Você está na página 1de 13

Introdução

O objetivo do sistema é garantir a qualidade e segurança dos alimentos produzidos em todos


os aspecto desde recebimento, armazenamento, pré-preparo, preparo/cocção até a distribuição
objetivando uma refeição saborosa, apresentável, higiênica e com bom preço.

O programa com 5 passos básicos , que visa a melhoria de vida no trabalho .

Esse programa auxiliará a:


• cuidar da limpeza,
• Cuidar da saúde,
• evitar acidente,
• organizar o trabalho e tornar o seu dia-a-dia na empresa muito mais tranqüilo e agradável.

"Certamente você gostará tanto desse programa aplicará também em seu ambiente familiar."
O "5S" é uma prática desenvolvida no Japão e ocidentalizada como "Housekeeping". As
empresas com o objetivo da busca de melhoria da qualidade de vida no trabalho criaram o
programa 5S uma base para o desenvolvimento dessa qualidade. Não só os aspectos de
qualidade e produtividade devem ser delegados aos funcionários, o mesmo deve ocorrer com
relação à organização da área de trabalho, gerando descarte dos itens sem utilidade, liberação
de espaço, padrões de arrumação, facilitando ao próprio funcionário saber o que está certo e o
que está errado, manutenção da arrumação, limpeza, áreas isentas de pó, condições
padronizadas que clareiam a mente do funcionário e a disciplina necessária para realizar um
bom trabalho, em equipe, dia após dia.

1
Índice

1. SEIRI - Descarte: Descartar objetos sem uso, obsoletos

2. SEITON - Organização: Arrumar as coisas em locais apropriados visando


aumento de eficiência

3. SEISO - Limpeza: Manter o ambiente limpo, cuidar da manutenção

4. SEIKETSU - Padronização: Identificar, criar comunicação visual e sistemas para


que todos sejam eficazes no trato na organização do trabalho

5. SHITSUKE - Disciplina: Manter a rotina dos outros 's'

6. O 5S - Ajudando a cuidar do meio ambiente.

7. Metodologia de implantação

8. Conclusão

9. Bibliografia

2
1. SEIRI – SENSO DE UTILIZAÇÃO (DESCARTE)
Consiste em separar o útil do desnecessário. E, depois, o desnecessário descartável - que
deve ir imediatamente para o lixo - do desnecessário útil.

Em Casa - as roupas que você não usa mais (desnecessárias), se forem velhas (inúteis)
podem virar pano de chão. As outras (úteis) podem ser doadas para uma instituição de
caridade.

No Trabalho - documentos com informações ultrapassadas devem ir para o lixo. Ferramentas


inúteis para você podem interessar a um colega.

3
2. SEITON – SENSO DE ARRUMAÇÃO (ORGANIZAÇÃO)

Determinar o local para encontrar com facilidade algum documento, material ou equipamento
necessário, é conseqüência natural de arrumar aquilo que foi selecionado.

Quais as vantagens de MANTER ARRUMADO?


- Rapidez e facilidade na busca de documentos e objetos;
- Controle sobre o que cada um usa;
- Diminuição de acidentes;
- Facilidade de comunicação.

Consiste em ordenar e classificar os objetos necessários, de modo que possam ser facilmente
localizados. Cada coisa ganha um local definido, com sinalização acessível a todos que a
manipulem.

Em Casa - o guarda-roupa deve ter gavetas específicas para lingerie e meias, por exemplo.
Contas pagas devem ganhar pastas e classificação mensal, assim como os recibos de
médicos, escola e dentistas para o Imposto de Renda.

No Trabalho - objetos de uso diário devem estar o mais próximo possível e em locais de fácil
acesso. Os de utilização menos freqüente devem ser arquivados num armário. Sinalização
visual simples, bem-definida e arejada evita acidentes ajuda os funcionários a circularem com
mais agilidade e rapidez nas áreas internas da empresa.

4
3. SEISO – SENSO DE LIMPEZA

Remover a sujeira do local de trabalho e das ferramentas, de maneira que o ambiente fique
totalmente limpo “COLETA SELETIVA”, Cada lixo em seu lugar, tem-se um destino certo para
cada tipo de resíduo que é gerado...

COMO IREMOS SELECIONAR O LIXO?

PAPEL
Jogar todo tipo de papelão, jornais, livros e papel usados.

