Você está na página 1de 2

O amor que vive em mim, vem visitar

Nando Reis
Intro: A E F#m D Bm7 E7
D
E7/4 E7
Object 1

Sorrir, vem colorir, solar

A E

Bm7 E7 E7/4 E7

Pra voc guardei o amor que nunca


soube dar
Vem esquentar e permitir

F#m

O amor que tive e vi, sem me deixar A E

D Quem acolher o que ele tem e trs

Sentir, sem conseguir provar F#m

Bm7 E7 E7/4 E7 Quem entender o que ele diz no giz

Sem entregar e repartir D

do gesto, o jeito pronto num piscar


dos clios

A E

Bm7 E7

Pra voc guardei o amor que sempre E7/4 E7

quis mostrar

Que o convite do silncio exibe em

F#m cada olhar


vem dos meus pais

Refro: F#m D
Bm7

A E
F#m D O amor que tive e recebi e hoje
posso dar livre e feliz

Guardei, sem ter porque, nem por


razo, ou coisa outra qualquer E
E7/4 E7

Bm7 E7
D E7 Cu, cheiro e o ar na cor que o
arco ris risca ao levitar

Alm de no saber como fazer pra


ter um jeito meu de me mostrar A E

A E F#m Vou nascer de novo, lpis,


D edifcio, tevere, ponte

Achei vendo em voc, explicao F#m


nenhuma isso requer

Desenhar no seu quadril


Bm7 E7
D E7
D Bm7
E7 E7/4 E7
Se o corao bater forte e arder,
no fogo o gelo vai queimar
Meus lbios beijam signos feito
sinos trilho a infncia tero o
A E bero do seu lar.

Pra voc guardei o amor que aprendi (refro)(repete tudo)