voluntárias Públicas Federais

936

Transferências Voluntárias Públicas Federais

391,88

11.562,58

(25.335,48)

(15.988,95)

42.399,85

0,00

0,00

292.726,93

90.815,85

8.000,25

(4.148,30)

15.813,07

17.327,39

47.296,70

1.827,35

(19.701,26)

(21.662,54)

0,00

0,00

0,00

BALANÇO PATRIMONIAL Exercício 2016 Balanço Anual Município de Jundiaí do Sul Página: 3 DEMONSTRATIVO DO
BALANÇO PATRIMONIAL
Exercício 2016
Balanço Anual
Município de Jundiaí do Sul
Página: 3
DEMONSTRATIVO DO SUPERÁVIT/DÉFICIT FINANCEIRO APURADO NO BALANÇO PATRIMONIAL
FONTES DE RECURSOS
Exercício Atual
Exercício Anterior
938
Transferências Voluntárias Públicas Federais
1.824,66
0,00
940
Transferências Voluntárias Públicas Federais
8.851,23
0,00
TOTAL
(41.983,14)
(358.356,29)
Notas Explicativas
-
Tamotsu Mario Emoto
Contador
Sebastião Egidio Leite
Prefeito
Julio Cezar Lopes
Controle Interno

WENCESLAU BRAZ

DECRETO nº 129/ 17 SÚMULA: Abr e Crédito Adicional – Anul

ação de

dotação no Orçamento

 

pr

ogr ama de

2017.

O

PREFEITO MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ

no us

o de

sua

s

atribui

çõe

s que

lhe

confere

a Lei Orgâ

nica do Muni

cípi

o de

WENCESLAU

BRAZ

e

aut orização contida na Lei Muni

cipa

l

2759/

16de

30 de

nove

m-

br

o de

2016.

 

DECRETA:

Artigo 1º

- Fica abe

rto no corrente

exe

R$

 

150.000,00, pa

ra as segui

ntes dotaçõe

rcício Crédito no va lor de s orçamentárias:

05-

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

 

05.01

-

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

 
 

05.01.10.301.0005.2.018-

3.3.90.36.00.00.00.00 –1495-

OUTROS SER-

VIÇOS DE TERCEIROS - PESSOA FÍSICA

 

150.000,00

Artigo 2º

- Para atendimento da Supl

ementação que

trata o artigo a nterior

 

serão ut ilizados recur sos pr ove ção orçamentária:

niente

da anul

ação pa rcial da segui

nte

dota-

05-

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

 

05.01

-

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

 
 

05.01.10.301.0005.2.018-

3.3.90.32.00.00.00.00 –1495-

MATERIAL,

 

BEM OU SERVIÇO PARA DISTRIB. GRATUITA

150.000,00

Artigo 3º

- Este

decreto entrará em

vi

gor

na data de

sua

publ

icação, r evo -

 

ga

da as dispos içõe

s em

contrário.

 

Edifício da Prefeitur a Muni

cipa

l

de

WenceslauB

raz, e

m

10 de

novembr o

 

de

2017.

 

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR

 

Prefeito Muni

cipa

l

DECRETO nº 128/ 17

 

SÚMULA: Crédito Adicional Supl ementar –S upe mento pr ogr ama de 2017.

rávi

t Financeiro no Orça-

O

PREFEITO MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ

no us

o de

sua

s

atribui

çõe

s que

lhe

confere

a Lei Orgâ

nica do Muni

cípi

o de

WENCESLAU

BRAZ

e

aut orização contida na Lei Muni

cipa

l

2759/

16de

30 de

nove

m-

br

o de

2016.

 

DECRETA:

Artigo 1º

- Fica abe

rto no corrente

exe

R$

 

70.000,00, pa

ra as segui

ntes dotaçõe

rcício Crédito no va lor de s orçamentárias:

05-

FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE

 

05.01

-

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

 
 

05.01.10.301.0005.2.047-

3.3.90.30.00.00.00.00 –3495–M

ATERIAL DE

CONSUMO

 

70.000,00

Art. 2°

- Como recur so pa ra a abe

rtur a do Crédito pr evi

sto no artigo

anterior, fica o Executivo autorizado a utilizar-se do previsto no inciso 1 - superávit financeiro, do 1°, do artigo 43 da Lei Federal n°4.320, de 17 de

março de

1964.

