Você está na página 1de 12

1

Caderno de Prova – Tipo 1

DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO

CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS REGIONALIZADO PARA SELEÇÃO DE


ESTAGIÁRIOS DE DIREITO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE SÃO PAULO

CADERNO DE PROVA – TIPO 1

CANDIDATO(A):______________________________________________________________

RG nº ___________________________ CPF nº_____________________________________

ASSINATURA DO(A) CANDIDATO(A): ____________________________________________

LEIA AS SEGUINTES INFORMAÇÕES COM ATENÇÃO

A prova terá duração de 3 horas e 30 minutos, com início previsto para 8:30 horas e término
previsto para 12:00 horas.
Na folha de respostas há quatro campos de marcação: um campo para cada uma das quatro
opções A, B, C e D, sendo que o candidato deve preencher apenas aquele correspondente à resposta
julgada correta, de acordo com o comando da questão.
O candidato deve, obrigatoriamente, marcar, para cada questão, um, e somente um, dos quatro
campos da folha de respostas, sob pena de invalidação da questão.
O candidato deve transcrever as respostas da prova escrita para a folha de respostas, que será o
único documento válido para a correção da prova. O preenchimento da folha de respostas será de inteira
responsabilidade do candidato, que deve proceder em conformidade com as instruções específicas
contidas no Edital de Abertura do Concurso e na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá
substituição da folha de respostas por erro do candidato.
Serão de inteira responsabilidade do candidato os prejuízos advindos do preenchimento indevido
da folha de respostas. Serão consideradas marcações indevidas as que estiverem em desacordo com o
Edital ou com a folha de respostas, tais como marcação rasurada ou emendada ou campo de marcação
não-preenchido integralmente.
O candidato não deverá amassar, molhar, dobrar, rasgar, manchar ou, de qualquer modo,
danificar a sua folha de respostas.
Não será permitido que as marcações na folha de respostas sejam feitas por outras pessoas,
salvo em caso de candidato que tenha solicitado atendimento especial para esse fim.
O candidato é responsável pela conferência de seus dados pessoais, em especial seu nome, seu
número de inscrição e o número de seu documento de identidade.
O candidato somente poderá se retirar do local de realização da prova após 1 (uma) hora e 30
(trinta) minutos de seu início. Caso o candidato pretenda levar consigo o caderno de prova, que é de
preenchimento facultativo, apenas poderá se retirar no decurso dos últimos quinze minutos anteriores ao
horário determinado para o término da prova.
Não haverá, por qualquer motivo, prorrogação do tempo previsto para a aplicação da prova em
razão do afastamento de candidato da sala de prova.
2
Caderno de Prova – Tipo 1
3
Caderno de Prova – Tipo 1

DIREITO CONSTITUCIONAL

1) De acordo com o texto constitucional, são 5) No tocante ao direito fundamental à assistência


fundamentos da República Federativa do Brasil, com a jurídica integral e gratuita das pessoas necessitadas
EXCEÇÃO da alternativa: consagrado na nossa Lei Fundamental de 1988, é
INCORRETO afirmar que:
a) a cidadania
a) Às Defensorias Públicas Estaduais não são
b) a dignidade da pessoa humana
asseguradas autonomia funcional e administrativa.
c) o pluralismo político
b) São gratuitos para os reconhecidamente pobres, na
d) a autodeterminação dos povos forma da lei, o registro civil de nascimento e a certidão
de óbito.
______________________________________________
c) A Defensoria Pública é instituição essencial à função
jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a orientação
2) A República Federativa do Brasil rege-se nas suas jurídica e a defesa, em todos os graus, dos necessitados,
relações internacionais pelos seguintes princípios, na forma do art. 5º, LXXIV, da Constituição Federal de
com a EXCEÇÃO da alternativa: 1988.
a) independência nacional d) O Estado prestará assistência jurídica integral e
gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos.
b) os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
c) prevalência dos direitos humanos
d) defesa da paz

3) Com relação aos diretos fundamentais, pode-se 6) É competência comum da União, dos Estados, do
afirmar que: Distrito Federal e dos Municípios, com a EXCEÇÃO
da alternativa:
a) As normas definidoras dos direitos e garantias
fundamentais não têm aplicação imediata. a) Zelar pela guarda da Constituição, das leis e das
instituições democráticas e conservar o patrimônio
b) Os direitos e garantias expressos na Constituição
público.
excluem outros decorrentes do regime e dos princípios por
ela adotados, ou dos tratados internacionais em que a b) Cuidar da saúde e assistência pública, da proteção e
República Federativa do Brasil seja parte. garantia das pessoas portadoras de deficiência.
c) Os tratados e convenções internacionais sobre direitos c) Manter relações com Estados estrangeiros e participar
humanos que forem aprovados, em cada Casa do de organizações internacionais.
Congresso Nacional, em dois turnos, por três quintos dos
d) Combater as causas da pobreza e os fatores de
votos dos respectivos membros, serão equivalentes às leis
marginalização, promovendo a integração social dos
ordinárias.
setores desfavorecidos.
d) O Brasil se submete à jurisdição de Tribunal Penal
Internacional a cuja criação tenha manifestado adesão.

