Você está na página 1de 82
Pod CLL BRUNO J. GI ea -ATIVACOES -ESPIRITUAIS | ola Revisio: Vanderlei Nery da Rosa e Maité Cena Capa e Projeto Grifico: Marco Cena Diagramagio: Maité Cena i eae esses ie eet 1 een G49 1a Gimenes, Bruno]. y ‘Ativagdes espirituais: obsessiio ¢ evolugdo pelos implantes extrafisicos — 2. ed.— Nova Petpolis: Luz.da Serra, 2012, 168p.;23cm.. 1 Espiritismo. 2. Romance espitita. 1. Titulo. DU 1339 Catalogagaio na publicago: Renata de Souza Borges CRB-10/1922 ‘Todos os direitos reservados, Nenhuma parte desta obra pode ser reproduzida ou transmitida por qualquer forma e/ou quaisquer meios (cletrOnico ou mecéinico, incluindo fotocépia e gravagio) ou arquivada em qualquer sistema ou banco de ‘dados sem permissdo escrita da Editora, Luz da Serra Editora Lida. Rua Frederico Michaelsen, 839. Bairro Logradouro Nova Petropolis/RS (CEP95150-000 ‘Fones: 54 3281-1226 /549176-5338. AGRADECIMENTOS ‘Agradegora Deus es fontes sublimesdeamor, porquenossos erros sio tantos, nossa indisciplina ¢ tao marcante, mas, mesmo assim, mesmo depois de tantas falhas de cardter ede eros tio ‘grossciros, as maos do Grande Espirito Criador se mantém am- parando nossa jornada! bs aos amigos espirituais que participaram desta obra, quede forma dedicada. pacienciosa, foram orientandoa condugio daescritac o desenvolvimento do trabalho. ‘Agradeco aos meus irmaos de caminhada ede propésito, Patricia, Paulo Henrique ¢ Aline. Também oferego toda a mi- nha gratidio pela forga que temos recebido dos queridos parcei- ros dejornada, que sao tantos: Catia, There, Fabio, Alessandra, Vyctor, Cinara, Marcelo, Milena, Vivi, Marcinha, Cassia, Barbara, Juarez, Nico, Amanda, Ligia, Vitor, Domicio, Nelson, Teda, Lucimati, Carla Patricia, Ademir, Alexandre, Vitor Hugo, Rose, José, Carla, Claudia, Ivan, Jonas, entre tantos queavida nos proporcionou. Agradego aos “Besouros”: Maite, Marco, Andrée Bruna. “Agradego 20 carinho erespeito dos queridos alunos e internau- tas, quesempremeincentivaram adarcontinuidadeao trabalho nasendadaespiritualidade. ‘Aos amigos do Portal Somos Todos Um (www-somos- todosum.com br), meuabrago de carinho erespeito avocés,em especial ao Sérgio, Rodolfo ¢ Teresa, por sempre divulgarem nossos artigos mundoafora. “Também quero agradecer aos irmaos da ABPR (Associa gio Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista) Ricardo, Mauro, Sirlene, Anelise, Dani, Denise, Roberto. Em especial, quero dedicar este livro & nossa irma Angélica, que recente- mente fez sua passagem para o Plano Espiritual, de onde, com certeza, jest firme e atuante como instrumento daevoluga0 planetaria. SUMARIO No PLano EspirtruaL, ‘AS FORGAS SE UNEM Ege [APRESENTAGAO ise 4 As Ativagoes Esprrrrvats ples #: ‘Os ELEMENTAIS E O CONTROLE DO PSIQUISMO DA TERRA agen AS ESTAGOES DE ENVIO = 49 =: BATERIAS ENERGETICAS DO PLANO DENSO = OR A CONSTRUGAO DOS NUcLEOS ENERGETICOS DE CONSCIENCIA 2695e A FONTE DA ENERGIA DO UMBRAL 2955 (A FavorITA! -lll- O RESGATE DE Carlos -125- REMOGAO DE IMPLANTE =143- [AS ATIVAGOES NATURAIS DURANTE A VIDA -157- Pusticagors Luz DA SERRA -165- NO PLANO ESPIRITUAL, AS FORGAS SE UNEM Preficio de Bruno J. Gimenes O movimento universalista é uma presenca intensa no coragéo de muitas pessoas, especialmente no século XXI que é marcado pela liberdade de religiao, pelas pes- quisas cientificas no campo da fé que vem buscando unir ciéncia com espiritualidade de uma forma inédita para humanjdade. Nessa tendéncia que vem aflorandg,naturalmente na alma de cada pessoa; encontramos uma provavel men- sagem incutida em cada movimento: as filosofias devem se ajudar, as doutrinas, religiées ou crengas precisam se misturar umas as outras, sendo, as verdades universais jamais se mostrarao em harmonia para a humanidade. A espiritualidade nao ¢ uma religiao ou uma filoso- fia espiritual, mas um estado de espirito. O ser espiritua- lizado nao é necessariamente aquele que realiza praticas dentro dessas mesmas filosofias ou