Artigo 3º

- Este

decreto entrará em

vi

gor

na data de

sua

publ

icação, r evo -

 

ga

da as dispos içõe

s em

contrário.

 

Edifício da Prefeitur a Muni

cipa

l

de

WenceslauB

raz, e

m

09de

novembr o

 

de

2017.

 

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR

 

Prefeito Muni

cipa

l

LEONAR FERREIRA AMADOR   Prefeito Muni cipa l PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE WENCESLAU BRAZ- PR EXTRATO
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE WENCESLAU BRAZ- PR EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO PREGÃO
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE WENCESLAU BRAZ- PR
EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇO
PREGÃO PRESENCIAL Nº 80/ 2017
Órgã o Gestor e ge renciador da ata de Regi stro: Prefeitur a Muni cipa l de
WenceslauB raz -PR
Obj eto: “A pos síve l aqui sição de uni formes de capoe ira e ki monos de ka ratê,
pa ra atender alunos pa rticipa ntes de pr ojetos pr ove nientes da Secretaria Muni ci-
pa l de Cul tur a; Secretaria Muni cipa l de Educ ação; e Secretaria Muni cipa l de
Assistência Social, pe lo pe ríodo de 12 meses”.
Processo: 144/ 2017
Modalidade: Pregã o Presencial
Validade da Ata: 12 meses
VALOR
ITEM
DESCRIÇÃO
Apr es
Qua nt
UNI (R$)
ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 179/ 2017
SANDRA REGINA ALINO DA SILVA CORNÉLIO PROCÓPIO - ME
01
Uniforme compl eto
pa ra capoe ira tamanho
adul to –s endo camiseta
100% pol iéster, de cor br anca,
com 3 estampa s, e calça na
cor br anca em he lanca.
UNI
80
R$68,50
Uniforme compl
capoe
ira tamanho i
eto pa ra
n-
fantil –s endo camiseta
03
UNI
160
R$54,00
100%
pol
iéster, de
com
3 estampa s, e
cor br anca,
calça na
cor br anca em
he lanca.
04
Kimono de ka ratê br anco
com faixa s –i nfantil.
UNI
5
R$63,00
Kimono de
ka ratê
br anco
05
UNI
15
R$86,00
com
faixa
s –a
dul
to.
ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 180/ 2017
PRISCILA DA SILVEIRA MOTA 00600812952
Uniforme
compl
capoe
ira tamanho i
eto pa ra
nfanto-
juve
nil –s endo camiseta
02
UNI
280
R$60,00
100%
pol
iéster, de
cor br anca,
com
3 estampa s, e
cor br anca em
he
calça na
lanca.
Mais informaçõe
s estão disponí
ve
is na Prefeitur a Muni
cipa l, pe
lo fone: (43)
-
35281
157.
WenceslauB
raz-PR, e
m
09de
Nove
mbr o de
2017.
Fábi
o Antonio Batista da Rosa
Pregoe
iro Muni
cipa
l
PREFEITURA MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO WenceslauB raz –E stado do Paraná
PREFEITURA MUNICIPAL DE WENCESLAU BRAZ
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
WenceslauB
raz
–E stado do Paraná
INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 01/2017 DE 09/ 11/2017
O
Prefeito do Muni
cípi
o de
WenceslauB
raz, E stado do Paraná, no us
o de
sua
s
atribui
çõe
s lega is, c
onsiderando a necessidade
de
ha
ve
r Concurso de
Remoção
no Qua dro do Magi
stério, da Rede
Públ
ica Muni
cipa
l
e
tendo em
vi
sta que
está
pr
evi
sto na Lei 2.661/
2014,
