Você está na página 1de 5

MINISTÉRIO DA SAÚDE

SECRETARIA EXECUTIVA / FUNDO NACIONAL DE SAÚDE


DIVISÃO DE CONVÊNIOS E GESTÃO/NE/CE
Rua do Rosário, nº 283 – 11º andar – CEP 60.055-090
Tel. (0XX)252-4372 e 221-1782 – Fax (0XX) 226-2749 – E-mail: diconce@saude.gov.br

Ofício nº ______/2008/FNS/SE/NE/MS/DICON/CE

Fortaleza, em 08 de maio de 2008.

Ao Exmo. Doutor,
MARCUS VINÍCIUS PARENTE REBOUÇAS.
Juíza Federal Substituto da 3ª Vara.
Praça Murilo Borges, s/n.
Edifício Raul Barbosa, 9º andar, Centro.
Fortaleza - Ceará CEP: 60.035-210

Assunto: Processo Administrativo Disciplinar – Apurar Possível Irregularidade Administrativa.


Referência: Processo SIPAR Nº. 25016.001209/2006-46

Exmo. Juiz,

Em atendimento ao Ofício nº. 0003.000443-7/2008, referente ao Mandado de Segurança


com pedido de liminar, tendo como impetrante Sra. Evelyne Coelho Pinto, matrícula SIAPE nº.
01021383, no que tange irregularidade administrativa, detalhamos a seguir:
Em observância a ordem judicial, temos a informar a este juízo que ao tomarmos
conhecimento de qualquer irregularidade, é obrigação da autoridade competente detentora do
poder disciplinar apurá – la mediante sindicância ou processo administrativo disciplinar, com
vistas a defenir responsabilidades, aplicar sanções ao culpado, liminar ou reparar eventuais
efeitos do ilícito e adotar medidas preventivas para evitar a sua reiteração (art. 143 – RJU),
acatamos as seguintes providências, a partir de uma auditoria realizada pela Controladoria Geral
da União – CGU no Estado do Ceará, em face do cruzamento de dados dos sistemas SIAPE,
SIAB e RAIS, irregularidades de alguns dos servidores do Ministério da Saúde referentes à
jornada de trabalho e/ou tocante a carga horária superior a 60 (sessenta) horas semanais, nos
moldes do Parecer GQ nº. 145 / 1998, notificado a este Órgão através de Ofício 24.
642/2005/APS/CGUCE/CGU-PR de 15 de setembro de 2005, dentre as quais a da Sra. Evelyne
Coelho Pinto, com jornanda de cento e seis horas semanais, fls. 05, relatamos de acordo com os
documentos acostados e procedimentos adotados no presente feito, consta às fls. 02 na cópia do
processo que remetemos a V. Excelência, bem como transparece acumulação de 03 cargos
MINISTÉRIO DA SAÚDE
SECRETARIA EXECUTIVA / FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
DIVISÃO DE CONVÊNIOS E GESTÃO/NE/CE
Rua do Rosário, nº 283 – 11º andar – CEP 60.055-090
Tel. (0XX)252-4372 e 221-1782 – Fax (0XX) 226-2749 – E-mail: diconce@saude.gov.br

públicos, como mostrar a planilha às fls. 05, por conseguinte foi juntado aos autos o
Requerimento de Exoneração do cargo em comissão do Centro de Emergência, símbolo DAS –
6, vide às fls. 14, no que compulsa a documentação acostada aos autos em anexo (cópia), foi
verificado que a servidora denunciada apresentava como primeiro cargo de AOSD (Auxiliar
Operacional de Serviços Diversos – Classe “C” – área de atendimento, admitida em 21/03/84,
cedida à Secretaria de Saúde do Estado do Ceará, com exercício no Hospital Municipal de
Messejana, com carga horária de 30 horas semanais com escala de serviço de 8:00 às 14:00 de 2ª
a 6ª feira, conforme expediente às fls. 30, emitido pala chefia de Pessoal do Hospital de
Messejana, por conseguinte cargo Enfermeiro, pela Prefeitura Municipal de Maracanaú, admitida
por meio de concurso público em 01/08/1996, com exercício no Serviço de Pronto Atendimento
no Hospital de Maracanaú, onde cumpre escala de 13 plantões.
Com a exposição dos fatos apresentados desde então, a autoridade máxima deste órgão
designou Comissão de Sindicância por meio da PT nº. 151, em 27/03/2007, BSE nº. 14 de
02/04/2007, com a finalidade de apurar possível irregularidade administrativa relativa à jornada
de trabalho da interessada.
O processo em epígrafe foi enviado para análise prévia ao NAJ-AGU/CE para emissão de
Parecer Técnico - Jurídico, sendo direcionado para elaboração do respectivo Parecer de nº.
585/2007- AGU/NAJ/FOR – AMB, sugerindo que esse Núcleo procedesse diante da apuração
noticiada em atenção ao art. 133, da Lei 8.112/90, adotar procedimento sumário para a
apreciação segundo o rito disciplinado pelo artigo legal citado.
Havendo concordância com o Parecer, publicamos a Portaria DICON E
GESTÃO/NE/MS/CE nº. 514, de 18/09/2007, BSE nº. 40, de 01/10/2007, que designa os
servidores estáveis e desimpedidos, ambos lotados neste Núcleo Estadual, para compor
Comissão de Processo Administrativo – Rito Sumário, destinada a apurar possível acumulação
de cargos da servidora.
Dando continuidade elencamos os documentos expedidos, tais como:
Ata de Instalação dos Trabalhos com as deliberações pertinentes à apuração, vide fls. 51;
O Memorando nº. 01/2007, comunicando a autoridade instauradora o início dos trabalhos
apuratórios a ela referente, às fls. 52;
MINISTÉRIO DA SAÚDE
SECRETARIA EXECUTIVA / FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
DIVISÃO DE CONVÊNIOS E GESTÃO/NE/CE
Rua do Rosário, nº 283 – 11º andar – CEP 60.055-090
Tel. (0XX)252-4372 e 221-1782 – Fax (0XX) 226-2749 – E-mail: diconce@saude.gov.br