_____________________________________________
_______________________________________________
7) Com relação aos direitos políticos, é INCORRETO
afirmar que:
4) De acordo com a doutrina constitucional, os direitos
a) O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para
sociais configuram a segunda geração ou dimensão
os maiores de dezoito anos, inclusive os maiores de
dos direitos fundamentais, tendo por fundamento a
setenta anos, sendo facultativo apenas para os
tutela integral da dignidade da pessoa humana. Entre
analfabetos e os maiores de dezesseis e menores de
os diretos fundamentais sociais positivados na
dezoito anos.
Constituição Federal de 1988, podem-se destacar os
seguintes direitos, com a EXCEÇÃO da alternativa: b) A soberania popular será exercida pelo sufrágio
universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual
a) direito à educação
para todos e, nos termos da lei, mediante: plebiscito,
d) direito à saúde iniciativa popular e referendo.
c) direito à propriedade c) São condições de elegibilidade, entre outras, a
nacionalidade brasileira, o pleno exercício dos direitos
d) direito à moradia
políticos e a filiação partidária.
d) São inelegíveis os analfabetos.
4
Caderno de Prova – Tipo 1
12) No que concerne aos contratos, de acordo com o
8) É INCORRETO afirmar que a Constituição poderá ser Código Civil, assinale a assertiva CORRETA:
emendada mediante proposta:
(a) apesar de o Código Civil ter inovado ao estipular a
a) de um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos função social do contrato, não há exigência para que os
Deputados ou do Senado Federal. contratantes observem os princípios da boa-fé e
b) de cinco por cento (5%) do eleitorado nacional. probidade.

c) do Presidente da República. (b) conforme o nosso Código Civil, a liberdade para


contratar é absoluta e não comporta qualquer limite, em
d) de mais da metade das Assembléias Legislativas das homenagem ao primado do livre arbítrio.
unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas,
pela maioria relativa de seus membros. (c) as cláusulas contratuais são interpretadas sempre no
seu sentido literal, mesmo nos contratos de adesão e
_______________________________________________ nos contratos que regulam as relações de consumo.
(d) contrato de adesão é aquele cujas cláusulas tenham
9) Não será objeto de deliberação a proposta de
sido aprovadas ou estabelecidas unilateralmente, sem
emenda tendente a abolir, com a EXCEÇÃO da
que a outra parte possa discutir ou modificar
alternativa:
substancialmente o seu conteúdo.
a) a forma federativa de Estado _____________________________________________
13) A respeito da Responsabilidade Civil, assinale a
b) os direitos e garantias individuais
assertiva VERDADEIRA:
c) a separação dos poderes
(a) a responsabilidade civil depende sempre da
d) o regime presidencialista existência do elemento subjetivo denominado culpa, pois
nosso ordenamento jurídico não contempla a
_______________________________________________ possibilidade de responsabilidade civil sem culpa
10) Podem propor ação direta de inconstitucionalidade (responsabilidade civil objetiva).
e ação declaratória de constitucionalidade, com a
(b) condenação por erro do Poder Judiciário, assim como
EXCEÇÃO da alternativa:
a manutenção em prisão além do tempo fixado na
a) Presidente da República sentença, possibilita a responsabilização civil do Estado.
b) Defensor Público-Geral da União (c) para a reparação de danos causados pelo Estado ou
por fornecedores de bens e serviços em uma relação de
c) Partido político com representação no Congresso consumo, é indispensável a comprovação, pela vítima,
Nacional da imprudência, imperícia ou negligência.
d) Procurador-Geral da República (d) os pais não podem ser responsabilizados por
acidente de trânsito com vítima fatal causado por seu
filho menor, que estava embriagado, ainda que o mesmo
esteja sob sua autoridade e companhia.