Resolve
Tornar públ
ico Instruç
õe
s Normativa s que
estabe
lecem
normas e
pr ocedimentos
pa
ra o Concur so de
Remoção de
Professores do Qua dro Própr
io do Magi
stério,
pr
evi
sto na Lei 2.661/
2014,
Art. 76a o Art. 86
O
Concur so de
Remoção será efetua do conforme
cronogr ama aba ixo:
Inscriçõe s: Do dia 16/ 11/2017 ao dia 23/11/2017
Resul tado: 27/11/2017
Recur so: dias 28e 29/ 11/2017
As inscriçõe
lário pr ópr
s serão realizadas, e
xc
lus iva mente
com
o pr eenchi
mento de
formu-
io, a travé
s de
escolha s de va ga s, de
acordo com
a va
ga
disponí
ve
l,
enqua dramento oue stabi lidade do candidato.
As va
ga s disponí
ve
is encontram-se
discriminadas no Anexo que
integr a a
pr
esente
Instruç
ão Normativa .
Constitui
r-se-a va ga
pa ra remoção, c
ondicionada à
exi
stência da va ga
no mo-
mento do processamento, dentro da ordem de classificação.
Have
ndo va
ga
com
núm
ero inferior a que
o pr ofessor estive
r disput
ando, obs
er-
vada à ordem de classificação, será removido o primeiro da lista que se adequar
à va
ga
ofertada no momento.
Dur ante
ríodo de
inscrição será pe
rmitido ao pr ofessor alterar ouf
azer a
exc
o pe
lus ão de
sua
inscrição.
O
candidato també
m
pode
rá inscreve
r-se
pa ra estabe
lecimento onde
não exi
sta
va
ga
, um
a ve
z
que
a mesma pode
rá ser abe
rta no decorrer do pr ocesso.
O
candidato pr eenche
rá um
Formul
ário de
Inscrição, pa
ra a va
ga
que
pr etenda
re move
r.
A escolha
de
va
ga s será feita por
meio da indicação pe
lo candidato, no F ormu-
lário de Inscrição, de 01(um ) a 03 (três) estabe lecimentos de ensino, r elaciona-
dos em
ordem
decrescente
de
pr ioridade.
O candidato que
pos
sui
r dois cargos
ou01 c
argo de
20 (vi
nte) ou40 (
qua
renta)
sistência Social, pe ríodo Janeiro a Junho do a no de 2017. Artigo 2° Esta
sistência Social, pe
ríodo Janeiro a Junho do a
no de
2017.
Artigo 2°
Esta resoluç
ão entrara em
vi
gor
na data de
sua
publ
icação.
WenceslauB
raz, 08de
nove
mbr o de
2017.
Neili Morais Sene
Presidente CMAS
RESOLUÇÃO N°
025/ 2017
SÙMULA: Apr ova
Prestação de
contas PPAS IV
do Piso Paranaense
de
Assistência Social na
modalidade Acolhi
mento Instituc
ional - Casa Lar do Muni
cípi
o de
Wenc-
eslauB
raz/Paraná no Conselho M uni
cipa l de Assistência Social, pe
ríodo
Janeiro a Junho do a
no de
2017.
O Conselho M uni
cipa
l
de
Assistência Social - CMAS- do Muni
cípi
o de
WenceslauB
raz, E stado do Paraná, no us
o de
sua s atribui
çõe
s que
lhe
con-
ferem
as leis Muni
cipa is n°
856/
95, n°
2.259/
10 de
20 de
abr il de
2010.
RESOLVE:
Artigo 1° Apr ova Prestação de contas PPAS IV do Piso Paranaense de
Assistência Social na modalidade Acolhi
mento Instituc
Muni cípi o de WenceslauB
raz/Paraná no Conselho M uni
ional - Casa Lar do
cipa l de Assistên-
cia Social, pe ríodo Janeiro a Junho do a no de 2017.
Artigo 2°
Esta resoluç
ão entrara em
vi
gor
na data de
sua
publ
icação.
WenceslauB
raz, 08de
nove
mbr o de
2017.
Neili Morais Sene
Presidente CMAS