religides, mas é aque- Je que conhece as leis universais ¢ as pratica como regra de vide. ‘ArrivacOEs ESPIRITUAIS ‘Nao fazer para 0 outro o que nao quer que fagam para voce e amar ao préximo comoa si mesmo sao as prin- cipais entre essas leis universais. Algumas outras igual- mente importantes, como alei de causa efeito, também conhecida como a lei do karma. A lei do mentalismo diz que © universo é mental, pois tudo se processa pela influéncia dos nossos pensamentos, além da lei da evo- lugao constante — haja o que houver, o universo nao para, pelo amor ou pela dor, precisamos evoluir na mesma diregao. Essas sto algumas das principais leis naturais que estio acima de qualquer religiao ou filosofia, entretanto, quando as proptias religides ou filosofias agem no senti- do de compreendé-Ias, tornam-se também benéficas. Caso contrario, em ver. de ajudar as pessoas, acabam por escravizé-las, criando dependéncia e medo. Existem muitas linhas religiosas no mundo atuan- do com bondade, seriedade e verdade, todavia nao temos como esconder que o caminho do universalism torna 0 ser humano livre, estimula a expansio da consciéncia € mostra que o determinismo pode ser a porta de entrada da escuridao na vida das pessoas. Isso porque universo é muito amplo para que determinados conceitos tor- nem-se imutaveis durante os tempos. Sendo assim, sob a orientagao dos amparadores espirituais desse trabalho, Cristopher, Astrol, Benedito, Aurélio, Amilio, Tattus e tantos outros que surgiram no perfodo de construgio dos capieulos, percebi que os r6- tulos que temos na Terra, que é 0 costume de dar sempre nomes as coisas ou situacoes, s4o de natureza puramente No PLANO ESPIRITUAL, AS FORCAS SE UNEM mundana, porque no Plano Espiritual nao ha separa- oes. Nas zonas mais sutis da nossa existéncia, os Seres de Luz nao brigam entre si para ver quem sao os mais fortes ou poderosos, contudo, dedicam-se sem descanso para unir esforcos e fazer dessa uniao a forga redentora que iluminaré a humanidade. Por isso, nas narragdes a seguir, nao se preocupe em enquadrar ou rotular cada participante das narragoes como isso ou aquilo, dessa religiao ou de outra, porque nao é o que mais importa ¢ nao é o que cles desejam. Particularmente, como professor, palestrante, estu- dante das religides e das ligdes de amor deixadas pelos Grandes Mestres da Humanidade! como Gandhi, Jesus, Madre Teresa, Maria, Pena Branca, Padre Pio, Sao Fran- cisco, Chico Xavier, Allan Kardec, Kuan Yin, Yoga- nanda entre outros, tenho muita simpatia por varias re- ligides ou filosofias religiosas. Mesmo assim, acredito que o homem ser especialmente livre se ele souber criar a religiad da orientagao interior, onde impgram a filosofia do amor e da pratica do bem. g No contato que estabeleci por varios dias com os orientadores do projeto, percebi a facilidade em que eles transitam por todas as frequéncias vibratérias, onde estao situadas as diferentes crengas humanas, e assim com- preendi com admiragao que o maior ensinamento é 0 da uniao de esforgos. Por isso vai a minha humilde opiniao: que vocé aproveite tudo que tem de bom nos conteitdos "No Livi Grandes Mestres da Humanidade — LigBes de Amor para @ Nova Era (Luz da ‘Sera Eitora,2¥ed 2010), a autora Patrica Candido reine ahistérade cinquenta grandes ‘almas que mudaram o mundo através de suas historias de amor Arivacors Esriniruls a seguir, sem preconceitos ou criticas, Sinta com 0 cora- gao cada jeito de expressar a espiritualidade ou de se conectar com Deus, narrado nos textos. Assim, extraia a sua verdade, que deve iluminar seus passos no caminho da sua vida eterna, Utilizei para a construgao desse trabalho o mecanis- mo da mediunidade. Na historia da humanidade, essa faculdade psiquica sempre foi empregada por diversos povos, nas suas mais variadas manifestacoes. ‘A mediunidade foi e é amplamente estudada e prati- cada aqui no ocidente, junto aos irmaos da doutrina espirita, codificada ¢ difundida pelo nobre