Dica: Devemos rasgar os papéis ao invés de amassá-los (volume do lixo)

PLÁSTICO
- Copos descartáveis (mesmo sujos de café);

- Rolhas plásticas;

- Garrafas de água;

- Sacolas e sacos

Dica: Garrafas PET devem ser separadas das demais

VIDRO
- Cacos de vidros;

- Copos;

- Garrafas

Dica: Separar vidro sujo (sem rolha e sujeira) do vidro limpo.

5
METAL
- Arames;

- Grampos e Clipes;

- Latas;

- Pregos;

- Qualquer tipo de alumínio, cobre ou ferro.

LIXO COMUM
- Disquetes;

- Embalagens de Isopor;

- Embalagens de bolacha, chocolate e balas;

- Embalagens de papel A4 (plastificadas);

- Etiqueta adesiva;

- Fita crepe.

Depois de nos livrar do desnecessário e colocar em ordem o necessário, o próximo passo é


cuidar da aparência e da limpeza das coisas. Essas providências trazem bem-estar às pessoas
e ao ambiente.

Em Casa - não há nada mais desagradável do que uma pia cheia de louças ou um carro
atolado de jornais e papéis inúteis. A limpeza funciona como uma recompensa, um benefício,
algo que nos dê satisfação.

No Trabalho - mesa e instrumentos de trabalho devem ser guardados e limpos no final da


tarde, para que se possa começar sem agitação o dia seguinte.

6
4. SEIKETSU– SENSO DE CONSERVAÇÃO

Todos devem colaborar para manter as condições obtidas com os três primeiros S’s. Será
necessário uma mudança de comportamento dos funcionários e dos membros da família, de
maneira que todos se comprometam a seguir as regras e procedimentos do programa.

Criar condições para manter a ORGANIZAÇÃO, LIMPEZA E ARRUMAÇÃO.

Quais as vantagens de PADRONIZAR?


Melhoria da segurança do trabalho;
- Possibilidade de desempenhar melhor
nossas tarefas;
- Prevenção de doenças e danos à saúde;
- Aumento da motivação.

Em Casa - devemos manter o hábito de nos livrar das inutilidades que vão enchendo gavetas,
armários e outros cantos da casa. Da mesma forma, guardar as coisas nos devidos lugares
evita preocupações e gastos desnecessários.

No Trabalho - devemos sempre descartar documentos desnecessários e devolver para o


arquivo o material que retiramos dele.

7
5. SHITSUKE – SENSO DE AUTODISCIPLINA

Trata-se de um estado de espírito permanente do qual devem estar imbuídos os envolvidos no


programa. Já convencidos das vantagens dos quatro S’s, funcionários e membros da família
passam a cumprir naturalmente as normas estabelecidas, sem necessidade de cobranças. O
programa estará plenamente incorporado quando começarem a surgir iniciativas espontâneas
de melhoria da organização.

Quais as vantagens da AUTODISCIPLINA?


- Cumprimento dos procedimentos operacionais;

- Constante auto-análise e busca de aperfeiçoamento;

- Conscientização da administração participativa;

- Melhor entrosamento entre os empregados;

- Incentivo a capacidade criativa dos empregado.

Porque praticar o 5S?

• Bem estar do homem;


• Melhoria da Qualidade;
• Prevenção de acidentes;
• Aumento de produtividade;
• Redução de custos;
• Conservação de energia;

Em Casa - as crianças admitem que seja muito bom encontrar o que procuram. Você deixa de
comprar aquele perfume caríssimo no free-shop, porque sabe que tem um igual, sabe onde
está guardado e não precisa de outro ocupando espaço no armário.

8
No Trabalho - ninguém mais reclama que está perdendo tempo para manter as coisas
funcionando. A administração contínua do programa gera satisfação de bem-estar que se
consegue quando um trabalho flui sem entraves ou atrasos.

6. O 5S AJUDANDO A CUIDAR DO MEIO AMBIENTE

1. Evitar o posicionamento de produtos químicos próximos aos bueiros pluviais.


2. Analisar os riscos ambientais existentes nas áreas.
3. Todos os recipientes contendo produtos químicos, com risco de derramamento, deverão ter
uma bandeja de contenção de segurança.
4. Os coletores de pano sujo, pano limpo e os recipientes da coleta seletiva deverão cada um
ter seu devido lugar.
5. Vazamentos de produtos químicos e óleo deverão ser imediatamente eliminados.