WENCESLAU BRAZ

hor as semanais deve rá obs erva r a compa tibi lidade de tur nos,
hor as semanais deve
rá obs erva r a compa tibi
lidade
de
tur nos, de
acordo com
a
oferta educ
acional do(s) estabe
lecimento(s) de
ensino de
seui
nteresse.
A classificação dos candidatos far-se-á separadamente, considerando o tempo de
servi
ço e
a assidui
dade.
Para a classificação será utilizada uma pontuação única.
Para a pont ua ção do tempo de
servi
ço será comput
ado 01(um
) crédito por
mês,
considerando a data de
início do exe
rcício do magi
stério, e
m
caráter efetivo na
Rede Muni cipa l de Educ
ação, s endo descontados no côm
put
o ge
ral, os pe
ríodos
de licença sem
ve
ncimentos oude
afastamentos por
pe
rícia médica acima de
15
dias.
Os pr ofessores ocupa
ntes de
dois cargos
e
inscritos em
ambos , no pr
ocesso de
remoção, t erão sua s inscriçõe
s vi
ncul
adas e
cargos forem
removi
dos pa ra o mesmo estabe
concretizada a remoção, s e
lecimento.
ambos
os
A
ava liação de
assidui
dade
abr ange
rá o pr imeiro semestre
de
2017, c
om
tabul
a-
ção máxi
ma de
10 (dez) créditos, a dotando-se
o critério aba ixo e
considerando-
se a soma dos créditos obt idos no semestre.
FALTAS
CRÉDITOS
Nenh uma falta
10
Até
duas faltas
08
Até
cinco faltas
06
Até
sete faltas
03
Mais de sete faltas
Nenh um crédito
Obs erva das as pr ioridades estabe
lecidas nesta Instruç
ão Normativa
e, oc
orrendo
empa te, s erão considerados pa ra desempa te:
Maior tempo de
servi
ço no cargo de
pr ofessor respe
itado o concur so públ
ico;
Maior níve
l
e
classe;
O
mais idoso;
Maior tempo de
servi
ço públ
ico muni
cipa l.
O
pr ofessor removi
do deve
rá tomar exe
rcício até
caráter irrevogá
30(trinta) dias após
ve
a publ
ica-
ção do resul
tado, s endo a remoção de
l.
As remoçõe
s decorrentes deste
Concur so serão efetiva das atravé
s da publ
icação
dos respe
ctivos
atos, pr
eva lecendo os seus
efeitos func
ionais a pa rtir do início do
ano letivo de
2018.
As informaçõe
s pr estadas no Formul
ário de
Inscrição são de
inteira respons abi
-
lidade
do candidato que
assum
irá, a o envi
á-lo, a s conseqüê
ncias de
eve
ntua is
erros de
pr eenchi
mento.
O ato de
inscrição impl
ica na concordância tácita do candidato com
os critérios
estabe
lecidos na pr esente
Instruç
ão Normativa .
O resultado da remoção será divulgado em Jornal Oficial do Município.
Após
a divul
ga ção do resul
tado, o s ervi
dor pode
rá interpor
recur so nos dias 28
e 29/ 11/2017 por
escrito e
corretamente
instruí
do, na Secretaria Muni
cipa
l
de
Educ
ação.
Esta Instruç
ão Normativa
entra em
vi
gor
na data de
sua
publ
icação.
WenceslauB
raz, 09de
nove
mbr o 2017
Paul
o Leonar Ferreira Amador
Prefeito Muni
cipa
l
ANEXO ÚNICO
Vaga s disponí
ve
is por
estabe
lecimento de
ensino:
ESCOLA
VAGAS EM HORAS
E.M. Anselma Maluf
Dabul
120
hor
as
E.M. Gove
rnador José
Richa
100
hor
as
E.M. Profª Araci do R. Q. Mendes
100
hor
as
E.M. Profª Cecília Meireles
180
hor
as
E.M. Joaqui
m
Maria M. de
Assis
220
hor
as
E.R.M. Joaqui
m
Benedito de
Olive
ira
120
hor
as
CMEI Criança Feliz
200
hor
as
CMEI Santa Maria
160
hor
as
PORTARIA Nº 725/ 2017 O Exc elentíssimo Senhor PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR, P refeito Muni
PORTARIA Nº 725/ 2017
O Exc
elentíssimo Senhor
PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR, P refeito
Muni cipa l de WenceslauB
lhe são conferidas por lei;
raz
- Estado do Paraná, no us
o de
sua s atribui
çõe
s que
CONSIDERANDO a desistência do estuda nte
IGOR HENRIQUE CAVALAR;
CONSIDERANDO o 4º
Edital de
Processo Seletivo de
estági
o remune
rado de
10 de
Out ubr
o de
2016, vá
lido por
12 meses;
CONSIDERANDO o Resultado oficial do referido processo seletivo, publicado
Jornal Folha
Ext ra em
08de
Nove
mbr o de
2016, e
dição 1641, pá
gi
na A7, vá
lido
por
12 meses;
RESOLVE:
Artigo 1º
- CONVOCAR o candidato LEONARDO RIBEIRO DE
SOUZA, estudante de DIREITO e 8º classificado, para comparecer no dia 15 de
Out ubr
o de
2017, s egunda
-feira, à
s 9h, j
unt o ao CIEE –C entro de
Integr ação
Empr esa –E scola, s ito à
Rua
Benjamin Constant, nº . 142, C
entro, pa
ra a realiza-
ç
ã o do Te rmo de
Compr omi sso de
Estág i o.
Artigo 2º
- O candidato deve
rá apr esentar os segui
ntes docum
entos aba ixo
especificados:
a) as RG
Cópi
e
CPF.
b) a do compr ova nte
Cópi
de
residência.
c) Declaração origi
nal expe
dida pe
la Institui
ção de
Ensino, i nformando o cur so
e o pe
ríodo em
que
está regul armente matricul ado neste semestre de 2017, pa ra
e fe i to da assi natur a do Te rmo de
Compr omi sso.
d) 1 (um
a) Foto 3x4r
ecente.
TERÇA-FEIRA, 14 DE NOVEMBRO DE 2017 - ED. 1848 EDITAIS B 3 WenceslauB raz –P