14) “João Alabastro procurou os serviços da


Defensoria Pública do Estado de São Paulo
DIREITO CIVIL pretendendo a retomada de seu imóvel, construído
nos fundos do seu terreno, que foi emprestado
gratuitamente e por tempo indeterminado, por
contrato verbal, para um cunhado”. Com base no
11) Assinale a assertiva CORRETA: caso hipotético acima e considerando a disciplina
jurídica com relação à posse e à propriedade,
(a) são absolutamente incapazes os maiores de 16 assinale a assertiva INCORRETA:
(dezesseis) e os menores de 18 (dezoito) anos. (a) João Alabastro só terá o direito de retomar o seu
(b) a personalidade civil da pessoa começa do nascimento imóvel se comprovar a necessidade de utilização do
com vida. Portanto, não há tutela legal para os direitos do mesmo, pois o acordo celebrado entre as partes não
nascituro. estipulou prazo certo para a desocupação.

(c) cessa, para os menores, a incapacidade pelo (b) é possível a configuração de esbulho possessório,
casamento. desde que haja a rescisão do contrato verbal estipulado
entre as partes, que poderá ser viabilizado através de
(d) o negócio jurídico praticado por absolutamente incapaz uma notificação extrajudicial.
é anulável, podendo, portanto, ser convalidado.
(c) o possuidor de boa-fé tem direito à indenização das
benfeitorias necessárias e úteis, bem como, quanto a
estas, poderá exercer o direito de retenção.
(d) aquele que possuir, como sua, área urbana de até
duzentos e cinqüenta metros quadrados, por cinco anos
ininterruptamente e sem oposição, utilizando-a para sua
moradia ou de sua família, adquirir-lhe-á o domínio,
desde que não seja proprietário de outro imóvel urbano
ou rural.
5
Caderno de Prova – Tipo 1

15) Assinale a assertiva INCORRETA: 18) Assinale a alternativa CORRETA:

(a) é anulável o negócio jurídico por vício resultante de (a) os irmãos podem ser obrigados a prestar alimentos
erro, dolo, coação, estado de perigo, lesão ou fraude na falta dos ascendentes e dos descendentes.
contra credores.
(b) a guarda dos filhos será fixada em favor do pai ou da
(b) a solidariedade não se presume; resulta da lei ou da mãe que comprovar a melhor condição financeira.
vontade das partes.
(c) são comunicáveis os bens que cada cônjuge possuía
(c) o devedor não responde pelos prejuízos resultantes de ao casar no regime de comunhão parcial de bens.
caso fortuito ou força maior, se expressamente não se
(d) em decorrência do poder familiar, os pais podem
houver por eles responsabilizado.
alienar ou gravar de ônus real os imóveis dos filhos
(d) o devedor é obrigado a realizar o pagamento de sua livremente.
dívida, mesmo com a recusa do credor em dar a regular
quitação do débito.

16) Sobre o Direito de Família, assinale a alternativa 19) Sobre os Alimentos, assinale a assertiva
INCORRETA: INCORRETA:

(a) a Constituição da República Federativa do Brasil de (a) os alimentos devem ser fixados observando o
1988 ampliou o conceito de entidade familiar, binômio necessidade-possibilidade, ou seja, na
reconhecendo, além do casamento, a união estável e a proporção das necessidades do reclamante e dos
comunidade formada por qualquer dos pais e seus recursos da pessoa obrigada.
descendentes.
(b) o cônjuge inocente poderá ser obrigado a prestar
(b) para configurar-se a união estável é imprescindível a alimentos ao cônjuge declarado culpado, caso este
diversidade de sexos, a coabitação, a convivência pública venha a necessitar e não tenha parentes em condições
e com o intuito de constituir família por no mínimo 2 anos. de prestá-los, nem aptidão para o trabalho.
(c) em homenagem ao postulado da igualdade, os filhos, (c) a pretensão de cobrar prestações alimentares
havidos ou não da relação de casamento, ou por adoção, prescreve no prazo de 2 anos, mas, este prazo não corre
terão os mesmos direitos e qualificações. contra os absolutamente incapazes.
(d) a ação de investigação de paternidade ou maternidade (d) não há possibilidade jurídica para a pretensão de
é imprescritível. alimentos em favor do nascituro, pois ainda não houve o
reconhecimento formal da paternidade.

17) Considerando o regramento jurídico sobre o 20) Com base no regramento civil dos contratos de
casamento e a dissolução da sociedade e do vínculo compra e venda e de locação, assinale a assertiva
conjugal, assinale a alternativa CORRETA: VERDADEIRA.

