Você está na página 1de 4

É uma armadura complementar, posicionada na capa no sentido transversal e longitudinal,paraadistribuiçãodastensõesoriundasdecargasconcentradasepara ocontroledafissuração.

Detalhedearmaduradedistribuição

ocontroledafissuração. Detalhedearmaduradedistribuição Barras:Posicionarperpendicularaostrilhos

Barras:Posicionarperpendicularaostrilhos

Malhas:Posicionarsobretodaáreatranspassando­asnasemendas

Seu direcionamento referente às bitolas e posicionamento serão definidos no projetodeexecuçãodaobra.

ArmaduraNegativa

Seuposicionamentocorretoénafacesuperiordalaje,respeitando­selogicamente o cobrimento mínimo especificado pela norma NBR 6118, e também deve ser colocadosobreasnervuras,enãosobreoelementodeenchimento,sendoutilizada paragarantir oapoiodasvigasnosapoiosintermediáriosformandocontinuidade nosencontrosdasvigas. Sua função é fazer a ligação entre lajes e vigas proporcionando rigidez e monoliticidadeaoconjuntodoselementosestruturais.Servetambémparacombater asfissuras,evitandoassimsuaoxidação,quelevaaprocessosdecorrosão.

Quandosetemlajesdispostasumaaoladodaoutra,dizemosqueestassãolajes contínuas.Edevidoacontinuidadedeumalajecomaoutraapareceomomento fletor negativo, e podemos dizer que uma laje engasta na outra. Ovalor desse "engaste"éfunçãodosvãosdalajesetambémdoscarregamentosatuantesnas lajes.

Agrandevantagemdaconsideraçãodelajescontínuaséareduçãodaarmadurade açopositivadavigotatreliçadaetambémdapossibilidadedereduçãodaalturada laje. Assim como a ferragem de distribuição, a ferragem negativa também deve ser colocadanaobrapeloconstrutor.

Detalhedearmaduranegativa

Nervurasdetravamento Tem função de dar estabilidade lateral às vigotas, travando o painel da laje e

Nervurasdetravamento

Tem função de dar estabilidade lateral às vigotas, travando o painel da laje e aumentando assim a rigidez do conjunto. No caso de lajes armadas em uma direção, deve­se colocar nervuras secundárias ou travamento, na direção perpendicularàsnervurasprincipais.Essasnervurastambémsãoindicadassempre quehouvercargasconcentradasadistribuirentreasnervurasprincipais.Anervura de travamento, quando necessária, estará devidamente indicado no projeto de montagem.

Detalhedanervuradetravamento

no projeto de montagem. Detalhedanervuradetravamento Cimbramento,flechaecontra­flecha

Cimbramento,flechaecontra­flecha

EscoramentoouCimbramento:Éumaestruturaprovisória,destinadaaauxiliarasvigotas pré­fabricadasasuportaracargadetrabalho(vigotas,lajotas,ferragensauxiliares,concreto, pessoas,etc.)duranteamontagemdalajeeperíododecuradoconcreto; Flecha:Éomaiordeslocamentoverticaldoplanodalaje.Estevalordeverárespeitaros

limitesprescritospelanormaNBR6118;

Contra­Flecha:Éodeslocamentoverticalintencionalaplicadonasvigotaspré­fabricadas

duranteamontagemdasmesmas,pormeiodoescoramento,contrárioaosentidodaflecha.

Detalhedecibramento

Retiradadoescoramento: Executar21diasapósaconcretagemdocentroparaas extremidades.Nobalanço,daextremidadeparaoapoio.

Retiradadoescoramento:Executar21diasapósaconcretagemdocentroparaas

extremidades.Nobalanço,daextremidadeparaoapoio.

Seudimensionamentoeposicionamentoficaacargodoresponsávelpelaobra.