TERÇA-FEIRA,

14

DE

NOVEMBRO

DE

2017

-

ED.

1848

EDITAIS

B

3

WenceslauB

raz

–P R, 09de

Nove

mbr o de

2017.

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR

Prefeito Muni

cipa

l

de

WenceslauB

raz

PORTARIA nº.726/ 2017

O

Exc

elentíssimo Senhor

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR, P refeito

Muni cipa l de WenceslauB

raz

- Estado do Paraná, no us

o de

sua s atribui

çõe

s

que

lhe

são conferidas por

lei,

RESOLVE:

Artigo 1º - Fica CONVOCADA a Candidata Aprovada e Classificada rela-

cionada nesta por taria, pa

ra apr esentação dos resul

tados dos exa mes médicos

admissionais, c onforme pr evê

de

2017 no Pronto Atendimento Muni

a " Seção 13" , I tens " 13.1"

e

" 13.2"

Nove

do Edital mbr o de s 13: 30 hs

Concur so Públ

ico nº. 001/2013 a ser realizado no dia 21 de

cipa l, l ocalizado a Rua

Paraná, à

 

.

Artigo 2º - Estando apto, o mesmo fica CONVOCADO para comparecer junto

ao

Depa rtamento de

Recur sos Hum

anos da Prefeitur a Muni

cipa

l

de

Wenceslau

Braz (PR), s ito à Rua dos Expe

dicionários, nº 200, c

entro, m

uni

do de

toda

docum

entação solicitada, c

onsoante

os termos da " Seção 12" , I tens " 12.1"

a

" 12.6"

do Edital de

Concur so Públ

ico nº. 001/2013, a ser realizado no dia 21

. Artigo 3º - uando da Convocação para a apresentação junto ao Departamento -

cificados no Edital, bem como, a não comprovação do requisito profissional

de

de

Nove

mbr o de

2017, à

s 16:

00 hs

Recur sos Hum

anos, o C andidato que

não apr esentar os docum

entos espe

pa

ra nomeação no Cargo C oncur sado e

Apr ova do, i mpl

icará aut omaticamente

na

eliminação do Candidato, "

Seção 16"

, I tem

" 16.3"

, a línea “a”

do Edital de

Concur so Públ

ico nº. 001/2013.

Artigo 4º

- Esta por taria entrará em

vi

gor

na data de

sua

publ

icação, r evoga

das

as

dispos içõe

s em

contrário.

WenceslauB

raz, 10 de

Nove

mbr o de

2017.

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR PREFEITO MUNICIPAL

ANEXO I:

CONVOCADA PARA APRESENTAÇÃO DE EXAME ADMISSIONAL E DOCUMENTAÇÃO.

RG:

INSC

TATIANE NOME:

CARGO:

PSI-

CPF:

 

BASSANI BEL-

COLOGA

041.178.199-

2314

LUSCI

I

50

750942

64S

SP/SP

PORTARIA nº. 727/2017

O

Exc

elentíssimo Senhor

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR, P refeito

Muni cipa l de WenceslauB

raz

- Estado do Paraná, no us

o de

sua s atribui

çõe

s

que

lhe

são conferidas por

lei,

RESOLVE:

Artigo 1º

- EXONERAR, K

ARINE DE CASSIA NAZARETH, do C argo de

Provi

mento em

Comissão de

CHEFE DA DIVISÃO DE ENGENHARIA E

SERVIÇOS URBANOS.