(a) o divórcio sempre será precedido da separação judicial (a) com relação à venda de bem imóvel de ascendente a
consensual ou litigiosa. descendente, não é necessária a autorização expressa
dos outros descendentes e do cônjuge do alienante.
(b) o abandono voluntário do lar acarreta na perda do
direito à pretensão de pensão alimentícia. (b) a propriedade dos bens móveis e imóveis transmite-
se com a tradição, sendo dispensável o registro público.
(c) aproveitam-se os efeitos jurídicos de casamento nulo
ou anulável, desde que contraído de boa-fé, por um ou (c) se, findo o prazo, o locatário continuar na posse da
ambos os consortes. coisa alugada, sem oposição do locador, presumir-se-á
prorrogada a locação pelo mesmo aluguel, mas sem
(d) não é possível realizar-se o divórcio sem que haja a
prazo determinado.
partilha de bens.
(d) salvo disposição em contrário, o locatário goza do
direito de retenção no caso de quaisquer benfeitorias,
mesmo se houverem sido feitas sem o expresso
consentimento do locador.
6
Caderno de Prova – Tipo 1

DIREITO PENAL 24) NÃO é circunstância que atenua a pena:

21) Segundo a Teoria Finalista da Ação é CORRETO (a) ser o agente menor de vinte e um anos, na data do
afirmar que: fato, ou maior de 70 (setenta) anos, na data da sentença.
(b) ter o agente cometido o crime por motivo de relevante
valor social ou moral.
(a) o dolo e a culpa integram a tipicidade do delito.
(c) ter o agente cometido o crime em razão de
(b) o dolo e a culpa, quando presentes, tornam antijurídica
circunstância relevante, anterior ou posterior ao crime,
a conduta do agente.
embora não prevista expressamente em lei.
(c) o dolo e a culpa integram a culpabilidade do crime.
(d) ter o agente praticado o crime sob coação irresistível.
(d) o dolo e a culpa são prescindíveis para a
caracterização do crime.

22) São causas de exclusão de ilicitude previstas no 25) Assinale a alternativa INCORRETA:
artigo 23 do Código Penal:

(a) aplicam-se as penas restritivas de direito os mesmos


(a) o estado de necessidade, o erro sobre a ilicitude do prazos prescricionais previstos para as privativas de
fato, o estrito cumprimento do dever legal e a liberdade.
inimputabilidade penal.
(b) no caso de concurso de crimes, a extinção da
(b) o estado de necessidade, a legítima defesa o estrito punibilidade incidirá sobre a pena de cada um,
cumprimento do dever legal e o erro sobre a ilicitude do isoladamente.
fato.
(c) a prescrição, antes de transitar em julgado a sentença
(c) o estado de necessidade, a legítima defesa, o final, nos crimes permanentes, começa a correr da data
consentimento do ofendido e a desistência voluntária. em que o fato se tornou conhecido.
(d) o estado de necessidade, a legítima defesa, o estrito (d) são reduzidos da metade os prazos prescricionais
cumprimento do dever legal e o exercício regular de direito. quando o criminoso era, ao tempo do crime, menor de
vinte e um anos, ou, na data da sentença, maior de
setenta anos.

23) Assinale a alternativa CORRETA: 26) Assinale a alternativa CORRETA:

(a) as penas restritivas de direito são autônomas e (a) na hipótese de homicídio privilegiado, o juiz poderá
substituem as privativas de liberdade quando o crime deixar de aplicar a pena se as conseqüências da infração
doloso tiver sido cometido com violência ou grave ameaça atingirem o próprio agente de forma tão grave que a
á pessoa. sanção penal se torne desnecessária.
(b) as penas restritivas de direito são autônomas e (b) a pena do homicídio doloso é aumenta de metade se
substituem as privativas de liberdade, qualquer que seja a o crime é praticado contra pessoa menor de quatorze
pena aplicada, se o crime for culposo. anos ou maior de sessenta anos.
(c) as penas restritivas de direitos são autônomas e (c) se o agente comete o crime de lesão corporal
somente substituem as privativas de liberdade se o réu não impelido por motivo de relevante valor social ou moral o
for reincidente em crime doloso. juiz pode deixar de aplicar à pena.
(d) as penas restritivas de direito são autônomas e (d) no crime de lesões corporais o juiz pode substituir a
somente substituem as privativas de liberdade não pena de detenção pela de multa se as lesões não são
superiores a quatro anos. graves e são recíprocas.
7
Caderno de Prova – Tipo 1
27) Sobre a exceção da verdade nos crimes contra a 30) Assinale a alternativa CORRETA sobre a lei
honra é INCORRETO afirmar que: 8.072/90:

(a) ela é inadmissível no crime de injúria. (a) os crimes hediondos, a prática da tortura, o tráfico
ilícito de entorpecentes e drogas afins e o terrorismo são
(b) no crime de difamação ela somente é admissível se o
insuscetíveis de anistia, graça, indulto, fiança e liberdade
ofendido é funcionário público e a ofensa é relativa ao
provisória.
exercício de suas funções.
(b) constitui crime hediondo o homicídio simples, quando
(c) ela somente é admitida no crime de calúnia se o fato
praticado em atividade típica de grupo de extermínio,
imputado constitui crime de ação penal pública.
ainda que cometido por um só agente;
(d) ela não pode ser oposta se o fato é imputado ao
(c) o condenado por qualquer dos crimes previstos nesta
presidente da república, ou contra chefe de governo
lei deve cumprir toda a pena em regime prisional
estrangeiro.
fechado;
(d) a pena por crime previsto na lei 8.072/90 será
cumprida inicialmente em regime fechado e a progressão
de regime dar-se-á após o cumprimento dois quintos da
pena, se o apenado for primário, e de dois terços, se
reincidente.

DIREITO PROCESSUAL CIVIL

28) É CORRETO afirmar, em relação aos crimes contra 31) Com relação ao processo de inventário:
o patrimônio praticados sem o emprego de grave
ameaça ou violência à pessoa, que:
(a) deve ser aberto dentro de 30 (trinta) dias a contar da
lavratura do assento de óbito, ultimando-se nos 12
(a) constância da sociedade conjugal torna isento de pena (doze) meses subseqüentes, podendo o juiz prorrogar
o cônjuge da vítima. tais prazos.

(b) somente se procede mediante representação se o (b) deve ser aberto dentro de 60 (sessenta) dias a contar
crime é praticado contra pessoa com idade igual ou da lavratura do assento de óbito, ultimando-se nos 12
superior a 60 anos. (doze) meses subseqüentes, não podendo o juiz
prorrogar tais prazos, já que consta da lei.
(c) é isento de pena o irmão da vítima e o tio ou sobrinho
com quem o agente coabita. (c) deve ser aberto dentro de 60 (sessenta) dias a contar
da abertura da sucessão, ultimando-se nos 12 (doze)
(d) pode a pena deixar de ser aplicada se houver meses subseqüentes, podendo o juiz prorrogar tais
reparação do dano ou restituição da coisa. prazos.
(d) não tem prazo previsto em lei para sua abertura,
porque se trata de ação que envolve o falecimento de
pessoa, que pode ocorrer a qualquer tempo.

29) Assinale a alternativa INCORRETA: 32) Sabendo que a Lei nº 1.060/50 estabelece normas
para a concessão de assistência judiciária aos
necessitados, assinale a alternativa CORRETA:
(a) somente a mulher pode ser sujeito passivo do crime de
estupro. (a) os benefícios da assistência judiciária compreendem
(b) presume-se a violência nos crimes de estupro e todos os atos do processo até a decisão final do juiz de
atentado violento ao pudor se a vítima não é maior de primeiro grau.
quatorze anos. (b) os benefícios da assistência judiciária compreendem
(c) procede-se mediante ação pública incondicionada se a todos os atos do processo até a decisão final do litígio,
vítima ou seus pais não podem prover as despesas do em todas as instâncias.
processo, sem privar-se de recursos indispensáveis á (c) os benefícios da assistência judiciária compreendem
manutenção própria ou da família. todos os atos do processo, em todas as instâncias, com
(d) as pena dos crimes de estupro e atentado violento ao exceção dos processos que tramitam no Supremo
pudor são aumentadas de quarta parte, se o crime é Tribunal Federal.
cometido com o concurso de duas ou mais pessoas. (d) os benefícios da assistência judiciária compreendem
todos os atos do processo, em todas as instâncias, com
exceção dos processos que tramitam no Superior
Tribunal de Justiça e no Supremo Tribunal Federal.
8
Caderno de Prova – Tipo 1
33) Dentro do capítulo da jurisdição, o Código de 37) Na execução por quantia certa contra a Fazenda
Processo Civil estabelece em seu artigo 2º que: Pública:
“Nenhum juiz prestará a tutela jurisdicional senão
quando a parte ou o interessado a requerer, nos casos
e formas legais”. Este artigo consagra o princípio: (a) a Fazenda Pública será citada para pagar em 3 (três)
dias, sob pena de penhora de seus bens.
(a) da inafastabilidade do Poder Judiciário (b) a Fazenda Pública será intimada na pessoa de seu
(b) do devido processo legal procurador para que apresente impugnação no prazo de
15 (quinze) dias.
(c) da indelegabilidade da jurisdição
(c) a Fazenda Pública será citada para opor embargos
(d) da inércia da jurisdição no prazo de 30 (trinta) dias.
_______________________________________________ (d) não é possível, de nenhuma forma, a execução
34) As provas produzidas na audiência de instrução e contra a Fazenda Pública porque seus bens são
julgamento seguem a seguinte ordem: impenhoráveis.