Allan Kar- dec, Entretanto, 0 fato de utilizar das minhas faculdades meditinicas nao me torna obrigatoriamente um espirita, da mesma forma que ao participar de uma missa eu nao me torne um catélico ou se eu pronunciar mantras todos os dias pela manha também nao me transforme em um. budista. A mediunidade é um dom que todos, sem exce- ¢éo, temos e que, particularmente, venho lapidando hé algum tempo. Pronuncio-me dessa forma, com toda a verdade do meu coragao, respeitoso por todas as religides, levando a bandeira da unio para que entendamos definitivamente que no astral superior as correntes de egoismo nao se cristalizam como na Terra. Por isso, pegoa voce, leitor, que compreenda que quando falo assim nao fago jamais em tom de critica, mas de celebracao, porque junto aos amparadores espirituais aprendi que esse é 0 melhor ca- minho a seguir, o do universalismo espiriual e da unio césmica. No PLANO ESPIRITUAL, AS FORCAS SE UNEM ‘Todos nés seremos cada vez mais felizes quando sou- bermos aproveitar a fé evangélica na palavra de Jesus, a disciplina nas praticas Hindus, as iniciag6es espirituais da Igreja Catdlica, a protegio extrafisica ¢ acura sem igual da Umbanda Sagrada, intercimbio libertador com os planos sutis da doutrina espirita, a sintonizacao com as correntes de energias mais elevadas do universo encon- trada no budismo e assim por diante, Comessa forca, com essa fé me apresentei devotado ao trabalho de transcrever as orientag6es que recebi nes- sa interagio com o mundo espiritual, mas sem jamais me rotular por isso. Sou filho de Deus, sou um ser em evo- lugao, é isso que sou! E também, pelo que percebi, ¢ isso que esses nobres amparadores desejam para mim e para ‘todos nés. Nao alcancei a iluminagio, ainda nao sou mestre de nada, mas sou um individuo empenhado em fazer algo para que cada dia mais conquistemos qualidade de vida, consciéncia césmica eliberdade espirttual. Por tiltimo, desejo do fundo da minha alma que pos- samos usar todo o conhecimento espiritual para nos liber- tarmos, para sermos mais felizes e, principalmente, para nos amarmos e amarmos o nosso proximo cada dia mais. Sempre que esse movimento abengoado estiver aconte- cendo, poderemos ter a garantia de que estaremos no c2- minho certo, navegando a favor da correnteza universal de evolucio para o amor ¢ para o bem-maior. APRESENTAGAO Por Bruno J. Gimenes Eu passei no meu quarto para pegar minhas roupas, para ir tomar banho, Estava tudo tranquilo, mas havia dentro de mim uma ansiedade diferente, uma espécie de animagio intensa. Minha mente vibrava em um ritmo frenético, mas, ao mesmo tempo, tudo se mostrava em paz. Parece estranha essa contrariedade de sentimentos, no entango, era assim que eu me sentia naquela noite. Entrei no banheiro, fazia um frio intertbo, entao logo fui parao chuveiro. A 4gua tem um efeito muito podero- so sobre mim; quando recebo a ducha direto na cabeca, tenho facilidade de expandir minha conexao com Deus, com os Seres de Luz, e nao raro recebo mensagens, intui- {G0es, dicas ¢ avisos sobre a vida, trabalho e projetos. Dessa vez, nao foi diferente, nao demorou nada para eu come- gaa sentir uma presenca espiritual forte enquanto absor- via os beneficios de um bom banho relaxante. Saf do chuveiro o mais rpido que pude no momento em que percebi a presenga espiritual marcante, pois preci- saya ficar 0 maximo possivel concentrado para entender Arivacors EsrinsTuais ‘© que estava ocorrendo, Foi quando enxerguei, através de minha tela mental’, o mesmo amigo espiritual que jé havia se apresentado na construgao do nosso livro anterior, Mulher, a esséncia que 0 mundo precisa. Exa Cristopher’, que me olhou e disse: “Ativou, est pronto, podemos comegar!” Imediatamente fui tomado por uma forte sensaga0 de alegria e de realizacio, porque sabia que ele se referia ao fato de que tinha chegado a hora de produzirmos mais um projeto'. Confesso que em muitas meditagoes ou pela intuigao eu ja havia sentido que 