A emissão do Termo de Revelia, vide fls. 58, Memo. 02/2007, de 31/10/2007, solicitando
Nomeação de Defensor Dativo;
Encaminhamento do Mandado de Citação Prévia e Termo de Instrução e Indiciação, em
19/10/2007, conforme fls. 53/56.
E ainda anexamos aos autos o Termo de Reconhecimento dos Autos, fls.57, em
23/10/2007.
Em face da comissão apuratória, não concluiu os trabalhos em tempo hábil, em virtude da
servidora ao ser Indiciada ficou caracterizada sua demora a vir tomar conhecimento dos autos,
somente o fez em 23/10/2007 e a respectiva não apresentou defesa. A Comissão ficou a esperar
no intuito da interessada se pronunciar, portanto somente em 31/10/2007, foi emitido o Termo de
Revelia e Memo. Nº. 02/2007, de 31/10/2007, solicitando a Nomeação de Defensor Dativo, que
demorou, tendo em vista da impossibilidade à época, de servidores capacitados para tanto, sendo
estes imbuídos em outras atividades e/ou processos.
Por fim, com o relato, expedimos Carta de nº. 59/2008, em 22/01/2008 destinada a Chefia
Imediata da servidora, sem apresentar a ciência da chefia imediata e nem da interessada,
reiteramos com a Carta de nº. 166/2008, em 26/03/2008, novamente com a ciência de uma outra
pessoa, e finalmente com a Carta de nº. 433/2008, em 16/04/2008 foi aposta a assinatura pela
Chefia Imediata Sra. Maria Celina Saraiva Martins, que cientificasse a Sra. Evelyne Coelho
Pinto, nos moldes do art. 133, caput, da Lei nº. 8.112/90, para que fizesse opção de um dos
cargos públicos, no prazo improrrogável de 10(dez) dias, contados da data da ciência, sob pena
de ser instaurado procedimento sumário para a apuração e regularização imediata, ainda pedimos
esclarecimento quanto ao contido nas documentações acostadas aos autos dos 02 (dois) vínculos
empregatícios.
Diante do exposto, considerando as questões de fato e de direito ora dirimidas, acatamos
a determinação do Mandado de Segurança com Despacho Ordinatório / Prévia Notificação
Respeitosamente,

TERESA CRISTINA DE ANDRADE RIBEIRO


Chefe da DICON e GESTÃO/NE/MS/CE
MINISTÉRIO DA SAÚDE
SECRETARIA EXECUTIVA / FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
DIVISÃO DE CONVÊNIOS E GESTÃO/NE/CE
Rua do Rosário, nº 283 – 11º andar – CEP 60.055-090
Tel. (0XX)252-4372 e 221-1782 – Fax (0XX) 226-2749 – E-mail: diconce@saude.gov.br
MINISTÉRIO DA SAÚDE
SECRETARIA EXECUTIVA / FUNDO NACIONAL DE SAÚDE
DIVISÃO DE CONVÊNIOS E GESTÃO/NE/CE
Rua do Rosário, nº 283 – 11º andar – CEP 60.055-090
Tel. (0XX)252-4372 e 221-1782 – Fax (0XX) 226-2749 – E-mail: diconce@saude.gov.br

Interesses relacionados