Você está na página 1de 3

Sistemas de Instrumentação 2 Lista de Exercícios Número 1 Metrologia Professor Alexandre Tuoto Mello

1 Para avaliar o desempenho metrológico de um voltímetro portátil, uma pilha padrão de (1,500

±0,001) V foi medida repetidamente. As indicações obtidas estão apresentadas na tabela abaixo, todas em volts. Com estes dados determine: a) o valor do erro da primeira medição; b) a tendência e a correção do voltímetro; c) a incerteza padrão e a repetitividade do voltímetro (Para 95% da curva Normal).

Indicação (V)

Indicação (V)

Indicação (V)

1

1,580

5

1,590

9

1,598

2

1,602

6

1,605

10

1,581

3

1,595

7

1,584

11

1,600

4

1,570

8

1,592

12

1,590

2 A média de medições repetidas possui influência sobre os erros de medição. Considere que seja

feita a média de quatro medições do voltímetro do exercício anterior. Para estas condições, a) qual seria o valor da repetitividade para e média de quatro indicações e b) qual o valor da correção a ser aplicada para a média de quatro medições repetidas?

3- A repetitividade da média de medições repetidas é menor quanto maior for o número de medições repetidas envolvidas. Para o exercício 1 determine o número de medições repetidas necessárias para que a repetitividade da média não seja superior a 0,01 V.

4 A figura a seguir esquematiza uma curva de erros de um voltímetro digital. A linha mais espessa

representa a linha da tendência. As duas linhas finas paralelas a ela representam os limites da faixa de repetitividade. Para essa curva de erros, determine: a) a tendência e a correção a ser aplicada

quando a indicação é de 1,00 V; b) idem quando a indicação é 1,50 V; c) a reprtitividade desse voltímetro quando a indicação é 1,50 V e d) o valor do erro máximo desse voltímetro.

5 – Por que é necessário calibrar um sistema de medição? 6- Quais as principais

5 Por que é necessário calibrar um sistema de medição?

6- Quais as principais diferenças entre calibração e verificação?

7- Quais as semelhanças e a principal diferença entre regulagem e ajuste?

8 O que é rastreabilidade? Por que ela é importante?

9 Mede-se uma massa em uma balança com curva de erros desconhecido, mas com erro máximo

conhecido no valor de ±2,0 g. O valor foi medido uma única vez com resultado de indicação de 32,4g. Qual é a grafia correta desta massa?

10 Se no problema anterior fossem feitas nova medidas adicionais, com indicações em gramas:

32,8 32,7 32,2 32,9 32,5 33,1 32,6 32,4 33,0

Qual o valor da massa na grafia correta de metrologia?

11 Para as mesmas medidas dos exercícios 9 e 10, encontra-se o certificado de calibração da balança em que consta que para valores próximos de 33 g a balança apresenta correção de +0,50 g e cuja incerteza expandida para a média de 10 medições é de 0,21 g. Qual o valor da massa na grafia correta de metrologia?

Respostas:

Ex 1: a) E1=+0,080 V; b) Td = 0,091 V; c) u = 0,010 V; Re = 0,023

Ex 2: a) Re = 0,012 V b) C = -0,091 V

Ex 3: n≥6

Ex 4: a) Td = 2,5 mV; C = -2,5 mV; b) Td = 8,8 mV; C = -8,8 mV; c) Re = 5 mV; d) Emax = 20 mV.

Ex 5: Para garantir a qualidade das medições, corrigindo os erros sistemáticos e obtendo uma medida dos erros aleatórios, que devem ser incorporados à incerteza das medições com o referido sistema.

Ex 6: Verificação é uma calibração simplificada que visa testar se um sistema de medição, ou medida materializada, está em conformidade com uma dada especificação, sem efetuar correções.

Ex 7: Tanto regulagem quanto ajuste consistem em atuar em um sistema de medição para que o mesmo apresente indicação mais correta. A diferença principal é que a regulagem é mais simples e pode ser efetuada pelo usuário comum, e o ajusto deve ser feito por um técnico especializado com ferramentas metrológicas adequadas

Ex 8: É a propriedade do resultado de uma medição, ou do valor de um padrão, estar relacionado a referências estabelecidas, geralmente padrões nacionais ou internacionais, através de uma cadeia contínua de comparações, todas tendo incertezas estabelecidas. É importante para garantir que as incertezas resultantes na calibração dos equipamentos estejam diretamente relacionadas com a definição oficial da unidade medida.

Ex 9: (32,4 ± 2,0) g

Ex 10: (32,7 ± 2,0) g

Ex 11: (33,16 ± 0,21) g