0 novo livro esta- yaa caminho e que se tratava de um trabalho muito espe- cial, principalmente porque jé percebia que seria escrito de uma maneira diferente dos anteriores, entao, essa nova condigao desafiante me encheu de motivasio. ‘Ao observar o Cris, tive uma visto. Eu o avistei em uma biblioteca de grandes proporgées, com miiltiplos andares. Era uma quantidade tao grande de livros, orga- nizados em incontaveis estantes em cada andar, que ti- nham a frente de cada uma, escadas presas as suas hastes, para que fosse possivel oacesso a qualquer livro, © curioso 2 Visointema, cull que a mente enxerga mesmo quando seesta de olhos fechados. + Surpreendente alma de aspecto over, salientando em sua aparéncaintensa atragaoe cariosidade pela vida e seus afins. Nunca deixa de lado o estudo da natureza, das leis tniversais que gem ahumanidade e, principalmente, as escalas de evolucdo do espinito thumano, Sua aura de curiosidade pels estudos é maravihosa. Embora sejaum oientador {que demonsteprfundo coaheciment prfunddade sobre todos os temas que le ensina ‘iravés das suas mensagens, rata-se de uma personaidade muito mide ¢consciente. “A expressto projeto ¢ utlizada para mostrar que a construgao de um livro no & ‘simplesmente uma aividade solada de escrita, mas a organizagdo de uma idea e suas ‘arias concepgbes para que possalevar ao efor uma esrutura bem organizada de ensino ‘sobre 0s conteidos enwolvidos. APRESENTACKO era que todos os andares superiores podiam ser visuali- zados, porque o centro do grande prédio era um sinico tubo, rodeado por uma imensa escada que serpenteava 0 interior da instalagao. Ao teto, distante muitos metros do chao, restava uma visio tal qual a de uma nuvem branca quando se pée a frente do sol em um dia de calor, porque, quando eu olhava para cima, na imensa biblio- teca, aimpress4o que eu tinha eraa de que a sua cobertu- ra era o proprio céu, tal a claridade e intensidade da luz que do alto vinha. Observando o Cris, percebi que ele subiu até o ter- ceiro andar daquela imensa construcao, rodeada por pra- teleiras de milhares de obras.-Escolheu uma coluna de livros, subiu alguns degraus na escada rente A prateleira ¢, para minha surpresa, ele nao apenas estendeu a mio na dirego de um livro pretendido, como mergulhou em diregao a cle. Foi um fendmeno tao lindo que chamou muito a minha atengio, Fiquei chocado, apenas obser- vando aquele show perante os meus olhos, Dessa forma, Cris mergulhou com 0 eorpo quase que inteiro na dire- ‘gao daquilo que parecia ser um livro. E, nesse tempo, um tipo de luz liquida branca, levemente azulada, envolveu todo o seu corpo. O que me surpreendeu foi que essa luz liquida ficava armazenada nas proprias prateleiras, por- tanto, era como se ele tivesse entrado com o corpo na pa- rede e mergulhado nela até quase cobrir as pernas. Fu s6 consegui ver os seus pés que haviam ficado de fora, apoiados na escada que lhe dava apoio. Quando ele retomou do mergulho, desceu a escada carregando com ele um sorriso maroto e um livro em suas ‘Arwacors ESPIRITUAIS mios. Veio em minha diregio, mostrou-me 0 livro, apa- rentemente antigo, com uma capa dura de cor bege. Ele abriu o livro e vi que no miolo nao havia paginas, e sim um incrivel bloco de cristal branco. Quando ele folheou co que seria a capa do livro, vi que no centro do bloco ma- cigo de cristal branco havia uma massa azulada de energia liquida que ele tocou com sua mao direita. Nesse momento, novamente com ar de alegria, Cris- topher me disse: “Ativou!” Senti outra vez aquela emogao, juntamente com um senso de utilidade sem igual. Digo isso, porque, olocamos como canais da yontade Divina \ quando | © assim conseguimos realizar tarefas nesse sentido, nos aflora um sentimento de que estamos fazendo a coisa certa, 0 que nos proporciona um sentimento maravi- Thoso, sem igual! \_ Entaéo Cristopher reafirmou que 0 projeto estava pronto para comecar, em outras palavras, que iriamos construir um novo livro. Além disso, ele me passou uma informagio que me alegrou muito quando confirmou aqueesse seria um projeto coordenado por Astro!’ grande mestre das dimensdes superiores que também jé havia se apresentado em outros projetos, no entanto, que ele, Cris, tinha sido destacado para intermediar 0 proceso, * Astrol um espirito muito esclarecido que, ao longo das suas sucessivas encamapbes, ‘encontrou a paz espinal através da experimentacaoprofunda causada pelo sentimento de ‘amor. Vive nas dmensdes suis da espiriuaidade, cferecendo ajuda e paz paratodos que ‘assim solicit, Ajuda que s5 ocorre quando quem pede abre o canal da humildade, da ternogao do oqiho eda enirega spiritual, Svaluz€cntante,svaveerépica,carectotzada, prinaimente, plas cores esmeralda azul aro Aparece envolido por igual luminosidade APRESENTAGAO dessa forma me ajudaria a cumprir com os objetivos necessdrios. Eu estava sentindo um frenesi tao grande que nao conseguia me conter, Era uma noite de muito frio, jé era tarde e a cama quentinha me convidava para descansar, mas eu nao conseguia, tao grande era a minha inquieta- go. Foi quando brinquei em minha conversa telepatica com 0 amigo Cris: Jé que vocé me deixou assim, euféri- co, ¢ que perdi o sono, entao, por favor, continue, quero saber mais! Foi ai que Cris comegou a explicagao: “£ importante que vocé saiba que, quando um proje- to desse tipo surge na Terra e é apresentado entre os homens, é porque antes ele jé existia nas dimensoes extra- fisicas, a exemplo desse que jé est concebido ‘aqui em cima (no Astral Superior), por isso que voce mesmo con- seguiu visualizar o livro, Agora o desafio ser construir ‘uma versio dele para a dimensio fisica. E esse ser4.0 nosso trabalho. a ae ‘Todo ser humano passa por um processo de evo- lugao espiritual consciente, alguns chamam de reforma ‘elem acapaidade de fazer quelque desaleto do seu cara ser dissipado em segundos. otsotgraos onan ¢yetnan cones or els oan bases ‘espittual. €especiaizado na compreensd0 dos efeitos ficcose energéticoscausados pola emanag6es do amor. Diver em sua forma de agi comemora acadanstante 0s nossos passes ascendentes, como um pal ues alegracom ocamninhar de um bebé em cescimenia. Sua amajoviale sua capacade nquestionavel no nos colocam dstantes dele, inrivelacapacidade que ele em de nos adapta sua presenga arcane. Com Asirol nos sentimos feizes, amparados, a impress&o de estamos com um inno mais ‘ylho ovum sbio amigo que, com sva conduit hblidosa consequenos dear vonade, ‘led nasinspia os mais agudos sentimenioselevads. Tudo com enulitrioeleveza. Arivacoes Esriniruais intima, outros de purificagao espiritual, j4 outros de ele- vagao da consciéncia. Nao importa o nome que seja dado, o homem do século XI ja comega a perceber que tem ‘uma tarefa espiritual a cumprir e que tudo indica ser a evolucao das emoges, melhor dizendo, a transmutagao dos sentimentos densos em sublimes. Varias linhas filoséficas ou religiosas vém mostran- do metas de comportamento mais evoluido como um estilo de vida desejvel para qualquer ser humano. Em- bora ainda sejam sinais de certa maneira timidos, a raga humana ja comega a mostrar que esta compreendendo, ainda que lentamente, a necessidade de crescimento cons- ciencial. Em resumo, todos comecam a buscar mudangas que os fagam mais felizes. E, para serem mais felizes, pre- cisam ser mais equilibrados. Para serem mais equilibra- dos, precisam harmonizar suas emog6es, esse é 0 ponto. Nao importa o nome que desejamos dar, a humanidade comega a compreender que as emogdes densas precisam ser climinadas, entao, de um jeito ou de outro, acreditan- do ou nao em Deus, as pessoas da Terra comegam a desen- volver uma caminhada, ainda que lenta, na diregao da cura desses aspectos inferiores. ‘Até ai, nenhuma novidade, apenas atento para 0 fato que esse é 0 tipico processo de evolugio espiritual ou evolugao da consciéncia, reforma intima, etc. E proces- so de mudanga que passa pelo pensamento