(a) esclarecimento de peritos e assistentes técnicos quanto


aos quesitos; depoimento pessoal do autor e depois do
réu; e finalmente inquirição das testemunhas arroladas.
(b) depoimento pessoal do autor e depois do réu; inquirição
das testemunhas arroladas; e finalmente esclarecimento
de peritos e assistentes técnicos quanto aos quesitos.
(c) esclarecimento de peritos e assistentes técnicos quanto
aos quesitos; inquirição das testemunhas arroladas; e
finalmente depoimento pessoal do réu e depois do autor.
(d) inquirição das testemunhas arroladas; depoimento
pessoal do autor e depois do réu; e finalmente
esclarecimento de peritos e assistentes técnicos quanto
aos quesitos.

35) Extingue-se o processo sem resolução do mérito: 38) Com relação às ações possessórias assinale a
alternativa INCORRETA:
(a) quando o réu reconhecer a procedência do pedido.
(b) quando o juiz pronunciar a prescrição. (a) o possuidor tem direito de ser mantido na posse em
(c) quando as partes transigirem. caso de turbação e reintegrado em caso de esbulho. No
entanto, a propositura de uma ação possessória em vez
(d) quando o autor desistir da ação de outra não obstará a que o juiz conheça do pedido e
_______________________________________________ outorgue a proteção legal correspondente àquela, cujos
requisitos estejam provados.
(b) se a ação de manutenção ou reintegração de posse
36) Certo Defensor Público ajuizou ação com pedido for intentada dentro de ano e dia, contados da turbação
de tutela antecipada. O juiz ao receber a ação indeferiu ou do esbulho, seguirá o procedimento especial previsto
o pedido de tutela antecipada. O Defensor no Código de Processo Civil, podendo ser deferida
inconformado com a decisão interlocutória do juiz liminar pelo juiz.
interpôs recurso de agravo de instrumento, no sexto
dia após ser intimado da decisão. No entanto, no (c) na pendência do processo possessório é permitido,
oitavo dia após a intimação, o Defensor se lembrou de assim ao autor como ao réu, intentar ação de
outro argumento para reforçar seu recurso e, diante reconhecimento do domínio, provando ao juiz quem é o
disso, interpôs novo recurso de agravo de verdadeiro dono do imóvel.
instrumento, agora mais completo. Neste caso: (d) contra as pessoas jurídicas de direito público não
será deferida a manutenção ou a reintegração liminar
(a) o juiz poderá receber o novo recurso porque ainda está sem prévia audiência dos respectivos representantes
dentro do prazo para a interposição do recurso de agravo, judiciais.
que é de 10 (dez) dias.
(b) o relator não conhecerá o novo recurso porque ocorreu
preclusão consumativa.
(c) o relator não conhecerá o novo recurso porque ocorreu
preclusão temporal.
(d) o relator deverá conhecer o novo recurso porque a
Defensoria Pública tem a prerrogativa legal de interpor o
recurso que melhor favoreça o seu assistido.
9
Caderno de Prova – Tipo 1

39) Dentre as alternativas abaixo, assinale aquela que 43) O sistema de valoração da prova adotado pelo
NÃO se classifica como matéria preliminar de mérito: ordenamento processual penal brasileiro é o da(o):
(a) prova legal porque a legislação fixa uma hierarquia de
provas, que vincula o juiz.
(a) coisa julgada
(b) livre arbítrio do juiz, calcado na convicção íntima do
(b) prescrição
juiz.
(c) litispendência
(c) livre convencimento motivado do juiz.
(d) convenção de arbitragem.
(d) prova indiciária, porquanto os indícios são
_______________________________________________ expressamente acolhidos como prova no art. 239 do
CPP; “considera-se indício a circunstância conhecida e
40) A citação é o ato pelo qual se chama a juízo o réu
provada, que, tendo relação com o fato, autorize, por
ou o interessado, a fim de se defender. De acordo com
indução, concluir-se a existência de outra ou outras
o Código de Processo Civil a citação:
circunstâncias”.
______________________________________________
(a) efetuar-se-á em qualquer lugar em que se encontre o 44) A presunção de inocência:
réu.
(b) efetuar-se-á apenas no domicílio do réu, porque o
Supremo Tribunal Federal já decidiu que a citação (a) obriga o réu a provar sua inocência.
efetuada no local de trabalho afronta a honra e a dignidade
(b) é presunção absoluta que não admite prova em
do réu.
contrário.
(c) quando efetuada pelo correio, nos casos permitidos em
(c) pode ser excepcionada em determinados casos
lei, a carta não precisa ser registrada, podendo o carteiro
legais, a requerimento do Ministério Público.
fazer a entrega a quem lhe atender, desde que certifique
que o réu reside naquele local. (d) acarreta particularidades na distribuição do ônus da
prova.
(d) não pode ser feita pelo correio se o réu for pessoa
jurídica de direito privado.