Atravésdocimbramentoseconsegueaplicaracontraflechanecessária. Acontraflechaémuitoimportanteparaaqualidadefinaldalaje,poiséatravés dela que contra balanceamos as deformações causadas pelos carregamentos acidentais e permanentes (flechas). Ela deve ser aplicada na obra, após a montagem do escoramento no centro do vão, utilizando­se cunhas que são colocadasnopédasescorasquesedesejarsuspender.Acontraflechadeveráser calculada para que após a retirada do escoramento e a aplicação de todo carregamento, a laje fique praticamente nivelada.Quando as escoras forem apoiadasnosolo,deveráhaverumpreparopreliminarparaqueelasnãoafundem, eistopodeserfeitoatravésdacolocaçãodepedaçosdetábuassobcadaescora. Quando as escoras forem esbeltas e oferecerem baixa rigidez, será necessário contraventar o pontalete à meia altura. Isto também ocorre nos casos de pé elevado ou duplo, onde poderá ser necessário mais do que linha de contraventamento.

Materiaisdeenchimento

Éummaterialinerte,semfunçãoestrutural.Éusadoparareduziropesopróprioda lajeeoconsumodeconcreto. Apesar de não ser necessária para a resistência da laje, a boa qualidade deste material é importante para a segurança durante a fase de montagem e concretagemdelaje.Afinalosblocosdeenchimentosãoresponsáveisportransferir o peso do concreto ainda fresco às vigotas, que se apoiam sobre as linhas de escora.Assimsendotorna­senecessáriaumaresistênciamínimaparaestamaterial paraqueestafunçãosejacomprometida.

Otipodematerialdeenchimentoaserutilizadodependedadisponibilidadelocal. Osmateriaismaiscomunssão:blocoscerâmicos,blocosdeEPS(isopor),blocosde concreto,blocosdeconcretocelular. Osmateriaisleves,comooEPSeoconcretocelular,têmavantagemdepossuir umpesoprópriomenorepoderemserrecortadosnasdimensõesdesejadas.Com isto, além da laje se tornar mais leve, pode­se ter intereixos maiores que conduzemaummenorvolumedeconcreto.AoseutilizaroblocodeEPSdeve­se

tomar alguns cuidados quanto ao revestimento. Para que se garanta um revestimento de boa qualidade é essencial a utilização de um adesivo na argamassa.

é essencial a utilização de um adesivo na argamassa. Projetodeexecução

Projetodeexecução

Paraumafácilmontagemdesualaje,aLAJESPREMIXfornecenaentregadeseus produtosumprojetodeexecuçãodetalhado,conformeanormadelajestreliçadas 02:107.01­001, contendo as seguintes informações que orientam a execução do projetonaobra:

Posiçãoequantidadedelinhasdeescoras;informações que orientam a execução do projetonaobra: Disposição,vãosedireçãodeapoiosdasvigotas;

Disposição,vãosedireçãodeapoiosdasvigotas;

Contraflechas;Disposição,vãosedireçãodeapoiosdasvigotas; Disposiçãoeespecificaçãodasnervurasdetravamento;

Disposiçãoeespecificaçãodasnervurasdetravamento;

Quantidade,especificaçãoedisposiçãodasarmadurascomplementares;

Especificaçãodosmateriaiscomplementares(concreto,açoseelementosdeenchimento);

Previsãodeconsumodeconcretoeaçocomplementarporm²delaje;

Alturatotaldalajeedacapadeconcretocomplementar;

Alturatotaldavigota;Alturatotaldalajeedacapadeconcretocomplementar; Cargasconsideradas; Pesopróprio;

Cargasconsideradas;Alturatotaldavigota; Pesopróprio; Detalhamentodeapoioseancoragemdasvigotas;

Pesopróprio;Alturatotaldavigota; Cargasconsideradas; Detalhamentodeapoioseancoragemdasvigotas; Postadohá

Detalhamentodeapoioseancoragemdasvigotas;

Postadohá12thApril2012porGustavoMendes

Postadohá 12thApril2012 por GustavoMendes 0 Adicionarumcomentário Digite seu comentário

0 Adicionarumcomentário

Digite seu comentário Comentarcomo: lenilsonrn(Goo Sair Publicar Visualizar Notifique­me
Digite seu comentário
Comentarcomo:
lenilsonrn(Goo
Sair
Publicar
Visualizar
Notifique­me