Artigo 2º

- NOMEAR, K

ARINE DE CASSIA NAZARETH, br

asileira, por

ta-

dora da Cédul

a de Identidade RG

nº 10.302.997-

0 SSP PR, e

, i nscrito no Ca-

dastro de

Pessoas Físicas (CPF./M.F.) nº 072.142.909-

28, pa

ra responde

r pe

lo

Cargo de

Provi

mento em

Comissão de

DIRETORA DO DEPARTAMENTO

MUNICIPAL DE LICITAÇÃO, C OMPRAS E PATRIMÔNIO .

Artigo 2º

- Esta Portaria entra em

vi

gor

a pa rtir da data de

sua

publ

icação, c

om

seus

efeitos retroativos

ao dia 01 de

Nove

mbr o de

2017.

WenceslauB

raz, 10 de

Nove

mbr o de

2017.

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR PREFEITO MUNICIPAL

PORTARIA nº. 728/ 2017

O

Exc

elentíssimo Senhor

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR, P refeito

Muni cipa l de WenceslauB

raz

- Estado do Paraná, no us

o de

sua s atribui

çõe

s

que

lhe

são conferidas por

lei,

RESOLVE:

Artigo 1º

- NOMEAR, C INTIA JAREMISKI ALVES, por

tadora do RG

13.121.883-

4S SP/PR e

CPF nº 080.645.729-

59, do c

argo de

Provi

mento

em

Comissão de

CHEFE DA DIVISÃO DE ENGENHARIA E SERVIÇOS

URBANOS.

Artigo 2º

- Esta por taria entrará em

vi

gor

na data de

sua

publ

icação, r evoga

das

as

dispos içõe

s em

contrário, c

om

seus

efeitos retroativos

ao dia 01 de

Nove

m-

br

o de

2017.

WenceslauB

raz, 10 de

Nove

mbr o de

2017.

PAULO LEONAR FERREIRA AMADOR PREFEITO MUNICIPAL

SALTO DO ITARARÉ

AVISO DE LICITAÇÃO

PREGÃO PRESENCIAL N° 036/2017

Encontra-se aberto na Prefeitura Municipal de Salto do Itararé , Estado do Paraná, o PREGÃO PRESENCIAL N° 036/2017. Tipo Menor Preço, para Registro de Preço, que

trata da AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS, conforme especifica- do no anexo I do edital. O credenciamento dos representantes

das empresas interessadas será no dia 29/11/2017, até

às

13:30 h oras e a abertura da sessão pública, com recebimento dos envelopes com “propostas de preços”, “documentos de

h abilitação” e abertura dos envelopes de “proposta de preços”,

dia 29/11/2017, às 13:45 h oras. O edital em inteiro teor estará a disposição dos interessados, de segunda a sexta-feira das 08:00 as 12:00 e das 13:00 as 17:00, na rua Eduardo Bertoni Junior, 471, Centro, Município de Salto do Itararé. Quaisquer in- formações poderão ser obtidas no endereço acima ou telefone (43) 3579 - 1607.

MUNICÍPIO DE SALTO DO ITARARÉ SEDU/PARANACIDADE - PAM EDITAL DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 35/2017.

O

MUNICÍPIO de SALTO DO ITARARÉ, torna público que às 9: 00 horas

do

dia 28 de Nove mbro de 2017, na Prefeitura Municipal de Salto do Itararé -

PR, realizará licitação na modalidade Pregão Presencial, do tipo menor preço,

de acordo com as especificações do edital, para aquisição de:

OBJETO

QUANTIDADE

VALOR

PRAZO

TOTAL R$

(DIAS)

Automóvel Sedan 1.4

01

61.315, 00

45

Informações e esclarecimentos relativos ao edital, modelos e anexos poderão ser solicitados junto ao Pregoeiro Lucas David dos Santos, Paraná, Brasil - Telefone: (043) 3579 - 1607 - E-mail sitararelicitacao@ hotmail.com. A Pasta Técnica, com o inteiro teor do Edital e seus respectivos modelos, adendos e anexos, poderá ser examinada no seguinte endereço Rua Eduardo Bertoni Junior, 471, das 8 : 00 às 17: 00 horas.

Salto

do

Itararé, 13 de

Novembro de

2017.