DIREITO PROCESSUAL PENAL

41) Em matéria processual penal, diz-se que o sistema 45) Na legislação brasileira, NÃO se admite a prisão:
acusatório é aquele em que:

(a) a busca da verdade real legitima a concentração entre (a) por dívida.
a função de acusar e a jurisdicional, com vistas a obter
(b) temporária.
maior eficiência e celeridade processual.
(c) preventiva.
(b) o Ministério Público exerce a função de acusar e
também a de defender porque atua como fiscal da lei. (d) administrativa.
(c) o juiz possui amplos poderes investigativos para a
instauração da persecução penal e para a busca da
verdade real.
(d) ao Ministério Público pertencem as atribuições
persecutórias e ao juiz as inerentes à jurisdição.

42) A aplicação do princípio do tempus regit actum em 46) A inépcia da denúncia é reconhecida pelo juiz
matéria processual penal (lei processual penal no sempre que:
tempo) implica:

(a) os fatos não vêm descritos em todas as suas


(a) a adoção da ultra-atividade incondicional da lei circunstâncias.
processual mais benéfica.
(b) a punibilidade do crime está extinta.
(b) aplicação imediata da lei processual desde que não
possua conteúdo de Direito Penal. (c) o réu agiu em legítima defesa.

(c) a retroatividade da lei processual mais benéfica. (d) a ação penal for privada.

(d) aplicação imediata e incondicional da lei processual,


independentemente de ser ou não mais benigna.
10
Caderno de Prova – Tipo 1

47) Na contagem dos prazos processuais em matéria PRINCÍPIOS INSTITUCIONAIS E FUNDAMENTOS DE


penal:
ATUAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO

(a) inclui-se sempre o dia do começo.


51) Assinale a opção INCORRETA:
(b) não se contam os domingos e feriados.
(c) não se computa o dia do começo.
(a) Segundo o princípio da independência funcional,
(d) não se computam em dobro os da defensoria pública. aplicável aos Defensores Públicos do Estado de São
Paulo, estes têm liberdade para atuação e não ficam
_______________________________________________
sujeitos a ordens quanto às manifestações nos
processos, mas apenas à lei (em sentido geral) e a sua
consciência.
48) Em matéria recursal, a vedação da reformatio in
pejus significa que: (b) a Defensoria Pública presta serviço público
especializado e, portanto, não se submete aos princípios
gerais da Administração Pública.
(a) o recurso deve ser o adequado, vedada a fungibilidade
(c) a Defensoria Pública deve obedecer ao princípio da
recursal.
eficiência, de modo que todos os seus integrantes devem
(b) o réu não pode ter sua situação agravada em recurso atuar com o melhor desempenho possível quanto às
exclusivo da defesa. suas atribuições.
(c) o Ministério Público não pode recorrer em favor do réu. (d) tendo em vista o princípio da impessoalidade a que
se submete a Defensoria Pública, o estagiário não pode,
(d) o réu não pode argüir nulidade em recursos sem pré- por exemplo, escolher pessoa determinada para receber
questionamento. atendimento preferencial, a não ser aquela que a própria
lei assim determine.

49) Nas infrações de menor potencial ofensivo, o 52) Está CORRETA a seguinte assertiva quanto ao
procedimento é o: estagiário de direito da Defensoria Pública do Estado
de São Paulo:

(a) ordinário.
(a) não poderá ser descredenciado caso não renove sua
(b) especial.
matrícula no curso de graduação.
(c) sumaríssimo.
(b) deverá ser descredenciado caso seja reprovado em
(d) sumário. uma disciplina do currículo do curso de graduação.
(c) deve acompanhar diligências de que for incumbido.
(d) não tem por incumbência o controle da
movimentação dos autos de processos.

50) Uma das modalidades de absolvição sumária é a 53) É órgão da administração superior da Defensoria
que: Pública do Estado de São Paulo:

(a) resulta de impronúncia. (a) a Coordenadoria Geral de Administração.


