Você está na página 1de 2
Bruno Albergaria Direito ambiental e a responsabilidade civil das empresas 2ª edição revista e ampliada

Bruno Albergaria

Direito ambiental e a responsabilidade civil das empresas

2ª edição revista e ampliada

207 páginas ISBN 978-85-7700-221-4 Formato: 14,5 x 21,5 cm

A inserção da responsabilidade civil empresarial na ocorrência do dano ambiental é emergente nos paradigmas jurídicos internacionais e, conseqüentemente, nacionais. A própria definição de direito ambiental é incipiente no mundo jurídico. Mas, indubitavelmente, é uma nova ciência que desponta no mundo jurídico, tendo em vista os princípios e institutos específicos.

A responsabilidade é objetiva, contudo o objetivo maior do direito ambiental é tentar evitar o

dano. Na sua ocorrência, porém, deve-se repará-lo e indenizar, da maneira mais ampla possível, todos aqueles que, de alguma forma, sofreram prejuízos com a ação degradatória. Pela teoria da responsabilidade objetiva, em contrapartida à responsabilidade subjetiva disciplinada no Codex Civil, não há que se falar em dolo ou culpa. Apura-se a ação, o nexo de causalidade e

o dano. No direito ambiental, prevê-se, ainda, a responsabilização pela simples utilização do

ambiente e, até mesmo, pela possibilidade de causar o dano. Todavia, não pode ser absoluta e

irrestrita a responsabilização civil pelo empresário, na ocorrência do dano ambiental. Há casos, excepcionalíssimos, em que ocorre a exclusão da responsabilidade civil. O direito ambiental tem

o escopo da proteção ambiental mais ampla possível, mas não se pode, sob pena de se cometer

grandes injustiças, o que é defeso ao direito, simplesmente quedar-se sobre toda a construção doutrinária das excludentes da responsabilidade civil. É, portanto, objetivo do presente livro a análise da responsabilidade civil empresarial no dano ambiental, futuro ou presente, e as possíveis causas excludentes da sua responsabilidade.

Bruno Albergaria

Foi Diretor de Secretaria da Justiça Federal. Ex-Professor da Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas), na área de Direito Ambiental. Lecionou na Universidade de Itaúna/MG, na Escola Superior de Biologia e Meio Ambiente de Iguatama/MG e na PUC Minas, nas cadeiras de Direito Internacional, Direito Ambiental e Direito Constitucional. Leciona, atualmente, no Centro de Ensino Superior de Belo Horizonte (FAMIG). É Doutorando pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (Portugal). Mestre em Direito na área de concentração em Direito Empresarial na Faculdade de Direito Milton Campos e especialista em Direito do Estado pela PUC Minas. Foi condecorado como Cidadão Honorário da cidade de Iguatama/MG e Personalidade de Destaque no Município de Formiga/MG. Está inscrito no Martindale-Hubbell International Law Directory, Professional Biographies Law Firm Associations 2000, e é Sócio Fundador da ONG Ambientalista Tamauá. Autor, dentre outras publicações, do livro Instituições de Direito, pela editora Atlas.

<http://www.albergaria.com.br>

<bruno@albergaria.com.br>

SUMÁRIO DO LIVRO:

Introdução

Capítulo 1

Introdução à história do direito ambiental

Capítulo 2

Conceito de direito ambiental

Capítulo 3

Capítulo 8

Responsabilidade penal ambiental

Capítulo 9

Direito internacional ambiental

Capítulo 10

Breves comentários sobre o direito estrangeiro

Competência constitucional ambiental

Conclusão

Capítulo 4

Referências

Relação do direito ambiental com outros ramos do direito

Capítulo 5

Princípios do direito ambiental

Capítulo 6

Responsabilidade civil ambiental

Capítulo 7

Excludentes da responsabilidade civil ambiental

Informativo de legislação

Legislação de interesse

Índice Remissivo Geral

Índice Remissivo de Países e Convenções

Índice Remissivo de Legislação