Você está na página 1de 1

1) Exame Clnico

2) Radiografia inicial (com posicionador) (d pra preencher at o C.R.I. da tabela de Odontometria)


3) Anestesiar
4) Isolamento absoluto + relativo
5) Antissepsia do campo operatrio (com Clorexidina 2%)

***Irrigao e aspirao c/ hipoclorito entre os passos, daqui em diante***

6) Acesso inicial com ponta diamantada esfrica


7) Nova antissepsia do campo operatrio
8) Se polpa viva: pulpotomia e pulpectomia (lima K, lima Hedstroen)
Se polpa mortificada: penetrao desinfetante
9) Endo-Z para retirar o teto
10) Largo para ajeitar cmara e entrada do conduto
11) Gates (s no primeiro tero do conduto): usar numerao crescente (#1, #2, #3), trs cabeadas com cada numerao
12) Odontometria: procurar lima que fique firme (ser considerada a lima inicial) e deve chegar at o C.R.I. anteriormente
calculado (usar stop)
13) Radiografia do X: ver quanto falta de distncia pra lima chegar no pice, preencher tabela para estimar C.R.T
14) Colocar lima na profundidade estimada de C.R.T. (calibrar stop)
15) Radiografia de confirmao do C.R.T

** Se tiver que interromper o trat. antes do P.Q.C., medicar e selar (polpa viva = NDP; polpa morta = PRP)**

16) P.Q.C.:
Se mtodo manual para polpa viva: lima inicial + trabalhar at alcanar 3 numeraes acima + 1 numerao acima
para preparo apical
Se mtodo manual para polpa mortificada: lima inicial + trabalhar at alcanar 4 numeraes acima + 1 numerao
acima para o preparo apical
Se mtodo automatizado: lima inicial + trabalhar at alcanar duas numeraes de Wave-One acima
17) Toalete endodntico:
I) Hipoclorito + agitao c/ EasyClean por 20s (x3);
II) EDTA +agitao c/ EasyClean por 20s (x3);
III) Hipoclorito + agitao c/ EasyClean por 20s (x3);
18) Vai dar pra continuar o procedimento ainda hoje?
-> SIM: ento medicar com NDP enquanto faz-se prova do cone;
-> NO: ento tem que medicar (NDP se era polpa viva, Hidrxido de Clcio se era polpa morta) + cotosol + C.I.V.
19) Teste visual do cone (alcanar C.R.T.)
20) Teste ttil do cone (resistir trao nos 4mm finais)
21) Teste radiogrfico do cone (ver se est a 1mm aqum, de fato)
22) Secar o canal com aspirao + cones de papel absorvente
23) Deixar cone em gase com hipoclorito por alguns instantes, p/ descontamin-lo
24) Espatulao do cimento e ir acondicionar [c/ extremidade do cone] at extravasar pela regio cervical
25) Condensao lateral e colocar cones secundrios, dentro do possvel
26) Radiografia de qualidade (prova do penacho)
27) Calcador de Paiva aquecido p/ corte dos cones
28) Calcador de Paiva frio p/ condensao vertical (exceto se voc achar que os 1mm aqum j foram ultrapassados)
29) Algodo com lcool etlico (ou s uma cureta), p/ faxina da cmara pulpar
30) Selamento com C.I.V.
31) Ajuste oclusal
32) Radiografia final (c/ posicionador)

Você também pode gostar