(b) reconhece causa excludente da ilicitude. (b) a Escola da Defensoria Pública do Estado.
(c) reconhece a falta de condição da ação. (c) a Defensoria Pública da Capital.
(d) aplica a detração penal. (d) a Ouvidoria-Geral.
11
Caderno de Prova – Tipo 1

54) Assinale a opção INCORRETA quanto ao estagiário 57) Com relação aos órgãos da Defensoria Pública do
de direito da Defensoria Pública do Estado de São Estado de São Paulo, assinale a opção INCORRETA:
Paulo:

(a) a Ouvidoria-Geral deve participar da fiscalização da


(a) é órgão auxiliar da Defensoria Pública do Estado. instituição.
(b) não pode ser descredenciado, ainda que tenha mais de (b) a Corregedoria-Geral é encarregada, dentre outras
vinte ausências de suas atividades durante o ano civil, atribuições, da orientação da atividade funcional.
caso tais ausências sejam motivadas.
(c) o Conselho Superior da Defensoria Pública do Estado
(c) entre as incumbências dele está o atendimento ao é integrado, entre outros, pelo Ouvidor-Geral, o qual,
público, nos limites da orientação que venha a receber. entretanto, não tem direito a voto.
(d) a ele é vedado exercer ocupação privada incompatível (d) O Defensor Público-Geral é substituído em suas
com suas atividades da Defensoria Pública do Estado. faltas, licenças, férias e impedimentos pelo Segundo
Subdefensor Público-Geral do Estado.

55) Assinale a opção CORRETA: 58) Quanto aos princípios e garantias institucionais,
NÃO se pode dizer que:

(a) o Defensor Público tem por prerrogativa a possibilidade


de requisitar certidão necessária ao exercício de suas (a) a Defensoria Pública do Estado de São Paulo tem,
atribuições a um órgão público estadual. entre os princípios institucionais, a unidade e a
indivisibilidade, que estão diretamente vinculados, já que,
(b) o Defensor Público não pode atuar na defesa de
pelo princípio da unidade, os Defensores Públicos do
direitos difusos, coletivos ou individuais homogêneos.
Estado de São Paulo todos integram uma única
(c) ainda que entenda ser manifestamente incabível a instituição e, por decorrência, pelo princípio da
providência judicial solicitada, o Defensor Público que fizer indivisibilidade, podem se substituir entre si, como, por
o atendimento respectivo é obrigado a propor a ação exemplo, nas férias.
judicial pleiteada.
(b) pela garantia institucional da autonomia funcional, por
(d) o Defensor Público tem acesso irrestrito às exemplo, não pode haver ingerência da Defensoria
dependências das unidades de internação de Pública da União em relação à atuação da Defensoria
adolescentes, devendo, apenas, avisar com antecedência Pública do Estado de São Paulo.
o Diretor do local para realização do agendamento.
(c) a Constituição Federal dispõe que às Defensorias
Públicas Estaduais é assegurada autonomia funcional.
(d) a Constituição Federal não prevê que às Defensorias
Públicas Estaduais é assegurada a autonomia
administrativa.

56) A Defensoria Pública do Estado de São Paulo: 59) Assinale a alternativa INCORRETA:

(a) não tem atribuição quanto à solução extrajudicial dos (a) a Defensoria Pública não é instituição essencial à
conflitos. função jurisdicional do Estado.
(b) deve atuar na curadoria especial apenas caso haja (b) a Defensoria Pública incumbe a orientação jurídica e
prova nos autos de que a parte a ser atendida seja a defesa dos necessitados.
necessitada.
(c) o acesso à Justiça é direito fundamental.
(c) tem por atribuição a orientação jurídica aos
(d) o Estado deve prestar assistência jurídica integral e
necessitados, ainda que dela não decorra
gratuita aos que comprovarem insuficiência de recursos.
necessariamente a propositura ou defesa em ação judicial.
(d) não pode propor ação judicial em face do Estado de
São Paulo, por este ser pessoa jurídica de direito público.
12
Caderno de Prova – Tipo 1

60) Quanto aos órgãos de Administração Superior da


Defensoria Pública do Estado de São Paulo, tem-se
que:

(a) ao Defensor Público-Geral compete a administração


superior da instituição.
(b) ao Primeiro Subdefensor Público-Geral do Estado
compete coordenar o planejamento da Defensoria Pública
do Estado.
(c) ao Segundo Subdefensor Público-Geral do Estado
compete coordenar a atuação das Defensorias situadas
apenas na Capital.
(d) ao Terceiro Subdefensor Público-Geral compete
coordenar a atuação das Defensorias Regionais situadas
no Interior do Estado.