e sentimento, ¢ por isso o ser humano participa da transformagio ati- yamente, mesmo que a evolucio aconteca de maneira forcada, que é 0 que ocorre pela via das dotes, softimentos e crises ou mesmo se provocada pela reflexéo consciente APRESENTAGAO da minoria buscadora de verdades universais. Seja da for- ma que for, essa via de evolugao da consciéncia j4 est4 praticamente mapeada, entendida pelos seres humanos. Entretanto, nao € esse o tinico movimento destinado & evolugio de espécie humana, Existe outro formato que corre simultaneamente no oceano da elevagao da moral desejavel ao homem. Um sistema padronizado e organi- zado para produzir na humanidade maior agilidade na tao sonhada jornada de volta ao coracao de Deus, isso quer dizer, na recuperacao da angelitude da alma humana, Antes disso, é importante esclarecer que a matriz energética do homem, que éa sua prépria esséncia espiri- tual, tem miitiplos receptores que podem alojar ajustes constantes de padronizagées e atualizagdes com o propé- sito de cura, crescimento, dinamizagao, maior eficiéncia ‘em atos, maior coeréncia, clareza, resisténcia, inteligéncia, persisténcia, entre outros aspectos. A alma humana possui intimeros aglomerados de receptores extrafisicos que sao capazes de acgplar dispo- sitivos energéticos que, assim como programas de compu- tadores, atuam desempenhando tarefas especificas o qual podem receber programagées com 0 objetivo de acelerar seu crescimento em todos os sentidos. E, da mesma for- ‘ma que os computadores tém seus programas renovados por vers6es mais atualizadas, 4 medida que a evolugao dos sistemas e do conhecimento se processa, 0 espirito huma- no pode receber as atualizagoes necessarias desses miicleos ativadores de consciéncia para intimeros beneficios. Em outras palavras, qualquer pessoa consciente tem capacidade de receber impulsos de mais coragem, mais ‘Amivacoes EspiniTuals forca, mais concentragio, paciéncia, alegria, entusiasmo, motivagio, etc.; tudo pela presenga de Nticleos Ener- géticos de Consciéncia, em partes especificas do corpo espiritual de cada ser. Sendo assim, nés todos temos uma matriz. energé- tica que comportaa utilizagao de micleos de forga que po- dem desempenhar papéis muito interessantes no sentido da evolugao da consciéncia, Atualmente, todas as pessoas passam por intimeras ativagdes que s4o os momentos especificos em que a energia césmica efetua impulsos nesses nticleos presentes nas matrizes espirituais dos seres humanos. £ como se um coragao de luz pullsasse um pequeno choque que promo- ye um beneficio especifico. Portanto, hd muito ainda a ser desvendado pelos ho- mens para que sua evolugao acontega com mais solidez ¢ agilidade. Pode ter certeza de que nas esferas superiores onde vivem os espiritos elevados nas ciéncias energéticas, cles trabalham incansavelmente com o objetivo de encur- tar o caminho necessdrio para a humanidade evoluir em seu universo de emogGes negativas. Sendo assim, apre- senta-se diante da humanidade uma oportunidade nunca antes imaginada no que se refere & capacidade de evolugao mais répida e coesa. Fato que poder4 se desenrolar com tranquilidade quando o ser humano tiver conhecimento pleno das Ativacdes Espirituais provocadas pelos Niicleos Energéticos de Consciéncia (NEC's) ¢ assim aprender a usé-los com inteligéncia e discernimento. Ocorre que a mesma base energética da matriz espi- ritual humana utilizada para abrigar harmoniosamente APRESENTACAO esses nticleos também é compativel para a instalagao de dispositivos de obsessao. Isso quer dizer que a mesma estrutura que pode curar, aliviar, gerar o progresso moral ea plenitude, também tem servido de porta de entrada para o vampirismo desmedido com fins destrutivos ¢ es- cravizantes. Dessa forma, cabe ao ser humano alinhado com a Fonte Divina, praticante de bons habitos, desfrutar de novos processos evolutivos posstveis no novo campo das Ativac6es Espirituais. Todavia, resta ao homem, igno- rante