PREGOEIRO LUCAS DAVID DOS SANTOS

JABOTI

PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI ESTADO DO PARANÁ CNPJ-75 .969.667/0001-04 – FONE FAX: (43) 3622-1122 CEP:
PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI
ESTADO DO PARANÁ
CNPJ-75 .969.667/0001-04
FONE FAX: (43) 3622-1122
CEP: 8 4.930-000
Praça Minas Gerais, 175
- Paço Municipal –
Jaboti
LEI
COMPLEMENTAR nº. 27/2017, de
10 de
novembro
de
2017.
SÚMULA: Dispõe sobre a cobrança do imposto sobre serviços de qualquer natureza e
altera a Lei Municipal nº. 42/92 (Código Tributário Municipal) .
A
Câmara Municipal de Jaboti, Estado do Paraná aprovou, e, Eu, Vanderley de Siqueira e Silva, Prefeito Municipal sanciono a seguinte
Lei Complementar:
Art. 1º. O Imposto Sobre Serviços de ualquer Natureza tem como fato gerador a prestação, por pessoa física ou jurídica,
com ou sem estabelecimento físico, de serviços constantes da seguinte lista de serviços, ainda que esses não se constituam como
atividade preponderante do prestador.
LISTA DE SERVIÇOS
ALÍQUOTA
VALOR FIXO
ITEM
SOBRE O
ANO/UFM
MOVIMENTO
ECONÔMICO
1
SERVIÇOS DE INFORMÁTICA E CONGÊNERES:
1.01 Análise
e
desenvolvimento de
sistemas.
4%
25,54
1.02 Programação.
4%
27,18
vídeos, páginas eletrônicas, aplicativos e sistemas de informação, entre outros
1.03
Processamento,
armazenamento ou
hospedagem
de
dados,
textos,
imagens,
4%
25,54
formatos, e
congêneres.
1.04
– Elaboração de programas de computadores, inclusive de jogos eletr nicos,
independentemente da arquitetura construtiva da máquina em que o programa será
executado, incluindo tablets, smartphones e congêneres.
4%
16,47
1.05 Licenciamento ou
cessão de
direito de
uso de
programas de
computação
4%
16,47
1.06 Assessoria e
consultoria em
informática.
4%
16,47
1.07
Suporte
técnico em
informática, incluídas a instalação, a configuração e
a
manutenção de
programas de
computação e
bancos de
dados.
4%
11,53
1.08 – Planejamento, confecção, manutenção e atualização de páginas eletr nicas:
4%
11,53
1.09 - Disponibilização, sem
cessão definitiva, de
conteúdos de
áudio, vídeo,
4%
25,54
imagem e texto por meio da internet, respeitada a imunidade de livros, jornais e
periódicos (exceto a distribuição de conteúdos pelas prestadoras de Serviço de
Acesso Condicionado, de que trata a Lei Federal n o 12.48 5 , de 12 de setembro de
2011, sujeita ao ICMS).
SERVIÇOS DE PESQUISAS E DESENVOLVIMENTO
DE QUALQUER NATUREZA:
2
2%
2.01
Serviços de
pesquisas e
desenvolvimento de
qualquer Natureza:
2%
16,47
3
CESSÃO DE DIREITO DE USO E CONGÊNERES:
SERVIÇOS PRESTADOS MEDIANTE LOCAÇÃO,
5%
3.02 Cessão de
direito de
uso de
marcas e
de
sinais de
propaganda.
5%
25,54
3.03 Exploração de
salões de
festas, centros de
convenções, escritórios virtuais,
estandes, quadras esportivas, estádios, ginásios, auditórios, casas de espetáculos,
parques de diversões, canchas e congêneres para realização de eventos ou negócios
5%
43,66
de
qualquer natureza.
uso, compartilhado ou
qualquer natureza.
3.04
Locação, sublocação, arrendamento, direito de
passagem
ou
permissão de
não, de
ferrovia, rodovia, postes, cabos, dutos e
condutos de
5%
45,30
3.05
Cessão de
andaimes, palcos, coberturas e
outras estruturas de
uso temporário.
5%
37,07
4
SERVIÇOS DE SAÚDE, ASSISTÊNCIA MÉDICA E
CONGÊNERES:
4%
4.01
Medicina e
Biomedicina:
5%
25,54