9
7. METODOLOGIA DE IMPLATANÇÃO

A metodologia de implantação do programa 5S pode ser modificada para situações diferentes.


O tamanho da empresa e o grau de cumplicidade dos funcionários para com o seu trabalho são
variáveis consideráveis para a implantação dos 5S.

Palestras de divulgação

São usadas para difundir as idéias e os conceitos dos 5S, abrangem desde a implantação
até a avaliação e subseqüente manutenção. Devem ser realizadas, preferencialmente, por
funcionários com alguma experiência em 5S.

Formação da comissão geral

Esta comissão é responsável pelo planejamento, treinamento, implantação e avaliação


das atividades dos 5S.

Dia da grande Limpeza (DGL)

É uma etapa extremamente importante do programa, devendo ter grande participação


dos funcionários da empresa. Limpar paredes, chão, cantos, vidros, ou seja, a sala toda,
usando vassoura, água, sabão, pano, etc. Retirar toda a sujeira de todos os locais onde ela

10
pudesse estar acumulada para depois manter o ambiente limpo, este deve ser o objetivo desta
etapa.

5S.

Esta etapa é a aplicação dos 5S propriamente dita. Cada S deve ser aplicado seguindo
um cronograma elaborado pela comissão geral. Sendo que, aconselha-se a participação de um
número máximo de pessoas.

Avaliação

A proposta do programa é que seja realizada uma avaliação ao final de cada etapa. Para
que ao final do quinto S obtenham-se os 5S aplicados e consolidados.

Manutenção

O programa 5S não é um programa com início, meio e fim, mas sim permanente.
Portanto, torna-se necessário realizar avaliações periódicas, desenvolver novas atividades de
promoção, aplicar os conceitos aprendidos buscando melhorar sempre e lembrar que o 5S
necessita de persistência e dedicação.

Os 5S e o “Housekeeping”

Existe uma diferença fundamental entre dois programas: o “Housekeeping” aborda apenas o
aspecto físico, enquanto os 5S se detêm as partes física, intelectual e social das questões a
serem vivenciados no dia-a-dia da empresa.

Por isso, a implantação dos 5S requer de nós, brasileiros, uma reeducação também
ideológica. É sempre importante frisar que os 5S, quando bem conduzidos, são a melhor
ferramenta de mobilização para a Qualidade Total.

Empresas que praticam o programa 5S

No Brasil, muitas empresas vêm desenvolvendo a prática do 5S (algumas usando outras


denominações para o programa) com bons resultados, como por exemplo: CEMAN, CVRD,
CSN, RHODIA, FORD, PETROBRÁS, PRONOR, BRAHMA, CARAÍBA METAIS,
MARCOPOLO, AZALÉIA, FIAT, SESI, ACESITA, BELGO-MINEIRA, FIESC, OLSEN, etc. A
responsabilidade pela gestão varia de acordo com cada empresa. Em algumas, a gestão está
por conta da área de recursos humanos ou secretaria de qualidade. Em outras, a
responsabilidade é da área de segurança industrial ou, até mesmo, da área de produção.

11
8. CONCLUSÃO

Em âmbito contextual, o 5S é:

· Um processo educacional;

· Um termômetro do gerenciamento;

· O melhor vendedor;

· A base para a Qualidade Total;

· A prática visual de se mostrar qualidade.

Enfim, o 5S vem sendo cada vez mais utilizado como uma ferramenta para educar as
pessoas de uma forma prática, dentro de suas próprias atividades, através do envolvimento de
todos tendo, portanto, caráter eminentemente participativo. É bom salientar que é
desaconselhável a sua implantação no afã de solucionar problemas em ambientes de conflitos
pois os 5S nada mais é que um processo simples com resultados imediatos e duradouros para
o homem, dentro e fora do local de trabalho, para a organização, para os clientes e para o
meio-ambiente.

12
9. BIBLIOGRAFIA

QUEIROGA, João Márcio. Gerenciamento da Qualidade Total – CVRD.

HAROLDO, Ribeiro. 5S: A Base para Qualidade Total, Salvador, Casa da Qualidade,
1994.

DEMO, Gisela. Implantação do Programa de Qualidade 5S no PET da Engenharia de


Produção, Florianópolis, 1997.

MONDARDO, Cristina. Implantação do 5S no PET - Produção, Florianópolis, 2001.

13