das verdades espirituais ou apenas distraido nas contradigdes mundanas da vaidade, do ego, dos vicios, do materialismo excessivo, da-ambigao perniciosa, rece- ber tao conturbadoras influéncias que se instalam nas propriedades de sua alma, ocupando o mesmo espago sa- grado com a presenga das trevas. E mais uma vez acons- tatagao sincera do efeito do sublime ensinamento que diz: ‘Conhecereis a verdade e ela vos libertaré. Por liltimo, fica a conclusio de que aguele que nao esté na Luz por resultante dbvia, jé esta parasitado pelas sombras! E aquele que esta na Luz, uma vez consciente de suas possibilidades pela via das Ativagoes Espirituais, nao demora ¢ encontrard uma condigio de se perceber morador de um mundo novo em luz, paz ¢ harmonia.” E nessa atmosfera de explicagdes incriveis, de ver- dades reveladas tao incisivamente pelo amigo Cris, me recolhi naquelas percepcées, compreendendo a grandeza do proje:o que estava comecando, Entendi naquele ins- tante que este livro precisava ficar pronto o mais rapido Arivagors Esriniruais possivel, porque, dessa forma, muitas pessoas poderiam se beneficiar, criando condigées de acelerar seus proces- sos de evolugao de uma maneira jamais antes vislumbra- da, Nessa energia de inteng6es focadas, mergulhamos fundo na proposta de trazer ao leitor e buscador da evo- lugao constante esse material, para oferecer condigdes praticas de superar seus desafios intimos e externos, rumando na diregao de um estilo de vida simplesmente maravilhoso. AS ATIVAGOES ESPIRITUAIS Por Cristopher As Ativagoes Espirituais sio processos vibratérios codificados especialmente, por via dos Nuicleos Energéti- cos de Consciéncia. Esses niicleos, por sua vez, so unida- des formadas por substancia astral que normalmente sto acoplados nos corpos espirituais dos seres humanos em pontos especificos. Essas ativagdes acontecem com 0 objetivo de ofere- cer impulsos que originam ajustes nas condigdes mentais emocionais dos seres humanos, proporcionando me- Ihorias nas formas de agir, se relacionar, pensar e sentir. Diversas ocorréncias de ordem césmica acontecem ativando essas vibracées especificas na matriz espiritual dos seres humanos, contudo, até entéo, as pessoas nao esto conscientes desses processos. Uma vez conscientes, poderemos entrar em sintonia com esse objetivo dos pla- nos superiores ¢, de forma disciplinada, promovermos uma aceleragio na capacidade de esculpirmos em nés uma personalidade mais evoluida e mais Cristica. ATIVAGOES EsPIRITUA © que nos foge aos olhos é 0 fato de que as Ativagdes spirituais j4 acontecem conosco faz algum tempo, con- tudo, de forma inconsciente, através de situagde: tadas, como por exemplo: uma crise de saiide, no caso das mulheres, um parto, um acidente, na conquista do primeiro emprego ¢ até mesmo no primeiro beijo. Tudo depende da estrutura energética de cada ser. Uma vez que conhecermos mais a fundo esse proces so de Ativacoes Espirituais, até agora oculto 4 humani- dade, poderemos modificar conscientemente 0s modos de pensar e agir, que esto causando um grande dano a todos, com proporgées alarmantes. Uma “simples” noite de carnaval, por exemplo, pode ativar negativamente na atmosfera uma quantidade tao grande de fluidos densos que sio capazes de desequilibrar 6s sentimentos de uma grande populagao por varios me- ses. Assim acontece em um baile funk, numa festa de imiisica eletronica ou em outras reunides sociais ou po pulares em que os prinefpios morais levados nao se fagam presentes. Assim, fica evidente, mais uma vez, a necessidade que homem tem de conhecer plenamente as consequéncias de seu descaso espiritual, bem como saber que sua ne- gligéncia nao gera efeitos nefastos apenas para si, mas para o mundo todo, A chave para 0 mistério das At Espirituais e 0s dispo energéticos de evolugao ser4 revelada nas préximas paginas desse estudo, para que vocé faca a sua parte e torne-se um ser de pleno amor, consciéncia e paz, em todos os sentidos.