ultra-sonografia, ressonância magnética, radiologia, tomografia e
4.02
Análises clínicas, patologia, eletricidade
médica, radioterapia, quimioterapia,
congêneres.
5%
37,07
prontos-socorros, ambulatórios e
4.03
Hospitais, clínicas, laboratórios, sanatórios, manicômios, casas de
saúde,
congêneres.
5%
34,60
4.04
Instrumentação cirúrgica.
5%
22,24
4.05 Acupuntura.
5%
16,47
4.06 Enfermagem, inclusive
serviços auxiliares.
5%
11,53
4.07 Serviços farmacêuticos.
5%
11,53
4.08
Terapia ocupacional, fisioterapia e
fonoaudiologia:
5%
9,06
4.09
Terapias de
qualquer espécie
destinadas ao tratamento físico, orgânico e
5%
9,06
mental.
4.10 –
Nutrição:
5%
9,06
4.11 –
Obstetrícia.
5%
22,24
4.12 –
Odontologia.
5%
22,24
PREFEITURA MUNICIPAL DE JABOTI
CNPJ-75 .969.667/0001-04
ESTADO DO PARANÁ
CEP: 8 4.930-000
FONE FAX: (43) 3622-1122
Praça Minas Gerais, 175
- Paço Municipal –
Jaboti
4.13
Ortóptica.
5%
22,24
4.14
Próteses sob
encomenda.
5%
9,06
4.15
Psicanálise.
5%
9,06
4.16
Psicologia.
5%
9,06
4.17
Casas de
repouso e
de
recuperação, creches, asilos e
congêneres.
5%
-
4.18
Inseminação artificial, fertilização " in vitro"
e
congêneres.
5%
22,24
4.19
Bancos de
sangue, leite, pele, olhos, óvulos, sêmen e
congêneres.
5%
-
4.20
Coleta de
sangue, leite, tecidos, sêmen, órgãos e
materiais biológicos de
qualquer espécie.
5%
-
4.21
Unidade
de
atendimento, assistência ou
tratamento móvel e
congêneres.
5%
-
4.22
assistência médica, hospitalar, odontológica e
Planos de
medicina de
grupo ou
individual e
convênios para prestação de
congêneres.
5%
35,42
4.23
Outros planos de
saúde
que
se
cumpram
mediante
serviços de
terceiros
contratados, credenciados, cooperados ou
apenas pagos pelo operador do plano
mediante
indicação do beneficiário.
5%
37,89
4.24
Serviços de
manipulação de
medicamentos
5%
12,36
SERVIÇOS DE MEDICINA E ASSISTÊNCIA
VETERINÁRIA E CONGÊNERES:
5
4%
5
.01 –
Medicina veterinária e
zootecnia.
4%
12,36
5
.02 –
Hospitais, clínicas, ambulatórios, prontos-socorros e
congêneres, na área
4%
veterinária.
5
.03 –
Laboratórios de
análise
na área veterinária.
4%
22,24
5
.04
Inseminação artificial, fertilização " in vitro"
e
congêneres.
4%
22,24
5
.05
Bancos de
sangue
e
de
órgãos e
congêneres.
4%
22,24
5
.06
Coleta de
sangue, leite, tecidos, sêmen, órgãos e
materiais biológicos de
4%
22,24
qualquer espécie.
5
.07 –
Unidade
de
atendimento, assistência ou
tratamento móvel e
congêneres.
4%
22,24
5
.08
Guarda, tratamento, amestramento, embelezamento, alojamento e congêneres.
4%
22,24
5
.09
Planos de
atendimento e
assistência médico-veterinária.
4%
22,24
SERVIÇOS DE CUIDADOS PESSOAIS, ESTÉTICA, ATIVIDADES
FÍSICAS E CONGÊNERES:
6
4%
22,24
6.01
Barbearias, cabeleireiros, manicuros, pedicuros e
congêneres.
4%
22,24
6.02
Esteticistas, tratamento de
pele, depilação e
congêneres.
4%
3,29
6.03
Banhos, duchas, sauna, massagens e
congêneres.
4%
7,41
6.04
Ginástica, dança, esportes, natação, artes marciais e
demais atividades físicas.
4%
8,24
6.05
Centros de
emagrecimento, " spas"
e
congêneres.
4%
16,47
6
.06
- Aplicação de
tatuagens, piercings e
congêneres.
4%
22,24
7
GEOLOGIA, URBANISMO, CONSTRUÇÃO CIVIL, MANUTENÇÃO,
LIMPEZA, AMBIENTE, SANEAMENTO E CONGÊNERES:
SERVIÇOS RELATIVOS A ENGENHARIA, ARQUITETURA,
5%
CIVIL, MANUTENÇÃO, LIMPEZA, AMBIENTE, SANEAMENTO E CONGÊNERES: SERVIÇOS RELATIVOS A ENGENHARIA, ARQUITETURA, 5%

B

4

EDITAIS